SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
CITOLOGIA
MICROSCÓPIO E A DESCOBERTA DA CÉLULA
Citologia é um dos campos da Biologia que
estuda o universo de uma célula. Mas esse universo, o
olho humano não consegue desvendar sem o auxílio de
lentes que o ampliam. Portanto toda observação da
célula só foi possível a partir de 1590, após a invenção
do microscópio pelo holandês Zacharias Janssen, um
estudioso e fabricante de lentes.
A célula como unidade viva dos seres vivos tem
sido alvo de inúmeras pesquisas no decorrer dos
últimos séculos. Por volta de 1665, Robert Hooke,
cientista inglês, utilizando um microscópio bastante
primitivo, iluminado a vela e que ampliava a imagem
cerca de 270 vezes, observou finas laminas de cortiça e
comparou a imagem observada com um favo de mel, ou
seja, sequência de pequenas cavidades separadas por
delgadas membranas, as quais denominou de células
(em latim, diminutivo de celler, espaço fechado). Na
realidade, o que Hooke observou foram pedaços de
tecido vegetal morto, e os espaços vazios foram
deixados pelas células que morreram, permanecendo
as divisões das paredes celulares presentes nas células
vegetais.
Em 1833, Robert Brown, botânico escocês,
analisando tecido vegetal macerado, verificou que as
células possuíam em sua região central um concentrado
de substâncias de forma arredondada que denominou
de núcleo. Sabe-se hoje que, com exceção das
bactérias e algas azuis, todas as demais células
possuem núcleo e que o mesmo abriga em seu interior
o material genético que é passado de pais para filhos,
permitindo a continuidade das espécies.

Para sabermos quantas vezes o objeto observado esta
ampliado, basta multiplicar o número da lente objetiva
pelo número da lente ocular. Exemplo: objetiva 100 X
ocular 10, a ampliação é de 1000 vezes. Pode-se
observar células vivas ou mortas. A unidade de medida
utilizada no microscópio óptico é o µm (micrômetro),
que equivale à milésima parte de um milímetro
(0,001mm).

Microscópio óptico e suas partes.
Microscópio eletrônico
A partir de 1950, a utilização do microscópio
eletrônico provocou avanços revolucionários na Biologia
devido ao alto potencial de ampliar os objetos – 250 mil
vezes. Ao microscópio eletrônico só é possível observar
matéria morta, pois a mesma tem de ser cortada em
finas laminas e preparada em uma câmara de vácuo. A
unidade de medida utilizada no microscópio eletrônico é
o Å (angstrom), que equivale ao décimo milionésimo de
parte de um milímetro (0,0000001 mm).

Microscópio utilizado por Hooke e o tecido vegetal morto
observado por ele.
Microscópio Óptico
É um instrumento dotado de uma parte óptica:
lente ocular, lentes objetivas, espelho, condensador,
diafragma. E uma parte mecânica: base, coluna ou
braço,
canhão,
revólver,
platina,
parafusos
(micrométrico e macrométrico) que ajustam a imagem
observada. As lentes objetivas e ocular são marcadas
com números, que significam o seu poder de ampliação.

Microscópio Eletrônico de Varredura
TEORIA CELULAR
Em 1838, depois de longas e demoradas
pesquisas, o botânico alemão Matthias Schleiden
observou a presença de células nos vegetais. Em 1939,
o zoólogo alemão Theodor Schwann concluiu que os
animais eram formados por células, estabelecendo-se
assim a teoria celular de Schwann e Schleiden,
segundo o qual “todos os seres vivos são formados
por células”.
Em 1858, o médico alemão Rudof Virchow
concluiu que “toda célula tem sua origem em outra
preexistente”. No decorrer do século XIX, novas
descobertas foram acontecendo, tais como estruturas
com funções determinadas, denominadas organoides
(organelas), encontradas no interior das células. Com a
capacidade de realizar inúmeras funções e de
reproduzir-se, a hipótese de que a célula é a menor
parte viva de um ser vivo ganhou muita força, e passou
a ser definida como a unidade morfológica e fisiológica
de todos os seres vivos, passando também a ser
responsável pela transmissão das características
hereditárias. Com todos os conhecimentos adquiridos
sobre as células, foi possível formular a nova teoria
celular:
Todos os seres vivos são formados por células;
As reações que ocorrem em um organismo, e
que são responsáveis pela vida do mesmo, dependem
do funcionamento das células. Portanto a célula é a
unidade fisiológica de todos os seres vivos;
Toda célula tem sua origem a partir de outra
célula preexistente, que se dividi fornecendo às
células filhas seu material genético.

EXERCÍCIOS
1. (CPS) A organização dos mapas e guias de ruas
de uma cidade é fundamental para a exata
localização do lugar a que se deseja ir.
Nas buscas feitas pela internet, pode-se, por
exemplo, informar, entre outras coisas, o número do
imóvel, o nome da rua, o bairro, a cidade, o estado,
o país e o continente.
Por outro lado, ao se estudar a vida, também se
podem distinguir diversos níveis hierárquicos de
organização, que vão do nível submicroscópico
(átomos e moléculas) até, por exemplo, ao nível do
organismo.
Comparando os níveis de organização para a
identificação de um endereço com alguns níveis de
organização estudados em Biologia e, admitindo-se
que:
–

o
nível
submicroscópico
corresponde
comparativamente ao número do imóvel, e
–
o
nível
de
organismo
corresponde
comparativamente ao continente.

Pode-se afirmar corretamente que o nome da rua,
do bairro, da cidade, do estado e do país
correspondem, respectivamente, aos seguintes
níveis de organização biológica:
a) sistemas, organelas celulares, órgãos, tecidos e
células.
b) células, tecidos, organelas celulares, órgãos e
sistemas.
c) órgãos, sistemas, tecidos, células e organelas
celulares.
d) organelas celulares, células, tecidos, órgãos e
sistemas.
e) tecidos, órgãos, sistemas, organelas celulares e
células.
2. (UEM) Considerando as características gerais dos
seres vivos, assinale o que for correto.
01) Nos seres vivos, além das substâncias orgânicas,
existem
as
inorgânicas,
representadas
principalmente por água e sais minerais.
02) A célula, unidade morfológica e funcional dos seres
vivos, possui quatro componentes básicos:
membrana plasmática, citoplasma, ribossomos e
material genético (DNA), podendo ser classificada
como procariótica ou eucariótica.
04) Outra característica dos seres vivos é o
metabolismo, conjunto de reações químicas que
ocorrem nos seres vivos e que são responsáveis
pela transformação e utilização da matéria e da
energia.
08) O processo de crescimento dos seres vivos pode
ocorrer por aumento em peso de sua única célula,
nos organismos unicelulares, e por aumento de
volume e peso das células, nos multicelulares.
16) Todos os seres vivos têm capacidade de percepção
de estímulos do meio, mas não têm capacidade de
reagir a eles.
3. (UFOP) Nas preparações histológicas de rotina,
dois corantes são amplamente utilizados: a
HEMATOXILINA, um corante de caráter básico que
cora estruturas celulares de caráter ácido, e a
EOSINA, um corante de caráter ácido que cora
estruturas celulares de caráter básico, como, por
exemplo, as mitocôndrias.
Em uma célula com alta atividade metabólica e de
síntese de proteínas, qual desses corantes irá corar
o núcleo e qual deles irá corar o citoplasma da
célula? Por quê?
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
___________________________________________
4. (UEPG) A respeito dos elementos constituintes de
uma célula eucarionte, denominados organelas,
assinale o que for correto.
01) Observada ao microscópico óptico, o citoplasma da
célula eucarionte revela muito pouco. Vê-se um material
gelatinoso, o hialoplasma, no qual se reconhecem as
estruturas mitocôndrias, cloroplastos e sistema
golgiense.
02) Ao microscópio eletrônico, observa-se no
hialoplasma eucarionte uma rede de finas membranas
lipoproteicas, que inclui o retículo endoplasmático e o
sistema
golgiense.
Mitocôndrias,
cloroplastos,
lisossomos e peroxissomos são também envolvidos por
membranas da mesma natureza.
04) Descobriu-se, recentemente, no hialoplasma dos
eucariontes, a presença de finos tubos e filamentos de
proteínas, em conjunto, chamados de cito esqueleto,
que parece ser responsável por vários movimentos da
célula e por manter sua forma.
08) Quimicamente, o hialoplasma é constituído de água
e moléculas de proteína, formando uma dispersão
denominada para plasma.

Chico Buarque que aborda
relacionados à Biologia.
CIRANDA DA BAILARINA

5. (UEPG) A Biologia é a ciência que se ocupa do
estudo dos seres vivos, em vários níveis de
organização, desde o molecular até o das relações
entre os seres vivos e entre eles e o mundo não
vivo. Sobre este assunto, assinale o que for correto.
01) O pâncreas é um órgão e a insulina é uma
molécula.
02) O sangue é um tecido conjuntivo líquido.
04) As mitocôndrias são células.
08) A membrana plasmática é um orgânulo celular.

Futucando bem
Todo mundo tem piolho
Ou tem cheiro de creolina
Todo mundo tem um irmão meio zarolho
Só a bailarina que não tem
Nem unha encardida
Nem dente com comida
Nem casca de ferida
Ela não tem

6. (CFTCE) Sobre a Citologia, é INCORRETO afirmar
que:
a) teve grande impulso com o advento das microscopias
óptica e eletrônica, que tornaram possível a
visualização de estruturas intracelulares.
b) o estudo da membrana plasmática também é feito
pelos citologistas, mesmo essa estrutura não
fazendo parte da célula.
c) para se trabalhar com microscopia óptica, às vezes, é
necessário o uso de corantes, pois, devido à
diminuta espessura de uma célula, sua visualização
pode se tornar difícil e imprecisa.
d) glicocálix, flagelos e cílios são estruturas celulares.
e) a Citologia serve como base para a Histologia, pois
existe uma grande relação entre essas duas áreas
da Biologia.
7. (UNESP) A sequência indica os crescentes níveis
de organização biológica:
célula → I → II
→ biosfera.

→

III

→

população

→

IV

→

V

Os níveis I, III e IV correspondem, respectivamente,
à:
a) órgão, organismo e comunidade.
b) tecido, organismo e comunidade.
c) órgão, tecido e ecossistema.
d) tecido, órgão e bioma.
e) tecido, comunidade e ecossistema.
8. (UEG) Leia a seguir a letra de uma canção de

vários

Procurando bem
Todo mundo tem pereba
Marca de bexiga ou vacina
E tem piriri, tem lombriga, tem ameba
Só a bailarina que não tem
E não tem coceira
Berruga nem frieira
Nem falta de maneira
Ela não tem

Não livra ninguém
Todo mundo tem remela
Quando acorda as seis da matina
Teve escarlatina
Ou tem febre amarela
Só a bailarina que não tem
Medo de subir, gente
Medo de cair, gente
Medo de vertigem
Quem não tem
Confessando bem
Todo mundo faz pecado
Logo assim que a missa termina
Todo mundo tem um primeiro namorado
Só a bailarina que não tem
Sujo atrás da orelha
Bigode de groselha
Calcinha um pouco velha
Ela não tem
O padre também
Pode até ficar vermelho
Se o vento levanta a batina
Reparando bem, todo mundo tem pentelho
Só a bailarina que não tem

conceitos
Sala sem mobília
Goteira na vasilha
Problema na família
Quem não tem
Procurando bem
Todo mundo tem...
A forma trofozoíta de uma ameba mede
aproximadamente 20 micrômetros de diâmetro.
Sobre o tamanho da ameba, é CORRETO afirmar:
-2
a) 20 micrômetros correspondem a 2 × 10 metro.
-5
b) 20 micrômetros correspondem a 2 × 10 metro.
c) 20 micrômetros correspondem a 2 × 10-4 metro.
d) 20 micrômetros correspondem a 2 × 10-6 metro.
9. (CFTCE) Em relação à técnica microscópica de
observação celular conhecida como "observação a
fresco", é INCORRETO afirmar que:
a) o material biológico deverá ser fixado.
b) é também conhecida como observação vital.
c) as células são observadas vivas.
d) exige corantes específicos (corantes vitais).
e) muito usada para o exame microscópico preliminar
de células microbianas.
10. (UFPE) Muitos eventos e estruturas biológicas
são menores do que pode o olho humano enxergar,
cujo poder de resolução fica em torno de 100ìm. O
microscópio óptico aumenta esse poder para cerca
de 200nm (0.2ìm), limitado pelo comprimento da luz
visível (0.4-0.7ìm). O microscópio eletrônico pode
aumentar esse poder para 2nm (0.002ìm) pela
substituição do feixe de luz por um feixe de
elétrons. Assinale a alternativa em que a estrutura
biológica pode ser visualizada pelo recurso
indicado a seguir.
a) Vírus, pelo microscópio óptico.
b) Mitocôndrias, pela vista desarmada.
c) Óvulo animal, pela vista desarmada.
d) Molécula de ATP, pelo microscópio eletrônico.
e) Estrias das células musculares esqueléticas, pela
vista desarmada.
11. (PUC/PR) Ao microscópio óptico, ao ser
observado certo tecido, em corte transversal, foi
possível identificar as seguintes características
citológicas:
I - Células vivas.
II - Membranas celulósicas cutinizadas.
III - Citoplasma sem cloroplasto.
IV - Células intimamente unidas.
Baseado nessas características, podemos afirmar:
a) É epiderme vegetal.
b) Pode se tratar de um tecido animal.

c) Corresponde ao floema responsável pelo transporte
da seiva elaborada.
d) É o meristema primário responsável pelo crescimento
do vegetal.
e) É o meristema secundário responsável pelo
crescimento do vegetal em espessura.
12. (UEL) Das estruturas celulares a seguir, aquela
cuja existência foi revelada pelo microscópio
eletrônico é:
a) o nucléolo.
b) a cromatina.
c) a mitocôndria.
d) o centríolo.
e) o retículo endoplasmático.
13. (UFLAVRAS) Através de uma lâmina, em
microscópio óptico, é possível distinguir o corte da
raiz do corte do caule de uma dicotiledônea jovem
por que:
I - O xilema é alternado com o floema na raiz,
enquanto que no caule se observa xilema para fora
e floema para dentro.
II - O caule não apresenta endoderme nítida e a raiz
só possui periciclo.
III - A raiz não possui câmbio e o caule tem.
Para esta questão assinale:
a) Se só uma proposição estiver correta.
b) Se todas as proposições estiverem erradas.
c) Se a primeira e a segunda estiverem corretas.
d) Se a primeira e a terceira estiverem corretas.
e) Se todas as proposições estiverem corretas.
14. (UFC) A invenção do microscópio óptico foi
responsável pelo advento da Citologia, já que as
células são geralmente pequenas demais para
serem vistas a olho nu, o qual tem poder de
resolução de apenas 100um. Com o poder de
resolução do microscópio óptico podemos ampliar
um objeto até cerca de 1500 vezes, dependendo dos
aumentos proporcionados pela objetiva e pela
ocular. Utilizando-se um microscópio óptico com
objetivas de aumentos de 3X, 10X, 40X e 100X e
ocular com aumento de 10X, qual o menor aumento
que já permite a visualização de um espermatozoide
humano, cujo diâmetro da cabeça mede cerca de
8um.
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
___________________________________________
GABARITO
1: [D]
Rua: organelas celulares.
Bairro: células.
Cidade: tecidos.
Estado: órgãos.
País: sistemas e aparelhos.
2: 01 + 02 + 04 = 07.
O processo de crescimento dos organismos
multicelulares ocorre pelo aumento do número de
células, além do aumento do volume e da massa
de cada célula. Os seres vivos têm capacidade de
percepção e de reação aos diversos estímulos
ambientais.
3: Como o núcleo é preenchido por ácidos
nucleicos (DNA e RNA), apresenta afinidade por
corantes
básicos
e
será
corado
pela
HEMATOXILINA. Uma célula com alta atividade
metabólica possui muitas mitocôndrias e proteínas
em seu citoplasma, que será corado pela
EOSINA.
4: 01 + 02 + 04 = 07
A afirmativa 08 está incorreta: o hialoplasma,
também denominado citosol, é um líquido viscoso
e semitransparente composto por água e por
milhares de tipos de proteínas, glicídios, lipídios,
aminoácidos, bases nitrogenadas, substâncias de
reserva, vitaminas, íons etc. As demais afirmativas
são verdadeiras.
5: 1 + 2 + 8 = 11
6: [B]
7: [B]
8: [B]
9: [A]
10: [C]
11: [A]
12: [E]
13: [B]
14: 1000 X

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Biologia - Fenômeno da vida
Biologia - Fenômeno da vidaBiologia - Fenômeno da vida
Biologia - Fenômeno da vidaNAPNE
 
Por que estudar biologia 1 em
Por que estudar biologia 1 emPor que estudar biologia 1 em
Por que estudar biologia 1 emANA LUCIA FARIAS
 
Biologia a ciência da vida
Biologia a ciência da vidaBiologia a ciência da vida
Biologia a ciência da vidaletyap
 
Avaliação mensal - 1o ANO
Avaliação mensal - 1o ANOAvaliação mensal - 1o ANO
Avaliação mensal - 1o ANOEldon Clayton
 
Revisão para a avaliação parcial 8º ano 2013
Revisão para a avaliação parcial   8º ano 2013Revisão para a avaliação parcial   8º ano 2013
Revisão para a avaliação parcial 8º ano 2013Raphaell Garcia
 
Aula01: INTRODUÇÃO À BIOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO FÍSICA
Aula01: INTRODUÇÃO À BIOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO FÍSICAAula01: INTRODUÇÃO À BIOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO FÍSICA
Aula01: INTRODUÇÃO À BIOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO FÍSICALeonardo Delgado
 
Biologia Coc
Biologia CocBiologia Coc
Biologia CocCoc2010
 
Características dos Seres Vivos
Características dos Seres VivosCaracterísticas dos Seres Vivos
Características dos Seres VivosFábio Roque
 
Introdução ao estudo da biologia
Introdução ao estudo da biologiaIntrodução ao estudo da biologia
Introdução ao estudo da biologiaPaulo França
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluçõesTeste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluçõesIsaura Mourão
 
Introdução à Biologia
Introdução à BiologiaIntrodução à Biologia
Introdução à BiologiaNathan Aguiar
 
Bio01 livro-propostos
Bio01 livro-propostosBio01 livro-propostos
Bio01 livro-propostosAlice MLK
 

Mais procurados (20)

Biologia - Fenômeno da vida
Biologia - Fenômeno da vidaBiologia - Fenômeno da vida
Biologia - Fenômeno da vida
 
Biologia
BiologiaBiologia
Biologia
 
Biologia Geral
Biologia GeralBiologia Geral
Biologia Geral
 
Por que estudar biologia 1 em
Por que estudar biologia 1 emPor que estudar biologia 1 em
Por que estudar biologia 1 em
 
Biologia a ciência da vida
Biologia a ciência da vidaBiologia a ciência da vida
Biologia a ciência da vida
 
Avaliação mensal - 1o ANO
Avaliação mensal - 1o ANOAvaliação mensal - 1o ANO
Avaliação mensal - 1o ANO
 
Revisão para a avaliação parcial 8º ano 2013
Revisão para a avaliação parcial   8º ano 2013Revisão para a avaliação parcial   8º ano 2013
Revisão para a avaliação parcial 8º ano 2013
 
2 uma visão geral da biologia
2   uma visão geral da biologia2   uma visão geral da biologia
2 uma visão geral da biologia
 
Aula01: INTRODUÇÃO À BIOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO FÍSICA
Aula01: INTRODUÇÃO À BIOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO FÍSICAAula01: INTRODUÇÃO À BIOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO FÍSICA
Aula01: INTRODUÇÃO À BIOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO FÍSICA
 
Biologia Coc
Biologia CocBiologia Coc
Biologia Coc
 
Características dos Seres Vivos
Características dos Seres VivosCaracterísticas dos Seres Vivos
Características dos Seres Vivos
 
Aula 1 bio em
Aula 1   bio emAula 1   bio em
Aula 1 bio em
 
Avaliação bimestral de biologia 1º ano
Avaliação bimestral de biologia 1º anoAvaliação bimestral de biologia 1º ano
Avaliação bimestral de biologia 1º ano
 
Introdução ao estudo da biologia
Introdução ao estudo da biologiaIntrodução ao estudo da biologia
Introdução ao estudo da biologia
 
Exercícios de biologia vespertino com gabarito
Exercícios de biologia   vespertino com gabaritoExercícios de biologia   vespertino com gabarito
Exercícios de biologia vespertino com gabarito
 
Aula01 introducao a biologia
Aula01 introducao a biologiaAula01 introducao a biologia
Aula01 introducao a biologia
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluçõesTeste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
 
Introdução à Biologia
Introdução à BiologiaIntrodução à Biologia
Introdução à Biologia
 
Bio01 livro-propostos
Bio01 livro-propostosBio01 livro-propostos
Bio01 livro-propostos
 
Introdução a biologia
Introdução a biologiaIntrodução a biologia
Introdução a biologia
 

Destaque

8 ano Níveis de organização dos seres vivos
8 ano Níveis de organização dos seres vivos8 ano Níveis de organização dos seres vivos
8 ano Níveis de organização dos seres vivosSarah Lemes
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Carlos Priante
 
Níveis de organização em biologia
Níveis de organização em biologiaNíveis de organização em biologia
Níveis de organização em biologiaANA LUCIA FARIAS
 
Microscopia E Teoria Celular
Microscopia E Teoria CelularMicroscopia E Teoria Celular
Microscopia E Teoria CelularTânia Reis
 
Fisiologia Humana 2 - Fisiologia da Membrana
Fisiologia Humana 2 - Fisiologia da MembranaFisiologia Humana 2 - Fisiologia da Membrana
Fisiologia Humana 2 - Fisiologia da MembranaHerbert Santana
 
Questões Corrigidas, em Word: Cinemática Escalar - Conteúdo vinculado ao blog...
Questões Corrigidas, em Word: Cinemática Escalar - Conteúdo vinculado ao blog...Questões Corrigidas, em Word: Cinemática Escalar - Conteúdo vinculado ao blog...
Questões Corrigidas, em Word: Cinemática Escalar - Conteúdo vinculado ao blog...Rodrigo Penna
 
Aula método cientifico
Aula método cientificoAula método cientifico
Aula método cientificoAln2
 

Destaque (11)

Mru
MruMru
Mru
 
A celula
A celulaA celula
A celula
 
O método científico
O método científicoO método científico
O método científico
 
8 ano Níveis de organização dos seres vivos
8 ano Níveis de organização dos seres vivos8 ano Níveis de organização dos seres vivos
8 ano Níveis de organização dos seres vivos
 
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015Correção Unesp 1 fase inverno 2015
Correção Unesp 1 fase inverno 2015
 
Níveis de organização em biologia
Níveis de organização em biologiaNíveis de organização em biologia
Níveis de organização em biologia
 
Microscopia E Teoria Celular
Microscopia E Teoria CelularMicroscopia E Teoria Celular
Microscopia E Teoria Celular
 
Questao biotecnologia
Questao biotecnologiaQuestao biotecnologia
Questao biotecnologia
 
Fisiologia Humana 2 - Fisiologia da Membrana
Fisiologia Humana 2 - Fisiologia da MembranaFisiologia Humana 2 - Fisiologia da Membrana
Fisiologia Humana 2 - Fisiologia da Membrana
 
Questões Corrigidas, em Word: Cinemática Escalar - Conteúdo vinculado ao blog...
Questões Corrigidas, em Word: Cinemática Escalar - Conteúdo vinculado ao blog...Questões Corrigidas, em Word: Cinemática Escalar - Conteúdo vinculado ao blog...
Questões Corrigidas, em Word: Cinemática Escalar - Conteúdo vinculado ao blog...
 
Aula método cientifico
Aula método cientificoAula método cientifico
Aula método cientifico
 

Semelhante a Teoria microscopiocelula

BIOLOGIA CELULAR-Teoria Celular, Célula, Vírus, Estrutura Celular de Célula...
BIOLOGIA CELULAR-Teoria Celular, Célula, Vírus,   Estrutura Celular de Célula...BIOLOGIA CELULAR-Teoria Celular, Célula, Vírus,   Estrutura Celular de Célula...
BIOLOGIA CELULAR-Teoria Celular, Célula, Vírus, Estrutura Celular de Célula...kassiasilva1571
 
Teoria celular-101114160821-phpapp01
Teoria celular-101114160821-phpapp01Teoria celular-101114160821-phpapp01
Teoria celular-101114160821-phpapp01Pelo Siro
 
bioooooooooooooooooooooooooobiologia.pptx
bioooooooooooooooooooooooooobiologia.pptxbioooooooooooooooooooooooooobiologia.pptx
bioooooooooooooooooooooooooobiologia.pptxnfmariaizabell
 
Resumo teoria-celular
Resumo   teoria-celularResumo   teoria-celular
Resumo teoria-celularAshe Sampaio
 
Resumo teoria-celular
Resumo   teoria-celularResumo   teoria-celular
Resumo teoria-celularPelo Siro
 
Teoria celular-
Teoria celular-Teoria celular-
Teoria celular-stique
 
Resumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a CitologiaResumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a Citologialoirissimavivi
 
Introdução a Citologia
Introdução a CitologiaIntrodução a Citologia
Introdução a CitologiaBIOGERALDO
 
Características da células
Características da célulasCaracterísticas da células
Características da célulasBianca Meyer
 
Introduçao a Citologia.ppt..............
Introduçao a Citologia.ppt..............Introduçao a Citologia.ppt..............
Introduçao a Citologia.ppt..............Daniela Cristina
 
capitulo_1_vol2.pdf
capitulo_1_vol2.pdfcapitulo_1_vol2.pdf
capitulo_1_vol2.pdfFlávia Vaz
 
Diversidade E Unidade De Vida Slide
Diversidade E Unidade De Vida SlideDiversidade E Unidade De Vida Slide
Diversidade E Unidade De Vida SlideTânia Reis
 

Semelhante a Teoria microscopiocelula (20)

Uma Visão Geral da Célula
Uma Visão Geral da CélulaUma Visão Geral da Célula
Uma Visão Geral da Célula
 
Teoria celular
Teoria celularTeoria celular
Teoria celular
 
BIOLOGIA CELULAR-Teoria Celular, Célula, Vírus, Estrutura Celular de Célula...
BIOLOGIA CELULAR-Teoria Celular, Célula, Vírus,   Estrutura Celular de Célula...BIOLOGIA CELULAR-Teoria Celular, Célula, Vírus,   Estrutura Celular de Célula...
BIOLOGIA CELULAR-Teoria Celular, Célula, Vírus, Estrutura Celular de Célula...
 
Bcm 1
Bcm 1Bcm 1
Bcm 1
 
Teoria celular-101114160821-phpapp01
Teoria celular-101114160821-phpapp01Teoria celular-101114160821-phpapp01
Teoria celular-101114160821-phpapp01
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
bioooooooooooooooooooooooooobiologia.pptx
bioooooooooooooooooooooooooobiologia.pptxbioooooooooooooooooooooooooobiologia.pptx
bioooooooooooooooooooooooooobiologia.pptx
 
Resumo teoria-celular
Resumo   teoria-celularResumo   teoria-celular
Resumo teoria-celular
 
Resumo teoria-celular
Resumo   teoria-celularResumo   teoria-celular
Resumo teoria-celular
 
Teoria celular-
Teoria celular-Teoria celular-
Teoria celular-
 
A CéLula
A  CéLulaA  CéLula
A CéLula
 
A CéLula
A CéLulaA CéLula
A CéLula
 
Resumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a CitologiaResumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a Citologia
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Introdução a Citologia
Introdução a CitologiaIntrodução a Citologia
Introdução a Citologia
 
Apresentação biol celular
Apresentação biol celularApresentação biol celular
Apresentação biol celular
 
Características da células
Características da célulasCaracterísticas da células
Características da células
 
Introduçao a Citologia.ppt..............
Introduçao a Citologia.ppt..............Introduçao a Citologia.ppt..............
Introduçao a Citologia.ppt..............
 
capitulo_1_vol2.pdf
capitulo_1_vol2.pdfcapitulo_1_vol2.pdf
capitulo_1_vol2.pdf
 
Diversidade E Unidade De Vida Slide
Diversidade E Unidade De Vida SlideDiversidade E Unidade De Vida Slide
Diversidade E Unidade De Vida Slide
 

Teoria microscopiocelula

  • 1. CITOLOGIA MICROSCÓPIO E A DESCOBERTA DA CÉLULA Citologia é um dos campos da Biologia que estuda o universo de uma célula. Mas esse universo, o olho humano não consegue desvendar sem o auxílio de lentes que o ampliam. Portanto toda observação da célula só foi possível a partir de 1590, após a invenção do microscópio pelo holandês Zacharias Janssen, um estudioso e fabricante de lentes. A célula como unidade viva dos seres vivos tem sido alvo de inúmeras pesquisas no decorrer dos últimos séculos. Por volta de 1665, Robert Hooke, cientista inglês, utilizando um microscópio bastante primitivo, iluminado a vela e que ampliava a imagem cerca de 270 vezes, observou finas laminas de cortiça e comparou a imagem observada com um favo de mel, ou seja, sequência de pequenas cavidades separadas por delgadas membranas, as quais denominou de células (em latim, diminutivo de celler, espaço fechado). Na realidade, o que Hooke observou foram pedaços de tecido vegetal morto, e os espaços vazios foram deixados pelas células que morreram, permanecendo as divisões das paredes celulares presentes nas células vegetais. Em 1833, Robert Brown, botânico escocês, analisando tecido vegetal macerado, verificou que as células possuíam em sua região central um concentrado de substâncias de forma arredondada que denominou de núcleo. Sabe-se hoje que, com exceção das bactérias e algas azuis, todas as demais células possuem núcleo e que o mesmo abriga em seu interior o material genético que é passado de pais para filhos, permitindo a continuidade das espécies. Para sabermos quantas vezes o objeto observado esta ampliado, basta multiplicar o número da lente objetiva pelo número da lente ocular. Exemplo: objetiva 100 X ocular 10, a ampliação é de 1000 vezes. Pode-se observar células vivas ou mortas. A unidade de medida utilizada no microscópio óptico é o µm (micrômetro), que equivale à milésima parte de um milímetro (0,001mm). Microscópio óptico e suas partes. Microscópio eletrônico A partir de 1950, a utilização do microscópio eletrônico provocou avanços revolucionários na Biologia devido ao alto potencial de ampliar os objetos – 250 mil vezes. Ao microscópio eletrônico só é possível observar matéria morta, pois a mesma tem de ser cortada em finas laminas e preparada em uma câmara de vácuo. A unidade de medida utilizada no microscópio eletrônico é o Å (angstrom), que equivale ao décimo milionésimo de parte de um milímetro (0,0000001 mm). Microscópio utilizado por Hooke e o tecido vegetal morto observado por ele. Microscópio Óptico É um instrumento dotado de uma parte óptica: lente ocular, lentes objetivas, espelho, condensador, diafragma. E uma parte mecânica: base, coluna ou braço, canhão, revólver, platina, parafusos (micrométrico e macrométrico) que ajustam a imagem observada. As lentes objetivas e ocular são marcadas com números, que significam o seu poder de ampliação. Microscópio Eletrônico de Varredura
  • 2. TEORIA CELULAR Em 1838, depois de longas e demoradas pesquisas, o botânico alemão Matthias Schleiden observou a presença de células nos vegetais. Em 1939, o zoólogo alemão Theodor Schwann concluiu que os animais eram formados por células, estabelecendo-se assim a teoria celular de Schwann e Schleiden, segundo o qual “todos os seres vivos são formados por células”. Em 1858, o médico alemão Rudof Virchow concluiu que “toda célula tem sua origem em outra preexistente”. No decorrer do século XIX, novas descobertas foram acontecendo, tais como estruturas com funções determinadas, denominadas organoides (organelas), encontradas no interior das células. Com a capacidade de realizar inúmeras funções e de reproduzir-se, a hipótese de que a célula é a menor parte viva de um ser vivo ganhou muita força, e passou a ser definida como a unidade morfológica e fisiológica de todos os seres vivos, passando também a ser responsável pela transmissão das características hereditárias. Com todos os conhecimentos adquiridos sobre as células, foi possível formular a nova teoria celular: Todos os seres vivos são formados por células; As reações que ocorrem em um organismo, e que são responsáveis pela vida do mesmo, dependem do funcionamento das células. Portanto a célula é a unidade fisiológica de todos os seres vivos; Toda célula tem sua origem a partir de outra célula preexistente, que se dividi fornecendo às células filhas seu material genético. EXERCÍCIOS 1. (CPS) A organização dos mapas e guias de ruas de uma cidade é fundamental para a exata localização do lugar a que se deseja ir. Nas buscas feitas pela internet, pode-se, por exemplo, informar, entre outras coisas, o número do imóvel, o nome da rua, o bairro, a cidade, o estado, o país e o continente. Por outro lado, ao se estudar a vida, também se podem distinguir diversos níveis hierárquicos de organização, que vão do nível submicroscópico (átomos e moléculas) até, por exemplo, ao nível do organismo. Comparando os níveis de organização para a identificação de um endereço com alguns níveis de organização estudados em Biologia e, admitindo-se que: – o nível submicroscópico corresponde comparativamente ao número do imóvel, e – o nível de organismo corresponde comparativamente ao continente. Pode-se afirmar corretamente que o nome da rua, do bairro, da cidade, do estado e do país correspondem, respectivamente, aos seguintes níveis de organização biológica: a) sistemas, organelas celulares, órgãos, tecidos e células. b) células, tecidos, organelas celulares, órgãos e sistemas. c) órgãos, sistemas, tecidos, células e organelas celulares. d) organelas celulares, células, tecidos, órgãos e sistemas. e) tecidos, órgãos, sistemas, organelas celulares e células. 2. (UEM) Considerando as características gerais dos seres vivos, assinale o que for correto. 01) Nos seres vivos, além das substâncias orgânicas, existem as inorgânicas, representadas principalmente por água e sais minerais. 02) A célula, unidade morfológica e funcional dos seres vivos, possui quatro componentes básicos: membrana plasmática, citoplasma, ribossomos e material genético (DNA), podendo ser classificada como procariótica ou eucariótica. 04) Outra característica dos seres vivos é o metabolismo, conjunto de reações químicas que ocorrem nos seres vivos e que são responsáveis pela transformação e utilização da matéria e da energia. 08) O processo de crescimento dos seres vivos pode ocorrer por aumento em peso de sua única célula, nos organismos unicelulares, e por aumento de volume e peso das células, nos multicelulares. 16) Todos os seres vivos têm capacidade de percepção de estímulos do meio, mas não têm capacidade de reagir a eles. 3. (UFOP) Nas preparações histológicas de rotina, dois corantes são amplamente utilizados: a HEMATOXILINA, um corante de caráter básico que cora estruturas celulares de caráter ácido, e a EOSINA, um corante de caráter ácido que cora estruturas celulares de caráter básico, como, por exemplo, as mitocôndrias. Em uma célula com alta atividade metabólica e de síntese de proteínas, qual desses corantes irá corar o núcleo e qual deles irá corar o citoplasma da célula? Por quê? _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ ___________________________________________ 4. (UEPG) A respeito dos elementos constituintes de uma célula eucarionte, denominados organelas, assinale o que for correto. 01) Observada ao microscópico óptico, o citoplasma da célula eucarionte revela muito pouco. Vê-se um material gelatinoso, o hialoplasma, no qual se reconhecem as
  • 3. estruturas mitocôndrias, cloroplastos e sistema golgiense. 02) Ao microscópio eletrônico, observa-se no hialoplasma eucarionte uma rede de finas membranas lipoproteicas, que inclui o retículo endoplasmático e o sistema golgiense. Mitocôndrias, cloroplastos, lisossomos e peroxissomos são também envolvidos por membranas da mesma natureza. 04) Descobriu-se, recentemente, no hialoplasma dos eucariontes, a presença de finos tubos e filamentos de proteínas, em conjunto, chamados de cito esqueleto, que parece ser responsável por vários movimentos da célula e por manter sua forma. 08) Quimicamente, o hialoplasma é constituído de água e moléculas de proteína, formando uma dispersão denominada para plasma. Chico Buarque que aborda relacionados à Biologia. CIRANDA DA BAILARINA 5. (UEPG) A Biologia é a ciência que se ocupa do estudo dos seres vivos, em vários níveis de organização, desde o molecular até o das relações entre os seres vivos e entre eles e o mundo não vivo. Sobre este assunto, assinale o que for correto. 01) O pâncreas é um órgão e a insulina é uma molécula. 02) O sangue é um tecido conjuntivo líquido. 04) As mitocôndrias são células. 08) A membrana plasmática é um orgânulo celular. Futucando bem Todo mundo tem piolho Ou tem cheiro de creolina Todo mundo tem um irmão meio zarolho Só a bailarina que não tem Nem unha encardida Nem dente com comida Nem casca de ferida Ela não tem 6. (CFTCE) Sobre a Citologia, é INCORRETO afirmar que: a) teve grande impulso com o advento das microscopias óptica e eletrônica, que tornaram possível a visualização de estruturas intracelulares. b) o estudo da membrana plasmática também é feito pelos citologistas, mesmo essa estrutura não fazendo parte da célula. c) para se trabalhar com microscopia óptica, às vezes, é necessário o uso de corantes, pois, devido à diminuta espessura de uma célula, sua visualização pode se tornar difícil e imprecisa. d) glicocálix, flagelos e cílios são estruturas celulares. e) a Citologia serve como base para a Histologia, pois existe uma grande relação entre essas duas áreas da Biologia. 7. (UNESP) A sequência indica os crescentes níveis de organização biológica: célula → I → II → biosfera. → III → população → IV → V Os níveis I, III e IV correspondem, respectivamente, à: a) órgão, organismo e comunidade. b) tecido, organismo e comunidade. c) órgão, tecido e ecossistema. d) tecido, órgão e bioma. e) tecido, comunidade e ecossistema. 8. (UEG) Leia a seguir a letra de uma canção de vários Procurando bem Todo mundo tem pereba Marca de bexiga ou vacina E tem piriri, tem lombriga, tem ameba Só a bailarina que não tem E não tem coceira Berruga nem frieira Nem falta de maneira Ela não tem Não livra ninguém Todo mundo tem remela Quando acorda as seis da matina Teve escarlatina Ou tem febre amarela Só a bailarina que não tem Medo de subir, gente Medo de cair, gente Medo de vertigem Quem não tem Confessando bem Todo mundo faz pecado Logo assim que a missa termina Todo mundo tem um primeiro namorado Só a bailarina que não tem Sujo atrás da orelha Bigode de groselha Calcinha um pouco velha Ela não tem O padre também Pode até ficar vermelho Se o vento levanta a batina Reparando bem, todo mundo tem pentelho Só a bailarina que não tem conceitos
  • 4. Sala sem mobília Goteira na vasilha Problema na família Quem não tem Procurando bem Todo mundo tem... A forma trofozoíta de uma ameba mede aproximadamente 20 micrômetros de diâmetro. Sobre o tamanho da ameba, é CORRETO afirmar: -2 a) 20 micrômetros correspondem a 2 × 10 metro. -5 b) 20 micrômetros correspondem a 2 × 10 metro. c) 20 micrômetros correspondem a 2 × 10-4 metro. d) 20 micrômetros correspondem a 2 × 10-6 metro. 9. (CFTCE) Em relação à técnica microscópica de observação celular conhecida como "observação a fresco", é INCORRETO afirmar que: a) o material biológico deverá ser fixado. b) é também conhecida como observação vital. c) as células são observadas vivas. d) exige corantes específicos (corantes vitais). e) muito usada para o exame microscópico preliminar de células microbianas. 10. (UFPE) Muitos eventos e estruturas biológicas são menores do que pode o olho humano enxergar, cujo poder de resolução fica em torno de 100ìm. O microscópio óptico aumenta esse poder para cerca de 200nm (0.2ìm), limitado pelo comprimento da luz visível (0.4-0.7ìm). O microscópio eletrônico pode aumentar esse poder para 2nm (0.002ìm) pela substituição do feixe de luz por um feixe de elétrons. Assinale a alternativa em que a estrutura biológica pode ser visualizada pelo recurso indicado a seguir. a) Vírus, pelo microscópio óptico. b) Mitocôndrias, pela vista desarmada. c) Óvulo animal, pela vista desarmada. d) Molécula de ATP, pelo microscópio eletrônico. e) Estrias das células musculares esqueléticas, pela vista desarmada. 11. (PUC/PR) Ao microscópio óptico, ao ser observado certo tecido, em corte transversal, foi possível identificar as seguintes características citológicas: I - Células vivas. II - Membranas celulósicas cutinizadas. III - Citoplasma sem cloroplasto. IV - Células intimamente unidas. Baseado nessas características, podemos afirmar: a) É epiderme vegetal. b) Pode se tratar de um tecido animal. c) Corresponde ao floema responsável pelo transporte da seiva elaborada. d) É o meristema primário responsável pelo crescimento do vegetal. e) É o meristema secundário responsável pelo crescimento do vegetal em espessura. 12. (UEL) Das estruturas celulares a seguir, aquela cuja existência foi revelada pelo microscópio eletrônico é: a) o nucléolo. b) a cromatina. c) a mitocôndria. d) o centríolo. e) o retículo endoplasmático. 13. (UFLAVRAS) Através de uma lâmina, em microscópio óptico, é possível distinguir o corte da raiz do corte do caule de uma dicotiledônea jovem por que: I - O xilema é alternado com o floema na raiz, enquanto que no caule se observa xilema para fora e floema para dentro. II - O caule não apresenta endoderme nítida e a raiz só possui periciclo. III - A raiz não possui câmbio e o caule tem. Para esta questão assinale: a) Se só uma proposição estiver correta. b) Se todas as proposições estiverem erradas. c) Se a primeira e a segunda estiverem corretas. d) Se a primeira e a terceira estiverem corretas. e) Se todas as proposições estiverem corretas. 14. (UFC) A invenção do microscópio óptico foi responsável pelo advento da Citologia, já que as células são geralmente pequenas demais para serem vistas a olho nu, o qual tem poder de resolução de apenas 100um. Com o poder de resolução do microscópio óptico podemos ampliar um objeto até cerca de 1500 vezes, dependendo dos aumentos proporcionados pela objetiva e pela ocular. Utilizando-se um microscópio óptico com objetivas de aumentos de 3X, 10X, 40X e 100X e ocular com aumento de 10X, qual o menor aumento que já permite a visualização de um espermatozoide humano, cujo diâmetro da cabeça mede cerca de 8um. _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ ___________________________________________
  • 5. GABARITO 1: [D] Rua: organelas celulares. Bairro: células. Cidade: tecidos. Estado: órgãos. País: sistemas e aparelhos. 2: 01 + 02 + 04 = 07. O processo de crescimento dos organismos multicelulares ocorre pelo aumento do número de células, além do aumento do volume e da massa de cada célula. Os seres vivos têm capacidade de percepção e de reação aos diversos estímulos ambientais. 3: Como o núcleo é preenchido por ácidos nucleicos (DNA e RNA), apresenta afinidade por corantes básicos e será corado pela HEMATOXILINA. Uma célula com alta atividade metabólica possui muitas mitocôndrias e proteínas em seu citoplasma, que será corado pela EOSINA. 4: 01 + 02 + 04 = 07 A afirmativa 08 está incorreta: o hialoplasma, também denominado citosol, é um líquido viscoso e semitransparente composto por água e por milhares de tipos de proteínas, glicídios, lipídios, aminoácidos, bases nitrogenadas, substâncias de reserva, vitaminas, íons etc. As demais afirmativas são verdadeiras. 5: 1 + 2 + 8 = 11 6: [B] 7: [B] 8: [B] 9: [A] 10: [C] 11: [A] 12: [E] 13: [B] 14: 1000 X