SlideShare uma empresa Scribd logo
CLONAGEM
Tendo em vista os grandes avanços da ciência e da tecnologia, aliada a vontade do homem
em querer estar sempre acimada natureza, dominando-a em todos os seus aspectos, além
da transformação incessante de seu pensamento, tem em suas mãos o peso em decidir
entre a vida e a morte, diante das inovações da Engenharia genética no âmbito da
clonagem.
A clonagem é uma técnica para reprodução de indivíduos ou populações por meio de
multiplicação vegetativa ou assexuada de um indivíduo, desta forma, utiliza-se de células
somáticas (células formadora de órgãos, pele e ossos) ao invés de utilizar o óvulo e o
espermatozoide. Sendo que os clones (segundo Webber(1903) um clone pode ser definido
como uma população de moléculas, células ou organismos que se originam de uma única
célula e que são idênticas à matriz original.) produzidos assexuadamente tem genética
semelhante das células do indivíduo ao qual foi retirado.
Dentre os tipos de clonagem, temos a reprodutiva, onde está consiste na transferência
nuclear célula somática sem os cromossomos, que possuem genes que podem transmitir
informações hereditárias da célula recipiente, para uma célula retirada de um animal (ou
humano), logo após a ovulação. Após a introdução da célula somática a outras, estas se
fundem, o que ocasionara a formação de um embrião normal, gerando a prole, colocando-
se no útero de uma "mãe de aluguel" onde propiciará seu desenvolvimento. Nesta técnica
podem haver o stress das células envolvidas no processo, além de uma taxa de
mortalidade elevada e consumo de recursos e tempo decorrentes de seu trabalho manual
em microscópios, sendo que mostra-se ineficiente uma vez que possuiu uma porcentagem
reduzida de embriões que vem a sobreviver após o nascimento.
A clonagem terapêutica constitui-se em uma técnica ao qual suas etapas iniciais são
idênticas à clonagem reprodutiva, tendo sua diferenciação a partir do segundo estado de
desenvolvimento do embrião(blástula) onde não é feita a introdução no útero, tendo o
objetivo de produzir células estaminais com a finalidade produzir tecidos e órgãos para
transplantes. A produção de células embrionárias/células troncos embrionárias são muito
importantes devido suas multifuncionalidades, sendo possível sua utilização em outras
células, onde estas podem ser atribuídas a restauração de funções de um órgão ou tecido,
a partir da substituição de células perdidas por doenças ou as que não estão funcionando
corretamente.
A clonagem da ovelha Dolly foi uma das primeiras realizadas com sucesso por um grupo
de cientistas escoceses, liderados pelo inglês Ian Wilmut, onde estes a partir de uma célula
de glândula mamária, onde está possuía material genético armazenado, foi retido e
transferido para um óvulo anucleado, tendo esta nova célula formada com o auxílio de
uma corrente elétrica, sendo por fim implantada no útero de uma terceira ovelha, onde
Dolly foi gerada. Curiosamente Dolly veio a óbito no seu 6º aniversario, onde se deduz
que por terem sido utilizadas células que tinham mais de 12 anos para a sua criação, sendo
esta a faixa de vida das ovelhas.
Diante destas técnicas levanta-se a discussão sobre em quais aspectos estas podem
beneficiar ou trazer algum tipo de prejuízo ao homem e ao meio ambiente, onde dentre
seus pontos positivos apresentam-se como um meio para obtenção de curas para doenças
através da utilização de células troncos embrionárias, diminuir o tráfico ilegal de órgãos,
resgatar matérias genéticos, melhorar animais ou a nós mesmos, recuperar espécies
extintas, além de ser um meio possível para inverter o processo de envelhecimento(Lygia
da Veiga Pereira, Clonagem : fatos e mitos ; Editora Moderna, 2002). Com relação aos
seus aspectos negativos estão a baixa eficiência, podendo fazer com alguns fetos venham
a óbito durante a gestação ou após o nascimento, o clone pode apresentar algumas
anomalias, deformações, problemas de adaptação, imunidade relativamente baixa
podendo desenvolver doenças como hepatite, tumores e etc.
Defronte a esses argumentos há de se discutir muitos outros aspectos, como científicos,
morais e religiosos a serem analisados, tendo como foco em questão do preparo do ser
humano para lidar com este novo conhecimento cientifico que podem trazer uma gama
de vantagens ou desvantagens para a humanidade, sendo responsabilidade de todos em
analisar suas possíveis consequências por ser polêmico e revolucionário em nossa
história.
Referências Bibliográficas
Clonagem: o risco e o desafio; Universidade Católica Portuguesa, Centro Regional do
Porto, Faculdad de Teologia, 2000
Lygia da Veiga Pereira, Clonagem: fatos e mitos; Editora Moderna, 2002
Zatz, Mayana. "Clonagem e células-tronco". Cienc. Cult., jun. 2004, vol. 56, nº 3, pp. 23-
27
Instrução Normativa 08/97 da CTNBio sobre manipulação genética e clonagem em seres
humanos
Wikipedia, Herbert John Webber, Clone. Disponível em:
<http://en.wikipedia.org/wiki/Herbert_John_Webber>. Acesso em: 28 de abril de 2015.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho d clone
Trabalho d cloneTrabalho d clone
Celulas tronco clonagem
Celulas tronco clonagemCelulas tronco clonagem
Celulas tronco clonagem
Valdete Zorate
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
Crys Nunes
 
Clonagem humana
Clonagem humanaClonagem humana
Clonagem humana
Joao Pedro Turibio
 
Celulastronco envio
Celulastronco envioCelulastronco envio
Celulastronco envio
achanvca
 
Células tronco
Células troncoCélulas tronco
Células tronco
rubiodantas
 
Células estaminais
Células estaminaisCélulas estaminais
Células estaminais
12anogolega
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
Sol_Nascente
 
Células tronco (2012)
Células tronco (2012)Células tronco (2012)
Células tronco (2012)
maariane27
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
TinaCriis
 
Aula celulas tronco
Aula celulas troncoAula celulas tronco
Aula celulas tronco
cecilia_akemi
 
Biologia - Biotecnologia: Clonagem
Biologia - Biotecnologia: ClonagemBiologia - Biotecnologia: Clonagem
Biologia - Biotecnologia: Clonagem
Victoria Souza
 
Clonagem ciencias
Clonagem cienciasClonagem ciencias
Clonagem ciencias
Rúben Rebelo
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
Eduardo Cardoso
 
Bebês de proveta e clonagem humana
Bebês de proveta e clonagem humanaBebês de proveta e clonagem humana
Bebês de proveta e clonagem humana
welkley
 
ética e Celulas tronco
ética e Celulas troncoética e Celulas tronco
ética e Celulas tronco
Thais_Sccp
 
Paulinho 7 b
Paulinho 7 bPaulinho 7 b
Paulinho 7 b
pptmeirelles
 
Células-tronco do sangue de cordão umbilical
Células-tronco do sangue de cordão umbilicalCélulas-tronco do sangue de cordão umbilical
Células-tronco do sangue de cordão umbilical
Cryopraxis
 
Células tronco embrionárias em abordagem científica
Células tronco embrionárias em abordagem científicaCélulas tronco embrionárias em abordagem científica
Células tronco embrionárias em abordagem científica
smedeiros
 

Mais procurados (19)

Trabalho d clone
Trabalho d cloneTrabalho d clone
Trabalho d clone
 
Celulas tronco clonagem
Celulas tronco clonagemCelulas tronco clonagem
Celulas tronco clonagem
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
 
Clonagem humana
Clonagem humanaClonagem humana
Clonagem humana
 
Celulastronco envio
Celulastronco envioCelulastronco envio
Celulastronco envio
 
Células tronco
Células troncoCélulas tronco
Células tronco
 
Células estaminais
Células estaminaisCélulas estaminais
Células estaminais
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
 
Células tronco (2012)
Células tronco (2012)Células tronco (2012)
Células tronco (2012)
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
 
Aula celulas tronco
Aula celulas troncoAula celulas tronco
Aula celulas tronco
 
Biologia - Biotecnologia: Clonagem
Biologia - Biotecnologia: ClonagemBiologia - Biotecnologia: Clonagem
Biologia - Biotecnologia: Clonagem
 
Clonagem ciencias
Clonagem cienciasClonagem ciencias
Clonagem ciencias
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
 
Bebês de proveta e clonagem humana
Bebês de proveta e clonagem humanaBebês de proveta e clonagem humana
Bebês de proveta e clonagem humana
 
ética e Celulas tronco
ética e Celulas troncoética e Celulas tronco
ética e Celulas tronco
 
Paulinho 7 b
Paulinho 7 bPaulinho 7 b
Paulinho 7 b
 
Células-tronco do sangue de cordão umbilical
Células-tronco do sangue de cordão umbilicalCélulas-tronco do sangue de cordão umbilical
Células-tronco do sangue de cordão umbilical
 
Células tronco embrionárias em abordagem científica
Células tronco embrionárias em abordagem científicaCélulas tronco embrionárias em abordagem científica
Células tronco embrionárias em abordagem científica
 

Destaque

Como nascem-estrelas
Como nascem-estrelasComo nascem-estrelas
Como nascem-estrelas
Rildo Borges
 
Via Láctea
Via LácteaVia Láctea
Via Láctea
Wellington Sampaio
 
"Somos Físicos" Energias Renováveis
"Somos Físicos" Energias Renováveis"Somos Físicos" Energias Renováveis
"Somos Físicos" Energias Renováveis
Vania Lima "Somos Físicos"
 
centros de força
centros de forçacentros de força
centros de força
carlos freire
 
Almanaque socioambiental 2008
Almanaque socioambiental 2008Almanaque socioambiental 2008
Almanaque socioambiental 2008
Wellington Sampaio
 
Tema 5: a evolución humana
Tema 5: a evolución humanaTema 5: a evolución humana
Tema 5: a evolución humana
tojocop
 
O Ecossistema
O Ecossistema O Ecossistema
O Ecossistema
Débora Ferreira
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Cosmologia sistema solar - os planetas
Cosmologia   sistema solar - os planetasCosmologia   sistema solar - os planetas
Cosmologia sistema solar - os planetas
Wesley Germano Otávio
 
Um mundo melhor
Um mundo melhorUm mundo melhor
Um mundo melhor
Jose Pinto Cardoso
 
"Somos Físicos" Fontes de Energias
"Somos Físicos" Fontes de Energias"Somos Físicos" Fontes de Energias
"Somos Físicos" Fontes de Energias
Vania Lima "Somos Físicos"
 
planetas em escala
planetas em escalaplanetas em escala
planetas em escala
dehhh
 
A estrutura da terra
A estrutura da terraA estrutura da terra
A estrutura da terra
tojocop
 
Nos ombros dos gigantes mágicos
Nos ombros dos gigantes mágicosNos ombros dos gigantes mágicos
Nos ombros dos gigantes mágicos
Wellington Sampaio
 
Ondas site
Ondas siteOndas site
Ondas site
fisicaatual
 
Formas de Energia e Transformação de Energia
Formas de Energia e Transformação de Energia Formas de Energia e Transformação de Energia
Formas de Energia e Transformação de Energia
Raquel Alves
 
Lista 1 termometria - dilatação
Lista 1   termometria - dilataçãoLista 1   termometria - dilatação
Lista 1 termometria - dilatação
Wellington Sampaio
 
Sistema sensorial
Sistema sensorialSistema sensorial
Sistema sensorial
phillipemaues
 
Uma historia de amor
Uma historia de amorUma historia de amor
Uma historia de amor
Mensagens Virtuais
 
Palestra - Denise Ferreira
Palestra - Denise FerreiraPalestra - Denise Ferreira
Palestra - Denise Ferreira
marcionora
 

Destaque (20)

Como nascem-estrelas
Como nascem-estrelasComo nascem-estrelas
Como nascem-estrelas
 
Via Láctea
Via LácteaVia Láctea
Via Láctea
 
"Somos Físicos" Energias Renováveis
"Somos Físicos" Energias Renováveis"Somos Físicos" Energias Renováveis
"Somos Físicos" Energias Renováveis
 
centros de força
centros de forçacentros de força
centros de força
 
Almanaque socioambiental 2008
Almanaque socioambiental 2008Almanaque socioambiental 2008
Almanaque socioambiental 2008
 
Tema 5: a evolución humana
Tema 5: a evolución humanaTema 5: a evolución humana
Tema 5: a evolución humana
 
O Ecossistema
O Ecossistema O Ecossistema
O Ecossistema
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Cosmologia sistema solar - os planetas
Cosmologia   sistema solar - os planetasCosmologia   sistema solar - os planetas
Cosmologia sistema solar - os planetas
 
Um mundo melhor
Um mundo melhorUm mundo melhor
Um mundo melhor
 
"Somos Físicos" Fontes de Energias
"Somos Físicos" Fontes de Energias"Somos Físicos" Fontes de Energias
"Somos Físicos" Fontes de Energias
 
planetas em escala
planetas em escalaplanetas em escala
planetas em escala
 
A estrutura da terra
A estrutura da terraA estrutura da terra
A estrutura da terra
 
Nos ombros dos gigantes mágicos
Nos ombros dos gigantes mágicosNos ombros dos gigantes mágicos
Nos ombros dos gigantes mágicos
 
Ondas site
Ondas siteOndas site
Ondas site
 
Formas de Energia e Transformação de Energia
Formas de Energia e Transformação de Energia Formas de Energia e Transformação de Energia
Formas de Energia e Transformação de Energia
 
Lista 1 termometria - dilatação
Lista 1   termometria - dilataçãoLista 1   termometria - dilatação
Lista 1 termometria - dilatação
 
Sistema sensorial
Sistema sensorialSistema sensorial
Sistema sensorial
 
Uma historia de amor
Uma historia de amorUma historia de amor
Uma historia de amor
 
Palestra - Denise Ferreira
Palestra - Denise FerreiraPalestra - Denise Ferreira
Palestra - Denise Ferreira
 

Semelhante a Clonagem

Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
PedroAnacleto
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
PedroAnacleto
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
Vitor Pereira
 
Clonagem
Clonagem Clonagem
Clonagem
anaminha
 
Clonagem filosofia
Clonagem filosofiaClonagem filosofia
Clonagem filosofia
Hugo Quintal
 
Biotecnologia III
Biotecnologia IIIBiotecnologia III
Biotecnologia III
mainamgar
 
Clonagem
Clonagem Clonagem
Clonagem
Pedro Alcario
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
Mel Medina
 
Biotecnologiaatualizadokatiaqueiroz
BiotecnologiaatualizadokatiaqueirozBiotecnologiaatualizadokatiaqueiroz
Biotecnologiaatualizadokatiaqueiroz
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Trabalho filosofia sobre a clonagem[1]
Trabalho filosofia sobre a clonagem[1]Trabalho filosofia sobre a clonagem[1]
Trabalho filosofia sobre a clonagem[1]
Digitalves
 
Clonagem
Clonagem Clonagem
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
Miguel Santos
 
Trabalho final da clonagem
Trabalho final da clonagemTrabalho final da clonagem
Trabalho final da clonagem
Raquel Silva
 
Células 01 reinaldo
Células 01 reinaldoCélulas 01 reinaldo
Células 01 reinaldo
Reinaldo Almeida
 
Células troncos e trangênicas
Células troncos e trangênicasCélulas troncos e trangênicas
Células troncos e trangênicas
Franzinha Silva
 
A clonagem-1208540606315472-9
A clonagem-1208540606315472-9A clonagem-1208540606315472-9
A clonagem-1208540606315472-9
Zé Sousa
 
Paulinho 7 b
Paulinho 7 bPaulinho 7 b
Paulinho 7 b
pptmeirelles
 
Paulinho 7 b
Paulinho 7 bPaulinho 7 b
Paulinho 7 b
pptmeirelles
 
Manipulação genética
Manipulação  genéticaManipulação  genética
Manipulação genética
Sandra Figueiredo
 
3 biologia do-desenvolvimento_animal_comparado
3 biologia do-desenvolvimento_animal_comparado3 biologia do-desenvolvimento_animal_comparado
3 biologia do-desenvolvimento_animal_comparado
Beatriz COUTINHO
 

Semelhante a Clonagem (20)

Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
 
Clonagem
Clonagem Clonagem
Clonagem
 
Clonagem filosofia
Clonagem filosofiaClonagem filosofia
Clonagem filosofia
 
Biotecnologia III
Biotecnologia IIIBiotecnologia III
Biotecnologia III
 
Clonagem
Clonagem Clonagem
Clonagem
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
 
Biotecnologiaatualizadokatiaqueiroz
BiotecnologiaatualizadokatiaqueirozBiotecnologiaatualizadokatiaqueiroz
Biotecnologiaatualizadokatiaqueiroz
 
Trabalho filosofia sobre a clonagem[1]
Trabalho filosofia sobre a clonagem[1]Trabalho filosofia sobre a clonagem[1]
Trabalho filosofia sobre a clonagem[1]
 
Clonagem
Clonagem Clonagem
Clonagem
 
Clonagem
ClonagemClonagem
Clonagem
 
Trabalho final da clonagem
Trabalho final da clonagemTrabalho final da clonagem
Trabalho final da clonagem
 
Células 01 reinaldo
Células 01 reinaldoCélulas 01 reinaldo
Células 01 reinaldo
 
Células troncos e trangênicas
Células troncos e trangênicasCélulas troncos e trangênicas
Células troncos e trangênicas
 
A clonagem-1208540606315472-9
A clonagem-1208540606315472-9A clonagem-1208540606315472-9
A clonagem-1208540606315472-9
 
Paulinho 7 b
Paulinho 7 bPaulinho 7 b
Paulinho 7 b
 
Paulinho 7 b
Paulinho 7 bPaulinho 7 b
Paulinho 7 b
 
Manipulação genética
Manipulação  genéticaManipulação  genética
Manipulação genética
 
3 biologia do-desenvolvimento_animal_comparado
3 biologia do-desenvolvimento_animal_comparado3 biologia do-desenvolvimento_animal_comparado
3 biologia do-desenvolvimento_animal_comparado
 

Mais de Wesley Germano Otávio

Zoologia de vertebrados (cordados) - professor wesley
Zoologia de vertebrados (cordados) - professor wesleyZoologia de vertebrados (cordados) - professor wesley
Zoologia de vertebrados (cordados) - professor wesley
Wesley Germano Otávio
 
Revisão Zoologia - Professor Wesley
Revisão Zoologia - Professor WesleyRevisão Zoologia - Professor Wesley
Revisão Zoologia - Professor Wesley
Wesley Germano Otávio
 
Ascaridíase
AscaridíaseAscaridíase
Citologia
CitologiaCitologia
Caracteristicas básicas dos seres vivos
Caracteristicas básicas dos seres vivosCaracteristicas básicas dos seres vivos
Caracteristicas básicas dos seres vivos
Wesley Germano Otávio
 
Cosmologia - Sistema Solar - Corpos Celestes
Cosmologia - Sistema Solar - Corpos CelestesCosmologia - Sistema Solar - Corpos Celestes
Cosmologia - Sistema Solar - Corpos Celestes
Wesley Germano Otávio
 
Cosmologia - Sistema Solar - Origem do sol e suas características
Cosmologia - Sistema Solar - Origem do sol e suas característicasCosmologia - Sistema Solar - Origem do sol e suas características
Cosmologia - Sistema Solar - Origem do sol e suas características
Wesley Germano Otávio
 
Cosmologia - o Universo
Cosmologia - o UniversoCosmologia - o Universo
Cosmologia - o Universo
Wesley Germano Otávio
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
Wesley Germano Otávio
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
Wesley Germano Otávio
 
O que é biologia?
O que é biologia?O que é biologia?
O que é biologia?
Wesley Germano Otávio
 
Criminalização da sobrevivência
Criminalização da sobrevivênciaCriminalização da sobrevivência
Criminalização da sobrevivência
Wesley Germano Otávio
 
Energia solar
Energia solarEnergia solar
Energia solar
Wesley Germano Otávio
 
Musica popular brasileira - MPB
Musica popular brasileira - MPBMusica popular brasileira - MPB
Musica popular brasileira - MPB
Wesley Germano Otávio
 
Mario quintana
Mario quintanaMario quintana
Mario quintana
Wesley Germano Otávio
 
Risco de acidentes
Risco de acidentesRisco de acidentes
Risco de acidentes
Wesley Germano Otávio
 
Raios uso de tecnologia evita mortes e prejuízos
Raios   uso de tecnologia evita mortes e prejuízosRaios   uso de tecnologia evita mortes e prejuízos
Raios uso de tecnologia evita mortes e prejuízos
Wesley Germano Otávio
 
Jogo x Esporte
Jogo x EsporteJogo x Esporte
Jogo x Esporte
Wesley Germano Otávio
 
Teorias evolucionistas
Teorias evolucionistasTeorias evolucionistas
Teorias evolucionistas
Wesley Germano Otávio
 
Musica contemporanea anos 80
Musica contemporanea anos 80Musica contemporanea anos 80
Musica contemporanea anos 80
Wesley Germano Otávio
 

Mais de Wesley Germano Otávio (20)

Zoologia de vertebrados (cordados) - professor wesley
Zoologia de vertebrados (cordados) - professor wesleyZoologia de vertebrados (cordados) - professor wesley
Zoologia de vertebrados (cordados) - professor wesley
 
Revisão Zoologia - Professor Wesley
Revisão Zoologia - Professor WesleyRevisão Zoologia - Professor Wesley
Revisão Zoologia - Professor Wesley
 
Ascaridíase
AscaridíaseAscaridíase
Ascaridíase
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Caracteristicas básicas dos seres vivos
Caracteristicas básicas dos seres vivosCaracteristicas básicas dos seres vivos
Caracteristicas básicas dos seres vivos
 
Cosmologia - Sistema Solar - Corpos Celestes
Cosmologia - Sistema Solar - Corpos CelestesCosmologia - Sistema Solar - Corpos Celestes
Cosmologia - Sistema Solar - Corpos Celestes
 
Cosmologia - Sistema Solar - Origem do sol e suas características
Cosmologia - Sistema Solar - Origem do sol e suas característicasCosmologia - Sistema Solar - Origem do sol e suas características
Cosmologia - Sistema Solar - Origem do sol e suas características
 
Cosmologia - o Universo
Cosmologia - o UniversoCosmologia - o Universo
Cosmologia - o Universo
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 
O que é biologia?
O que é biologia?O que é biologia?
O que é biologia?
 
Criminalização da sobrevivência
Criminalização da sobrevivênciaCriminalização da sobrevivência
Criminalização da sobrevivência
 
Energia solar
Energia solarEnergia solar
Energia solar
 
Musica popular brasileira - MPB
Musica popular brasileira - MPBMusica popular brasileira - MPB
Musica popular brasileira - MPB
 
Mario quintana
Mario quintanaMario quintana
Mario quintana
 
Risco de acidentes
Risco de acidentesRisco de acidentes
Risco de acidentes
 
Raios uso de tecnologia evita mortes e prejuízos
Raios   uso de tecnologia evita mortes e prejuízosRaios   uso de tecnologia evita mortes e prejuízos
Raios uso de tecnologia evita mortes e prejuízos
 
Jogo x Esporte
Jogo x EsporteJogo x Esporte
Jogo x Esporte
 
Teorias evolucionistas
Teorias evolucionistasTeorias evolucionistas
Teorias evolucionistas
 
Musica contemporanea anos 80
Musica contemporanea anos 80Musica contemporanea anos 80
Musica contemporanea anos 80
 

Clonagem

  • 1. CLONAGEM Tendo em vista os grandes avanços da ciência e da tecnologia, aliada a vontade do homem em querer estar sempre acimada natureza, dominando-a em todos os seus aspectos, além da transformação incessante de seu pensamento, tem em suas mãos o peso em decidir entre a vida e a morte, diante das inovações da Engenharia genética no âmbito da clonagem. A clonagem é uma técnica para reprodução de indivíduos ou populações por meio de multiplicação vegetativa ou assexuada de um indivíduo, desta forma, utiliza-se de células somáticas (células formadora de órgãos, pele e ossos) ao invés de utilizar o óvulo e o espermatozoide. Sendo que os clones (segundo Webber(1903) um clone pode ser definido como uma população de moléculas, células ou organismos que se originam de uma única célula e que são idênticas à matriz original.) produzidos assexuadamente tem genética semelhante das células do indivíduo ao qual foi retirado. Dentre os tipos de clonagem, temos a reprodutiva, onde está consiste na transferência nuclear célula somática sem os cromossomos, que possuem genes que podem transmitir informações hereditárias da célula recipiente, para uma célula retirada de um animal (ou humano), logo após a ovulação. Após a introdução da célula somática a outras, estas se fundem, o que ocasionara a formação de um embrião normal, gerando a prole, colocando- se no útero de uma "mãe de aluguel" onde propiciará seu desenvolvimento. Nesta técnica podem haver o stress das células envolvidas no processo, além de uma taxa de mortalidade elevada e consumo de recursos e tempo decorrentes de seu trabalho manual em microscópios, sendo que mostra-se ineficiente uma vez que possuiu uma porcentagem reduzida de embriões que vem a sobreviver após o nascimento. A clonagem terapêutica constitui-se em uma técnica ao qual suas etapas iniciais são idênticas à clonagem reprodutiva, tendo sua diferenciação a partir do segundo estado de desenvolvimento do embrião(blástula) onde não é feita a introdução no útero, tendo o objetivo de produzir células estaminais com a finalidade produzir tecidos e órgãos para transplantes. A produção de células embrionárias/células troncos embrionárias são muito importantes devido suas multifuncionalidades, sendo possível sua utilização em outras células, onde estas podem ser atribuídas a restauração de funções de um órgão ou tecido, a partir da substituição de células perdidas por doenças ou as que não estão funcionando corretamente. A clonagem da ovelha Dolly foi uma das primeiras realizadas com sucesso por um grupo de cientistas escoceses, liderados pelo inglês Ian Wilmut, onde estes a partir de uma célula de glândula mamária, onde está possuía material genético armazenado, foi retido e transferido para um óvulo anucleado, tendo esta nova célula formada com o auxílio de uma corrente elétrica, sendo por fim implantada no útero de uma terceira ovelha, onde Dolly foi gerada. Curiosamente Dolly veio a óbito no seu 6º aniversario, onde se deduz que por terem sido utilizadas células que tinham mais de 12 anos para a sua criação, sendo esta a faixa de vida das ovelhas. Diante destas técnicas levanta-se a discussão sobre em quais aspectos estas podem beneficiar ou trazer algum tipo de prejuízo ao homem e ao meio ambiente, onde dentre
  • 2. seus pontos positivos apresentam-se como um meio para obtenção de curas para doenças através da utilização de células troncos embrionárias, diminuir o tráfico ilegal de órgãos, resgatar matérias genéticos, melhorar animais ou a nós mesmos, recuperar espécies extintas, além de ser um meio possível para inverter o processo de envelhecimento(Lygia da Veiga Pereira, Clonagem : fatos e mitos ; Editora Moderna, 2002). Com relação aos seus aspectos negativos estão a baixa eficiência, podendo fazer com alguns fetos venham a óbito durante a gestação ou após o nascimento, o clone pode apresentar algumas anomalias, deformações, problemas de adaptação, imunidade relativamente baixa podendo desenvolver doenças como hepatite, tumores e etc. Defronte a esses argumentos há de se discutir muitos outros aspectos, como científicos, morais e religiosos a serem analisados, tendo como foco em questão do preparo do ser humano para lidar com este novo conhecimento cientifico que podem trazer uma gama de vantagens ou desvantagens para a humanidade, sendo responsabilidade de todos em analisar suas possíveis consequências por ser polêmico e revolucionário em nossa história. Referências Bibliográficas Clonagem: o risco e o desafio; Universidade Católica Portuguesa, Centro Regional do Porto, Faculdad de Teologia, 2000 Lygia da Veiga Pereira, Clonagem: fatos e mitos; Editora Moderna, 2002 Zatz, Mayana. "Clonagem e células-tronco". Cienc. Cult., jun. 2004, vol. 56, nº 3, pp. 23- 27 Instrução Normativa 08/97 da CTNBio sobre manipulação genética e clonagem em seres humanos Wikipedia, Herbert John Webber, Clone. Disponível em: <http://en.wikipedia.org/wiki/Herbert_John_Webber>. Acesso em: 28 de abril de 2015.