SlideShare uma empresa Scribd logo
ESS – Licenciatura em Terapia Ocupacional – UC1
1
Ficha de Trabalho – Narrativa do Roberto
“O Roberto é um rapaz de 4 anos, cujo nascimento decorreu de uma gravidez normal. O seu
desenvolvimento nos primeiros anos de vida aparentou ser normal à exceção do problema
respiratório crónico (A) de que padecia. No terceiro ano de vida os pais começaram a ficar
preocupados com o seu desenvolvimento e o Roberto foi referenciado para avaliação aos 4
anos.
Os resultados da avaliação revelaram que ele possui uma boa saúde física, mas o seu
desenvolvimento está atrasado nomeadamente no que respeita às competências de linguagem
receptiva (B) e expressiva (C).
O Roberto apresenta interacções sociais (D) limitadas, e os seus pais e amigos referem com
frequência que o Roberto está muitas vezes “no seu próprio mundo”. O Roberto é uma criança
calma (E), que não sorri com facilidade (F). Ele despende muito do seu tempo num brincar
simples e repetido (G) com os objectos, não participando em actividades de brincar com outras
crianças (H). Gosta de brinquedos que façam sons, e brinca com eles por longos períodos de
tempo (I).
Contudo o Roberto é facilmente distraído (J) noutras actividades. Frequentemente, nos
momentos em que não está envolvido em qualquer atividade, o Roberto balanceia-se (K). Pelo
facto dele não comunicar (L) oralmente (M), a família desenvolveu cerca de 20 gestos para
objectos familiares e pedidos simples (N). Por vezes, o Roberto aponta para fotografias
familiares, mas não de forma consciente. Nem sempre responde quando o seu nome é
chamado, e os seus pais questionam a presença de uma ligeira perda auditiva (O).
Atualmente, o Roberto não se encontra no JI. Ele possui competências para comer com uma
colher (P) e indica a necessidade de ir à casa de banho (Q). Contudo, necessita de supervisão
em rotinas simples como usar a casa de banho, vestir (R), lavar as suas mãos (S). Os pais estão
ansiosos para que o Roberto seja inserido nem programa educacional, contudo estão a ter
dificuldades (T) em encontrar um que aceite o Roberto dado ser uma criança que requer intensa
supervisão (U).”
ESS – Licenciatura em Terapia Ocupacional – UC1
2
1. Identificar os códigos de funcionalidade, segundo a C.I.F., presentes
na narrativa
A – b440
B – b1670; d310
C – b1671;d330
D – d7
E – b126
F – b1;b120
G - d131;d880
H - d799;d750
I - d160
J - d140
K - b7653
L - d310;b107
M - d330-d399
N - e310;d335
O - b230
P - d430;d445;d449
Q - d530
R - d540
S - d510
T - d815
U - d2100
2. Com base na tabela seguinte, identificar o código de funcionalidade e
qual a melhor forma de intervenção respectiva.
O quê? Como?
b440 Análises medicas
d310;b1670;d330;b1671 Relatório de um terapeuta da fala
d7 Observação ou questionario (familia)
b1;b120;b126 Observação ou questionario
d131;d880 Observação
d140 Observação ou questionario
d160 Entrevista (familia)
b7653 Entrevista (familia) ou observação
d310;b107; d330-d399
Relatoria de um terapeuta da fala ou
entrevista (familia)
e310;d335 Entrevista (familia)
b230 Testes auditivos
d430;d445;d445;d5 Entrevista ou questionario (familia)
ESS – Licenciatura em Terapia Ocupacional – UC1
3
Nota:
Os códigos sombreados de cor amarela pertencem a C.I.F. para crianças e jovens. Esta foi
apenas citada em contexto de aula, não sendo estudada.
d815 Avaliação serviços educativos
d2100 Entrevista (familia)

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Relatório filme "Amigos Improváveis"
Relatório filme "Amigos Improváveis" Relatório filme "Amigos Improváveis"
Relatório filme "Amigos Improváveis"
Grupo OT5
 
Inteligencia artificial presentacion
Inteligencia artificial presentacionInteligencia artificial presentacion
Inteligencia artificial presentacion
silvia gamboa galaz
 
Animales en peligro de extinción informatica 1 m
Animales en peligro de extinción informatica 1 mAnimales en peligro de extinción informatica 1 m
Animales en peligro de extinción informatica 1 m
bachodos
 
Sniffing and spoofing
Sniffing and spoofingSniffing and spoofing
Sniffing and spoofing
Emad Al-Kharusi
 
L'oreal case study
L'oreal case studyL'oreal case study
L'oreal case study
Shreya Sinha
 
Micro-Moments Strategy for SXSW
Micro-Moments Strategy for SXSWMicro-Moments Strategy for SXSW
Micro-Moments Strategy for SXSW
David Richeson
 
Brandstorm la-roche-posay-g11-ultimate
Brandstorm la-roche-posay-g11-ultimateBrandstorm la-roche-posay-g11-ultimate
Brandstorm la-roche-posay-g11-ultimate
Antoine De Man
 
Nivea developing marketing plan case study solution-Atul Gurav
Nivea developing marketing plan case study solution-Atul GuravNivea developing marketing plan case study solution-Atul Gurav
Nivea developing marketing plan case study solution-Atul Gurav
Atul Gurav
 
Red Bull Case Study Final
Red Bull Case Study FinalRed Bull Case Study Final
Red Bull Case Study Final
Danielle Silva
 

Destaque (9)

Relatório filme "Amigos Improváveis"
Relatório filme "Amigos Improváveis" Relatório filme "Amigos Improváveis"
Relatório filme "Amigos Improváveis"
 
Inteligencia artificial presentacion
Inteligencia artificial presentacionInteligencia artificial presentacion
Inteligencia artificial presentacion
 
Animales en peligro de extinción informatica 1 m
Animales en peligro de extinción informatica 1 mAnimales en peligro de extinción informatica 1 m
Animales en peligro de extinción informatica 1 m
 
Sniffing and spoofing
Sniffing and spoofingSniffing and spoofing
Sniffing and spoofing
 
L'oreal case study
L'oreal case studyL'oreal case study
L'oreal case study
 
Micro-Moments Strategy for SXSW
Micro-Moments Strategy for SXSWMicro-Moments Strategy for SXSW
Micro-Moments Strategy for SXSW
 
Brandstorm la-roche-posay-g11-ultimate
Brandstorm la-roche-posay-g11-ultimateBrandstorm la-roche-posay-g11-ultimate
Brandstorm la-roche-posay-g11-ultimate
 
Nivea developing marketing plan case study solution-Atul Gurav
Nivea developing marketing plan case study solution-Atul GuravNivea developing marketing plan case study solution-Atul Gurav
Nivea developing marketing plan case study solution-Atul Gurav
 
Red Bull Case Study Final
Red Bull Case Study FinalRed Bull Case Study Final
Red Bull Case Study Final
 

Mais de Grupo OT5

Running as an Occupation
Running as an Occupation Running as an Occupation
Running as an Occupation
Grupo OT5
 
Ata 1
Ata 1Ata 1
Ata 1
Grupo OT5
 
Ata 1
Ata 1Ata 1
Ata 1
Grupo OT5
 
Narrativa do David - MOH.
Narrativa do David - MOH.Narrativa do David - MOH.
Narrativa do David - MOH.
Grupo OT5
 
Narrativa do Jon - MOH.
Narrativa do Jon - MOH.Narrativa do Jon - MOH.
Narrativa do Jon - MOH.
Grupo OT5
 
Narrativa do John - MOH
Narrativa do John - MOHNarrativa do John - MOH
Narrativa do John - MOH
Grupo OT5
 
Narrativa do David - MOH
Narrativa do David - MOHNarrativa do David - MOH
Narrativa do David - MOH
Grupo OT5
 
14 18-novembro
14 18-novembro14 18-novembro
14 18-novembro
Grupo OT5
 
Estrutura da prática da Terapia Ocupacional 3ª edição
Estrutura da prática da Terapia Ocupacional  3ª ediçãoEstrutura da prática da Terapia Ocupacional  3ª edição
Estrutura da prática da Terapia Ocupacional 3ª edição
Grupo OT5
 
Poster- Resumo das aulas TO 3.º Problema
Poster- Resumo das aulas TO 3.º ProblemaPoster- Resumo das aulas TO 3.º Problema
Poster- Resumo das aulas TO 3.º Problema
Grupo OT5
 
Organização do Portefólio
Organização do Portefólio Organização do Portefólio
Organização do Portefólio
Grupo OT5
 
Grelhas de Observação
Grelhas de ObservaçãoGrelhas de Observação
Grelhas de Observação
Grupo OT5
 
Esquema sobre o processo em Terapia Ocupacional
Esquema sobre o processo em Terapia OcupacionalEsquema sobre o processo em Terapia Ocupacional
Esquema sobre o processo em Terapia Ocupacional
Grupo OT5
 
Grelha de Observação segundo o EPTO
Grelha de Observação segundo o EPTOGrelha de Observação segundo o EPTO
Grelha de Observação segundo o EPTO
Grupo OT5
 
Pesquisa sobre conceitos de Ciência Ocupacional
Pesquisa sobre conceitos de Ciência OcupacionalPesquisa sobre conceitos de Ciência Ocupacional
Pesquisa sobre conceitos de Ciência Ocupacional
Grupo OT5
 
Pesquisa sobre Ocupação e Saúde
Pesquisa sobre Ocupação e SaúdePesquisa sobre Ocupação e Saúde
Pesquisa sobre Ocupação e Saúde
Grupo OT5
 
Pesquisa sobre Ocupação e Saúde
Pesquisa sobre Ocupação e SaúdePesquisa sobre Ocupação e Saúde
Pesquisa sobre Ocupação e Saúde
Grupo OT5
 
Ficha de Trabalho: IKIGAI
Ficha de Trabalho: IKIGAIFicha de Trabalho: IKIGAI
Ficha de Trabalho: IKIGAI
Grupo OT5
 
Conteúdos lecionados de Terapia Ocupacional
Conteúdos lecionados de Terapia OcupacionalConteúdos lecionados de Terapia Ocupacional
Conteúdos lecionados de Terapia Ocupacional
Grupo OT5
 
Conteúdos de CSH.
Conteúdos de CSH.Conteúdos de CSH.
Conteúdos de CSH.
Grupo OT5
 

Mais de Grupo OT5 (20)

Running as an Occupation
Running as an Occupation Running as an Occupation
Running as an Occupation
 
Ata 1
Ata 1Ata 1
Ata 1
 
Ata 1
Ata 1Ata 1
Ata 1
 
Narrativa do David - MOH.
Narrativa do David - MOH.Narrativa do David - MOH.
Narrativa do David - MOH.
 
Narrativa do Jon - MOH.
Narrativa do Jon - MOH.Narrativa do Jon - MOH.
Narrativa do Jon - MOH.
 
Narrativa do John - MOH
Narrativa do John - MOHNarrativa do John - MOH
Narrativa do John - MOH
 
Narrativa do David - MOH
Narrativa do David - MOHNarrativa do David - MOH
Narrativa do David - MOH
 
14 18-novembro
14 18-novembro14 18-novembro
14 18-novembro
 
Estrutura da prática da Terapia Ocupacional 3ª edição
Estrutura da prática da Terapia Ocupacional  3ª ediçãoEstrutura da prática da Terapia Ocupacional  3ª edição
Estrutura da prática da Terapia Ocupacional 3ª edição
 
Poster- Resumo das aulas TO 3.º Problema
Poster- Resumo das aulas TO 3.º ProblemaPoster- Resumo das aulas TO 3.º Problema
Poster- Resumo das aulas TO 3.º Problema
 
Organização do Portefólio
Organização do Portefólio Organização do Portefólio
Organização do Portefólio
 
Grelhas de Observação
Grelhas de ObservaçãoGrelhas de Observação
Grelhas de Observação
 
Esquema sobre o processo em Terapia Ocupacional
Esquema sobre o processo em Terapia OcupacionalEsquema sobre o processo em Terapia Ocupacional
Esquema sobre o processo em Terapia Ocupacional
 
Grelha de Observação segundo o EPTO
Grelha de Observação segundo o EPTOGrelha de Observação segundo o EPTO
Grelha de Observação segundo o EPTO
 
Pesquisa sobre conceitos de Ciência Ocupacional
Pesquisa sobre conceitos de Ciência OcupacionalPesquisa sobre conceitos de Ciência Ocupacional
Pesquisa sobre conceitos de Ciência Ocupacional
 
Pesquisa sobre Ocupação e Saúde
Pesquisa sobre Ocupação e SaúdePesquisa sobre Ocupação e Saúde
Pesquisa sobre Ocupação e Saúde
 
Pesquisa sobre Ocupação e Saúde
Pesquisa sobre Ocupação e SaúdePesquisa sobre Ocupação e Saúde
Pesquisa sobre Ocupação e Saúde
 
Ficha de Trabalho: IKIGAI
Ficha de Trabalho: IKIGAIFicha de Trabalho: IKIGAI
Ficha de Trabalho: IKIGAI
 
Conteúdos lecionados de Terapia Ocupacional
Conteúdos lecionados de Terapia OcupacionalConteúdos lecionados de Terapia Ocupacional
Conteúdos lecionados de Terapia Ocupacional
 
Conteúdos de CSH.
Conteúdos de CSH.Conteúdos de CSH.
Conteúdos de CSH.
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 

Ficha de trabalho: Narrativa do Roberto

  • 1. ESS – Licenciatura em Terapia Ocupacional – UC1 1 Ficha de Trabalho – Narrativa do Roberto “O Roberto é um rapaz de 4 anos, cujo nascimento decorreu de uma gravidez normal. O seu desenvolvimento nos primeiros anos de vida aparentou ser normal à exceção do problema respiratório crónico (A) de que padecia. No terceiro ano de vida os pais começaram a ficar preocupados com o seu desenvolvimento e o Roberto foi referenciado para avaliação aos 4 anos. Os resultados da avaliação revelaram que ele possui uma boa saúde física, mas o seu desenvolvimento está atrasado nomeadamente no que respeita às competências de linguagem receptiva (B) e expressiva (C). O Roberto apresenta interacções sociais (D) limitadas, e os seus pais e amigos referem com frequência que o Roberto está muitas vezes “no seu próprio mundo”. O Roberto é uma criança calma (E), que não sorri com facilidade (F). Ele despende muito do seu tempo num brincar simples e repetido (G) com os objectos, não participando em actividades de brincar com outras crianças (H). Gosta de brinquedos que façam sons, e brinca com eles por longos períodos de tempo (I). Contudo o Roberto é facilmente distraído (J) noutras actividades. Frequentemente, nos momentos em que não está envolvido em qualquer atividade, o Roberto balanceia-se (K). Pelo facto dele não comunicar (L) oralmente (M), a família desenvolveu cerca de 20 gestos para objectos familiares e pedidos simples (N). Por vezes, o Roberto aponta para fotografias familiares, mas não de forma consciente. Nem sempre responde quando o seu nome é chamado, e os seus pais questionam a presença de uma ligeira perda auditiva (O). Atualmente, o Roberto não se encontra no JI. Ele possui competências para comer com uma colher (P) e indica a necessidade de ir à casa de banho (Q). Contudo, necessita de supervisão em rotinas simples como usar a casa de banho, vestir (R), lavar as suas mãos (S). Os pais estão ansiosos para que o Roberto seja inserido nem programa educacional, contudo estão a ter dificuldades (T) em encontrar um que aceite o Roberto dado ser uma criança que requer intensa supervisão (U).”
  • 2. ESS – Licenciatura em Terapia Ocupacional – UC1 2 1. Identificar os códigos de funcionalidade, segundo a C.I.F., presentes na narrativa A – b440 B – b1670; d310 C – b1671;d330 D – d7 E – b126 F – b1;b120 G - d131;d880 H - d799;d750 I - d160 J - d140 K - b7653 L - d310;b107 M - d330-d399 N - e310;d335 O - b230 P - d430;d445;d449 Q - d530 R - d540 S - d510 T - d815 U - d2100 2. Com base na tabela seguinte, identificar o código de funcionalidade e qual a melhor forma de intervenção respectiva. O quê? Como? b440 Análises medicas d310;b1670;d330;b1671 Relatório de um terapeuta da fala d7 Observação ou questionario (familia) b1;b120;b126 Observação ou questionario d131;d880 Observação d140 Observação ou questionario d160 Entrevista (familia) b7653 Entrevista (familia) ou observação d310;b107; d330-d399 Relatoria de um terapeuta da fala ou entrevista (familia) e310;d335 Entrevista (familia) b230 Testes auditivos d430;d445;d445;d5 Entrevista ou questionario (familia)
  • 3. ESS – Licenciatura em Terapia Ocupacional – UC1 3 Nota: Os códigos sombreados de cor amarela pertencem a C.I.F. para crianças e jovens. Esta foi apenas citada em contexto de aula, não sendo estudada. d815 Avaliação serviços educativos d2100 Entrevista (familia)