SlideShare uma empresa Scribd logo
Evolução do conceito Arte<br />Ricardo Lima<br />Turma E<br />Índice<br /> Introdução<br />    2. Arte antiga<br />    3. Arte da Idade Média<br />    4. Arte Moderna<br />    5. Arte contemporânea<br />    6. Conclusão<br />    7. Bibliografia<br />Introdução<br />O conceito de arte é extremamente subjectivo e varia de acordo com a cultura a ser analisada, período histórico ou até mesmo do indivíduo em questão. <br />Não se trata de um conceito simples e vários artistas e pensadores já se debruçaram sobre ele. <br />O Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, segunda edição), em duas de suas definições da palavra arte assim se expressa:<br />«Actividade que supõe a criação de sensações ou de estados de espírito, de carácter estético, carregados de vivência pessoal e profunda, podendo suscitar em outrem o desejo de prolongamento ou renovação». «A capacidade criadora do artista de expressar ou transmitir tais sensações ou sentimentos.»<br />Independente da dificuldade de definição do que seja a arte, o fato é que ela está sempre presente na história humana, sendo inclusive um dos factores que a diferenciam dos demais seres vivos.<br />Além disso, a produção artística pode ser de grande ajuda para o estudo de um período ou de uma cultura particular, por revelar valores do meio em que é produzida.<br />Arte antiga<br />É na Antiguidade que surgem os primeiros conceitos teóricos a respeito da sistematização e estudo das artes. Ainda que cubra um período bastante longo, destaca-se aí a formulação da estética clássica, reunindo as culturas, grega e romana.<br />Durante praticamente toda a Antiguidade, a arte esteve bastante associada às necessidades formais dos rituais religiosos: as várias formas de produção artística (pintura, escultura, arquitectura), buscavam de alguma forma trazer para o mundo mortal os valores do mundo divino. Esta visão de arte é especialmente encontrada nos egípcios e babilónios. Os gregos e romanos, porém, ainda que cultivem esta necessidade, caminharão para uma arte com novos significados. A arte, para eles, tornar-se-á uma forma de humanismo.<br />A Arte da Idade Média:<br />A Igreja Católica assume neste período um papel de extrema importância filtrando todas as produções científicas e culturais, fazendo com que muitas obras artísticas tenham temática religiosa.<br />A Arte na Idade Média caracterizando-se essencialmente na igreja, teve também ela a sua quota-parte da evolução, seja na, Arquitectura, na Literatura ou na Música.<br />A nível Arquitectónico na Idade Média posso destacar os edifícios Góticos que passaram a ser mais altos, mas menos extensos. As paredes passaram a ser menos espessas e mais altas, por isso, houve uma diminuição do número de contrafortes utilizados. Devido a isto, as paredes eram rasgadas por inúmeras e enormes janelas e vitrais que, ao contrário do estilo Românico, deram uma maior luminosidade e claridade ao interior dos edifícios.<br />            <br />                  <br />Arte Moderna<br />Arte Moderna é o termo genérico usado para designar a maior parte da produção artística do fim do século XIX até meados dos anos 1970 (embora não haja consenso sobre essas datas e alguns de seus traços distintivos]), enquanto que a produção mais recente da arte é chamada frequentemente de arte contemporânea (alguns preferem chamar de arte pós-moderna).<br />A arte moderna se refere a uma nova abordagem da arte em um momento no qual não mais era importante que ela representasse literalmente um assunto ou objecto (através da pintura e da escultura) -- o advento da fotografia fez com que houvesse uma diminuição drástica na demanda por certos meios artísticos tradicionais, a pintura especialmente. Ao invés disso, e é aí que a ideia de moderno começa a tomar forma, os artistas passam a experimentar novas visões, através de ideias inéditas sobre a natureza, os materiais e as funções da arte, e com frequência caminhando em direcção à abstracção. A noção de arte moderna está estreitamente relacionada com o modernismo.<br />                               <br />Arte contemporânea<br />Após a Segunda Guerra Mundial, sobrepõe-se aos costumes a necessidade da produção em massa. Quando surge um movimento na arte, esse movimento revela-se na pintura, na literatura, na moda, no cinema, e em tantas outras artes tão diferentes. Sendo a arte transcendente, para um determinado movimento surgir é muito provável que surja antes na sociedade.<br />A arte começa a incorporar ao seu repertório questionamentos bem diferentes das rupturas propostas pelas Arte Moderna e as Vanguardas Modernistas.<br />Este período evidencia-se fulminantemente na década de 60, com o aviso de uma viagem ao espaço. As formas dos objectos tornam-se, quase subitamente, aerodinâmicas, alusivas ao espaço, com forte recorrência ao brilho do vinil. Na década de 70 a arte contemporânea é um conceito a ter em conta. Surge, enfim a Op Art, baseada na «geometrização» da arte, Pop Art, (principais artistas: Andy Warhol e Roy Liechtenstein) baseada nos ícones da época, no mundo festivo dos setentas, uma arte comercial, que mais tarde se tornaria uma arte erudita.<br />6. Conclusão<br />A Arte não é expressão de nada, a não ser de si mesma. Tem uma vida independente, tal como o Pensamento a tem, e desenvolve-se estritamente por caminhos próprios. Não é necessariamente realista numa época de realismo, nem espiritual numa época de fé. Longe de ser uma criação do seu tempo, está normalmente em posição frontal a ele, e a única história que preserva para nós é a história da sua própria evolução. Por vezes, retrocede sobre si mesma, e faz reviver alguma forma antiga, como aconteceu como o movimento arcaizante da arte grega tardia, ou no movimento pré-rafaelita dos nossos dias. Noutras alturas, antecipa por completo a sua época, e produz num dado século obras que exigirão um outro século para serem percebidas, apreciadas e fruídas. Em circunstância alguma reproduz a sua época. Passar da arte de uma época à época em si é o grande erro que todos os historiadores cometem.<br />7. Bibliografia:<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Arte_da_Idade_M%C3%A9dia<br />
Conceito de arte
Conceito de arte
Conceito de arte
Conceito de arte
Conceito de arte
Conceito de arte
Conceito de arte
Conceito de arte

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arte e função da arte
Arte e função da arteArte e função da arte
Arte e função da arte
Isaias Vitor Almeida Silva
 
Introdução teoria arte_arq
Introdução teoria arte_arqIntrodução teoria arte_arq
Introdução teoria arte_arq
Wívian Diniz
 
O Conceito De Arte Ao Longo Dos Tempos
O Conceito De Arte Ao Longo Dos TemposO Conceito De Arte Ao Longo Dos Tempos
O Conceito De Arte Ao Longo Dos Tempos
RaposoEFA
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
IsabelaCristina419992
 
Evolução conceito arte
Evolução conceito arteEvolução conceito arte
Evolução conceito arte
Gi Loureiro
 
0 arte pra que
0 arte pra que0 arte pra que
0 arte pra que
denise lugli
 
Aula 01 introdução a arte como experiência
Aula 01 introdução a arte como experiênciaAula 01 introdução a arte como experiência
Aula 01 introdução a arte como experiência
Elizeu Nascimento Silva
 
Arte - O que é Arte? - 3aço - Prof. Kelly Mendes
Arte - O que é Arte? - 3aço - Prof. Kelly MendesArte - O que é Arte? - 3aço - Prof. Kelly Mendes
Arte - O que é Arte? - 3aço - Prof. Kelly Mendes
Natália Malheiro
 
A origem da arte
A origem da arteA origem da arte
A origem da arte
Júlia Lícia Soares Matos
 
Estética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arteEstética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arte
Julia Martins
 
A historia da_arte
A historia da_arteA historia da_arte
A historia da_arte
Ana Barreiros
 
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAISARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
VIVIAN TROMBINI
 
Sobre o espectador e a obra de arte - da participaçãoo a interatividade
Sobre o espectador e a obra de arte - da participaçãoo a interatividadeSobre o espectador e a obra de arte - da participaçãoo a interatividade
Sobre o espectador e a obra de arte - da participaçãoo a interatividade
Renata Furtado
 
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA ARTE
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA ARTEINTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA ARTE
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA ARTE
Cristiane Seibt
 
Releitura de obras de arte
Releitura de obras de arteReleitura de obras de arte
Releitura de obras de arte
lisneia2012
 
DEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTEDEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTE
Aclecio Dantas
 
A arte na história
A arte na históriaA arte na história
A arte na história
Artedoiscmb Cmb
 
Introdução a disciplina de arte
Introdução a disciplina de arteIntrodução a disciplina de arte
Introdução a disciplina de arte
Daniel Vitor de Almeida
 
Arte Definição
Arte DefiniçãoArte Definição
Arte Definição
Prof Palmito Rocha
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
Ana Barreiros
 

Mais procurados (20)

Arte e função da arte
Arte e função da arteArte e função da arte
Arte e função da arte
 
Introdução teoria arte_arq
Introdução teoria arte_arqIntrodução teoria arte_arq
Introdução teoria arte_arq
 
O Conceito De Arte Ao Longo Dos Tempos
O Conceito De Arte Ao Longo Dos TemposO Conceito De Arte Ao Longo Dos Tempos
O Conceito De Arte Ao Longo Dos Tempos
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
 
Evolução conceito arte
Evolução conceito arteEvolução conceito arte
Evolução conceito arte
 
0 arte pra que
0 arte pra que0 arte pra que
0 arte pra que
 
Aula 01 introdução a arte como experiência
Aula 01 introdução a arte como experiênciaAula 01 introdução a arte como experiência
Aula 01 introdução a arte como experiência
 
Arte - O que é Arte? - 3aço - Prof. Kelly Mendes
Arte - O que é Arte? - 3aço - Prof. Kelly MendesArte - O que é Arte? - 3aço - Prof. Kelly Mendes
Arte - O que é Arte? - 3aço - Prof. Kelly Mendes
 
A origem da arte
A origem da arteA origem da arte
A origem da arte
 
Estética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arteEstética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arte
 
A historia da_arte
A historia da_arteA historia da_arte
A historia da_arte
 
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAISARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
 
Sobre o espectador e a obra de arte - da participaçãoo a interatividade
Sobre o espectador e a obra de arte - da participaçãoo a interatividadeSobre o espectador e a obra de arte - da participaçãoo a interatividade
Sobre o espectador e a obra de arte - da participaçãoo a interatividade
 
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA ARTE
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA ARTEINTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA ARTE
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA ARTE
 
Releitura de obras de arte
Releitura de obras de arteReleitura de obras de arte
Releitura de obras de arte
 
DEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTEDEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTE
 
A arte na história
A arte na históriaA arte na história
A arte na história
 
Introdução a disciplina de arte
Introdução a disciplina de arteIntrodução a disciplina de arte
Introdução a disciplina de arte
 
Arte Definição
Arte DefiniçãoArte Definição
Arte Definição
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 

Destaque

CONCEITO DE ARTE
CONCEITO DE ARTE CONCEITO DE ARTE
CONCEITO DE ARTE
Scriba Digital
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
IF - Baiano
 
Introdução a Arte
Introdução a ArteIntrodução a Arte
Introdução a Arte
www.historiadasartes.com
 
Arte
ArteArte
A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide
2011saletekm
 
O ensino de arte e educação
O ensino de arte e educaçãoO ensino de arte e educação
O ensino de arte e educação
Fladia
 
Trabalho conceitos da arte
Trabalho conceitos da arteTrabalho conceitos da arte
Trabalho conceitos da arte
rosecler hoss
 
Curso de historia da arte
Curso de historia da arteCurso de historia da arte
Curso de historia da arte
Wanderson Amaral
 
Trabalho De Arte 8ºB
Trabalho De Arte 8ºBTrabalho De Arte 8ºB
Trabalho De Arte 8ºB
Juliano55
 
A evolução da arte clara
A evolução da arte claraA evolução da arte clara
A evolução da arte clara
claraperez2012
 
Arte na idade media
Arte na idade mediaArte na idade media
Arte na idade media
Janaina Moraes Vieira
 
Arte media
Arte mediaArte media
Arte media
Matheus-9
 
História da arte arte moderna
História da arte   arte modernaHistória da arte   arte moderna
História da arte arte moderna
Lú Carvalho
 
Como a sociedade deveria ser organizada segundo a república de platão
Como a sociedade deveria ser organizada segundo a república de platãoComo a sociedade deveria ser organizada segundo a república de platão
Como a sociedade deveria ser organizada segundo a república de platão
Pedro Moraes
 
Artes
ArtesArtes
Artes
grupo1adp
 
Artes semana da arte moderna
Artes  semana da arte modernaArtes  semana da arte moderna
Artes semana da arte moderna
Edwin Juan
 
Introducao arte
Introducao arteIntroducao arte
Introducao arte
Over Lane
 
Plano de aula curso proinfo sobre O Belo na Arte
Plano de aula curso proinfo sobre O Belo na ArtePlano de aula curso proinfo sobre O Belo na Arte
Plano de aula curso proinfo sobre O Belo na Arte
rcpatricia
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
Evelyn Bonafe
 
Manifestações da Arte Popular
Manifestações da Arte PopularManifestações da Arte Popular
Manifestações da Arte Popular
carlosbidu
 

Destaque (20)

CONCEITO DE ARTE
CONCEITO DE ARTE CONCEITO DE ARTE
CONCEITO DE ARTE
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
Introdução a Arte
Introdução a ArteIntrodução a Arte
Introdução a Arte
 
Arte
ArteArte
Arte
 
A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide
 
O ensino de arte e educação
O ensino de arte e educaçãoO ensino de arte e educação
O ensino de arte e educação
 
Trabalho conceitos da arte
Trabalho conceitos da arteTrabalho conceitos da arte
Trabalho conceitos da arte
 
Curso de historia da arte
Curso de historia da arteCurso de historia da arte
Curso de historia da arte
 
Trabalho De Arte 8ºB
Trabalho De Arte 8ºBTrabalho De Arte 8ºB
Trabalho De Arte 8ºB
 
A evolução da arte clara
A evolução da arte claraA evolução da arte clara
A evolução da arte clara
 
Arte na idade media
Arte na idade mediaArte na idade media
Arte na idade media
 
Arte media
Arte mediaArte media
Arte media
 
História da arte arte moderna
História da arte   arte modernaHistória da arte   arte moderna
História da arte arte moderna
 
Como a sociedade deveria ser organizada segundo a república de platão
Como a sociedade deveria ser organizada segundo a república de platãoComo a sociedade deveria ser organizada segundo a república de platão
Como a sociedade deveria ser organizada segundo a república de platão
 
Artes
ArtesArtes
Artes
 
Artes semana da arte moderna
Artes  semana da arte modernaArtes  semana da arte moderna
Artes semana da arte moderna
 
Introducao arte
Introducao arteIntroducao arte
Introducao arte
 
Plano de aula curso proinfo sobre O Belo na Arte
Plano de aula curso proinfo sobre O Belo na ArtePlano de aula curso proinfo sobre O Belo na Arte
Plano de aula curso proinfo sobre O Belo na Arte
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
Manifestações da Arte Popular
Manifestações da Arte PopularManifestações da Arte Popular
Manifestações da Arte Popular
 

Semelhante a Conceito de arte

Apostila de Arte - EJA.pdf
Apostila de Arte - EJA.pdfApostila de Arte - EJA.pdf
Apostila de Arte - EJA.pdf
GustavoPaz34
 
Apostila de-arte-eja
Apostila de-arte-ejaApostila de-arte-eja
Apostila de-arte-eja
F Figueiredo Habyby
 
Arte completa
Arte completaArte completa
Arte completa
Mario Carvalho
 
Arte completa
Arte completa Arte completa
Arte completa
santiago correa
 
9ano
9ano9ano
Arteterapia 02
Arteterapia 02Arteterapia 02
Arteterapia 02
Zoraya Gonçalves Araujo
 
A arte contemporânea
A arte contemporâneaA arte contemporânea
A arte contemporânea
Antônio Carlos Jr. Carlos
 
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicasA descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
gofontoura
 
Definindo arte
Definindo arteDefinindo arte
Definindo arte
LucileideBarros2
 
Evolução da Arte
Evolução da ArteEvolução da Arte
Evolução da Arte
Alexandre Ribeiro
 
Panorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaPanorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da História
Antonio Abreu
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
gil junior
 
AULÃO-3º ANOSE.M..pptx
AULÃO-3º ANOSE.M..pptxAULÃO-3º ANOSE.M..pptx
AULÃO-3º ANOSE.M..pptx
RosaMariaDaSilvaSous1
 
Tendências artísticas do pós segunda guerra nos eua e
Tendências artísticas do pós segunda guerra nos eua eTendências artísticas do pós segunda guerra nos eua e
Tendências artísticas do pós segunda guerra nos eua e
Ed de Souza
 
Apresentação CBD0282 - Moderno e pós moderno
Apresentação CBD0282 - Moderno e pós modernoApresentação CBD0282 - Moderno e pós moderno
Apresentação CBD0282 - Moderno e pós moderno
CBD0282 - Estados e Formas da Cultura na Atualidade
 
arte conceitual.pptx
arte conceitual.pptxarte conceitual.pptx
arte conceitual.pptx
Daniela Marckevitz
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
Lú Feitosa
 
8ºano
8ºano8ºano
O que é arte. Definição de arte. História da arte.
O que é arte. Definição de arte. História da arte.O que é arte. Definição de arte. História da arte.
O que é arte. Definição de arte. História da arte.
denisecompasso2
 
Argan
ArganArgan

Semelhante a Conceito de arte (20)

Apostila de Arte - EJA.pdf
Apostila de Arte - EJA.pdfApostila de Arte - EJA.pdf
Apostila de Arte - EJA.pdf
 
Apostila de-arte-eja
Apostila de-arte-ejaApostila de-arte-eja
Apostila de-arte-eja
 
Arte completa
Arte completaArte completa
Arte completa
 
Arte completa
Arte completa Arte completa
Arte completa
 
9ano
9ano9ano
9ano
 
Arteterapia 02
Arteterapia 02Arteterapia 02
Arteterapia 02
 
A arte contemporânea
A arte contemporâneaA arte contemporânea
A arte contemporânea
 
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicasA descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
 
Definindo arte
Definindo arteDefinindo arte
Definindo arte
 
Evolução da Arte
Evolução da ArteEvolução da Arte
Evolução da Arte
 
Panorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaPanorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da História
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
AULÃO-3º ANOSE.M..pptx
AULÃO-3º ANOSE.M..pptxAULÃO-3º ANOSE.M..pptx
AULÃO-3º ANOSE.M..pptx
 
Tendências artísticas do pós segunda guerra nos eua e
Tendências artísticas do pós segunda guerra nos eua eTendências artísticas do pós segunda guerra nos eua e
Tendências artísticas do pós segunda guerra nos eua e
 
Apresentação CBD0282 - Moderno e pós moderno
Apresentação CBD0282 - Moderno e pós modernoApresentação CBD0282 - Moderno e pós moderno
Apresentação CBD0282 - Moderno e pós moderno
 
arte conceitual.pptx
arte conceitual.pptxarte conceitual.pptx
arte conceitual.pptx
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
8ºano
8ºano8ºano
8ºano
 
O que é arte. Definição de arte. História da arte.
O que é arte. Definição de arte. História da arte.O que é arte. Definição de arte. História da arte.
O que é arte. Definição de arte. História da arte.
 
Argan
ArganArgan
Argan
 

Último

Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
Momento da Informática
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 

Último (8)

Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 

Conceito de arte

  • 1. Evolução do conceito Arte<br />Ricardo Lima<br />Turma E<br />Índice<br /> Introdução<br /> 2. Arte antiga<br /> 3. Arte da Idade Média<br /> 4. Arte Moderna<br /> 5. Arte contemporânea<br /> 6. Conclusão<br /> 7. Bibliografia<br />Introdução<br />O conceito de arte é extremamente subjectivo e varia de acordo com a cultura a ser analisada, período histórico ou até mesmo do indivíduo em questão. <br />Não se trata de um conceito simples e vários artistas e pensadores já se debruçaram sobre ele. <br />O Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, segunda edição), em duas de suas definições da palavra arte assim se expressa:<br />«Actividade que supõe a criação de sensações ou de estados de espírito, de carácter estético, carregados de vivência pessoal e profunda, podendo suscitar em outrem o desejo de prolongamento ou renovação». «A capacidade criadora do artista de expressar ou transmitir tais sensações ou sentimentos.»<br />Independente da dificuldade de definição do que seja a arte, o fato é que ela está sempre presente na história humana, sendo inclusive um dos factores que a diferenciam dos demais seres vivos.<br />Além disso, a produção artística pode ser de grande ajuda para o estudo de um período ou de uma cultura particular, por revelar valores do meio em que é produzida.<br />Arte antiga<br />É na Antiguidade que surgem os primeiros conceitos teóricos a respeito da sistematização e estudo das artes. Ainda que cubra um período bastante longo, destaca-se aí a formulação da estética clássica, reunindo as culturas, grega e romana.<br />Durante praticamente toda a Antiguidade, a arte esteve bastante associada às necessidades formais dos rituais religiosos: as várias formas de produção artística (pintura, escultura, arquitectura), buscavam de alguma forma trazer para o mundo mortal os valores do mundo divino. Esta visão de arte é especialmente encontrada nos egípcios e babilónios. Os gregos e romanos, porém, ainda que cultivem esta necessidade, caminharão para uma arte com novos significados. A arte, para eles, tornar-se-á uma forma de humanismo.<br />A Arte da Idade Média:<br />A Igreja Católica assume neste período um papel de extrema importância filtrando todas as produções científicas e culturais, fazendo com que muitas obras artísticas tenham temática religiosa.<br />A Arte na Idade Média caracterizando-se essencialmente na igreja, teve também ela a sua quota-parte da evolução, seja na, Arquitectura, na Literatura ou na Música.<br />A nível Arquitectónico na Idade Média posso destacar os edifícios Góticos que passaram a ser mais altos, mas menos extensos. As paredes passaram a ser menos espessas e mais altas, por isso, houve uma diminuição do número de contrafortes utilizados. Devido a isto, as paredes eram rasgadas por inúmeras e enormes janelas e vitrais que, ao contrário do estilo Românico, deram uma maior luminosidade e claridade ao interior dos edifícios.<br /> <br /> <br />Arte Moderna<br />Arte Moderna é o termo genérico usado para designar a maior parte da produção artística do fim do século XIX até meados dos anos 1970 (embora não haja consenso sobre essas datas e alguns de seus traços distintivos]), enquanto que a produção mais recente da arte é chamada frequentemente de arte contemporânea (alguns preferem chamar de arte pós-moderna).<br />A arte moderna se refere a uma nova abordagem da arte em um momento no qual não mais era importante que ela representasse literalmente um assunto ou objecto (através da pintura e da escultura) -- o advento da fotografia fez com que houvesse uma diminuição drástica na demanda por certos meios artísticos tradicionais, a pintura especialmente. Ao invés disso, e é aí que a ideia de moderno começa a tomar forma, os artistas passam a experimentar novas visões, através de ideias inéditas sobre a natureza, os materiais e as funções da arte, e com frequência caminhando em direcção à abstracção. A noção de arte moderna está estreitamente relacionada com o modernismo.<br /> <br />Arte contemporânea<br />Após a Segunda Guerra Mundial, sobrepõe-se aos costumes a necessidade da produção em massa. Quando surge um movimento na arte, esse movimento revela-se na pintura, na literatura, na moda, no cinema, e em tantas outras artes tão diferentes. Sendo a arte transcendente, para um determinado movimento surgir é muito provável que surja antes na sociedade.<br />A arte começa a incorporar ao seu repertório questionamentos bem diferentes das rupturas propostas pelas Arte Moderna e as Vanguardas Modernistas.<br />Este período evidencia-se fulminantemente na década de 60, com o aviso de uma viagem ao espaço. As formas dos objectos tornam-se, quase subitamente, aerodinâmicas, alusivas ao espaço, com forte recorrência ao brilho do vinil. Na década de 70 a arte contemporânea é um conceito a ter em conta. Surge, enfim a Op Art, baseada na «geometrização» da arte, Pop Art, (principais artistas: Andy Warhol e Roy Liechtenstein) baseada nos ícones da época, no mundo festivo dos setentas, uma arte comercial, que mais tarde se tornaria uma arte erudita.<br />6. Conclusão<br />A Arte não é expressão de nada, a não ser de si mesma. Tem uma vida independente, tal como o Pensamento a tem, e desenvolve-se estritamente por caminhos próprios. Não é necessariamente realista numa época de realismo, nem espiritual numa época de fé. Longe de ser uma criação do seu tempo, está normalmente em posição frontal a ele, e a única história que preserva para nós é a história da sua própria evolução. Por vezes, retrocede sobre si mesma, e faz reviver alguma forma antiga, como aconteceu como o movimento arcaizante da arte grega tardia, ou no movimento pré-rafaelita dos nossos dias. Noutras alturas, antecipa por completo a sua época, e produz num dado século obras que exigirão um outro século para serem percebidas, apreciadas e fruídas. Em circunstância alguma reproduz a sua época. Passar da arte de uma época à época em si é o grande erro que todos os historiadores cometem.<br />7. Bibliografia:<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Arte_da_Idade_M%C3%A9dia<br />