SlideShare uma empresa Scribd logo
COMO APLICAR A TERAPIA ABA?
28 de jun de 2018
Uma das principais ferramentas para desenvolver uma pessoa no
Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é a Análise Aplicada do
Comportamento (Applied Behavior Analysis – ABA). De crianças à adultos, a
ABA contribui para melhorar comportamentos socialmente importantes e,
assim, permitir àquele que está no espectro ter suas habilidades aperfeiçoadas,
bem como manejar suas limitações, contribuindo com seu desenvolvimento.
Existente há mais de 50 anos, a ABA é um tratamento baseado em
evidências científicas que atestam sua eficácia. Consiste em um conjunto de
procedimentos e intervenções destinados a aumentar comportamentos
positivos, ensinar novas habilidades, que possibilitem à criança se integrar em
novos ambientes e reduzir comportamentos prejudiciais a ela, como a
autoagressão.
Suas técnicas possibilitam ampliar a capacidade cognitiva, motora, de
linguagem e de integração social, procurando reduzir por meio de práticas de
repetição e esforço comportamentos negativos que possam causar danos ou
interferir no processo de aprendizagem podendo auxiliar no aperfeiçoamento
de habilidades básicas, como olhar, ouvir e imitar, ou complexas, como ler,
conversar e interagir com o outro.
Há várias abordagens diferentes de ABA. Desde as mais estruturadas
até aquelas lúdicas, aplicadas por meio de brincadeiras. Para aplicar como
profissional é preciso ser especializado (analistas de comportamento
certificados). De acordo com o Child Mind Institute, uma instituição
internacional sem fins lucrativos, dedicada a transformar a vida de crianças e
famílias que lutam contra problemas de saúde mental e de aprendizagem, a
demanda por especialistas certificada é tão alta que muitos deles não oferecem
a terapia direta e, em vez disso, consultam, ajudando as famílias a contratar
profissionais qualificados que podem não ter a certificação de analista, mas são
supervisionados de perto por alguém tenha. Esses são chamados de técnicos
de comportamento registrado.
Terapeutas ocupacionais, educadores físicos, são exemplos de
profissionais que atuam em equipes multidisciplinares ligadas ao TEA que
podem se beneficiar de um treinamento ABA.
Todos podem aprender sobre a ciência ABA para trabalhar com
seus filhos, alunos e/ou pacientes.
Como aplicar ABA sendo pai ou educador?
Uma das características mais positivas de ABA é que ela não requer o
uso de equipamentos ou ferramentas caras, o que possibilita ser trabalhada
não apenas por profissionais. Ela pode ser praticada em casa, com suporte dos
pais e familiares, na escola, complementando as atividades desenvolvidas por
analistas comportamentais (que são mais técnicas).
Na prática, há algumas medidas simples que podem ser aplicadas
informalmente por aqueles que convivem com quem está no espectro, de
maneira a reforçar o que é aprendido no ambiente “profissional”, com
especialistas.
Estrutura/rotina: ter horários para realizar atividades como café da
manhã, almoço, jantar; fazer lição/estudar; tomar banho e etc., podem
proporcionar conforto e segurança para a criança no TEA.
Envolvimento familiar:integrar todas os membros da família que
convivam com o autista na terapia ABA reforçará as atitudes que vem sendo
desenvolvidas. Por exemplo, se a criança estiver trabalhando habilidades
sociais, como manter contato visual durante uma conversa, àqueles com quem
ela terá contato devem estar preparados para essa interação. Uma atividade
simples é estimulartodos da família a desenvolverem atividades semelhantes.
Como cantar músicas que contribuam com aprendizagem ou brincarem de falar
as cores dos objetos para que a criança compreenda e comece a assimilar as
diferentes cores.
Reforço positivo: o reforço, dentro do contexto “ABA”, é uma das
frentes mais importantes dessa linha de tratamento. Portanto, é preciso
valorizar o esforço da criança que tem praticado o reforço positivo. Um exemplo
é quando a criança está trabalhando em seu processo “ABA” o ato de “pedir
permissão” para fazer algo, como pegar um brinquedo. Assim, caso ela
pratique isso com seus pais ou professor e peça determinado objeto, é preciso
reforçar positivamente – com um agradecimento – como “Obrigada por pedir o
boneco”.
Tente praticar ações que estimulem o olhar da criança para o interlocutor
com quem ele está interagindo. Você pode usar recursos para chamar a
atenção, como usaróculos.
Espaço de relaxamento: estabelecer um ambiente tranquilo, que
propicie momentos de relaxamento é essencial para quem está no
espectro. Ao longo do dia a criança pode ter sido submetida a diversos
estímulos sensorais, o que pode sobrecarregar o “sistema” dela,
deixando-as superestimuladas. Por isso, um local silencioso, com uma
atmosfera adequada, pode contribuir para relaxar e, assim, fazer a criança
regular seu sistema.
Reduzir o tempo de uso de telas: sejam crianças neurotípicas (fora do
espectro) ou que estejam no espectro, a verdade é que o uso de tecnologias
como celular, TV, videogame, iPad e etc., deve ser limitado para evitar uma
superestimulação dos sentidos.
Referências:
ABA Therapy to promote skills in children with Autism. Behavioural
Neurotherapy Clinic. Disponível
em http://www.autism.net.au/Autism_ABA.htmAcessado em 28 de junho de
2018.
Bringing ABA into Your Home. Special Learning Inc. Disponível em
<https://www.special-learning.com/article/Brining_ABA_into_Your_Home>
How Parents Can Practice ABA Therapy at Home. Chicago Aba
Therapy. Disponível em https://www.chicagoabatherapy.com/how-parents-can-
practice-aba-therapy-at-home/Acessado em 27 de junho de 2018.
What Is Applied Behavior Analysis?. Childmind. Disponível
em https://childmind.org/article/what-is-applied-behavior-
analysis/Acessado em 27 de junho de 2018ç.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Disciplina NãO Punitiva Mas Efetiva
Disciplina NãO Punitiva Mas EfetivaDisciplina NãO Punitiva Mas Efetiva
Disciplina NãO Punitiva Mas Efetiva
ceama
 
Disciplina Não Punitiva Mas Efetiva
Disciplina Não Punitiva Mas EfetivaDisciplina Não Punitiva Mas Efetiva
Disciplina Não Punitiva Mas Efetiva
ceama
 
Palestra sim, seu filho pode fazer a lição de casa, sem estresse!
Palestra sim, seu filho pode fazer a lição de casa, sem estresse!Palestra sim, seu filho pode fazer a lição de casa, sem estresse!
Palestra sim, seu filho pode fazer a lição de casa, sem estresse!
noritadastre
 
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
Nelson Novaes Neto
 
331 mediação escolar
331 mediação escolar331 mediação escolar
331 mediação escolar
SimoneHelenDrumond
 
Comportamentos pivotais autismo
Comportamentos pivotais autismoComportamentos pivotais autismo
Comportamentos pivotais autismo
Natália Araújo
 
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão pptEugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Marlene Campos
 
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAHTrabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
Priscila Pettine
 
Dicas para o dia a dia curso de aperfeiçoamento
Dicas para o dia a dia curso de aperfeiçoamentoDicas para o dia a dia curso de aperfeiçoamento
Dicas para o dia a dia curso de aperfeiçoamento
craeditgd
 
Transtorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de caso
Transtorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de casoTranstorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de caso
Transtorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de caso
Secretaria de Educação e Cultura - SEMEC aAcari
 
Prof luciano autismo
Prof luciano autismoProf luciano autismo
Prof luciano autismo
SimoneHelenDrumond
 
Guia intervenção morder
Guia intervenção morderGuia intervenção morder
Guia intervenção morder
SA Asperger
 
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade: Ações e Concepções de prof...
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade: Ações e Concepções de prof...Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade: Ações e Concepções de prof...
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade: Ações e Concepções de prof...
Ms. Ana Paula Vizacre
 

Mais procurados (13)

Disciplina NãO Punitiva Mas Efetiva
Disciplina NãO Punitiva Mas EfetivaDisciplina NãO Punitiva Mas Efetiva
Disciplina NãO Punitiva Mas Efetiva
 
Disciplina Não Punitiva Mas Efetiva
Disciplina Não Punitiva Mas EfetivaDisciplina Não Punitiva Mas Efetiva
Disciplina Não Punitiva Mas Efetiva
 
Palestra sim, seu filho pode fazer a lição de casa, sem estresse!
Palestra sim, seu filho pode fazer a lição de casa, sem estresse!Palestra sim, seu filho pode fazer a lição de casa, sem estresse!
Palestra sim, seu filho pode fazer a lição de casa, sem estresse!
 
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
Lugar da Conquista: Procedimentos de Reforçamento por Fichas em um Ambiente d...
 
331 mediação escolar
331 mediação escolar331 mediação escolar
331 mediação escolar
 
Comportamentos pivotais autismo
Comportamentos pivotais autismoComportamentos pivotais autismo
Comportamentos pivotais autismo
 
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão pptEugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
 
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAHTrabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
 
Dicas para o dia a dia curso de aperfeiçoamento
Dicas para o dia a dia curso de aperfeiçoamentoDicas para o dia a dia curso de aperfeiçoamento
Dicas para o dia a dia curso de aperfeiçoamento
 
Transtorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de caso
Transtorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de casoTranstorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de caso
Transtorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de caso
 
Prof luciano autismo
Prof luciano autismoProf luciano autismo
Prof luciano autismo
 
Guia intervenção morder
Guia intervenção morderGuia intervenção morder
Guia intervenção morder
 
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade: Ações e Concepções de prof...
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade: Ações e Concepções de prof...Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade: Ações e Concepções de prof...
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade: Ações e Concepções de prof...
 

Semelhante a Autismo

Análise do Comportamento Aplicada e Inclusão
Análise do Comportamento  Aplicada  e InclusãoAnálise do Comportamento  Aplicada  e Inclusão
Análise do Comportamento Aplicada e Inclusão
vivianecristinadenar
 
Prof luciano autismo letramento e autismo
Prof luciano autismo   letramento e autismoProf luciano autismo   letramento e autismo
Prof luciano autismo letramento e autismo
SimoneHelenDrumond
 
Autismo
AutismoAutismo
37 Workshop de ABA e Intervenções no Contexto Escolar.pdf
37 Workshop de ABA e Intervenções no Contexto Escolar.pdf37 Workshop de ABA e Intervenções no Contexto Escolar.pdf
37 Workshop de ABA e Intervenções no Contexto Escolar.pdf
SimoneHelenDrumond
 
Aba análise aplicada do comportamento - desvendando o autismo
Aba   análise aplicada do comportamento - desvendando o autismoAba   análise aplicada do comportamento - desvendando o autismo
Aba análise aplicada do comportamento - desvendando o autismo
alinebenedito93
 
Terapia ABA
Terapia ABATerapia ABA
Terapia ABA
Clinica Rubedo
 
comportamentos pivotais.pdf
comportamentos pivotais.pdfcomportamentos pivotais.pdf
comportamentos pivotais.pdf
LeonardoAPanciera
 
A LUDICIDADE COMO PROCESSO DE APRENDIZAGEM PARA CRIANÇAS COM TDAH/TDA
A LUDICIDADE COMO PROCESSO DE APRENDIZAGEM PARA CRIANÇAS COM TDAH/TDAA LUDICIDADE COMO PROCESSO DE APRENDIZAGEM PARA CRIANÇAS COM TDAH/TDA
A LUDICIDADE COMO PROCESSO DE APRENDIZAGEM PARA CRIANÇAS COM TDAH/TDA
Sirlene Aparecida Nogueira
 
Libertar o Potencial da Aprendizagem Autista.pdf
Libertar o Potencial da Aprendizagem Autista.pdfLibertar o Potencial da Aprendizagem Autista.pdf
Libertar o Potencial da Aprendizagem Autista.pdf
Templariojvieira
 
A inclusão e o tdah
A inclusão e o tdahA inclusão e o tdah
A inclusão e o tdah
Alzira Dias
 
Utilizar metodos comunicacao
Utilizar metodos comunicacaoUtilizar metodos comunicacao
Utilizar metodos comunicacao
ausendanunes
 
Utilizar metodoscomunicacao
Utilizar metodoscomunicacaoUtilizar metodoscomunicacao
Utilizar metodoscomunicacao
Ana Lúcia Pereira
 
322 volta às aulas 1
322 volta às aulas 1322 volta às aulas 1
322 volta às aulas 1
SimoneHelenDrumond
 
Autismo
AutismoAutismo
Ferramentas de intervenções pedagogias no ensino-aprendizagem de crianças aut...
Ferramentas de intervenções pedagogias no ensino-aprendizagem de crianças aut...Ferramentas de intervenções pedagogias no ensino-aprendizagem de crianças aut...
Ferramentas de intervenções pedagogias no ensino-aprendizagem de crianças aut...
Adrio Acacio
 
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismoManual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
Caminhos do Autismo
 
1 Autismo Day - Jornada Online sobre o Transtorno do Espectro Autista.pdf
1  Autismo Day - Jornada Online sobre o Transtorno do Espectro Autista.pdf1  Autismo Day - Jornada Online sobre o Transtorno do Espectro Autista.pdf
1 Autismo Day - Jornada Online sobre o Transtorno do Espectro Autista.pdf
SimoneHelenDrumond
 
32 Workshop Desvendando o ABA no Contexto Escolar.pdf
32 Workshop Desvendando o ABA no Contexto Escolar.pdf32 Workshop Desvendando o ABA no Contexto Escolar.pdf
32 Workshop Desvendando o ABA no Contexto Escolar.pdf
SimoneHelenDrumond
 
65 Materiais e Atividades Práticas para Crianças com TEA.pdf
65 Materiais e Atividades Práticas para Crianças com TEA.pdf65 Materiais e Atividades Práticas para Crianças com TEA.pdf
65 Materiais e Atividades Práticas para Crianças com TEA.pdf
SimoneHelenDrumond
 
Estimulação essencial gilmar-pc
Estimulação essencial gilmar-pcEstimulação essencial gilmar-pc
Estimulação essencial gilmar-pc
Gilmar Roberto Batista
 

Semelhante a Autismo (20)

Análise do Comportamento Aplicada e Inclusão
Análise do Comportamento  Aplicada  e InclusãoAnálise do Comportamento  Aplicada  e Inclusão
Análise do Comportamento Aplicada e Inclusão
 
Prof luciano autismo letramento e autismo
Prof luciano autismo   letramento e autismoProf luciano autismo   letramento e autismo
Prof luciano autismo letramento e autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
37 Workshop de ABA e Intervenções no Contexto Escolar.pdf
37 Workshop de ABA e Intervenções no Contexto Escolar.pdf37 Workshop de ABA e Intervenções no Contexto Escolar.pdf
37 Workshop de ABA e Intervenções no Contexto Escolar.pdf
 
Aba análise aplicada do comportamento - desvendando o autismo
Aba   análise aplicada do comportamento - desvendando o autismoAba   análise aplicada do comportamento - desvendando o autismo
Aba análise aplicada do comportamento - desvendando o autismo
 
Terapia ABA
Terapia ABATerapia ABA
Terapia ABA
 
comportamentos pivotais.pdf
comportamentos pivotais.pdfcomportamentos pivotais.pdf
comportamentos pivotais.pdf
 
A LUDICIDADE COMO PROCESSO DE APRENDIZAGEM PARA CRIANÇAS COM TDAH/TDA
A LUDICIDADE COMO PROCESSO DE APRENDIZAGEM PARA CRIANÇAS COM TDAH/TDAA LUDICIDADE COMO PROCESSO DE APRENDIZAGEM PARA CRIANÇAS COM TDAH/TDA
A LUDICIDADE COMO PROCESSO DE APRENDIZAGEM PARA CRIANÇAS COM TDAH/TDA
 
Libertar o Potencial da Aprendizagem Autista.pdf
Libertar o Potencial da Aprendizagem Autista.pdfLibertar o Potencial da Aprendizagem Autista.pdf
Libertar o Potencial da Aprendizagem Autista.pdf
 
A inclusão e o tdah
A inclusão e o tdahA inclusão e o tdah
A inclusão e o tdah
 
Utilizar metodos comunicacao
Utilizar metodos comunicacaoUtilizar metodos comunicacao
Utilizar metodos comunicacao
 
Utilizar metodoscomunicacao
Utilizar metodoscomunicacaoUtilizar metodoscomunicacao
Utilizar metodoscomunicacao
 
322 volta às aulas 1
322 volta às aulas 1322 volta às aulas 1
322 volta às aulas 1
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Ferramentas de intervenções pedagogias no ensino-aprendizagem de crianças aut...
Ferramentas de intervenções pedagogias no ensino-aprendizagem de crianças aut...Ferramentas de intervenções pedagogias no ensino-aprendizagem de crianças aut...
Ferramentas de intervenções pedagogias no ensino-aprendizagem de crianças aut...
 
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismoManual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
Manual de volta-a-escola-para-criancas-com-autismo
 
1 Autismo Day - Jornada Online sobre o Transtorno do Espectro Autista.pdf
1  Autismo Day - Jornada Online sobre o Transtorno do Espectro Autista.pdf1  Autismo Day - Jornada Online sobre o Transtorno do Espectro Autista.pdf
1 Autismo Day - Jornada Online sobre o Transtorno do Espectro Autista.pdf
 
32 Workshop Desvendando o ABA no Contexto Escolar.pdf
32 Workshop Desvendando o ABA no Contexto Escolar.pdf32 Workshop Desvendando o ABA no Contexto Escolar.pdf
32 Workshop Desvendando o ABA no Contexto Escolar.pdf
 
65 Materiais e Atividades Práticas para Crianças com TEA.pdf
65 Materiais e Atividades Práticas para Crianças com TEA.pdf65 Materiais e Atividades Práticas para Crianças com TEA.pdf
65 Materiais e Atividades Práticas para Crianças com TEA.pdf
 
Estimulação essencial gilmar-pc
Estimulação essencial gilmar-pcEstimulação essencial gilmar-pc
Estimulação essencial gilmar-pc
 

Mais de Agenilda Lima

Trs mentais entre cca e adolsc
Trs mentais entre cca e adolscTrs mentais entre cca e adolsc
Trs mentais entre cca e adolsc
Agenilda Lima
 
Trs ansiosos inf e adolsc
Trs ansiosos inf e adolscTrs ansiosos inf e adolsc
Trs ansiosos inf e adolsc
Agenilda Lima
 
Neuropsicologia cannabis
Neuropsicologia cannabisNeuropsicologia cannabis
Neuropsicologia cannabis
Agenilda Lima
 
Neuropsi trs aliment
Neuropsi trs alimentNeuropsi trs aliment
Neuropsi trs aliment
Agenilda Lima
 
Esquiz def cog quali
Esquiz def cog qualiEsquiz def cog quali
Esquiz def cog quali
Agenilda Lima
 
Depre bio cog
Depre bio cogDepre bio cog
Depre bio cog
Agenilda Lima
 
Dep qui cog
Dep qui cogDep qui cog
Dep qui cog
Agenilda Lima
 
Changes from dsm iv-tr to dsm-5
Changes from dsm iv-tr to dsm-5Changes from dsm iv-tr to dsm-5
Changes from dsm iv-tr to dsm-5
Agenilda Lima
 
Aval neuropsi trs espec autis
Aval neuropsi trs espec autisAval neuropsi trs espec autis
Aval neuropsi trs espec autis
Agenilda Lima
 
Autismo fe
Autismo feAutismo fe
Autismo fe
Agenilda Lima
 
Attention in selective mutism
Attention in selective mutismAttention in selective mutism
Attention in selective mutism
Agenilda Lima
 
Transtornos globais do_desenvolvimento_tgd_e_de_conduta_transtornos_do_espect...
Transtornos globais do_desenvolvimento_tgd_e_de_conduta_transtornos_do_espect...Transtornos globais do_desenvolvimento_tgd_e_de_conduta_transtornos_do_espect...
Transtornos globais do_desenvolvimento_tgd_e_de_conduta_transtornos_do_espect...
Agenilda Lima
 
Apresentac3a7c3a3o autismo
Apresentac3a7c3a3o autismoApresentac3a7c3a3o autismo
Apresentac3a7c3a3o autismo
Agenilda Lima
 
Autismo ajude-nos-a-aprender
Autismo ajude-nos-a-aprenderAutismo ajude-nos-a-aprender
Autismo ajude-nos-a-aprender
Agenilda Lima
 

Mais de Agenilda Lima (14)

Trs mentais entre cca e adolsc
Trs mentais entre cca e adolscTrs mentais entre cca e adolsc
Trs mentais entre cca e adolsc
 
Trs ansiosos inf e adolsc
Trs ansiosos inf e adolscTrs ansiosos inf e adolsc
Trs ansiosos inf e adolsc
 
Neuropsicologia cannabis
Neuropsicologia cannabisNeuropsicologia cannabis
Neuropsicologia cannabis
 
Neuropsi trs aliment
Neuropsi trs alimentNeuropsi trs aliment
Neuropsi trs aliment
 
Esquiz def cog quali
Esquiz def cog qualiEsquiz def cog quali
Esquiz def cog quali
 
Depre bio cog
Depre bio cogDepre bio cog
Depre bio cog
 
Dep qui cog
Dep qui cogDep qui cog
Dep qui cog
 
Changes from dsm iv-tr to dsm-5
Changes from dsm iv-tr to dsm-5Changes from dsm iv-tr to dsm-5
Changes from dsm iv-tr to dsm-5
 
Aval neuropsi trs espec autis
Aval neuropsi trs espec autisAval neuropsi trs espec autis
Aval neuropsi trs espec autis
 
Autismo fe
Autismo feAutismo fe
Autismo fe
 
Attention in selective mutism
Attention in selective mutismAttention in selective mutism
Attention in selective mutism
 
Transtornos globais do_desenvolvimento_tgd_e_de_conduta_transtornos_do_espect...
Transtornos globais do_desenvolvimento_tgd_e_de_conduta_transtornos_do_espect...Transtornos globais do_desenvolvimento_tgd_e_de_conduta_transtornos_do_espect...
Transtornos globais do_desenvolvimento_tgd_e_de_conduta_transtornos_do_espect...
 
Apresentac3a7c3a3o autismo
Apresentac3a7c3a3o autismoApresentac3a7c3a3o autismo
Apresentac3a7c3a3o autismo
 
Autismo ajude-nos-a-aprender
Autismo ajude-nos-a-aprenderAutismo ajude-nos-a-aprender
Autismo ajude-nos-a-aprender
 

Autismo

  • 1. COMO APLICAR A TERAPIA ABA? 28 de jun de 2018 Uma das principais ferramentas para desenvolver uma pessoa no Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é a Análise Aplicada do Comportamento (Applied Behavior Analysis – ABA). De crianças à adultos, a ABA contribui para melhorar comportamentos socialmente importantes e, assim, permitir àquele que está no espectro ter suas habilidades aperfeiçoadas, bem como manejar suas limitações, contribuindo com seu desenvolvimento. Existente há mais de 50 anos, a ABA é um tratamento baseado em evidências científicas que atestam sua eficácia. Consiste em um conjunto de procedimentos e intervenções destinados a aumentar comportamentos positivos, ensinar novas habilidades, que possibilitem à criança se integrar em novos ambientes e reduzir comportamentos prejudiciais a ela, como a autoagressão. Suas técnicas possibilitam ampliar a capacidade cognitiva, motora, de linguagem e de integração social, procurando reduzir por meio de práticas de repetição e esforço comportamentos negativos que possam causar danos ou interferir no processo de aprendizagem podendo auxiliar no aperfeiçoamento de habilidades básicas, como olhar, ouvir e imitar, ou complexas, como ler, conversar e interagir com o outro. Há várias abordagens diferentes de ABA. Desde as mais estruturadas até aquelas lúdicas, aplicadas por meio de brincadeiras. Para aplicar como profissional é preciso ser especializado (analistas de comportamento certificados). De acordo com o Child Mind Institute, uma instituição internacional sem fins lucrativos, dedicada a transformar a vida de crianças e famílias que lutam contra problemas de saúde mental e de aprendizagem, a demanda por especialistas certificada é tão alta que muitos deles não oferecem a terapia direta e, em vez disso, consultam, ajudando as famílias a contratar profissionais qualificados que podem não ter a certificação de analista, mas são supervisionados de perto por alguém tenha. Esses são chamados de técnicos de comportamento registrado.
  • 2. Terapeutas ocupacionais, educadores físicos, são exemplos de profissionais que atuam em equipes multidisciplinares ligadas ao TEA que podem se beneficiar de um treinamento ABA. Todos podem aprender sobre a ciência ABA para trabalhar com seus filhos, alunos e/ou pacientes. Como aplicar ABA sendo pai ou educador? Uma das características mais positivas de ABA é que ela não requer o uso de equipamentos ou ferramentas caras, o que possibilita ser trabalhada não apenas por profissionais. Ela pode ser praticada em casa, com suporte dos pais e familiares, na escola, complementando as atividades desenvolvidas por analistas comportamentais (que são mais técnicas). Na prática, há algumas medidas simples que podem ser aplicadas informalmente por aqueles que convivem com quem está no espectro, de maneira a reforçar o que é aprendido no ambiente “profissional”, com especialistas. Estrutura/rotina: ter horários para realizar atividades como café da manhã, almoço, jantar; fazer lição/estudar; tomar banho e etc., podem proporcionar conforto e segurança para a criança no TEA. Envolvimento familiar:integrar todas os membros da família que convivam com o autista na terapia ABA reforçará as atitudes que vem sendo desenvolvidas. Por exemplo, se a criança estiver trabalhando habilidades sociais, como manter contato visual durante uma conversa, àqueles com quem ela terá contato devem estar preparados para essa interação. Uma atividade simples é estimulartodos da família a desenvolverem atividades semelhantes. Como cantar músicas que contribuam com aprendizagem ou brincarem de falar as cores dos objetos para que a criança compreenda e comece a assimilar as diferentes cores. Reforço positivo: o reforço, dentro do contexto “ABA”, é uma das frentes mais importantes dessa linha de tratamento. Portanto, é preciso valorizar o esforço da criança que tem praticado o reforço positivo. Um exemplo é quando a criança está trabalhando em seu processo “ABA” o ato de “pedir permissão” para fazer algo, como pegar um brinquedo. Assim, caso ela pratique isso com seus pais ou professor e peça determinado objeto, é preciso reforçar positivamente – com um agradecimento – como “Obrigada por pedir o boneco”.
  • 3. Tente praticar ações que estimulem o olhar da criança para o interlocutor com quem ele está interagindo. Você pode usar recursos para chamar a atenção, como usaróculos. Espaço de relaxamento: estabelecer um ambiente tranquilo, que propicie momentos de relaxamento é essencial para quem está no espectro. Ao longo do dia a criança pode ter sido submetida a diversos estímulos sensorais, o que pode sobrecarregar o “sistema” dela, deixando-as superestimuladas. Por isso, um local silencioso, com uma atmosfera adequada, pode contribuir para relaxar e, assim, fazer a criança regular seu sistema. Reduzir o tempo de uso de telas: sejam crianças neurotípicas (fora do espectro) ou que estejam no espectro, a verdade é que o uso de tecnologias como celular, TV, videogame, iPad e etc., deve ser limitado para evitar uma superestimulação dos sentidos.
  • 4. Referências: ABA Therapy to promote skills in children with Autism. Behavioural Neurotherapy Clinic. Disponível em http://www.autism.net.au/Autism_ABA.htmAcessado em 28 de junho de 2018. Bringing ABA into Your Home. Special Learning Inc. Disponível em <https://www.special-learning.com/article/Brining_ABA_into_Your_Home> How Parents Can Practice ABA Therapy at Home. Chicago Aba Therapy. Disponível em https://www.chicagoabatherapy.com/how-parents-can- practice-aba-therapy-at-home/Acessado em 27 de junho de 2018. What Is Applied Behavior Analysis?. Childmind. Disponível em https://childmind.org/article/what-is-applied-behavior- analysis/Acessado em 27 de junho de 2018ç.