SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 66
Baixar para ler offline
Subsecretaria de Empreendedorismo
e da Micro e Pequena Empresa
Empreender com "E" maiúsculo!
Serviços e oportunidades para
as empresas do Governo do
Estado de São Paulo
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena EmpresaSubsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Roberto Sekiya
Subsecretário de Empreendedorismo e
da Micro e Pequena Empresa do Estado
de São Paulo
robertosekiya@gmail.com
www.facebook.com/SEMPESP
APRESENTAÇÃO
É um Empreendedor, tem o Empreendedorismo como uma Causa –
Acredita que através dela podemos juntos fazer uma
transformação econômica e social do Brasil!
SUBSECRETARIA DE EMPREENDEDORISMO E DA
MICRO E PEQUENA EMPRESA
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Foi criada para promover ações voltadas ao
desenvolvimento do empreendedorismo, em
especial por meio de iniciativas dirigidas às
micro e pequenas empresas, estabelecendo
parcerias com órgãos públicos e privados,
visando à agilização de procedimentos de
instalação, regularização, recuperação e
crescimento da Micro e Pequena Empresa no
Estado de São Paulo.
Representatividade das
Micro e Pequenas Empresas no Estado
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
2Milhões
234 Mil
733 Micro e Pequenas Empresas
Representatividade das
Micro e Pequenas Empresas no Estado
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
99% dos Estabelecimentos
67% da Força de Trabalho (Empregados e
Empregadores)
Aproximadamente27 % do PIB do
Estado SP
Trilha do Empreendedorismo
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
INOVAÇÃO
Falta de Conhecimento /
Instrumentos de Gestão
Solitário
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
CENÁRIO ATUAL
ONGs
GOVERNO INICIATIVA
PRIVADA
SEBRAE
SESI
SENAC
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
AÇÃO EMPREENDEDORA
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Desperdício x Abundância
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
CENÁRIO ATUAL
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
AÇÃO EMPREENDEDORA
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
O Brasil é um dos Paises que proporcionalmente
mais abrem empresas no Mundo.
Mas Também o que mais quebram em curto
espaço de tempo!!
Empreender
Empreender
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Espírito empreendedor: um desejo intenso de realização, caracterizado
por entusiasmo e automotivação.
Visão empreendedora Estar sempre ligado: senso de observação, foco em
oportunidades e tudo o que permite percebê-las melhor a cada instante.
Iniciativa: percebendo as oportunidades, buscar imediatamente os
caminhos para viabilizá-las.
Perseverança: Gostar de trabalhar : firmeza e determinação. Persistente,
não desiste frente aos obstáculos. Concretiza o que os outros apenas
começam. Continua quando os outros desistem.
Atitude inovadora: utiliza a criatividade visando resultados práticos para o
negócio. Vê o que os outros veem, mas exercita um olhar questionador.
Por isso inova, introduz, modifica, transforma e agrega muito mais valor
que os outros.
Postura empreendedora: emprega todo seu potencial. Não utiliza uma ou
outra característica (ingredientes), mas todas elas, de maneira conjunta.
Transforma ideias em atitudes e sonhos em realidade.
MOMENTO BRASIL
25 MILHÕES DE PESSOAS
DESEMPREGADAS NO BRASIL
14 milhões - DESEMPREGADOS
4,8 milhões - subocupados
6,1 milhões - força de trabalho potencial
Fonte IBGE
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Economia Colaborativa e Compartilhada
A Economia Colaborativa e Compartilhada
Por isso, o principal valor agregado desta nova tendência de colaboração, além
de ganhos econômicos, é a produção e o desenvolvimento de conhecimento,
uma vez que ao ser compartilhado, pode ser tomado como um ponto de partida
para iniciar novos modelos de negócios. E cresce cada vez mais. Ela já faz
circular mais de 15 bilhões de dólares ao ano; e a expectativa para 2025 é de
335 bilhões
é fruto da união de três pontos de sucesso que fazem o conceito cada vez
mais atrativo a partir da evolução ampla da sociedade: Social, com destaque
para o aumento da densidade populacional, avanço para a Sustentabilidade,
desejo de comunidade e abordagem mais altruísta; Econômico, focado em
monetização do estoque em excesso ou ocioso, aumento da flexibilidade
financeira, preferência por acesso ao invés de aquisição, e abundância de
capital de risco; e Tecnológico, beneficiado pelas redes sociais, dispositivos e
plataformas móveis, além de sistemas de pagamento.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Economia Criativa
Economia Criativa é um termo criado para nomear modelos de negócio ou gestão
que se originam em atividades, produtos ou serviços desenvolvidos a partir do
conhecimento, criatividade ou capital intelectual de indivíduos com vistas à
geração de trabalho e renda.
Grande parte dessas atividades vem do setor de cultura, moda, design, música e
artesanato. Outra parte é oriunda do setor de tecnologia e inovação, como o
desenvolvimento de softwares, jogos eletrônicos e aparelhos de celular. Também
estão incluídas as atividades de televisão, rádio, cinema e fotografia, além da
expansão dos diferentes usos da internet (desde as novas formas de comunicação
até seu uso mercadológico)
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Negócio Social
É um Negócio em que a Responsabilidade Social está no core do
negócio. São Negócios Lucrativos (Autosustentáveis) que resolvem
problemas sociais por meio da venda de produtos ou serviços.
É um negócio híbrido entre uma empresa capitalista e uma ONG.
Ou seja, como empresa, procura lucrar, mas, ao mesmo tempo,
busca impactos positivos na sociedade utilizando mecanismos de
mercado.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
www.jucesp.sp.gov.br/VRE
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Via Rápida Empresa
O Módulo Estadual de Licenciamento do Via Rápida Empresa, integra os
sistemas Cadastro Web e o Sistema Integrado de Licenciamento (SIL),
para coleta de dados para o registro empresarial, consulta prévia da
viabilidade de localização apenas para os municípios conveniados, e as
licenças para o exercício das atividades econômicas, envolvendo os
municípios paulistas (conveniados ou não) e os órgãos estaduais
responsáveis pelo licenciamento: Vigilância Sanitária (representada
pelo Centro de Vigilância Sanitária – CVS), Meio Ambiente
(representado pela CETESB - Companhia Ambiental do Estado de São
Paulo) e Corpo de Bombeiros.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Linha Especial a Franquias
Financia a abertura, ampliação e modernização de franquias.
Abertura
Prazo: até 60 meses, incluindo a carência
Carência máxima: até 12 meses
Participação: até 70% dos itens financiáveis, limitado a R$ 600 mil.
Ampliação e modernização
Prazo: até 60 meses, incluindo a carência
Carência máxima: até 12 meses
Participação: até 100% dos itens financiáveis, limitado a R$ 500 mil.
Tanto para abertura, quanto para ampliação de franquias o valor mínimo de financiamento é de
R$ 30 mil
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
O objetivo do programa é oferecer financiamentos para
empreendedores formais ou informais, associações e cooperativas
produtivas ou de trabalho, para capital de giro e investimento fixo.
Com isso, pretende-se promover o desenvolvimento
socioeconômico e a criação de oportunidades.
A taxa de juros é de apenas 0,35% ao mês, pré-fixados.
O Banco do Povo Paulista (BPP) é o programa de microcrédito
produtivo desenvolvido pelo Governo do Estado de São O Banco do
Povo Paulista (BPP) é o programa de microcrédito produtivo
desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
LINHAS DE CRÉDITO
Investimento Fixo sem alienação fiduciária:
Animais em geral para tração, recria, produção de leite, ovos, mel;
aplicativos de informática; bens de informática; bicicletas; equipamentos
em geral; equipamentos para agricultura; equipamentos para veículos;
estrutura física (ar condicionado, alarme, estrutura metálica ou de
madeira, estufa, fechamento de área, armações pré-fabricadas, toldos,
fachadas); ferramentas de trabalho; materiais para pesca profissional;
mercadorias para locação; veículos aquáticos.
Investimento Fixo com alienação fiduciária
Utilitários; caminhonetas; caminhões; motocicletas; e ciclomotores.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Capital de Giro
Animais em geral para comercialização, cria, engorda ou pesque-pague;
documentação para abertura ou regularização da empresa; manutenção de
estoque necessário ao ciclo operacional do empreendimento, inclusive
água e gás; matérias-primas e mercadorias em geral para comercialização;
pneus (novos, remoldados ou recauchutados); vasilhames (botijões de
gás, galões de água, caixas plásticas, garrafas de bebidas, extintores de
incêndio).
Consertos
Conserto de equipamentos, ferramentas e máquinas utilizadas no
empreendimento; manutenção de qualquer parte/sistema de veículos,
motocicletas ou tratores utilizados no empreendimento.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Contato:
BANCODOPovoPaulista
RuaBoaVista,170–2ºandar
Centro-SãoPaulo--SP
BANCO DO POVO
www.bancodopovo.sp.gov.br
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Programa Super MEI
do Sebrae
http://supermei.sebraesp.com.br/
28
29
Empresas instaladas no Estado de São Paulo, com faturamento anual
líquido a partir de R$ 360 mil, sendo para:
• Linhas Próprias : Até R$ 300 milhões de faturamento
• Linhas de Repasse BNDES: Política do Repassador
• Linhas de Repasse FINEP: Até R$ 90 milhões de faturamento
Limite Máximo do financiamento: R$ 30 milhões para Investimento
PÚBLICO ALVO
30
LINHAS DE FINANCIAMENTO
31
32
Capital de Giro Digital
Linha de financiamento para Capital de Giro das pequenas e médias empresas inscritas
no Cadastro de Contribuintes do ICMS, com mínimo de 36 meses de constituição e
faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 16 milhões, para recomposição de estoques,
compra de insumos e matéria-prima, necessárias para atividades do dia a dia da sua
empresa
Condições de Financiamento
Valor máximoR$ 200.000,00
Juros A partir de 1,18% ao mês
Prazo 36 meses*
Carência 3 meses
.
Linhas de financiamento com Recursos Próprios e do BNDES
PARA SUA EMPRESA CRESCER
Financiamos projetos de implantação, ampliação e
modernização da capacidade produtiva. Atende a todos os
setores da economia.
•Taxa de juros: A partir de 0,68% a.m. + IPCA
•Prazo: até 120 meses*
•Carência: até 24 meses
* Incluindo a carência
PARA SUA EMPRESA CRESCER
Obras Civis, montagem e instalações
Maquinas e equipamentos novos
Moveis e utensílio, não isoladamente
Gastos com estudos e projetos
Gastos associados ao investimento, como capacitação
técnica, atualização tecnológica, treinamento de pessoal,
Demais itens sujeitos a aprovação
PARA SUA EMPRESA CRESCER
ITENS FINANCIÁVEIS:
PARA SUA EMPRESA INOVAR
Linhas de financiamento com Recursos Próprios, BNDES e FINEP
PARA SUA EMPRESA INOVAR
Financiamos a introdução de novos produtos, processos,
serviços, marketing ou inovação organizacional, ou
aperfeiçoamento da tecnologia para a melhoria de produtos e de
processos.
•Taxa de juros: A partir de 0% a.m.1 + IPCA
•Prazo: até 120 meses*
•Carência: até 24 meses
¹Em caso de inadimplência a taxa de juros será de 8,5% a.a. + IPCA
* Incluindo a carência
PARA SUA EMPRESA INOVAR
ITENS FINANCIÁVEIS
PARA EQUIPAR SUA EMPRESA
Linhas de financiamento com Recursos Próprios e do BNDES
PARA EQUIPAR SUA EMPRESA
Financiamos o investimento no aumento da capacidade
produtiva e otimização de processos, por meio da aquisição
isolada de máquinas e equipamentos.
•Taxa de juros: A partir de 0,68% a.m. + IPCA
•Prazo: até 72 meses*
•Carência: até 24 meses
* Incluindo a carência
PROJETOS SUSTENTÁVEIS
Linhas de financiamento com Recursos Próprios e do BNDES
PROJETOS SUSTENTÁVEIS
Financiamos projetos sustentáveis que promovam a redução de emissões de
gases de efeito estufa e que minimizem o impacto da atividade produtiva no
meio ambiente e projetos para redução do consumo de energia ou aumento
da eficiência do sistema energético nacional.
•Taxa de juros: A partir de 0,53% a.m + IPCA
•Prazo: até 120 meses*
•Carência: até 24 meses
* Incluindo a carência
PROJETOS SUSTENTÁVEIS
• Redução de consumo de energia,
• Troca de combustíveis fósseis por renováveis,
• Reflorestamento e preservação dos recursos naturais,
• Substituição ou adaptação de equipamentos movidos a diesel por biodiesel
• Substituição ou adaptação de equipamentos movidos a gasolina por etanol
• Geração de energia elétrica ou térmica com biogás de aterro
• Adaptação de sistemas de tratamento de esgoto para processos anaeróbios com
recuperação e queima do metano
• Instalação de centrais de reciclagem de resíduos.
• Instalação de equipamentos que reduzam o consumo energético; melhoria de
sistema de iluminação e refrigeração.
• Outros
ITENS FINANCIÁVEIS:
PARA SUA EMPRESA EXPORTAR
PARA SUA EMPRESA EXPORTAR
•Linha de financiamento à produção para exportação de bens de
fabricação nacional e serviços brasileiros apoiados pelo BNDES, que visa
o fortalecimento do empresariado Paulista na promoção à diversificação
e o crescimento das exportações.
•Taxa de juros: A partir de 1,18% a.m.
•Prazo: até 36 meses*
•Carência: até 12 meses
* Incluindo a carência
EXIM PRÉ-EMBARQUE
Quem pode solicitar
Empresas produtoras e exportadoras, constituídas sob as leis brasileiras e que
tenham sede e administração no País.
Produtos elegíveis
Bens classificados conforme a Nomenclatura Comum do Mercosul – NCM,
indicados nos Grupos I, II e III, da Relação de Produtos Financiáveis Aplicável
às Linhas de Financiamento à Exportação do BNDES Exim, que atendam os
critérios de elegibilidade do BNDES.
PARA SUA EMPRESA EXPORTAR
EXIM PRÉ-EMBARQUE
PARA O DIA A DIA DA SUA EMPRESA
Linha de financiamento com repasse do BNDES para Capital de Giro das micro,
pequenas, médias, médias-grandes e grandes empresas, dos setores da
indústria, comércio e serviços; para recomposição de estoque, compra de
insumos e matéria-prima, necessárias para atividades do dia a dia do negócio.
•Taxa de juros: A partir de 1,26% a.m
•Prazo: até 36 meses*
•Carência: até 3 meses
* Incluindo a carência
PARA O DIA A DIA DA SUA EMPRESA
49
Necessário apresentar garantias para TODAS as operações:
•IMÓVEL
•FIANÇA BANCÁRIA
•FUNDOS GARANTIDORES : FAMPE, FDA, FGO e FGI
•MÁQUINAS: o próprio bem financiado (desde que seja alienável à
DESENVOLVE SP)
GARANTIAS
50
www.desenvolvesp.com.br
E-mail: atendimento@desenvolvesp.com.br
(11) 3123-0464
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
15 Bilhões são Negociados na
Bolsa Eletronica de Compras
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
www.bec.sp.gov.br/
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e
Pequena Empresa
Destinado à resolução de problemas
técnicos das empresas brasileiras,
principalmente as de pequeno e médio
porte, por meio de ações de extensão
tecnológica e eventualmente de
desenvolvimento, no sentido de torná-las
cada vez mais competitivas e fortalecê-las
para conquistar novos mercados, inclusive
os internacionais. Atende empresas
individuais e de APL – Arranjo Produtivo
Local, dos mais variados setores
industriais.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e
Pequena Empresa
• PRUMO – Projeto Unidades Móveis. Consiste em um atendimento voltado para
o fortalecimento tecnológico das empresas, principalmente as micro e
pequenas, criando condições de evolução de processos produtivos, melhoria de
qualidade dos produtos e a obtenção de inovações incrementais nas empresas.
O atendimento leva às empresas um laboratório móvel, dotado de equipamentos
para realização de ensaios e experimentos. As unidades são operadas por uma
equipe formada por um engenheiro e um técnico, que vão às fábricas, durante
dois dias, para diagnosticar e resolver os principais problemas tecnológicos, em
relação às matérias-primas, processos e produtos.
Setores atendidos:
Transformação de Plástico,
Madeira e Móveis,
Transformação de Borracha,
Couro e Calçados,
Cerâmica,
Tratamento de Superfícies
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e
Pequena Empresa
Exportação
• PROGEX - Programa de Apoio Tecnológico à Exportação. Tem
como objetivo fortalecer no campo da tecnologia, principalmente, as
micro, pequenas e médias empresas brasileiras. Contribui para sua
inserção e ampliação no mercado internacional e, simultaneamente,
reduzir seu índice de mortalidade como exportadora. O foco do
programa está na adequação de produtos para atender às exigências
específicas de um determinado mercado externo, frente a aspectos
como: melhoria da qualidade ,redução de custos, embalagem,
design, atendimento às normas técnicas, qualificação técnica para
certificações internacionais, cumprimento de exigências e superação
de “barreiras técnicas”.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e
Pequena Empresa
• QUALIMINT – Qualificação técnica para aprimoramento de
produtos, de diversos setores, visando o mercado interno. Tem
como objetivo contribuir para o aumento de competitividade da
empresa, satisfazendo os níveis de exigência do mercado
nacional e, sempre que possível, elevando seus padrões
técnicos para enfrentar a concorrência de produtos similares
estrangeiros. O atendimento procura priorizar os seguintes
aspectos:
Qualificação técnica para certificação nacional (Cgcre/Inmetro,
Anvisa, etc.)
Atendimento às normas técnicas nacionais, Atendimento aos
regulamentos dos órgãos governamentais, como Agências
Reguladoras e Ministérios.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e
Pequena Empresa
Gestão da Produção
• GESPRO – Gestão da Produção. Consiste em
atendimento tecnológico voltado à identificação e
solução de principais gargalos na produção. Envolve
aspectos como:
prazo de entrega, custos, produtividade,
balanceamento da produção, fluxograma industrial
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e
Pequena Empresa
Produção mais Limpa
• PROLIMP – Produção mais limpa. Ações para
adoção de tecnologias mais limpas ou melhoria de
processos visando à redução de emissões (gasosas
ou líquidas) e de rejeitos de produção, ao consumo
racional de matérias-primas, água e energia, à
destinação correta e reciclagem de resíduos, e ao
atendimento às normas e regulamentos ambientais.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e
Pequena Empresa
Contato
NT-MPE
ntmpe@ipt.br
Tel.: (11) 3767-4204
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Projeto de Extensão Industrial Exportadora
(PEIEX)
A Investe São Paulo lidera um dos núcleos operacionais do PEIEX e trabalha
para propor estratégias de atuação em diferentes áreas funcionais das
empresas com o intuito de promover melhorias em seus produtos, serviços,
processos e gestão.
Serão selecionadas para atendimento as empresas que possuem perfil e
potencial para exportação.
Nossos técnicos visitarão as empresas selecionadas para que suas operações
passem por um diagnóstico de seus pontos fracos, com indicações de
melhorias que podem ser implementadas e oferecimento de assessoria nas
seguintes áreas:
•Administração Estratégica;
• Capital Humano
• Finanças e Custos
• Vendas e Marketing
• Produto e Manufatura
• Comércio Exterior
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Projeto de Extensão Industrial Exportadora
(PEIEX)
paulo.almeida@investesp.org.br
telefones:
11-3100-0350 ou 11- 94448-7111
Informação:
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Linha Especial a Franquias
Financia a abertura, ampliação e modernização de franquias.
Abertura
Prazo: até 60 meses, incluindo a carência
Carência máxima: até 12 meses
Participação: até 70% dos itens financiáveis, limitado a R$ 600 mil.
Ampliação e modernização
Prazo: até 60 meses, incluindo a carência
Carência máxima: até 12 meses
Participação: até 100% dos itens financiáveis, limitado a R$ 500 mil.
Tanto para abertura, quanto para ampliação de franquias o valor mínimo de financiamento é de
R$ 30 mil
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
o Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) apoia
a execução de pesquisa científica e/ou tecnológica em micro, pequenas e
médias empresas no Estado de São Paulo.
São objetivos do PIPE:
1. Apoiar a pesquisa em ciência e tecnologia como instrumento para promover
a inovação tecnológica, promover o desenvolvimento empresarial e aumentar a
competitividade das pequenas empresas.
2. Incrementar a contribuição da pesquisa para o desenvolvimento econômico
e social.
3. Induzir o aumento do investimento privado em pesquisa tecnológica.
4. Possibilitar que as empresas se associem a pesquisadores do ambiente
acadêmico em projetos de pesquisa visando à inovação tecnológica.
5. Contribuir para a formação e o desenvolvimento de núcleos de
desenvolvimento tecnológico nas empresas e para o emprego de
pesquisadores no mercado de trabalho empresarial.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
LINHAS DE CRÉDITO
Investimento Fixo sem alienação fiduciária:
Animais em geral para tração, recria, produção de leite, ovos, mel;
aplicativos de informática; bens de informática; bicicletas; equipamentos
em geral; equipamentos para agricultura; equipamentos para veículos;
estrutura física (ar condicionado, alarme, estrutura metálica ou de
madeira, estufa, fechamento de área, armações pré-fabricadas, toldos,
fachadas); ferramentas de trabalho; materiais para pesca profissional;
mercadorias para locação; veículos aquáticos.
Investimento Fixo com alienação fiduciária
Utilitários; caminhonetas; caminhões; motocicletas; e ciclomotores.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Capital de Giro
Animais em geral para comercialização, cria, engorda ou pesque-pague;
documentação para abertura ou regularização da empresa; manutenção de
estoque necessário ao ciclo operacional do empreendimento, inclusive
água e gás; matérias-primas e mercadorias em geral para comercialização;
pneus (novos, remoldados ou recauchutados); vasilhames (botijões de
gás, galões de água, caixas plásticas, garrafas de bebidas, extintores de
incêndio).
Consertos
Conserto de equipamentos, ferramentas e máquinas utilizadas no
empreendimento; manutenção de qualquer parte/sistema de veículos,
motocicletas ou tratores utilizados no empreendimento.
Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
Roberto Sekiya
Subsecretário de
Empreendedorismo e da
Micro e Pequena Empresa do
Estado de São Paulo
MUITO OBRIGADO !!!
www.facebook.com/roberto.sekiya
robertosekiya@gmail.com
(11) 99711-1194 (11) 3718-6647
FAÇA PARTE DESTA CAUSA !!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Empreender com E maiúsculo! Serviços e oportunidades para as empresas do Governo do Estado de São Paulo

Palestra como obter créditos para alavancar sua empresa, sem vínculo bancário...
Palestra como obter créditos para alavancar sua empresa, sem vínculo bancário...Palestra como obter créditos para alavancar sua empresa, sem vínculo bancário...
Palestra como obter créditos para alavancar sua empresa, sem vínculo bancário...Landoaldo Lima
 
Mapa do Ecossistema de Inovação - Rio de Janeiro
Mapa do Ecossistema de Inovação - Rio de JaneiroMapa do Ecossistema de Inovação - Rio de Janeiro
Mapa do Ecossistema de Inovação - Rio de JaneiroWeNova Consulting
 
abertura de empresa valor
abertura de empresa valorabertura de empresa valor
abertura de empresa valoru6bsvov261
 
Abundância em tempo de Crise - Empreendedorismo, Inovação e Economia Criativa
Abundância em tempo de Crise - Empreendedorismo, Inovação e Economia CriativaAbundância em tempo de Crise - Empreendedorismo, Inovação e Economia Criativa
Abundância em tempo de Crise - Empreendedorismo, Inovação e Economia CriativainovaDay .
 
Revista do Desenvolvimento Local – 3ª edição
Revista do Desenvolvimento Local – 3ª ediçãoRevista do Desenvolvimento Local – 3ª edição
Revista do Desenvolvimento Local – 3ª ediçãoPedro Valadares
 
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...Adriano Alves de Aquino
 
Ecossistema Brasileiro de Startups
Ecossistema Brasileiro de StartupsEcossistema Brasileiro de Startups
Ecossistema Brasileiro de Startupsccsl-usp
 
Apresentação do Programa Empresa Amiga da Criança
Apresentação do Programa Empresa Amiga da CriançaApresentação do Programa Empresa Amiga da Criança
Apresentação do Programa Empresa Amiga da CriançaFundação Abrinq
 
Debate As Ações da Frente Parlamentar para as Micro e Pequenas Empresas Brasi...
Debate As Ações da Frente Parlamentar para as Micro e Pequenas Empresas Brasi...Debate As Ações da Frente Parlamentar para as Micro e Pequenas Empresas Brasi...
Debate As Ações da Frente Parlamentar para as Micro e Pequenas Empresas Brasi...FecomercioSP
 
Ecossistema tecnológico_Inforuso
Ecossistema tecnológico_InforusoEcossistema tecnológico_Inforuso
Ecossistema tecnológico_InforusoJoão Drummond
 
Revista sescon2013
Revista sescon2013Revista sescon2013
Revista sescon2013FACE Digital
 
Entrevista RH Sites ao Sebrae - Capa + Pág 20!
Entrevista RH Sites ao Sebrae - Capa + Pág 20!Entrevista RH Sites ao Sebrae - Capa + Pág 20!
Entrevista RH Sites ao Sebrae - Capa + Pág 20!RH Sites do Brasil
 
Manual do empreendedor 2016
Manual do empreendedor 2016Manual do empreendedor 2016
Manual do empreendedor 2016sdeajma
 

Semelhante a Empreender com E maiúsculo! Serviços e oportunidades para as empresas do Governo do Estado de São Paulo (20)

Palestra como obter créditos para alavancar sua empresa, sem vínculo bancário...
Palestra como obter créditos para alavancar sua empresa, sem vínculo bancário...Palestra como obter créditos para alavancar sua empresa, sem vínculo bancário...
Palestra como obter créditos para alavancar sua empresa, sem vínculo bancário...
 
Mapa do Ecossistema de Inovação - Rio de Janeiro
Mapa do Ecossistema de Inovação - Rio de JaneiroMapa do Ecossistema de Inovação - Rio de Janeiro
Mapa do Ecossistema de Inovação - Rio de Janeiro
 
abertura de empresa valor
abertura de empresa valorabertura de empresa valor
abertura de empresa valor
 
Abundância em tempo de Crise - Empreendedorismo, Inovação e Economia Criativa
Abundância em tempo de Crise - Empreendedorismo, Inovação e Economia CriativaAbundância em tempo de Crise - Empreendedorismo, Inovação e Economia Criativa
Abundância em tempo de Crise - Empreendedorismo, Inovação e Economia Criativa
 
Entrevista sergio macamo pacde negocios edicao 69 new
Entrevista sergio macamo pacde negocios edicao 69 newEntrevista sergio macamo pacde negocios edicao 69 new
Entrevista sergio macamo pacde negocios edicao 69 new
 
Revista do Desenvolvimento Local – 3ª edição
Revista do Desenvolvimento Local – 3ª ediçãoRevista do Desenvolvimento Local – 3ª edição
Revista do Desenvolvimento Local – 3ª edição
 
Revista Conexão
Revista ConexãoRevista Conexão
Revista Conexão
 
Transformando o Brasil com o empreendedorismo
Transformando o Brasil com o empreendedorismoTransformando o Brasil com o empreendedorismo
Transformando o Brasil com o empreendedorismo
 
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
 
Abc sala empreendedor
Abc sala empreendedorAbc sala empreendedor
Abc sala empreendedor
 
Ecossistema Brasileiro de Startups
Ecossistema Brasileiro de StartupsEcossistema Brasileiro de Startups
Ecossistema Brasileiro de Startups
 
Apostila adm pm es
Apostila  adm pm esApostila  adm pm es
Apostila adm pm es
 
ACIGAMES e a PAC-ME
ACIGAMES e a PAC-MEACIGAMES e a PAC-ME
ACIGAMES e a PAC-ME
 
Pequenos Negócios - Desafios e Perspectivas Vol 1
Pequenos Negócios - Desafios e Perspectivas Vol 1Pequenos Negócios - Desafios e Perspectivas Vol 1
Pequenos Negócios - Desafios e Perspectivas Vol 1
 
Apresentação do Programa Empresa Amiga da Criança
Apresentação do Programa Empresa Amiga da CriançaApresentação do Programa Empresa Amiga da Criança
Apresentação do Programa Empresa Amiga da Criança
 
Debate As Ações da Frente Parlamentar para as Micro e Pequenas Empresas Brasi...
Debate As Ações da Frente Parlamentar para as Micro e Pequenas Empresas Brasi...Debate As Ações da Frente Parlamentar para as Micro e Pequenas Empresas Brasi...
Debate As Ações da Frente Parlamentar para as Micro e Pequenas Empresas Brasi...
 
Ecossistema tecnológico_Inforuso
Ecossistema tecnológico_InforusoEcossistema tecnológico_Inforuso
Ecossistema tecnológico_Inforuso
 
Revista sescon2013
Revista sescon2013Revista sescon2013
Revista sescon2013
 
Entrevista RH Sites ao Sebrae - Capa + Pág 20!
Entrevista RH Sites ao Sebrae - Capa + Pág 20!Entrevista RH Sites ao Sebrae - Capa + Pág 20!
Entrevista RH Sites ao Sebrae - Capa + Pág 20!
 
Manual do empreendedor 2016
Manual do empreendedor 2016Manual do empreendedor 2016
Manual do empreendedor 2016
 

Mais de Maria Betania Alves

Diagnóstico Empresarial Como Diagnosticar a Performance de seu “Negócio”
  Diagnóstico Empresarial Como Diagnosticar a Performance de seu “Negócio”  Diagnóstico Empresarial Como Diagnosticar a Performance de seu “Negócio”
Diagnóstico Empresarial Como Diagnosticar a Performance de seu “Negócio”Maria Betania Alves
 
WORKSHOP " Pequenas Empresas – Riscos e Cuidados Tributários, Contábeis e a R...
WORKSHOP " Pequenas Empresas – Riscos e Cuidados Tributários, Contábeis e a R...WORKSHOP " Pequenas Empresas – Riscos e Cuidados Tributários, Contábeis e a R...
WORKSHOP " Pequenas Empresas – Riscos e Cuidados Tributários, Contábeis e a R...Maria Betania Alves
 
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018Maria Betania Alves
 
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018Maria Betania Alves
 
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018Maria Betania Alves
 
Palestra: "Terceirização e Reforma Trabalhista"Slides reforma trabalhista e...
Palestra: "Terceirização e Reforma Trabalhista"Slides   reforma trabalhista e...Palestra: "Terceirização e Reforma Trabalhista"Slides   reforma trabalhista e...
Palestra: "Terceirização e Reforma Trabalhista"Slides reforma trabalhista e...Maria Betania Alves
 
Equipe Motivada - Palestra em parceria com SEBRAE-SP
 Equipe Motivada - Palestra em parceria com SEBRAE-SP Equipe Motivada - Palestra em parceria com SEBRAE-SP
Equipe Motivada - Palestra em parceria com SEBRAE-SPMaria Betania Alves
 
Palestra aposentadoria imobiliária apresentação
Palestra aposentadoria imobiliária apresentaçãoPalestra aposentadoria imobiliária apresentação
Palestra aposentadoria imobiliária apresentaçãoMaria Betania Alves
 
Palestra: "Vender 50% a mais hoje. Como?"
Palestra: "Vender 50% a mais hoje. Como?"Palestra: "Vender 50% a mais hoje. Como?"
Palestra: "Vender 50% a mais hoje. Como?"Maria Betania Alves
 
Incontinência Urinária: O que devo saber?
Incontinência Urinária: O que devo saber?Incontinência Urinária: O que devo saber?
Incontinência Urinária: O que devo saber?Maria Betania Alves
 
Oficina fluxo de caixa apresentação
Oficina fluxo de caixa   apresentaçãoOficina fluxo de caixa   apresentação
Oficina fluxo de caixa apresentaçãoMaria Betania Alves
 
Apresentação Matemática Financeira com Excel
Apresentação  Matemática Financeira com ExcelApresentação  Matemática Financeira com Excel
Apresentação Matemática Financeira com ExcelMaria Betania Alves
 
Como Superar a Crise "Inovação e Valor"
Como Superar a Crise "Inovação e Valor"Como Superar a Crise "Inovação e Valor"
Como Superar a Crise "Inovação e Valor"Maria Betania Alves
 
Aprenda a Explorar os Diferencias de seus Produtos e Liberte-se da Gerra de P...
Aprenda a Explorar os Diferencias de seus Produtos e Liberte-se da Gerra de P...Aprenda a Explorar os Diferencias de seus Produtos e Liberte-se da Gerra de P...
Aprenda a Explorar os Diferencias de seus Produtos e Liberte-se da Gerra de P...Maria Betania Alves
 
Economias compartilhadas- O impacto da virtualização dos negócios na sociedad...
Economias compartilhadas- O impacto da virtualização dos negócios na sociedad...Economias compartilhadas- O impacto da virtualização dos negócios na sociedad...
Economias compartilhadas- O impacto da virtualização dos negócios na sociedad...Maria Betania Alves
 
Economias compartilhadas - O impacto da virtualização dos negócios na socieda...
Economias compartilhadas - O impacto da virtualização dos negócios na socieda...Economias compartilhadas - O impacto da virtualização dos negócios na socieda...
Economias compartilhadas - O impacto da virtualização dos negócios na socieda...Maria Betania Alves
 

Mais de Maria Betania Alves (20)

Diagnóstico Empresarial Como Diagnosticar a Performance de seu “Negócio”
  Diagnóstico Empresarial Como Diagnosticar a Performance de seu “Negócio”  Diagnóstico Empresarial Como Diagnosticar a Performance de seu “Negócio”
Diagnóstico Empresarial Como Diagnosticar a Performance de seu “Negócio”
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Palestra fazer mais com menos
Palestra fazer mais com menos  Palestra fazer mais com menos
Palestra fazer mais com menos
 
WORKSHOP " Pequenas Empresas – Riscos e Cuidados Tributários, Contábeis e a R...
WORKSHOP " Pequenas Empresas – Riscos e Cuidados Tributários, Contábeis e a R...WORKSHOP " Pequenas Empresas – Riscos e Cuidados Tributários, Contábeis e a R...
WORKSHOP " Pequenas Empresas – Riscos e Cuidados Tributários, Contábeis e a R...
 
Virei empresário, e agora?
 Virei empresário, e agora? Virei empresário, e agora?
Virei empresário, e agora?
 
VENDA 40% A MAIS EM 07 DIAS
VENDA 40% A MAIS EM 07 DIASVENDA 40% A MAIS EM 07 DIAS
VENDA 40% A MAIS EM 07 DIAS
 
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
 
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
 
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
Palestra: Projeto Abundância e Prosperidade 2018
 
Palestra: "Terceirização e Reforma Trabalhista"Slides reforma trabalhista e...
Palestra: "Terceirização e Reforma Trabalhista"Slides   reforma trabalhista e...Palestra: "Terceirização e Reforma Trabalhista"Slides   reforma trabalhista e...
Palestra: "Terceirização e Reforma Trabalhista"Slides reforma trabalhista e...
 
Equipe Motivada - Palestra em parceria com SEBRAE-SP
 Equipe Motivada - Palestra em parceria com SEBRAE-SP Equipe Motivada - Palestra em parceria com SEBRAE-SP
Equipe Motivada - Palestra em parceria com SEBRAE-SP
 
Palestra aposentadoria imobiliária apresentação
Palestra aposentadoria imobiliária apresentaçãoPalestra aposentadoria imobiliária apresentação
Palestra aposentadoria imobiliária apresentação
 
Palestra: "Vender 50% a mais hoje. Como?"
Palestra: "Vender 50% a mais hoje. Como?"Palestra: "Vender 50% a mais hoje. Como?"
Palestra: "Vender 50% a mais hoje. Como?"
 
Incontinência Urinária: O que devo saber?
Incontinência Urinária: O que devo saber?Incontinência Urinária: O que devo saber?
Incontinência Urinária: O que devo saber?
 
Oficina fluxo de caixa apresentação
Oficina fluxo de caixa   apresentaçãoOficina fluxo de caixa   apresentação
Oficina fluxo de caixa apresentação
 
Apresentação Matemática Financeira com Excel
Apresentação  Matemática Financeira com ExcelApresentação  Matemática Financeira com Excel
Apresentação Matemática Financeira com Excel
 
Como Superar a Crise "Inovação e Valor"
Como Superar a Crise "Inovação e Valor"Como Superar a Crise "Inovação e Valor"
Como Superar a Crise "Inovação e Valor"
 
Aprenda a Explorar os Diferencias de seus Produtos e Liberte-se da Gerra de P...
Aprenda a Explorar os Diferencias de seus Produtos e Liberte-se da Gerra de P...Aprenda a Explorar os Diferencias de seus Produtos e Liberte-se da Gerra de P...
Aprenda a Explorar os Diferencias de seus Produtos e Liberte-se da Gerra de P...
 
Economias compartilhadas- O impacto da virtualização dos negócios na sociedad...
Economias compartilhadas- O impacto da virtualização dos negócios na sociedad...Economias compartilhadas- O impacto da virtualização dos negócios na sociedad...
Economias compartilhadas- O impacto da virtualização dos negócios na sociedad...
 
Economias compartilhadas - O impacto da virtualização dos negócios na socieda...
Economias compartilhadas - O impacto da virtualização dos negócios na socieda...Economias compartilhadas - O impacto da virtualização dos negócios na socieda...
Economias compartilhadas - O impacto da virtualização dos negócios na socieda...
 

Último

Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...E-Commerce Brasil
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...E-Commerce Brasil
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfReinerModro
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.E-Commerce Brasil
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...E-Commerce Brasil
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxEduardoRodriguesOliv2
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...E-Commerce Brasil
 
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...imostorept
 

Último (8)

Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
 
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
 

Empreender com E maiúsculo! Serviços e oportunidades para as empresas do Governo do Estado de São Paulo

  • 1. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Empreender com "E" maiúsculo! Serviços e oportunidades para as empresas do Governo do Estado de São Paulo
  • 2. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena EmpresaSubsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Roberto Sekiya Subsecretário de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa do Estado de São Paulo robertosekiya@gmail.com www.facebook.com/SEMPESP APRESENTAÇÃO É um Empreendedor, tem o Empreendedorismo como uma Causa – Acredita que através dela podemos juntos fazer uma transformação econômica e social do Brasil!
  • 3. SUBSECRETARIA DE EMPREENDEDORISMO E DA MICRO E PEQUENA EMPRESA Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Foi criada para promover ações voltadas ao desenvolvimento do empreendedorismo, em especial por meio de iniciativas dirigidas às micro e pequenas empresas, estabelecendo parcerias com órgãos públicos e privados, visando à agilização de procedimentos de instalação, regularização, recuperação e crescimento da Micro e Pequena Empresa no Estado de São Paulo.
  • 4. Representatividade das Micro e Pequenas Empresas no Estado Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa 2Milhões 234 Mil 733 Micro e Pequenas Empresas
  • 5. Representatividade das Micro e Pequenas Empresas no Estado Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa 99% dos Estabelecimentos 67% da Força de Trabalho (Empregados e Empregadores) Aproximadamente27 % do PIB do Estado SP
  • 6. Trilha do Empreendedorismo Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa INOVAÇÃO Falta de Conhecimento / Instrumentos de Gestão Solitário
  • 7. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa CENÁRIO ATUAL ONGs GOVERNO INICIATIVA PRIVADA SEBRAE SESI SENAC
  • 8. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa AÇÃO EMPREENDEDORA
  • 9. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Desperdício x Abundância
  • 10. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa CENÁRIO ATUAL
  • 11. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa AÇÃO EMPREENDEDORA
  • 12. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa O Brasil é um dos Paises que proporcionalmente mais abrem empresas no Mundo. Mas Também o que mais quebram em curto espaço de tempo!! Empreender
  • 13. Empreender Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Espírito empreendedor: um desejo intenso de realização, caracterizado por entusiasmo e automotivação. Visão empreendedora Estar sempre ligado: senso de observação, foco em oportunidades e tudo o que permite percebê-las melhor a cada instante. Iniciativa: percebendo as oportunidades, buscar imediatamente os caminhos para viabilizá-las. Perseverança: Gostar de trabalhar : firmeza e determinação. Persistente, não desiste frente aos obstáculos. Concretiza o que os outros apenas começam. Continua quando os outros desistem. Atitude inovadora: utiliza a criatividade visando resultados práticos para o negócio. Vê o que os outros veem, mas exercita um olhar questionador. Por isso inova, introduz, modifica, transforma e agrega muito mais valor que os outros. Postura empreendedora: emprega todo seu potencial. Não utiliza uma ou outra característica (ingredientes), mas todas elas, de maneira conjunta. Transforma ideias em atitudes e sonhos em realidade.
  • 14. MOMENTO BRASIL 25 MILHÕES DE PESSOAS DESEMPREGADAS NO BRASIL 14 milhões - DESEMPREGADOS 4,8 milhões - subocupados 6,1 milhões - força de trabalho potencial Fonte IBGE Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
  • 15. Economia Colaborativa e Compartilhada A Economia Colaborativa e Compartilhada Por isso, o principal valor agregado desta nova tendência de colaboração, além de ganhos econômicos, é a produção e o desenvolvimento de conhecimento, uma vez que ao ser compartilhado, pode ser tomado como um ponto de partida para iniciar novos modelos de negócios. E cresce cada vez mais. Ela já faz circular mais de 15 bilhões de dólares ao ano; e a expectativa para 2025 é de 335 bilhões é fruto da união de três pontos de sucesso que fazem o conceito cada vez mais atrativo a partir da evolução ampla da sociedade: Social, com destaque para o aumento da densidade populacional, avanço para a Sustentabilidade, desejo de comunidade e abordagem mais altruísta; Econômico, focado em monetização do estoque em excesso ou ocioso, aumento da flexibilidade financeira, preferência por acesso ao invés de aquisição, e abundância de capital de risco; e Tecnológico, beneficiado pelas redes sociais, dispositivos e plataformas móveis, além de sistemas de pagamento. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
  • 16. Economia Criativa Economia Criativa é um termo criado para nomear modelos de negócio ou gestão que se originam em atividades, produtos ou serviços desenvolvidos a partir do conhecimento, criatividade ou capital intelectual de indivíduos com vistas à geração de trabalho e renda. Grande parte dessas atividades vem do setor de cultura, moda, design, música e artesanato. Outra parte é oriunda do setor de tecnologia e inovação, como o desenvolvimento de softwares, jogos eletrônicos e aparelhos de celular. Também estão incluídas as atividades de televisão, rádio, cinema e fotografia, além da expansão dos diferentes usos da internet (desde as novas formas de comunicação até seu uso mercadológico) Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
  • 17. Negócio Social É um Negócio em que a Responsabilidade Social está no core do negócio. São Negócios Lucrativos (Autosustentáveis) que resolvem problemas sociais por meio da venda de produtos ou serviços. É um negócio híbrido entre uma empresa capitalista e uma ONG. Ou seja, como empresa, procura lucrar, mas, ao mesmo tempo, busca impactos positivos na sociedade utilizando mecanismos de mercado. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
  • 18. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa www.jucesp.sp.gov.br/VRE
  • 19. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Via Rápida Empresa O Módulo Estadual de Licenciamento do Via Rápida Empresa, integra os sistemas Cadastro Web e o Sistema Integrado de Licenciamento (SIL), para coleta de dados para o registro empresarial, consulta prévia da viabilidade de localização apenas para os municípios conveniados, e as licenças para o exercício das atividades econômicas, envolvendo os municípios paulistas (conveniados ou não) e os órgãos estaduais responsáveis pelo licenciamento: Vigilância Sanitária (representada pelo Centro de Vigilância Sanitária – CVS), Meio Ambiente (representado pela CETESB - Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) e Corpo de Bombeiros.
  • 20. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Linha Especial a Franquias Financia a abertura, ampliação e modernização de franquias. Abertura Prazo: até 60 meses, incluindo a carência Carência máxima: até 12 meses Participação: até 70% dos itens financiáveis, limitado a R$ 600 mil. Ampliação e modernização Prazo: até 60 meses, incluindo a carência Carência máxima: até 12 meses Participação: até 100% dos itens financiáveis, limitado a R$ 500 mil. Tanto para abertura, quanto para ampliação de franquias o valor mínimo de financiamento é de R$ 30 mil
  • 21. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa O objetivo do programa é oferecer financiamentos para empreendedores formais ou informais, associações e cooperativas produtivas ou de trabalho, para capital de giro e investimento fixo. Com isso, pretende-se promover o desenvolvimento socioeconômico e a criação de oportunidades. A taxa de juros é de apenas 0,35% ao mês, pré-fixados. O Banco do Povo Paulista (BPP) é o programa de microcrédito produtivo desenvolvido pelo Governo do Estado de São O Banco do Povo Paulista (BPP) é o programa de microcrédito produtivo desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo
  • 22. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa LINHAS DE CRÉDITO Investimento Fixo sem alienação fiduciária: Animais em geral para tração, recria, produção de leite, ovos, mel; aplicativos de informática; bens de informática; bicicletas; equipamentos em geral; equipamentos para agricultura; equipamentos para veículos; estrutura física (ar condicionado, alarme, estrutura metálica ou de madeira, estufa, fechamento de área, armações pré-fabricadas, toldos, fachadas); ferramentas de trabalho; materiais para pesca profissional; mercadorias para locação; veículos aquáticos. Investimento Fixo com alienação fiduciária Utilitários; caminhonetas; caminhões; motocicletas; e ciclomotores.
  • 23. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Capital de Giro Animais em geral para comercialização, cria, engorda ou pesque-pague; documentação para abertura ou regularização da empresa; manutenção de estoque necessário ao ciclo operacional do empreendimento, inclusive água e gás; matérias-primas e mercadorias em geral para comercialização; pneus (novos, remoldados ou recauchutados); vasilhames (botijões de gás, galões de água, caixas plásticas, garrafas de bebidas, extintores de incêndio). Consertos Conserto de equipamentos, ferramentas e máquinas utilizadas no empreendimento; manutenção de qualquer parte/sistema de veículos, motocicletas ou tratores utilizados no empreendimento.
  • 24. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
  • 25. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa
  • 26. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Contato: BANCODOPovoPaulista RuaBoaVista,170–2ºandar Centro-SãoPaulo--SP BANCO DO POVO www.bancodopovo.sp.gov.br
  • 27. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Programa Super MEI do Sebrae http://supermei.sebraesp.com.br/
  • 28. 28
  • 29. 29 Empresas instaladas no Estado de São Paulo, com faturamento anual líquido a partir de R$ 360 mil, sendo para: • Linhas Próprias : Até R$ 300 milhões de faturamento • Linhas de Repasse BNDES: Política do Repassador • Linhas de Repasse FINEP: Até R$ 90 milhões de faturamento Limite Máximo do financiamento: R$ 30 milhões para Investimento PÚBLICO ALVO
  • 31. 31
  • 32. 32 Capital de Giro Digital Linha de financiamento para Capital de Giro das pequenas e médias empresas inscritas no Cadastro de Contribuintes do ICMS, com mínimo de 36 meses de constituição e faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 16 milhões, para recomposição de estoques, compra de insumos e matéria-prima, necessárias para atividades do dia a dia da sua empresa Condições de Financiamento Valor máximoR$ 200.000,00 Juros A partir de 1,18% ao mês Prazo 36 meses* Carência 3 meses
  • 33. . Linhas de financiamento com Recursos Próprios e do BNDES PARA SUA EMPRESA CRESCER
  • 34. Financiamos projetos de implantação, ampliação e modernização da capacidade produtiva. Atende a todos os setores da economia. •Taxa de juros: A partir de 0,68% a.m. + IPCA •Prazo: até 120 meses* •Carência: até 24 meses * Incluindo a carência PARA SUA EMPRESA CRESCER
  • 35. Obras Civis, montagem e instalações Maquinas e equipamentos novos Moveis e utensílio, não isoladamente Gastos com estudos e projetos Gastos associados ao investimento, como capacitação técnica, atualização tecnológica, treinamento de pessoal, Demais itens sujeitos a aprovação PARA SUA EMPRESA CRESCER ITENS FINANCIÁVEIS:
  • 36. PARA SUA EMPRESA INOVAR Linhas de financiamento com Recursos Próprios, BNDES e FINEP
  • 37. PARA SUA EMPRESA INOVAR Financiamos a introdução de novos produtos, processos, serviços, marketing ou inovação organizacional, ou aperfeiçoamento da tecnologia para a melhoria de produtos e de processos. •Taxa de juros: A partir de 0% a.m.1 + IPCA •Prazo: até 120 meses* •Carência: até 24 meses ¹Em caso de inadimplência a taxa de juros será de 8,5% a.a. + IPCA * Incluindo a carência
  • 38. PARA SUA EMPRESA INOVAR ITENS FINANCIÁVEIS
  • 39. PARA EQUIPAR SUA EMPRESA Linhas de financiamento com Recursos Próprios e do BNDES
  • 40. PARA EQUIPAR SUA EMPRESA Financiamos o investimento no aumento da capacidade produtiva e otimização de processos, por meio da aquisição isolada de máquinas e equipamentos. •Taxa de juros: A partir de 0,68% a.m. + IPCA •Prazo: até 72 meses* •Carência: até 24 meses * Incluindo a carência
  • 41. PROJETOS SUSTENTÁVEIS Linhas de financiamento com Recursos Próprios e do BNDES
  • 42. PROJETOS SUSTENTÁVEIS Financiamos projetos sustentáveis que promovam a redução de emissões de gases de efeito estufa e que minimizem o impacto da atividade produtiva no meio ambiente e projetos para redução do consumo de energia ou aumento da eficiência do sistema energético nacional. •Taxa de juros: A partir de 0,53% a.m + IPCA •Prazo: até 120 meses* •Carência: até 24 meses * Incluindo a carência
  • 43. PROJETOS SUSTENTÁVEIS • Redução de consumo de energia, • Troca de combustíveis fósseis por renováveis, • Reflorestamento e preservação dos recursos naturais, • Substituição ou adaptação de equipamentos movidos a diesel por biodiesel • Substituição ou adaptação de equipamentos movidos a gasolina por etanol • Geração de energia elétrica ou térmica com biogás de aterro • Adaptação de sistemas de tratamento de esgoto para processos anaeróbios com recuperação e queima do metano • Instalação de centrais de reciclagem de resíduos. • Instalação de equipamentos que reduzam o consumo energético; melhoria de sistema de iluminação e refrigeração. • Outros ITENS FINANCIÁVEIS:
  • 44. PARA SUA EMPRESA EXPORTAR
  • 45. PARA SUA EMPRESA EXPORTAR •Linha de financiamento à produção para exportação de bens de fabricação nacional e serviços brasileiros apoiados pelo BNDES, que visa o fortalecimento do empresariado Paulista na promoção à diversificação e o crescimento das exportações. •Taxa de juros: A partir de 1,18% a.m. •Prazo: até 36 meses* •Carência: até 12 meses * Incluindo a carência EXIM PRÉ-EMBARQUE
  • 46. Quem pode solicitar Empresas produtoras e exportadoras, constituídas sob as leis brasileiras e que tenham sede e administração no País. Produtos elegíveis Bens classificados conforme a Nomenclatura Comum do Mercosul – NCM, indicados nos Grupos I, II e III, da Relação de Produtos Financiáveis Aplicável às Linhas de Financiamento à Exportação do BNDES Exim, que atendam os critérios de elegibilidade do BNDES. PARA SUA EMPRESA EXPORTAR EXIM PRÉ-EMBARQUE
  • 47. PARA O DIA A DIA DA SUA EMPRESA
  • 48. Linha de financiamento com repasse do BNDES para Capital de Giro das micro, pequenas, médias, médias-grandes e grandes empresas, dos setores da indústria, comércio e serviços; para recomposição de estoque, compra de insumos e matéria-prima, necessárias para atividades do dia a dia do negócio. •Taxa de juros: A partir de 1,26% a.m •Prazo: até 36 meses* •Carência: até 3 meses * Incluindo a carência PARA O DIA A DIA DA SUA EMPRESA
  • 49. 49 Necessário apresentar garantias para TODAS as operações: •IMÓVEL •FIANÇA BANCÁRIA •FUNDOS GARANTIDORES : FAMPE, FDA, FGO e FGI •MÁQUINAS: o próprio bem financiado (desde que seja alienável à DESENVOLVE SP) GARANTIAS
  • 51. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa 15 Bilhões são Negociados na Bolsa Eletronica de Compras
  • 52. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa www.bec.sp.gov.br/
  • 53. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e Pequena Empresa Destinado à resolução de problemas técnicos das empresas brasileiras, principalmente as de pequeno e médio porte, por meio de ações de extensão tecnológica e eventualmente de desenvolvimento, no sentido de torná-las cada vez mais competitivas e fortalecê-las para conquistar novos mercados, inclusive os internacionais. Atende empresas individuais e de APL – Arranjo Produtivo Local, dos mais variados setores industriais.
  • 54. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e Pequena Empresa • PRUMO – Projeto Unidades Móveis. Consiste em um atendimento voltado para o fortalecimento tecnológico das empresas, principalmente as micro e pequenas, criando condições de evolução de processos produtivos, melhoria de qualidade dos produtos e a obtenção de inovações incrementais nas empresas. O atendimento leva às empresas um laboratório móvel, dotado de equipamentos para realização de ensaios e experimentos. As unidades são operadas por uma equipe formada por um engenheiro e um técnico, que vão às fábricas, durante dois dias, para diagnosticar e resolver os principais problemas tecnológicos, em relação às matérias-primas, processos e produtos. Setores atendidos: Transformação de Plástico, Madeira e Móveis, Transformação de Borracha, Couro e Calçados, Cerâmica, Tratamento de Superfícies
  • 55. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e Pequena Empresa Exportação • PROGEX - Programa de Apoio Tecnológico à Exportação. Tem como objetivo fortalecer no campo da tecnologia, principalmente, as micro, pequenas e médias empresas brasileiras. Contribui para sua inserção e ampliação no mercado internacional e, simultaneamente, reduzir seu índice de mortalidade como exportadora. O foco do programa está na adequação de produtos para atender às exigências específicas de um determinado mercado externo, frente a aspectos como: melhoria da qualidade ,redução de custos, embalagem, design, atendimento às normas técnicas, qualificação técnica para certificações internacionais, cumprimento de exigências e superação de “barreiras técnicas”.
  • 56. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e Pequena Empresa • QUALIMINT – Qualificação técnica para aprimoramento de produtos, de diversos setores, visando o mercado interno. Tem como objetivo contribuir para o aumento de competitividade da empresa, satisfazendo os níveis de exigência do mercado nacional e, sempre que possível, elevando seus padrões técnicos para enfrentar a concorrência de produtos similares estrangeiros. O atendimento procura priorizar os seguintes aspectos: Qualificação técnica para certificação nacional (Cgcre/Inmetro, Anvisa, etc.) Atendimento às normas técnicas nacionais, Atendimento aos regulamentos dos órgãos governamentais, como Agências Reguladoras e Ministérios.
  • 57. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e Pequena Empresa Gestão da Produção • GESPRO – Gestão da Produção. Consiste em atendimento tecnológico voltado à identificação e solução de principais gargalos na produção. Envolve aspectos como: prazo de entrega, custos, produtividade, balanceamento da produção, fluxograma industrial
  • 58. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e Pequena Empresa Produção mais Limpa • PROLIMP – Produção mais limpa. Ações para adoção de tecnologias mais limpas ou melhoria de processos visando à redução de emissões (gasosas ou líquidas) e de rejeitos de produção, ao consumo racional de matérias-primas, água e energia, à destinação correta e reciclagem de resíduos, e ao atendimento às normas e regulamentos ambientais.
  • 59. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e Pequena Empresa Contato NT-MPE ntmpe@ipt.br Tel.: (11) 3767-4204
  • 60. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Projeto de Extensão Industrial Exportadora (PEIEX) A Investe São Paulo lidera um dos núcleos operacionais do PEIEX e trabalha para propor estratégias de atuação em diferentes áreas funcionais das empresas com o intuito de promover melhorias em seus produtos, serviços, processos e gestão. Serão selecionadas para atendimento as empresas que possuem perfil e potencial para exportação. Nossos técnicos visitarão as empresas selecionadas para que suas operações passem por um diagnóstico de seus pontos fracos, com indicações de melhorias que podem ser implementadas e oferecimento de assessoria nas seguintes áreas: •Administração Estratégica; • Capital Humano • Finanças e Custos • Vendas e Marketing • Produto e Manufatura • Comércio Exterior
  • 61. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Projeto de Extensão Industrial Exportadora (PEIEX) paulo.almeida@investesp.org.br telefones: 11-3100-0350 ou 11- 94448-7111 Informação:
  • 62. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Linha Especial a Franquias Financia a abertura, ampliação e modernização de franquias. Abertura Prazo: até 60 meses, incluindo a carência Carência máxima: até 12 meses Participação: até 70% dos itens financiáveis, limitado a R$ 600 mil. Ampliação e modernização Prazo: até 60 meses, incluindo a carência Carência máxima: até 12 meses Participação: até 100% dos itens financiáveis, limitado a R$ 500 mil. Tanto para abertura, quanto para ampliação de franquias o valor mínimo de financiamento é de R$ 30 mil
  • 63. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa o Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) apoia a execução de pesquisa científica e/ou tecnológica em micro, pequenas e médias empresas no Estado de São Paulo. São objetivos do PIPE: 1. Apoiar a pesquisa em ciência e tecnologia como instrumento para promover a inovação tecnológica, promover o desenvolvimento empresarial e aumentar a competitividade das pequenas empresas. 2. Incrementar a contribuição da pesquisa para o desenvolvimento econômico e social. 3. Induzir o aumento do investimento privado em pesquisa tecnológica. 4. Possibilitar que as empresas se associem a pesquisadores do ambiente acadêmico em projetos de pesquisa visando à inovação tecnológica. 5. Contribuir para a formação e o desenvolvimento de núcleos de desenvolvimento tecnológico nas empresas e para o emprego de pesquisadores no mercado de trabalho empresarial.
  • 64. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa LINHAS DE CRÉDITO Investimento Fixo sem alienação fiduciária: Animais em geral para tração, recria, produção de leite, ovos, mel; aplicativos de informática; bens de informática; bicicletas; equipamentos em geral; equipamentos para agricultura; equipamentos para veículos; estrutura física (ar condicionado, alarme, estrutura metálica ou de madeira, estufa, fechamento de área, armações pré-fabricadas, toldos, fachadas); ferramentas de trabalho; materiais para pesca profissional; mercadorias para locação; veículos aquáticos. Investimento Fixo com alienação fiduciária Utilitários; caminhonetas; caminhões; motocicletas; e ciclomotores.
  • 65. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Capital de Giro Animais em geral para comercialização, cria, engorda ou pesque-pague; documentação para abertura ou regularização da empresa; manutenção de estoque necessário ao ciclo operacional do empreendimento, inclusive água e gás; matérias-primas e mercadorias em geral para comercialização; pneus (novos, remoldados ou recauchutados); vasilhames (botijões de gás, galões de água, caixas plásticas, garrafas de bebidas, extintores de incêndio). Consertos Conserto de equipamentos, ferramentas e máquinas utilizadas no empreendimento; manutenção de qualquer parte/sistema de veículos, motocicletas ou tratores utilizados no empreendimento.
  • 66. Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa Roberto Sekiya Subsecretário de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa do Estado de São Paulo MUITO OBRIGADO !!! www.facebook.com/roberto.sekiya robertosekiya@gmail.com (11) 99711-1194 (11) 3718-6647 FAÇA PARTE DESTA CAUSA !!