SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
A ARMADILHA DO EXCESSO DE
LIQUIDEZ NAS MICROEMPRESAS E
PMEs
MAS NÃO PERCA AS
OPORTUNIDADES…
A ARMADILHA DO EXCESSO DE LIQUIDEZ
NAS MICROEMPRESAS E PMEs
MAS NÃO PERCA AS OPORTUNIDADES…
ADILHA DO EXCESSO DE LIQUIDEZ NAS
MICROEMPRESAS E PMEs
MAS NÃO PERCA AS OPORTUNIDADES…
CJA Business Consulting JUN2020
www.cja-bc.com
CAUSA
O clima de incerteza sobre a evolução dos seus
mercados e sobre a continuação da existência de
crédito levou muitos Empresários a usar as linhas
COVID19 pelo máximo disponibilizado, quando a
sua necessidade expectável seria menor.
Este facto aliado a algumas evoluções menos
negativas que o esperado, fazem com que
algumas Empresas não tenham necessitado de
parte substancial do crédito que contrataram.
Fica a existir uma bolha de liquidez inesperada,
com a qual muitos Empresários nunca tinham
lidado.
E face às condicionantes das próprias linhas
COVID19 essa liquidez, delas derivada, não pode
ser usada para liquidar outros créditos existentes
na Banca.
PROBLEMA
E está aqui o problema. O excesso de liquidez
pode levar a decisões de risco superior ao
adequado. Não faltam exemplos na história
recente da economia e de muitas empresas.
Há sempre uma máquina que o Empresário
sempre sonhou ter na sua Empresa, há muitas
vezes uns suprimentos que podem ser
reembolsados melhorando as condições de vida
da família, um sem número de aplicações que
podem ser dadas a essa liquidez, nem todas elas
com racionalidade económica, que não serão
erradas mas só pouco prudentes, potenciadas
pela existência da liquidez.
A liquidez existe, mas os créditos terão de ser
pagos. Bem à frente no tempo, mas terão de ser
pagos. E aqui pode estar o problema dessas
decisões.
UMA SOLUÇÃO
Uma solução para minorar estes riscos passará
sempre pela reflexão aprofundada das aplicações
a realizar.
Quanto a nós, as Empresas e os Empresários
terão muito a ganhar se essa reflexão for feita
com a colaboração de Apoio Especializado.
Na CJA Business Consulting somos na maior parte
dos casos chamados para conseguir junto da
Banca ou Investidores a liquidez que os negócios
necessitam para os seus projetos.
Para tal temos de estudar Cash Flows Futuros e
Tesourarias de Médio Prazo. Porque não aplicar
este método mesmo já existindo a liquidez?
É o que nos propomos fazer, ajudando Empresas
e Empresários a refletir sobre o que fazer da
bolha de liquidez criada.
Para nós as Empresas não devem de todo
desaproveitar as oportunidades geradas pela
liquidez excessiva que possam ter.
Mas também não devem ser menos cuidadosas
na sua utilização.
CONSULTE-
NOS
www.cja-bc.com
carlos.jeronimo.augusto@cja-bc.com
911161776

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a CJA Liquidez

Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Rozangela Silva
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Rozangela Silva
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Rozangela Silva
 
Fórum Estratégico de Risco de Crédito
Fórum Estratégico de Risco de CréditoFórum Estratégico de Risco de Crédito
Fórum Estratégico de Risco de Crédito
InformaGroup
 
Microfinance India South Africa Brazil
Microfinance India   South Africa   BrazilMicrofinance India   South Africa   Brazil
Microfinance India South Africa Brazil
siqueiramt
 

Semelhante a CJA Liquidez (20)

Agregado Crédito Médio e Longo Prazo
Agregado Crédito Médio e Longo Prazo Agregado Crédito Médio e Longo Prazo
Agregado Crédito Médio e Longo Prazo
 
A oportunidade das taxas de juro no crédito
A oportunidade das taxas de juro no créditoA oportunidade das taxas de juro no crédito
A oportunidade das taxas de juro no crédito
 
Bens Escassos (Texto Integral)
Bens Escassos (Texto Integral)Bens Escassos (Texto Integral)
Bens Escassos (Texto Integral)
 
Agregado Crédito Curto Prazo
Agregado Crédito Curto PrazoAgregado Crédito Curto Prazo
Agregado Crédito Curto Prazo
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VII
 
Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...
Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...
Princípios Facilitadores Para Obtenção De Crédito Bancário Empresas Texto Int...
 
Contabilidade para empresas: Ter apoio de um contador pode te ajudar em momen...
Contabilidade para empresas: Ter apoio de um contador pode te ajudar em momen...Contabilidade para empresas: Ter apoio de um contador pode te ajudar em momen...
Contabilidade para empresas: Ter apoio de um contador pode te ajudar em momen...
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
 
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
Créditos consignados e os correspondentes bancários 1
 
Fórum Estratégico de Risco de Crédito
Fórum Estratégico de Risco de CréditoFórum Estratégico de Risco de Crédito
Fórum Estratégico de Risco de Crédito
 
Debate Crowdfunding para capital inicial de empresas, 7/2/2013 - Apresentação...
Debate Crowdfunding para capital inicial de empresas, 7/2/2013 - Apresentação...Debate Crowdfunding para capital inicial de empresas, 7/2/2013 - Apresentação...
Debate Crowdfunding para capital inicial de empresas, 7/2/2013 - Apresentação...
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIIIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIII
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIII
 
O que posso ganhar com o apoio especializado
O que posso ganhar com o apoio especializadoO que posso ganhar com o apoio especializado
O que posso ganhar com o apoio especializado
 
Gabinetes de Contabilidade
Gabinetes de ContabilidadeGabinetes de Contabilidade
Gabinetes de Contabilidade
 
Microfinance India South Africa Brazil
Microfinance India   South Africa   BrazilMicrofinance India   South Africa   Brazil
Microfinance India South Africa Brazil
 
10 dicas importantes sobre linhas de crédito
10 dicas importantes sobre linhas de crédito10 dicas importantes sobre linhas de crédito
10 dicas importantes sobre linhas de crédito
 
O planejamento financeiro
O planejamento financeiroO planejamento financeiro
O planejamento financeiro
 
MPI 2010 - Ricardo H. Rocha, FEA-USP
MPI 2010 - Ricardo H. Rocha, FEA-USPMPI 2010 - Ricardo H. Rocha, FEA-USP
MPI 2010 - Ricardo H. Rocha, FEA-USP
 
Fusões e aquisições e o impacto no setor de Crédito e Cobrança
Fusões e aquisições e o impacto no setor de Crédito e CobrançaFusões e aquisições e o impacto no setor de Crédito e Cobrança
Fusões e aquisições e o impacto no setor de Crédito e Cobrança
 

Mais de CJA Business Consulting

Mais de CJA Business Consulting (16)

Oquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 ago
Oquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 agoOquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 ago
Oquefazacjabc 140109141120-phpapp01 2 ago
 
Acção DOWN
Acção DOWNAcção DOWN
Acção DOWN
 
DESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORES
DESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORESDESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORES
DESMONTAR O MONSTRO PACOTE FORMAÇÃO PARA EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORES
 
Tópicos Sobre Apoio Especializado III Documentação
Tópicos Sobre Apoio Especializado III DocumentaçãoTópicos Sobre Apoio Especializado III Documentação
Tópicos Sobre Apoio Especializado III Documentação
 
Tópicos Sobre Apoio Especializado II Papel
Tópicos Sobre Apoio Especializado II PapelTópicos Sobre Apoio Especializado II Papel
Tópicos Sobre Apoio Especializado II Papel
 
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas V
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas VPrincípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas V
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas V
 
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas II
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas IIPrincípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas II
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas II
 
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas I
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas IPrincípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas I
Princípios Facilitadores para Obtenção de Crédito Bancário Empresas I
 
A importância das unidades de recuperação de crédito
A importância das unidades de recuperação de créditoA importância das unidades de recuperação de crédito
A importância das unidades de recuperação de crédito
 
RATING PME
RATING PMERATING PME
RATING PME
 
Linha de crédito PME Crescimento 2014
Linha de crédito PME Crescimento 2014Linha de crédito PME Crescimento 2014
Linha de crédito PME Crescimento 2014
 
Acção DOWN
Acção DOWNAcção DOWN
Acção DOWN
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VI
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VI
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VI
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IV
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IVO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IV
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IV
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos III
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IIIO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos III
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos III
 
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos I
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos IO tipo e o horizonte temporal dos financiamentos I
O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos I
 

CJA Liquidez

  • 1. A ARMADILHA DO EXCESSO DE LIQUIDEZ NAS MICROEMPRESAS E PMEs MAS NÃO PERCA AS OPORTUNIDADES… A ARMADILHA DO EXCESSO DE LIQUIDEZ NAS MICROEMPRESAS E PMEs MAS NÃO PERCA AS OPORTUNIDADES… ADILHA DO EXCESSO DE LIQUIDEZ NAS MICROEMPRESAS E PMEs MAS NÃO PERCA AS OPORTUNIDADES… CJA Business Consulting JUN2020 www.cja-bc.com
  • 2. CAUSA O clima de incerteza sobre a evolução dos seus mercados e sobre a continuação da existência de crédito levou muitos Empresários a usar as linhas COVID19 pelo máximo disponibilizado, quando a sua necessidade expectável seria menor. Este facto aliado a algumas evoluções menos negativas que o esperado, fazem com que algumas Empresas não tenham necessitado de parte substancial do crédito que contrataram. Fica a existir uma bolha de liquidez inesperada, com a qual muitos Empresários nunca tinham lidado. E face às condicionantes das próprias linhas COVID19 essa liquidez, delas derivada, não pode ser usada para liquidar outros créditos existentes na Banca.
  • 3. PROBLEMA E está aqui o problema. O excesso de liquidez pode levar a decisões de risco superior ao adequado. Não faltam exemplos na história recente da economia e de muitas empresas. Há sempre uma máquina que o Empresário sempre sonhou ter na sua Empresa, há muitas vezes uns suprimentos que podem ser reembolsados melhorando as condições de vida da família, um sem número de aplicações que podem ser dadas a essa liquidez, nem todas elas com racionalidade económica, que não serão erradas mas só pouco prudentes, potenciadas pela existência da liquidez. A liquidez existe, mas os créditos terão de ser pagos. Bem à frente no tempo, mas terão de ser pagos. E aqui pode estar o problema dessas decisões.
  • 4. UMA SOLUÇÃO Uma solução para minorar estes riscos passará sempre pela reflexão aprofundada das aplicações a realizar. Quanto a nós, as Empresas e os Empresários terão muito a ganhar se essa reflexão for feita com a colaboração de Apoio Especializado. Na CJA Business Consulting somos na maior parte dos casos chamados para conseguir junto da Banca ou Investidores a liquidez que os negócios necessitam para os seus projetos. Para tal temos de estudar Cash Flows Futuros e Tesourarias de Médio Prazo. Porque não aplicar este método mesmo já existindo a liquidez? É o que nos propomos fazer, ajudando Empresas e Empresários a refletir sobre o que fazer da bolha de liquidez criada. Para nós as Empresas não devem de todo desaproveitar as oportunidades geradas pela liquidez excessiva que possam ter. Mas também não devem ser menos cuidadosas na sua utilização.