SlideShare uma empresa Scribd logo
BIOFOCO 10
QUESTÕES DE AULA
© Areal Editores 1
A presença de mitocôndrias em seres eucariontes apoiava a visão de que estes organelos são componentes
celulares essenciais. Pensava-se que as mitocôndrias existiam em todos os seres nucleados, contudo uma
investigação recente revela que há um microrganismo que as perdeu durante a evolução.
As mitocôndrias terão tido origem num processo de endossimbiose entre procariontes heterotróficos aeróbios
capturados por células de maiores dimensões (células hospedeiras nucleadas). Durante o curso da evolução
da célula eucariótica, o DNA mitocondrial foi significativamente modificado e muitas funções foram adquiridas,
perdidas ou realocadas.
A investigadora Anna Karnkowska e seus colaboradores, da Universidade Charles, na República Checa,
tentaram descobrir se o eucarionte Monocercomonoides sp. continha genes ligados à atividade mitocondrial,
sendo esta uma forma de verificar se um organismo tem ainda mitocôndrias. Mas, nas várias análises que os
investigadores fizeram, não encontraram nenhum destes genes. Esta espécie unicelular que habita o tubo
digestivo das chinchilas – um roedor da América do Sul – vive num ambiente quase sem oxigénio e alimenta-
se de moléculas orgânicas existentes no tubo digestivo do roedor. Atendendo ao contexto evolutivo dos seres
eucariontes, verificou-se que Monocercomonoides sp. não é originalmente desprovido de mitocôndrias, mas
terá perdido estes organelos após o aparecimento dos vertebrados, há cerca de 500 Ma, já que estes
microrganismos vivem no sistema digestivo daqueles animais.
No entanto, os investigadores descobriram, em Monocercomonoides sp., um grupo de proteínas que contêm
os elementos ferro e enxofre e que são importantes para a biossíntese celular, ajudando, assim, a
compreender a perda das mitocôndrias.
Este é o primeiro exemplo de um eucarionte sem mitocôndrias, demonstrando que este organelo não é
absolutamente essencial para a viabilidade de uma célula eucariótica.
Adaptado de Karnkowska, A. et al (2016). A Eukaryote without a Mitochondrial Organelle,
Current Biology, May 23;26(10):1274-84.
Figura 1 – Monocercomonoides sp.
QUESTÃO DE AULA 2 Um eucarionte sem mitocôndrias
Nome: ___________________________________________________ Turma: ______ Data: ___/___/___
BIOFOCO 10
QUESTÕES DE AULA
© Areal Editores 2
1. Os seres procariontes diferem dos seres eucariontes, pois
(A) apresentam parede celular de natureza celulósica.
(B) não possuem flagelos como estruturas de locomoção.
(C) possuem núcleo e ribossomas.
(D) não apresentam organelos membranares.
2. As mitocôndrias são estruturas celulares que estão envolvidas na
(A) síntese de matéria orgânica.
(B) obtenção de energia.
(C) maturação de proteínas.
(D) secreção de enzimas.
3. Nas chinchilas, o DNA encontra-se
(A) exclusivamente no núcleo.
(B) disperso no citoplasma.
(C) no núcleo e nas mitocôndrias.
(D) delimitado pela membrana celular.
4. De entre as seguintes afirmações relacionadas com a informação do texto, selecione as que
estão corretas, transcrevendo para a sua folha de respostas os números romanos
correspondentes.
I – As mitocôndrias surgiram através de um processo de endossimbiose entre seres eucariontes.
II – A célula eucariótica, ao longo de milhões de anos, sofreu alterações estruturais e funcionais.
III – Monocercomonoides sp. é um organismo procarionte heterotrófico.
IV – Os seres eucariontes com mitocôndrias surgiram, na linha evolutiva, depois de
Monocercomonoides sp.
V – A biossíntese celular em Monocercomonoides sp. é garantida por um grupo de proteínas que
contêm ferro e enxofre.
5. A chinchila é constituída por células eucarióticas _________ pois apresentam _________.
(A) vegetais … vacúolos de grandes dimensões
(B) animais … centríolos
(C) animais … parede celular
(D) vegetais … cloroplastos
BIOFOCO 10
QUESTÕES DE AULA
© Areal Editores 3
6. Considere as seguintes afirmações relativas a características de organelos celulares.
I – O retículo endoplasmático liso possui ribossomas, participando na síntese de proteínas.
II – O complexo de Golgi é responsável pela maturação de proteínas e intervém em fenómenos de
secreção.
III – Os ribossomas são organelos membranares constituídos por duas subunidades de diferentes
dimensões.
(A) II e III são verdadeiras; I é falsa.
(B) I e II são verdadeiras; III é falsa.
(C) I é verdadeira; II e III são falsas.
(D) I é verdadeira; I e III são falsas.
7. Ordene as frases identificadas pelas letras de A a E, de modo a reconstituir a sequência
cronológica dos acontecimentos que permitem observar Monocercomonoides sp. ao
microscópio ótico composto.
A – Reduzir a distância entre a objetiva e a preparação, usando o parafuso macrométrico.
B – Focar a primeira observação com o auxílio do parafuso micrométrico.
C – Fazer a observação usando uma objetiva de maior ampliação.
D – Colocar o material biológico na lâmina.
E – Colocar a preparação na platina.
8. Fundamente a seguinte afirmação: “Apesar da grande diversidade de células que constituem
os seres vivos é possível considerar que todas as formas de vida possuem características
comuns.”
Um eucarionte sem mitocôndrias
1. Opção (D).
2. Opção (B).
3. Opção (C).
4. Afirmações II e V.
5. Opção (B).
6. Opção (D).
7. D – E – A – B – C
8. O aluno deverá contemplar na sua resposta:
(A) a célula é a unidade básica estrutural e funcional de todos os seres vivos;
(B) todas as células provêm de células preexistentes;
(C) a célula é a unidade de reprodução, de desenvolvimento e de hereditariedade dos seres vivos.
QUESTÃO DE AULA 2 PROPOSTA DE SOLUÇÕES

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Vitor Perfeito
 
Novo 10Q -
Novo 10Q - Novo 10Q -
Novo 10Q -
Vini Venci
 
Princípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológicoPrincípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológico
margaridabt
 
Q 10 11 ano (com soluções, todas as unidades), banco de questoes com itens de...
Q 10 11 ano (com soluções, todas as unidades), banco de questoes com itens de...Q 10 11 ano (com soluções, todas as unidades), banco de questoes com itens de...
Q 10 11 ano (com soluções, todas as unidades), banco de questoes com itens de...
Ana Isabel Duarte
 
9.DataçãO Absoluta
9.DataçãO Absoluta9.DataçãO Absoluta
9.DataçãO Absoluta
guestfa5e9
 
Teste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese ProteicaTeste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese Proteica
José Luís Alves
 
Bg10 teste1
Bg10 teste1Bg10 teste1
Bg10 teste1
claudiapeixoto
 
Modelo mitose trabpratico
Modelo mitose trabpraticoModelo mitose trabpratico
Modelo mitose trabpratico
Joana Margarida
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Isaura Mourão
 
10º testes leya
10º testes leya10º testes leya
10º testes leya
Graça Gomes
 
Ficha Formativa - Rochas
Ficha Formativa - RochasFicha Formativa - Rochas
Ficha Formativa - Rochas
José Luís Alves
 
Bg10 t1a 17_cc
Bg10 t1a 17_ccBg10 t1a 17_cc
Bg10 t1a 17_cc
José Luís Alves
 
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11ºRelatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Ricardo Dias
 
1_BG11_T3a_21_CC.pdf
1_BG11_T3a_21_CC.pdf1_BG11_T3a_21_CC.pdf
1_BG11_T3a_21_CC.pdf
José Luís Alves
 
IAVE Biologia Geologia 2017
IAVE Biologia Geologia 2017IAVE Biologia Geologia 2017
IAVE Biologia Geologia 2017
Vitor Perfeito
 
Biologia 11 ciclos de vida
Biologia 11   ciclos de vidaBiologia 11   ciclos de vida
Biologia 11 ciclos de vida
Nuno Correia
 
6 métodos estudo interior da terra
6   métodos estudo interior da terra6   métodos estudo interior da terra
6 métodos estudo interior da terra
margaridabt
 
Caderno de apoio ao professor 10 f
Caderno de apoio ao professor 10 fCaderno de apoio ao professor 10 f
Caderno de apoio ao professor 10 f
Silvia Couto
 
Crónica de D. João I de Fernão Lopes
Crónica de D. João I de Fernão LopesCrónica de D. João I de Fernão Lopes
Crónica de D. João I de Fernão Lopes
Gijasilvelitz 2
 
Ft 004 (funções sintáticas e orações)
Ft 004 (funções sintáticas e orações)Ft 004 (funções sintáticas e orações)
Ft 004 (funções sintáticas e orações)
Sonia Ramos
 

Mais procurados (20)

Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
 
Novo 10Q -
Novo 10Q - Novo 10Q -
Novo 10Q -
 
Princípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológicoPrincípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológico
 
Q 10 11 ano (com soluções, todas as unidades), banco de questoes com itens de...
Q 10 11 ano (com soluções, todas as unidades), banco de questoes com itens de...Q 10 11 ano (com soluções, todas as unidades), banco de questoes com itens de...
Q 10 11 ano (com soluções, todas as unidades), banco de questoes com itens de...
 
9.DataçãO Absoluta
9.DataçãO Absoluta9.DataçãO Absoluta
9.DataçãO Absoluta
 
Teste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese ProteicaTeste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese Proteica
 
Bg10 teste1
Bg10 teste1Bg10 teste1
Bg10 teste1
 
Modelo mitose trabpratico
Modelo mitose trabpraticoModelo mitose trabpratico
Modelo mitose trabpratico
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
 
10º testes leya
10º testes leya10º testes leya
10º testes leya
 
Ficha Formativa - Rochas
Ficha Formativa - RochasFicha Formativa - Rochas
Ficha Formativa - Rochas
 
Bg10 t1a 17_cc
Bg10 t1a 17_ccBg10 t1a 17_cc
Bg10 t1a 17_cc
 
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11ºRelatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
 
1_BG11_T3a_21_CC.pdf
1_BG11_T3a_21_CC.pdf1_BG11_T3a_21_CC.pdf
1_BG11_T3a_21_CC.pdf
 
IAVE Biologia Geologia 2017
IAVE Biologia Geologia 2017IAVE Biologia Geologia 2017
IAVE Biologia Geologia 2017
 
Biologia 11 ciclos de vida
Biologia 11   ciclos de vidaBiologia 11   ciclos de vida
Biologia 11 ciclos de vida
 
6 métodos estudo interior da terra
6   métodos estudo interior da terra6   métodos estudo interior da terra
6 métodos estudo interior da terra
 
Caderno de apoio ao professor 10 f
Caderno de apoio ao professor 10 fCaderno de apoio ao professor 10 f
Caderno de apoio ao professor 10 f
 
Crónica de D. João I de Fernão Lopes
Crónica de D. João I de Fernão LopesCrónica de D. João I de Fernão Lopes
Crónica de D. João I de Fernão Lopes
 
Ft 004 (funções sintáticas e orações)
Ft 004 (funções sintáticas e orações)Ft 004 (funções sintáticas e orações)
Ft 004 (funções sintáticas e orações)
 

Semelhante a ae_bf10_qa_2.docx

Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconiEstudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Marconi Jr
 
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconiEstudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Marconi Jr
 
biologia-celular-sebenta.pdf
biologia-celular-sebenta.pdfbiologia-celular-sebenta.pdf
biologia-celular-sebenta.pdf
MarianaFernandes310714
 
Uma Visão Geral da Célula
Uma Visão Geral da CélulaUma Visão Geral da Célula
Uma Visão Geral da Célula
Nilderlânia Paulino Sampaio
 
Bio01 livro-propostos
Bio01 livro-propostosBio01 livro-propostos
Bio01 livro-propostos
Alice MLK
 
Biologia.2012
Biologia.2012Biologia.2012
Biologia.2012
Suely Santos
 
Plano v
Plano vPlano v
Plano v
CCMbiologia
 
Plano iii
Plano iiiPlano iii
Plano iii
CCMbiologia
 
Micro apostila1
Micro apostila1Micro apostila1
Micro apostila1
Deuseny Nascimento
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
Teoria microscopiocelula
Teoria microscopiocelulaTeoria microscopiocelula
Teoria microscopiocelula
Alziro Xavier Neto
 
Citoplasma
CitoplasmaCitoplasma
Citoplasma
Vitória Almeida
 
Organização celular
Organização celularOrganização celular
Organização celular
ajsmorais
 
Introducao citologia
Introducao citologiaIntroducao citologia
Introducao citologia
Aulas Biologia
 
Introducao citologia
Introducao citologiaIntroducao citologia
Introducao citologia
Aulas Biologia
 
Citologia organelas citoplasmaticas_exercicios_gabaritos
Citologia organelas citoplasmaticas_exercicios_gabaritosCitologia organelas citoplasmaticas_exercicios_gabaritos
Citologia organelas citoplasmaticas_exercicios_gabaritos
joaoSousa153
 
Teoria celular
Teoria celularTeoria celular
Teoria celular
João Soares
 
QUESTÕES ENEM
QUESTÕES ENEMQUESTÕES ENEM
QUESTÕES ENEM
Udislan Sousa
 
Enem 3a
Enem 3aEnem 3a
Enem 3a
Udislan Sousa
 
Exercício de biologia
Exercício de biologiaExercício de biologia
Exercício de biologia
ADÃO Graciano
 

Semelhante a ae_bf10_qa_2.docx (20)

Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconiEstudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
 
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconiEstudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
 
biologia-celular-sebenta.pdf
biologia-celular-sebenta.pdfbiologia-celular-sebenta.pdf
biologia-celular-sebenta.pdf
 
Uma Visão Geral da Célula
Uma Visão Geral da CélulaUma Visão Geral da Célula
Uma Visão Geral da Célula
 
Bio01 livro-propostos
Bio01 livro-propostosBio01 livro-propostos
Bio01 livro-propostos
 
Biologia.2012
Biologia.2012Biologia.2012
Biologia.2012
 
Plano v
Plano vPlano v
Plano v
 
Plano iii
Plano iiiPlano iii
Plano iii
 
Micro apostila1
Micro apostila1Micro apostila1
Micro apostila1
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
Teoria microscopiocelula
Teoria microscopiocelulaTeoria microscopiocelula
Teoria microscopiocelula
 
Citoplasma
CitoplasmaCitoplasma
Citoplasma
 
Organização celular
Organização celularOrganização celular
Organização celular
 
Introducao citologia
Introducao citologiaIntroducao citologia
Introducao citologia
 
Introducao citologia
Introducao citologiaIntroducao citologia
Introducao citologia
 
Citologia organelas citoplasmaticas_exercicios_gabaritos
Citologia organelas citoplasmaticas_exercicios_gabaritosCitologia organelas citoplasmaticas_exercicios_gabaritos
Citologia organelas citoplasmaticas_exercicios_gabaritos
 
Teoria celular
Teoria celularTeoria celular
Teoria celular
 
QUESTÕES ENEM
QUESTÕES ENEMQUESTÕES ENEM
QUESTÕES ENEM
 
Enem 3a
Enem 3aEnem 3a
Enem 3a
 
Exercício de biologia
Exercício de biologiaExercício de biologia
Exercício de biologia
 

ae_bf10_qa_2.docx

  • 1. BIOFOCO 10 QUESTÕES DE AULA © Areal Editores 1 A presença de mitocôndrias em seres eucariontes apoiava a visão de que estes organelos são componentes celulares essenciais. Pensava-se que as mitocôndrias existiam em todos os seres nucleados, contudo uma investigação recente revela que há um microrganismo que as perdeu durante a evolução. As mitocôndrias terão tido origem num processo de endossimbiose entre procariontes heterotróficos aeróbios capturados por células de maiores dimensões (células hospedeiras nucleadas). Durante o curso da evolução da célula eucariótica, o DNA mitocondrial foi significativamente modificado e muitas funções foram adquiridas, perdidas ou realocadas. A investigadora Anna Karnkowska e seus colaboradores, da Universidade Charles, na República Checa, tentaram descobrir se o eucarionte Monocercomonoides sp. continha genes ligados à atividade mitocondrial, sendo esta uma forma de verificar se um organismo tem ainda mitocôndrias. Mas, nas várias análises que os investigadores fizeram, não encontraram nenhum destes genes. Esta espécie unicelular que habita o tubo digestivo das chinchilas – um roedor da América do Sul – vive num ambiente quase sem oxigénio e alimenta- se de moléculas orgânicas existentes no tubo digestivo do roedor. Atendendo ao contexto evolutivo dos seres eucariontes, verificou-se que Monocercomonoides sp. não é originalmente desprovido de mitocôndrias, mas terá perdido estes organelos após o aparecimento dos vertebrados, há cerca de 500 Ma, já que estes microrganismos vivem no sistema digestivo daqueles animais. No entanto, os investigadores descobriram, em Monocercomonoides sp., um grupo de proteínas que contêm os elementos ferro e enxofre e que são importantes para a biossíntese celular, ajudando, assim, a compreender a perda das mitocôndrias. Este é o primeiro exemplo de um eucarionte sem mitocôndrias, demonstrando que este organelo não é absolutamente essencial para a viabilidade de uma célula eucariótica. Adaptado de Karnkowska, A. et al (2016). A Eukaryote without a Mitochondrial Organelle, Current Biology, May 23;26(10):1274-84. Figura 1 – Monocercomonoides sp. QUESTÃO DE AULA 2 Um eucarionte sem mitocôndrias Nome: ___________________________________________________ Turma: ______ Data: ___/___/___
  • 2. BIOFOCO 10 QUESTÕES DE AULA © Areal Editores 2 1. Os seres procariontes diferem dos seres eucariontes, pois (A) apresentam parede celular de natureza celulósica. (B) não possuem flagelos como estruturas de locomoção. (C) possuem núcleo e ribossomas. (D) não apresentam organelos membranares. 2. As mitocôndrias são estruturas celulares que estão envolvidas na (A) síntese de matéria orgânica. (B) obtenção de energia. (C) maturação de proteínas. (D) secreção de enzimas. 3. Nas chinchilas, o DNA encontra-se (A) exclusivamente no núcleo. (B) disperso no citoplasma. (C) no núcleo e nas mitocôndrias. (D) delimitado pela membrana celular. 4. De entre as seguintes afirmações relacionadas com a informação do texto, selecione as que estão corretas, transcrevendo para a sua folha de respostas os números romanos correspondentes. I – As mitocôndrias surgiram através de um processo de endossimbiose entre seres eucariontes. II – A célula eucariótica, ao longo de milhões de anos, sofreu alterações estruturais e funcionais. III – Monocercomonoides sp. é um organismo procarionte heterotrófico. IV – Os seres eucariontes com mitocôndrias surgiram, na linha evolutiva, depois de Monocercomonoides sp. V – A biossíntese celular em Monocercomonoides sp. é garantida por um grupo de proteínas que contêm ferro e enxofre. 5. A chinchila é constituída por células eucarióticas _________ pois apresentam _________. (A) vegetais … vacúolos de grandes dimensões (B) animais … centríolos (C) animais … parede celular (D) vegetais … cloroplastos
  • 3. BIOFOCO 10 QUESTÕES DE AULA © Areal Editores 3 6. Considere as seguintes afirmações relativas a características de organelos celulares. I – O retículo endoplasmático liso possui ribossomas, participando na síntese de proteínas. II – O complexo de Golgi é responsável pela maturação de proteínas e intervém em fenómenos de secreção. III – Os ribossomas são organelos membranares constituídos por duas subunidades de diferentes dimensões. (A) II e III são verdadeiras; I é falsa. (B) I e II são verdadeiras; III é falsa. (C) I é verdadeira; II e III são falsas. (D) I é verdadeira; I e III são falsas. 7. Ordene as frases identificadas pelas letras de A a E, de modo a reconstituir a sequência cronológica dos acontecimentos que permitem observar Monocercomonoides sp. ao microscópio ótico composto. A – Reduzir a distância entre a objetiva e a preparação, usando o parafuso macrométrico. B – Focar a primeira observação com o auxílio do parafuso micrométrico. C – Fazer a observação usando uma objetiva de maior ampliação. D – Colocar o material biológico na lâmina. E – Colocar a preparação na platina. 8. Fundamente a seguinte afirmação: “Apesar da grande diversidade de células que constituem os seres vivos é possível considerar que todas as formas de vida possuem características comuns.” Um eucarionte sem mitocôndrias 1. Opção (D). 2. Opção (B). 3. Opção (C). 4. Afirmações II e V. 5. Opção (B). 6. Opção (D). 7. D – E – A – B – C 8. O aluno deverá contemplar na sua resposta: (A) a célula é a unidade básica estrutural e funcional de todos os seres vivos; (B) todas as células provêm de células preexistentes; (C) a célula é a unidade de reprodução, de desenvolvimento e de hereditariedade dos seres vivos. QUESTÃO DE AULA 2 PROPOSTA DE SOLUÇÕES