SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Baixar para ler offline
FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL
Aula n.º 06
Cinesiologia do Complexo do
Ombro
Prof.ª Msc. Rachel Schettert de Camargo
COMPLEXO DO OMBRO
 Constituição: escápula, clavícula e úmero;
 Articulações do complexo do ombro:
 Esternoclavicular;
 Acromioclavicular;
 Coracoclavicular;
 Escapulotorácica;
 Glenoumeral.
ARTICULAÇÃO ESTERNOCLAVICULAR
 Clavícula, esterno e 1.ª costela;
 Movimentação escapular em torno do gradil costal;
 Articulação: sinovial, triaxial, 3 graus de liberdade;
 Superfícies articulares: Disco fibrocartilaginoso:
(absorção de impacto, adaptação);
 Permite os movimentos claviculares;
MOVIMENTOS CLAVICULARES
ARTICULAÇÃO ESTERNOCLAVICULAR
ARTICULAÇÃO ACROMIOCLAVICULAR
 Clavícula (distal) e acrômio;
 Articulação: sinovial plana;
 Função: deslizamento;
 Movimentos: três planos anatômicos;
 Clavícula: plano oblíquo ao plano coronal
(ângulo de 20º) e com a escápula (60º);
 Ligamentos: conóide e trapezóide (estabilização
e suspensão da escápula).
ARTICULAÇÃO ACROMIOCLAVICULAR
ARTICULAÇÃO CORACOCLAVICULAR
 Processo coracóide e
clavícula;
 Sindesmose;
 Ligamento
coracoclavicular
(conóide e trapezóide);
ARTICULAÇÃO ESCAPULOTORÁCICA
 Escápula e tórax;
 Função: orientar a posição da glenóide no espaço,
estabilidade para o MS;
 Estabilizada:
 Elevador da escápula;
 Trapézio superior e inferior;
 Serrátil anterior (porção superior) e peitoral menor;
 Rombóide menor
MOVIMENTOS ESCAPULARES
ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL
 Diartrose, esferóide, 3 graus de liberdade e triaxia;
 Cabeça umeral: superior, interna e posteriormente;
 Escápula:
 Localização: região posterior entre a 2.ª e 7.ª costela;
 Plano escapular: plano oblíquo ao plano coronal
(ângulo de ± 35º);
Favorecer aproximação entre cabeça umeral e
glenóide e acrômio e 1/3 distal da clavícula;
 Instável: ligamentos e músculos;
 Labrum glenoidal: borda fibrosa que aumenta
a área de superfície articular;
 Líquido sinovial: coaptação da cabeça umeral;
 Cápsula Articular:
 Abdução 90º e rotação externa: maior tensão da
cápsula e maior contato da parte superior da
cabeça umeral com a glenóide (posição de
fechamento)
ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL
ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL
ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL
ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL
 Arco coracoacromial:
 Cabeça umeral, acrômio e processo coracóide;
 Estruturas periarticulares: músculos, tendões
e bursas;
 Impede o deslocamento superior do úmero na
movimentação.
ARCO CORACOACROMIAL
RITMO ESCAPULOUMERAL
 Definido: movimento de flexão ou abdução
ocorre movimento escapular e clavicular;
 Razão: 2:1
 30º abdução ou 45 a 60º de flexão:
 Para cada 2º de amplitude de movimento da
glenoumeral ocorre 1º de amplitude de
movimento da escapulotorácica;
RITMO ESCAPULOUMERAL
RITMO ESCAPULOUMERAL
MÚSCULOS ESTABILIZADORES DA
GLENOUMERAL
 Manguito Rotador:
 Supra-espinhoso;
 Infra-espinhoso;
 Subescapular;
 Redondo menor;
MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO
 Flexão:
 Plano sagital, eixo coronal;
 Deslocamento anterior do úmero;
 3 Etapas (Kapandji, 1990):
 0-50/60º: predomina articulação glenoumeral;
 Ações: Deltóide anterior, coracobraquial e
peitoral maior (porção clavicular);
 60 a 120º: movimentos glenoumeral,
esternoclavicular, acromioclavicular e
escapulotorácica;
 Ações: trapézio e serrátil anterior;
120 a 180º: adiciona-se ao movimento da
glenoumeral e da escapulotorácica uma
inclinação lateral da coluna vertebral;
MOVIMENTO DE FLEXÃO
MOVIMENTO DE FLEXÃO
MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO
 Extensão:
 Plano sagital, eixo coronal;
 Deslocamento posterior do úmero;
 Ocorre extensão da glenoumeral com adução da
escápula;
 Músculos extensores da glenoumeral:
Grande dorsal;
Deltóide posterior;
Redondo maior e menor;
 Músculos adutores da escápula no
movimento de extensão da glenoumeral;
 Rombóides;
 Grande dorsal;
 Trapézio (porção média);
MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO
OMBRO
MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO
 Abdução:
 Plano coronal (frontal), eixo sagital;
 Úmero desloca-se lateralmente em relação à linha
média;
 Músculos:
Supra-espinhoso: 100 a 110º;
Deltóide médio: acima de 100º;
 1.ª Fase da Abdução (0 a 90º): predomina
movimentação da glenoumeral; Associa-se a
rotação externa;
 Ações: supra-espinhoso e deltóide;
 2.ª Fase da Abdução (90 a 150º): movimento de
glenoumeral e escapulotorácica; Ações: trapézio e
serrátil anterior;
 3.ª Fase da abdução (150 a 180º): adiciona-se
ao movimento da glenumeral e da
escapulotorácica a inclinação lateral da coluna
vertebral (unilateral).
MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO
OMBRO
MOVIMENTOS DE ABDUÇÃO E
ADUÇÃO DO OMBRO
Eixo Sagital
MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO
 Adução:
 Plano coronal (frontal), eixo sagital;
 Úmero desloca-se medialmente em relação à linha
média;
 Músculos:
Rombóides;
Redondo maior;
Grande dorsal;
Tríceps (porção longa);
MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO
 Rotação Interna:
 Plano transversal no eixo longitudinal;
 Úmero é rodado medialmente em relação à linha
média.
 É necessário uma abdução da escápula durante a
rotação interna da glenoumeral;
 Músculos rotadores internos da
glenoumeral:
Subescapular;
 Redondo maior;
Grande dorsal;
Peitoral maior;
 Músculos abdutores da escápula:
Serrátil anterior e peitoral menor;
MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO
OMBRO
MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO
 Rotação externa:
 Plano transversal no eixo longitudinal;
 Úmero é rodado lateralmente em relação à
linha média.
 Ocorre uma adução escapular;
 Músculos rotadores externos da
glenoumeral:
 Redondo menor e infra-espinhoso;
 Músculos adutores da escápula:
 Rombóides e trapézio;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Dor em Membros Superiores
Dor em Membros SuperioresDor em Membros Superiores
Dor em Membros Superiores
 
Aula 03 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - radio e ulna
Aula 03   radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - radio e ulnaAula 03   radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - radio e ulna
Aula 03 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - radio e ulna
 
O complexo articular do tornozelo
O complexo articular do tornozeloO complexo articular do tornozelo
O complexo articular do tornozelo
 
03 sistema articular
03   sistema articular03   sistema articular
03 sistema articular
 
Aula Coluna Cinesiologia
Aula Coluna CinesiologiaAula Coluna Cinesiologia
Aula Coluna Cinesiologia
 
Exame neurológico
Exame neurológicoExame neurológico
Exame neurológico
 
Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotoveloCinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
 
Joelho
JoelhoJoelho
Joelho
 
Protocolos avaliacao-postural
Protocolos avaliacao-posturalProtocolos avaliacao-postural
Protocolos avaliacao-postural
 
Cotovelo
CotoveloCotovelo
Cotovelo
 
Reflexos
ReflexosReflexos
Reflexos
 
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
 
Fraturas do punho
Fraturas do punhoFraturas do punho
Fraturas do punho
 
Testes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
Testes especiais de coluna lombar e pelve em FisioterapiaTestes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
Testes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
 
Anatomia dos membros superior e inferior 2016
Anatomia dos  membros superior e inferior 2016Anatomia dos  membros superior e inferior 2016
Anatomia dos membros superior e inferior 2016
 
Biomecânica do Joelho
Biomecânica do JoelhoBiomecânica do Joelho
Biomecânica do Joelho
 
Coluna cervical
Coluna cervicalColuna cervical
Coluna cervical
 
Postura
PosturaPostura
Postura
 
Articulacoes cinesiologia
Articulacoes  cinesiologiaArticulacoes  cinesiologia
Articulacoes cinesiologia
 
Anatomia do membro superior
Anatomia do membro superiorAnatomia do membro superior
Anatomia do membro superior
 

Semelhante a Complexo do ombro

Semelhante a Complexo do ombro (20)

Aula ombro [modo de compatibilidade]
Aula ombro [modo de compatibilidade]Aula ombro [modo de compatibilidade]
Aula ombro [modo de compatibilidade]
 
Ombro hemiplégico
Ombro hemiplégicoOmbro hemiplégico
Ombro hemiplégico
 
Cinesiologia e biomecânica do Ombro
Cinesiologia e biomecânica do OmbroCinesiologia e biomecânica do Ombro
Cinesiologia e biomecânica do Ombro
 
Apostila cinesiologia do ombro
Apostila   cinesiologia do ombroApostila   cinesiologia do ombro
Apostila cinesiologia do ombro
 
ANATOMIA E CINESIOLOGIA DO OMBRO.pptx
ANATOMIA E CINESIOLOGIA DO OMBRO.pptxANATOMIA E CINESIOLOGIA DO OMBRO.pptx
ANATOMIA E CINESIOLOGIA DO OMBRO.pptx
 
01 monitoria da cintura escapular
01   monitoria da cintura escapular01   monitoria da cintura escapular
01 monitoria da cintura escapular
 
Luxacao gleno umeral aguda e inveterada
Luxacao gleno umeral aguda e inveteradaLuxacao gleno umeral aguda e inveterada
Luxacao gleno umeral aguda e inveterada
 
Artrologia
ArtrologiaArtrologia
Artrologia
 
140387356 esternocleidomastoideo
140387356 esternocleidomastoideo140387356 esternocleidomastoideo
140387356 esternocleidomastoideo
 
FRONTAL
FRONTALFRONTAL
FRONTAL
 
8- INCIDENCIAS RADIOLOGICAS DE OMBRO E CINTURA ESCAPULAR-1-1.pdf
8- INCIDENCIAS RADIOLOGICAS DE OMBRO E CINTURA ESCAPULAR-1-1.pdf8- INCIDENCIAS RADIOLOGICAS DE OMBRO E CINTURA ESCAPULAR-1-1.pdf
8- INCIDENCIAS RADIOLOGICAS DE OMBRO E CINTURA ESCAPULAR-1-1.pdf
 
Avaliação mmss apontamentos
Avaliação mmss   apontamentosAvaliação mmss   apontamentos
Avaliação mmss apontamentos
 
A coluna cervical
A coluna cervicalA coluna cervical
A coluna cervical
 
Apostila provas musculares mmss
Apostila provas musculares mmssApostila provas musculares mmss
Apostila provas musculares mmss
 
Músculos do ombro
Músculos do ombroMúsculos do ombro
Músculos do ombro
 
Músculo do Dorso
Músculo do DorsoMúsculo do Dorso
Músculo do Dorso
 
Lesao manguito e impacto
Lesao manguito e impactoLesao manguito e impacto
Lesao manguito e impacto
 
Ultrassom do ombro
Ultrassom do ombroUltrassom do ombro
Ultrassom do ombro
 
Ombro
OmbroOmbro
Ombro
 
aula coluna lombar e cervical 2015 (1).pptx
aula coluna lombar e cervical 2015 (1).pptxaula coluna lombar e cervical 2015 (1).pptx
aula coluna lombar e cervical 2015 (1).pptx
 

Último

Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxMarceloMonteiro213738
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptxLuana240603
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 

Último (20)

Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 

Complexo do ombro

  • 1. FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL Aula n.º 06 Cinesiologia do Complexo do Ombro Prof.ª Msc. Rachel Schettert de Camargo
  • 2. COMPLEXO DO OMBRO  Constituição: escápula, clavícula e úmero;  Articulações do complexo do ombro:  Esternoclavicular;  Acromioclavicular;  Coracoclavicular;  Escapulotorácica;  Glenoumeral.
  • 3. ARTICULAÇÃO ESTERNOCLAVICULAR  Clavícula, esterno e 1.ª costela;  Movimentação escapular em torno do gradil costal;  Articulação: sinovial, triaxial, 3 graus de liberdade;  Superfícies articulares: Disco fibrocartilaginoso: (absorção de impacto, adaptação);  Permite os movimentos claviculares;
  • 6. ARTICULAÇÃO ACROMIOCLAVICULAR  Clavícula (distal) e acrômio;  Articulação: sinovial plana;  Função: deslizamento;  Movimentos: três planos anatômicos;  Clavícula: plano oblíquo ao plano coronal (ângulo de 20º) e com a escápula (60º);  Ligamentos: conóide e trapezóide (estabilização e suspensão da escápula).
  • 8. ARTICULAÇÃO CORACOCLAVICULAR  Processo coracóide e clavícula;  Sindesmose;  Ligamento coracoclavicular (conóide e trapezóide);
  • 9. ARTICULAÇÃO ESCAPULOTORÁCICA  Escápula e tórax;  Função: orientar a posição da glenóide no espaço, estabilidade para o MS;  Estabilizada:  Elevador da escápula;  Trapézio superior e inferior;  Serrátil anterior (porção superior) e peitoral menor;  Rombóide menor
  • 10.
  • 12. ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL  Diartrose, esferóide, 3 graus de liberdade e triaxia;  Cabeça umeral: superior, interna e posteriormente;  Escápula:  Localização: região posterior entre a 2.ª e 7.ª costela;  Plano escapular: plano oblíquo ao plano coronal (ângulo de ± 35º); Favorecer aproximação entre cabeça umeral e glenóide e acrômio e 1/3 distal da clavícula;
  • 13.  Instável: ligamentos e músculos;  Labrum glenoidal: borda fibrosa que aumenta a área de superfície articular;  Líquido sinovial: coaptação da cabeça umeral;  Cápsula Articular:  Abdução 90º e rotação externa: maior tensão da cápsula e maior contato da parte superior da cabeça umeral com a glenóide (posição de fechamento) ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL
  • 16. ARTICULAÇÃO GLENOUMERAL  Arco coracoacromial:  Cabeça umeral, acrômio e processo coracóide;  Estruturas periarticulares: músculos, tendões e bursas;  Impede o deslocamento superior do úmero na movimentação.
  • 18. RITMO ESCAPULOUMERAL  Definido: movimento de flexão ou abdução ocorre movimento escapular e clavicular;  Razão: 2:1  30º abdução ou 45 a 60º de flexão:  Para cada 2º de amplitude de movimento da glenoumeral ocorre 1º de amplitude de movimento da escapulotorácica;
  • 21. MÚSCULOS ESTABILIZADORES DA GLENOUMERAL  Manguito Rotador:  Supra-espinhoso;  Infra-espinhoso;  Subescapular;  Redondo menor;
  • 22. MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO  Flexão:  Plano sagital, eixo coronal;  Deslocamento anterior do úmero;
  • 23.  3 Etapas (Kapandji, 1990):  0-50/60º: predomina articulação glenoumeral;  Ações: Deltóide anterior, coracobraquial e peitoral maior (porção clavicular);  60 a 120º: movimentos glenoumeral, esternoclavicular, acromioclavicular e escapulotorácica;  Ações: trapézio e serrátil anterior; 120 a 180º: adiciona-se ao movimento da glenoumeral e da escapulotorácica uma inclinação lateral da coluna vertebral; MOVIMENTO DE FLEXÃO
  • 25. MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO  Extensão:  Plano sagital, eixo coronal;  Deslocamento posterior do úmero;  Ocorre extensão da glenoumeral com adução da escápula;  Músculos extensores da glenoumeral: Grande dorsal; Deltóide posterior; Redondo maior e menor;
  • 26.  Músculos adutores da escápula no movimento de extensão da glenoumeral;  Rombóides;  Grande dorsal;  Trapézio (porção média); MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO
  • 27. MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO  Abdução:  Plano coronal (frontal), eixo sagital;  Úmero desloca-se lateralmente em relação à linha média;  Músculos: Supra-espinhoso: 100 a 110º; Deltóide médio: acima de 100º;
  • 28.  1.ª Fase da Abdução (0 a 90º): predomina movimentação da glenoumeral; Associa-se a rotação externa;  Ações: supra-espinhoso e deltóide;  2.ª Fase da Abdução (90 a 150º): movimento de glenoumeral e escapulotorácica; Ações: trapézio e serrátil anterior;  3.ª Fase da abdução (150 a 180º): adiciona-se ao movimento da glenumeral e da escapulotorácica a inclinação lateral da coluna vertebral (unilateral). MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO
  • 29. MOVIMENTOS DE ABDUÇÃO E ADUÇÃO DO OMBRO Eixo Sagital
  • 30. MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO  Adução:  Plano coronal (frontal), eixo sagital;  Úmero desloca-se medialmente em relação à linha média;  Músculos: Rombóides; Redondo maior; Grande dorsal; Tríceps (porção longa);
  • 31. MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO  Rotação Interna:  Plano transversal no eixo longitudinal;  Úmero é rodado medialmente em relação à linha média.  É necessário uma abdução da escápula durante a rotação interna da glenoumeral;
  • 32.  Músculos rotadores internos da glenoumeral: Subescapular;  Redondo maior; Grande dorsal; Peitoral maior;  Músculos abdutores da escápula: Serrátil anterior e peitoral menor; MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO
  • 33. MOVIMENTOS DO COMPLEXO DO OMBRO  Rotação externa:  Plano transversal no eixo longitudinal;  Úmero é rodado lateralmente em relação à linha média.  Ocorre uma adução escapular;  Músculos rotadores externos da glenoumeral:  Redondo menor e infra-espinhoso;  Músculos adutores da escápula:  Rombóides e trapézio;