SlideShare uma empresa Scribd logo
O analfab3t1sm0 mat3mát1c0

             Fernando Luís Santos
     Escola Superior de Educação Jean Piaget de Almada
John Allen Paulos




Tell your audience I said Hi.
          Best, JAP
Um músico acorda de
um terrível pesadelo.
Em outro lado da cidade, um pintor
acorda de um sonho semelhante...
Matemática
Professores
Decisores políticos


Todos sabem que está mal.
Investigadores        Matemáticos

    Alunos
As aulas de matemática
    são aborrecidas!
E nuca foi bom a matmatica

Eu nunca fui bom a matemática!
É raríssimo ensinarem-se as
bases do pensamento indutivo.
A matemática enquanto ferramenta
 útil, como modo de pensar ou até
como fonte de prazer é uma noção
  arredada da matemática escolar.
analfabetismo matemático
  literacia matemática
numeracia materacia
literacia quantitativa
     matemacia
Utilização expedita dos conceitos ou
    envolvendo também a capacidade
  crítica relativamente à sua utilização.

                   Competências ligadas ao
                  uso de conceitos numéricos.
Conhecimentos e procedimentos básicos ou envolvendo
 a capacidade de usar conhecimentos e procedimentos
                  em contextos reais.




  Conhecimentos elementares
   e procedimentos básicos.
2+2=?
2+2=4
Nível 1 - Efectuar uma simples operação aritmética
2+2×3=?
2+2×3=8

Nível 2 - Efectuar uma sequência de duas operações
6÷2(2+1)=?
6÷2(2+1)=9

Nível 3 - Efectuar uma sequência de duas operações
Demonstre que em qualquer subtracção, a soma
do diminuendo com o diminuidor e a diferença é
        igual ao dobro do diminuendo.
Sabendo que :
                     (n+2)−(n+1)=1
             Logo :
             (n+2)+(n+1)+1=2 (n+2)
             Para n=1
                         3+2+1=2(3)
                                6=6
             Para n
                          2n+4=2n+4
Nível 4 – Resolver um problema, efectuar uma demonstração...
Adivinhando datas de
    aniversário...
1 3     2 3     4 5     8 30    16 24
5 7     7 6     7 6     28 26   17 25
9 11    10 11   12 13   9 11    18 26
13 15   15 14   14 15   13 15   19 27
17 19   18 19   20 28   24 14   20 28
21 23   23 22   21 23   13 12   21 29
25 27   26 27   30 22   25 27   22 30
29 31   31 30   29 31   29 31   23 31
 A       B       C       D       E
2⁰ = 1
2¹ = 2
2² = 2 x 2 = 4
2³ = 2 x 2 x 2 = 8
2⁴ = 2 x 2 x 2 x 2 = 16
1 17    2 18    4 20    8 24    16 24
3 19    3 19    5 21    9 25    17 25
5 21    6 22    6 22    10 26   18 26
7 23    7 23    7 23    11 27   19 27
9 25    10 26   12 28   12 28   20 28
11 27   11 27   13 29   13 29   21 29
13 29   14 30   14 30   14 30   22 30
15 31   15 31   15 31   15 31   23 31
 A       B       C       D       E
Referências
Lockhart, P. (2009). A matematician's lament. New York.
Bellevue Literary Press.
Paulos, J. A. (1991). Inumerismo, o analfabetismo matemático
e as suas consequências. Lisboa: Europa-América.
Ponte, J. P. (2002). Literacia matemática. In Centro de
Investigação em Educação "Paulo Freire". Congresso literacia
e cidadania, convergências e interface. Évora: Universidade de
Évora.
Obrigado
                                          Fernando Luís Santos
                                       fsantos@almada.ipiaget.org
                                             Twitter: flsantos




Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Partilha nos termos da mesma licença 3.0 Unported.
                                        Todas as imagens utilizadas partilham o mesmo tipo de licença.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Encontro de educação

M8 4 bim_aluno_2013
M8 4 bim_aluno_2013M8 4 bim_aluno_2013
M8 4 bim_aluno_2013
Igor Silva
 
M9 2 bim_aluno_2014
M9 2 bim_aluno_2014M9 2 bim_aluno_2014
M9 2 bim_aluno_2014
jeniifers
 
M9 2 bim_aluno_2014
M9 2 bim_aluno_2014M9 2 bim_aluno_2014
M9 2 bim_aluno_2014
Thalita Taylor
 
M8 4 bim_aluno_2014
M8 4 bim_aluno_2014M8 4 bim_aluno_2014
M8 4 bim_aluno_2014
Marcio Colucci
 
Ativ3 1valdemir
Ativ3 1valdemirAtiv3 1valdemir
Ativ3 1valdemir
Valdemir2011
 
Mv B2 (DescodificaçãO Referenciais)
Mv   B2 (DescodificaçãO Referenciais)Mv   B2 (DescodificaçãO Referenciais)
Mv B2 (DescodificaçãO Referenciais)
vmpdias
 
Apostila de matemática
Apostila de matemáticaApostila de matemática
Apostila de matemática
Brenda Santana
 
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
brendabommie
 
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
brendabommie
 
Prova faetec nível médio subseqüente e vestibular is es e ists-prova de mate...
Prova faetec  nível médio subseqüente e vestibular is es e ists-prova de mate...Prova faetec  nível médio subseqüente e vestibular is es e ists-prova de mate...
Prova faetec nível médio subseqüente e vestibular is es e ists-prova de mate...
tandyguit
 
MAT 3ª Série 3º Bimestre Professor.pdf
MAT 3ª Série 3º Bimestre Professor.pdfMAT 3ª Série 3º Bimestre Professor.pdf
MAT 3ª Série 3º Bimestre Professor.pdf
GernciadeProduodeMat
 
Utilizando o programa do celular mathematics 04
Utilizando o programa do celular mathematics 04Utilizando o programa do celular mathematics 04
Utilizando o programa do celular mathematics 04
marcusantonioportovelho
 
Analise Comb E Probabilidades
Analise Comb E ProbabilidadesAnalise Comb E Probabilidades
Analise Comb E Probabilidades
gueste0e57c
 
Analise Comb E Probabilidades
Analise Comb E ProbabilidadesAnalise Comb E Probabilidades
Analise Comb E Probabilidades
ISJ
 
Equação do 1º grau
Equação do 1º grauEquação do 1º grau
Equação do 1º grau
Elcielle .
 

Semelhante a Encontro de educação (15)

M8 4 bim_aluno_2013
M8 4 bim_aluno_2013M8 4 bim_aluno_2013
M8 4 bim_aluno_2013
 
M9 2 bim_aluno_2014
M9 2 bim_aluno_2014M9 2 bim_aluno_2014
M9 2 bim_aluno_2014
 
M9 2 bim_aluno_2014
M9 2 bim_aluno_2014M9 2 bim_aluno_2014
M9 2 bim_aluno_2014
 
M8 4 bim_aluno_2014
M8 4 bim_aluno_2014M8 4 bim_aluno_2014
M8 4 bim_aluno_2014
 
Ativ3 1valdemir
Ativ3 1valdemirAtiv3 1valdemir
Ativ3 1valdemir
 
Mv B2 (DescodificaçãO Referenciais)
Mv   B2 (DescodificaçãO Referenciais)Mv   B2 (DescodificaçãO Referenciais)
Mv B2 (DescodificaçãO Referenciais)
 
Apostila de matemática
Apostila de matemáticaApostila de matemática
Apostila de matemática
 
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
 
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
M9. 2.bim aluno_2.0.1.3.
 
Prova faetec nível médio subseqüente e vestibular is es e ists-prova de mate...
Prova faetec  nível médio subseqüente e vestibular is es e ists-prova de mate...Prova faetec  nível médio subseqüente e vestibular is es e ists-prova de mate...
Prova faetec nível médio subseqüente e vestibular is es e ists-prova de mate...
 
MAT 3ª Série 3º Bimestre Professor.pdf
MAT 3ª Série 3º Bimestre Professor.pdfMAT 3ª Série 3º Bimestre Professor.pdf
MAT 3ª Série 3º Bimestre Professor.pdf
 
Utilizando o programa do celular mathematics 04
Utilizando o programa do celular mathematics 04Utilizando o programa do celular mathematics 04
Utilizando o programa do celular mathematics 04
 
Analise Comb E Probabilidades
Analise Comb E ProbabilidadesAnalise Comb E Probabilidades
Analise Comb E Probabilidades
 
Analise Comb E Probabilidades
Analise Comb E ProbabilidadesAnalise Comb E Probabilidades
Analise Comb E Probabilidades
 
Equação do 1º grau
Equação do 1º grauEquação do 1º grau
Equação do 1º grau
 

Mais de Fernando Luís Santos

6700. Matéria completa.pdf
6700. Matéria completa.pdf6700. Matéria completa.pdf
6700. Matéria completa.pdf
Fernando Luís Santos
 
Cp fc geometria descritiva
Cp fc geometria descritivaCp fc geometria descritiva
Cp fc geometria descritiva
Fernando Luís Santos
 
School Without Walls: A ‘Learning Community’ in a Teacher Education School
School Without Walls: A ‘Learning Community’ in a Teacher Education SchoolSchool Without Walls: A ‘Learning Community’ in a Teacher Education School
School Without Walls: A ‘Learning Community’ in a Teacher Education School
Fernando Luís Santos
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagensA complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
Fernando Luís Santos
 
The complexity of mathematical thought and the quality of learning: portfolio...
The complexity of mathematical thought and the quality of learning: portfolio...The complexity of mathematical thought and the quality of learning: portfolio...
The complexity of mathematical thought and the quality of learning: portfolio...
Fernando Luís Santos
 
Porquê e não, como...
Porquê e não, como...Porquê e não, como...
Porquê e não, como...
Fernando Luís Santos
 
Cnappes2015 hc fls_slides
Cnappes2015 hc fls_slidesCnappes2015 hc fls_slides
Cnappes2015 hc fls_slides
Fernando Luís Santos
 
Cnappes2015 ra fls_slides
Cnappes2015 ra fls_slidesCnappes2015 ra fls_slides
Cnappes2015 ra fls_slides
Fernando Luís Santos
 
Mathematics in pre-service teacher education and the quality of learning: The...
Mathematics in pre-service teacher education and the quality of learning: The...Mathematics in pre-service teacher education and the quality of learning: The...
Mathematics in pre-service teacher education and the quality of learning: The...
Fernando Luís Santos
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidades das aprendizagens: um ...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidades das aprendizagens: um ...A complexidade do pensamento matemático e a qualidades das aprendizagens: um ...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidades das aprendizagens: um ...
Fernando Luís Santos
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: a es...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: a es...A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: a es...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: a es...
Fernando Luís Santos
 
Laboratório de educação matemática: experiência na formação inicial de profes...
Laboratório de educação matemática: experiência na formação inicial de profes...Laboratório de educação matemática: experiência na formação inicial de profes...
Laboratório de educação matemática: experiência na formação inicial de profes...
Fernando Luís Santos
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagensA complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
Fernando Luís Santos
 
A matemática das pulseiras de elástico
A matemática das pulseiras de elásticoA matemática das pulseiras de elástico
A matemática das pulseiras de elástico
Fernando Luís Santos
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: usan...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: usan...A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: usan...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: usan...
Fernando Luís Santos
 
Cidadania digital
Cidadania digitalCidadania digital
Cidadania digital
Fernando Luís Santos
 
A COMPLEXIDADE DO RACIOCÍNIO MATEMÁTICO E A QUALIDADE DAS APRENDIZAGENS: A BI...
A COMPLEXIDADE DO RACIOCÍNIO MATEMÁTICO E A QUALIDADE DAS APRENDIZAGENS: A BI...A COMPLEXIDADE DO RACIOCÍNIO MATEMÁTICO E A QUALIDADE DAS APRENDIZAGENS: A BI...
A COMPLEXIDADE DO RACIOCÍNIO MATEMÁTICO E A QUALIDADE DAS APRENDIZAGENS: A BI...
Fernando Luís Santos
 
Matemática e Árvores?
Matemática e Árvores?Matemática e Árvores?
Matemática e Árvores?
Fernando Luís Santos
 
Adm apresentação
Adm apresentaçãoAdm apresentação
Adm apresentação
Fernando Luís Santos
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: tare...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: tare...A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: tare...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: tare...
Fernando Luís Santos
 

Mais de Fernando Luís Santos (20)

6700. Matéria completa.pdf
6700. Matéria completa.pdf6700. Matéria completa.pdf
6700. Matéria completa.pdf
 
Cp fc geometria descritiva
Cp fc geometria descritivaCp fc geometria descritiva
Cp fc geometria descritiva
 
School Without Walls: A ‘Learning Community’ in a Teacher Education School
School Without Walls: A ‘Learning Community’ in a Teacher Education SchoolSchool Without Walls: A ‘Learning Community’ in a Teacher Education School
School Without Walls: A ‘Learning Community’ in a Teacher Education School
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagensA complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
 
The complexity of mathematical thought and the quality of learning: portfolio...
The complexity of mathematical thought and the quality of learning: portfolio...The complexity of mathematical thought and the quality of learning: portfolio...
The complexity of mathematical thought and the quality of learning: portfolio...
 
Porquê e não, como...
Porquê e não, como...Porquê e não, como...
Porquê e não, como...
 
Cnappes2015 hc fls_slides
Cnappes2015 hc fls_slidesCnappes2015 hc fls_slides
Cnappes2015 hc fls_slides
 
Cnappes2015 ra fls_slides
Cnappes2015 ra fls_slidesCnappes2015 ra fls_slides
Cnappes2015 ra fls_slides
 
Mathematics in pre-service teacher education and the quality of learning: The...
Mathematics in pre-service teacher education and the quality of learning: The...Mathematics in pre-service teacher education and the quality of learning: The...
Mathematics in pre-service teacher education and the quality of learning: The...
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidades das aprendizagens: um ...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidades das aprendizagens: um ...A complexidade do pensamento matemático e a qualidades das aprendizagens: um ...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidades das aprendizagens: um ...
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: a es...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: a es...A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: a es...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: a es...
 
Laboratório de educação matemática: experiência na formação inicial de profes...
Laboratório de educação matemática: experiência na formação inicial de profes...Laboratório de educação matemática: experiência na formação inicial de profes...
Laboratório de educação matemática: experiência na formação inicial de profes...
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagensA complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens
 
A matemática das pulseiras de elástico
A matemática das pulseiras de elásticoA matemática das pulseiras de elástico
A matemática das pulseiras de elástico
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: usan...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: usan...A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: usan...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: usan...
 
Cidadania digital
Cidadania digitalCidadania digital
Cidadania digital
 
A COMPLEXIDADE DO RACIOCÍNIO MATEMÁTICO E A QUALIDADE DAS APRENDIZAGENS: A BI...
A COMPLEXIDADE DO RACIOCÍNIO MATEMÁTICO E A QUALIDADE DAS APRENDIZAGENS: A BI...A COMPLEXIDADE DO RACIOCÍNIO MATEMÁTICO E A QUALIDADE DAS APRENDIZAGENS: A BI...
A COMPLEXIDADE DO RACIOCÍNIO MATEMÁTICO E A QUALIDADE DAS APRENDIZAGENS: A BI...
 
Matemática e Árvores?
Matemática e Árvores?Matemática e Árvores?
Matemática e Árvores?
 
Adm apresentação
Adm apresentaçãoAdm apresentação
Adm apresentação
 
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: tare...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: tare...A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: tare...
A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: tare...
 

Último

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 

Encontro de educação

  • 1. O analfab3t1sm0 mat3mát1c0 Fernando Luís Santos Escola Superior de Educação Jean Piaget de Almada
  • 2. John Allen Paulos Tell your audience I said Hi. Best, JAP
  • 3. Um músico acorda de um terrível pesadelo.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. Em outro lado da cidade, um pintor acorda de um sonho semelhante...
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 15. Professores Decisores políticos Todos sabem que está mal. Investigadores Matemáticos Alunos
  • 16. As aulas de matemática são aborrecidas!
  • 17. E nuca foi bom a matmatica Eu nunca fui bom a matemática!
  • 18.
  • 19. É raríssimo ensinarem-se as bases do pensamento indutivo.
  • 20. A matemática enquanto ferramenta útil, como modo de pensar ou até como fonte de prazer é uma noção arredada da matemática escolar.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25. analfabetismo matemático literacia matemática numeracia materacia literacia quantitativa matemacia
  • 26. Utilização expedita dos conceitos ou envolvendo também a capacidade crítica relativamente à sua utilização. Competências ligadas ao uso de conceitos numéricos. Conhecimentos e procedimentos básicos ou envolvendo a capacidade de usar conhecimentos e procedimentos em contextos reais. Conhecimentos elementares e procedimentos básicos.
  • 27.
  • 28. 2+2=?
  • 29. 2+2=4 Nível 1 - Efectuar uma simples operação aritmética
  • 31. 2+2×3=8 Nível 2 - Efectuar uma sequência de duas operações
  • 33. 6÷2(2+1)=9 Nível 3 - Efectuar uma sequência de duas operações
  • 34.
  • 35. Demonstre que em qualquer subtracção, a soma do diminuendo com o diminuidor e a diferença é igual ao dobro do diminuendo.
  • 36. Sabendo que : (n+2)−(n+1)=1 Logo : (n+2)+(n+1)+1=2 (n+2) Para n=1 3+2+1=2(3) 6=6 Para n 2n+4=2n+4 Nível 4 – Resolver um problema, efectuar uma demonstração...
  • 37. Adivinhando datas de aniversário...
  • 38. 1 3 2 3 4 5 8 30 16 24 5 7 7 6 7 6 28 26 17 25 9 11 10 11 12 13 9 11 18 26 13 15 15 14 14 15 13 15 19 27 17 19 18 19 20 28 24 14 20 28 21 23 23 22 21 23 13 12 21 29 25 27 26 27 30 22 25 27 22 30 29 31 31 30 29 31 29 31 23 31 A B C D E
  • 39. 2⁰ = 1 2¹ = 2 2² = 2 x 2 = 4 2³ = 2 x 2 x 2 = 8 2⁴ = 2 x 2 x 2 x 2 = 16
  • 40. 1 17 2 18 4 20 8 24 16 24 3 19 3 19 5 21 9 25 17 25 5 21 6 22 6 22 10 26 18 26 7 23 7 23 7 23 11 27 19 27 9 25 10 26 12 28 12 28 20 28 11 27 11 27 13 29 13 29 21 29 13 29 14 30 14 30 14 30 22 30 15 31 15 31 15 31 15 31 23 31 A B C D E
  • 41. Referências Lockhart, P. (2009). A matematician's lament. New York. Bellevue Literary Press. Paulos, J. A. (1991). Inumerismo, o analfabetismo matemático e as suas consequências. Lisboa: Europa-América. Ponte, J. P. (2002). Literacia matemática. In Centro de Investigação em Educação "Paulo Freire". Congresso literacia e cidadania, convergências e interface. Évora: Universidade de Évora.
  • 42. Obrigado Fernando Luís Santos fsantos@almada.ipiaget.org Twitter: flsantos Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Partilha nos termos da mesma licença 3.0 Unported. Todas as imagens utilizadas partilham o mesmo tipo de licença.