SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
E agora... Qual brinquedo comprar?
                                                                         Carline Werlang Kraemer
                                                                          Professora da Creche III


Dúvidas sobre qual brinquedo oferecer ao seu (sua) filho(a)? Leia o texto abaixo e
observe qual a intencionalidade dos diferentes brinquedos. Depois de decidido, é só
confeccionar ou comprar. Boa leitura!


         O brinquedo se apresenta como um objeto de produção cultural colocado ao
alcance das crianças. Ele é seu parceiro na brincadeira. Um meio natural que possibilita
a exploração do mundo, através de objetos reais, que podem ser por ela manipulados. É
algo concreto, que se dispõe à ação.
         Hoje os brinquedos reproduzem o mundo técno/científico, o modo de vida
atual e do futuro. Como exemplos desta afirmação, eles existem em grande quantidade
na sociedade. São brinquedos em modelo de aparelhos domésticos, naves espaciais,
bonecas, armamentos e robôs. A imagem representada ou embutida nestes brinquedos
não é apenas uma cópia idêntica da realidade existente, mas do que ela exige. Uma vez
que, numa observação rápida, notamos características como: tamanhos e formas
delicadas, simples, robustas, agressivas que incitam a violência ou bons, proporcionais
às diferentes idades e gênero do público ao qual é destinado. Desse modo, tanto o
fabricante quanto o consumidor produzem ou consomem com uma intencionalidade. E
nos questionamos antes de adquirir o produto sobre qual é a intenção do fabricante?
Será que é educativa? Ou compramos porque está na moda? Por que o colega do meu
filho também possui?
         Para Almeida,


                         É preciso definir uma filosofia, uma prática diferente em relação aos
                         brinquedos [...] É preciso penetrar sua essência, é redefinir uma nova
                         prática, para que os pais, professores e educadores, de modo geral,
                         compreendam, recuperem o verdadeiro sentido desses “objetos” e eduquem
                         as crianças para isso (ALMEIDA, 1987, p. 39).



           A necessidade de recuperar nos brinquedos o valor educativo é uma grande
preocupação de pessoas ligadas à Educação, como: escritores, pesquisadores, pais e
educadores.
O brinquedo educativo data dos tempos do Renascimento, mas ganha força
com a expansão da Educação Infantil, especialmente a partir deste século. É entendido
como recurso que ensina, desenvolve e educa de forma prazerosa. O brinquedo
educativo materaliza-se:
                 Nos quebra-cabeças, destinados a ensinar formas, cores, e espaços;
                 Nos brinquedos de tabuleiro, que exigem a compreensão do número e das
operações matemáticas;
                 Nos brinquedos de encaixe, que trabalham noções de sequência, de
tamanho e de forma nos múltiplos brinquedos e brincadeiras, cuja concepção exigiu um
olhar para a educação infantil e a materialização da função psicopedagógica: móbiles,
destinados à percepção visual, sonora ou motora;
                 Nos carrinhos, munidos de pinos que se encaixam para desenvolver a
coordenação motora;
                 Na busca cultural da sua existência e a importância do mesmo para o
sujeito.
                 Na sua construção coletiva, com materiais recicláveis.
                 Nas parlendas, para a expressão da linguagem.
                 Nas brincadeiras envolvendo músicas, danças, expressão motora, gráfica
e simbólica.


                A manipulação do brinquedo educativo leva a criança à ação e à
representação, a agir, imaginar, pensar, refletir e a conscientizar. O brinquedo não
possui regras explícitas, nem implícitas. É passível à ação do sujeito.
           Além disso, não se pode esquecer que o brinquedo remete à linguagem da
infância e não dos adultos, que se identificam com este e aquele brinquedo; e, de
crianças que estão inseridas em um contexto social, econômico e cultural e, deve ser
objetivado para tal.


Bibliografia
ALMEIDA, Paulo Nunes. Educação Lúdica. São Paulo: Loyola, 1987.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides corretoProjeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
joicesovernigo
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
Jakeline Lemos
 
Criança e o faz de conta
Criança e o faz de contaCriança e o faz de conta
Criança e o faz de conta
anapaulafauzi
 
O que fazemos no jardim de Infância
O que fazemos no jardim de InfânciaO que fazemos no jardim de Infância
O que fazemos no jardim de Infância
guest2fcfae
 
A importância do brincar na educação infantil
A importância do brincar na educação infantilA importância do brincar na educação infantil
A importância do brincar na educação infantil
leticiaccosta
 
Crianças e Natureza: relações e concepções. (Maria Leonor Pio B. de Toledo)
Crianças e Natureza: relações e concepções. (Maria Leonor Pio B. de Toledo) Crianças e Natureza: relações e concepções. (Maria Leonor Pio B. de Toledo)
Crianças e Natureza: relações e concepções. (Maria Leonor Pio B. de Toledo)
jornadaeducacaoinfantil
 
Vera cruz oficina brinquedos com crianças caleidoscópio brincadeira e arte
Vera cruz oficina brinquedos com crianças caleidoscópio brincadeira e arteVera cruz oficina brinquedos com crianças caleidoscópio brincadeira e arte
Vera cruz oficina brinquedos com crianças caleidoscópio brincadeira e arte
elomigues
 
Slides projetos
Slides projetosSlides projetos
Slides projetos
Cydana
 

Mais procurados (19)

Os eixos da educação infantil
Os eixos da educação infantilOs eixos da educação infantil
Os eixos da educação infantil
 
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides corretoProjeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
Projeto brinquedos e brincadeiras de ontem slides correto
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
 
CriançA e o Faz De Conta
CriançA e o Faz De ContaCriançA e o Faz De Conta
CriançA e o Faz De Conta
 
Criança e o faz de conta
Criança e o faz de contaCriança e o faz de conta
Criança e o faz de conta
 
O que fazemos no jardim de Infância
O que fazemos no jardim de InfânciaO que fazemos no jardim de Infância
O que fazemos no jardim de Infância
 
A importância do brincar na educação infantil
A importância do brincar na educação infantilA importância do brincar na educação infantil
A importância do brincar na educação infantil
 
Eixos da Educação infantil
Eixos da Educação infantilEixos da Educação infantil
Eixos da Educação infantil
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Formas
FormasFormas
Formas
 
Eixos da educação - Marceliane e Fernanda
Eixos da educação - Marceliane e Fernanda Eixos da educação - Marceliane e Fernanda
Eixos da educação - Marceliane e Fernanda
 
JOGOS DE TRILHA NA ED INFANTIL
JOGOS DE TRILHA NA ED INFANTILJOGOS DE TRILHA NA ED INFANTIL
JOGOS DE TRILHA NA ED INFANTIL
 
Crianças e Natureza: relações e concepções. (Maria Leonor Pio B. de Toledo)
Crianças e Natureza: relações e concepções. (Maria Leonor Pio B. de Toledo) Crianças e Natureza: relações e concepções. (Maria Leonor Pio B. de Toledo)
Crianças e Natureza: relações e concepções. (Maria Leonor Pio B. de Toledo)
 
Jogos matemático
Jogos matemáticoJogos matemático
Jogos matemático
 
O corpo em movimento
O corpo em movimento O corpo em movimento
O corpo em movimento
 
Vera cruz oficina brinquedos com crianças caleidoscópio brincadeira e arte
Vera cruz oficina brinquedos com crianças caleidoscópio brincadeira e arteVera cruz oficina brinquedos com crianças caleidoscópio brincadeira e arte
Vera cruz oficina brinquedos com crianças caleidoscópio brincadeira e arte
 
A importância do brincar
A importância do brincarA importância do brincar
A importância do brincar
 
2.3 brinquedos brincadeiras_tizuko_morchida
2.3 brinquedos brincadeiras_tizuko_morchida2.3 brinquedos brincadeiras_tizuko_morchida
2.3 brinquedos brincadeiras_tizuko_morchida
 
Slides projetos
Slides projetosSlides projetos
Slides projetos
 

Semelhante a E agora...Qual brinquedo comprar?

A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
CatiaDuarte_1
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
margarida_branco
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
Ana Teresa
 
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Aleinat
 
Organização de pre escolar
Organização de pre escolarOrganização de pre escolar
Organização de pre escolar
Rute_Sara
 
O brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalO brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto final
AgustineRita
 
O brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalO brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto final
Elaine Caçador
 
Projeto de pesquisa brinquedista
Projeto de pesquisa brinquedistaProjeto de pesquisa brinquedista
Projeto de pesquisa brinquedista
Gladis Maia
 
ComunicaÇÃOeobrincarúLtimo[1]
ComunicaÇÃOeobrincarúLtimo[1]ComunicaÇÃOeobrincarúLtimo[1]
ComunicaÇÃOeobrincarúLtimo[1]
louisacarla
 

Semelhante a E agora...Qual brinquedo comprar? (20)

Brinquedos antigos
Brinquedos antigosBrinquedos antigos
Brinquedos antigos
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
 
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
 
Organização de pre escolar
Organização de pre escolarOrganização de pre escolar
Organização de pre escolar
 
Walter benjamim
Walter benjamimWalter benjamim
Walter benjamim
 
Trabalho ev056 md1_sa17_id12465_19082016201330
Trabalho ev056 md1_sa17_id12465_19082016201330Trabalho ev056 md1_sa17_id12465_19082016201330
Trabalho ev056 md1_sa17_id12465_19082016201330
 
Trabalho ev056 md1_sa17_id12465_19082016201330
Trabalho ev056 md1_sa17_id12465_19082016201330Trabalho ev056 md1_sa17_id12465_19082016201330
Trabalho ev056 md1_sa17_id12465_19082016201330
 
O brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalO brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto final
 
O brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalO brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto final
 
Projeto de pesquisa brinquedista
Projeto de pesquisa brinquedistaProjeto de pesquisa brinquedista
Projeto de pesquisa brinquedista
 
Trabalho ludicidade 2010
Trabalho ludicidade 2010Trabalho ludicidade 2010
Trabalho ludicidade 2010
 
A relação entre o brincar e o desenvolvimento infantil,
A relação entre o brincar e o  desenvolvimento infantil,A relação entre o brincar e o  desenvolvimento infantil,
A relação entre o brincar e o desenvolvimento infantil,
 
Projeto Anual
Projeto  AnualProjeto  Anual
Projeto Anual
 
2.3 brinquedos brincadeiras_tizuko_morchida
2.3 brinquedos brincadeiras_tizuko_morchida2.3 brinquedos brincadeiras_tizuko_morchida
2.3 brinquedos brincadeiras_tizuko_morchida
 
Se não serve para brincar, não presta!
Se não serve para brincar, não presta!Se não serve para brincar, não presta!
Se não serve para brincar, não presta!
 
ComunicaÇÃOeobrincarúLtimo[1]
ComunicaÇÃOeobrincarúLtimo[1]ComunicaÇÃOeobrincarúLtimo[1]
ComunicaÇÃOeobrincarúLtimo[1]
 
Tcc sobre brinquedoteca
Tcc  sobre brinquedotecaTcc  sobre brinquedoteca
Tcc sobre brinquedoteca
 
Brinca comigo! tudo sobre o brincar e os brinquedos
Brinca comigo! tudo sobre o brincar e os brinquedosBrinca comigo! tudo sobre o brincar e os brinquedos
Brinca comigo! tudo sobre o brincar e os brinquedos
 

Mais de Elisandra Manfroi (8)

O Valor da Permissão
O Valor da PermissãoO Valor da Permissão
O Valor da Permissão
 
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
 
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
 

E agora...Qual brinquedo comprar?

  • 1. E agora... Qual brinquedo comprar? Carline Werlang Kraemer Professora da Creche III Dúvidas sobre qual brinquedo oferecer ao seu (sua) filho(a)? Leia o texto abaixo e observe qual a intencionalidade dos diferentes brinquedos. Depois de decidido, é só confeccionar ou comprar. Boa leitura! O brinquedo se apresenta como um objeto de produção cultural colocado ao alcance das crianças. Ele é seu parceiro na brincadeira. Um meio natural que possibilita a exploração do mundo, através de objetos reais, que podem ser por ela manipulados. É algo concreto, que se dispõe à ação. Hoje os brinquedos reproduzem o mundo técno/científico, o modo de vida atual e do futuro. Como exemplos desta afirmação, eles existem em grande quantidade na sociedade. São brinquedos em modelo de aparelhos domésticos, naves espaciais, bonecas, armamentos e robôs. A imagem representada ou embutida nestes brinquedos não é apenas uma cópia idêntica da realidade existente, mas do que ela exige. Uma vez que, numa observação rápida, notamos características como: tamanhos e formas delicadas, simples, robustas, agressivas que incitam a violência ou bons, proporcionais às diferentes idades e gênero do público ao qual é destinado. Desse modo, tanto o fabricante quanto o consumidor produzem ou consomem com uma intencionalidade. E nos questionamos antes de adquirir o produto sobre qual é a intenção do fabricante? Será que é educativa? Ou compramos porque está na moda? Por que o colega do meu filho também possui? Para Almeida, É preciso definir uma filosofia, uma prática diferente em relação aos brinquedos [...] É preciso penetrar sua essência, é redefinir uma nova prática, para que os pais, professores e educadores, de modo geral, compreendam, recuperem o verdadeiro sentido desses “objetos” e eduquem as crianças para isso (ALMEIDA, 1987, p. 39). A necessidade de recuperar nos brinquedos o valor educativo é uma grande preocupação de pessoas ligadas à Educação, como: escritores, pesquisadores, pais e educadores.
  • 2. O brinquedo educativo data dos tempos do Renascimento, mas ganha força com a expansão da Educação Infantil, especialmente a partir deste século. É entendido como recurso que ensina, desenvolve e educa de forma prazerosa. O brinquedo educativo materaliza-se:  Nos quebra-cabeças, destinados a ensinar formas, cores, e espaços;  Nos brinquedos de tabuleiro, que exigem a compreensão do número e das operações matemáticas;  Nos brinquedos de encaixe, que trabalham noções de sequência, de tamanho e de forma nos múltiplos brinquedos e brincadeiras, cuja concepção exigiu um olhar para a educação infantil e a materialização da função psicopedagógica: móbiles, destinados à percepção visual, sonora ou motora;  Nos carrinhos, munidos de pinos que se encaixam para desenvolver a coordenação motora;  Na busca cultural da sua existência e a importância do mesmo para o sujeito.  Na sua construção coletiva, com materiais recicláveis.  Nas parlendas, para a expressão da linguagem.  Nas brincadeiras envolvendo músicas, danças, expressão motora, gráfica e simbólica. A manipulação do brinquedo educativo leva a criança à ação e à representação, a agir, imaginar, pensar, refletir e a conscientizar. O brinquedo não possui regras explícitas, nem implícitas. É passível à ação do sujeito. Além disso, não se pode esquecer que o brinquedo remete à linguagem da infância e não dos adultos, que se identificam com este e aquele brinquedo; e, de crianças que estão inseridas em um contexto social, econômico e cultural e, deve ser objetivado para tal. Bibliografia ALMEIDA, Paulo Nunes. Educação Lúdica. São Paulo: Loyola, 1987.