SlideShare uma empresa Scribd logo
Dobras e Falhas
Comportamento dos materiais quando sujeitos a tensões
Questionário1-Indica os materiais que alteram a sua forma quando sujeitos a tensões.2-Explica o que aconteceu a cada um dos materiais depois de ter sido exercida a força.3-Faz a associação entre os quatro materiais e os seguintes termos: elástico, plástico (Dúctil) e Fractura (Frágil).
Correcção do Questionário1-Indica os materiais que alteram a sua forma quando sujeitos a tensões.Resposta: Borracha Plasticina e Bolacha.
2-Explica o que aconteceu a cada um dos materiais depois de ter sido exercida a força.Respostas: Borracha: Altera a sua forma mas quando deixamos de exercer força volta a ter a forma inicial.Plasticina: Dobra, alterando a sua forma permanentemente.Bolacha: Acumula tensão até fracturar bruscamente.Rocha: Aparentemente não acontece nada ??????
3-Faz a associação entre os quatro materiais e os seguintes termos: elástico, plástico (Dúctil) e Fractura (Frágil). Resposta: Borracha: Comportamento elásticoPlasticina: Comportamento Plástico ou DúctilBolacha: Comportamento Frágil (Fractura)Rocha: ??????????????????????????????
Será que os materiais se comportam sempre da mesma maneira?Quais os factores que podem influenciar o comportamento dos materiais?Vamos investigar...
Dobras e falhas
Dobras e falhas
Factores que influenciam o comportamento dos materiais Intensidade da força aplicada A presença de água A Temperatura O Tempo
O que poderá acontecer aos materiais geológicos quando sujeitos a tensões?
…também podem formar Falhas
COMPORTAMENTO  DAS ROCHASFRÁGILDÚCTILA rocha fractura facilmente em condições de baixa pressão e baixa temperaturaA rocha altera-se, sem fracturar, mesmo em condições elevadas de pressão e temperaturaRelaciona-se com a             formação deDOBRASFALHAS
Limites convergentes – Forças Compressivas
Limites divergentes – Forças Distensivas
Limites conservativos – Forças horizontais e opostasForças CompressivasDobras– Quando os materiais rochosos não fracturam durante a compressãoDistensãoCompressãoForças Compressivas e DistensivasFalhas– Quando os materiais rochosos fracturam durante a compressão ou distensãoTipos de falhasFalhas de desligamento Limites conservativos (forças horizontais e opostas)Falhas normais Limites divergentes (forças distensivas)Falhas inversas Limites convergentes (forças compressivas)
O nosso planeta é dinâmico desde sempre, mesmo as rochas mais duras sofrem deformações!
Vejamos outras provas da dinâmica do nosso planeta:
Vejamos outras provas da dinâmica do nosso planeta:
Vejamos outras provas da dinâmica do nosso planeta:
Dobras e falhas
FIM
Dobras e falhas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICASIX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
sandranascimento
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
Tânia Reis
 
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICASIX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
Sandra Nascimento
 
Rochas metamorficas
Rochas metamorficasRochas metamorficas
Rochas metamorficas
Eduardo Pereira
 
Rochas metamórficas
Rochas metamórficasRochas metamórficas
Rochas metamórficas
Bárbara Pereira
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
3 a formaçãorochassedimentares
3 a  formaçãorochassedimentares3 a  formaçãorochassedimentares
3 a formaçãorochassedimentares
margaridabt
 
Rochas metamorficas
Rochas metamorficasRochas metamorficas
Rochas metamórficas
Rochas metamórficasRochas metamórficas
Rochas metamórficas
Catir
 
O ciclo das rochas
O ciclo das rochasO ciclo das rochas
O ciclo das rochas
Catir
 
Propriedades minerais
Propriedades mineraisPropriedades minerais
Propriedades minerais
PublicaTUDO
 
2 minerais
2  minerais2  minerais
2 minerais
margaridabt
 
Rochas Metamórficas
Rochas MetamórficasRochas Metamórficas
Rochas Metamórficas
Tânia Reis
 
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da TerraRochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Ana Castro
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
Catir
 
Geologia 11 rochas sedimentares - detríticas
Geologia 11   rochas sedimentares  - detríticasGeologia 11   rochas sedimentares  - detríticas
Geologia 11 rochas sedimentares - detríticas
Nuno Correia
 
3 tectónica de placas
3   tectónica de placas3   tectónica de placas
3 tectónica de placas
margaridabt
 
Datação relativa
Datação relativaDatação relativa
Datação relativa
catiacsantos
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
Fabrício Almeida
 
5 rochas magmáticas
5  rochas magmáticas5  rochas magmáticas
5 rochas magmáticas
margaridabt
 

Mais procurados (20)

IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICASIX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
 
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICASIX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
 
Rochas metamorficas
Rochas metamorficasRochas metamorficas
Rochas metamorficas
 
Rochas metamórficas
Rochas metamórficasRochas metamórficas
Rochas metamórficas
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
3 a formaçãorochassedimentares
3 a  formaçãorochassedimentares3 a  formaçãorochassedimentares
3 a formaçãorochassedimentares
 
Rochas metamorficas
Rochas metamorficasRochas metamorficas
Rochas metamorficas
 
Rochas metamórficas
Rochas metamórficasRochas metamórficas
Rochas metamórficas
 
O ciclo das rochas
O ciclo das rochasO ciclo das rochas
O ciclo das rochas
 
Propriedades minerais
Propriedades mineraisPropriedades minerais
Propriedades minerais
 
2 minerais
2  minerais2  minerais
2 minerais
 
Rochas Metamórficas
Rochas MetamórficasRochas Metamórficas
Rochas Metamórficas
 
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da TerraRochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
Geologia 11 rochas sedimentares - detríticas
Geologia 11   rochas sedimentares  - detríticasGeologia 11   rochas sedimentares  - detríticas
Geologia 11 rochas sedimentares - detríticas
 
3 tectónica de placas
3   tectónica de placas3   tectónica de placas
3 tectónica de placas
 
Datação relativa
Datação relativaDatação relativa
Datação relativa
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
5 rochas magmáticas
5  rochas magmáticas5  rochas magmáticas
5 rochas magmáticas
 

Destaque

Dobras E Falhas
Dobras E FalhasDobras E Falhas
Dobras E Falhas
Sérgio Luiz
 
Falhas e Dobras
Falhas e Dobras   Falhas e Dobras
Falhas e Dobras
vialongadt
 
CN: Ocorrência de falhas e dobras
CN: Ocorrência de falhas e dobrasCN: Ocorrência de falhas e dobras
CN: Ocorrência de falhas e dobras
nelsonesim
 
DeformaçõEs Das Rochas
DeformaçõEs Das RochasDeformaçõEs Das Rochas
DeformaçõEs Das Rochas
Arminda Malho
 
Deriva continental e tectónica de placas
Deriva continental e tectónica de placasDeriva continental e tectónica de placas
Deriva continental e tectónica de placas
Cláudia Moura
 
Dobras e falhas
Dobras e falhasDobras e falhas
Dobras e falhas
saritacvg
 
Atividade vulcânica
Atividade vulcânicaAtividade vulcânica
Atividade vulcânica
acatarina82
 
Geologia 11 deformação contínua - dobras
Geologia 11   deformação contínua - dobrasGeologia 11   deformação contínua - dobras
Geologia 11 deformação contínua - dobras
Nuno Correia
 
Ciências naturais 7 deformação
Ciências naturais 7   deformaçãoCiências naturais 7   deformação
Ciências naturais 7 deformação
Nuno Correia
 
Geologia 11 deformação
Geologia 11   deformaçãoGeologia 11   deformação
Geologia 11 deformação
Nuno Correia
 
Geologia estrutural dobras
Geologia estrutural   dobrasGeologia estrutural   dobras
Geologia estrutural dobras
Jose1602Baiona
 
Resumo tectónica e deformações das rochas
Resumo tectónica e deformações das rochasResumo tectónica e deformações das rochas
Resumo tectónica e deformações das rochas
Patrícia Silva
 
Geologia 11 deformação descontínua - falhas
Geologia 11   deformação descontínua - falhasGeologia 11   deformação descontínua - falhas
Geologia 11 deformação descontínua - falhas
Nuno Correia
 
Fraturas e falhas
Fraturas e falhasFraturas e falhas
Fraturas e falhas
Nome Sobrenome
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
Catir
 
Riscos e benefícios da actividade vulcânica
Riscos e benefícios da actividade vulcânicaRiscos e benefícios da actividade vulcânica
Riscos e benefícios da actividade vulcânica
Catir
 
Dobras elementos de uma dobra
Dobras   elementos de uma dobraDobras   elementos de uma dobra
Dobras elementos de uma dobra
marciotecsoma
 
Análise Estrutural - Geologia Estrutural
Análise Estrutural - Geologia EstruturalAnálise Estrutural - Geologia Estrutural
Análise Estrutural - Geologia Estrutural
Alesson Guirra
 
Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
catiacsantos
 
Teoria Da Tectónica De Placas
Teoria Da Tectónica De  PlacasTeoria Da Tectónica De  Placas
Teoria Da Tectónica De Placas
Tânia Reis
 

Destaque (20)

Dobras E Falhas
Dobras E FalhasDobras E Falhas
Dobras E Falhas
 
Falhas e Dobras
Falhas e Dobras   Falhas e Dobras
Falhas e Dobras
 
CN: Ocorrência de falhas e dobras
CN: Ocorrência de falhas e dobrasCN: Ocorrência de falhas e dobras
CN: Ocorrência de falhas e dobras
 
DeformaçõEs Das Rochas
DeformaçõEs Das RochasDeformaçõEs Das Rochas
DeformaçõEs Das Rochas
 
Deriva continental e tectónica de placas
Deriva continental e tectónica de placasDeriva continental e tectónica de placas
Deriva continental e tectónica de placas
 
Dobras e falhas
Dobras e falhasDobras e falhas
Dobras e falhas
 
Atividade vulcânica
Atividade vulcânicaAtividade vulcânica
Atividade vulcânica
 
Geologia 11 deformação contínua - dobras
Geologia 11   deformação contínua - dobrasGeologia 11   deformação contínua - dobras
Geologia 11 deformação contínua - dobras
 
Ciências naturais 7 deformação
Ciências naturais 7   deformaçãoCiências naturais 7   deformação
Ciências naturais 7 deformação
 
Geologia 11 deformação
Geologia 11   deformaçãoGeologia 11   deformação
Geologia 11 deformação
 
Geologia estrutural dobras
Geologia estrutural   dobrasGeologia estrutural   dobras
Geologia estrutural dobras
 
Resumo tectónica e deformações das rochas
Resumo tectónica e deformações das rochasResumo tectónica e deformações das rochas
Resumo tectónica e deformações das rochas
 
Geologia 11 deformação descontínua - falhas
Geologia 11   deformação descontínua - falhasGeologia 11   deformação descontínua - falhas
Geologia 11 deformação descontínua - falhas
 
Fraturas e falhas
Fraturas e falhasFraturas e falhas
Fraturas e falhas
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Riscos e benefícios da actividade vulcânica
Riscos e benefícios da actividade vulcânicaRiscos e benefícios da actividade vulcânica
Riscos e benefícios da actividade vulcânica
 
Dobras elementos de uma dobra
Dobras   elementos de uma dobraDobras   elementos de uma dobra
Dobras elementos de uma dobra
 
Análise Estrutural - Geologia Estrutural
Análise Estrutural - Geologia EstruturalAnálise Estrutural - Geologia Estrutural
Análise Estrutural - Geologia Estrutural
 
Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
 
Teoria Da Tectónica De Placas
Teoria Da Tectónica De  PlacasTeoria Da Tectónica De  Placas
Teoria Da Tectónica De Placas
 

Semelhante a Dobras e falhas

Deformaçoes
DeformaçoesDeformaçoes
6 dobras e falhas
6   dobras e falhas6   dobras e falhas
6 dobras e falhas
margaridabt
 
Resumo_Dobras e Falhas.pdf
Resumo_Dobras e Falhas.pdfResumo_Dobras e Falhas.pdf
Resumo_Dobras e Falhas.pdf
FilipeRaivelAESA
 
Deformação das rochas
Deformação das rochasDeformação das rochas
Deformação das rochas
Isabel Lopes
 
Ensaios de Dureza.pdf
Ensaios de Dureza.pdfEnsaios de Dureza.pdf
Ensaios de Dureza.pdf
André Ricardo Marcondes
 
06. força de atrito
06. força de atrito06. força de atrito
06. força de atrito
leonardoenginer
 
Propriedades dos materias2
Propriedades dos materias2Propriedades dos materias2
Propriedades dos materias2
PublicaTUDO
 
ConsequêNcias Da TectóNica De Placas
ConsequêNcias Da TectóNica De PlacasConsequêNcias Da TectóNica De Placas
ConsequêNcias Da TectóNica De Placas
Tânia Reis
 
Ciência dos materiais - fluência, resiliência e tenacidade
Ciência dos materiais - fluência, resiliência e tenacidadeCiência dos materiais - fluência, resiliência e tenacidade
Ciência dos materiais - fluência, resiliência e tenacidade
Vicktor Richelly
 
Aula 3 propriedades mecânicas dos materiais
Aula 3   propriedades mecânicas dos materiaisAula 3   propriedades mecânicas dos materiais
Aula 3 propriedades mecânicas dos materiais
Lidiane Augusto
 
Química Geral
Química GeralQuímica Geral
Química Geral
AleSclearuc
 
Deformação das Rochas.pptx
Deformação das Rochas.pptxDeformação das Rochas.pptx
Deformação das Rochas.pptx
PedroDinis28
 
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
Carolina Suisso
 

Semelhante a Dobras e falhas (13)

Deformaçoes
DeformaçoesDeformaçoes
Deformaçoes
 
6 dobras e falhas
6   dobras e falhas6   dobras e falhas
6 dobras e falhas
 
Resumo_Dobras e Falhas.pdf
Resumo_Dobras e Falhas.pdfResumo_Dobras e Falhas.pdf
Resumo_Dobras e Falhas.pdf
 
Deformação das rochas
Deformação das rochasDeformação das rochas
Deformação das rochas
 
Ensaios de Dureza.pdf
Ensaios de Dureza.pdfEnsaios de Dureza.pdf
Ensaios de Dureza.pdf
 
06. força de atrito
06. força de atrito06. força de atrito
06. força de atrito
 
Propriedades dos materias2
Propriedades dos materias2Propriedades dos materias2
Propriedades dos materias2
 
ConsequêNcias Da TectóNica De Placas
ConsequêNcias Da TectóNica De PlacasConsequêNcias Da TectóNica De Placas
ConsequêNcias Da TectóNica De Placas
 
Ciência dos materiais - fluência, resiliência e tenacidade
Ciência dos materiais - fluência, resiliência e tenacidadeCiência dos materiais - fluência, resiliência e tenacidade
Ciência dos materiais - fluência, resiliência e tenacidade
 
Aula 3 propriedades mecânicas dos materiais
Aula 3   propriedades mecânicas dos materiaisAula 3   propriedades mecânicas dos materiais
Aula 3 propriedades mecânicas dos materiais
 
Química Geral
Química GeralQuímica Geral
Química Geral
 
Deformação das Rochas.pptx
Deformação das Rochas.pptxDeformação das Rochas.pptx
Deformação das Rochas.pptx
 
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
 

Mais de s1lv1alouro

Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
s1lv1alouro
 
Rochas metamórficas e ciclo das rochas
Rochas metamórficas e ciclo das rochasRochas metamórficas e ciclo das rochas
Rochas metamórficas e ciclo das rochas
s1lv1alouro
 
Rochas e minerais
Rochas e mineraisRochas e minerais
Rochas e minerais
s1lv1alouro
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
s1lv1alouro
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
s1lv1alouro
 
A história do zezinho
A história do zezinhoA história do zezinho
A história do zezinho
s1lv1alouro
 
Sist reprodutor
Sist reprodutorSist reprodutor
Sist reprodutor
s1lv1alouro
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
s1lv1alouro
 
Dinâmica interna da terra
Dinâmica interna da terraDinâmica interna da terra
Dinâmica interna da terra
s1lv1alouro
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
s1lv1alouro
 
Catástrofes causadas pelo homem
Catástrofes causadas pelo homemCatástrofes causadas pelo homem
Catástrofes causadas pelo homem
s1lv1alouro
 
Tectónica placas2
Tectónica placas2Tectónica placas2
Tectónica placas2
s1lv1alouro
 
Sismos
SismosSismos
Sismos
s1lv1alouro
 
6º Ano Sistema Excretor
6º Ano Sistema Excretor6º Ano Sistema Excretor
6º Ano Sistema Excretor
s1lv1alouro
 
A Teoria Da Deriva Dos Continentesf
A Teoria Da Deriva Dos ContinentesfA Teoria Da Deriva Dos Continentesf
A Teoria Da Deriva Dos Continentesf
s1lv1alouro
 
Estrutura Interna Da Terra
Estrutura Interna Da TerraEstrutura Interna Da Terra
Estrutura Interna Da Terra
s1lv1alouro
 
RespiraçãO Celular
RespiraçãO CelularRespiraçãO Celular
RespiraçãO Celular
s1lv1alouro
 
Tipos De CirculaçãO
Tipos De CirculaçãOTipos De CirculaçãO
Tipos De CirculaçãO
s1lv1alouro
 
Ciclo CardíAco
Ciclo CardíAcoCiclo CardíAco
Ciclo CardíAco
s1lv1alouro
 
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
s1lv1alouro
 

Mais de s1lv1alouro (20)

Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
 
Rochas metamórficas e ciclo das rochas
Rochas metamórficas e ciclo das rochasRochas metamórficas e ciclo das rochas
Rochas metamórficas e ciclo das rochas
 
Rochas e minerais
Rochas e mineraisRochas e minerais
Rochas e minerais
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
 
A história do zezinho
A história do zezinhoA história do zezinho
A história do zezinho
 
Sist reprodutor
Sist reprodutorSist reprodutor
Sist reprodutor
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Dinâmica interna da terra
Dinâmica interna da terraDinâmica interna da terra
Dinâmica interna da terra
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
 
Catástrofes causadas pelo homem
Catástrofes causadas pelo homemCatástrofes causadas pelo homem
Catástrofes causadas pelo homem
 
Tectónica placas2
Tectónica placas2Tectónica placas2
Tectónica placas2
 
Sismos
SismosSismos
Sismos
 
6º Ano Sistema Excretor
6º Ano Sistema Excretor6º Ano Sistema Excretor
6º Ano Sistema Excretor
 
A Teoria Da Deriva Dos Continentesf
A Teoria Da Deriva Dos ContinentesfA Teoria Da Deriva Dos Continentesf
A Teoria Da Deriva Dos Continentesf
 
Estrutura Interna Da Terra
Estrutura Interna Da TerraEstrutura Interna Da Terra
Estrutura Interna Da Terra
 
RespiraçãO Celular
RespiraçãO CelularRespiraçãO Celular
RespiraçãO Celular
 
Tipos De CirculaçãO
Tipos De CirculaçãOTipos De CirculaçãO
Tipos De CirculaçãO
 
Ciclo CardíAco
Ciclo CardíAcoCiclo CardíAco
Ciclo CardíAco
 
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
 

Último

Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 

Dobras e falhas

  • 2. Comportamento dos materiais quando sujeitos a tensões
  • 3. Questionário1-Indica os materiais que alteram a sua forma quando sujeitos a tensões.2-Explica o que aconteceu a cada um dos materiais depois de ter sido exercida a força.3-Faz a associação entre os quatro materiais e os seguintes termos: elástico, plástico (Dúctil) e Fractura (Frágil).
  • 4. Correcção do Questionário1-Indica os materiais que alteram a sua forma quando sujeitos a tensões.Resposta: Borracha Plasticina e Bolacha.
  • 5. 2-Explica o que aconteceu a cada um dos materiais depois de ter sido exercida a força.Respostas: Borracha: Altera a sua forma mas quando deixamos de exercer força volta a ter a forma inicial.Plasticina: Dobra, alterando a sua forma permanentemente.Bolacha: Acumula tensão até fracturar bruscamente.Rocha: Aparentemente não acontece nada ??????
  • 6. 3-Faz a associação entre os quatro materiais e os seguintes termos: elástico, plástico (Dúctil) e Fractura (Frágil). Resposta: Borracha: Comportamento elásticoPlasticina: Comportamento Plástico ou DúctilBolacha: Comportamento Frágil (Fractura)Rocha: ??????????????????????????????
  • 7. Será que os materiais se comportam sempre da mesma maneira?Quais os factores que podem influenciar o comportamento dos materiais?Vamos investigar...
  • 10. Factores que influenciam o comportamento dos materiais Intensidade da força aplicada A presença de água A Temperatura O Tempo
  • 11. O que poderá acontecer aos materiais geológicos quando sujeitos a tensões?
  • 13. COMPORTAMENTO DAS ROCHASFRÁGILDÚCTILA rocha fractura facilmente em condições de baixa pressão e baixa temperaturaA rocha altera-se, sem fracturar, mesmo em condições elevadas de pressão e temperaturaRelaciona-se com a formação deDOBRASFALHAS
  • 14. Limites convergentes – Forças Compressivas
  • 15. Limites divergentes – Forças Distensivas
  • 16. Limites conservativos – Forças horizontais e opostasForças CompressivasDobras– Quando os materiais rochosos não fracturam durante a compressãoDistensãoCompressãoForças Compressivas e DistensivasFalhas– Quando os materiais rochosos fracturam durante a compressão ou distensãoTipos de falhasFalhas de desligamento Limites conservativos (forças horizontais e opostas)Falhas normais Limites divergentes (forças distensivas)Falhas inversas Limites convergentes (forças compressivas)
  • 17. O nosso planeta é dinâmico desde sempre, mesmo as rochas mais duras sofrem deformações!
  • 18. Vejamos outras provas da dinâmica do nosso planeta:
  • 19. Vejamos outras provas da dinâmica do nosso planeta:
  • 20. Vejamos outras provas da dinâmica do nosso planeta:
  • 22. FIM