SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
PLATAFORMA
   “Minas é Inovação”

“ REDE PARA INOVAÇÃO “
“ O estado de Minas Gerais povoado de empresas
        inovadoras, com bem-estar e qualidade de vida
        para a sociedade “ Visão da MinasInvest

          “ O SIMI – Sistema Mineiro de Inovação, tem por
        finalidade promover convergência de ações
        governamentais, empresariais, acadêmicas de
        pesquisa e tecnologia para, de forma cooperada,
        desenvolver a inovação no Estado de Minas Gerais.”
VISÃO




          A REDE PARA INOVAÇÃO apoia, organicamente, o
         potencial do Estado de Minas Gerais numa Parceria
         Público-Privada inovadora e atua como catalizadora
         da inovação no desenvolvimento sócio-econômico-
            buscando oportunidades para criar parcerias
        comerciais entre o setor Público e a iniciativa privada
A colaboração do conhecimento e dos negócios pode trazer benefícios
              estratégicos para Minas Gerais, interagindo com o Governo em seus
              objetivos econômicos de base mais ampla.

              O papel da REDE PARA INOVAÇÃO é somar esforços operacionais com a
IDÉIA-FORÇA


              capacidade instalada do Governo para direcionar e atrair os
              investimentos, negócios e inovação capazes de executar as metas e
              objetivos econômicos do Governo Estadual, traduzidas no PMDI
              2007/2011/23 através dos 5 Eixos Estratégicos, 11 Áreas de Resultado e
              os 50 Projetos Estruturadores, enquanto o SIMI “ pretende,
              pioneiramente, ser a mais promissora iniciativa para promover uma
              articulação dinâmica e permanente para a inovação.”

              O Governo, contando com o apoio operacional da REDE PARA
              INOVAÇÃO, agiliza medidas que aumentam o impacto econômico dos
              investimentos , ambiente de negócios e oxigenação de conhecimento
              adotando políticas que sustentam as metas econômicas mais amplas e
              de longa duração.

                    IDÉIA-FORÇA: FORTALECER E LIGAR A GESTÃO DA
               INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO AOS ATOS ECONÔMICOS.
A força-motriz: PLANEJAR E ATUAR
               .
FORÇA-MOTRIZ

                   A ferramenta é formular um planejamento estratégico como agenda de
                   Governo em conjunto com o setor produtivo para ser implementada tanto na
                   demanda na oferta de capacitações, como contribuição fundamental na
                   melhoria dos níveis de inovação e competitividade.
                   O planejamento tem por objetivo comprometer os agentes do
                   desenvolvimento a criar um sistema de qualificação mais responsivo e flexível.
                   A REDE PARA INOVAÇÃO deve incluir temas de políticas Públicas como:

                   necessidade de expandir os fundos para ciência;
                   desenvolvimento de estratégias e “clusters” regionais orientados para a
                   inovação;
                   desenvolvimento de conhecimento e capacitações e
                   Internacionalização


                   A REDE DA INOVAÇÃO EM MINAS se propõe a participar da formulação de
                   políticas em áreas do conhecimento em que o Governo, a iniciativa privada e
                   os Centros de Conhecimento, em rede, podem agir eficazmente para elevar a
                   taxa de inovação.
A REDE PARA INOVAÇÃO tem por objetivo derradeiro facilitar a criação
O QUE QUEREMOS
                 de novos empreendimentos comercializando os resultados da pesquisa
                 universitária com vistas a gerar retorno econômico para as partes.

                 Ao aproximar empresas com as tecnologias e recursos da Universidade,
                 cria-se parcerias entre pesquisadores e empreendedores nos mercados
                 local e global. Estes vínculos geram novos investimentos e benefícios
                 econômicos de longo-prazo para a universidade, seus parceiros
                 corporativos e a comunidade.

                 QUEREMOS que Minas seja um “hub”, um pólo de conhecimento na
                 economia nacional, com reputação não apenas na descoberta científica e
                 tecnológica, mas também na liderança de transformar conhecimento em
                 produtos e serviços inovadores.

                 Embora o Governo atual tenha tido o mérito de estabelecer os
                 fundamentos de uma nova economia através de um arrojado programa de
                 choque de gestão capaz de equilibrar as políticas macro-econômicas e
                 fiscais, outras medidas que afetam diretamente a inovação precisam ser
                 adotadas, criando e implementando um programa de reforma micro-
                 econômica.
CONVITE À INICIATIVA PRIVADA

                                   Minas vive um ambiente favorável para seu desenvolvimento:
                                O PMDI – Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado e o SIMI
                                Sistema Mineiro de Inovação são programas avançados que
                                impõem mudanças pragmáticas, rupturas de paradigmas
                                e abertura para novas alternativas.
                                 “Um “novo” modelo exige como tendência a predominância
                               das iniciativas privadas na determinação da dinâmica econômica
                               e um elevado grau de abertura à economia internacional.”

                                 “Para alcançar o objetivo do desenvolvimento é imprescindível
                                  “Para alcançar o objetivo do desenvolvimento é imprescindível
                                 contar com a participação e o apoio dos segmentos empresariais.”
                                 contar com a participação e o apoio dos segmentos empresariais.”

                                O Governo concorda que para cumprir o Programa Mineiro de
                               Desenvolvimento Integrado se " requer um agudo senso de prioridade e
                               muita competência para inovar e criar, fazer diferente e conseguir
                               resultados expressivos..."
                                                               * Relatório MG do Século XXI, BDMG
ESTADO EMPREENDEDOR
                      “Não há nenhum inconveniente no fato de gestores públicos atuarem para
                      implementar condições que levem ao aumento da capacidade produtiva,
                      direcionando os investimentos e criando políticas que viabilizem o
                      aproveitamento de potenciais produtivos, tendo em vista oportunidades no
                      mercado externo e interno, e gerem oportunidades de trabalho e de
                      negócios.” (FERNANDO DOLABELA,2003)

                      “ Empreendedorismo significa protagonismo social, ruptura de laços de
                      dependência, crença dos indivíduos e das comunidades na própria
                      capacidade de construir o seu desenvolvimento pela cooperação entre os
                      diversos âmbitos político-sociais que a caracterizam.” (FRANCO, 2003)

                       EFICIÊNCIA DOS SERVIÇOS PÚBLICOS: ao lado da legalidade,
                       impessoalidade, moralidade e publicidade, a Constituição Federal inclui
                       o princípio da “ eficiência” na gestão administrativa pública direta ou
                       indireta.


                      A REDE PARA INOVAÇÃO se propõe a contribuir na construção da
                        “ MINAS :ESTADO DE RESULTADOS” e “ MINAS É INOVAÇÃO”.
ALIANÇA PRO MINAS

                    Parceria entre empresas, Governo e Centros de Conhecimento com o
                    objetivo de desenvolver uma agressiva iniciativa público-privada de
                    desenvolvimento sustentável.

                    Esforço de “mutirão” para incentivar as iniciativas individuais de seus
                    integrantes em programa mais amplo e planejado capaz de promover o
                    desenvolvimento de negócios e de conhecimento do Estado, a nível local
                    e internacional.

                    Ao congregar os agentes do desenvolvimento nos setores estratégicos, a
                    parceria amplia o número de oportunidades de qualidade e promove o
                    êxito geral das estratégias de desenvolvimento do Estado.

                    Visa construir foco, comunicação e colaboração entre os intervenientes
                    do desenvolvimento econômico, congregando os esforços de todos os seus
                    agentes de forma organizada e orgânica.

                    A rede deve servir como um “benchmark” criando atividades de ponta e
                    inovadoras para expandir o ambiente de negócios do Estado de Minas
                    Gerais.
O reconhecimento de que o bem estar econômico geral da
ALIANÇA PRO MINAS
                    Sociedade gera condições e ambiente favoráveis para o
                    desenvolvimento de seu empreendimento justifica o
                    comprometimento da ALIANÇA PRO MINAS no progresso sócio-
                    econômico do Estado.

                    Através de sua participação e apoio efetivos, os parceiros da
                    iniciativa privada e dos Centros de Conhecimento nas
                    atividades de fomento do Estado são de vital importância para
                    a sua viabilização econômica , gerando mais emprego e renda.

                    Sua principal contribuição , entretanto, é o aporte de
                    capacidade empreendedora, dinamismo, gestão eficiente,
                    celeridade aos processos capazes de inovar a gestão Pública.

                    A ALIANÇA PRO MINAS é uma cooperação entre os
                    diversos âmbitos e agentes político-sociais,
                    assentada na crença de que a sociedade é capaz de
                    construir o seu desenvolvimento e a inovação é o
                    instrumento.
BRAÇO OPERACIONAL

                    A ALIANÇA PRO MINAS se propõe a ser um braço operacional dos
                    agentes do desenvolvimento: do Governo como indutor e do
                    empreendedor como executor:

                      Servindo como instrumento para lidar com barreiras
                    administrativas e operacionais, oferecendo um ambiente de
                    políticas e táticas mais amigáveis e palatáveis para canalizar os
                    interesses dos empreendedores e investidores.

                      Identificando alternativas simples e práticas na política de
                    investimento e na capacidade de remover os gargalos e
                    preencher os elos faltantes

                     Aglutinando idéias, iniciativas, conhecimento e colaboração
                    entre os agentes do desenvolvimento.
Objetivos gerais

                      Criar e disponibilizar ferramentas permanentes
CRIANDO INDICADORES


                      capazes de abordar a necessidade de políticas e
                      métricas de inovação eficazes que possam traduzir
                      o dinamismo da economia global de rede baseada
                      no conhecimento e trazer competitividade às
                      empresas e bem-estar à sociedade.

                      Criar um Painel da Inovação com indicadores de
                      medição da inovação em Minas Gerais no contexto
                      da economia global, ajudando os tomadores de
                      decisão com referenciais (benchmarks) e
                      monitorando o desempenho da inovação,
                      estabelecendo novos parêmetros para a gestão
                      Pública e as estratégias empresariais.
“ a gente vive repetido, o repetido, e escorregável, num mim
                       minuto, já está empurrado noutro galho.” (Guimarães Rosa)
DESAFIO: MUDANÇA


                      Na Nova Economia, o que mais importa é a “ eficiência adaptativa”
                      ( Douglas North -Prêmio Nobel de economia) , ou seja, a
                      capacidade das instituições de inovar, aprender continuamente e
                      mudar produtivamente.
                      Na velha economia, ativos fixos, financiamento e mão-de-obra
                      eram as fontes principais de vantagem competitiva para as
                      empresas.
                      Na Nova Economia, as racionalidades e metas econômicas de
                      desenvolvimento econômico devem dar lugar a formas inovadoras e
                      sustentáveis de produzir. O desafio agora é criar uma estrutura de
                      política econômica capaz de encorajar uma nova era de
                      crescimento de renda per-capita mais elevado, adaptando-se às
                      novas formas de produzir.

                   “ O mineiro não se adapta facilmente ao progresso(...) daí dizer-se
                       que é uma grande força conservadora (...) Onde se instala,
                       fica. Desconfia de mudanças.” (Alceu Amoroso Lima)

                                Inovação requer mudanças de paradigmas.
                                   Este é o grande desafio de Minas.
Portanto, o Governo desempenha importante papel:
DESAFIO: MUDANÇA


                   na criação de condições favoráveis para a inovação;
                   no desenvolvimento de uma gama de produtos Públicos que são
                   essenciais para uma economia do conhecimento dinâmica e
                   inovadora:
                   base sólida de ciência, engenharia e tecnologia;
                   incentivos para a transferência do conhecimento;
                   padrões educacionais elevados;formação, retenção e
                   circulação de talentos.
                   financiamento

                   Para melhorar o desempenho da inovação, é preciso iniciativas
                   intra-governamentais e parcerias com a sociedade civil.

                   Ações amplas são fundamentais. A inovação deve ser
                   incrustada no pensamento de todos os agentes econômicos e
                   colaboração intensa entre eles é imprescindível.
Estágios de atividades       Insumos

        – Descoberta: Como           • Inovação: Como organizar as
          construir e sustentar        atividades.
          uma massa crítica de       • Financiamento: Como
          ciência aplicada.            capitalizar as atividades.
AÇÕES




        – Desenvolvimento: Como      • Recursos Humanos: Como
          realizar a                   adquirir os talentos
          comercialização da           necessários.
          inovação.                  • Infra-estrutura: Facilidades
                    &                  para acionar as operações.
        – Aplicação: Como atingir    • Governança: Como alinhar
          a formação do                políticas, programas e
          empreendimento,              práticas para sustentar as
          expansão e globalização.     ações.
Dutos Consistentes e Robustos da Inovação criam um ciclo
                       que Promove a Formação de Aglomerações Produtivas
CICLO DA INOVAÇÃO


                    Investimento em P,D, I &G:
                             Governo,
                          Setor produtivo

                                    Comercialização do
                                    Novo Conhecimento:
                                     Patentes, Licenças
                                                        Enpreendedorismo:
                                                          Crescimento e
                                                  Continuidade de Novos Negócios

                                                                         Empresas Globais:
                                                                       Lançamento em Bolsa
                                                                       Liderança Tecnológica
VALORES E DESAFIOS

                     O desenvolvimento deve ser sustentável, visando ao bem-estar
                     social, econômico e ambiental de toda a sociedade;

                     A participação dos segmentos empresariais e de toda a sociedade
                     no desenvolvimento sócio-econômico é fundamental;

                     O desenvolvimento é missão de todos, mas não é inercial:
                     requer forças aglutinadoras e coordenadoras para disparar o
                     ciclo virtuoso e necessário do desenvolvimento.

                     O ambiente favorável para o crescimento criado pelo Governo
                     atual e o peso da dimensão financeira para atender as crescentes
                     demandas, impõem como fator mais urgente inovações e reformas
                     estruturais ainda mais profundas.

                     A ALIANÇA PRO MINAS acredita que deve existir um equilíbrio
                     adequado entre o interesse Público e a iniciativa privada capaz de
                     levar ao progresso social e desenvolvimento econômico.
Marketing institucional, criando um ambiente acolhedor para
             convivência dinâmica das diversas culturas.

               Integração a uma vasta rede de conhecimento e negócios

              Facilitação aos mecanismos de investimentos de empresas estrangeiras
             em Minas e de empresas Mineiras no exterior. (Modelo: “ One-Stop Shop”)
BENEFÍCIOS




               Assessoria e monitoramento nas etapas do projeto até a sua
             implementação.

              Financiamento (Fund raising): capital de risco e bancos de fomento

               Acesso a projetos de investimentos em inovação e negócios em sua
             área de atuação.

              Acesso a projetos e PPP com o Governo Estadual e Municipal e capital
             de risco e fundos privados de investimento.

               Dedução de Imposto de Renda: até o limite de 2% (dois por cento) do
             lucro operacional (MP nº 2113-32, de 21.jun.2001, arts. 59 e 60.)
SUSTENTABILIDADE DO PROJETO


                                A antevisão de resultados seguros e positivos da ALIANÇA PRO
                              MINAS sustenta-se nos seguintes pilares:

                                A constatação de novas formas de viabilização de
                              empreendimentos geradores de desenvolvimento requer a união
                              das forças da sociedade.

                                 A iniciativa, ousadia e inovação como novos paradigmas dos
                               conceito de gestão para a retomada do vigor de Minas.

                                 A mudança do modelo de pensamento (mind set) como chave
                               para a transformação e crescimento.

                                  A adoção de padrões internacionais de excelência vista como
                               condição fundamental para se assegurar competitividade e êxito

                                 Construir a Minas Gerais – Estado de Resultados
Rede ALIANÇA PRO MINAS
Comunidades                                                                                 Comunidades
    de                                                                                           de
  Negócios                                                                                  Conhecimento

                                                 Sub-redes

                                                                                    Clusters

                                  MINAS      PROJETO ESTADUAL     INSTITUTO DE
                                  INVEST      INCLUSÃO DIGITAL       PESOS E
                                                                   MEDIDAS - MG


                                   Comunidades de Colaboração




                                                                  Inovação    Agronegócio
                     Projetos    Oportunidades     Comércio
                                                              Competitividade
                                                   Exterior
                                                                 Educação




              Pauta das comunidades de colaboração alinhada
              com os objetivos estratégicos de cada sub-rede
UMA PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA
                                 Ações Públicas são mais eficazes se realizadas em parceria com a
                               sociedade civil, posto que suas organizações acumulam infra-
                               estrutura,conhecimento e recursos humanos de qualidade.

                                 A instituição das Organizações Sociais Civis de Interesse Público possui
                               sentido estratégico no contexto do Plano Estruturador do Choque de
                               Gestão:permite o fortalecimento da sociedade civil, aumenta a sua
                               capacidade de influenciar as decisões públicas e alavanca recursos a
                               serem destinados ao desenvolvimento estadual.

                                  “Ao convidar estas entidades para a execução de políticas públicas, o
                                Estado reconhece, a um só tempo, as limitações inerentes às normas que
                                regem a atuação estatal, e o importante papel da sociedade civil para o
                                desenvolvimento social.” (SEPLAG)


                                  “ Para se alcançar este macro objetivo, impõe-se a adoção
                                  de metodologia baseada em indicadores de resultados,
                                  com gerenciamento intensivo, mediante clara
                                  responsabilização dos partícipes pelas metas, projetos e
                                  atividades.” (Governo de MG)
UMA PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA
                               Considerando que:

                               Compete ao SIMI – Sistema Mineiro de inovação, promover a integração e a
                               articulação entre órgãos,entidades, empresas de direito público e privado,
                               organizações da sociedade civil de interesse público - OSCIP, universidades
                               e centros universitários (Art. 3º. Decreto 44.318/2006)
                               O SIMI é a união de empresas, institutos de pesquisa e governo orientados e
                               coordenados de forma a gerar um ambiente propício do desenvolvimento da
                               inovação no Estado de Minas Gerais.
                               MinasInvest é renomada OSCIP Estadual e Federal e tem demonstrado suas
                               capacitações no fomento de negócios e investimentos sustentáveis, nos termos
                               e prerrogativas da Lei Estadual 14.870/2003.
                               Parceria...é estratégia da MinasInvest, propondo-se a “atuar como agente
                               catalisador da Parceria para a Inovação, entre o setor privado, Universidade,
                               Governo e Organismos financiadores para a gestão do conhecimento aplicado à
                               cadeia produtiva.”
                               O Instituto PEABIRUS disponibiliza uma robusta rede em Internet com
                               ferramentas para a rearticulação e o reordenamento dos processos políticos,
                               econômicos e sociais numa perspectiva dos interesses locais em função da
                               globalização.

                               MINASINVEST/INSTITUTO PEABIRUS propõem à Secretaria de Ciência e
                               Tecnologia, como Secretaria de coordenação do SIMI a celebração, de
                               um Convênio com vistas a articular, implantar e gerenciar o ambiente
                               da REDE DA INOVAÇÃO ora proposto.
Espaços nobres, instalações e tecnologia de ponta
para eventos e reuniões e “business lounge” para
entrecruzamento de conhecimentos e
oportunidades de negócios

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

STUDIUM no I Fórum da CRHLP
STUDIUM no I Fórum da CRHLP STUDIUM no I Fórum da CRHLP
STUDIUM no I Fórum da CRHLP CRHLP
 
COMPROMISSO PARA O CRESCIMENTO, COMPETITIVIDADE E EMPREGO
COMPROMISSO PARA O CRESCIMENTO,  COMPETITIVIDADE E EMPREGOCOMPROMISSO PARA O CRESCIMENTO,  COMPETITIVIDADE E EMPREGO
COMPROMISSO PARA O CRESCIMENTO, COMPETITIVIDADE E EMPREGOCláudio Carneiro
 
A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...
A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...
A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...teixeiravasco
 
Discurso Armando Monteiro no Ministério do Desenvolvimento
Discurso Armando Monteiro no Ministério do DesenvolvimentoDiscurso Armando Monteiro no Ministério do Desenvolvimento
Discurso Armando Monteiro no Ministério do DesenvolvimentoPaulo Veras
 
Conferencia Empreendedorismo Audax 2009
Conferencia Empreendedorismo Audax 2009Conferencia Empreendedorismo Audax 2009
Conferencia Empreendedorismo Audax 2009Dianova
 
Slide desenvolvimento regional
Slide desenvolvimento regionalSlide desenvolvimento regional
Slide desenvolvimento regionalTonny Barbosa
 
Gestão estratégica com foco na administração pública
Gestão estratégica com foco na administração públicaGestão estratégica com foco na administração pública
Gestão estratégica com foco na administração públicaDARLANA GODOI
 
Estrutura Produtiva e Desenvolvimento Regional: experiências latino-americana...
Estrutura Produtiva e Desenvolvimento Regional: experiências latino-americana...Estrutura Produtiva e Desenvolvimento Regional: experiências latino-americana...
Estrutura Produtiva e Desenvolvimento Regional: experiências latino-americana...EUROsociAL II
 
[WUD-Rio 2019] Ana Flavio - A relação entre os Objetivos do Desenvolvimento S...
[WUD-Rio 2019] Ana Flavio - A relação entre os Objetivos do Desenvolvimento S...[WUD-Rio 2019] Ana Flavio - A relação entre os Objetivos do Desenvolvimento S...
[WUD-Rio 2019] Ana Flavio - A relação entre os Objetivos do Desenvolvimento S...UXPA-Rio
 
Estratégia Internacional da Empresa - Cooperação
Estratégia Internacional da Empresa - CooperaçãoEstratégia Internacional da Empresa - Cooperação
Estratégia Internacional da Empresa - CooperaçãoAléxia Martins
 
Dci artigo alexey carvalho
Dci   artigo alexey carvalhoDci   artigo alexey carvalho
Dci artigo alexey carvalhoAlexey Carvalho
 
A Relacao entre as Cadeias Globais de Valor e o Desenvolvimiento Economico Lo...
A Relacao entre as Cadeias Globais de Valor e o Desenvolvimiento Economico Lo...A Relacao entre as Cadeias Globais de Valor e o Desenvolvimiento Economico Lo...
A Relacao entre as Cadeias Globais de Valor e o Desenvolvimiento Economico Lo...FOMINDEL
 
Apostila de Gstão de Pessoas
Apostila de Gstão de PessoasApostila de Gstão de Pessoas
Apostila de Gstão de PessoasCássio Morelli
 
Sintese_CCV_conferencia_industria
Sintese_CCV_conferencia_industriaSintese_CCV_conferencia_industria
Sintese_CCV_conferencia_industriaAntónio Alvarenga
 

Mais procurados (19)

Compromisso pela Inovação
Compromisso pela InovaçãoCompromisso pela Inovação
Compromisso pela Inovação
 
STUDIUM no I Fórum da CRHLP
STUDIUM no I Fórum da CRHLP STUDIUM no I Fórum da CRHLP
STUDIUM no I Fórum da CRHLP
 
Caderno valor 08_11_2012
Caderno valor 08_11_2012Caderno valor 08_11_2012
Caderno valor 08_11_2012
 
COMPROMISSO PARA O CRESCIMENTO, COMPETITIVIDADE E EMPREGO
COMPROMISSO PARA O CRESCIMENTO,  COMPETITIVIDADE E EMPREGOCOMPROMISSO PARA O CRESCIMENTO,  COMPETITIVIDADE E EMPREGO
COMPROMISSO PARA O CRESCIMENTO, COMPETITIVIDADE E EMPREGO
 
A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...
A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...
A aposta estratégica numa Europa do conhecimento e inovação: os desafios no n...
 
Discurso Armando Monteiro no Ministério do Desenvolvimento
Discurso Armando Monteiro no Ministério do DesenvolvimentoDiscurso Armando Monteiro no Ministério do Desenvolvimento
Discurso Armando Monteiro no Ministério do Desenvolvimento
 
Conferencia Empreendedorismo Audax 2009
Conferencia Empreendedorismo Audax 2009Conferencia Empreendedorismo Audax 2009
Conferencia Empreendedorismo Audax 2009
 
Slide desenvolvimento regional
Slide desenvolvimento regionalSlide desenvolvimento regional
Slide desenvolvimento regional
 
Gestão estratégica com foco na administração pública
Gestão estratégica com foco na administração públicaGestão estratégica com foco na administração pública
Gestão estratégica com foco na administração pública
 
Estrutura Produtiva e Desenvolvimento Regional: experiências latino-americana...
Estrutura Produtiva e Desenvolvimento Regional: experiências latino-americana...Estrutura Produtiva e Desenvolvimento Regional: experiências latino-americana...
Estrutura Produtiva e Desenvolvimento Regional: experiências latino-americana...
 
[WUD-Rio 2019] Ana Flavio - A relação entre os Objetivos do Desenvolvimento S...
[WUD-Rio 2019] Ana Flavio - A relação entre os Objetivos do Desenvolvimento S...[WUD-Rio 2019] Ana Flavio - A relação entre os Objetivos do Desenvolvimento S...
[WUD-Rio 2019] Ana Flavio - A relação entre os Objetivos do Desenvolvimento S...
 
Estratégia Internacional da Empresa - Cooperação
Estratégia Internacional da Empresa - CooperaçãoEstratégia Internacional da Empresa - Cooperação
Estratégia Internacional da Empresa - Cooperação
 
Dci artigo alexey carvalho
Dci   artigo alexey carvalhoDci   artigo alexey carvalho
Dci artigo alexey carvalho
 
A Relacao entre as Cadeias Globais de Valor e o Desenvolvimiento Economico Lo...
A Relacao entre as Cadeias Globais de Valor e o Desenvolvimiento Economico Lo...A Relacao entre as Cadeias Globais de Valor e o Desenvolvimiento Economico Lo...
A Relacao entre as Cadeias Globais de Valor e o Desenvolvimiento Economico Lo...
 
A Nova Era Da Competicao
A Nova Era Da CompeticaoA Nova Era Da Competicao
A Nova Era Da Competicao
 
Fhc 99 02
Fhc 99 02Fhc 99 02
Fhc 99 02
 
Apostila de Gstão de Pessoas
Apostila de Gstão de PessoasApostila de Gstão de Pessoas
Apostila de Gstão de Pessoas
 
Sintese_CCV_conferencia_industria
Sintese_CCV_conferencia_industriaSintese_CCV_conferencia_industria
Sintese_CCV_conferencia_industria
 
Decreto tech sampa
Decreto tech sampaDecreto tech sampa
Decreto tech sampa
 

Destaque

Ingenieria y analisis en arquitectura de facebook
Ingenieria y analisis en arquitectura de facebookIngenieria y analisis en arquitectura de facebook
Ingenieria y analisis en arquitectura de facebookRubi_Dafne_Ruiz
 
Reflexion pedagogica hugo
Reflexion pedagogica hugoReflexion pedagogica hugo
Reflexion pedagogica hugoirsovar11
 
Sociedad de la Información, Tecnologías digitales y Educación
Sociedad de la Información, Tecnologías digitales y Educación Sociedad de la Información, Tecnologías digitales y Educación
Sociedad de la Información, Tecnologías digitales y Educación IsmaVidal
 
Factif shopmaster
Factif shopmasterFactif shopmaster
Factif shopmasterFactif b.v.
 
Suibee Eleni Krietsepi
Suibee Eleni KrietsepiSuibee Eleni Krietsepi
Suibee Eleni KrietsepiIgnite_Athens
 
6 я линия / левитана
6 я линия / левитана6 я линия / левитана
6 я линия / левитанаYhugor
 
3 errores de la fotografA�de eventos de empresa en redes sociales
3 errores de la fotografA�de eventos de empresa en redes sociales3 errores de la fotografA�de eventos de empresa en redes sociales
3 errores de la fotografA�de eventos de empresa en redes socialeslovingcommunity79
 
Projeto Toolkit Para Pm Es
Projeto Toolkit Para Pm EsProjeto Toolkit Para Pm Es
Projeto Toolkit Para Pm Esminasinvest
 
Palavras ao vento
Palavras ao ventoPalavras ao vento
Palavras ao ventoclauzely
 
Apresenta20062007final
Apresenta20062007finalApresenta20062007final
Apresenta20062007finalfernandar
 
A Durabilidade das Construções
A Durabilidade das ConstruçõesA Durabilidade das Construções
A Durabilidade das ConstruçõesEgydio Hervé Neto
 
Fotos HardWare Ordenador
Fotos HardWare OrdenadorFotos HardWare Ordenador
Fotos HardWare Ordenadorlauraceleiro30
 
Atelier 1 romain thévenet - intro27eregion
Atelier 1   romain thévenet - intro27eregionAtelier 1   romain thévenet - intro27eregion
Atelier 1 romain thévenet - intro27eregionStéphane VINCENT
 
Parceria Para A Inovacao
Parceria Para A InovacaoParceria Para A Inovacao
Parceria Para A Inovacaominasinvest
 

Destaque (20)

Cesis Nikiret
Cesis NikiretCesis Nikiret
Cesis Nikiret
 
Ingenieria y analisis en arquitectura de facebook
Ingenieria y analisis en arquitectura de facebookIngenieria y analisis en arquitectura de facebook
Ingenieria y analisis en arquitectura de facebook
 
Reflexion pedagogica hugo
Reflexion pedagogica hugoReflexion pedagogica hugo
Reflexion pedagogica hugo
 
Sociedad de la Información, Tecnologías digitales y Educación
Sociedad de la Información, Tecnologías digitales y Educación Sociedad de la Información, Tecnologías digitales y Educación
Sociedad de la Información, Tecnologías digitales y Educación
 
Factif shopmaster
Factif shopmasterFactif shopmaster
Factif shopmaster
 
Suibee Eleni Krietsepi
Suibee Eleni KrietsepiSuibee Eleni Krietsepi
Suibee Eleni Krietsepi
 
6 я линия / левитана
6 я линия / левитана6 я линия / левитана
6 я линия / левитана
 
3 errores de la fotografA�de eventos de empresa en redes sociales
3 errores de la fotografA�de eventos de empresa en redes sociales3 errores de la fotografA�de eventos de empresa en redes sociales
3 errores de la fotografA�de eventos de empresa en redes sociales
 
Projeto Toolkit Para Pm Es
Projeto Toolkit Para Pm EsProjeto Toolkit Para Pm Es
Projeto Toolkit Para Pm Es
 
Palavras ao vento
Palavras ao ventoPalavras ao vento
Palavras ao vento
 
Apresenta20062007final
Apresenta20062007finalApresenta20062007final
Apresenta20062007final
 
A Durabilidade das Construções
A Durabilidade das ConstruçõesA Durabilidade das Construções
A Durabilidade das Construções
 
Fotos HardWare Ordenador
Fotos HardWare OrdenadorFotos HardWare Ordenador
Fotos HardWare Ordenador
 
Diapos bomberos
Diapos bomberosDiapos bomberos
Diapos bomberos
 
Mensagem Por Fotos
Mensagem Por FotosMensagem Por Fotos
Mensagem Por Fotos
 
02111a
02111a02111a
02111a
 
EncáDia
EncáDiaEncáDia
EncáDia
 
Atelier 1 romain thévenet - intro27eregion
Atelier 1   romain thévenet - intro27eregionAtelier 1   romain thévenet - intro27eregion
Atelier 1 romain thévenet - intro27eregion
 
Parceria Para A Inovacao
Parceria Para A InovacaoParceria Para A Inovacao
Parceria Para A Inovacao
 
Social Software
Social SoftwareSocial Software
Social Software
 

Semelhante a Alianca pro minas e rede para a inovacao

M I N A S I N V E S T A P R E S E N T A C A O G E R A L
M I N A S I N V E S T  A P R E S E N T A C A O  G E R A LM I N A S I N V E S T  A P R E S E N T A C A O  G E R A L
M I N A S I N V E S T A P R E S E N T A C A O G E R A Lminasinvest
 
Minasinvest Apresentacao Geral
Minasinvest Apresentacao GeralMinasinvest Apresentacao Geral
Minasinvest Apresentacao Geralminasinvest
 
Parceria Para A Inovacao
Parceria Para A InovacaoParceria Para A Inovacao
Parceria Para A Inovacaogilbertociro
 
Minasinvest Uma Agencia Empresarial
Minasinvest Uma Agencia EmpresarialMinasinvest Uma Agencia Empresarial
Minasinvest Uma Agencia Empresarialminasinvest
 
Perfil Resumido Da Minas Invest
Perfil Resumido Da Minas InvestPerfil Resumido Da Minas Invest
Perfil Resumido Da Minas Investminasinvest
 
Minas Invest Uma Ppp Na Alavancagem Do Desenvolvimento De Mg
Minas Invest Uma Ppp Na Alavancagem Do Desenvolvimento De MgMinas Invest Uma Ppp Na Alavancagem Do Desenvolvimento De Mg
Minas Invest Uma Ppp Na Alavancagem Do Desenvolvimento De Mgminasinvest
 
Minasinvest Indi Sinopse
Minasinvest Indi SinopseMinasinvest Indi Sinopse
Minasinvest Indi Sinopseminasinvest
 
Gestão da inovacao com sustentabilidade e conectividade
Gestão da inovacao com sustentabilidade e conectividadeGestão da inovacao com sustentabilidade e conectividade
Gestão da inovacao com sustentabilidade e conectividadeNit Celesc
 
Parceria Minas Invest Almg Sede Resumo
Parceria Minas Invest Almg Sede ResumoParceria Minas Invest Almg Sede Resumo
Parceria Minas Invest Almg Sede Resumominasinvest
 
Redes de Cooperação - AGRECI
Redes de Cooperação - AGRECIRedes de Cooperação - AGRECI
Redes de Cooperação - AGRECIguestc0fa22
 
Parceria Minas Invest Subseam Almg
Parceria Minas Invest Subseam AlmgParceria Minas Invest Subseam Almg
Parceria Minas Invest Subseam Almgminasinvest
 
Gestão da Inovação com Sustentabilidade e Conectividade
Gestão da Inovação com Sustentabilidade e ConectividadeGestão da Inovação com Sustentabilidade e Conectividade
Gestão da Inovação com Sustentabilidade e ConectividadeAngela Iara Zotti
 
Rede jatropha infra estrutura
Rede jatropha infra estruturaRede jatropha infra estrutura
Rede jatropha infra estruturaminasinvest
 
Rede Jatropha Infra Estrutura
Rede Jatropha Infra EstruturaRede Jatropha Infra Estrutura
Rede Jatropha Infra Estruturaguestfbbe779f
 
Rede Pro Minas é Inovacao Summary
Rede Pro Minas é Inovacao SummaryRede Pro Minas é Inovacao Summary
Rede Pro Minas é Inovacao Summaryminasinvest
 
Ecossistema de startups 2016.pptx
Ecossistema de startups 2016.pptxEcossistema de startups 2016.pptx
Ecossistema de startups 2016.pptxLiliane Carvalho
 
Relatório de Atividades Softex
Relatório de Atividades SoftexRelatório de Atividades Softex
Relatório de Atividades SoftexRayanny Nunes
 

Semelhante a Alianca pro minas e rede para a inovacao (20)

M I N A S I N V E S T A P R E S E N T A C A O G E R A L
M I N A S I N V E S T  A P R E S E N T A C A O  G E R A LM I N A S I N V E S T  A P R E S E N T A C A O  G E R A L
M I N A S I N V E S T A P R E S E N T A C A O G E R A L
 
Minasinvest Apresentacao Geral
Minasinvest Apresentacao GeralMinasinvest Apresentacao Geral
Minasinvest Apresentacao Geral
 
Parceria Para A Inovacao
Parceria Para A InovacaoParceria Para A Inovacao
Parceria Para A Inovacao
 
Minasinvest Uma Agencia Empresarial
Minasinvest Uma Agencia EmpresarialMinasinvest Uma Agencia Empresarial
Minasinvest Uma Agencia Empresarial
 
Perfil Resumido Da Minas Invest
Perfil Resumido Da Minas InvestPerfil Resumido Da Minas Invest
Perfil Resumido Da Minas Invest
 
Rede da Bioerg
Rede da   BioergRede da   Bioerg
Rede da Bioerg
 
Minas Invest Uma Ppp Na Alavancagem Do Desenvolvimento De Mg
Minas Invest Uma Ppp Na Alavancagem Do Desenvolvimento De MgMinas Invest Uma Ppp Na Alavancagem Do Desenvolvimento De Mg
Minas Invest Uma Ppp Na Alavancagem Do Desenvolvimento De Mg
 
Minasinvest Indi Sinopse
Minasinvest Indi SinopseMinasinvest Indi Sinopse
Minasinvest Indi Sinopse
 
A rede da Bioerg
A rede da BioergA rede da Bioerg
A rede da Bioerg
 
Gestão da inovacao com sustentabilidade e conectividade
Gestão da inovacao com sustentabilidade e conectividadeGestão da inovacao com sustentabilidade e conectividade
Gestão da inovacao com sustentabilidade e conectividade
 
Parceria Minas Invest Almg Sede Resumo
Parceria Minas Invest Almg Sede ResumoParceria Minas Invest Almg Sede Resumo
Parceria Minas Invest Almg Sede Resumo
 
Redes de Cooperação - AGRECI
Redes de Cooperação - AGRECIRedes de Cooperação - AGRECI
Redes de Cooperação - AGRECI
 
Agreci
AgreciAgreci
Agreci
 
Parceria Minas Invest Subseam Almg
Parceria Minas Invest Subseam AlmgParceria Minas Invest Subseam Almg
Parceria Minas Invest Subseam Almg
 
Gestão da Inovação com Sustentabilidade e Conectividade
Gestão da Inovação com Sustentabilidade e ConectividadeGestão da Inovação com Sustentabilidade e Conectividade
Gestão da Inovação com Sustentabilidade e Conectividade
 
Rede jatropha infra estrutura
Rede jatropha infra estruturaRede jatropha infra estrutura
Rede jatropha infra estrutura
 
Rede Jatropha Infra Estrutura
Rede Jatropha Infra EstruturaRede Jatropha Infra Estrutura
Rede Jatropha Infra Estrutura
 
Rede Pro Minas é Inovacao Summary
Rede Pro Minas é Inovacao SummaryRede Pro Minas é Inovacao Summary
Rede Pro Minas é Inovacao Summary
 
Ecossistema de startups 2016.pptx
Ecossistema de startups 2016.pptxEcossistema de startups 2016.pptx
Ecossistema de startups 2016.pptx
 
Relatório de Atividades Softex
Relatório de Atividades SoftexRelatório de Atividades Softex
Relatório de Atividades Softex
 

Mais de minasinvest

Teia deEmpreendedores com impacto na sociedade
Teia deEmpreendedores com impacto na sociedadeTeia deEmpreendedores com impacto na sociedade
Teia deEmpreendedores com impacto na sociedademinasinvest
 
Minas invest global solution
Minas invest global solutionMinas invest global solution
Minas invest global solutionminasinvest
 
Tao te king líder criativo
Tao te king líder criativoTao te king líder criativo
Tao te king líder criativominasinvest
 
Joaoleite.net mobilizacao na Internet
Joaoleite.net mobilizacao na InternetJoaoleite.net mobilizacao na Internet
Joaoleite.net mobilizacao na Internetminasinvest
 
TEIAS APRESENTACAO
TEIAS APRESENTACAOTEIAS APRESENTACAO
TEIAS APRESENTACAOminasinvest
 
Global village hostel
Global village hostelGlobal village hostel
Global village hostelminasinvest
 
FLAT VIP PARA ALUNOS VIP DE FACULDADES VIPS EM BELO HORIZONTE
FLAT VIP PARA ALUNOS VIP  DE FACULDADES VIPS EM BELO HORIZONTEFLAT VIP PARA ALUNOS VIP  DE FACULDADES VIPS EM BELO HORIZONTE
FLAT VIP PARA ALUNOS VIP DE FACULDADES VIPS EM BELO HORIZONTEminasinvest
 
Inovarte vinhos e queijos resumo
Inovarte vinhos e queijos resumoInovarte vinhos e queijos resumo
Inovarte vinhos e queijos resumominasinvest
 
Inovarte fashion resumo
Inovarte fashion resumoInovarte fashion resumo
Inovarte fashion resumominasinvest
 
Inovarte e bar lugar de inovar
Inovarte e bar lugar de inovarInovarte e bar lugar de inovar
Inovarte e bar lugar de inovarminasinvest
 
Plano Nacional de Desenvolvimento de Angola - 2013-2017
Plano Nacional de Desenvolvimento de Angola - 2013-2017Plano Nacional de Desenvolvimento de Angola - 2013-2017
Plano Nacional de Desenvolvimento de Angola - 2013-2017minasinvest
 
Libra investments ESPAÇO
Libra investments ESPAÇOLibra investments ESPAÇO
Libra investments ESPAÇOminasinvest
 
Q uadro jurídico do investimento privado em angola nacoes unidas
Q uadro jurídico do investimento privado em angola nacoes unidasQ uadro jurídico do investimento privado em angola nacoes unidas
Q uadro jurídico do investimento privado em angola nacoes unidasminasinvest
 
Lei do investimento privado em angola
Lei do investimento privado em angolaLei do investimento privado em angola
Lei do investimento privado em angolaminasinvest
 
Teias na midia social
Teias na midia socialTeias na midia social
Teias na midia socialminasinvest
 
R&d jatropha results achieved
R&d jatropha results achievedR&d jatropha results achieved
R&d jatropha results achievedminasinvest
 
Uruguay in-focus 042012
Uruguay in-focus 042012Uruguay in-focus 042012
Uruguay in-focus 042012minasinvest
 
Uruguay at-a-glance
Uruguay at-a-glanceUruguay at-a-glance
Uruguay at-a-glanceminasinvest
 
Uruguay a-country-of-services
Uruguay a-country-of-servicesUruguay a-country-of-services
Uruguay a-country-of-servicesminasinvest
 

Mais de minasinvest (20)

Teia deEmpreendedores com impacto na sociedade
Teia deEmpreendedores com impacto na sociedadeTeia deEmpreendedores com impacto na sociedade
Teia deEmpreendedores com impacto na sociedade
 
Minas invest global solution
Minas invest global solutionMinas invest global solution
Minas invest global solution
 
Tao te king líder criativo
Tao te king líder criativoTao te king líder criativo
Tao te king líder criativo
 
Joaoleite.net mobilizacao na Internet
Joaoleite.net mobilizacao na InternetJoaoleite.net mobilizacao na Internet
Joaoleite.net mobilizacao na Internet
 
TEIAS APRESENTACAO
TEIAS APRESENTACAOTEIAS APRESENTACAO
TEIAS APRESENTACAO
 
Global village hostel
Global village hostelGlobal village hostel
Global village hostel
 
FLAT VIP PARA ALUNOS VIP DE FACULDADES VIPS EM BELO HORIZONTE
FLAT VIP PARA ALUNOS VIP  DE FACULDADES VIPS EM BELO HORIZONTEFLAT VIP PARA ALUNOS VIP  DE FACULDADES VIPS EM BELO HORIZONTE
FLAT VIP PARA ALUNOS VIP DE FACULDADES VIPS EM BELO HORIZONTE
 
Inovarte vinhos e queijos resumo
Inovarte vinhos e queijos resumoInovarte vinhos e queijos resumo
Inovarte vinhos e queijos resumo
 
Inovarte fashion resumo
Inovarte fashion resumoInovarte fashion resumo
Inovarte fashion resumo
 
Fashion & Bier
Fashion & BierFashion & Bier
Fashion & Bier
 
Inovarte e bar lugar de inovar
Inovarte e bar lugar de inovarInovarte e bar lugar de inovar
Inovarte e bar lugar de inovar
 
Plano Nacional de Desenvolvimento de Angola - 2013-2017
Plano Nacional de Desenvolvimento de Angola - 2013-2017Plano Nacional de Desenvolvimento de Angola - 2013-2017
Plano Nacional de Desenvolvimento de Angola - 2013-2017
 
Libra investments ESPAÇO
Libra investments ESPAÇOLibra investments ESPAÇO
Libra investments ESPAÇO
 
Q uadro jurídico do investimento privado em angola nacoes unidas
Q uadro jurídico do investimento privado em angola nacoes unidasQ uadro jurídico do investimento privado em angola nacoes unidas
Q uadro jurídico do investimento privado em angola nacoes unidas
 
Lei do investimento privado em angola
Lei do investimento privado em angolaLei do investimento privado em angola
Lei do investimento privado em angola
 
Teias na midia social
Teias na midia socialTeias na midia social
Teias na midia social
 
R&d jatropha results achieved
R&d jatropha results achievedR&d jatropha results achieved
R&d jatropha results achieved
 
Uruguay in-focus 042012
Uruguay in-focus 042012Uruguay in-focus 042012
Uruguay in-focus 042012
 
Uruguay at-a-glance
Uruguay at-a-glanceUruguay at-a-glance
Uruguay at-a-glance
 
Uruguay a-country-of-services
Uruguay a-country-of-servicesUruguay a-country-of-services
Uruguay a-country-of-services
 

Alianca pro minas e rede para a inovacao

  • 1. PLATAFORMA “Minas é Inovação” “ REDE PARA INOVAÇÃO “
  • 2. “ O estado de Minas Gerais povoado de empresas inovadoras, com bem-estar e qualidade de vida para a sociedade “ Visão da MinasInvest “ O SIMI – Sistema Mineiro de Inovação, tem por finalidade promover convergência de ações governamentais, empresariais, acadêmicas de pesquisa e tecnologia para, de forma cooperada, desenvolver a inovação no Estado de Minas Gerais.” VISÃO A REDE PARA INOVAÇÃO apoia, organicamente, o potencial do Estado de Minas Gerais numa Parceria Público-Privada inovadora e atua como catalizadora da inovação no desenvolvimento sócio-econômico- buscando oportunidades para criar parcerias comerciais entre o setor Público e a iniciativa privada
  • 3. A colaboração do conhecimento e dos negócios pode trazer benefícios estratégicos para Minas Gerais, interagindo com o Governo em seus objetivos econômicos de base mais ampla. O papel da REDE PARA INOVAÇÃO é somar esforços operacionais com a IDÉIA-FORÇA capacidade instalada do Governo para direcionar e atrair os investimentos, negócios e inovação capazes de executar as metas e objetivos econômicos do Governo Estadual, traduzidas no PMDI 2007/2011/23 através dos 5 Eixos Estratégicos, 11 Áreas de Resultado e os 50 Projetos Estruturadores, enquanto o SIMI “ pretende, pioneiramente, ser a mais promissora iniciativa para promover uma articulação dinâmica e permanente para a inovação.” O Governo, contando com o apoio operacional da REDE PARA INOVAÇÃO, agiliza medidas que aumentam o impacto econômico dos investimentos , ambiente de negócios e oxigenação de conhecimento adotando políticas que sustentam as metas econômicas mais amplas e de longa duração. IDÉIA-FORÇA: FORTALECER E LIGAR A GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO AOS ATOS ECONÔMICOS.
  • 4. A força-motriz: PLANEJAR E ATUAR . FORÇA-MOTRIZ A ferramenta é formular um planejamento estratégico como agenda de Governo em conjunto com o setor produtivo para ser implementada tanto na demanda na oferta de capacitações, como contribuição fundamental na melhoria dos níveis de inovação e competitividade. O planejamento tem por objetivo comprometer os agentes do desenvolvimento a criar um sistema de qualificação mais responsivo e flexível. A REDE PARA INOVAÇÃO deve incluir temas de políticas Públicas como: necessidade de expandir os fundos para ciência; desenvolvimento de estratégias e “clusters” regionais orientados para a inovação; desenvolvimento de conhecimento e capacitações e Internacionalização A REDE DA INOVAÇÃO EM MINAS se propõe a participar da formulação de políticas em áreas do conhecimento em que o Governo, a iniciativa privada e os Centros de Conhecimento, em rede, podem agir eficazmente para elevar a taxa de inovação.
  • 5. A REDE PARA INOVAÇÃO tem por objetivo derradeiro facilitar a criação O QUE QUEREMOS de novos empreendimentos comercializando os resultados da pesquisa universitária com vistas a gerar retorno econômico para as partes. Ao aproximar empresas com as tecnologias e recursos da Universidade, cria-se parcerias entre pesquisadores e empreendedores nos mercados local e global. Estes vínculos geram novos investimentos e benefícios econômicos de longo-prazo para a universidade, seus parceiros corporativos e a comunidade. QUEREMOS que Minas seja um “hub”, um pólo de conhecimento na economia nacional, com reputação não apenas na descoberta científica e tecnológica, mas também na liderança de transformar conhecimento em produtos e serviços inovadores. Embora o Governo atual tenha tido o mérito de estabelecer os fundamentos de uma nova economia através de um arrojado programa de choque de gestão capaz de equilibrar as políticas macro-econômicas e fiscais, outras medidas que afetam diretamente a inovação precisam ser adotadas, criando e implementando um programa de reforma micro- econômica.
  • 6. CONVITE À INICIATIVA PRIVADA Minas vive um ambiente favorável para seu desenvolvimento: O PMDI – Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado e o SIMI Sistema Mineiro de Inovação são programas avançados que impõem mudanças pragmáticas, rupturas de paradigmas e abertura para novas alternativas. “Um “novo” modelo exige como tendência a predominância das iniciativas privadas na determinação da dinâmica econômica e um elevado grau de abertura à economia internacional.” “Para alcançar o objetivo do desenvolvimento é imprescindível “Para alcançar o objetivo do desenvolvimento é imprescindível contar com a participação e o apoio dos segmentos empresariais.” contar com a participação e o apoio dos segmentos empresariais.” O Governo concorda que para cumprir o Programa Mineiro de Desenvolvimento Integrado se " requer um agudo senso de prioridade e muita competência para inovar e criar, fazer diferente e conseguir resultados expressivos..." * Relatório MG do Século XXI, BDMG
  • 7. ESTADO EMPREENDEDOR “Não há nenhum inconveniente no fato de gestores públicos atuarem para implementar condições que levem ao aumento da capacidade produtiva, direcionando os investimentos e criando políticas que viabilizem o aproveitamento de potenciais produtivos, tendo em vista oportunidades no mercado externo e interno, e gerem oportunidades de trabalho e de negócios.” (FERNANDO DOLABELA,2003) “ Empreendedorismo significa protagonismo social, ruptura de laços de dependência, crença dos indivíduos e das comunidades na própria capacidade de construir o seu desenvolvimento pela cooperação entre os diversos âmbitos político-sociais que a caracterizam.” (FRANCO, 2003) EFICIÊNCIA DOS SERVIÇOS PÚBLICOS: ao lado da legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade, a Constituição Federal inclui o princípio da “ eficiência” na gestão administrativa pública direta ou indireta. A REDE PARA INOVAÇÃO se propõe a contribuir na construção da “ MINAS :ESTADO DE RESULTADOS” e “ MINAS É INOVAÇÃO”.
  • 8. ALIANÇA PRO MINAS Parceria entre empresas, Governo e Centros de Conhecimento com o objetivo de desenvolver uma agressiva iniciativa público-privada de desenvolvimento sustentável. Esforço de “mutirão” para incentivar as iniciativas individuais de seus integrantes em programa mais amplo e planejado capaz de promover o desenvolvimento de negócios e de conhecimento do Estado, a nível local e internacional. Ao congregar os agentes do desenvolvimento nos setores estratégicos, a parceria amplia o número de oportunidades de qualidade e promove o êxito geral das estratégias de desenvolvimento do Estado. Visa construir foco, comunicação e colaboração entre os intervenientes do desenvolvimento econômico, congregando os esforços de todos os seus agentes de forma organizada e orgânica. A rede deve servir como um “benchmark” criando atividades de ponta e inovadoras para expandir o ambiente de negócios do Estado de Minas Gerais.
  • 9. O reconhecimento de que o bem estar econômico geral da ALIANÇA PRO MINAS Sociedade gera condições e ambiente favoráveis para o desenvolvimento de seu empreendimento justifica o comprometimento da ALIANÇA PRO MINAS no progresso sócio- econômico do Estado. Através de sua participação e apoio efetivos, os parceiros da iniciativa privada e dos Centros de Conhecimento nas atividades de fomento do Estado são de vital importância para a sua viabilização econômica , gerando mais emprego e renda. Sua principal contribuição , entretanto, é o aporte de capacidade empreendedora, dinamismo, gestão eficiente, celeridade aos processos capazes de inovar a gestão Pública. A ALIANÇA PRO MINAS é uma cooperação entre os diversos âmbitos e agentes político-sociais, assentada na crença de que a sociedade é capaz de construir o seu desenvolvimento e a inovação é o instrumento.
  • 10. BRAÇO OPERACIONAL A ALIANÇA PRO MINAS se propõe a ser um braço operacional dos agentes do desenvolvimento: do Governo como indutor e do empreendedor como executor: Servindo como instrumento para lidar com barreiras administrativas e operacionais, oferecendo um ambiente de políticas e táticas mais amigáveis e palatáveis para canalizar os interesses dos empreendedores e investidores. Identificando alternativas simples e práticas na política de investimento e na capacidade de remover os gargalos e preencher os elos faltantes Aglutinando idéias, iniciativas, conhecimento e colaboração entre os agentes do desenvolvimento.
  • 11. Objetivos gerais Criar e disponibilizar ferramentas permanentes CRIANDO INDICADORES capazes de abordar a necessidade de políticas e métricas de inovação eficazes que possam traduzir o dinamismo da economia global de rede baseada no conhecimento e trazer competitividade às empresas e bem-estar à sociedade. Criar um Painel da Inovação com indicadores de medição da inovação em Minas Gerais no contexto da economia global, ajudando os tomadores de decisão com referenciais (benchmarks) e monitorando o desempenho da inovação, estabelecendo novos parêmetros para a gestão Pública e as estratégias empresariais.
  • 12. “ a gente vive repetido, o repetido, e escorregável, num mim minuto, já está empurrado noutro galho.” (Guimarães Rosa) DESAFIO: MUDANÇA Na Nova Economia, o que mais importa é a “ eficiência adaptativa” ( Douglas North -Prêmio Nobel de economia) , ou seja, a capacidade das instituições de inovar, aprender continuamente e mudar produtivamente. Na velha economia, ativos fixos, financiamento e mão-de-obra eram as fontes principais de vantagem competitiva para as empresas. Na Nova Economia, as racionalidades e metas econômicas de desenvolvimento econômico devem dar lugar a formas inovadoras e sustentáveis de produzir. O desafio agora é criar uma estrutura de política econômica capaz de encorajar uma nova era de crescimento de renda per-capita mais elevado, adaptando-se às novas formas de produzir. “ O mineiro não se adapta facilmente ao progresso(...) daí dizer-se que é uma grande força conservadora (...) Onde se instala, fica. Desconfia de mudanças.” (Alceu Amoroso Lima) Inovação requer mudanças de paradigmas. Este é o grande desafio de Minas.
  • 13. Portanto, o Governo desempenha importante papel: DESAFIO: MUDANÇA na criação de condições favoráveis para a inovação; no desenvolvimento de uma gama de produtos Públicos que são essenciais para uma economia do conhecimento dinâmica e inovadora: base sólida de ciência, engenharia e tecnologia; incentivos para a transferência do conhecimento; padrões educacionais elevados;formação, retenção e circulação de talentos. financiamento Para melhorar o desempenho da inovação, é preciso iniciativas intra-governamentais e parcerias com a sociedade civil. Ações amplas são fundamentais. A inovação deve ser incrustada no pensamento de todos os agentes econômicos e colaboração intensa entre eles é imprescindível.
  • 14. Estágios de atividades Insumos – Descoberta: Como • Inovação: Como organizar as construir e sustentar atividades. uma massa crítica de • Financiamento: Como ciência aplicada. capitalizar as atividades. AÇÕES – Desenvolvimento: Como • Recursos Humanos: Como realizar a adquirir os talentos comercialização da necessários. inovação. • Infra-estrutura: Facilidades & para acionar as operações. – Aplicação: Como atingir • Governança: Como alinhar a formação do políticas, programas e empreendimento, práticas para sustentar as expansão e globalização. ações.
  • 15. Dutos Consistentes e Robustos da Inovação criam um ciclo que Promove a Formação de Aglomerações Produtivas CICLO DA INOVAÇÃO Investimento em P,D, I &G: Governo, Setor produtivo Comercialização do Novo Conhecimento: Patentes, Licenças Enpreendedorismo: Crescimento e Continuidade de Novos Negócios Empresas Globais: Lançamento em Bolsa Liderança Tecnológica
  • 16. VALORES E DESAFIOS O desenvolvimento deve ser sustentável, visando ao bem-estar social, econômico e ambiental de toda a sociedade; A participação dos segmentos empresariais e de toda a sociedade no desenvolvimento sócio-econômico é fundamental; O desenvolvimento é missão de todos, mas não é inercial: requer forças aglutinadoras e coordenadoras para disparar o ciclo virtuoso e necessário do desenvolvimento. O ambiente favorável para o crescimento criado pelo Governo atual e o peso da dimensão financeira para atender as crescentes demandas, impõem como fator mais urgente inovações e reformas estruturais ainda mais profundas. A ALIANÇA PRO MINAS acredita que deve existir um equilíbrio adequado entre o interesse Público e a iniciativa privada capaz de levar ao progresso social e desenvolvimento econômico.
  • 17. Marketing institucional, criando um ambiente acolhedor para convivência dinâmica das diversas culturas. Integração a uma vasta rede de conhecimento e negócios Facilitação aos mecanismos de investimentos de empresas estrangeiras em Minas e de empresas Mineiras no exterior. (Modelo: “ One-Stop Shop”) BENEFÍCIOS Assessoria e monitoramento nas etapas do projeto até a sua implementação. Financiamento (Fund raising): capital de risco e bancos de fomento Acesso a projetos de investimentos em inovação e negócios em sua área de atuação. Acesso a projetos e PPP com o Governo Estadual e Municipal e capital de risco e fundos privados de investimento. Dedução de Imposto de Renda: até o limite de 2% (dois por cento) do lucro operacional (MP nº 2113-32, de 21.jun.2001, arts. 59 e 60.)
  • 18. SUSTENTABILIDADE DO PROJETO A antevisão de resultados seguros e positivos da ALIANÇA PRO MINAS sustenta-se nos seguintes pilares: A constatação de novas formas de viabilização de empreendimentos geradores de desenvolvimento requer a união das forças da sociedade. A iniciativa, ousadia e inovação como novos paradigmas dos conceito de gestão para a retomada do vigor de Minas. A mudança do modelo de pensamento (mind set) como chave para a transformação e crescimento. A adoção de padrões internacionais de excelência vista como condição fundamental para se assegurar competitividade e êxito Construir a Minas Gerais – Estado de Resultados
  • 19. Rede ALIANÇA PRO MINAS Comunidades Comunidades de de Negócios Conhecimento Sub-redes Clusters MINAS PROJETO ESTADUAL INSTITUTO DE INVEST INCLUSÃO DIGITAL PESOS E MEDIDAS - MG Comunidades de Colaboração Inovação Agronegócio Projetos Oportunidades Comércio Competitividade Exterior Educação Pauta das comunidades de colaboração alinhada com os objetivos estratégicos de cada sub-rede
  • 20. UMA PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA Ações Públicas são mais eficazes se realizadas em parceria com a sociedade civil, posto que suas organizações acumulam infra- estrutura,conhecimento e recursos humanos de qualidade. A instituição das Organizações Sociais Civis de Interesse Público possui sentido estratégico no contexto do Plano Estruturador do Choque de Gestão:permite o fortalecimento da sociedade civil, aumenta a sua capacidade de influenciar as decisões públicas e alavanca recursos a serem destinados ao desenvolvimento estadual. “Ao convidar estas entidades para a execução de políticas públicas, o Estado reconhece, a um só tempo, as limitações inerentes às normas que regem a atuação estatal, e o importante papel da sociedade civil para o desenvolvimento social.” (SEPLAG) “ Para se alcançar este macro objetivo, impõe-se a adoção de metodologia baseada em indicadores de resultados, com gerenciamento intensivo, mediante clara responsabilização dos partícipes pelas metas, projetos e atividades.” (Governo de MG)
  • 21. UMA PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA Considerando que: Compete ao SIMI – Sistema Mineiro de inovação, promover a integração e a articulação entre órgãos,entidades, empresas de direito público e privado, organizações da sociedade civil de interesse público - OSCIP, universidades e centros universitários (Art. 3º. Decreto 44.318/2006) O SIMI é a união de empresas, institutos de pesquisa e governo orientados e coordenados de forma a gerar um ambiente propício do desenvolvimento da inovação no Estado de Minas Gerais. MinasInvest é renomada OSCIP Estadual e Federal e tem demonstrado suas capacitações no fomento de negócios e investimentos sustentáveis, nos termos e prerrogativas da Lei Estadual 14.870/2003. Parceria...é estratégia da MinasInvest, propondo-se a “atuar como agente catalisador da Parceria para a Inovação, entre o setor privado, Universidade, Governo e Organismos financiadores para a gestão do conhecimento aplicado à cadeia produtiva.” O Instituto PEABIRUS disponibiliza uma robusta rede em Internet com ferramentas para a rearticulação e o reordenamento dos processos políticos, econômicos e sociais numa perspectiva dos interesses locais em função da globalização. MINASINVEST/INSTITUTO PEABIRUS propõem à Secretaria de Ciência e Tecnologia, como Secretaria de coordenação do SIMI a celebração, de um Convênio com vistas a articular, implantar e gerenciar o ambiente da REDE DA INOVAÇÃO ora proposto.
  • 22. Espaços nobres, instalações e tecnologia de ponta para eventos e reuniões e “business lounge” para entrecruzamento de conhecimentos e oportunidades de negócios