SlideShare uma empresa Scribd logo
13/04/2020 Evento 4 - DESPADEC1
https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=acessar_documento&doc=311586799398614386058123004381&evento=3115867993986… 1/5
Poder Judiciário
JUSTIÇA ESTADUAL
Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina
2ª Vara Cível da Comarca de Concórdia
Travessa Sílvio Roman, 45 - Bairro: Nossa Senhora da Salete - CEP: 89700316 - Fone:
(49)3441-1582 - Email: concordia.civel2@tjsc.jus.br
AÇÃO CIVIL DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA Nº 5002716-
14.2020.8.24.0019/SC
AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA
RÉU: SIVIO ANTONIO LEMOS DAS NEVES E OUTRO
DESPACHO/DECISÃO
Cuida-se de "Ação Civil Pública por Ato de Improbidade
Administrativa com Pedido de Liminar" ajuizada pelo MINISTÉRIO
PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA em face de SIVIO
ANTONIO LEMOS DAS NEVES e MARCELO PEGORARO, todos
devidamente qualificados.
Informou que, no mês de dezembro de 2019, o prefeito do
Município de Irani, Sivio Antônio Lemos das Neves, e o vice-prefeito,
Marcelo Pegoraro, publicaram e distribuíram aos munícipes 3.500 (três
mil e quinhentos) exemplares da revista intitulada "Informe 2017/2019 -
Prestação de Contas", contendo todos os investimentos realizados na
gestão administrativa 2017-2019, utilizando-se de imagens e de textos
ilustrativos para valorizar em abundância a administração por eles
realizada, a trazer em seu bojo uma evidente autopromoção.
Eslcareceu que foi instaurado procedimento administrativo
onde foi oferecido Termo de Ajustamento de Conduta a fim de
possibilitar o imediato ressarcimento do dano ao erário (considerando o
custo das revistas de R$ 4.375,00 - quatro mil trezentos e setenta e cinco
reais), bem como a aplicação das penalidades previstas na Lei n.
8.429/92 aos agentes públicos que não aceitaram as condições
propostas.
Apontou como irregularidades contidas nas revistas:
a) ampla fotografia do prefeito do Município de Irani,
Sivio Antônio Lemos das Neves, e do vice-prefeito, Marcelo Pegoraro,
com alusão direta ao aumento concedido ao funcionalismo público, em
evidente autopromoção;
13/04/2020 Evento 4 - DESPADEC1
https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=acessar_documento&doc=311586799398614386058123004381&evento=3115867993986… 2/5
b) as páginas da revista possuem ampla gama de imagens,
fotos e indicação de valores de investimentos em diversas áreas de
atuação municipal, com nítidas características de encarte publicitário;
c) na seção de Esportes se verifica nítida exaltação a obras
do ginásio, sem a observação de que essas ocorreram nos anos de
2017/2018, além da indicação dos valores do investimento; e
d) na seção de Transportes, Obras e Serviços Urbanos, a
promoção pessoal fica ainda mais evidente com foto do prefeito Sivio
Antônio Lemos das Neves realizando a entrega de caminhões caçamba.
Acostou imagens da revista para fins de ilustrar as
respectivas alegações.
Diante disso, pleiteou a concessão de liminar para decretar
a indisponibilidade de bens dos Réus até o limite necessário para o
ressarcimento dos danos causados ao erário na extensão do seu dano e
multa civil, no valor de R$ 10.937,50 (dez mil novecentos e trinta e sete
reais e cinquenta centavos) para cada um, a ser cumprido mediante
bloqueio do BacenJud, a expedição de mandados judiciais aos Cartórios
de Registros de Imóveis desta Comarca e à Corregedoria-Geral da
Justiça de Santa Catarina (CGJ-SC) para que comunique todos os
demais cartórios de registros imobiliários do Estado, objetivando a
averbação da indisponibilidade dos bens imóveis de que os Réus forem
titulares e a expedição de ofício ao Departamento de Trânsito de Santa
Catarina, via RenaJud, determinando que averbem nos registros de
titularidade dos Réus a indisponibilidade de eventuais automóveis de
sua propriedade.
É o relatório.
Decido.
É assente na jurisprudência do STJ o entendimento de que
a decretação de indisponibilidade dos bens não se condiciona à
comprovação de dilapidação efetiva ou iminente de patrimônio.
Tal posicionamento sustenta-se, sobretudo, na
interpretação do comando normativo inserido no artigo 7º da Lei n.
8.429/92, o qual, implicitamente, reconheceria a presença do "periculum
in mora" quando demonstrado satisfatoriamente o "fumus boni juris",
por meio de indícios mínimos da prática do ato de improbidade.
Cuida-se, portanto, de tutela de evidência, ou seja, não
exige a demonstração do perigo de dano ou o risco ao resultado útil do
processo, mas somente da probabilidade da ocorrência do ato de
improbidade.
Colhe-se, a propósito, da jurisprudência do Superior
Tribunal de Justiça:
13/04/2020 Evento 4 - DESPADEC1
https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=acessar_documento&doc=311586799398614386058123004381&evento=3115867993986… 3/5
PROCESSUAL CIVIL E ADMINISTRATIVO. AGRAVO
REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL. AÇÃO CIVIL PÚBLICA.
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. CAUTELAR DE
INDISPONIBILIDADE DOS BENS DO PROMOVIDO.
DECRETAÇÃO. REQUISITOS. EXEGESE DO ART. 7º DA LEI N.
8.429/1992, QUANTO AO PERICULUM IN MORA PRESUMIDO. O
fundamento utilizado pelo acórdão recorrido diverge da orientação
que se pacificou no âmbito desta Corte, inclusive em recurso
repetitivo (REsp 1.366.721/BA, Primeira Seção, j. 26/2/2014), no
sentido de que a decretação de indisponibilidade de bens em
improbidade administrativa caracteriza tutela de evidência. 2. Daí a
desnecessidade de comprovar a dilapidação do patrimônio para a
configuração de periculum in mora, o qual estaria implícito ao
comando normativo do art. 7º da Lei n. 8.429/92, bastando a
demonstração do fumus boni iuris, consistente em indícios de atos
ímprobos. 3. Agravo regimental a que se nega provimento. (AgRg no
REsp 1314088/DF, Rel. Ministro OG FERNANDES, SEGUNDA
TURMA, julgado em 18/06/2014, DJe 27/06/2014)
Acerca do tema, Emerson Garcia e Rogério Pacheco Alves
complementam afirmando que exigir a prova, mesmo que indiciária, da
intenção do agente de furtar-se à efetividade da condenação
representaria, do ponto de vista prático, o "irremediável esvaziamento
da indisponibilidade perseguida no âmbito constitucional e legal"
(Improbidade Administrativa. São Paulo: Saraiva, 2013. p. 1.171).
A indisponibilidade prevista na Lei de Improbidade é uma
daquelas hipóteses nas quais o próprio legislador dispensa a
demonstração do perigo de dano, seja pelo disposto no seu artigo 7º ou
pela redação imperativa do artigo 37, § 4º, da Constituição Federal.
Conclui-se, portanto, que a indisponibilidade de bens é
cabível quando presentes fortes indícios de responsabilidade na prática
do ato de improbidade (probabilidade do direito), caso em que o perigo
de dano prescindirá de comprovação.
Com efeito, na hipótese dos autos, os elementos carreados,
ainda que em cognição superficial, conduzem à conclusão da provável
ocorrência de ato de improbidade, consistente na lesão a princípios da
Administração Pública, enriquecimento ilícito e dano ao erário
municipal.
Isso porque a vasta documentação aportada aos autos
indica a ocorrência do desvio de verba pública voltada para o aparente
uso de promoção pessoal, mediante uso de imagens do prefeito e do
vice-prefeito, como se observa na página 02 da revista, onde ambos
estão evidenciados, logo ao lado da indicação de gráfico apontando o
"aumento REAL ao funcionalismo público", bem como da imagem do
prefeito entregando caminhões caçamba (folha 18 da revista).
Independentemente da indicação dos nomes dos Réus ou
de partido político, resta evidenciado o destaque à imagem dos mesmos,
em especial, porque essa é a única foto da primeira página da
13/04/2020 Evento 4 - DESPADEC1
https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=acessar_documento&doc=311586799398614386058123004381&evento=3115867993986… 4/5
revista, conferindo evidente destaque, aparentemente transbordando o
mero caráter educativo, informativo ou de orientação social autorizado
pelo § 1º do artigo 37 da Constituição Federal.
Destarte, em cognição sumária, reputo presentes os
pressupostos necessários para a concessão da medida pleiteada.
Oportuno anotar, por outro lado, que a indisponibilidade
de bens deve recair sobre o patrimônio dos Réus de modo suficiente a
garantir a integral devolução do objeto do suposto enriquecimento
ilícito, levando-se em consideração, ainda, o valor de possível multa
civil como sanção autônoma.
Nesse norte, quanto ao valor a ser decretado indisponível,
atento aos liames legais (artigo 12, II, da Lei n. 8.429/92), bem como ao
princípio da proporcionalidade, tenho por razoável que a medida abranja
o valor indicado na petição inicial.
Assim, presentes os pressupostos necessários, defiro a
liminar postulada para decretar a indisponibilidade dos bens dos Réus,
na importância de R$ 10.937,50 (dez mil novecentos e trinta e sete reais
e cinquenta centavos) para cada um deles.
Efetive-se por meio do sistema BACENJUD.
Expeçam-se ofícios ao DETRAN/SC, bem como aos
Cartórios de Registro de Imóveis desta Comarca, determinando-lhes a
imposição, respectivamente, de restrição de alienação em veículos e
imóveis de propriedade dos Réus em 5 (cinco) dias.
Notifiquem-se os Réus, pessoalmente, para, no prazo de 15
(quinze) dias, oferecerem manifestação por escrito que poderá ser
instruída com documentos e justificações (artigo 17, § 7º, da Lei n.
8.429/92).
Notifique-se o Município de Irani/SC, conforme dispõe o
artigo 17, § 3º, da Lei n. 8.429/92.
Intimem-se.
Cumpra-se.
Documento eletrônico assinado por MARCUS VINICIUS VON BITTENCOURT, Juiz de
Direito, na forma do artigo 1º, inciso III, da Lei 11.419, de 19 de dezembro de 2006. A
conferência da autenticidade do documento está disponível no endereço eletrônico
https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/externo_controlador.php?
acao=consulta_autenticidade_documentos, mediante o preenchimento do código verificador
310002678526v22 e do código CRC 1f29c5ba.
Informações adicionais da assinatura:
Signatário (a): MARCUS VINICIUS VON BITTENCOURT
Data e Hora: 13/4/2020, às 14:59:54
13/04/2020 Evento 4 - DESPADEC1
https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=acessar_documento&doc=311586799398614386058123004381&evento=3115867993986… 5/5
5002716-14.2020.8.24.0019 310002678526 .V22

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

MUTUO DISENSO PARA TERMINAR LA RELACIÓN LABORAL NO LA CONCLUYE SI SE AFECTÓ L...
MUTUO DISENSO PARA TERMINAR LA RELACIÓN LABORAL NO LA CONCLUYE SI SE AFECTÓ L...MUTUO DISENSO PARA TERMINAR LA RELACIÓN LABORAL NO LA CONCLUYE SI SE AFECTÓ L...
MUTUO DISENSO PARA TERMINAR LA RELACIÓN LABORAL NO LA CONCLUYE SI SE AFECTÓ L...
Corporación Hiram Servicios Legales
 
Báo Cáo Thực Tập Thực Tế Công Tác Kế Toán Tại Công Ty
Báo Cáo Thực Tập Thực Tế Công Tác Kế Toán Tại Công TyBáo Cáo Thực Tập Thực Tế Công Tác Kế Toán Tại Công Ty
Báo Cáo Thực Tập Thực Tế Công Tác Kế Toán Tại Công Ty
Nhận Viết Thuê Đề Tài Baocaothuctap.net/ Zalo : 0909.232.620
 
Petição Inicial de danos morais.
Petição Inicial de danos morais.Petição Inicial de danos morais.
Petição Inicial de danos morais.
Guy Valerio
 
KẾ TOÁN BÁN HÀNG VÀ XÁC ĐỊNH KẾT QUẢ KINH DOANH TẠI CÔNG TY CỔ PHẦN THỰC PHẨM...
KẾ TOÁN BÁN HÀNG VÀ XÁC ĐỊNH KẾT QUẢ KINH DOANH TẠI CÔNG TY CỔ PHẦN THỰC PHẨM...KẾ TOÁN BÁN HÀNG VÀ XÁC ĐỊNH KẾT QUẢ KINH DOANH TẠI CÔNG TY CỔ PHẦN THỰC PHẨM...
KẾ TOÁN BÁN HÀNG VÀ XÁC ĐỊNH KẾT QUẢ KINH DOANH TẠI CÔNG TY CỔ PHẦN THỰC PHẨM...
Dịch vụ viết thuê Luận Văn - ZALO 0932091562
 
Resposta pedido explicacoes_virginia_pimentel
Resposta pedido explicacoes_virginia_pimentelResposta pedido explicacoes_virginia_pimentel
Resposta pedido explicacoes_virginia_pimentel
Noelia Brito
 
Luận văn kế toán các khoản chi hành chính sự nghiệp, 9 ĐIỂM
Luận văn kế toán các khoản chi hành chính sự nghiệp, 9 ĐIỂMLuận văn kế toán các khoản chi hành chính sự nghiệp, 9 ĐIỂM
Luận văn kế toán các khoản chi hành chính sự nghiệp, 9 ĐIỂM
Viết Thuê Khóa Luận _ ZALO 0917.193.864 default
 

Mais procurados (7)

MUTUO DISENSO PARA TERMINAR LA RELACIÓN LABORAL NO LA CONCLUYE SI SE AFECTÓ L...
MUTUO DISENSO PARA TERMINAR LA RELACIÓN LABORAL NO LA CONCLUYE SI SE AFECTÓ L...MUTUO DISENSO PARA TERMINAR LA RELACIÓN LABORAL NO LA CONCLUYE SI SE AFECTÓ L...
MUTUO DISENSO PARA TERMINAR LA RELACIÓN LABORAL NO LA CONCLUYE SI SE AFECTÓ L...
 
Format block note
Format block noteFormat block note
Format block note
 
Báo Cáo Thực Tập Thực Tế Công Tác Kế Toán Tại Công Ty
Báo Cáo Thực Tập Thực Tế Công Tác Kế Toán Tại Công TyBáo Cáo Thực Tập Thực Tế Công Tác Kế Toán Tại Công Ty
Báo Cáo Thực Tập Thực Tế Công Tác Kế Toán Tại Công Ty
 
Petição Inicial de danos morais.
Petição Inicial de danos morais.Petição Inicial de danos morais.
Petição Inicial de danos morais.
 
KẾ TOÁN BÁN HÀNG VÀ XÁC ĐỊNH KẾT QUẢ KINH DOANH TẠI CÔNG TY CỔ PHẦN THỰC PHẨM...
KẾ TOÁN BÁN HÀNG VÀ XÁC ĐỊNH KẾT QUẢ KINH DOANH TẠI CÔNG TY CỔ PHẦN THỰC PHẨM...KẾ TOÁN BÁN HÀNG VÀ XÁC ĐỊNH KẾT QUẢ KINH DOANH TẠI CÔNG TY CỔ PHẦN THỰC PHẨM...
KẾ TOÁN BÁN HÀNG VÀ XÁC ĐỊNH KẾT QUẢ KINH DOANH TẠI CÔNG TY CỔ PHẦN THỰC PHẨM...
 
Resposta pedido explicacoes_virginia_pimentel
Resposta pedido explicacoes_virginia_pimentelResposta pedido explicacoes_virginia_pimentel
Resposta pedido explicacoes_virginia_pimentel
 
Luận văn kế toán các khoản chi hành chính sự nghiệp, 9 ĐIỂM
Luận văn kế toán các khoản chi hành chính sự nghiệp, 9 ĐIỂMLuận văn kế toán các khoản chi hành chính sự nghiệp, 9 ĐIỂM
Luận văn kế toán các khoản chi hành chính sự nghiệp, 9 ĐIỂM
 

Semelhante a Despacho liminar (1)

SOBRINHO-01
SOBRINHO-01SOBRINHO-01
Leiloeira que embolsou quase R$ 26 mil indevidamente volta a ser condenada em...
Leiloeira que embolsou quase R$ 26 mil indevidamente volta a ser condenada em...Leiloeira que embolsou quase R$ 26 mil indevidamente volta a ser condenada em...
Leiloeira que embolsou quase R$ 26 mil indevidamente volta a ser condenada em...
Rondoniadinamica Jornal Eletrônico
 
TJ-SP aplica a retroatividade da reforma da LIA e absolve Osvaldo Dias, ex-pr...
TJ-SP aplica a retroatividade da reforma da LIA e absolve Osvaldo Dias, ex-pr...TJ-SP aplica a retroatividade da reforma da LIA e absolve Osvaldo Dias, ex-pr...
TJ-SP aplica a retroatividade da reforma da LIA e absolve Osvaldo Dias, ex-pr...
Luís Carlos Nunes
 
Ex prefeito tico e mv&s tem r$ 1,8 milhão em bens bloqueados
Ex prefeito tico e mv&s tem r$ 1,8 milhão em bens bloqueadosEx prefeito tico e mv&s tem r$ 1,8 milhão em bens bloqueados
Ex prefeito tico e mv&s tem r$ 1,8 milhão em bens bloqueados
27081970
 
Texto água em Petrolina
Texto água em PetrolinaTexto água em Petrolina
Texto água em Petrolina
Portal NE10
 
Decisao mascaras em Criciuma
Decisao mascaras em CriciumaDecisao mascaras em Criciuma
Decisao mascaras em Criciuma
MarcianoBortolin
 
Liminar sintespe suspensa
Liminar sintespe suspensaLiminar sintespe suspensa
Liminar sintespe suspensa
SINTE Regional
 
20090616 Acp Wilson Brito E José Candido
20090616 Acp Wilson Brito E José Candido20090616 Acp Wilson Brito E José Candido
20090616 Acp Wilson Brito E José Candido
chlima
 
MPPE pede novo afastamento do prefeito de São Lourenço
MPPE pede novo afastamento do prefeito de São LourençoMPPE pede novo afastamento do prefeito de São Lourenço
MPPE pede novo afastamento do prefeito de São Lourenço
Portal NE10
 
Blog de Jamildo. Pedido de sigilo bancário
Blog de Jamildo. Pedido de sigilo bancárioBlog de Jamildo. Pedido de sigilo bancário
Blog de Jamildo. Pedido de sigilo bancário
Jamildo Melo
 
Ação civil pública autos 4507 29.2013.8.16
Ação civil pública autos 4507 29.2013.8.16Ação civil pública autos 4507 29.2013.8.16
Ação civil pública autos 4507 29.2013.8.16
Direcao Ccsa-Jacarezinho Direito
 
Condenado servidor do TJ que recebia vantagens indevidas para “aliviar” presi...
Condenado servidor do TJ que recebia vantagens indevidas para “aliviar” presi...Condenado servidor do TJ que recebia vantagens indevidas para “aliviar” presi...
Condenado servidor do TJ que recebia vantagens indevidas para “aliviar” presi...
Rondoniadinamica Jornal Eletrônico
 
Processo - Shows Secretaria de Turismo
Processo - Shows Secretaria de TurismoProcesso - Shows Secretaria de Turismo
Processo - Shows Secretaria de Turismo
Paulo Veras
 
Lorival Amorim
Lorival AmorimLorival Amorim
Mpf instaura inquérito sobre via litorânea inacabada optimized
Mpf instaura inquérito sobre via litorânea inacabada optimizedMpf instaura inquérito sobre via litorânea inacabada optimized
Mpf instaura inquérito sobre via litorânea inacabada optimized
Francisco Luz
 
Constitucionalidade - ADI 2010.045619-8/Agravo 796.030-SC
Constitucionalidade - ADI 2010.045619-8/Agravo 796.030-SCConstitucionalidade - ADI 2010.045619-8/Agravo 796.030-SC
Constitucionalidade - ADI 2010.045619-8/Agravo 796.030-SC
Ministério Público de Santa Catarina
 
STF barra decisão que impedia Crivella de utilizar prédios públicos
STF barra decisão que impedia Crivella de utilizar prédios públicosSTF barra decisão que impedia Crivella de utilizar prédios públicos
STF barra decisão que impedia Crivella de utilizar prédios públicos
R7dados
 
633013
633013633013
AÇÃO DE IMPROBIDADE CONTRATOS LIXO EX-PREFEITO DE BONITO/PE
AÇÃO DE IMPROBIDADE CONTRATOS LIXO EX-PREFEITO DE BONITO/PEAÇÃO DE IMPROBIDADE CONTRATOS LIXO EX-PREFEITO DE BONITO/PE
AÇÃO DE IMPROBIDADE CONTRATOS LIXO EX-PREFEITO DE BONITO/PE
Noelia Brito
 
Sentença pç jé carvalho paracuru djfce061113pág27a29
Sentença pç jé carvalho paracuru djfce061113pág27a29Sentença pç jé carvalho paracuru djfce061113pág27a29
Sentença pç jé carvalho paracuru djfce061113pág27a29
Francisco Luz
 

Semelhante a Despacho liminar (1) (20)

SOBRINHO-01
SOBRINHO-01SOBRINHO-01
SOBRINHO-01
 
Leiloeira que embolsou quase R$ 26 mil indevidamente volta a ser condenada em...
Leiloeira que embolsou quase R$ 26 mil indevidamente volta a ser condenada em...Leiloeira que embolsou quase R$ 26 mil indevidamente volta a ser condenada em...
Leiloeira que embolsou quase R$ 26 mil indevidamente volta a ser condenada em...
 
TJ-SP aplica a retroatividade da reforma da LIA e absolve Osvaldo Dias, ex-pr...
TJ-SP aplica a retroatividade da reforma da LIA e absolve Osvaldo Dias, ex-pr...TJ-SP aplica a retroatividade da reforma da LIA e absolve Osvaldo Dias, ex-pr...
TJ-SP aplica a retroatividade da reforma da LIA e absolve Osvaldo Dias, ex-pr...
 
Ex prefeito tico e mv&s tem r$ 1,8 milhão em bens bloqueados
Ex prefeito tico e mv&s tem r$ 1,8 milhão em bens bloqueadosEx prefeito tico e mv&s tem r$ 1,8 milhão em bens bloqueados
Ex prefeito tico e mv&s tem r$ 1,8 milhão em bens bloqueados
 
Texto água em Petrolina
Texto água em PetrolinaTexto água em Petrolina
Texto água em Petrolina
 
Decisao mascaras em Criciuma
Decisao mascaras em CriciumaDecisao mascaras em Criciuma
Decisao mascaras em Criciuma
 
Liminar sintespe suspensa
Liminar sintespe suspensaLiminar sintespe suspensa
Liminar sintespe suspensa
 
20090616 Acp Wilson Brito E José Candido
20090616 Acp Wilson Brito E José Candido20090616 Acp Wilson Brito E José Candido
20090616 Acp Wilson Brito E José Candido
 
MPPE pede novo afastamento do prefeito de São Lourenço
MPPE pede novo afastamento do prefeito de São LourençoMPPE pede novo afastamento do prefeito de São Lourenço
MPPE pede novo afastamento do prefeito de São Lourenço
 
Blog de Jamildo. Pedido de sigilo bancário
Blog de Jamildo. Pedido de sigilo bancárioBlog de Jamildo. Pedido de sigilo bancário
Blog de Jamildo. Pedido de sigilo bancário
 
Ação civil pública autos 4507 29.2013.8.16
Ação civil pública autos 4507 29.2013.8.16Ação civil pública autos 4507 29.2013.8.16
Ação civil pública autos 4507 29.2013.8.16
 
Condenado servidor do TJ que recebia vantagens indevidas para “aliviar” presi...
Condenado servidor do TJ que recebia vantagens indevidas para “aliviar” presi...Condenado servidor do TJ que recebia vantagens indevidas para “aliviar” presi...
Condenado servidor do TJ que recebia vantagens indevidas para “aliviar” presi...
 
Processo - Shows Secretaria de Turismo
Processo - Shows Secretaria de TurismoProcesso - Shows Secretaria de Turismo
Processo - Shows Secretaria de Turismo
 
Lorival Amorim
Lorival AmorimLorival Amorim
Lorival Amorim
 
Mpf instaura inquérito sobre via litorânea inacabada optimized
Mpf instaura inquérito sobre via litorânea inacabada optimizedMpf instaura inquérito sobre via litorânea inacabada optimized
Mpf instaura inquérito sobre via litorânea inacabada optimized
 
Constitucionalidade - ADI 2010.045619-8/Agravo 796.030-SC
Constitucionalidade - ADI 2010.045619-8/Agravo 796.030-SCConstitucionalidade - ADI 2010.045619-8/Agravo 796.030-SC
Constitucionalidade - ADI 2010.045619-8/Agravo 796.030-SC
 
STF barra decisão que impedia Crivella de utilizar prédios públicos
STF barra decisão que impedia Crivella de utilizar prédios públicosSTF barra decisão que impedia Crivella de utilizar prédios públicos
STF barra decisão que impedia Crivella de utilizar prédios públicos
 
633013
633013633013
633013
 
AÇÃO DE IMPROBIDADE CONTRATOS LIXO EX-PREFEITO DE BONITO/PE
AÇÃO DE IMPROBIDADE CONTRATOS LIXO EX-PREFEITO DE BONITO/PEAÇÃO DE IMPROBIDADE CONTRATOS LIXO EX-PREFEITO DE BONITO/PE
AÇÃO DE IMPROBIDADE CONTRATOS LIXO EX-PREFEITO DE BONITO/PE
 
Sentença pç jé carvalho paracuru djfce061113pág27a29
Sentença pç jé carvalho paracuru djfce061113pág27a29Sentença pç jé carvalho paracuru djfce061113pág27a29
Sentença pç jé carvalho paracuru djfce061113pág27a29
 

Mais de Ministério Público de Santa Catarina

linha-comin-gestao_B (1).pdf
linha-comin-gestao_B (1).pdflinha-comin-gestao_B (1).pdf
linha-comin-gestao_B (1).pdf
Ministério Público de Santa Catarina
 
RGI_2022_VF.pdf
RGI_2022_VF.pdfRGI_2022_VF.pdf
Planejamento Estratégico 2022-2029
Planejamento Estratégico 2022-2029Planejamento Estratégico 2022-2029
Planejamento Estratégico 2022-2029
Ministério Público de Santa Catarina
 
Decisão Ação n. 5019538-86.2021.8.24.0005
Decisão Ação n. 5019538-86.2021.8.24.0005Decisão Ação n. 5019538-86.2021.8.24.0005
Decisão Ação n. 5019538-86.2021.8.24.0005
Ministério Público de Santa Catarina
 
Ação Civil Pública n. 5019538-86.2021.8.24.0005
Ação Civil Pública n. 5019538-86.2021.8.24.0005Ação Civil Pública n. 5019538-86.2021.8.24.0005
Ação Civil Pública n. 5019538-86.2021.8.24.0005
Ministério Público de Santa Catarina
 
Cartilha Mulheres vocês têm direitos
Cartilha Mulheres vocês têm direitosCartilha Mulheres vocês têm direitos
Cartilha Mulheres vocês têm direitos
Ministério Público de Santa Catarina
 
Protocolo com orientações para a escuta humanizada e não revitimizadora da mu...
Protocolo com orientações para a escuta humanizada e não revitimizadora da mu...Protocolo com orientações para a escuta humanizada e não revitimizadora da mu...
Protocolo com orientações para a escuta humanizada e não revitimizadora da mu...
Ministério Público de Santa Catarina
 
MPSC recomenda que Município de Itajaí ajuste agendamento, reduza filas e gar...
MPSC recomenda que Município de Itajaí ajuste agendamento, reduza filas e gar...MPSC recomenda que Município de Itajaí ajuste agendamento, reduza filas e gar...
MPSC recomenda que Município de Itajaí ajuste agendamento, reduza filas e gar...
Ministério Público de Santa Catarina
 
Manual do Sistema Apoia Online
Manual do Sistema Apoia OnlineManual do Sistema Apoia Online
Manual do Sistema Apoia Online
Ministério Público de Santa Catarina
 
Florianópolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
Florianópolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...Florianópolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
Florianópolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
Ministério Público de Santa Catarina
 
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
Ministério Público de Santa Catarina
 
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
Ministério Público de Santa Catarina
 
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
Ministério Público de Santa Catarina
 
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
Ministério Público de Santa Catarina
 
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
Ministério Público de Santa Catarina
 
São Pedro de Alcântara: liminar suspende decreto que inverteu ordem de priori...
São Pedro de Alcântara: liminar suspende decreto que inverteu ordem de priori...São Pedro de Alcântara: liminar suspende decreto que inverteu ordem de priori...
São Pedro de Alcântara: liminar suspende decreto que inverteu ordem de priori...
Ministério Público de Santa Catarina
 
Santo Amaro da Imperatriz: liminar suspende decreto que inverteu ordem de pri...
Santo Amaro da Imperatriz: liminar suspende decreto que inverteu ordem de pri...Santo Amaro da Imperatriz: liminar suspende decreto que inverteu ordem de pri...
Santo Amaro da Imperatriz: liminar suspende decreto que inverteu ordem de pri...
Ministério Público de Santa Catarina
 
Palhoça: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desconsi...
Palhoça: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desconsi...Palhoça: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desconsi...
Palhoça: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desconsi...
Ministério Público de Santa Catarina
 
São José: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
São José: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...São José: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
São José: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
Ministério Público de Santa Catarina
 
Protocolo Pisc Protocolo de Rede Intersetorial de Atenção à Pessoa Idosa em S...
Protocolo Pisc Protocolo de Rede Intersetorial de Atenção à Pessoa Idosa em S...Protocolo Pisc Protocolo de Rede Intersetorial de Atenção à Pessoa Idosa em S...
Protocolo Pisc Protocolo de Rede Intersetorial de Atenção à Pessoa Idosa em S...
Ministério Público de Santa Catarina
 

Mais de Ministério Público de Santa Catarina (20)

linha-comin-gestao_B (1).pdf
linha-comin-gestao_B (1).pdflinha-comin-gestao_B (1).pdf
linha-comin-gestao_B (1).pdf
 
RGI_2022_VF.pdf
RGI_2022_VF.pdfRGI_2022_VF.pdf
RGI_2022_VF.pdf
 
Planejamento Estratégico 2022-2029
Planejamento Estratégico 2022-2029Planejamento Estratégico 2022-2029
Planejamento Estratégico 2022-2029
 
Decisão Ação n. 5019538-86.2021.8.24.0005
Decisão Ação n. 5019538-86.2021.8.24.0005Decisão Ação n. 5019538-86.2021.8.24.0005
Decisão Ação n. 5019538-86.2021.8.24.0005
 
Ação Civil Pública n. 5019538-86.2021.8.24.0005
Ação Civil Pública n. 5019538-86.2021.8.24.0005Ação Civil Pública n. 5019538-86.2021.8.24.0005
Ação Civil Pública n. 5019538-86.2021.8.24.0005
 
Cartilha Mulheres vocês têm direitos
Cartilha Mulheres vocês têm direitosCartilha Mulheres vocês têm direitos
Cartilha Mulheres vocês têm direitos
 
Protocolo com orientações para a escuta humanizada e não revitimizadora da mu...
Protocolo com orientações para a escuta humanizada e não revitimizadora da mu...Protocolo com orientações para a escuta humanizada e não revitimizadora da mu...
Protocolo com orientações para a escuta humanizada e não revitimizadora da mu...
 
MPSC recomenda que Município de Itajaí ajuste agendamento, reduza filas e gar...
MPSC recomenda que Município de Itajaí ajuste agendamento, reduza filas e gar...MPSC recomenda que Município de Itajaí ajuste agendamento, reduza filas e gar...
MPSC recomenda que Município de Itajaí ajuste agendamento, reduza filas e gar...
 
Manual do Sistema Apoia Online
Manual do Sistema Apoia OnlineManual do Sistema Apoia Online
Manual do Sistema Apoia Online
 
Florianópolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
Florianópolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...Florianópolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
Florianópolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
 
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
 
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
 
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
 
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
 
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
 
São Pedro de Alcântara: liminar suspende decreto que inverteu ordem de priori...
São Pedro de Alcântara: liminar suspende decreto que inverteu ordem de priori...São Pedro de Alcântara: liminar suspende decreto que inverteu ordem de priori...
São Pedro de Alcântara: liminar suspende decreto que inverteu ordem de priori...
 
Santo Amaro da Imperatriz: liminar suspende decreto que inverteu ordem de pri...
Santo Amaro da Imperatriz: liminar suspende decreto que inverteu ordem de pri...Santo Amaro da Imperatriz: liminar suspende decreto que inverteu ordem de pri...
Santo Amaro da Imperatriz: liminar suspende decreto que inverteu ordem de pri...
 
Palhoça: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desconsi...
Palhoça: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desconsi...Palhoça: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desconsi...
Palhoça: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desconsi...
 
São José: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
São José: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...São José: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
São José: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
 
Protocolo Pisc Protocolo de Rede Intersetorial de Atenção à Pessoa Idosa em S...
Protocolo Pisc Protocolo de Rede Intersetorial de Atenção à Pessoa Idosa em S...Protocolo Pisc Protocolo de Rede Intersetorial de Atenção à Pessoa Idosa em S...
Protocolo Pisc Protocolo de Rede Intersetorial de Atenção à Pessoa Idosa em S...
 

Despacho liminar (1)

  • 1. 13/04/2020 Evento 4 - DESPADEC1 https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=acessar_documento&doc=311586799398614386058123004381&evento=3115867993986… 1/5 Poder Judiciário JUSTIÇA ESTADUAL Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina 2ª Vara Cível da Comarca de Concórdia Travessa Sílvio Roman, 45 - Bairro: Nossa Senhora da Salete - CEP: 89700316 - Fone: (49)3441-1582 - Email: concordia.civel2@tjsc.jus.br AÇÃO CIVIL DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA Nº 5002716- 14.2020.8.24.0019/SC AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA RÉU: SIVIO ANTONIO LEMOS DAS NEVES E OUTRO DESPACHO/DECISÃO Cuida-se de "Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa com Pedido de Liminar" ajuizada pelo MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA em face de SIVIO ANTONIO LEMOS DAS NEVES e MARCELO PEGORARO, todos devidamente qualificados. Informou que, no mês de dezembro de 2019, o prefeito do Município de Irani, Sivio Antônio Lemos das Neves, e o vice-prefeito, Marcelo Pegoraro, publicaram e distribuíram aos munícipes 3.500 (três mil e quinhentos) exemplares da revista intitulada "Informe 2017/2019 - Prestação de Contas", contendo todos os investimentos realizados na gestão administrativa 2017-2019, utilizando-se de imagens e de textos ilustrativos para valorizar em abundância a administração por eles realizada, a trazer em seu bojo uma evidente autopromoção. Eslcareceu que foi instaurado procedimento administrativo onde foi oferecido Termo de Ajustamento de Conduta a fim de possibilitar o imediato ressarcimento do dano ao erário (considerando o custo das revistas de R$ 4.375,00 - quatro mil trezentos e setenta e cinco reais), bem como a aplicação das penalidades previstas na Lei n. 8.429/92 aos agentes públicos que não aceitaram as condições propostas. Apontou como irregularidades contidas nas revistas: a) ampla fotografia do prefeito do Município de Irani, Sivio Antônio Lemos das Neves, e do vice-prefeito, Marcelo Pegoraro, com alusão direta ao aumento concedido ao funcionalismo público, em evidente autopromoção;
  • 2. 13/04/2020 Evento 4 - DESPADEC1 https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=acessar_documento&doc=311586799398614386058123004381&evento=3115867993986… 2/5 b) as páginas da revista possuem ampla gama de imagens, fotos e indicação de valores de investimentos em diversas áreas de atuação municipal, com nítidas características de encarte publicitário; c) na seção de Esportes se verifica nítida exaltação a obras do ginásio, sem a observação de que essas ocorreram nos anos de 2017/2018, além da indicação dos valores do investimento; e d) na seção de Transportes, Obras e Serviços Urbanos, a promoção pessoal fica ainda mais evidente com foto do prefeito Sivio Antônio Lemos das Neves realizando a entrega de caminhões caçamba. Acostou imagens da revista para fins de ilustrar as respectivas alegações. Diante disso, pleiteou a concessão de liminar para decretar a indisponibilidade de bens dos Réus até o limite necessário para o ressarcimento dos danos causados ao erário na extensão do seu dano e multa civil, no valor de R$ 10.937,50 (dez mil novecentos e trinta e sete reais e cinquenta centavos) para cada um, a ser cumprido mediante bloqueio do BacenJud, a expedição de mandados judiciais aos Cartórios de Registros de Imóveis desta Comarca e à Corregedoria-Geral da Justiça de Santa Catarina (CGJ-SC) para que comunique todos os demais cartórios de registros imobiliários do Estado, objetivando a averbação da indisponibilidade dos bens imóveis de que os Réus forem titulares e a expedição de ofício ao Departamento de Trânsito de Santa Catarina, via RenaJud, determinando que averbem nos registros de titularidade dos Réus a indisponibilidade de eventuais automóveis de sua propriedade. É o relatório. Decido. É assente na jurisprudência do STJ o entendimento de que a decretação de indisponibilidade dos bens não se condiciona à comprovação de dilapidação efetiva ou iminente de patrimônio. Tal posicionamento sustenta-se, sobretudo, na interpretação do comando normativo inserido no artigo 7º da Lei n. 8.429/92, o qual, implicitamente, reconheceria a presença do "periculum in mora" quando demonstrado satisfatoriamente o "fumus boni juris", por meio de indícios mínimos da prática do ato de improbidade. Cuida-se, portanto, de tutela de evidência, ou seja, não exige a demonstração do perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo, mas somente da probabilidade da ocorrência do ato de improbidade. Colhe-se, a propósito, da jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça:
  • 3. 13/04/2020 Evento 4 - DESPADEC1 https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=acessar_documento&doc=311586799398614386058123004381&evento=3115867993986… 3/5 PROCESSUAL CIVIL E ADMINISTRATIVO. AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL. AÇÃO CIVIL PÚBLICA. IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. CAUTELAR DE INDISPONIBILIDADE DOS BENS DO PROMOVIDO. DECRETAÇÃO. REQUISITOS. EXEGESE DO ART. 7º DA LEI N. 8.429/1992, QUANTO AO PERICULUM IN MORA PRESUMIDO. O fundamento utilizado pelo acórdão recorrido diverge da orientação que se pacificou no âmbito desta Corte, inclusive em recurso repetitivo (REsp 1.366.721/BA, Primeira Seção, j. 26/2/2014), no sentido de que a decretação de indisponibilidade de bens em improbidade administrativa caracteriza tutela de evidência. 2. Daí a desnecessidade de comprovar a dilapidação do patrimônio para a configuração de periculum in mora, o qual estaria implícito ao comando normativo do art. 7º da Lei n. 8.429/92, bastando a demonstração do fumus boni iuris, consistente em indícios de atos ímprobos. 3. Agravo regimental a que se nega provimento. (AgRg no REsp 1314088/DF, Rel. Ministro OG FERNANDES, SEGUNDA TURMA, julgado em 18/06/2014, DJe 27/06/2014) Acerca do tema, Emerson Garcia e Rogério Pacheco Alves complementam afirmando que exigir a prova, mesmo que indiciária, da intenção do agente de furtar-se à efetividade da condenação representaria, do ponto de vista prático, o "irremediável esvaziamento da indisponibilidade perseguida no âmbito constitucional e legal" (Improbidade Administrativa. São Paulo: Saraiva, 2013. p. 1.171). A indisponibilidade prevista na Lei de Improbidade é uma daquelas hipóteses nas quais o próprio legislador dispensa a demonstração do perigo de dano, seja pelo disposto no seu artigo 7º ou pela redação imperativa do artigo 37, § 4º, da Constituição Federal. Conclui-se, portanto, que a indisponibilidade de bens é cabível quando presentes fortes indícios de responsabilidade na prática do ato de improbidade (probabilidade do direito), caso em que o perigo de dano prescindirá de comprovação. Com efeito, na hipótese dos autos, os elementos carreados, ainda que em cognição superficial, conduzem à conclusão da provável ocorrência de ato de improbidade, consistente na lesão a princípios da Administração Pública, enriquecimento ilícito e dano ao erário municipal. Isso porque a vasta documentação aportada aos autos indica a ocorrência do desvio de verba pública voltada para o aparente uso de promoção pessoal, mediante uso de imagens do prefeito e do vice-prefeito, como se observa na página 02 da revista, onde ambos estão evidenciados, logo ao lado da indicação de gráfico apontando o "aumento REAL ao funcionalismo público", bem como da imagem do prefeito entregando caminhões caçamba (folha 18 da revista). Independentemente da indicação dos nomes dos Réus ou de partido político, resta evidenciado o destaque à imagem dos mesmos, em especial, porque essa é a única foto da primeira página da
  • 4. 13/04/2020 Evento 4 - DESPADEC1 https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=acessar_documento&doc=311586799398614386058123004381&evento=3115867993986… 4/5 revista, conferindo evidente destaque, aparentemente transbordando o mero caráter educativo, informativo ou de orientação social autorizado pelo § 1º do artigo 37 da Constituição Federal. Destarte, em cognição sumária, reputo presentes os pressupostos necessários para a concessão da medida pleiteada. Oportuno anotar, por outro lado, que a indisponibilidade de bens deve recair sobre o patrimônio dos Réus de modo suficiente a garantir a integral devolução do objeto do suposto enriquecimento ilícito, levando-se em consideração, ainda, o valor de possível multa civil como sanção autônoma. Nesse norte, quanto ao valor a ser decretado indisponível, atento aos liames legais (artigo 12, II, da Lei n. 8.429/92), bem como ao princípio da proporcionalidade, tenho por razoável que a medida abranja o valor indicado na petição inicial. Assim, presentes os pressupostos necessários, defiro a liminar postulada para decretar a indisponibilidade dos bens dos Réus, na importância de R$ 10.937,50 (dez mil novecentos e trinta e sete reais e cinquenta centavos) para cada um deles. Efetive-se por meio do sistema BACENJUD. Expeçam-se ofícios ao DETRAN/SC, bem como aos Cartórios de Registro de Imóveis desta Comarca, determinando-lhes a imposição, respectivamente, de restrição de alienação em veículos e imóveis de propriedade dos Réus em 5 (cinco) dias. Notifiquem-se os Réus, pessoalmente, para, no prazo de 15 (quinze) dias, oferecerem manifestação por escrito que poderá ser instruída com documentos e justificações (artigo 17, § 7º, da Lei n. 8.429/92). Notifique-se o Município de Irani/SC, conforme dispõe o artigo 17, § 3º, da Lei n. 8.429/92. Intimem-se. Cumpra-se. Documento eletrônico assinado por MARCUS VINICIUS VON BITTENCOURT, Juiz de Direito, na forma do artigo 1º, inciso III, da Lei 11.419, de 19 de dezembro de 2006. A conferência da autenticidade do documento está disponível no endereço eletrônico https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/externo_controlador.php? acao=consulta_autenticidade_documentos, mediante o preenchimento do código verificador 310002678526v22 e do código CRC 1f29c5ba. Informações adicionais da assinatura: Signatário (a): MARCUS VINICIUS VON BITTENCOURT Data e Hora: 13/4/2020, às 14:59:54
  • 5. 13/04/2020 Evento 4 - DESPADEC1 https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=acessar_documento&doc=311586799398614386058123004381&evento=3115867993986… 5/5 5002716-14.2020.8.24.0019 310002678526 .V22