A importância do brincar

445 visualizações

Publicada em

A apresentação aborda a importância do brincar.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
445
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A importância do brincar

  1. 1. A importância do brincar Eleni Aparecida Antunes Pinto
  2. 2. Publico Alvo: Auxiliar de Desenvolvimento Educacional Objetivos: Incentivar o adulto a oferecer as mais diversas brincadeiras para as crianças; Entender a importância do Brincar no desenvolvimento integral da criança; Possibilitar as mais diversas brincadeiras no cotidiano da Creche.
  3. 3. O Brincar O brincar não tem idade, as brincadeiras que ficaram na memória, sem saber e se importar o que estaríamos aprendendo, o que queríamos era só brincar... O que vivíamos era o prazer do brincar, alegria de estarmos com outras crianças, estarmos juntos com os adultos.... Que brincadeiras eram essas?
  4. 4. Quantas brincadeiras, que delícia....
  5. 5. Hoje nossas crianças brincam? Em que momentos as brincadeiras estão presentes? Não precisamos nos preocuparmos se a criança brinca ou não, pois não temos como negar...
  6. 6. O brincar faz parte do cotidiano da criança; O brincar está dentro da criança; O brincar traz prazer, alegria, a criança cria, dá asas a sua própria imaginação, seja com o corpo, brinquedos, objetos, outras crianças ou adultos; Podemos considerar que a criança da vida as brincadeiras.
  7. 7. Dando-se desta forma a construção da aprendizagem, e do desenvolvimento integral da criança, principalmente quando o adulto se faz presente como mediador desse processo, promovendo situações e dialogando com a criança.
  8. 8. O brincar está presente na Unidades Escolares de Educação Infantil, principalmente para as crianças da faixa etária 0 a 3 anos, nas creches. O brincar da criança, vem ganhando um espaço importante nos diversos olhares de estudiosos.
  9. 9. Basta propor uma brincadeira para perceber que ela vai além de propiciar ao prazer da criança, mas está contribuindo para seu desenvolvimento, seja no cognitivo, físico, afetivo e social, e a medida que se apresente novas brincadeiras, novos desafios são vencidos, dando-se a construção de novos conhecimentos, indo além da formação de sua autonomia, contribuindo para a formação de sua moralidade.
  10. 10. Quando somos responsáveis pela educação refletirmos sobre a importância do brincar, como construção do conhecimento, como Lino de Macedo, argumenta “...o conhecimento tratado como um jogo pode fazer sentido para a criança. Não se trata de ministrar os conteúdos escolares em forma de jogo... mas possibilitar que aprendam com seriedade, com leveza e prazer; sem medo”.(Macedo, 1997, 139). Talvez quando adultos poderemos viver melhor nossos sonhos e concretizar uma vida real mais feliz.
  11. 11. Referências: Manual de Orientação Pedagógica – Brasília, 2012 – Brinquedos e Brincadeiras Macedo, Lino – Brincar é mais que importante – sobre jogos infantis e aprendizagem – Nova Escola – publicado em agosto de 2007. Recursos como google, you tube e power point. Imagens: Creches da rede municipal.

×