SlideShare uma empresa Scribd logo
2ª parte 
Versão 2.0 
1
A EMPRESA: 
SONHAR GRANDE; COMEÇAR PEQUENO; CRESCER RÁPIDO 
Missão: Materializar o sonho da casa própria com eficácia e 
sustentabilidade, através de processos de gestão industrial e 
tecnologias inovadoras. 
Valores: Ética e transparência nas relações; Respeito ao meio ambiente; 
Crescimento sustentável; Valorização profissional; 
Comprometimento com a satisfação do cliente; Inovação contínua 
de produtos, processos e otimização da rentabilidade. 
Visão: Ser reconhecida como empresa que revolucionou o mercado da 
construção civil através de processos inovadores, com 
rentabilidade para todos os agentes envolvidos: colaboradores, 
fornecedores, franqueados, acionistas e sociedade em geral. 
2
ORIGEM DO SISTEMA 
Em 2001 o arquiteto e urbanista, criador deste sistema, Claudio Barcellos com 20 anos de 
experiência conquista o prêmio da CEF e IAB em “SOLUÇÕES ALTERNATIVAS PARA 
CONSTRUÇÃO DE BAIXO CUSTO NO BRASIL“ 
3
ENTENDENDO A TECNOLOGIA 
Concre House é uma construtora e uma franquia que utiliza de um processo de edificação 
de concreto moldado “in loco” composto com fibras, aditivos e telas de aço entre as 
formas plásticas reutilizáveis. 
O resultado é uma construção monolítica de concreto (piso, parede e laje), com rapidez, 
durabilidade e qualidade superior ao método construtivo convencional. 
Todas as tubulações elétricas e hidráulicas são embutidas no processo construtivo, antes 
do preenchimento do concreto. 
Após a retirada das fôrmas plásticas é aplicado o acabamento final com textura colorida 
e/ou massa fina nas paredes e lajes. 
Conforme NBR 16055, aprovado pela Caixa Econômica Federal, esse processo possui uma 
resistência 10 vezes maior do que o processo convencional com 25 MPA (Megapascal). 
O sistema já realizou mais de 30 mil m² em obras no RS e SP 
4
A colocação de guias em solo compactado, através de equipamento óptico, é 
fundamental para garantia da qualidade do sistema 
5 
Etapas do Processo Construtivo 
- Fundação radier
Instalações hidráulicas embutidas na 
fundação em radier 
Detalhe de colocação de caixa de 
gordura 
6 
Etapas do Processo Construtivo 
- Fundação radier
Início da concretagem com concreto 
estrutural FCK de 25 MPA 
Regularização da concretagem 
7 
Etapas do Processo Construtivo 
- Fundação radier
Utilização de régua treliçada para 
regularização do concreto 
Fundação em radier após 
concretagem 
8 
Etapas do Processo Construtivo 
- Fundação radier
9 
Etapas do Processo Construtivo 
– Paredes 
Montagens dos painéis
Montagem das estruturas das formas 
plásticas e da malha de aço. 
Passagem de eletrodutos e colocação de 
espaçadores plásticos 
10 
Etapas do Processo Construtivo 
– Paredes com tela de aço, fibra e concreto
Instalação das árvores hidráulicas Colocação de caixas de passagem e 
eletrodutos 
11 
Etapas do Processo Construtivo 
– Paredes
Montagem Laje com longarinas 
metálicas 
Montagem Laje com escoras 
metálicas 
12 
Etapas do Processo Construtivo 
- Laje
Laje e paredes prontas para 
recebimento de concreto 
Concretagem laje e paredes com 
caixas de passagem e eletrodutos 
13 
Etapas do Processo Construtivo 
- Laje
A esquerda monobloco de concreto desformado e a direita processo de 
concretagem de segunda unidade habitacional. Em primeiro plano kit de 
formas para montagens 
14 
Etapas do Processo Construtivo 
– Concretagem
Concretagem das paredes e laje ao mesmo 
tempo 
‘ 
15 
Etapas do Processo Construtivo 
– Concretagem
Início da desforma pela laje com longarinas e escoras metálicas aguardando o 
final da cura do concreto 
16 
Etapas do Processo Construtivo 
– Desforma
Paredes internas já desformadas 
17 
Etapas do Processo Construtivo 
– Desforma
Aspecto final da parede bruta 
desformada 
Retirada da última parte das formas 
plásticas 
18 
Etapas do Processo Construtivo 
– Desforma
19 
Etapas do Processo Construtivo 
– Montagem da forma no 2º pavimento
20 
Etapas do Processo Construtivo 
– Concretagem 2º pavimento
Telhado em estrutura de alumínio ou aço galvanizado 
21 
Etapas do Processo Construtivo 
– Desforma 2º pavimento
22 
Etapas do Processo Construtivo 
– Telhado
Etapas do Processo Construtivo 
– Cobertura Telhado 
Telhado em estrutura de alumínio ou aço galvanizado 23
Telhado em estrutura de alumínio ou aço galvanizado 
24 
Etapas do Processo Construtivo 
– Telhado finalizado
25 
Etapas do Processo Construtivo 
– Colocação Esquadrias e Portas
26 
Etapas do Processo Construtivo 
– Pintura Externa
Massa fina nas paredes internas 
27 
Etapas do Processo Construtivo 
– Acabamento
Banheiro com revestimento cerâmico 
28 
Etapas do Processo Construtivo 
– Acabamento
Cozinha e sala com revestimento cerâmico. 
29 
Etapas do Processo Construtivo 
– Acabamento
Sala e quarto finalizados 
30 
Etapas do Processo Construtivo 
– Acabamento
CASAS FINALIZADAS 
Casas alto padrão 300m² 
área total, 2 pavimentos. 
Construídas no munícipio de 
Pelotas casas individuais no 
bairro Parque Tênis. 
Casa alto padrão 280m², 
2 pavimentos. 
Construída no munícipio de 
Pelotas bairro Colina do Sol. 
Conjunto residencial 
popular, casas de 46m². 
Construídas no munícipio de 
Pelotas no bairro Fragata. 
31
ETAPAS DO CRONOGRAMA FÍSICO DA OBRA 
PRÉDIO DE 2 PAVIMENTOS E 8 APTOS TOTAL DE 440M² 
32 
Etapa 1 
Montagem do 
gabarito 
abertura e 
fechamento 
esgoto e 
colocação 
caixas 
inspeção 
3 dias 
Serviços extras 
5 dias 
Total 5 dias 
Etapa 2 
Concretagem 
radier 
2 dias 
Execução de 
contra piso 
interno 
2 dias 
Total 4 dias 
Etapa 3 
4 montagens 
2 por 
pavimento 
Marcação, 
montagem de 
kits, Telas, 
elétrico e 
hidro paredes 
Montagem, 
concretagem 
desmontagem 
formas 
paredes e 
lajes 
18 dias 
Regularização 
e fechamento 
tensores 
paredes 
4 dias 
Total 22 dias 
Etapa 4 
Telhado- 
Estrutura 
1 dias 
Telhado- 
Telhas 
1 dias 
Telhado – 
Cumeeiras 
2 dias 
Instalação 
elétrica 
3 dias 
Total 5 dias 
Etapa 5 
Revestimento- 
Massa lisa 
18 dias 
Revestimento 
- Piso 
cerâmico 
18 dias 
Revestimento 
- Rodapé 
cerâmico 
18 dias 
Revestimentos 
– Azulejo 
12 dias 
Textura 
externa 
18 dias 
Forros em 
gesso 
6 dias 
Total 36 dias 
Etapa 6 
Esquadrias 
6 dias 
Louças, metais 
4 dias 
Total 10 dias 
Etapa 7 
Pintura 
12 dias 
Total 
Geral 90 
dias
COMPARATIVO ENTRE SISTEMAS 
CONVENCIONAL X CONCRE HOUSE 
Alvenaria Convencional Concre House 
 Processo de execução artesanal com alto 
índice de retrabalho; 
 Processo Industrializado com tecnologia 
construtiva; 
 Grande índice de desperdício de materiais;  Economia de até 30% por m² construído; 
 Baixa velocidade de execução;  Alta produtividade com redução de 60% 
no tempo de execução da obra e menor 
necessidade de mão de obra 
especializada 
 Elevado índice de patologias construtivas;  Baixo índice de patologias e melhor 
garantia da qualidade do produto final 
 Acentuada geração de entulhos na obra;  Obra limpa sem geração de entulhos 
 Baixa padronização de processos e 
acabamentos; 
 Padronização de sistemas 
complementares (água, luz, Internet e 
etc..) 
 Utilização de insumos de alto impacto 
ambiental. 
 Utilização de insumos de baixo impacto 
ambiental aliada a tecnologias verdes 
33
34 
SUPORTE OFERECIDO PELA FRANQUEADORA 
Treina sua equipe e monitora suas obras 
Fornece assessoria técnica, jurídica e de gestão do negócio 
Possibilita a realização de compras centralizada com ganho de escala 
Fornece materiais como: fôrmas plásticas, cimbramentos metálicos em alumínio, 
Após desenvolvimento da central de distribuição: kits das árvores hidráulicas e elétricas entre outros 
Elabora projetos padronizados e especiais 
Orienta o momento correto para construir para terceiros, incorporar e ou realizar projetos especiais 
Apoia nos processos de aprovação junto a órgãos público e do sistema financeiro da habitação
35 
VANTAGENS E DIFERENCIAIS DA FRANQUIA 
Participar da primeira franquia de construção civil do Brasil 
Rentabilidade superior a média da construção civil e comparável às maiores do mercado 
Tecnologia de processo industrial de baixo custo, aplicado à construção civil 
Alto grau de planejamento, gestão e controle, só comparável às grandes construtoras 
Garantia da qualidade de insumos, mão de obra e de processos, através de monitoramento e 
software de controle 
Tempo médio de execução muito menor que o convencional, possibilitando giro financeiro mais 
rápido 
Aplicação prática dos conceitos de sustentabilidade em todo o processo com drástica redução das 
etapas, entulhos, desperdícios e retrabalhos 
Produto com baixo nível de patologias habituais do mercado de construção civil
BLOCOS DE PRÉDIOS 
36
ILUSTRAÇÕES DO EMPREENDIMETO 
37 
Vista aérea frontal 1 Vista aérea frontal 2 
Vista da esquerda Vista da direita
ILUSTRAÇÕES DO EMPREENDIMENTO 
38
MODELO DE PRÉDIO COM 2 PAVIMENTOS 
COM 8 APTO – 52 M² / TOTAL 420 M² CONSTRUIDOS 
TERRENO DE 20 X 25 METROS 
39
MODELO DE PRÉDIO DE 2 PAVIMENTOS 
COM 8 APTO – 52 M² / TOTAL DE 420 M² 
TERRENO DE 20 X 25 METROS 
40
OUTROS MODELOS DE PROJETOS 
Apartamento - 42,80 m², 
2 dormitórios e 1 wc 
4 unidades por bloco 
41
MODELOS DE PROJETOS 
Modelo de sobrados geminados 
terrenos de 10 metros de frente 
c/ 2 unidades 
Sobrado - 116 m², 3 dormitórios; 2 wc, ou 
Sobrado - 95,7 m², 2 dormitórios e 2 wc 
42
CASAS TÉRREAS 
TERRENOS DE 7 A 10 METROS DE FRENTE 
43
44 
SOBRADO DE 3 DORMS – 140M² 
A PARTIR DE CASA TÉRREA DE 2 DORMS 
Opção 1 piso superior Opção 2 piso superior
MODELO DE SOBRADO DE 136 M² 
TERRENOS DE 5 METROS DE FRENTE 
Sobrado - 187,7 m², 
3 dormitórios, uma suíte, 3 wc 
Frente mínima de terreno de 5 metros 
45
MODELO DE SOBRADO DE 136 M² 
TERRENOS DE 5 METROS DE FRENTE 
3 DORMITÓRIOS, UMA SUÍTE, 2 WC 
46
MODELO DE SOBRADO DE 188 M² 
TERRENO COM 10 METROS DE FRENTE 
47
MODELO DE SOBRADO DE 188 M² 
PISO INFERIOR E SUPERIOR (3 SUÍTES) 
48
Construção com Tecnologia e 
Gestão 
49 
Agradecido

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelo memorial simplificado
Modelo memorial simplificadoModelo memorial simplificado
Modelo memorial simplificado
Cloves Sabino
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
prefeitodeipu
 
Memorial descritivo da casa de 2 dorm. 56,26 m2
Memorial descritivo da casa de 2 dorm. 56,26 m2Memorial descritivo da casa de 2 dorm. 56,26 m2
Memorial descritivo da casa de 2 dorm. 56,26 m2
Coophacas
 
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha CuritibaMemorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
Imobiliária Curitiba
 
Casa das Rosas - Restauração
Casa das Rosas - RestauraçãoCasa das Rosas - Restauração
Casa das Rosas - Restauração
Alberto Barth
 
Memorial descritivo comercial
Memorial descritivo comercialMemorial descritivo comercial
Memorial descritivo comercial
Marlon Lopes
 
Casa das rosas - Parte 2
Casa das rosas - Parte 2Casa das rosas - Parte 2
Casa das rosas - Parte 2
Alberto Barth
 
Apres. tahti 1 semsestre 2011 corrigido
Apres.  tahti 1 semsestre  2011 corrigidoApres.  tahti 1 semsestre  2011 corrigido
Apres. tahti 1 semsestre 2011 corrigido
magctba
 
SYENE CORPORATE 1º Green Building do Norte/Nordeste salas de 95 a 960m2, inf ...
SYENE CORPORATE 1º Green Building do Norte/Nordeste salas de 95 a 960m2, inf ...SYENE CORPORATE 1º Green Building do Norte/Nordeste salas de 95 a 960m2, inf ...
SYENE CORPORATE 1º Green Building do Norte/Nordeste salas de 95 a 960m2, inf ...
Rede GVI - Gustavo Vieira Imoveis
 
Memorial Descritivo do Residencial Al Nur
Memorial Descritivo do Residencial Al NurMemorial Descritivo do Residencial Al Nur
Memorial Descritivo do Residencial Al Nur
Lucio Borges
 
PANORAMA VILA MARIANA
PANORAMA VILA MARIANAPANORAMA VILA MARIANA
PANORAMA VILA MARIANA
elietepinheiro
 
Sax Itaim Memorial descritivo
Sax Itaim Memorial descritivoSax Itaim Memorial descritivo
Sax Itaim Memorial descritivo
ArrobaCasa
 
Memorial descritivo residencial
Memorial descritivo residencialMemorial descritivo residencial
Memorial descritivo residencial
Marlon Lopes
 
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
Manu Guimarães
 
Capoto
CapotoCapoto
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da ObraWizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Imobiliária Curitiba
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
Edson Junior
 
Urban Office & Hotel Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Urban Office & Hotel Curitiba Memorial Descritivo da ObraUrban Office & Hotel Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Urban Office & Hotel Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Imobiliária Curitiba
 
Reabilitação Energética Edifícios Residenciais
Reabilitação Energética Edifícios ResidenciaisReabilitação Energética Edifícios Residenciais
Reabilitação Energética Edifícios Residenciais
EdenCidade
 
Casa das Rosas II - Restauro
Casa das Rosas II - RestauroCasa das Rosas II - Restauro
Casa das Rosas II - Restauro
Alberto Barth
 

Mais procurados (20)

Modelo memorial simplificado
Modelo memorial simplificadoModelo memorial simplificado
Modelo memorial simplificado
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
 
Memorial descritivo da casa de 2 dorm. 56,26 m2
Memorial descritivo da casa de 2 dorm. 56,26 m2Memorial descritivo da casa de 2 dorm. 56,26 m2
Memorial descritivo da casa de 2 dorm. 56,26 m2
 
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha CuritibaMemorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
Memorial descritivo Terra Nova Rua Joao Dembinski, Fazendinha Curitiba
 
Casa das Rosas - Restauração
Casa das Rosas - RestauraçãoCasa das Rosas - Restauração
Casa das Rosas - Restauração
 
Memorial descritivo comercial
Memorial descritivo comercialMemorial descritivo comercial
Memorial descritivo comercial
 
Casa das rosas - Parte 2
Casa das rosas - Parte 2Casa das rosas - Parte 2
Casa das rosas - Parte 2
 
Apres. tahti 1 semsestre 2011 corrigido
Apres.  tahti 1 semsestre  2011 corrigidoApres.  tahti 1 semsestre  2011 corrigido
Apres. tahti 1 semsestre 2011 corrigido
 
SYENE CORPORATE 1º Green Building do Norte/Nordeste salas de 95 a 960m2, inf ...
SYENE CORPORATE 1º Green Building do Norte/Nordeste salas de 95 a 960m2, inf ...SYENE CORPORATE 1º Green Building do Norte/Nordeste salas de 95 a 960m2, inf ...
SYENE CORPORATE 1º Green Building do Norte/Nordeste salas de 95 a 960m2, inf ...
 
Memorial Descritivo do Residencial Al Nur
Memorial Descritivo do Residencial Al NurMemorial Descritivo do Residencial Al Nur
Memorial Descritivo do Residencial Al Nur
 
PANORAMA VILA MARIANA
PANORAMA VILA MARIANAPANORAMA VILA MARIANA
PANORAMA VILA MARIANA
 
Sax Itaim Memorial descritivo
Sax Itaim Memorial descritivoSax Itaim Memorial descritivo
Sax Itaim Memorial descritivo
 
Memorial descritivo residencial
Memorial descritivo residencialMemorial descritivo residencial
Memorial descritivo residencial
 
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
Modelo memorial habitação e equipamentos (1)
 
Capoto
CapotoCapoto
Capoto
 
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da ObraWizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Wizz Iguacu Curitiba Memorial Descritivo da Obra
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
 
Urban Office & Hotel Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Urban Office & Hotel Curitiba Memorial Descritivo da ObraUrban Office & Hotel Curitiba Memorial Descritivo da Obra
Urban Office & Hotel Curitiba Memorial Descritivo da Obra
 
Reabilitação Energética Edifícios Residenciais
Reabilitação Energética Edifícios ResidenciaisReabilitação Energética Edifícios Residenciais
Reabilitação Energética Edifícios Residenciais
 
Casa das Rosas II - Restauro
Casa das Rosas II - RestauroCasa das Rosas II - Restauro
Casa das Rosas II - Restauro
 

Semelhante a Concre House franquia em construção civil parte 2 - a tecnologia

Coordenação e Compatibilização de Projetos sob o Ponto de Vista da Vedação: c...
Coordenação e Compatibilização de Projetos sob o Ponto de Vista da Vedação: c...Coordenação e Compatibilização de Projetos sob o Ponto de Vista da Vedação: c...
Coordenação e Compatibilização de Projetos sob o Ponto de Vista da Vedação: c...
Michelli Fialho
 
Aplicabilidade da Norma de Desempenho 15.575 - Professor Orestes Gonçalves
Aplicabilidade da Norma de Desempenho 15.575 - Professor Orestes GonçalvesAplicabilidade da Norma de Desempenho 15.575 - Professor Orestes Gonçalves
Aplicabilidade da Norma de Desempenho 15.575 - Professor Orestes Gonçalves
Associação Cohabs
 
Essenza Moema
Essenza MoemaEssenza Moema
Essenza Moema
Sergio Pripas
 
Trabalho de orçamento
Trabalho de  orçamentoTrabalho de  orçamento
Trabalho de orçamento
Thiago neres de alencar
 
Habitações com paredes em concreto armado
Habitações com paredes em concreto armadoHabitações com paredes em concreto armado
Habitações com paredes em concreto armado
Luigi Ribeiro
 
Apresentacao pbqp h
Apresentacao pbqp hApresentacao pbqp h
Apresentacao pbqp h
Rogério Rodrigues da Silva
 
Parecer tecnico
Parecer tecnicoParecer tecnico
Parecer tecnico
Josinei Castello
 
Trabalho de orçamento
Trabalho de  orçamentoTrabalho de  orçamento
Trabalho de orçamento
Thiago neres de alencar
 
Projeto Acqua - CAT Bioenergia
Projeto Acqua - CAT BioenergiaProjeto Acqua - CAT Bioenergia
Projeto Acqua - CAT Bioenergia
Marco Coghi
 
Food Time Delivery
Food Time DeliveryFood Time Delivery
Food Time Delivery
Marco Coghi
 
Construções Industrializadas - Constru
Construções Industrializadas - ConstruConstruções Industrializadas - Constru
Construções Industrializadas - Constru
constru
 
Passo Fundo-GPRPF04-AQUISIÇÕES2
Passo Fundo-GPRPF04-AQUISIÇÕES2Passo Fundo-GPRPF04-AQUISIÇÕES2
Passo Fundo-GPRPF04-AQUISIÇÕES2
Marco Coghi
 
Bessa Rodrigues - BRITALAR 18 Nov 2010 Braga
Bessa Rodrigues - BRITALAR 18 Nov 2010 BragaBessa Rodrigues - BRITALAR 18 Nov 2010 Braga
Bessa Rodrigues - BRITALAR 18 Nov 2010 Braga
Construção Sustentável
 
Living Resort
Living Resort   Living Resort
Living Resort
Ronaldo Figueiredo
 
614387551-FAD-018.pdf
614387551-FAD-018.pdf614387551-FAD-018.pdf
614387551-FAD-018.pdf
PauloHenrique455590
 
Palestra Arranha-Céus- Filipe Boni
Palestra Arranha-Céus- Filipe BoniPalestra Arranha-Céus- Filipe Boni
Palestra Arranha-Céus- Filipe Boni
Filipe Boni
 
ConstruCasaPronta
ConstruCasaProntaConstruCasaPronta
ConstruCasaPronta
agenciaativa
 
Casa Express -sistema construtivo
Casa Express -sistema construtivoCasa Express -sistema construtivo
Casa Express -sistema construtivo
imobsollo
 
Casa Sustentável
Casa SustentávelCasa Sustentável
Casa Sustentável
Marco Coghi
 
PROJETO DE INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE HIDRAULICO, ESGOTO E AGUAS PLUVIAIS
PROJETO DE INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE HIDRAULICO, ESGOTO E AGUAS PLUVIAISPROJETO DE INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE HIDRAULICO, ESGOTO E AGUAS PLUVIAIS
PROJETO DE INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE HIDRAULICO, ESGOTO E AGUAS PLUVIAIS
Heriton De Miranda Viveiros
 

Semelhante a Concre House franquia em construção civil parte 2 - a tecnologia (20)

Coordenação e Compatibilização de Projetos sob o Ponto de Vista da Vedação: c...
Coordenação e Compatibilização de Projetos sob o Ponto de Vista da Vedação: c...Coordenação e Compatibilização de Projetos sob o Ponto de Vista da Vedação: c...
Coordenação e Compatibilização de Projetos sob o Ponto de Vista da Vedação: c...
 
Aplicabilidade da Norma de Desempenho 15.575 - Professor Orestes Gonçalves
Aplicabilidade da Norma de Desempenho 15.575 - Professor Orestes GonçalvesAplicabilidade da Norma de Desempenho 15.575 - Professor Orestes Gonçalves
Aplicabilidade da Norma de Desempenho 15.575 - Professor Orestes Gonçalves
 
Essenza Moema
Essenza MoemaEssenza Moema
Essenza Moema
 
Trabalho de orçamento
Trabalho de  orçamentoTrabalho de  orçamento
Trabalho de orçamento
 
Habitações com paredes em concreto armado
Habitações com paredes em concreto armadoHabitações com paredes em concreto armado
Habitações com paredes em concreto armado
 
Apresentacao pbqp h
Apresentacao pbqp hApresentacao pbqp h
Apresentacao pbqp h
 
Parecer tecnico
Parecer tecnicoParecer tecnico
Parecer tecnico
 
Trabalho de orçamento
Trabalho de  orçamentoTrabalho de  orçamento
Trabalho de orçamento
 
Projeto Acqua - CAT Bioenergia
Projeto Acqua - CAT BioenergiaProjeto Acqua - CAT Bioenergia
Projeto Acqua - CAT Bioenergia
 
Food Time Delivery
Food Time DeliveryFood Time Delivery
Food Time Delivery
 
Construções Industrializadas - Constru
Construções Industrializadas - ConstruConstruções Industrializadas - Constru
Construções Industrializadas - Constru
 
Passo Fundo-GPRPF04-AQUISIÇÕES2
Passo Fundo-GPRPF04-AQUISIÇÕES2Passo Fundo-GPRPF04-AQUISIÇÕES2
Passo Fundo-GPRPF04-AQUISIÇÕES2
 
Bessa Rodrigues - BRITALAR 18 Nov 2010 Braga
Bessa Rodrigues - BRITALAR 18 Nov 2010 BragaBessa Rodrigues - BRITALAR 18 Nov 2010 Braga
Bessa Rodrigues - BRITALAR 18 Nov 2010 Braga
 
Living Resort
Living Resort   Living Resort
Living Resort
 
614387551-FAD-018.pdf
614387551-FAD-018.pdf614387551-FAD-018.pdf
614387551-FAD-018.pdf
 
Palestra Arranha-Céus- Filipe Boni
Palestra Arranha-Céus- Filipe BoniPalestra Arranha-Céus- Filipe Boni
Palestra Arranha-Céus- Filipe Boni
 
ConstruCasaPronta
ConstruCasaProntaConstruCasaPronta
ConstruCasaPronta
 
Casa Express -sistema construtivo
Casa Express -sistema construtivoCasa Express -sistema construtivo
Casa Express -sistema construtivo
 
Casa Sustentável
Casa SustentávelCasa Sustentável
Casa Sustentável
 
PROJETO DE INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE HIDRAULICO, ESGOTO E AGUAS PLUVIAIS
PROJETO DE INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE HIDRAULICO, ESGOTO E AGUAS PLUVIAISPROJETO DE INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE HIDRAULICO, ESGOTO E AGUAS PLUVIAIS
PROJETO DE INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE HIDRAULICO, ESGOTO E AGUAS PLUVIAIS
 

Concre House franquia em construção civil parte 2 - a tecnologia

  • 2. A EMPRESA: SONHAR GRANDE; COMEÇAR PEQUENO; CRESCER RÁPIDO Missão: Materializar o sonho da casa própria com eficácia e sustentabilidade, através de processos de gestão industrial e tecnologias inovadoras. Valores: Ética e transparência nas relações; Respeito ao meio ambiente; Crescimento sustentável; Valorização profissional; Comprometimento com a satisfação do cliente; Inovação contínua de produtos, processos e otimização da rentabilidade. Visão: Ser reconhecida como empresa que revolucionou o mercado da construção civil através de processos inovadores, com rentabilidade para todos os agentes envolvidos: colaboradores, fornecedores, franqueados, acionistas e sociedade em geral. 2
  • 3. ORIGEM DO SISTEMA Em 2001 o arquiteto e urbanista, criador deste sistema, Claudio Barcellos com 20 anos de experiência conquista o prêmio da CEF e IAB em “SOLUÇÕES ALTERNATIVAS PARA CONSTRUÇÃO DE BAIXO CUSTO NO BRASIL“ 3
  • 4. ENTENDENDO A TECNOLOGIA Concre House é uma construtora e uma franquia que utiliza de um processo de edificação de concreto moldado “in loco” composto com fibras, aditivos e telas de aço entre as formas plásticas reutilizáveis. O resultado é uma construção monolítica de concreto (piso, parede e laje), com rapidez, durabilidade e qualidade superior ao método construtivo convencional. Todas as tubulações elétricas e hidráulicas são embutidas no processo construtivo, antes do preenchimento do concreto. Após a retirada das fôrmas plásticas é aplicado o acabamento final com textura colorida e/ou massa fina nas paredes e lajes. Conforme NBR 16055, aprovado pela Caixa Econômica Federal, esse processo possui uma resistência 10 vezes maior do que o processo convencional com 25 MPA (Megapascal). O sistema já realizou mais de 30 mil m² em obras no RS e SP 4
  • 5. A colocação de guias em solo compactado, através de equipamento óptico, é fundamental para garantia da qualidade do sistema 5 Etapas do Processo Construtivo - Fundação radier
  • 6. Instalações hidráulicas embutidas na fundação em radier Detalhe de colocação de caixa de gordura 6 Etapas do Processo Construtivo - Fundação radier
  • 7. Início da concretagem com concreto estrutural FCK de 25 MPA Regularização da concretagem 7 Etapas do Processo Construtivo - Fundação radier
  • 8. Utilização de régua treliçada para regularização do concreto Fundação em radier após concretagem 8 Etapas do Processo Construtivo - Fundação radier
  • 9. 9 Etapas do Processo Construtivo – Paredes Montagens dos painéis
  • 10. Montagem das estruturas das formas plásticas e da malha de aço. Passagem de eletrodutos e colocação de espaçadores plásticos 10 Etapas do Processo Construtivo – Paredes com tela de aço, fibra e concreto
  • 11. Instalação das árvores hidráulicas Colocação de caixas de passagem e eletrodutos 11 Etapas do Processo Construtivo – Paredes
  • 12. Montagem Laje com longarinas metálicas Montagem Laje com escoras metálicas 12 Etapas do Processo Construtivo - Laje
  • 13. Laje e paredes prontas para recebimento de concreto Concretagem laje e paredes com caixas de passagem e eletrodutos 13 Etapas do Processo Construtivo - Laje
  • 14. A esquerda monobloco de concreto desformado e a direita processo de concretagem de segunda unidade habitacional. Em primeiro plano kit de formas para montagens 14 Etapas do Processo Construtivo – Concretagem
  • 15. Concretagem das paredes e laje ao mesmo tempo ‘ 15 Etapas do Processo Construtivo – Concretagem
  • 16. Início da desforma pela laje com longarinas e escoras metálicas aguardando o final da cura do concreto 16 Etapas do Processo Construtivo – Desforma
  • 17. Paredes internas já desformadas 17 Etapas do Processo Construtivo – Desforma
  • 18. Aspecto final da parede bruta desformada Retirada da última parte das formas plásticas 18 Etapas do Processo Construtivo – Desforma
  • 19. 19 Etapas do Processo Construtivo – Montagem da forma no 2º pavimento
  • 20. 20 Etapas do Processo Construtivo – Concretagem 2º pavimento
  • 21. Telhado em estrutura de alumínio ou aço galvanizado 21 Etapas do Processo Construtivo – Desforma 2º pavimento
  • 22. 22 Etapas do Processo Construtivo – Telhado
  • 23. Etapas do Processo Construtivo – Cobertura Telhado Telhado em estrutura de alumínio ou aço galvanizado 23
  • 24. Telhado em estrutura de alumínio ou aço galvanizado 24 Etapas do Processo Construtivo – Telhado finalizado
  • 25. 25 Etapas do Processo Construtivo – Colocação Esquadrias e Portas
  • 26. 26 Etapas do Processo Construtivo – Pintura Externa
  • 27. Massa fina nas paredes internas 27 Etapas do Processo Construtivo – Acabamento
  • 28. Banheiro com revestimento cerâmico 28 Etapas do Processo Construtivo – Acabamento
  • 29. Cozinha e sala com revestimento cerâmico. 29 Etapas do Processo Construtivo – Acabamento
  • 30. Sala e quarto finalizados 30 Etapas do Processo Construtivo – Acabamento
  • 31. CASAS FINALIZADAS Casas alto padrão 300m² área total, 2 pavimentos. Construídas no munícipio de Pelotas casas individuais no bairro Parque Tênis. Casa alto padrão 280m², 2 pavimentos. Construída no munícipio de Pelotas bairro Colina do Sol. Conjunto residencial popular, casas de 46m². Construídas no munícipio de Pelotas no bairro Fragata. 31
  • 32. ETAPAS DO CRONOGRAMA FÍSICO DA OBRA PRÉDIO DE 2 PAVIMENTOS E 8 APTOS TOTAL DE 440M² 32 Etapa 1 Montagem do gabarito abertura e fechamento esgoto e colocação caixas inspeção 3 dias Serviços extras 5 dias Total 5 dias Etapa 2 Concretagem radier 2 dias Execução de contra piso interno 2 dias Total 4 dias Etapa 3 4 montagens 2 por pavimento Marcação, montagem de kits, Telas, elétrico e hidro paredes Montagem, concretagem desmontagem formas paredes e lajes 18 dias Regularização e fechamento tensores paredes 4 dias Total 22 dias Etapa 4 Telhado- Estrutura 1 dias Telhado- Telhas 1 dias Telhado – Cumeeiras 2 dias Instalação elétrica 3 dias Total 5 dias Etapa 5 Revestimento- Massa lisa 18 dias Revestimento - Piso cerâmico 18 dias Revestimento - Rodapé cerâmico 18 dias Revestimentos – Azulejo 12 dias Textura externa 18 dias Forros em gesso 6 dias Total 36 dias Etapa 6 Esquadrias 6 dias Louças, metais 4 dias Total 10 dias Etapa 7 Pintura 12 dias Total Geral 90 dias
  • 33. COMPARATIVO ENTRE SISTEMAS CONVENCIONAL X CONCRE HOUSE Alvenaria Convencional Concre House  Processo de execução artesanal com alto índice de retrabalho;  Processo Industrializado com tecnologia construtiva;  Grande índice de desperdício de materiais;  Economia de até 30% por m² construído;  Baixa velocidade de execução;  Alta produtividade com redução de 60% no tempo de execução da obra e menor necessidade de mão de obra especializada  Elevado índice de patologias construtivas;  Baixo índice de patologias e melhor garantia da qualidade do produto final  Acentuada geração de entulhos na obra;  Obra limpa sem geração de entulhos  Baixa padronização de processos e acabamentos;  Padronização de sistemas complementares (água, luz, Internet e etc..)  Utilização de insumos de alto impacto ambiental.  Utilização de insumos de baixo impacto ambiental aliada a tecnologias verdes 33
  • 34. 34 SUPORTE OFERECIDO PELA FRANQUEADORA Treina sua equipe e monitora suas obras Fornece assessoria técnica, jurídica e de gestão do negócio Possibilita a realização de compras centralizada com ganho de escala Fornece materiais como: fôrmas plásticas, cimbramentos metálicos em alumínio, Após desenvolvimento da central de distribuição: kits das árvores hidráulicas e elétricas entre outros Elabora projetos padronizados e especiais Orienta o momento correto para construir para terceiros, incorporar e ou realizar projetos especiais Apoia nos processos de aprovação junto a órgãos público e do sistema financeiro da habitação
  • 35. 35 VANTAGENS E DIFERENCIAIS DA FRANQUIA Participar da primeira franquia de construção civil do Brasil Rentabilidade superior a média da construção civil e comparável às maiores do mercado Tecnologia de processo industrial de baixo custo, aplicado à construção civil Alto grau de planejamento, gestão e controle, só comparável às grandes construtoras Garantia da qualidade de insumos, mão de obra e de processos, através de monitoramento e software de controle Tempo médio de execução muito menor que o convencional, possibilitando giro financeiro mais rápido Aplicação prática dos conceitos de sustentabilidade em todo o processo com drástica redução das etapas, entulhos, desperdícios e retrabalhos Produto com baixo nível de patologias habituais do mercado de construção civil
  • 37. ILUSTRAÇÕES DO EMPREENDIMETO 37 Vista aérea frontal 1 Vista aérea frontal 2 Vista da esquerda Vista da direita
  • 39. MODELO DE PRÉDIO COM 2 PAVIMENTOS COM 8 APTO – 52 M² / TOTAL 420 M² CONSTRUIDOS TERRENO DE 20 X 25 METROS 39
  • 40. MODELO DE PRÉDIO DE 2 PAVIMENTOS COM 8 APTO – 52 M² / TOTAL DE 420 M² TERRENO DE 20 X 25 METROS 40
  • 41. OUTROS MODELOS DE PROJETOS Apartamento - 42,80 m², 2 dormitórios e 1 wc 4 unidades por bloco 41
  • 42. MODELOS DE PROJETOS Modelo de sobrados geminados terrenos de 10 metros de frente c/ 2 unidades Sobrado - 116 m², 3 dormitórios; 2 wc, ou Sobrado - 95,7 m², 2 dormitórios e 2 wc 42
  • 43. CASAS TÉRREAS TERRENOS DE 7 A 10 METROS DE FRENTE 43
  • 44. 44 SOBRADO DE 3 DORMS – 140M² A PARTIR DE CASA TÉRREA DE 2 DORMS Opção 1 piso superior Opção 2 piso superior
  • 45. MODELO DE SOBRADO DE 136 M² TERRENOS DE 5 METROS DE FRENTE Sobrado - 187,7 m², 3 dormitórios, uma suíte, 3 wc Frente mínima de terreno de 5 metros 45
  • 46. MODELO DE SOBRADO DE 136 M² TERRENOS DE 5 METROS DE FRENTE 3 DORMITÓRIOS, UMA SUÍTE, 2 WC 46
  • 47. MODELO DE SOBRADO DE 188 M² TERRENO COM 10 METROS DE FRENTE 47
  • 48. MODELO DE SOBRADO DE 188 M² PISO INFERIOR E SUPERIOR (3 SUÍTES) 48
  • 49. Construção com Tecnologia e Gestão 49 Agradecido