SlideShare uma empresa Scribd logo
A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro   1861)
A benevolência para com os seus
  semelhantes, fruto do amor ao próximo,
produz a afabilidade e a doçura, que lhe são
        a forma de manifestar-se.

  Entretanto, nem sempre há que fiar nas
               aparências.
A educação e a freqüentação do mundo podem
  dar ao homem o verniz dessas qualidades.
Quantos há cuja fingida bonomia não passa de
máscara para o exterior, de uma roupagem cujo
  talhe primoroso dissimula as deformidades
                  interiores!
O mundo está cheio dessas criaturas que têm
  nos lábios o sorriso e no coração o veneno;
  que são brandas, desde que nada as agaste,
   mas que mordem à menor contrariedade;
    cuja língua, de ouro quando falam pela
frente, se muda em dardo peçonhento, quando
A essa classe também pertencem esses homens,
de exterior benigno, que, tiranos domésticos,
 fazem que suas famílias e seus subordinados
      lhes sofram o peso do orgulho e do
 despotismo, como a quererem desforrar-se do
constrangimento que, fora de casa, se impõem
                 a si mesmos.
Não se atrevendo a usar de autoridade
para com os estranhos, que os chamariam
 à ordem, acham que pelo menos devem
 fazer-se temidos daqueles que lhes não
             podem resistir.
Envaidecem-se de poderem dizer:
 “Aqui mando e sou obedecido”,
  sem lhes ocorrer que poderiam
          acrescentar:
       “E sou detestado”.
Não basta que dos lábios manem
           leite e mel.
Se o coração de modo algum lhes
está associado, só há hipocrisia.
Aquele cuja afabilidade e doçura não são
fingidas nunca se desmente: é o mesmo, tanto
 em sociedade, como na intimidade. Esse, ao
   demais, sabe que se, pelas aparências, se
        consegue enganar os homens,
          a Deus ninguém engana.
“ Bem-aventurados os
                       pacíficos, porque serão
                     chamados filhos de Deus”
                      - Jesus. (Mateus - 5:9)

                      Texto: Mensagem mediúnica
                     do Benfeitor Espiritual Lázaro
                          (Paris, 1861).Livro:
                        “O Evangelho Segundo o
                             Espiritismo”




rosaneph@gmail.com

                              LEIA KARDEC

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
JulianoCarvalho29
 
Materialismo e Espiritismo
Materialismo e EspiritismoMaterialismo e Espiritismo
Materialismo e Espiritismo
Helio Cruz
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
igmateus
 
Injúrias E Violências
Injúrias E ViolênciasInjúrias E Violências
Injúrias E Violências
Grupo Espírita Cristão
 
Cuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espíritoCuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espírito
Izabel Cristina Fonseca
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
igmateus
 
Força educadora da doutrina espírita
Força educadora da doutrina espíritaForça educadora da doutrina espírita
Força educadora da doutrina espírita
Alfredo Lopes
 
Pecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioPecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultério
Lorena Dias
 
Simpatia e antipatia
Simpatia e antipatiaSimpatia e antipatia
Simpatia e antipatia
Graça Maciel
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
Lisete B.
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros Apresentação da obra
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  Apresentação da obraEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  Apresentação da obra
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros Apresentação da obra
Jose Luiz Maio
 
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
RobertoAilton
 
ESE Cap. XVIII - Muitos os chamados, poucos os escolhidos
ESE Cap. XVIII -  Muitos os chamados, poucos os escolhidosESE Cap. XVIII -  Muitos os chamados, poucos os escolhidos
ESE Cap. XVIII - Muitos os chamados, poucos os escolhidos
grupodepaisceb
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
Divulgador do Espiritismo
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Tiburcio Santos
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
Clair Bianchini
 
2.9.5 influencia dos espiritos sobre os acontecimentos da vida
2.9.5   influencia dos espiritos sobre os acontecimentos da vida2.9.5   influencia dos espiritos sobre os acontecimentos da vida
2.9.5 influencia dos espiritos sobre os acontecimentos da vida
Marta Gomes
 
Orgulho e humildade
Orgulho e humildadeOrgulho e humildade
Orgulho e humildade
Fatoze
 
A prece
A prece A prece
A prece
Graça Maciel
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Fatima Carvalho
 

Mais procurados (20)

Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
 
Materialismo e Espiritismo
Materialismo e EspiritismoMaterialismo e Espiritismo
Materialismo e Espiritismo
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
 
Injúrias E Violências
Injúrias E ViolênciasInjúrias E Violências
Injúrias E Violências
 
Cuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espíritoCuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espírito
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
 
Força educadora da doutrina espírita
Força educadora da doutrina espíritaForça educadora da doutrina espírita
Força educadora da doutrina espírita
 
Pecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioPecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultério
 
Simpatia e antipatia
Simpatia e antipatiaSimpatia e antipatia
Simpatia e antipatia
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros Apresentação da obra
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  Apresentação da obraEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  Apresentação da obra
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros Apresentação da obra
 
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
 
ESE Cap. XVIII - Muitos os chamados, poucos os escolhidos
ESE Cap. XVIII -  Muitos os chamados, poucos os escolhidosESE Cap. XVIII -  Muitos os chamados, poucos os escolhidos
ESE Cap. XVIII - Muitos os chamados, poucos os escolhidos
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
 
2.9.5 influencia dos espiritos sobre os acontecimentos da vida
2.9.5   influencia dos espiritos sobre os acontecimentos da vida2.9.5   influencia dos espiritos sobre os acontecimentos da vida
2.9.5 influencia dos espiritos sobre os acontecimentos da vida
 
Orgulho e humildade
Orgulho e humildadeOrgulho e humildade
Orgulho e humildade
 
A prece
A prece A prece
A prece
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
 

Semelhante a A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro 1861)

Vicios problemas 6
Vicios problemas 6Vicios problemas 6
Vicios problemas 6
Patricia Simoes
 
Afabilidade e doçura
Afabilidade e doçuraAfabilidade e doçura
Afabilidade e doçura
Francisco de Assis Alencar
 
Jornal Cáritas março 2013
Jornal Cáritas março 2013Jornal Cáritas março 2013
Jornal Cáritas março 2013
casaespiritachicoxavierijui
 
Vírus destruidor divaldo p. franco joanna de ângelis
Vírus destruidor   divaldo p. franco   joanna de ângelisVírus destruidor   divaldo p. franco   joanna de ângelis
Vírus destruidor divaldo p. franco joanna de ângelis
Carlos Steigleder
 
A escolha de companheiros - livro
A escolha de companheiros - livroA escolha de companheiros - livro
A escolha de companheiros - livro
Silvio Dutra
 
Bem aventurados os dóceis e pacíficos.
Bem aventurados os dóceis e pacíficos. Bem aventurados os dóceis e pacíficos.
Bem aventurados os dóceis e pacíficos.
ThiagoPereiraSantos2
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Eduardo Ottonelli Pithan
 
A escolha de companheiros
A escolha de companheirosA escolha de companheiros
A escolha de companheiros
Silvio Dutra
 
Medeia
MedeiaMedeia
Medeia
Ariane Mafra
 
A crítica e seus efeitos
A crítica e seus efeitos A crítica e seus efeitos
A crítica e seus efeitos
Gilson Barbosa
 
A coragem da fe (psicografia carlos a. bacelli espirito bezerra de menezes)
A coragem da fe  (psicografia carlos a. bacelli   espirito bezerra de menezes)A coragem da fe  (psicografia carlos a. bacelli   espirito bezerra de menezes)
A coragem da fe (psicografia carlos a. bacelli espirito bezerra de menezes)
MJ
 
A coragem da fé (psicografia carlos a. bacelli espírito bezerra de menezes)
A coragem da fé  (psicografia carlos a. bacelli   espírito bezerra de menezes)A coragem da fé  (psicografia carlos a. bacelli   espírito bezerra de menezes)
A coragem da fé (psicografia carlos a. bacelli espírito bezerra de menezes)
Ricardo Akerman
 
Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9 Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9
Patricia Farias
 
Estudos do evangelho19
Estudos do evangelho19Estudos do evangelho19
Estudos do evangelho19
Leonardo Pereira
 
Jornal A Família Católica, 2 edição, julho 2013
Jornal A Família Católica, 2 edição, julho 2013Jornal A Família Católica, 2 edição, julho 2013
Jornal A Família Católica, 2 edição, julho 2013
Thiago Guerino
 

Semelhante a A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro 1861) (15)

Vicios problemas 6
Vicios problemas 6Vicios problemas 6
Vicios problemas 6
 
Afabilidade e doçura
Afabilidade e doçuraAfabilidade e doçura
Afabilidade e doçura
 
Jornal Cáritas março 2013
Jornal Cáritas março 2013Jornal Cáritas março 2013
Jornal Cáritas março 2013
 
Vírus destruidor divaldo p. franco joanna de ângelis
Vírus destruidor   divaldo p. franco   joanna de ângelisVírus destruidor   divaldo p. franco   joanna de ângelis
Vírus destruidor divaldo p. franco joanna de ângelis
 
A escolha de companheiros - livro
A escolha de companheiros - livroA escolha de companheiros - livro
A escolha de companheiros - livro
 
Bem aventurados os dóceis e pacíficos.
Bem aventurados os dóceis e pacíficos. Bem aventurados os dóceis e pacíficos.
Bem aventurados os dóceis e pacíficos.
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
 
A escolha de companheiros
A escolha de companheirosA escolha de companheiros
A escolha de companheiros
 
Medeia
MedeiaMedeia
Medeia
 
A crítica e seus efeitos
A crítica e seus efeitos A crítica e seus efeitos
A crítica e seus efeitos
 
A coragem da fe (psicografia carlos a. bacelli espirito bezerra de menezes)
A coragem da fe  (psicografia carlos a. bacelli   espirito bezerra de menezes)A coragem da fe  (psicografia carlos a. bacelli   espirito bezerra de menezes)
A coragem da fe (psicografia carlos a. bacelli espirito bezerra de menezes)
 
A coragem da fé (psicografia carlos a. bacelli espírito bezerra de menezes)
A coragem da fé  (psicografia carlos a. bacelli   espírito bezerra de menezes)A coragem da fé  (psicografia carlos a. bacelli   espírito bezerra de menezes)
A coragem da fé (psicografia carlos a. bacelli espírito bezerra de menezes)
 
Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9 Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9
 
Estudos do evangelho19
Estudos do evangelho19Estudos do evangelho19
Estudos do evangelho19
 
Jornal A Família Católica, 2 edição, julho 2013
Jornal A Família Católica, 2 edição, julho 2013Jornal A Família Católica, 2 edição, julho 2013
Jornal A Família Católica, 2 edição, julho 2013
 

A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro 1861)

  • 2. A benevolência para com os seus semelhantes, fruto do amor ao próximo, produz a afabilidade e a doçura, que lhe são a forma de manifestar-se. Entretanto, nem sempre há que fiar nas aparências.
  • 3. A educação e a freqüentação do mundo podem dar ao homem o verniz dessas qualidades. Quantos há cuja fingida bonomia não passa de máscara para o exterior, de uma roupagem cujo talhe primoroso dissimula as deformidades interiores!
  • 4. O mundo está cheio dessas criaturas que têm nos lábios o sorriso e no coração o veneno; que são brandas, desde que nada as agaste, mas que mordem à menor contrariedade; cuja língua, de ouro quando falam pela frente, se muda em dardo peçonhento, quando
  • 5. A essa classe também pertencem esses homens, de exterior benigno, que, tiranos domésticos, fazem que suas famílias e seus subordinados lhes sofram o peso do orgulho e do despotismo, como a quererem desforrar-se do constrangimento que, fora de casa, se impõem a si mesmos.
  • 6. Não se atrevendo a usar de autoridade para com os estranhos, que os chamariam à ordem, acham que pelo menos devem fazer-se temidos daqueles que lhes não podem resistir.
  • 7. Envaidecem-se de poderem dizer: “Aqui mando e sou obedecido”, sem lhes ocorrer que poderiam acrescentar: “E sou detestado”.
  • 8. Não basta que dos lábios manem leite e mel. Se o coração de modo algum lhes está associado, só há hipocrisia.
  • 9. Aquele cuja afabilidade e doçura não são fingidas nunca se desmente: é o mesmo, tanto em sociedade, como na intimidade. Esse, ao demais, sabe que se, pelas aparências, se consegue enganar os homens, a Deus ninguém engana.
  • 10. “ Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus” - Jesus. (Mateus - 5:9) Texto: Mensagem mediúnica do Benfeitor Espiritual Lázaro (Paris, 1861).Livro: “O Evangelho Segundo o Espiritismo” rosaneph@gmail.com LEIA KARDEC