SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
Bibliografia

  • Handbook of Veterinary Drugs, 2ª edução,
    1998
  • JAVMA, vol 218, nº 5, março 2001 –
    Report of the AVMA Panel on Euthanasia
  • Manual para Técnicos em Bioterismo,
    2ªedição, COBEA, 1996
Qual o destino dos animais de experimentação e
                 vivissecção?


“Doce é o
verdadeiro
              EUTANÁSIA
                   x
amor,
ainda que
dado em
vão, e

              SACRIFÍCIO
doce é a
morte que
põe fim à                       • MORTE: ato de
dor”.                             morrer, perder a
     Alfred                        vida; abolição
       Lord                       permanente da
 Tennyson                         função do SNC.
Critérios de avaliação de métodos aceitáveis de
  eutanásia/sacrifício:
                 Produção de morte sem dor
                 Perda imediata da consciência, parada respiratória e
               cardíaca (sem pulso periférico)
                Capacidade de contenção com o método usado;
               habilidade de minimizar os estresses físico e psicológico,
                 Tempo necessário para o estabelecimento de
               inconsciência e morte,
                 Confiabilidade,
“Dormir:         Segurança para a equipe,
oportunidade
                 Efeito emocional para quem assiste,
de sonhar.”
 William        Considerações econômicas,
Shakespeare      Compatibilidade com avaliações histopatológicas,
                 Equipamentos e disponibilidade dos fármacos e seu
               potencial de abuso
Percepção da Dor
           Somente seres humanos registram e solicitam tratamento da dor

DOR: fator de
estresse ou angústia,         Em animais:
inaceitável, que pode         Subdiagnosticada                 Subestimada
influenciar o ciclo
reprodutivo, padrão
hormonal e o                 Pistas a observar
comportamento                1. Claudicação ou locomoção alterada;
social,                      2. Elevação do membro lesionado;
INTERFERINDO nos             3. Estabelecimento de posturas anormais;
resultados dos               4. Expressão de sofrimento e angústia;
experimentos.
                             5. Olhar para o local doloroso;
                             6. Lamber, coçar, escoicear o local dolorido.
Critérios de avaliação de métodos aceitáveis de
  eutanásia/sacrifício:
                 Produção de morte sem dor
                 Perda imediata da consciência, parada respiratória e
               cardíaca (sem pulso periférico)
                Capacidade de contenção com o método usado;
               habilidade de minimizar os estresses físico e psicológico,
                 Tempo necessário para o estabelecimento de
               inconsciência e morte,
                 Confiabilidade,
“Dormir:         Segurança para a equipe,
oportunidade
                 Efeito emocional para quem assiste,
de sonhar.”
 William        Considerações econômicas,
Shakespeare      Compatibilidade com avaliações histopatológicas,
                 Equipamentos e disponibilidade dos fármacos e seu
               potencial de abuso
Critérios de avaliação de métodos aceitáveis de
  eutanásia/sacrifício:
                 Produção de morte sem dor
                 Perda imediata da consciência, parada respiratória e
               cardíaca (sem pulso periférico)
                Capacidade de contenção com o método usado;
               habilidade de minimizar os estresses físico e psicológico,
                 Tempo necessário para o estabelecimento de
               inconsciência e morte,
                 Confiabilidade,
“Dormir:         Segurança para a equipe,
oportunidade
                 Efeito emocional para quem assiste,
de sonhar.”
 William        Considerações econômicas,
Shakespeare      Compatibilidade com avaliações histopatológicas,
                 Equipamentos e disponibilidade dos fármacos e seu
               potencial de abuso
Eutanásia - Agentes e métodos por espécies

           Espécies          Aceitável              Ocasionalmente
                                                       Aceitável
 Anfíbios             Barbitúricos, anestésicos Guilhotina, luxação
                      voláteis, CO2 e CO        cervical e arma de fogo

 Aves                 Idem                      N2, Argônio, luxação
                                                cervical, guilhotina e
                                                compressão torácica

 Felinos              Idem + KCl                N2 e Argônio

 Caninos              Idem felinos              Idem + eletricidade

 Primatas             Barbitúricos              CO2, CO, N2 e Ar

                                                 Continua no próximo slide
Eutanásia - Agentes e métodos por espécies
               Espécies          Aceitável               Ocasionalmente
                                                            Aceitável
      Coelhos             Barbitúricos, anestésicos N2, Ar, luxação cervical
                          voláteis, CO2, CO e KCl (<1kg) e guilhotina

      Pequenos Roedores   Barbitúricos, anestésicos Metoxiflurano, N2, Ar,
                          voláteis, CO2, CO, KCl e luxação cervical (ratos
                          Microondas                <200g) e guilhotina

      Ruminantes          Barbitúricos e KCl        Hidrato de Cloral (IV pós
                                                    sedação), arma de fogo e
                                                    eletricidade

      Suínos              Idem                      Anestésicos voláteis, CO,
                                                    Hidrato de Cloral (IV
                                                    após sedação), arma de
                                                    fogo, eletricidade e
                                                    concussão.

      Equinos             Barbitúricos, KCl +       Hidrato de Cloral IV após
                          anestesia geral e         sedação, arma de fogo e
                          decerebrador por lança    eletrocussão
Agentes e Métodos Aceitáveis de Eutanásia
  Agente     Classificação     Modo de      Velocidade de Facilidade de     Segurança        Espécie       Eficiência e
                                Ação            ação       Administrar       Pessoal                       Comentários
Barbitúricos Depressão dos Depressão       Indução rápida   Animal deve Dependência       Maioria das      Alta eficiência
             centros vitais direta do      da anestesia     estar contido e em humanos    espécies         quando
                            córtex                          o pessoal apto                                 administrado
                            cerebral,                       a administrar                                  de forma
                            estruturas                      IV                                             correta;
                            subcorticais e                                                                 aceitável IP
                            depressão do                                                                   em pequenos
                            miocárdio                                                                      animais

    CO2      Idem            Idem           Moderada-       Usar em        Mínimo risco   Pequenos         Eficiente,
                                            mente rápido    câmara                        animais de       porém o tempo
                                                            fechada (caixa                laboratório,     de exposição
                                                            de Guedel)                    aves, cães,      precisa ser
                                                                                          gatos, coelhos   aumentado em
                                                                                          e suínos         neonatos

    CO       Hipóxia         Liga-se à Hb   Moderado        Requer         Alto risco,    Idem             Aceitável
                             evitando                       equipamento    difícil de                      quando usado
                             hematose                                      detectar                        com
                                                                           vazamentos                      equipamento


                                                                            Continua no próximo slide
Agentes e Métodos Aceitáveis de Eutanásia
  Agente     Classificação    Modo de     Velocidade Facilidade de Segurança          Espécie     Eficiência e
                               Ação        de ação    Administrar   Pessoal                       Comentários
Anestésicos Hipóxia por    Depressão      Moderada;      Animal deve     Aparelho   Aves, cães,   Muito
  Voláteis  depressão dos direta do       pode ocorrer   ser contido;    deve ser   gatos,        eficiente
            centros vitais córtex         excitação na   grandes         bem        coelhos e     quando bem
                           cerebral,      fase de        animais         regulado   roedores      empregado
                           estruturas     indução        necessitam de   para não
                           subcorticais                  máscara         saturar
                           e centros                     (tubo)          ambiente
                           vitais

Irradiação de Inativação das Inativação  Muito rápido Equipamento Seguro            Pequenos      Muito eficaz
 Microondas enzimas          das enzimas              especializado                 roedores
              cerebrais      cerebrais
                             por rápido
                             aquecimento

    KCl      Hipóxia         Parada       Rápido         Habilidade em Pode ser     Maioria das   Muito eficaz,
                             cardíaca                    injeção IV    arriscado    espécies      pode-se
                                                                       com                        observar
                                                                       exposição                  espasmos
                                                                       acidental ao               musculares
                                                                       pessoal                    clônicos

                                                                             Continua no próximo slide
Agentes e Métodos Aceitáveis de Eutanásia


 Agente     Classificação     Modo de Velocidade Facilidade de Segurança       Espécie     Eficiência e
                                Ação        de Ação   Administrar   Pessoal               Comentários
Descere-   Dano físico ao Concussão Rápida           Requer        Seguro     Equinos,    Perda
brador por cérebro          direta sobre             contenção                ruminantes instantânea
lança                       o      tecido            adequada,                e suínos.   da
                            cerebral                 habilidade e                         consciência,
                                                     equipamento                          com
                                                     apropriado                           pedalamento.
TMS, MS Hipóxia             Depressão Muito          Fácil         Seguro     Peixes    e Efetivo porém
222        atribuída      à do SNC        rápido,    administração            anfíbios    caro ($)
           depressão dos                  depende da
           centros vitais                 dose
Agentes e Métodos Condicionalmente Aceitáveis de Eutanásia


    Agente     Classificação    Modo de     Velocidade Facilidade de Segurança     Espécie    Eficiência e
                                 Ação        de ação    Administrar   Pessoal                 Comentários
    Luxação    Hipóxia devido Depressão     Moderada   Requer        Seguro      Aves,        Podem
    Cervical   ruptura dos    direta do                treinamento e             pequenos     ocorrer
               centros vitais cérebro                  habilidade                roedores e   violentas
                                                                                 coelhos      contrações
                                                                                 (<1kg)       musculares

  Decapitação Idem             Idem         Rápida     Idem          Idem        Idem         Idem
  (Guilhotina)

  Eletrocussão Hipóxia         Depressão    Idem       Requer prática Arriscado ao Suínos,     Idem
                               cerebral e                             pessoal      ruminantes,
                               fibrilação                                          animais
                               cardíaca                                            acima de 5
                                                                                   kg




                                                                    Continua no próximo slide
Agentes e Métodos Condicionalmente Aceitáveis de Eutanásia

  Agente     Classificação    Modo de     Velocidade Facilidade de Segurança       Espécie   Eficiência e
                               Ação        de ação    Administrar   Pessoal                  Comentários
 Arma de     Hipóxia devido Lesão         Rápida       Requer prática Pode ser   Grandes     Perda
  Fogo       ruptura dos    cerebral                   e arma         perigoso   animais     imediata da
             centros vitais direta                     apropriada                            consciência;
                                                                                             pode manter
                                                                                             atividade
                                                                                             motora

Nitrogênio e Hipoxia         Reduz        Idem         Usar em       Seguro se   Cães, gatos, Não efetivo
  Argônio                    pressão de                câmara        usado em    coelhos,     em neonatos
                             O2                        fechada       ambiente    pequenos
                             sangüínea                               ventilado   roedores e
                             disponível                                          primatas

Compressão Hipóxia e         Interferência Moderada-   Requer prática Seguro     Aves        Efetivo
 Torácica parada             física nas    mente                                 pequenas
           cardíaca          funções       rápida
                             cárdio-
                             respiratórias


                                                                           Continua no próximo slide
Agentes e Métodos Condicionalmente Aceitáveis de Eutanásia

  Agente   Classificação    Modo Velocidade Facilidade de Segurança       Espécie    Eficiência e
                           de Ação de Ação Administrar Pessoal                        Comentá-
                                                                                         rios
Pistola    Dano físico ao Concus-    Rápida       Requer        Seguro   Cães,      Perda
com        cérebro        são                     contenção              coelhos,   instantânea
projétil                  direta                  adequada,              animais de da
cativo                    sobre o                 habilidade e           Zoológico, consciência,
                          tecido                  equipamento            répteis,   com pedala-
                          cerebral                apropriado             anfíbios   mento.
TMS, MS    Hipóxia        Depres-    Muito        Fácil         Seguro   Maioria    Efetivo
222        atribuída à    são do     rápido,      administração          das        porém caro
           depressão dos SNC         depende da                          espécies ($)
           centros vitais            dose




                                                                  Continua no próximo slide
Agentes e Métodos Condicionalmente Aceitáveis de Eutanásia
Concussão Dano cerebral   Concussão Rápida          Requer         Seguro        Suínos      Requer
                          direta sobre              contenção                    com         prática para
                          o tecido                  adequada,                    menos de    ser um
                          cerebral                  habilidade e                 3 semanas   método
                                                    força                        de idade    humano e
                                                    adequada                                 efetivo
CO2                       Depressão      Modera-    Usada em       Mínimo        Primatas    Efetivo mas
                          direta da      damente    câmara         risco         não         requer
                          córtex         rápida     fechada                      humanos     exposição
                          cerebral,                                                          prolongada
                          estruturas                                                         para animais
                          subcorticais                                                       jovens e
                          e centros                                                          neonatos.
                          vitais;
                          depressão
                          direta do
                          miocárdio.
CO         Hipóxia        Compete        Moderado   Requer         Alto risco,   Primatas    Efetivo,
                          com O2                    equipamento    difícil       não         somente
                          pela Hb                                  detectar      humanos     aceitável se
                                                                   vazamento                 equipamen-
                                                                                             to for bem
                                                                                             operado.


                                                                      Continua no próximo slide
Agentes e Métodos Condicionalmente Aceitáveis de Eutanásia
  Hidrato de   Hipóxia           Depressão      Rápido       Requer           Seguro        Equinos,    Anim ais
  Cloral       atribuída à       direta do                   habilidade                     rum inantes devem ser
               depressão do      cérebro                     para                           e suínos    previam ente
               centro                                        adm inistração                             sedados
               respiratório                                  IV
  Anestési-    Hipóxia           Depressão      Moderada,    Uso de           Necessita     Prim atas     Muito
  cos          atribuída à       direta da      com          câm ara          de            não           eficiente de
  Inalantes    depressão dos     córtex         excitação    fechada, pode    m áscaras     hum anos e    acordo com
               centros vitais    cerebral,      na indução   ser usada em     apropriadas   suínos.       a exposição
                                 estruturas                  grandes          ou            Éter e
                                 subcorticais                anim ais com     exaustão      m etoxi-
                                 e centros                   m áscara         am biental;   flurano:
                                 vitais                                       éter é        roedores e
                                                                              explosivo e   pequenos
                                                                              exposição     m am íferos
                                                                              contínua
                                                                              causa
                                                                              dependên-
                                                                              cia
  Pistola      Dano físico ao    Concussão Rápida            Requer           Seguro        Cães,         Perda da
  com          cérebro           direta sobre                contenção                      coelhos,      consciência
  projétil                       o tecido                    adequada,                      anim ais de   com pedala-
  cativo                         cerebral                    habilidade e                   Zoológico,    m ento
                                                             equipam ento                   répteis,
                                                             apropriado                     anfíbios
  Secção da    Hipóxia           Traum a do     Rápida       Fácil, requer    Seguro        Ectotér-      Efetivo, m as
  M edula      atribuída à       cérebro e                   prática                        m icos        a m orte não
  Cervical     depressão dos     da m edula                                                               ocorre se
               centros vitais,   espinhal                                                                 não houver
               dano físico ao                                                                             secção total
               cérebro.                                                                                   da m edula
Agentes e Métodos Inaceitáveis de Eutanásia

    Agente ou Método                     Comentários

  Embolia Gasosa       Pode apresentar convulsões, opistótono e
                       vocalização. Deve ser usado apenas em animais
                       anestesiados

  Concussão            Inaceitável para maioria das espécies

  Queimadura           Queimadura térmica ou química em um animal é
                       inaceitável.

  Hidrato de Cloral    Inaceitável em cães, gatos e pequenos
                       mamíferos.

  Clorofórmio          É hepatotóxico, carcinogênico de alto risco para
                       segurança pessoal.

  Cianureto            Exposição ao cianureto é muito perigoso ao
                       pessoal e a morte é esteticamente desaprovada.
                                                    Continua no próximo slide
Agentes e Métodos Inaceitáveis de Eutanásia
      Descompressão   Possui muitas desvantagens:

                      1. Câmara de descompressão desregulada
                      causa dor e angústia, atribuídas a expansão
                      dos gases nas cavidades corporais.

                      2. Animais imaturos são bastante tolerantes á
                      hipóxia e por isso necessitam de grandes
                      períodos de descompressão até cessar a
                      respiração.

                      3. Pode ocorrer recompressão acidental, não
                      ocorrendo a morte e deixando os animais
                      moribundos.

                      4. Os animais inconscientes podem sangrar,
                      vomitar, convulsionar, urinar e defecar, sendo
                      esteticamente inaceitável.

      Afogamento      Não é um método de eutanásia. Desumano.

      Formalina       Idem

                                                   Continua no próximo slide
Agentes e Métodos Inaceitáveis de Eutanásia

    Exsanguinação            Por causa da ansiedade associada à extrema
    (sangria)                hipovolemia, deve ser usada apenas em animais
                             anestesiados.

    Solventes e produtos     Acetonas, compostos quartenários (CCl4),
    domésticos               produtos a base de amônia quartenária,
                             antiácidos e outros solventes ou produtos
                             domésticos/comerciais não são aceitáveis.

    Hipotermia               Inapropriado.

    Bloqueadores             Quando administradas sozinhas, estas drogas
    neuromusculares          provocam parada respiratória antes da perda da
    (MgSO4, nicotina, KCl,   consciência causando dor e sofrimento antes da
    curares)                 morte do animal.

    Congelamento Rápido      Desumano como método isolado. Se usado os
                             animais devem ser previamente anestesiados.

                                                        Continua no próximo slide
Agentes e Métodos Inaceitáveis de Eutanásia



Atordoamento     Não é um método de eutanásia (exceto para
                 animais neonatos que possuem o crânio frágil),
                 causa apenas inconsciência. Se usado deve ser
                 seguido por outro método que assegure a morte.

TMS, MS 222      Condena carcaça para alimentação humana.

Estricnina       Causa convulsões violentas e contrações
                 musculares dolorosas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ICSC48 - Criação e manejo de primatas não humanos e cães
ICSC48 - Criação e manejo de primatas não humanos e cãesICSC48 - Criação e manejo de primatas não humanos e cães
ICSC48 - Criação e manejo de primatas não humanos e cãesRicardo Portela
 
Bem Estar Animal em Diferentes Espécies
Bem Estar Animal em Diferentes Espécies Bem Estar Animal em Diferentes Espécies
Bem Estar Animal em Diferentes Espécies Atena Editora
 
O gato na emergência: Dispneia
O gato na emergência: DispneiaO gato na emergência: Dispneia
O gato na emergência: DispneiaCarolina Trochmann
 
ESS- " Bem-estar animal"
ESS- " Bem-estar animal"ESS- " Bem-estar animal"
ESS- " Bem-estar animal"Ilda Bicacro
 
Tecnica cirúrgica veterinária- esofagotomia,traqueostomia e traqueorrafia
Tecnica cirúrgica veterinária- esofagotomia,traqueostomia e traqueorrafiaTecnica cirúrgica veterinária- esofagotomia,traqueostomia e traqueorrafia
Tecnica cirúrgica veterinária- esofagotomia,traqueostomia e traqueorrafiaJacqueline Gomes
 
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.Alarindo Salvador Dos Santos
 
Acidentes com animais peçonhentos
Acidentes com animais peçonhentosAcidentes com animais peçonhentos
Acidentes com animais peçonhentosDenilsi Gonçalves
 
[Palestra] Daniel Rodrigues: Gestão da sanidade na bovinocultura de corte: cu...
[Palestra] Daniel Rodrigues: Gestão da sanidade na bovinocultura de corte: cu...[Palestra] Daniel Rodrigues: Gestão da sanidade na bovinocultura de corte: cu...
[Palestra] Daniel Rodrigues: Gestão da sanidade na bovinocultura de corte: cu...AgroTalento
 
ICSC48 - Classificação dos animais de laboratório quanto ao status genético
ICSC48 - Classificação dos animais de laboratório quanto ao status genéticoICSC48 - Classificação dos animais de laboratório quanto ao status genético
ICSC48 - Classificação dos animais de laboratório quanto ao status genéticoRicardo Portela
 
Bioclimatologia e comportamento animal
Bioclimatologia e comportamento animalBioclimatologia e comportamento animal
Bioclimatologia e comportamento animalVanderlei Holz Lermen
 
Primeiro socorros - Animais Peçonhentos e Envenenamento
Primeiro socorros - Animais Peçonhentos e EnvenenamentoPrimeiro socorros - Animais Peçonhentos e Envenenamento
Primeiro socorros - Animais Peçonhentos e EnvenenamentoAdriano Barbosa de Sant'Ana
 
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e GatosProtocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e GatosLeonora Mello
 
Principais
afecções da cavidade oral de pequenos animais
Principais
afecções da cavidade oral  de pequenos animais Principais
afecções da cavidade oral  de pequenos animais
Principais
afecções da cavidade oral de pequenos animais Daniel Ferro
 
Manual prático de caprino e ovinocultura
Manual prático de caprino e ovinoculturaManual prático de caprino e ovinocultura
Manual prático de caprino e ovinoculturaLenildo Araujo
 

Mais procurados (20)

ICSC48 - Criação e manejo de primatas não humanos e cães
ICSC48 - Criação e manejo de primatas não humanos e cãesICSC48 - Criação e manejo de primatas não humanos e cães
ICSC48 - Criação e manejo de primatas não humanos e cães
 
Bem Estar Animal em Diferentes Espécies
Bem Estar Animal em Diferentes Espécies Bem Estar Animal em Diferentes Espécies
Bem Estar Animal em Diferentes Espécies
 
O gato na emergência: Dispneia
O gato na emergência: DispneiaO gato na emergência: Dispneia
O gato na emergência: Dispneia
 
ESS- " Bem-estar animal"
ESS- " Bem-estar animal"ESS- " Bem-estar animal"
ESS- " Bem-estar animal"
 
Arraçoamento de equinos
Arraçoamento de equinosArraçoamento de equinos
Arraçoamento de equinos
 
Cartilha bem estar animal - publico externo -
Cartilha bem estar animal -  publico externo -Cartilha bem estar animal -  publico externo -
Cartilha bem estar animal - publico externo -
 
Raças de suínos
Raças de suínosRaças de suínos
Raças de suínos
 
Tecnica cirúrgica veterinária- esofagotomia,traqueostomia e traqueorrafia
Tecnica cirúrgica veterinária- esofagotomia,traqueostomia e traqueorrafiaTecnica cirúrgica veterinária- esofagotomia,traqueostomia e traqueorrafia
Tecnica cirúrgica veterinária- esofagotomia,traqueostomia e traqueorrafia
 
Posse ou guarda responsável
Posse ou guarda responsávelPosse ou guarda responsável
Posse ou guarda responsável
 
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
 
Acidentes com animais peçonhentos
Acidentes com animais peçonhentosAcidentes com animais peçonhentos
Acidentes com animais peçonhentos
 
Entamoeba histolytica
Entamoeba histolyticaEntamoeba histolytica
Entamoeba histolytica
 
[Palestra] Daniel Rodrigues: Gestão da sanidade na bovinocultura de corte: cu...
[Palestra] Daniel Rodrigues: Gestão da sanidade na bovinocultura de corte: cu...[Palestra] Daniel Rodrigues: Gestão da sanidade na bovinocultura de corte: cu...
[Palestra] Daniel Rodrigues: Gestão da sanidade na bovinocultura de corte: cu...
 
ICSC48 - Classificação dos animais de laboratório quanto ao status genético
ICSC48 - Classificação dos animais de laboratório quanto ao status genéticoICSC48 - Classificação dos animais de laboratório quanto ao status genético
ICSC48 - Classificação dos animais de laboratório quanto ao status genético
 
Bioclimatologia e comportamento animal
Bioclimatologia e comportamento animalBioclimatologia e comportamento animal
Bioclimatologia e comportamento animal
 
Primeiro socorros - Animais Peçonhentos e Envenenamento
Primeiro socorros - Animais Peçonhentos e EnvenenamentoPrimeiro socorros - Animais Peçonhentos e Envenenamento
Primeiro socorros - Animais Peçonhentos e Envenenamento
 
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e GatosProtocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
Protocolos de Vacinação e Vermifugação em Cães e Gatos
 
Principais
afecções da cavidade oral de pequenos animais
Principais
afecções da cavidade oral  de pequenos animais Principais
afecções da cavidade oral  de pequenos animais
Principais
afecções da cavidade oral de pequenos animais
 
Manual prático de caprino e ovinocultura
Manual prático de caprino e ovinoculturaManual prático de caprino e ovinocultura
Manual prático de caprino e ovinocultura
 
Gatos e raças de gatos
Gatos e raças de gatosGatos e raças de gatos
Gatos e raças de gatos
 

Destaque

Destaque (20)

Eutanásia em veterinária
Eutanásia em veterináriaEutanásia em veterinária
Eutanásia em veterinária
 
Trabalho da eutanásia
Trabalho da eutanásiaTrabalho da eutanásia
Trabalho da eutanásia
 
Grupo5 eutanasia
Grupo5 eutanasiaGrupo5 eutanasia
Grupo5 eutanasia
 
Eutanásia
EutanásiaEutanásia
Eutanásia
 
Eutanásia II
Eutanásia IIEutanásia II
Eutanásia II
 
Animais de laboratório
Animais de laboratórioAnimais de laboratório
Animais de laboratório
 
Eutanásia III
Eutanásia IIIEutanásia III
Eutanásia III
 
Animais de laboratorio
Animais de laboratorioAnimais de laboratorio
Animais de laboratorio
 
Microsoft Power Point EutanáSia
Microsoft Power Point   EutanáSiaMicrosoft Power Point   EutanáSia
Microsoft Power Point EutanáSia
 
397 1491-1-pb
397 1491-1-pb397 1491-1-pb
397 1491-1-pb
 
experimentação biomédica e animais venenosos
experimentação biomédica e animais venenososexperimentação biomédica e animais venenosos
experimentação biomédica e animais venenosos
 
Regina Rodrigues - Testes em Animais
Regina Rodrigues - Testes em AnimaisRegina Rodrigues - Testes em Animais
Regina Rodrigues - Testes em Animais
 
Bioética pesquisa em animais
Bioética  pesquisa em animaisBioética  pesquisa em animais
Bioética pesquisa em animais
 
Uso de animais
Uso de animaisUso de animais
Uso de animais
 
A ética no uso de animais em pesquisas
A ética no uso de animais em pesquisas A ética no uso de animais em pesquisas
A ética no uso de animais em pesquisas
 
Objetivos na experimentação com animais
Objetivos na experimentação com animaisObjetivos na experimentação com animais
Objetivos na experimentação com animais
 
Testes em Animais
Testes em AnimaisTestes em Animais
Testes em Animais
 
O animal como modelo exprimental
O animal como modelo exprimentalO animal como modelo exprimental
O animal como modelo exprimental
 
Experimentação em Animais
Experimentação em AnimaisExperimentação em Animais
Experimentação em Animais
 
Carta tidir aos_prof.
Carta tidir aos_prof.Carta tidir aos_prof.
Carta tidir aos_prof.
 

Mais de Eric Liberato

Tcc una avaliação folha ficha nota
Tcc una avaliação folha ficha notaTcc una avaliação folha ficha nota
Tcc una avaliação folha ficha notaEric Liberato
 
Tcc avaliação folha ficha nota una
Tcc avaliação folha ficha nota unaTcc avaliação folha ficha nota una
Tcc avaliação folha ficha nota unaEric Liberato
 
Modelo do termo de consentimento livre e esclarecido1
Modelo do termo de consentimento livre e esclarecido1Modelo do termo de consentimento livre e esclarecido1
Modelo do termo de consentimento livre e esclarecido1Eric Liberato
 
Manual tidir modelo 15 pag
Manual tidir modelo 15 pagManual tidir modelo 15 pag
Manual tidir modelo 15 pagEric Liberato
 
Tcc una protocolo comite
Tcc una protocolo comiteTcc una protocolo comite
Tcc una protocolo comiteEric Liberato
 
Pne aula 1 - intro + ética
Pne   aula 1 - intro + éticaPne   aula 1 - intro + ética
Pne aula 1 - intro + éticaEric Liberato
 
Tcc avaliação folha ficha nota una
Tcc avaliação folha ficha nota unaTcc avaliação folha ficha nota una
Tcc avaliação folha ficha nota unaEric Liberato
 
Tabela índice glicêmico tcc leandro una
Tabela índice glicêmico tcc leandro unaTabela índice glicêmico tcc leandro una
Tabela índice glicêmico tcc leandro unaEric Liberato
 
Regulamentações, conflitos e...
Regulamentações, conflitos e...Regulamentações, conflitos e...
Regulamentações, conflitos e...Eric Liberato
 
Os 10 experimentos psicológicos mais anti éticos
Os 10 experimentos psicológicos mais anti éticosOs 10 experimentos psicológicos mais anti éticos
Os 10 experimentos psicológicos mais anti éticosEric Liberato
 
Nra aula 1 - reforço - artigo alimentos funcionais
Nra   aula 1 - reforço - artigo alimentos funcionaisNra   aula 1 - reforço - artigo alimentos funcionais
Nra aula 1 - reforço - artigo alimentos funcionaisEric Liberato
 
Nova pirâmide dos alimentos 2005
Nova pirâmide dos alimentos 2005Nova pirâmide dos alimentos 2005
Nova pirâmide dos alimentos 2005Eric Liberato
 
Modelo animal de doença critérios de escolha e espécies
Modelo animal de doença critérios de escolha e espéciesModelo animal de doença critérios de escolha e espécies
Modelo animal de doença critérios de escolha e espéciesEric Liberato
 
Apostila cardapio dri pnae pat
Apostila cardapio dri pnae patApostila cardapio dri pnae pat
Apostila cardapio dri pnae patEric Liberato
 
Pne aula 2 - modeos animais + biotérios
Pne   aula 2 - modeos animais + biotériosPne   aula 2 - modeos animais + biotérios
Pne aula 2 - modeos animais + biotériosEric Liberato
 

Mais de Eric Liberato (20)

2.2 proteínas
2.2   proteínas2.2   proteínas
2.2 proteínas
 
Tcc una avaliação folha ficha nota
Tcc una avaliação folha ficha notaTcc una avaliação folha ficha nota
Tcc una avaliação folha ficha nota
 
Tcc avaliação folha ficha nota una
Tcc avaliação folha ficha nota unaTcc avaliação folha ficha nota una
Tcc avaliação folha ficha nota una
 
Modelo do termo de consentimento livre e esclarecido1
Modelo do termo de consentimento livre e esclarecido1Modelo do termo de consentimento livre e esclarecido1
Modelo do termo de consentimento livre e esclarecido1
 
Manual tidir modelo 15 pag
Manual tidir modelo 15 pagManual tidir modelo 15 pag
Manual tidir modelo 15 pag
 
Tcc una protocolo comite
Tcc una protocolo comiteTcc una protocolo comite
Tcc una protocolo comite
 
Pne aula 1 - intro + ética
Pne   aula 1 - intro + éticaPne   aula 1 - intro + ética
Pne aula 1 - intro + ética
 
Tcc avaliação folha ficha nota una
Tcc avaliação folha ficha nota unaTcc avaliação folha ficha nota una
Tcc avaliação folha ficha nota una
 
Tabela índice glicêmico tcc leandro una
Tabela índice glicêmico tcc leandro unaTabela índice glicêmico tcc leandro una
Tabela índice glicêmico tcc leandro una
 
Regulamentações, conflitos e...
Regulamentações, conflitos e...Regulamentações, conflitos e...
Regulamentações, conflitos e...
 
Rda
RdaRda
Rda
 
Pnae fnde
Pnae fndePnae fnde
Pnae fnde
 
Os 10 experimentos psicológicos mais anti éticos
Os 10 experimentos psicológicos mais anti éticosOs 10 experimentos psicológicos mais anti éticos
Os 10 experimentos psicológicos mais anti éticos
 
Nra aula 1 - reforço - artigo alimentos funcionais
Nra   aula 1 - reforço - artigo alimentos funcionaisNra   aula 1 - reforço - artigo alimentos funcionais
Nra aula 1 - reforço - artigo alimentos funcionais
 
Nova pirâmide dos alimentos 2005
Nova pirâmide dos alimentos 2005Nova pirâmide dos alimentos 2005
Nova pirâmide dos alimentos 2005
 
Modeo una tcc
Modeo una tccModeo una tcc
Modeo una tcc
 
Modelo animal de doença critérios de escolha e espécies
Modelo animal de doença critérios de escolha e espéciesModelo animal de doença critérios de escolha e espécies
Modelo animal de doença critérios de escolha e espécies
 
Eer + dr is
Eer + dr isEer + dr is
Eer + dr is
 
Apostila cardapio dri pnae pat
Apostila cardapio dri pnae patApostila cardapio dri pnae pat
Apostila cardapio dri pnae pat
 
Pne aula 2 - modeos animais + biotérios
Pne   aula 2 - modeos animais + biotériosPne   aula 2 - modeos animais + biotérios
Pne aula 2 - modeos animais + biotérios
 

Eutanásia animais laboratório

  • 1. Bibliografia • Handbook of Veterinary Drugs, 2ª edução, 1998 • JAVMA, vol 218, nº 5, março 2001 – Report of the AVMA Panel on Euthanasia • Manual para Técnicos em Bioterismo, 2ªedição, COBEA, 1996
  • 2. Qual o destino dos animais de experimentação e vivissecção? “Doce é o verdadeiro EUTANÁSIA x amor, ainda que dado em vão, e SACRIFÍCIO doce é a morte que põe fim à • MORTE: ato de dor”. morrer, perder a Alfred vida; abolição Lord permanente da Tennyson função do SNC.
  • 3. Critérios de avaliação de métodos aceitáveis de eutanásia/sacrifício: Produção de morte sem dor Perda imediata da consciência, parada respiratória e cardíaca (sem pulso periférico) Capacidade de contenção com o método usado; habilidade de minimizar os estresses físico e psicológico, Tempo necessário para o estabelecimento de inconsciência e morte, Confiabilidade, “Dormir: Segurança para a equipe, oportunidade Efeito emocional para quem assiste, de sonhar.” William Considerações econômicas, Shakespeare Compatibilidade com avaliações histopatológicas, Equipamentos e disponibilidade dos fármacos e seu potencial de abuso
  • 4. Percepção da Dor Somente seres humanos registram e solicitam tratamento da dor DOR: fator de estresse ou angústia, Em animais: inaceitável, que pode Subdiagnosticada Subestimada influenciar o ciclo reprodutivo, padrão hormonal e o Pistas a observar comportamento 1. Claudicação ou locomoção alterada; social, 2. Elevação do membro lesionado; INTERFERINDO nos 3. Estabelecimento de posturas anormais; resultados dos 4. Expressão de sofrimento e angústia; experimentos. 5. Olhar para o local doloroso; 6. Lamber, coçar, escoicear o local dolorido.
  • 5. Critérios de avaliação de métodos aceitáveis de eutanásia/sacrifício: Produção de morte sem dor Perda imediata da consciência, parada respiratória e cardíaca (sem pulso periférico) Capacidade de contenção com o método usado; habilidade de minimizar os estresses físico e psicológico, Tempo necessário para o estabelecimento de inconsciência e morte, Confiabilidade, “Dormir: Segurança para a equipe, oportunidade Efeito emocional para quem assiste, de sonhar.” William Considerações econômicas, Shakespeare Compatibilidade com avaliações histopatológicas, Equipamentos e disponibilidade dos fármacos e seu potencial de abuso
  • 6. Critérios de avaliação de métodos aceitáveis de eutanásia/sacrifício: Produção de morte sem dor Perda imediata da consciência, parada respiratória e cardíaca (sem pulso periférico) Capacidade de contenção com o método usado; habilidade de minimizar os estresses físico e psicológico, Tempo necessário para o estabelecimento de inconsciência e morte, Confiabilidade, “Dormir: Segurança para a equipe, oportunidade Efeito emocional para quem assiste, de sonhar.” William Considerações econômicas, Shakespeare Compatibilidade com avaliações histopatológicas, Equipamentos e disponibilidade dos fármacos e seu potencial de abuso
  • 7. Eutanásia - Agentes e métodos por espécies Espécies Aceitável Ocasionalmente Aceitável Anfíbios Barbitúricos, anestésicos Guilhotina, luxação voláteis, CO2 e CO cervical e arma de fogo Aves Idem N2, Argônio, luxação cervical, guilhotina e compressão torácica Felinos Idem + KCl N2 e Argônio Caninos Idem felinos Idem + eletricidade Primatas Barbitúricos CO2, CO, N2 e Ar Continua no próximo slide
  • 8. Eutanásia - Agentes e métodos por espécies Espécies Aceitável Ocasionalmente Aceitável Coelhos Barbitúricos, anestésicos N2, Ar, luxação cervical voláteis, CO2, CO e KCl (<1kg) e guilhotina Pequenos Roedores Barbitúricos, anestésicos Metoxiflurano, N2, Ar, voláteis, CO2, CO, KCl e luxação cervical (ratos Microondas <200g) e guilhotina Ruminantes Barbitúricos e KCl Hidrato de Cloral (IV pós sedação), arma de fogo e eletricidade Suínos Idem Anestésicos voláteis, CO, Hidrato de Cloral (IV após sedação), arma de fogo, eletricidade e concussão. Equinos Barbitúricos, KCl + Hidrato de Cloral IV após anestesia geral e sedação, arma de fogo e decerebrador por lança eletrocussão
  • 9. Agentes e Métodos Aceitáveis de Eutanásia Agente Classificação Modo de Velocidade de Facilidade de Segurança Espécie Eficiência e Ação ação Administrar Pessoal Comentários Barbitúricos Depressão dos Depressão Indução rápida Animal deve Dependência Maioria das Alta eficiência centros vitais direta do da anestesia estar contido e em humanos espécies quando córtex o pessoal apto administrado cerebral, a administrar de forma estruturas IV correta; subcorticais e aceitável IP depressão do em pequenos miocárdio animais CO2 Idem Idem Moderada- Usar em Mínimo risco Pequenos Eficiente, mente rápido câmara animais de porém o tempo fechada (caixa laboratório, de exposição de Guedel) aves, cães, precisa ser gatos, coelhos aumentado em e suínos neonatos CO Hipóxia Liga-se à Hb Moderado Requer Alto risco, Idem Aceitável evitando equipamento difícil de quando usado hematose detectar com vazamentos equipamento Continua no próximo slide
  • 10. Agentes e Métodos Aceitáveis de Eutanásia Agente Classificação Modo de Velocidade Facilidade de Segurança Espécie Eficiência e Ação de ação Administrar Pessoal Comentários Anestésicos Hipóxia por Depressão Moderada; Animal deve Aparelho Aves, cães, Muito Voláteis depressão dos direta do pode ocorrer ser contido; deve ser gatos, eficiente centros vitais córtex excitação na grandes bem coelhos e quando bem cerebral, fase de animais regulado roedores empregado estruturas indução necessitam de para não subcorticais máscara saturar e centros (tubo) ambiente vitais Irradiação de Inativação das Inativação Muito rápido Equipamento Seguro Pequenos Muito eficaz Microondas enzimas das enzimas especializado roedores cerebrais cerebrais por rápido aquecimento KCl Hipóxia Parada Rápido Habilidade em Pode ser Maioria das Muito eficaz, cardíaca injeção IV arriscado espécies pode-se com observar exposição espasmos acidental ao musculares pessoal clônicos Continua no próximo slide
  • 11. Agentes e Métodos Aceitáveis de Eutanásia Agente Classificação Modo de Velocidade Facilidade de Segurança Espécie Eficiência e Ação de Ação Administrar Pessoal Comentários Descere- Dano físico ao Concussão Rápida Requer Seguro Equinos, Perda brador por cérebro direta sobre contenção ruminantes instantânea lança o tecido adequada, e suínos. da cerebral habilidade e consciência, equipamento com apropriado pedalamento. TMS, MS Hipóxia Depressão Muito Fácil Seguro Peixes e Efetivo porém 222 atribuída à do SNC rápido, administração anfíbios caro ($) depressão dos depende da centros vitais dose
  • 12. Agentes e Métodos Condicionalmente Aceitáveis de Eutanásia Agente Classificação Modo de Velocidade Facilidade de Segurança Espécie Eficiência e Ação de ação Administrar Pessoal Comentários Luxação Hipóxia devido Depressão Moderada Requer Seguro Aves, Podem Cervical ruptura dos direta do treinamento e pequenos ocorrer centros vitais cérebro habilidade roedores e violentas coelhos contrações (<1kg) musculares Decapitação Idem Idem Rápida Idem Idem Idem Idem (Guilhotina) Eletrocussão Hipóxia Depressão Idem Requer prática Arriscado ao Suínos, Idem cerebral e pessoal ruminantes, fibrilação animais cardíaca acima de 5 kg Continua no próximo slide
  • 13. Agentes e Métodos Condicionalmente Aceitáveis de Eutanásia Agente Classificação Modo de Velocidade Facilidade de Segurança Espécie Eficiência e Ação de ação Administrar Pessoal Comentários Arma de Hipóxia devido Lesão Rápida Requer prática Pode ser Grandes Perda Fogo ruptura dos cerebral e arma perigoso animais imediata da centros vitais direta apropriada consciência; pode manter atividade motora Nitrogênio e Hipoxia Reduz Idem Usar em Seguro se Cães, gatos, Não efetivo Argônio pressão de câmara usado em coelhos, em neonatos O2 fechada ambiente pequenos sangüínea ventilado roedores e disponível primatas Compressão Hipóxia e Interferência Moderada- Requer prática Seguro Aves Efetivo Torácica parada física nas mente pequenas cardíaca funções rápida cárdio- respiratórias Continua no próximo slide
  • 14. Agentes e Métodos Condicionalmente Aceitáveis de Eutanásia Agente Classificação Modo Velocidade Facilidade de Segurança Espécie Eficiência e de Ação de Ação Administrar Pessoal Comentá- rios Pistola Dano físico ao Concus- Rápida Requer Seguro Cães, Perda com cérebro são contenção coelhos, instantânea projétil direta adequada, animais de da cativo sobre o habilidade e Zoológico, consciência, tecido equipamento répteis, com pedala- cerebral apropriado anfíbios mento. TMS, MS Hipóxia Depres- Muito Fácil Seguro Maioria Efetivo 222 atribuída à são do rápido, administração das porém caro depressão dos SNC depende da espécies ($) centros vitais dose Continua no próximo slide
  • 15. Agentes e Métodos Condicionalmente Aceitáveis de Eutanásia Concussão Dano cerebral Concussão Rápida Requer Seguro Suínos Requer direta sobre contenção com prática para o tecido adequada, menos de ser um cerebral habilidade e 3 semanas método força de idade humano e adequada efetivo CO2 Depressão Modera- Usada em Mínimo Primatas Efetivo mas direta da damente câmara risco não requer córtex rápida fechada humanos exposição cerebral, prolongada estruturas para animais subcorticais jovens e e centros neonatos. vitais; depressão direta do miocárdio. CO Hipóxia Compete Moderado Requer Alto risco, Primatas Efetivo, com O2 equipamento difícil não somente pela Hb detectar humanos aceitável se vazamento equipamen- to for bem operado. Continua no próximo slide
  • 16. Agentes e Métodos Condicionalmente Aceitáveis de Eutanásia Hidrato de Hipóxia Depressão Rápido Requer Seguro Equinos, Anim ais Cloral atribuída à direta do habilidade rum inantes devem ser depressão do cérebro para e suínos previam ente centro adm inistração sedados respiratório IV Anestési- Hipóxia Depressão Moderada, Uso de Necessita Prim atas Muito cos atribuída à direta da com câm ara de não eficiente de Inalantes depressão dos córtex excitação fechada, pode m áscaras hum anos e acordo com centros vitais cerebral, na indução ser usada em apropriadas suínos. a exposição estruturas grandes ou Éter e subcorticais anim ais com exaustão m etoxi- e centros m áscara am biental; flurano: vitais éter é roedores e explosivo e pequenos exposição m am íferos contínua causa dependên- cia Pistola Dano físico ao Concussão Rápida Requer Seguro Cães, Perda da com cérebro direta sobre contenção coelhos, consciência projétil o tecido adequada, anim ais de com pedala- cativo cerebral habilidade e Zoológico, m ento equipam ento répteis, apropriado anfíbios Secção da Hipóxia Traum a do Rápida Fácil, requer Seguro Ectotér- Efetivo, m as M edula atribuída à cérebro e prática m icos a m orte não Cervical depressão dos da m edula ocorre se centros vitais, espinhal não houver dano físico ao secção total cérebro. da m edula
  • 17. Agentes e Métodos Inaceitáveis de Eutanásia Agente ou Método Comentários Embolia Gasosa Pode apresentar convulsões, opistótono e vocalização. Deve ser usado apenas em animais anestesiados Concussão Inaceitável para maioria das espécies Queimadura Queimadura térmica ou química em um animal é inaceitável. Hidrato de Cloral Inaceitável em cães, gatos e pequenos mamíferos. Clorofórmio É hepatotóxico, carcinogênico de alto risco para segurança pessoal. Cianureto Exposição ao cianureto é muito perigoso ao pessoal e a morte é esteticamente desaprovada. Continua no próximo slide
  • 18. Agentes e Métodos Inaceitáveis de Eutanásia Descompressão Possui muitas desvantagens: 1. Câmara de descompressão desregulada causa dor e angústia, atribuídas a expansão dos gases nas cavidades corporais. 2. Animais imaturos são bastante tolerantes á hipóxia e por isso necessitam de grandes períodos de descompressão até cessar a respiração. 3. Pode ocorrer recompressão acidental, não ocorrendo a morte e deixando os animais moribundos. 4. Os animais inconscientes podem sangrar, vomitar, convulsionar, urinar e defecar, sendo esteticamente inaceitável. Afogamento Não é um método de eutanásia. Desumano. Formalina Idem Continua no próximo slide
  • 19. Agentes e Métodos Inaceitáveis de Eutanásia Exsanguinação Por causa da ansiedade associada à extrema (sangria) hipovolemia, deve ser usada apenas em animais anestesiados. Solventes e produtos Acetonas, compostos quartenários (CCl4), domésticos produtos a base de amônia quartenária, antiácidos e outros solventes ou produtos domésticos/comerciais não são aceitáveis. Hipotermia Inapropriado. Bloqueadores Quando administradas sozinhas, estas drogas neuromusculares provocam parada respiratória antes da perda da (MgSO4, nicotina, KCl, consciência causando dor e sofrimento antes da curares) morte do animal. Congelamento Rápido Desumano como método isolado. Se usado os animais devem ser previamente anestesiados. Continua no próximo slide
  • 20. Agentes e Métodos Inaceitáveis de Eutanásia Atordoamento Não é um método de eutanásia (exceto para animais neonatos que possuem o crânio frágil), causa apenas inconsciência. Se usado deve ser seguido por outro método que assegure a morte. TMS, MS 222 Condena carcaça para alimentação humana. Estricnina Causa convulsões violentas e contrações musculares dolorosas.