SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 107
Prof. Ms . SCHNEYDER RODRIGUES JATI NAVEGANDO PELO CONHECIMENTO CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE ITAITUBA Enfermagem Portaria de Autorização: 2.557 de 15 de Setembro de 2003. CITOLOGIA E EMBRIOLOGIA  108 HRS
A) Etimologia: Do grego Kytos, “célula”, e logos, “estudo”. B) Conceito:  ramo da biologia que estuda a célula, sua estrutura, função e organização; CITOLOGIA
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Células procariotas e eucariotas
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Glicocálix
GLICOCÁLICE
[object Object],[object Object],Funções do Glicocálice
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Funções do Glicocálice
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Parede   Celular
Membrana Plasmática
xx/xx
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Tipos de membranas
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],MEMBRANA PLASMÁTICA  - Funções
MEMBRANA PLASMÁTICA Composição química LIPÍDIOS , PROTEÍNAS E AÇÚCARES Fluído Extracelular Glicoproteína Glicolipído Carboidratos Colesterol Citoplasma Filamentos de citoesqueleto  Proteínas periféricas Proteína  Integral
[object Object],Modelo de Singer  e Nicolson (1972) Modelo do Mosaico Fluido Proteínas embebidas na bicamada lipídica; Membrana plasmática - Estrutura
 
   Hidrofílica (cabeça)    Hidrofóbica (caudas) Moléculas Anfipáticas LIPÍDEOS DE MEMBRANAS
Fosfolipídeos Fosfatidilcolina Fosfatidiletanolamina Fosfatidilserina Esfingomielina
Flip Flop  Rotação  Difusão Lateral  dependente da temperatura 1- Fluidez da membrana Fluido Bidimensional    movimentação dos fosfolipídeos dentro da bicamada
Composição Fosfolipídica Natureza das caudas de hidrocarbonetos  Caudas curtas (maior fluidez) que caudas longas Insaturação (maior fluidez) que saturação INSATURADOS - viscosa + fluida SATURADOS + viscosa - fluida 1- Fluidez da membrana
1- Fluidez da membrana Colesterol Modula a fluidez das membranas em células animais Enrijece a bicamada lipídica, tornando-a menos fluida e menos permeável
Diferenças na composição da bicamada entre as faces citosólica e extracelular  2- Assimetria da Bicamada Lipídica
Crescimento da membrana Flipases  2- Assimetria da Bicamada Lipídica
Barreira hidrofóbica impermeável a solutos e íons    tamanho da molécula    solubilidade da molécula (em óleo) 3- Permeabilidade da Bicamada Lipídica
 
Microfotografia da membrana plasmática
Transporte através das membranas  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Transporte passivo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Difusão simples ,[object Object],[object Object],[object Object]
Difusão Facilitada ,[object Object]
Osmose ,[object Object],[object Object],Plasmólise Deplasmólise
 
 
Transporte Ativo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
 
Endocitose ou Transporte em bloco ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Fagocitose ,[object Object],[object Object],[object Object]
Pinocitose ,[object Object],[object Object]
Exocitose ,[object Object],[object Object]
Partículas sólidas Partículas líquidas
Membrana Plasmática: Especializações de membrana
ESPECIALIZAÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA SUPERFÍCIE APICAL DA CÉLULA SUPERFÍCIE BASO-LATERAL DA CÉLULA 1- Microvilosidades 2- Cílios/Flagelos 3- Estereocílios 1- Junções celulares Junções célula-célula Junções célula-matriz extracelular
ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFÍCIE APICAL DA MEMBRANA MICROVILOSIDADES -Projeções cilíndricas do citoplasma, envolvidas por membrana que se projetam da superfície apical da célula -São imóveis -Aumentam a área de superfície celular -Filamentos de actina
microvilosidades glicocálice MICROVILOSIDADES
ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFÍCIE APICAL DA MEMBRANA ESTEREOCÍLIOS -São parecidos com microvilosidades-  mais longas e ramificadas -São imóveis -Encontrados no epidídimo e nas células pilosas do ouvido interno -Aumentam a área de superfície das células -Filamentos de actina mais discretos que nas microvilosidades
CÍLIOS/FLAGELOS
ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFÍCIE APICAL DA MEMBRANA CÍLIOS -Projeções cilíndricas MÓVEIS, semelhantes a pêlos -Função: propulsão de muco e de outras substâncias sobre a superfície do epitélio, através de rápidas oscilações rítmicas e no caso dos flagelos funcionam na locomoção -Microtúbulos organizados (9 + 2), inseridos no corpúsculo basal
ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFÍCIE BASO-LATERAL DA CÉLULA  JUNÇÕES CELULARES JUNÇÃO OCLUSIVA JUNÇÕES JUNÇÃO ADERENTE DESMOSSOMA JUNÇÃO COMUNICANTE COMPLEXO JUNCIONAL Matriz extracelular
Une as células formando uma barreira impermeável JUNÇÃO OCLUSIVA Evita movimentação de moléculas entre diferentes domínios de membrana
Cinturão de adesão apical, abaixo junção oclusiva
 
*   Formada por 6 proteínas transmembranas – conexinas *   Regulada   abrem e fecham
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Citoplasma
Componentes celulares ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Organelas Citoplasmáticas
Mapa geral
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Retículo Endoplasmático
RE rugoso (granular/ergastoplasma)  -  responsável pela  síntese de proteínas  e tem aderido os ribossomos. Formado por sistema de vesículas ribossomo Retículo Endoplasmático
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Mitocôndrias
[object Object],[object Object],Partículas sólidas Partículas líquidas Lisossomos
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Centríolos
Organela composta por sacos achatados ( dictiossomos) e por vesículas do RE liso. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Complexo de Golgi
Ribossomos são os locais de síntese de proteína. Eles não são limitados por membranas e portanto ocorrem tanto em procariontes quanto em eucariontes. Unidos pelo RNAm  formam o polissomo Ribossomos
 
Estrutura de um cromossomo durante interfáse
Cromossomo Condensado
Cromossomos quanto a posição do centrômero
Molécula de DNA
Duplicação da Molécula de DNA.
 
Transcrição Gênica.
Ribossomo, RNAt, Aminoácido.
Relação entre:
1) Etapa do processo de Tradução Gênica
2) Etapa do processo de Tradução Gênica
3) Etapa do processo de Tradução Gênica
4) Etapa do processo de Tradução Gênica
Núcleo e Divisão Celular
Núcleo Celular Portador dos fatores hereditários e  controlador das atividades metabólicas.
Núcleo Celular Uma célula em intérfase, isto é, que não está se dividindo, apresenta os seguintes componentes : 1.  Carioteca  - envoltório nuclear, formada por duas membranas com poros, onde há intercâmbio de substâncias entre o núcleo e o citoplasma.  2.  Nucleoplasma , Cariolinfa ou Suco Nuclear- é uma massa incolor constituída principalmente de água e proteínas. 3.  Nucléolo  - Trata-se de um corpúsculo esponjoso e desprovido de membranas, que se encontra em contato direto com o suco nuclear, rico em RNA ribossômico.
Núcleo Celular ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],Cromonema = Cromossomo
Cromonema = Cromossomo http://www.universitario.com.br/celo/aulas/DNA.exe
Cromossomo é uma única molécula de DNA ,[object Object]
[object Object]
[object Object],MULHER 2n=46 n=23
Cariótipo   ,[object Object]
Cariótipo ,[object Object]
Ciclo Celular ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Ciclo Celular ,[object Object],[object Object],http://science.education.nih.gov/supplements/nih1/cancer/activities/activity2_animations.htm
Ciclo Celular ,[object Object]
Ciclo Celular
Aparelho Mitótico. ,[object Object],[object Object],[object Object]
http://www.johnkyrk.com/mitosis.html
Mitose ,[object Object],http://www.cellsalive.com/mitosis.htm
Mitose : Funções ,[object Object]
Mitose e Câncer ,[object Object]
O que são células-tronco?     ,[object Object]
Mitose
Meiose ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Meiose
MITOSE MEIOSE   1 Uma divisão nuclear e uma divisão citoplasmática por ciclo Duas divisões nucleares e duas divisões citoplasmáticas por ciclo 2 Uma célula-mãe produz duas células- filhas Uma célula-mãe produz quatro células-filhas 3 Os conteúdos genéticos das células –filhas são idênticos entre si e também iguais aos da célula-mãe.  Os conteúdos genéticos das células –filhas diferem da célula-mãe também entre si 4 O número de cromossomos das células-filhas é o mesmo que o da célula-mãe O número de cromossomos das células-filhas é metade do da célula-mãe 5 Os cromossomos não entram em sinapse. Os cromossomos entram em sinapse 6 Não existe permutação entre os homólogos  Existe permutação entre os homólogos 7 Não há formação de quiasmas ente os homólogos Ocorre formação de quiasmas ente os homólogos 8 Produtos mitóticos geralmente são capazes de sofrer outras divisões mitóticas subseqüentes. Produtos mitóticos não podem são sofrer outras divisões meiótica, embora possam ser submetidos à divisão mitótica.  9 Ocorre normalmente na maioria das células somáticas. Ocorre em células germinativas, em célula-mãe de esporos e zigoto de muitas algas e fungos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (18)

Aula03: A SUPERFÍCIE CELULAR INTERCÂMBIO ENTRE A CÉLULA E O MEIO
Aula03: A SUPERFÍCIECELULAR INTERCÂMBIO ENTRE ACÉLULA E O MEIOAula03: A SUPERFÍCIECELULAR INTERCÂMBIO ENTRE ACÉLULA E O MEIO
Aula03: A SUPERFÍCIE CELULAR INTERCÂMBIO ENTRE A CÉLULA E O MEIO
 
Membrana completa
Membrana completaMembrana completa
Membrana completa
 
A membrana plasmática e a permeabilidade
A membrana plasmática e a permeabilidadeA membrana plasmática e a permeabilidade
A membrana plasmática e a permeabilidade
 
Célula eucariótica
Célula eucarióticaCélula eucariótica
Célula eucariótica
 
Envoltórios celulares
Envoltórios celularesEnvoltórios celulares
Envoltórios celulares
 
Membrana plasmatica e_transporte_2018
Membrana plasmatica e_transporte_2018Membrana plasmatica e_transporte_2018
Membrana plasmatica e_transporte_2018
 
A membrana plasmática(5o grupo)
A membrana plasmática(5o grupo)A membrana plasmática(5o grupo)
A membrana plasmática(5o grupo)
 
Membrana Plasmática
Membrana PlasmáticaMembrana Plasmática
Membrana Plasmática
 
Membrana plasmática
Membrana plasmáticaMembrana plasmática
Membrana plasmática
 
Biologia membrana plamática i
Biologia   membrana plamática iBiologia   membrana plamática i
Biologia membrana plamática i
 
Retículo endoplasmático
Retículo endoplasmáticoRetículo endoplasmático
Retículo endoplasmático
 
A membrana plasmática
A membrana plasmáticaA membrana plasmática
A membrana plasmática
 
Organelas avaliação II
Organelas   avaliação IIOrganelas   avaliação II
Organelas avaliação II
 
Membrana plasmática (plasmalema)
Membrana plasmática (plasmalema)Membrana plasmática (plasmalema)
Membrana plasmática (plasmalema)
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
05) membrana plasmática
05) membrana plasmática05) membrana plasmática
05) membrana plasmática
 
Membrana plasmática
Membrana  plasmáticaMembrana  plasmática
Membrana plasmática
 
Aula 05 membrana plasmática e transportes
Aula 05   membrana plasmática e transportesAula 05   membrana plasmática e transportes
Aula 05 membrana plasmática e transportes
 

Destaque

Citoplasma e organelas
Citoplasma e organelasCitoplasma e organelas
Citoplasma e organelasprofatatiana
 
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTEMEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTEMARCIAMP
 
Morfologia leucocitos
Morfologia leucocitosMorfologia leucocitos
Morfologia leucocitosdhiegolucas
 
Citoplasma e organelas citoplasmáticas
Citoplasma e organelas citoplasmáticasCitoplasma e organelas citoplasmáticas
Citoplasma e organelas citoplasmáticasaferna
 

Destaque (13)

Organelas citoplasmáticas
Organelas citoplasmáticasOrganelas citoplasmáticas
Organelas citoplasmáticas
 
Citoesqueleto
CitoesqueletoCitoesqueleto
Citoesqueleto
 
Citoplasma e organelas
Citoplasma e organelasCitoplasma e organelas
Citoplasma e organelas
 
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTEMEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
 
Mitocondria
MitocondriaMitocondria
Mitocondria
 
Morfologia leucocitos
Morfologia leucocitosMorfologia leucocitos
Morfologia leucocitos
 
Citoplasma e organelas citoplasmáticas
Citoplasma e organelas citoplasmáticasCitoplasma e organelas citoplasmáticas
Citoplasma e organelas citoplasmáticas
 
Citoplasma e organelas
Citoplasma e organelasCitoplasma e organelas
Citoplasma e organelas
 
Membrana plasmática
Membrana plasmáticaMembrana plasmática
Membrana plasmática
 
Células ppt
Células   pptCélulas   ppt
Células ppt
 
Células
CélulasCélulas
Células
 
Aula sobre células
Aula sobre célulasAula sobre células
Aula sobre células
 
A célula
A célulaA célula
A célula
 

Semelhante a Biologia fai enfermagem 2 semestre 2011 ok

Semelhante a Biologia fai enfermagem 2 semestre 2011 ok (20)

Membrana E Transporte
Membrana E TransporteMembrana E Transporte
Membrana E Transporte
 
Envoltórios da célula
Envoltórios da célulaEnvoltórios da célula
Envoltórios da célula
 
Citologia.ppt
Citologia.pptCitologia.ppt
Citologia.ppt
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Uf ba.rabelo.aula.membrana.1
Uf ba.rabelo.aula.membrana.1Uf ba.rabelo.aula.membrana.1
Uf ba.rabelo.aula.membrana.1
 
Biologia Celular
Biologia CelularBiologia Celular
Biologia Celular
 
Aula Citologia
Aula CitologiaAula Citologia
Aula Citologia
 
Citoplasma
Citoplasma Citoplasma
Citoplasma
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Bio celular e molecular
Bio celular e molecularBio celular e molecular
Bio celular e molecular
 
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticasTransportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
Transportes através da membrana e organelas citoplasmáticas
 
Organelas avaliação ii
Organelas   avaliação iiOrganelas   avaliação ii
Organelas avaliação ii
 
Organelas avaliação ii
Organelas   avaliação iiOrganelas   avaliação ii
Organelas avaliação ii
 
Organelas avaliação II
Organelas   avaliação IIOrganelas   avaliação II
Organelas avaliação II
 
Aula citologia 1ºanos erem
Aula citologia 1ºanos eremAula citologia 1ºanos erem
Aula citologia 1ºanos erem
 
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
 
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
 
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02Aulacitologia 091108142823-phpapp02
Aulacitologia 091108142823-phpapp02
 
Organelas citoplasmáticas
Organelas citoplasmáticasOrganelas citoplasmáticas
Organelas citoplasmáticas
 

Último

CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanomarla71199
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreLeandroLima265595
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaANNAPAULAAIRESDESOUZ
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfbragamoysesaline
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfFbioFerreira207918
 

Último (20)

CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 

Biologia fai enfermagem 2 semestre 2011 ok

  • 1. Prof. Ms . SCHNEYDER RODRIGUES JATI NAVEGANDO PELO CONHECIMENTO CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE ITAITUBA Enfermagem Portaria de Autorização: 2.557 de 15 de Setembro de 2003. CITOLOGIA E EMBRIOLOGIA 108 HRS
  • 2. A) Etimologia: Do grego Kytos, “célula”, e logos, “estudo”. B) Conceito: ramo da biologia que estuda a célula, sua estrutura, função e organização; CITOLOGIA
  • 3.
  • 4.  
  • 5.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 11. xx/xx
  • 12.
  • 13.
  • 14. MEMBRANA PLASMÁTICA Composição química LIPÍDIOS , PROTEÍNAS E AÇÚCARES Fluído Extracelular Glicoproteína Glicolipído Carboidratos Colesterol Citoplasma Filamentos de citoesqueleto Proteínas periféricas Proteína Integral
  • 15.
  • 16.  
  • 17. Hidrofílica (cabeça)  Hidrofóbica (caudas) Moléculas Anfipáticas LIPÍDEOS DE MEMBRANAS
  • 18. Fosfolipídeos Fosfatidilcolina Fosfatidiletanolamina Fosfatidilserina Esfingomielina
  • 19. Flip Flop Rotação Difusão Lateral dependente da temperatura 1- Fluidez da membrana Fluido Bidimensional  movimentação dos fosfolipídeos dentro da bicamada
  • 20. Composição Fosfolipídica Natureza das caudas de hidrocarbonetos Caudas curtas (maior fluidez) que caudas longas Insaturação (maior fluidez) que saturação INSATURADOS - viscosa + fluida SATURADOS + viscosa - fluida 1- Fluidez da membrana
  • 21. 1- Fluidez da membrana Colesterol Modula a fluidez das membranas em células animais Enrijece a bicamada lipídica, tornando-a menos fluida e menos permeável
  • 22. Diferenças na composição da bicamada entre as faces citosólica e extracelular 2- Assimetria da Bicamada Lipídica
  • 23. Crescimento da membrana Flipases 2- Assimetria da Bicamada Lipídica
  • 24. Barreira hidrofóbica impermeável a solutos e íons  tamanho da molécula  solubilidade da molécula (em óleo) 3- Permeabilidade da Bicamada Lipídica
  • 25.  
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.  
  • 33.  
  • 34.
  • 35.
  • 36.  
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 43. ESPECIALIZAÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA SUPERFÍCIE APICAL DA CÉLULA SUPERFÍCIE BASO-LATERAL DA CÉLULA 1- Microvilosidades 2- Cílios/Flagelos 3- Estereocílios 1- Junções celulares Junções célula-célula Junções célula-matriz extracelular
  • 44. ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFÍCIE APICAL DA MEMBRANA MICROVILOSIDADES -Projeções cilíndricas do citoplasma, envolvidas por membrana que se projetam da superfície apical da célula -São imóveis -Aumentam a área de superfície celular -Filamentos de actina
  • 46. ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFÍCIE APICAL DA MEMBRANA ESTEREOCÍLIOS -São parecidos com microvilosidades- mais longas e ramificadas -São imóveis -Encontrados no epidídimo e nas células pilosas do ouvido interno -Aumentam a área de superfície das células -Filamentos de actina mais discretos que nas microvilosidades
  • 48. ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFÍCIE APICAL DA MEMBRANA CÍLIOS -Projeções cilíndricas MÓVEIS, semelhantes a pêlos -Função: propulsão de muco e de outras substâncias sobre a superfície do epitélio, através de rápidas oscilações rítmicas e no caso dos flagelos funcionam na locomoção -Microtúbulos organizados (9 + 2), inseridos no corpúsculo basal
  • 49. ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFÍCIE BASO-LATERAL DA CÉLULA JUNÇÕES CELULARES JUNÇÃO OCLUSIVA JUNÇÕES JUNÇÃO ADERENTE DESMOSSOMA JUNÇÃO COMUNICANTE COMPLEXO JUNCIONAL Matriz extracelular
  • 50. Une as células formando uma barreira impermeável JUNÇÃO OCLUSIVA Evita movimentação de moléculas entre diferentes domínios de membrana
  • 51. Cinturão de adesão apical, abaixo junção oclusiva
  • 52.  
  • 53. * Formada por 6 proteínas transmembranas – conexinas * Regulada abrem e fecham
  • 54.  
  • 55.
  • 56.
  • 57.
  • 60.
  • 61. RE rugoso (granular/ergastoplasma) - responsável pela síntese de proteínas e tem aderido os ribossomos. Formado por sistema de vesículas ribossomo Retículo Endoplasmático
  • 62.
  • 63.
  • 64.
  • 65.
  • 66. Ribossomos são os locais de síntese de proteína. Eles não são limitados por membranas e portanto ocorrem tanto em procariontes quanto em eucariontes. Unidos pelo RNAm formam o polissomo Ribossomos
  • 67.  
  • 68. Estrutura de um cromossomo durante interfáse
  • 70. Cromossomos quanto a posição do centrômero
  • 73.  
  • 77. 1) Etapa do processo de Tradução Gênica
  • 78. 2) Etapa do processo de Tradução Gênica
  • 79. 3) Etapa do processo de Tradução Gênica
  • 80. 4) Etapa do processo de Tradução Gênica
  • 82.
  • 83.
  • 84. Núcleo Celular Portador dos fatores hereditários e controlador das atividades metabólicas.
  • 85. Núcleo Celular Uma célula em intérfase, isto é, que não está se dividindo, apresenta os seguintes componentes : 1. Carioteca - envoltório nuclear, formada por duas membranas com poros, onde há intercâmbio de substâncias entre o núcleo e o citoplasma. 2. Nucleoplasma , Cariolinfa ou Suco Nuclear- é uma massa incolor constituída principalmente de água e proteínas. 3. Nucléolo - Trata-se de um corpúsculo esponjoso e desprovido de membranas, que se encontra em contato direto com o suco nuclear, rico em RNA ribossômico.
  • 86.
  • 87.
  • 88. Cromonema = Cromossomo http://www.universitario.com.br/celo/aulas/DNA.exe
  • 89.
  • 90.
  • 91.
  • 92.
  • 93.
  • 94.
  • 95.
  • 96.
  • 98.
  • 100.
  • 101.
  • 102.
  • 103.
  • 104. Mitose
  • 105.
  • 106. Meiose
  • 107. MITOSE MEIOSE   1 Uma divisão nuclear e uma divisão citoplasmática por ciclo Duas divisões nucleares e duas divisões citoplasmáticas por ciclo 2 Uma célula-mãe produz duas células- filhas Uma célula-mãe produz quatro células-filhas 3 Os conteúdos genéticos das células –filhas são idênticos entre si e também iguais aos da célula-mãe. Os conteúdos genéticos das células –filhas diferem da célula-mãe também entre si 4 O número de cromossomos das células-filhas é o mesmo que o da célula-mãe O número de cromossomos das células-filhas é metade do da célula-mãe 5 Os cromossomos não entram em sinapse. Os cromossomos entram em sinapse 6 Não existe permutação entre os homólogos Existe permutação entre os homólogos 7 Não há formação de quiasmas ente os homólogos Ocorre formação de quiasmas ente os homólogos 8 Produtos mitóticos geralmente são capazes de sofrer outras divisões mitóticas subseqüentes. Produtos mitóticos não podem são sofrer outras divisões meiótica, embora possam ser submetidos à divisão mitótica. 9 Ocorre normalmente na maioria das células somáticas. Ocorre em células germinativas, em célula-mãe de esporos e zigoto de muitas algas e fungos.