SlideShare uma empresa Scribd logo
Artigo de opinião - Aspectos gerais
0"Artigo de opinião é um gênero jornalístico
argumentativo escrito, publicado em jornais,
revistas, internet, e sempre assinado. A assinatura
identifica o autor, o responsável pela opinião".
(Gagliardi, Eliana; Amaral, Heloisa, 2004).
0A polêmica acontece de forma clara e aberta
quando diversas pessoas expõem pontos de vista
contraditórios sobre o mesmo assunto.
0Também pode haver debate a respeito de questões
sobre as quais aparentemente todos concordam, no
entanto as atitudes concretas mostram que existem
opiniões contraditórias.
Tipos de argumentos
0 De autoridade
0 Exemplos
0 Provas
0 Princípios e crenças pessoais
0 De causa ou consequência
Convencer, dialogar, rebater
0 Não basta o autor argumentar a favor de sua tese. Ele
deve considerar a existência de pessoas que pensam
de maneira diferente ou mesmo oposta à sua.
0 O autor deve considerar essas outras opiniões ou
atitudes, para rebatê-las. Não é possível simplesmente
ignorá-las, pois isso desvaloriza seu texto perante os
leitores. Considerar as ideias e atitudes opostas, para
contestá-las, é um elemento essencial do artigo de
opinião. Esse
Artigo de opinião - Aspectos gerais
Estrutura do artigo de opinião
0 1. Contextualização e/ou apresentação da questão
que está sendo discutida.
0 2. Explicitação do posicionamento assumido.
0 3. Utilização de argumentos para sustentar a posição
assumida.
0 4. Consideração de posição contrária e antecipação de
possíveis argumentos contrários à posição assumida.
0 5. Utilização de argumentos que refutam a posição
contrária.
0 6. Retomada da posição assumida.
0 7. Possibilidades de negociação.
0 8. Conclusão (ênfase ou retomada da tese ou
posicionamento defendido).
O contexto de produção do
artigo de opinião
0 Todo texto é produzido em um contexto de produção,
pois quem escreve, o faz pensando em certos
elementos que interferem no sentido dos textos:
existe uma intenção do autor ao escrever, e esta
intenção está direcionada a quem vai ler o seu texto.
As várias vozes que
circulam no artigo de
opinião
0 Geralmente, um texto escrito traz outras “vozes” que
não as do autor, mas que “falam” pelo autor, pelo fato
de que a comunicação humana é marcada pelo
dialogismo. O autor de um texto “conversa” com
outras pessoas que pensam de formas diferentes da
sua, através de outras leituras que ele faz.
Organizadores textuais e
aspectos linguísticos
0 Quando escrevemos um texto, devemos organizar
nossas ideias de maneira que se tenha uma sequência,
uma conexão entre as partes, formando um sentido
geral no texto. A escolha de certas palavras não é por
acaso.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Artigo de opinião - Aspectos gerais

Eptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressaoEptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressao
Clara Bueno
 
Texto argumentativo artigo de opinião (1).ppt
Texto argumentativo artigo de opinião (1).pptTexto argumentativo artigo de opinião (1).ppt
Texto argumentativo artigo de opinião (1).ppt
denisesousa39
 
Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]
AdemildePCNP
 
Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]
AdemildePCNP
 
Slides artigo-de-opiniao
Slides artigo-de-opiniaoSlides artigo-de-opiniao
Slides artigo-de-opiniao
Elieidw
 
Dimensão discursiva do trabalho filosófico
Dimensão discursiva do trabalho filosóficoDimensão discursiva do trabalho filosófico
Dimensão discursiva do trabalho filosófico
Julia Martins
 
Filosofia 10. ano
Filosofia   10. anoFilosofia   10. ano
Filosofia 10. ano
Claudia Martinho
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
Marcelo Cordeiro Souza
 
Texto Argumentativo
Texto ArgumentativoTexto Argumentativo
Texto Argumentativo
complementoindirecto
 
Fichamento Marilena Chauí - Filosofia e atitude filosófica
Fichamento Marilena Chauí - Filosofia e atitude filosóficaFichamento Marilena Chauí - Filosofia e atitude filosófica
Fichamento Marilena Chauí - Filosofia e atitude filosófica
Vitoria Cancelli
 
Texto ARGUMENTATIVO - Port. I - 2021.pptx
Texto ARGUMENTATIVO - Port. I - 2021.pptxTexto ARGUMENTATIVO - Port. I - 2021.pptx
Texto ARGUMENTATIVO - Port. I - 2021.pptx
JacquelineAnabellaBo
 
11.-Desenvolvimento-Parte-II.pdffbzdfbfdbh
11.-Desenvolvimento-Parte-II.pdffbzdfbfdbh11.-Desenvolvimento-Parte-II.pdffbzdfbfdbh
11.-Desenvolvimento-Parte-II.pdffbzdfbfdbh
fernandadavilly11102
 
O Debate
O DebateO Debate
O Debate
Taynara Ribeiro
 
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Edson Alves
 
Redação: Texto dissertivo-argumentativo
Redação: Texto dissertivo-argumentativoRedação: Texto dissertivo-argumentativo
Redação: Texto dissertivo-argumentativo
7 de Setembro
 
Redação para concursos
Redação para concursosRedação para concursos
Redação para concursos
GoConqr Brasil
 
Aula Projeto Editorial 2013
Aula Projeto Editorial 2013Aula Projeto Editorial 2013
Aula Projeto Editorial 2013
Renato Delmanto
 
Dissertaçao
DissertaçaoDissertaçao
Leitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagemLeitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagem
Faell Vasconcelos
 
Artigo de opinião.
Artigo de opinião.Artigo de opinião.
Artigo de opinião.
Ajudar Pessoas
 

Semelhante a Artigo de opinião - Aspectos gerais (20)

Eptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressaoEptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressao
 
Texto argumentativo artigo de opinião (1).ppt
Texto argumentativo artigo de opinião (1).pptTexto argumentativo artigo de opinião (1).ppt
Texto argumentativo artigo de opinião (1).ppt
 
Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]
 
Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]Ot 26 05[1]
Ot 26 05[1]
 
Slides artigo-de-opiniao
Slides artigo-de-opiniaoSlides artigo-de-opiniao
Slides artigo-de-opiniao
 
Dimensão discursiva do trabalho filosófico
Dimensão discursiva do trabalho filosóficoDimensão discursiva do trabalho filosófico
Dimensão discursiva do trabalho filosófico
 
Filosofia 10. ano
Filosofia   10. anoFilosofia   10. ano
Filosofia 10. ano
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
 
Texto Argumentativo
Texto ArgumentativoTexto Argumentativo
Texto Argumentativo
 
Fichamento Marilena Chauí - Filosofia e atitude filosófica
Fichamento Marilena Chauí - Filosofia e atitude filosóficaFichamento Marilena Chauí - Filosofia e atitude filosófica
Fichamento Marilena Chauí - Filosofia e atitude filosófica
 
Texto ARGUMENTATIVO - Port. I - 2021.pptx
Texto ARGUMENTATIVO - Port. I - 2021.pptxTexto ARGUMENTATIVO - Port. I - 2021.pptx
Texto ARGUMENTATIVO - Port. I - 2021.pptx
 
11.-Desenvolvimento-Parte-II.pdffbzdfbfdbh
11.-Desenvolvimento-Parte-II.pdffbzdfbfdbh11.-Desenvolvimento-Parte-II.pdffbzdfbfdbh
11.-Desenvolvimento-Parte-II.pdffbzdfbfdbh
 
O Debate
O DebateO Debate
O Debate
 
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
 
Redação: Texto dissertivo-argumentativo
Redação: Texto dissertivo-argumentativoRedação: Texto dissertivo-argumentativo
Redação: Texto dissertivo-argumentativo
 
Redação para concursos
Redação para concursosRedação para concursos
Redação para concursos
 
Aula Projeto Editorial 2013
Aula Projeto Editorial 2013Aula Projeto Editorial 2013
Aula Projeto Editorial 2013
 
Dissertaçao
DissertaçaoDissertaçao
Dissertaçao
 
Leitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagemLeitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagem
 
Artigo de opinião.
Artigo de opinião.Artigo de opinião.
Artigo de opinião.
 

Mais de Pibid-Letras Córdula

Clic cordel
Clic cordelClic cordel
Slide entre a espada e a rosa
Slide entre a espada e a rosaSlide entre a espada e a rosa
Slide entre a espada e a rosa
Pibid-Letras Córdula
 
Paisagens do Nordeste brasileiro
Paisagens do Nordeste brasileiroPaisagens do Nordeste brasileiro
Paisagens do Nordeste brasileiro
Pibid-Letras Córdula
 
Características gerais do texto dramático
Características gerais do texto dramáticoCaracterísticas gerais do texto dramático
Características gerais do texto dramático
Pibid-Letras Córdula
 
Módulo Didático: Luz, CLIC e Ação: A Reciprocidade Cultural entre a Literatur...
Módulo Didático: Luz, CLIC e Ação: A Reciprocidade Cultural entre a Literatur...Módulo Didático: Luz, CLIC e Ação: A Reciprocidade Cultural entre a Literatur...
Módulo Didático: Luz, CLIC e Ação: A Reciprocidade Cultural entre a Literatur...
Pibid-Letras Córdula
 
Módulo Didático: Ôxente! Isso aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatura ...
Módulo Didático: Ôxente! Isso aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatura ...Módulo Didático: Ôxente! Isso aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatura ...
Módulo Didático: Ôxente! Isso aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatura ...
Pibid-Letras Córdula
 
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
Pibid-Letras Córdula
 
Sequência Didática: Ôxente! Isso Aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatu...
Sequência Didática: Ôxente! Isso Aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatu...Sequência Didática: Ôxente! Isso Aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatu...
Sequência Didática: Ôxente! Isso Aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatu...
Pibid-Letras Córdula
 
Sequência didática Identidade feminina (versão final)
Sequência didática   Identidade feminina (versão final)Sequência didática   Identidade feminina (versão final)
Sequência didática Identidade feminina (versão final)
Pibid-Letras Córdula
 
Florbela Espanca (DADOS BIOGRÁFICOS)
Florbela Espanca  (DADOS BIOGRÁFICOS)Florbela Espanca  (DADOS BIOGRÁFICOS)
Florbela Espanca (DADOS BIOGRÁFICOS)
Pibid-Letras Córdula
 
SLIDES CONTOS ATUALIZADOS
SLIDES CONTOS ATUALIZADOSSLIDES CONTOS ATUALIZADOS
SLIDES CONTOS ATUALIZADOS
Pibid-Letras Córdula
 
Elementos da narrativa 2016.2
Elementos da narrativa 2016.2Elementos da narrativa 2016.2
Elementos da narrativa 2016.2
Pibid-Letras Córdula
 
Dramatização clic entrevista a algumas personagens dos contos maravilhosos-
Dramatização clic   entrevista a algumas personagens dos contos maravilhosos-Dramatização clic   entrevista a algumas personagens dos contos maravilhosos-
Dramatização clic entrevista a algumas personagens dos contos maravilhosos-
Pibid-Letras Córdula
 
Módulo 19 - IDENTIDADE FEMININA: ATUAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DA MULHER
Módulo 19 - IDENTIDADE FEMININA: ATUAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DA MULHERMódulo 19 - IDENTIDADE FEMININA: ATUAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DA MULHER
Módulo 19 - IDENTIDADE FEMININA: ATUAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DA MULHER
Pibid-Letras Córdula
 
Slide - Profissões antigas
Slide - Profissões antigas Slide - Profissões antigas
Slide - Profissões antigas
Pibid-Letras Córdula
 
Artigo de opinião - SLIDE
Artigo de opinião - SLIDEArtigo de opinião - SLIDE
Artigo de opinião - SLIDE
Pibid-Letras Córdula
 
Módulo avulso - A arte de Adultecer
Módulo avulso - A arte de AdultecerMódulo avulso - A arte de Adultecer
Módulo avulso - A arte de Adultecer
Pibid-Letras Córdula
 
Módulo 17: A arte de Adultecer
Módulo 17: A arte de AdultecerMódulo 17: A arte de Adultecer
Módulo 17: A arte de Adultecer
Pibid-Letras Córdula
 
Sequência Didática - A arte de Adultecer 2016.1
Sequência Didática - A arte de Adultecer 2016.1Sequência Didática - A arte de Adultecer 2016.1
Sequência Didática - A arte de Adultecer 2016.1
Pibid-Letras Córdula
 
AS FASES DA VIDA - TIPOS DE VIOLÊNCIA
AS FASES DA VIDA - TIPOS DE VIOLÊNCIAAS FASES DA VIDA - TIPOS DE VIOLÊNCIA
AS FASES DA VIDA - TIPOS DE VIOLÊNCIA
Pibid-Letras Córdula
 

Mais de Pibid-Letras Córdula (20)

Clic cordel
Clic cordelClic cordel
Clic cordel
 
Slide entre a espada e a rosa
Slide entre a espada e a rosaSlide entre a espada e a rosa
Slide entre a espada e a rosa
 
Paisagens do Nordeste brasileiro
Paisagens do Nordeste brasileiroPaisagens do Nordeste brasileiro
Paisagens do Nordeste brasileiro
 
Características gerais do texto dramático
Características gerais do texto dramáticoCaracterísticas gerais do texto dramático
Características gerais do texto dramático
 
Módulo Didático: Luz, CLIC e Ação: A Reciprocidade Cultural entre a Literatur...
Módulo Didático: Luz, CLIC e Ação: A Reciprocidade Cultural entre a Literatur...Módulo Didático: Luz, CLIC e Ação: A Reciprocidade Cultural entre a Literatur...
Módulo Didático: Luz, CLIC e Ação: A Reciprocidade Cultural entre a Literatur...
 
Módulo Didático: Ôxente! Isso aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatura ...
Módulo Didático: Ôxente! Isso aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatura ...Módulo Didático: Ôxente! Isso aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatura ...
Módulo Didático: Ôxente! Isso aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatura ...
 
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
Sequência Didática: Luz, CLIC e Ação: a reciprocidade cultural entre a Litera...
 
Sequência Didática: Ôxente! Isso Aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatu...
Sequência Didática: Ôxente! Isso Aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatu...Sequência Didática: Ôxente! Isso Aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatu...
Sequência Didática: Ôxente! Isso Aqui é Nordeste: Um passeio entre a Literatu...
 
Sequência didática Identidade feminina (versão final)
Sequência didática   Identidade feminina (versão final)Sequência didática   Identidade feminina (versão final)
Sequência didática Identidade feminina (versão final)
 
Florbela Espanca (DADOS BIOGRÁFICOS)
Florbela Espanca  (DADOS BIOGRÁFICOS)Florbela Espanca  (DADOS BIOGRÁFICOS)
Florbela Espanca (DADOS BIOGRÁFICOS)
 
SLIDES CONTOS ATUALIZADOS
SLIDES CONTOS ATUALIZADOSSLIDES CONTOS ATUALIZADOS
SLIDES CONTOS ATUALIZADOS
 
Elementos da narrativa 2016.2
Elementos da narrativa 2016.2Elementos da narrativa 2016.2
Elementos da narrativa 2016.2
 
Dramatização clic entrevista a algumas personagens dos contos maravilhosos-
Dramatização clic   entrevista a algumas personagens dos contos maravilhosos-Dramatização clic   entrevista a algumas personagens dos contos maravilhosos-
Dramatização clic entrevista a algumas personagens dos contos maravilhosos-
 
Módulo 19 - IDENTIDADE FEMININA: ATUAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DA MULHER
Módulo 19 - IDENTIDADE FEMININA: ATUAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DA MULHERMódulo 19 - IDENTIDADE FEMININA: ATUAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DA MULHER
Módulo 19 - IDENTIDADE FEMININA: ATUAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DA MULHER
 
Slide - Profissões antigas
Slide - Profissões antigas Slide - Profissões antigas
Slide - Profissões antigas
 
Artigo de opinião - SLIDE
Artigo de opinião - SLIDEArtigo de opinião - SLIDE
Artigo de opinião - SLIDE
 
Módulo avulso - A arte de Adultecer
Módulo avulso - A arte de AdultecerMódulo avulso - A arte de Adultecer
Módulo avulso - A arte de Adultecer
 
Módulo 17: A arte de Adultecer
Módulo 17: A arte de AdultecerMódulo 17: A arte de Adultecer
Módulo 17: A arte de Adultecer
 
Sequência Didática - A arte de Adultecer 2016.1
Sequência Didática - A arte de Adultecer 2016.1Sequência Didática - A arte de Adultecer 2016.1
Sequência Didática - A arte de Adultecer 2016.1
 
AS FASES DA VIDA - TIPOS DE VIOLÊNCIA
AS FASES DA VIDA - TIPOS DE VIOLÊNCIAAS FASES DA VIDA - TIPOS DE VIOLÊNCIA
AS FASES DA VIDA - TIPOS DE VIOLÊNCIA
 

Último

Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 

Último (20)

Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 

Artigo de opinião - Aspectos gerais

  • 2. 0"Artigo de opinião é um gênero jornalístico argumentativo escrito, publicado em jornais, revistas, internet, e sempre assinado. A assinatura identifica o autor, o responsável pela opinião". (Gagliardi, Eliana; Amaral, Heloisa, 2004). 0A polêmica acontece de forma clara e aberta quando diversas pessoas expõem pontos de vista contraditórios sobre o mesmo assunto. 0Também pode haver debate a respeito de questões sobre as quais aparentemente todos concordam, no entanto as atitudes concretas mostram que existem opiniões contraditórias.
  • 3. Tipos de argumentos 0 De autoridade 0 Exemplos 0 Provas 0 Princípios e crenças pessoais 0 De causa ou consequência
  • 4. Convencer, dialogar, rebater 0 Não basta o autor argumentar a favor de sua tese. Ele deve considerar a existência de pessoas que pensam de maneira diferente ou mesmo oposta à sua. 0 O autor deve considerar essas outras opiniões ou atitudes, para rebatê-las. Não é possível simplesmente ignorá-las, pois isso desvaloriza seu texto perante os leitores. Considerar as ideias e atitudes opostas, para contestá-las, é um elemento essencial do artigo de opinião. Esse
  • 6. Estrutura do artigo de opinião 0 1. Contextualização e/ou apresentação da questão que está sendo discutida. 0 2. Explicitação do posicionamento assumido. 0 3. Utilização de argumentos para sustentar a posição assumida. 0 4. Consideração de posição contrária e antecipação de possíveis argumentos contrários à posição assumida. 0 5. Utilização de argumentos que refutam a posição contrária. 0 6. Retomada da posição assumida. 0 7. Possibilidades de negociação. 0 8. Conclusão (ênfase ou retomada da tese ou posicionamento defendido).
  • 7. O contexto de produção do artigo de opinião 0 Todo texto é produzido em um contexto de produção, pois quem escreve, o faz pensando em certos elementos que interferem no sentido dos textos: existe uma intenção do autor ao escrever, e esta intenção está direcionada a quem vai ler o seu texto.
  • 8. As várias vozes que circulam no artigo de opinião 0 Geralmente, um texto escrito traz outras “vozes” que não as do autor, mas que “falam” pelo autor, pelo fato de que a comunicação humana é marcada pelo dialogismo. O autor de um texto “conversa” com outras pessoas que pensam de formas diferentes da sua, através de outras leituras que ele faz.
  • 9. Organizadores textuais e aspectos linguísticos 0 Quando escrevemos um texto, devemos organizar nossas ideias de maneira que se tenha uma sequência, uma conexão entre as partes, formando um sentido geral no texto. A escolha de certas palavras não é por acaso.