SlideShare uma empresa Scribd logo
ORIENTAÇÕES GERAIS                                            LEMBRE-SE:
                                                        NOSSO OBJETIVO É
Mantenha, na medida do possível, as ativi-
?
                                                       PROPORCIONAR-LHE
dades rotineiras;
                                                   BEM-ESTAR, ORIENTANDO,
?  Tente movimentar-se: caminhe, levante e
sente na cadeira. Faça algumas atividades sem     EVITANDO E/OU MINIMIZANDO
auxílio de terceiros;                              ALGUMAS ALTERAÇÕES QUE
?inspirações e expirações profundas
   Realize                                         POSSAM SURGIR DURANTE
algumas vezes durante o dia;                               O TRATAMENTO.
?  Permita-se períodos de descanso, respeite
os limites de seu corpo;
?  Relaxe;
? sua postura.
   Cuide da

POR QUE FAZER FISIOTERAPIA?                                                                  Fisioterapia em
O atendimento fisioterapêutico é indicado               R. Dona Laura, 226 - sala 301           Oncologia
                                                         Moinhos de Vento - POA/RS
para solucionar, evitar ou minimizar sequelas        Fone: (51) 4009.6000 | (51) 3086.9416
e/ou complicações do tratamento contra o
câncer. O objetivo é manter, tanto quanto
possível, a independência e funcionalidade do
paciente para retorno às atividades anteriores.
Por meio de minuciosa avaliação, o fisiotera-
peuta poderá orientar e planejar um adequado
                                                              Elaboração:
e individualizado acompanhamento terapêuti-
                                                          Fisio. Greice Verza
co.                                                 Fisio. Iara Rodrigues da Silva
                                                          Fisio. Roberto Roy

                                                              Resp. Técnico:
                                                           Dr. Jeferson Vinholes              Centro de Fisioterapia e
                                                                CRM 16.745                    Nutrição em Oncologia
O QUE É O CENTRO?                                evita complicações e disfunções nos órgãos         reações psicológicas que levam a uma resposta
                                                 adjacentes a mama, o que poderá levar a            somática traduzida pelo relaxamento e sensa-
Em busca da excelência no atendimento            dificuldades no desempenho das atividades          ção de bem estar.
integral ao paciente, o Centro de Fisioterapia   diárias do paciente. O tratamento é individuali-   ?  Fisioterapia em oncologia geral: a fisiote-
em Oncologia da CliniOnco tornou-se uma          zado, desta forma contribui para a amplitude       rapia é um suporte importantíssimo ao pacien-
inovadora e específica área de atuação da        de movimento e funcionalidade, proporcio-          te em tratamento oncológico. Os sinais e
fisioterapia. Oferece atendimento aos pacien-    nando o retorno as atividades anteriores,          sintomas que os pacientes possam apresentar,
tes que precisam de acompanhamento antes e       ocupacionais, desportivas e outras, em menor       tais como: cansaço, dor, dificuldades ao movi-
após a cirurgia e/ou quimioterapia, bem como     espaço de tempo possível.                          mentar-se, falta de força, reações a quimiotera-
durante ou após a radioterapia.                  ?  Condicionamento físico: o condiciona-           pia e/ou a radioterapia, entre outros, podem
                                                 mento físico através de exercícios aeróbicos e     ser devidamente manejados com a intervenção
PRINCIPAIS ATUAÇÕES DA FISIOTERAPIA              musculares globais, indicados para cada caso       do fisioterapeuta.
NA CLINIONCO:                                    específico, somados a uma monitorização
Fadiga muscular;
?                                                adequada, tornou-se elemento importante na
Reeducação postural;
?                                                manutenção muscular e condicionamento
Dor;
?                                                cardiopulmonar dos pacientes em tratamento
? respiratórias;
Alterações                                       oncológico.
? de movimentos;
Limitação                                        ?  Fisioterapia respiratória: esta fisioterapia
? (inchaços) em geral;
Edemas                                           auxilia na prevenção de complicações respira-
Incontinência urinária e distúrbios genituri-
?                                                tórias, oferece suporte no pré e pós operatório
nários;                                          de grandes cirurgias, atua em doenças respira-
? cicatriciais e teciduais;
  Alterações                                     tórias associadas através de equipamentos
? musculoesqueléticas;
  Alterações                                     específicos e orientações pontuais para cada
? Orientações e encaminhamentos.                 paciente.
                                                 ? manual e tratamento da dor: a
                                                    Terapia
A FISIOTERAPIA ONCOLÓGICA                        eletroterapia junto com a manipulação e
DESENVOLVE AS SEGUINTES ATIVIDADES:              mobilização manual tratam as deficiências
Fisioterapia aplicada ao câncer de mama:
?                                                neuromusculares, como perda de equilíbrio e
a fisioterapia para a região mamária é funda-    movimento. Estas terapias, além de tratar a dor,
mental após uma cirurgia ou tratamento, pois     permitem correção postural e ocasionam

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula31 07 2014
Aula31 07 2014Aula31 07 2014
Aula31 07 2014
Inaiara Bragante
 
Próteses de Membro Inferior (PDF)
Próteses de Membro Inferior (PDF)Próteses de Membro Inferior (PDF)
Próteses de Membro Inferior (PDF)
Sara Nunes
 
Glicocorticoides - Farmacologia
Glicocorticoides - FarmacologiaGlicocorticoides - Farmacologia
Glicocorticoides - Farmacologia
Raphael Machado
 
Manganismo e hidrargirismo
Manganismo e hidrargirismoManganismo e hidrargirismo
Manganismo e hidrargirismo
Everaldo Oliveira Santos
 
Questionários de atividade física: revisão bibliográfica e aplicação de instr...
Questionários de atividade física: revisão bibliográfica e aplicação de instr...Questionários de atividade física: revisão bibliográfica e aplicação de instr...
Questionários de atividade física: revisão bibliográfica e aplicação de instr...
Rodrigo Hisgail de Almeida Nogueira
 
Câncer de rim localizado
Câncer de rim localizadoCâncer de rim localizado
Câncer de rim localizado
Guilherme Behrend Silva Ribeiro
 
Aula - Farmacologia básica - Adsorção
Aula - Farmacologia básica - AdsorçãoAula - Farmacologia básica - Adsorção
Aula - Farmacologia básica - Adsorção
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Gestão e Marketing em Fisioterapia Hospitalar
Gestão e Marketing em Fisioterapia HospitalarGestão e Marketing em Fisioterapia Hospitalar
Gestão e Marketing em Fisioterapia Hospitalar
Universidade Norte do Paraná
 
Método Ginástico Francês
Método Ginástico FrancêsMétodo Ginástico Francês
Método Ginástico Francês
Matheus Alves
 
Propedêutica dos ruidos cardiacos
Propedêutica dos ruidos cardiacosPropedêutica dos ruidos cardiacos
Propedêutica dos ruidos cardiacos
pauloalambert
 
7 bioquímica-metabolismo dos nutrientes e de xenobióticos-selma
7 bioquímica-metabolismo dos nutrientes e de xenobióticos-selma7 bioquímica-metabolismo dos nutrientes e de xenobióticos-selma
7 bioquímica-metabolismo dos nutrientes e de xenobióticos-selma
selma do nascimento silva
 
Anatomia Radiológica
Anatomia RadiológicaAnatomia Radiológica
Anatomia Radiológica
Renata Cristina
 
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTOATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
Centro Universitário Ages
 
364411401 livro-cinesioterapia
364411401 livro-cinesioterapia364411401 livro-cinesioterapia
364411401 livro-cinesioterapia
Andrea Rebelo dos Santos
 
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
educação fisica Ajustes cardiovasculares
educação fisica Ajustes cardiovasculareseducação fisica Ajustes cardiovasculares
educação fisica Ajustes cardiovasculares
Rogério Gonçalves
 
Anestesiologia 01 introdução e histórico - med resumos set-2011
Anestesiologia 01   introdução e histórico - med resumos set-2011Anestesiologia 01   introdução e histórico - med resumos set-2011
Anestesiologia 01 introdução e histórico - med resumos set-2011
Jucie Vasconcelos
 
História da terapia ocupacional
História da terapia ocupacionalHistória da terapia ocupacional
História da terapia ocupacional
∆ Érika Cristina Diniz Mortati
 
AULA DE FARMACOCINÉTICA (1).pdf
AULA DE FARMACOCINÉTICA (1).pdfAULA DE FARMACOCINÉTICA (1).pdf
AULA DE FARMACOCINÉTICA (1).pdf
JulianaNogueira339547
 
Revisão sobre paralisia cerebral ataxia
Revisão sobre paralisia cerebral  ataxiaRevisão sobre paralisia cerebral  ataxia
Revisão sobre paralisia cerebral ataxia
Fisioterapeuta
 

Mais procurados (20)

Aula31 07 2014
Aula31 07 2014Aula31 07 2014
Aula31 07 2014
 
Próteses de Membro Inferior (PDF)
Próteses de Membro Inferior (PDF)Próteses de Membro Inferior (PDF)
Próteses de Membro Inferior (PDF)
 
Glicocorticoides - Farmacologia
Glicocorticoides - FarmacologiaGlicocorticoides - Farmacologia
Glicocorticoides - Farmacologia
 
Manganismo e hidrargirismo
Manganismo e hidrargirismoManganismo e hidrargirismo
Manganismo e hidrargirismo
 
Questionários de atividade física: revisão bibliográfica e aplicação de instr...
Questionários de atividade física: revisão bibliográfica e aplicação de instr...Questionários de atividade física: revisão bibliográfica e aplicação de instr...
Questionários de atividade física: revisão bibliográfica e aplicação de instr...
 
Câncer de rim localizado
Câncer de rim localizadoCâncer de rim localizado
Câncer de rim localizado
 
Aula - Farmacologia básica - Adsorção
Aula - Farmacologia básica - AdsorçãoAula - Farmacologia básica - Adsorção
Aula - Farmacologia básica - Adsorção
 
Gestão e Marketing em Fisioterapia Hospitalar
Gestão e Marketing em Fisioterapia HospitalarGestão e Marketing em Fisioterapia Hospitalar
Gestão e Marketing em Fisioterapia Hospitalar
 
Método Ginástico Francês
Método Ginástico FrancêsMétodo Ginástico Francês
Método Ginástico Francês
 
Propedêutica dos ruidos cardiacos
Propedêutica dos ruidos cardiacosPropedêutica dos ruidos cardiacos
Propedêutica dos ruidos cardiacos
 
7 bioquímica-metabolismo dos nutrientes e de xenobióticos-selma
7 bioquímica-metabolismo dos nutrientes e de xenobióticos-selma7 bioquímica-metabolismo dos nutrientes e de xenobióticos-selma
7 bioquímica-metabolismo dos nutrientes e de xenobióticos-selma
 
Anatomia Radiológica
Anatomia RadiológicaAnatomia Radiológica
Anatomia Radiológica
 
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTOATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO
 
364411401 livro-cinesioterapia
364411401 livro-cinesioterapia364411401 livro-cinesioterapia
364411401 livro-cinesioterapia
 
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
Interação das drogas vasoativas e a fisioterapia em pacientes na Unidade de T...
 
educação fisica Ajustes cardiovasculares
educação fisica Ajustes cardiovasculareseducação fisica Ajustes cardiovasculares
educação fisica Ajustes cardiovasculares
 
Anestesiologia 01 introdução e histórico - med resumos set-2011
Anestesiologia 01   introdução e histórico - med resumos set-2011Anestesiologia 01   introdução e histórico - med resumos set-2011
Anestesiologia 01 introdução e histórico - med resumos set-2011
 
História da terapia ocupacional
História da terapia ocupacionalHistória da terapia ocupacional
História da terapia ocupacional
 
AULA DE FARMACOCINÉTICA (1).pdf
AULA DE FARMACOCINÉTICA (1).pdfAULA DE FARMACOCINÉTICA (1).pdf
AULA DE FARMACOCINÉTICA (1).pdf
 
Revisão sobre paralisia cerebral ataxia
Revisão sobre paralisia cerebral  ataxiaRevisão sobre paralisia cerebral  ataxia
Revisão sobre paralisia cerebral ataxia
 

Destaque

Fisioterapia OncolóGica Uninorte
Fisioterapia OncolóGica UninorteFisioterapia OncolóGica Uninorte
Fisioterapia OncolóGica Uninorte
Daniel Xavier
 
Fisioterapia oncológica
Fisioterapia oncológica Fisioterapia oncológica
Fisioterapia oncológica
Mayra Aidee
 
FISIOTERAPIA INTENSIVA APLICADA AO PACIENTE ONCOLÓGICO
FISIOTERAPIA INTENSIVA APLICADA AO PACIENTE ONCOLÓGICOFISIOTERAPIA INTENSIVA APLICADA AO PACIENTE ONCOLÓGICO
FISIOTERAPIA INTENSIVA APLICADA AO PACIENTE ONCOLÓGICO
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Fisioterapia Oncológica
Fisioterapia OncológicaFisioterapia Oncológica
Fisioterapia Oncológica
Fernanda Diaz
 
Actividade física no doente oncológico
Actividade física no doente oncológicoActividade física no doente oncológico
Actividade física no doente oncológico
Núcleo de Psicologia/Associação Oncológica do Algarve
 
FISIOTERAPIA ONCOLOGICA
FISIOTERAPIA ONCOLOGICAFISIOTERAPIA ONCOLOGICA
FISIOTERAPIA ONCOLOGICA
virigame
 
O papel da fisioterapia intensiva na UTI Oncológica
O papel da fisioterapia intensiva na UTI OncológicaO papel da fisioterapia intensiva na UTI Oncológica
O papel da fisioterapia intensiva na UTI Oncológica
IAPES - Instituto Amazonense de Aprimoramento e Ensino em Saúde
 
Apoio diagnostico-terapia-anatomia-somasus-vol4
Apoio diagnostico-terapia-anatomia-somasus-vol4Apoio diagnostico-terapia-anatomia-somasus-vol4
Apoio diagnostico-terapia-anatomia-somasus-vol4
Joceline Costa
 
Mapacirurgico
MapacirurgicoMapacirurgico
Mapacirurgico
crisenf
 
Manual estrutura ubs
Manual estrutura ubsManual estrutura ubs
Manual estrutura ubs
rosa07
 
Descrição sobre mapa de risco
Descrição sobre mapa de riscoDescrição sobre mapa de risco
Descrição sobre mapa de risco
Sandro Sartorte
 
Manual pratico para_elaboracao_projetos_ubs
Manual pratico para_elaboracao_projetos_ubsManual pratico para_elaboracao_projetos_ubs
Manual pratico para_elaboracao_projetos_ubs
Diane Carvalho
 
Slide share i simpósio de fisioterapia esportiva aplicada ao futebol.pps
Slide share i simpósio de fisioterapia esportiva aplicada ao futebol.ppsSlide share i simpósio de fisioterapia esportiva aplicada ao futebol.pps
Slide share i simpósio de fisioterapia esportiva aplicada ao futebol.pps
Claudionor Delgado
 
FISITIOTERAPIA ONCOLÓGICA
FISITIOTERAPIA ONCOLÓGICAFISITIOTERAPIA ONCOLÓGICA
FISITIOTERAPIA ONCOLÓGICA
Lorelle Vargas
 
Laboratorios
LaboratoriosLaboratorios
Laboratorios
Hacker32
 
Manual estrutura ubs - Unidade Básica de Saúde
Manual estrutura ubs - Unidade Básica de SaúdeManual estrutura ubs - Unidade Básica de Saúde
Manual estrutura ubs - Unidade Básica de Saúde
Carlos Elson Cunha
 
modelo-de-mapa-de-risco
modelo-de-mapa-de-riscomodelo-de-mapa-de-risco
modelo-de-mapa-de-risco
Patrícia Rodrigues
 
Aula Cuidados Pré Operatórios
Aula Cuidados Pré OperatóriosAula Cuidados Pré Operatórios
Aula Cuidados Pré Operatórios
fernandomadureira
 

Destaque (18)

Fisioterapia OncolóGica Uninorte
Fisioterapia OncolóGica UninorteFisioterapia OncolóGica Uninorte
Fisioterapia OncolóGica Uninorte
 
Fisioterapia oncológica
Fisioterapia oncológica Fisioterapia oncológica
Fisioterapia oncológica
 
FISIOTERAPIA INTENSIVA APLICADA AO PACIENTE ONCOLÓGICO
FISIOTERAPIA INTENSIVA APLICADA AO PACIENTE ONCOLÓGICOFISIOTERAPIA INTENSIVA APLICADA AO PACIENTE ONCOLÓGICO
FISIOTERAPIA INTENSIVA APLICADA AO PACIENTE ONCOLÓGICO
 
Fisioterapia Oncológica
Fisioterapia OncológicaFisioterapia Oncológica
Fisioterapia Oncológica
 
Actividade física no doente oncológico
Actividade física no doente oncológicoActividade física no doente oncológico
Actividade física no doente oncológico
 
FISIOTERAPIA ONCOLOGICA
FISIOTERAPIA ONCOLOGICAFISIOTERAPIA ONCOLOGICA
FISIOTERAPIA ONCOLOGICA
 
O papel da fisioterapia intensiva na UTI Oncológica
O papel da fisioterapia intensiva na UTI OncológicaO papel da fisioterapia intensiva na UTI Oncológica
O papel da fisioterapia intensiva na UTI Oncológica
 
Apoio diagnostico-terapia-anatomia-somasus-vol4
Apoio diagnostico-terapia-anatomia-somasus-vol4Apoio diagnostico-terapia-anatomia-somasus-vol4
Apoio diagnostico-terapia-anatomia-somasus-vol4
 
Mapacirurgico
MapacirurgicoMapacirurgico
Mapacirurgico
 
Manual estrutura ubs
Manual estrutura ubsManual estrutura ubs
Manual estrutura ubs
 
Descrição sobre mapa de risco
Descrição sobre mapa de riscoDescrição sobre mapa de risco
Descrição sobre mapa de risco
 
Manual pratico para_elaboracao_projetos_ubs
Manual pratico para_elaboracao_projetos_ubsManual pratico para_elaboracao_projetos_ubs
Manual pratico para_elaboracao_projetos_ubs
 
Slide share i simpósio de fisioterapia esportiva aplicada ao futebol.pps
Slide share i simpósio de fisioterapia esportiva aplicada ao futebol.ppsSlide share i simpósio de fisioterapia esportiva aplicada ao futebol.pps
Slide share i simpósio de fisioterapia esportiva aplicada ao futebol.pps
 
FISITIOTERAPIA ONCOLÓGICA
FISITIOTERAPIA ONCOLÓGICAFISITIOTERAPIA ONCOLÓGICA
FISITIOTERAPIA ONCOLÓGICA
 
Laboratorios
LaboratoriosLaboratorios
Laboratorios
 
Manual estrutura ubs - Unidade Básica de Saúde
Manual estrutura ubs - Unidade Básica de SaúdeManual estrutura ubs - Unidade Básica de Saúde
Manual estrutura ubs - Unidade Básica de Saúde
 
modelo-de-mapa-de-risco
modelo-de-mapa-de-riscomodelo-de-mapa-de-risco
modelo-de-mapa-de-risco
 
Aula Cuidados Pré Operatórios
Aula Cuidados Pré OperatóriosAula Cuidados Pré Operatórios
Aula Cuidados Pré Operatórios
 

Semelhante a Centro de fisioterapia

Reabilitação Física X Toxina Botulínica
Reabilitação Física X Toxina BotulínicaReabilitação Física X Toxina Botulínica
Reabilitação Física X Toxina Botulínica
adonems
 
Fisioterapia traumato ortopédica
Fisioterapia traumato ortopédica Fisioterapia traumato ortopédica
Fisioterapia traumato ortopédica
Brasil Telecom/OI
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
Yngrid Bandeira
 
Folha do motorista de táxi matéria de quiropraxia dr. fabio corsini
Folha do motorista de táxi   matéria de quiropraxia dr. fabio corsiniFolha do motorista de táxi   matéria de quiropraxia dr. fabio corsini
Folha do motorista de táxi matéria de quiropraxia dr. fabio corsini
Fabio Motta
 
Jornal Comunidade SC_Fevereiro 2013
Jornal Comunidade SC_Fevereiro 2013Jornal Comunidade SC_Fevereiro 2013
Jornal Comunidade SC_Fevereiro 2013
Alexsander Silva
 
E.D.F
E.D.FE.D.F
Divulgação eneft 2013
Divulgação eneft 2013Divulgação eneft 2013
Divulgação eneft 2013
Peroneo Centro Terapêutico
 
Tratamento Fisioterapico
Tratamento FisioterapicoTratamento Fisioterapico
Tratamento Fisioterapico
Acquanews
 
Atividade na gestação
Atividade na gestaçãoAtividade na gestação
Atividade na gestação
Ana Castro
 
Protocolo de Assistência aos Casos Crônicos de Chikungunya
Protocolo de Assistência aos Casos Crônicos de ChikungunyaProtocolo de Assistência aos Casos Crônicos de Chikungunya
Protocolo de Assistência aos Casos Crônicos de Chikungunya
Centro Universitário Ages
 
Massoterapiaaplicada
MassoterapiaaplicadaMassoterapiaaplicada
Massoterapiaaplicada
calfono
 
Reabilitação aquática débora marques
Reabilitação aquática débora marquesReabilitação aquática débora marques
Reabilitação aquática débora marques
Debora_Marques
 
FISIOTERAPIA PREVENTIVA
FISIOTERAPIA PREVENTIVAFISIOTERAPIA PREVENTIVA
FISIOTERAPIA PREVENTIVA
julianaaraujorosa
 
Workshop Ph Fisiotrainer 24/03/12
Workshop Ph Fisiotrainer 24/03/12Workshop Ph Fisiotrainer 24/03/12
Workshop Ph Fisiotrainer 24/03/12
simoneroselin
 
Aula cetrata 2
Aula cetrata 2Aula cetrata 2
Aula cetrata 2
Yngrid Bandeira
 
Fisioterapia - As Várias Maneiras de Cuidar
Fisioterapia - As Várias Maneiras de CuidarFisioterapia - As Várias Maneiras de Cuidar
Fisioterapia - As Várias Maneiras de Cuidar
Márcio Borges
 
Atualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização PrecoceAtualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização Precoce
Mariana Biason
 
Workshop Ph Fisiotrainer
Workshop Ph FisiotrainerWorkshop Ph Fisiotrainer
Workshop Ph Fisiotrainer
simoneroselin
 
Fisioterapia em pacientes críticos adultos diretrizes da amib
Fisioterapia em pacientes críticos adultos diretrizes da amibFisioterapia em pacientes críticos adultos diretrizes da amib
Fisioterapia em pacientes críticos adultos diretrizes da amib
Géssyca Thayza
 
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Evelyn Feitosa
 

Semelhante a Centro de fisioterapia (20)

Reabilitação Física X Toxina Botulínica
Reabilitação Física X Toxina BotulínicaReabilitação Física X Toxina Botulínica
Reabilitação Física X Toxina Botulínica
 
Fisioterapia traumato ortopédica
Fisioterapia traumato ortopédica Fisioterapia traumato ortopédica
Fisioterapia traumato ortopédica
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
Folha do motorista de táxi matéria de quiropraxia dr. fabio corsini
Folha do motorista de táxi   matéria de quiropraxia dr. fabio corsiniFolha do motorista de táxi   matéria de quiropraxia dr. fabio corsini
Folha do motorista de táxi matéria de quiropraxia dr. fabio corsini
 
Jornal Comunidade SC_Fevereiro 2013
Jornal Comunidade SC_Fevereiro 2013Jornal Comunidade SC_Fevereiro 2013
Jornal Comunidade SC_Fevereiro 2013
 
E.D.F
E.D.FE.D.F
E.D.F
 
Divulgação eneft 2013
Divulgação eneft 2013Divulgação eneft 2013
Divulgação eneft 2013
 
Tratamento Fisioterapico
Tratamento FisioterapicoTratamento Fisioterapico
Tratamento Fisioterapico
 
Atividade na gestação
Atividade na gestaçãoAtividade na gestação
Atividade na gestação
 
Protocolo de Assistência aos Casos Crônicos de Chikungunya
Protocolo de Assistência aos Casos Crônicos de ChikungunyaProtocolo de Assistência aos Casos Crônicos de Chikungunya
Protocolo de Assistência aos Casos Crônicos de Chikungunya
 
Massoterapiaaplicada
MassoterapiaaplicadaMassoterapiaaplicada
Massoterapiaaplicada
 
Reabilitação aquática débora marques
Reabilitação aquática débora marquesReabilitação aquática débora marques
Reabilitação aquática débora marques
 
FISIOTERAPIA PREVENTIVA
FISIOTERAPIA PREVENTIVAFISIOTERAPIA PREVENTIVA
FISIOTERAPIA PREVENTIVA
 
Workshop Ph Fisiotrainer 24/03/12
Workshop Ph Fisiotrainer 24/03/12Workshop Ph Fisiotrainer 24/03/12
Workshop Ph Fisiotrainer 24/03/12
 
Aula cetrata 2
Aula cetrata 2Aula cetrata 2
Aula cetrata 2
 
Fisioterapia - As Várias Maneiras de Cuidar
Fisioterapia - As Várias Maneiras de CuidarFisioterapia - As Várias Maneiras de Cuidar
Fisioterapia - As Várias Maneiras de Cuidar
 
Atualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização PrecoceAtualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização Precoce
 
Workshop Ph Fisiotrainer
Workshop Ph FisiotrainerWorkshop Ph Fisiotrainer
Workshop Ph Fisiotrainer
 
Fisioterapia em pacientes críticos adultos diretrizes da amib
Fisioterapia em pacientes críticos adultos diretrizes da amibFisioterapia em pacientes críticos adultos diretrizes da amib
Fisioterapia em pacientes críticos adultos diretrizes da amib
 
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
 

Mais de Clinionco Tratamento Integrado do Câncer

Centro de psicooncologia
Centro de psicooncologiaCentro de psicooncologia
Centro de próstata e urológico
Centro de próstata e urológicoCentro de próstata e urológico
Centro de próstata e urológico
Clinionco Tratamento Integrado do Câncer
 
Centro de prevenção
Centro de prevençãoCentro de prevenção
Centro de mama
Centro de mamaCentro de mama
Centro de intestino
Centro de intestinoCentro de intestino
Centro de cancer de pele e melanoma
Centro de cancer de pele e melanomaCentro de cancer de pele e melanoma
Centro de cancer de pele e melanoma
Clinionco Tratamento Integrado do Câncer
 

Mais de Clinionco Tratamento Integrado do Câncer (6)

Centro de psicooncologia
Centro de psicooncologiaCentro de psicooncologia
Centro de psicooncologia
 
Centro de próstata e urológico
Centro de próstata e urológicoCentro de próstata e urológico
Centro de próstata e urológico
 
Centro de prevenção
Centro de prevençãoCentro de prevenção
Centro de prevenção
 
Centro de mama
Centro de mamaCentro de mama
Centro de mama
 
Centro de intestino
Centro de intestinoCentro de intestino
Centro de intestino
 
Centro de cancer de pele e melanoma
Centro de cancer de pele e melanomaCentro de cancer de pele e melanoma
Centro de cancer de pele e melanoma
 

Centro de fisioterapia

  • 1. ORIENTAÇÕES GERAIS LEMBRE-SE: NOSSO OBJETIVO É Mantenha, na medida do possível, as ativi- ? PROPORCIONAR-LHE dades rotineiras; BEM-ESTAR, ORIENTANDO, ? Tente movimentar-se: caminhe, levante e sente na cadeira. Faça algumas atividades sem EVITANDO E/OU MINIMIZANDO auxílio de terceiros; ALGUMAS ALTERAÇÕES QUE ?inspirações e expirações profundas Realize POSSAM SURGIR DURANTE algumas vezes durante o dia; O TRATAMENTO. ? Permita-se períodos de descanso, respeite os limites de seu corpo; ? Relaxe; ? sua postura. Cuide da POR QUE FAZER FISIOTERAPIA? Fisioterapia em O atendimento fisioterapêutico é indicado R. Dona Laura, 226 - sala 301 Oncologia Moinhos de Vento - POA/RS para solucionar, evitar ou minimizar sequelas Fone: (51) 4009.6000 | (51) 3086.9416 e/ou complicações do tratamento contra o câncer. O objetivo é manter, tanto quanto possível, a independência e funcionalidade do paciente para retorno às atividades anteriores. Por meio de minuciosa avaliação, o fisiotera- peuta poderá orientar e planejar um adequado Elaboração: e individualizado acompanhamento terapêuti- Fisio. Greice Verza co. Fisio. Iara Rodrigues da Silva Fisio. Roberto Roy Resp. Técnico: Dr. Jeferson Vinholes Centro de Fisioterapia e CRM 16.745 Nutrição em Oncologia
  • 2. O QUE É O CENTRO? evita complicações e disfunções nos órgãos reações psicológicas que levam a uma resposta adjacentes a mama, o que poderá levar a somática traduzida pelo relaxamento e sensa- Em busca da excelência no atendimento dificuldades no desempenho das atividades ção de bem estar. integral ao paciente, o Centro de Fisioterapia diárias do paciente. O tratamento é individuali- ? Fisioterapia em oncologia geral: a fisiote- em Oncologia da CliniOnco tornou-se uma zado, desta forma contribui para a amplitude rapia é um suporte importantíssimo ao pacien- inovadora e específica área de atuação da de movimento e funcionalidade, proporcio- te em tratamento oncológico. Os sinais e fisioterapia. Oferece atendimento aos pacien- nando o retorno as atividades anteriores, sintomas que os pacientes possam apresentar, tes que precisam de acompanhamento antes e ocupacionais, desportivas e outras, em menor tais como: cansaço, dor, dificuldades ao movi- após a cirurgia e/ou quimioterapia, bem como espaço de tempo possível. mentar-se, falta de força, reações a quimiotera- durante ou após a radioterapia. ? Condicionamento físico: o condiciona- pia e/ou a radioterapia, entre outros, podem mento físico através de exercícios aeróbicos e ser devidamente manejados com a intervenção PRINCIPAIS ATUAÇÕES DA FISIOTERAPIA musculares globais, indicados para cada caso do fisioterapeuta. NA CLINIONCO: específico, somados a uma monitorização Fadiga muscular; ? adequada, tornou-se elemento importante na Reeducação postural; ? manutenção muscular e condicionamento Dor; ? cardiopulmonar dos pacientes em tratamento ? respiratórias; Alterações oncológico. ? de movimentos; Limitação ? Fisioterapia respiratória: esta fisioterapia ? (inchaços) em geral; Edemas auxilia na prevenção de complicações respira- Incontinência urinária e distúrbios genituri- ? tórias, oferece suporte no pré e pós operatório nários; de grandes cirurgias, atua em doenças respira- ? cicatriciais e teciduais; Alterações tórias associadas através de equipamentos ? musculoesqueléticas; Alterações específicos e orientações pontuais para cada ? Orientações e encaminhamentos. paciente. ? manual e tratamento da dor: a Terapia A FISIOTERAPIA ONCOLÓGICA eletroterapia junto com a manipulação e DESENVOLVE AS SEGUINTES ATIVIDADES: mobilização manual tratam as deficiências Fisioterapia aplicada ao câncer de mama: ? neuromusculares, como perda de equilíbrio e a fisioterapia para a região mamária é funda- movimento. Estas terapias, além de tratar a dor, mental após uma cirurgia ou tratamento, pois permitem correção postural e ocasionam