SlideShare uma empresa Scribd logo
Concordância Verbal  Centro Educacional Adventista do Gama Prof.: Marcos Emídio
As Regras de Concordância Verbal seguem orientações claras e precisas.   Regra geral  – verbo concorda com o sujeito em número e pessoa . Júnior foi ao cinema  Lucas e Carlos foram ao cinema . Verbo Sujeito verbo Sujeito
Concordância do verbo com o sujeito composto I. Quando o sujeito composto estiver posicionado  antes  do verbo , este ficará no  plural . Ex.:  O ônibus e o caminhão   deslizaram   na pista. sujeito composto antes do verbo verbo no plural Observação : O verbo pode ficar no singular principalmente em dois casos: quando os núcleos são sinônimos e quando formam uma enumeração gradativa. Ex . 1 :  A paz e a tranquilidade   reinava   ( reinavam ) naquele lugar. Ex. 2 :  A angústia, a inquietação, o desespero   o  dominou  ( dominaram ). Sujeito composto  é aquele que apresenta dois ou mais núcleos.
II. Quando o  sujeito composto  estiver  depois  do verbo, este poderá concordar com o mais próximo, ou ficará no plural. Ex.:  Foi  ao parque de diversão  o filho, a mãe e o pai . Verbo na 3ª pessoa do singular, concordando com  o filho sujeito composto depois do verbo Foram  ao parque de diversão  o filho, a mãe e o pai . verbo na 3ª pessoa  do plural sujeito composto depois do verbo
III. Quando o verbo for constituído por  pessoas gramaticais diferentes , ele ficará no  plural .  Ex.:  Você, sua prima e eu   iremos  ao cinema. sujeito formado por  pessoas gramaticais diferentes, com a presença da 1ª pessoa (eu) verbo na 1ª pessoa do plural (nós)    Se a 1ª pessoa (eu, nós) faz parte do sujeito, o verbo ficará na 1ª pessoa do plural (nós).    Se a 1ª pessoa (eu, nós) não faz parte do sujeito, o verbo ficará na 2ª pessoa do plural (vós) ou na 3ª pessoa do plural (vocês). Ex.:  Tu e teu amigo   ficareis   aqui em casa. Tu e teu amigo   ficarão  aqui em casa.
A concordância pode ser feita entre o verbo e o adjunto adnominal do sujeito (Concordância atrativa) Coletivos especificados Uma nuvem   de gafanhotos  destruiu (ou destruíram) a plantação. Porcentagens especificadas 63%   da população  apóia (ou apóiam) essas medidas. Com as expressões: a maior parte dos..., A maioria dos..., Grande número de.... A maioria dos  participantes preferiu (ou preferiram) interromper o curso.  Com as expressões: quantos de nós... quais de vós...   Quantos de nós  não souberam (ou soubemos) viver.
Obs.  Porcentagens: a)  Se há determinantes no plural, é obrigatória a pluralização do verbo. Ex:  Os  63% da população apóiam essas medidas. b)  Quando o verbo vem anteposto à expressão de porcentagem, a concordância se dá com o número. Ex:  Serão  importados  60%  da produção alemã. c)  Com o uso de 1%, é recomendável que o verbo fique no singular. d)  Ex:  1%  dos brasileiros  ganha  bem.
O verbo ficará no singular quando tiver como sujeito as expressões:  Um de..., Qual de...., Nenhum de..., Cada um.. Um de  nós  será  escolhido para representar a turma. Qual de  nós  será  o escolhido? Nenhum de  vocês  será  responsabilizado.
O verbo ficará no singular quando tiver sujeito composto resumido pelos pronomes  tudo, nada, ninguém . Homens, mulheres,crianças,  ninguém  sobreviveu .
Sujeito ligado por OU O suspeito ou os suspeitos  prestarão  depoimento. verbo concorda com o núcleo mais próximo Retificação A alegria ou a dor  constituíam  o viver daquela gente. verbo no plural  Antonímia  O calor ou o frio excessivos  fazem  adoecer os idosos. verbo no plural Inclusão  Atribuir ou imputar  significa  considerar como autor, como origem ou causa. verbo no singular Sinonímia  Joaquim ou José  será  promovido verbo no singular Exclusão.
Um e outro  – verbo no singular ou no plural - ex.:  Um e outro   saiu  no horário. /  Um e outro   saíram  no horário. Obs.:  se houver reciprocidade = plural  – Ex.:  Um e outro   se distraíram  durante o expediente Um ou outro  – verbo no singular –  Ex.:  Um ou outro   será  inocentado.
Concordância com pronomes de tratamento = o verbo fica na 3ª pessoa Alguns autores classificam os pronomes de tratamento como sendo pronomes de 3ª pessoa; outros, como de 2ª. É mais apropriado, portanto, definir como:  são formas de tratamento indireto de 2ª pessoa que levam o verbo para a 3ª pessoa. Ex.: Vossa Senhoria   deverá  encaminhar o projeto. Vossas Excelências   serão  homenageadas.
Sujeito representado por nomes próprios na forma do plural: a) precedidos de artigo : verbo concorda com o número do artigo. Ex.:  Os  Estados Unidos  estão  aceitando acordo . b) sem artigo:  verbo no singular: Ex: Minas Gerais  possuiu  muitos minerais. c)  Com nomes de obras no plural seguidos do verbo  ser , este fica no singular desde que o predicativo esteja no singular. Ex:  “Os Sertões”   é  um livro esplêndido.
Concordância dos verbos Impessoais a)  Verbo  Haver  É  impessoal   quando empregado com o sentido de  “ existir ”  ou  “ acontecer ”. Ex.1:  Havia   muitos alunos  na sala de aula. 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é  objeto direto Ex.2: Aqui nunca  houve  brigas   antes. 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é  objeto direto Em  locuções verbais , o verbo  haver  transmite a impessoalida-de  para  o  outro  verbo (verbo auxiliar),  que  também  fica  no singular.  Ex.:  Deve haver  vinte pessoas na sala.
Observações: O  verbo  haver  com  sentido de  existir  é impessoal, entretanto o verbo existir,  não é impessoal , ele concorda normalmente com o sujeito ao qual se refere. Ex.: Antigamente  havia   poucas escolas particulares . Antigamente  existiam   poucas escolas particulares . 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é  objeto direto sujeito plural 3ª pessoa do  plural Antigamente  deviam existir   poucas escolas particulares . 3ª pessoa do plural sujeito plural
b)  Verbo  Fazer O verbo  fazer  é impessoal quando empregado na indicação de  tempo transcorrido  (ou a transcorrer). Nesses casos, como ele não tem sujeito fica na  3ª pessoa do singular . Ex.: Já  faz   muitos anos  que não a vejo. 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é objeto direto Observação: Nas locuções verbais, o verbo fazer, como todo verbo impessoal, transmite o singular para o auxiliar. Ex.: Já  deve fazer   muitos anos  que não a vejo. 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é objeto direto.
Concordância do verbo Ser O verbo  Ser  pode, às vezes concordar com o  sujeito  da oração e, às vezes, com o  predicativo . a) Quando o sujeito e o predicativo são nomes de  coisas O verbo  ser  pode concordar com o sujeito ou com o predicativo, indiferentemente. Essa dupla possibilidade permite ao falante estabelecer a concordância com o elemento ao qual pretenda dar maior destaque. Ex.:  Nossas vidas   eram   uma verdadeira festa . sujeito plural predicativo singular Nossas vidas   era   uma verdadeira festa . Verbo no plural concordando com o sujeito sujeito plural predicativo singular Verbo no singular concordando com o predicativo
b) Quando o sujeito e o predicativo designam  pessoas Nesse caso, a concordância é feita obrigatoriamente com a palavra que designa  pessoa. Ex.:  Os amigos  eram   sua grande alegria . O problema da empresa   são   os funcionários desmotivados . sujeito plural verbo na 3ª pessoa  do plural,concordando  com o sujeito sujeito no  singular predicativo no singular verbo na 3ª pessoa do plural, concordando com o predicativo predicativo no plural
c) Verbo  Ser  indicando  horas  e  distância   Quando indicar horas, distância e datas, o verbo ser concordará com o predicativo.  Nesse caso ele é impessoal , ou seja, não apresenta sujeito. Ex.:  É   uma  hora. São   três   horas. Daqui até a fazenda  é   um  quilômetro. Daqui até o sítio  são  dez  quilômetros. Observação: Nas indicações referentes a  dia do mês , o verbo admite duas construções. Ex.: Hoje  é  (dia)  dez  de julho. Hoje  são   dez  (dias) de julho.
d) Verbos  Chover, ventar, trovejar ...   Quando o verbo indicar fenômeno da natureza  será impessoal , ou seja, não apresenta sujeito. Ex.:  Choveu  três dias consecutivos.  . Observação: Se o verbo estiver se referindo a outro elemento que não o fenômeno da natureza, se conjugará normalmente.. Ex.:  Trovejaram  aplausos ao encerrar o espetáculo.
Verbo + pronome  se 1. Os  verbos transitivos diretos  ou os  transitivos diretos e indiretos , quando apassivados pelo pronome se,  concordam com o sujeito . Ex.:  Vendem- se  carros e terrenos  a prazo. verbo transitivo direto sujeito no plural Observe que, se passarmos essa frase para a voz passiva analítica, a concordância do verbo com o sujeito ficará bem clara, veja: Carros e terrenos  são vendidos  a prazo. Sujeito no plural Verbo na 3ª pessoa do plural pronome apassivador
2. Os demais verbos –  de ligação ,  intransitivo  e  transitivo indireto  - , quando seguidos do pronome se (índice de indeterminação do sujeito), ficam na 3ª pessoa do singular. Ex.:  Precisa -se  de serventes de pedreiro . Verbo transitivo indireto objeto indireto índice de indeterminação do sujeito

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modal Verbs
Modal Verbs Modal Verbs
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
Lucilene Barcelos
 
Substantivo 6
Substantivo 6Substantivo 6
Substantivo 6
Karla Costa
 
Classes de palavras (13.06.2013)
Classes de palavras (13.06.2013)Classes de palavras (13.06.2013)
Classes de palavras (13.06.2013)
univirr
 
Concordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certoConcordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certo
Ana Paula Dos Santos
 
Exercícios sobre emprego do hífen
Exercícios sobre emprego do hífenExercícios sobre emprego do hífen
Exercícios sobre emprego do hífen
ma.no.el.ne.ves
 
Processo de formação de palavras
Processo de formação de palavrasProcesso de formação de palavras
Processo de formação de palavras
Karen Olivan
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
Rebeca Kaus
 
Vozes verbais
Vozes verbaisVozes verbais
Vozes verbais
Elaine Teixeira
 
Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
Portal do Vestibulando
 
Aula sobre pronomes
Aula sobre pronomesAula sobre pronomes
Aula sobre pronomes
LeYa
 
Verbo
VerboVerbo
Pronomes Pessoais
Pronomes PessoaisPronomes Pessoais
Pronomes Pessoais
LeYa
 
Crase
CraseCrase
Plural Of Nouns
Plural Of NounsPlural Of Nouns
Plural Of Nouns
Narielyn Elias
 
Adjunto adnominal e adjunto adverbial
Adjunto adnominal e adjunto adverbialAdjunto adnominal e adjunto adverbial
Adjunto adnominal e adjunto adverbial
Claudia Ribeiro
 
Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
Flávio Ferreira
 
Word formation - prefixes and sufixes
Word formation - prefixes and sufixesWord formation - prefixes and sufixes
Word formation - prefixes and sufixes
Adriana Sales Zardini
 
Aula1 adjetivo 6°ano_1°p
Aula1 adjetivo 6°ano_1°pAula1 adjetivo 6°ano_1°p
Aula1 adjetivo 6°ano_1°p
Viviane Oliveira
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
colveromachado
 

Mais procurados (20)

Modal Verbs
Modal Verbs Modal Verbs
Modal Verbs
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Substantivo 6
Substantivo 6Substantivo 6
Substantivo 6
 
Classes de palavras (13.06.2013)
Classes de palavras (13.06.2013)Classes de palavras (13.06.2013)
Classes de palavras (13.06.2013)
 
Concordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certoConcordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certo
 
Exercícios sobre emprego do hífen
Exercícios sobre emprego do hífenExercícios sobre emprego do hífen
Exercícios sobre emprego do hífen
 
Processo de formação de palavras
Processo de formação de palavrasProcesso de formação de palavras
Processo de formação de palavras
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Vozes verbais
Vozes verbaisVozes verbais
Vozes verbais
 
Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
 
Aula sobre pronomes
Aula sobre pronomesAula sobre pronomes
Aula sobre pronomes
 
Verbo
VerboVerbo
Verbo
 
Pronomes Pessoais
Pronomes PessoaisPronomes Pessoais
Pronomes Pessoais
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Plural Of Nouns
Plural Of NounsPlural Of Nouns
Plural Of Nouns
 
Adjunto adnominal e adjunto adverbial
Adjunto adnominal e adjunto adverbialAdjunto adnominal e adjunto adverbial
Adjunto adnominal e adjunto adverbial
 
Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
 
Word formation - prefixes and sufixes
Word formation - prefixes and sufixesWord formation - prefixes and sufixes
Word formation - prefixes and sufixes
 
Aula1 adjetivo 6°ano_1°p
Aula1 adjetivo 6°ano_1°pAula1 adjetivo 6°ano_1°p
Aula1 adjetivo 6°ano_1°p
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 

Semelhante a 8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)

[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
Fernando Vieira
 
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; CraseConcordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Lidiane Rodrigues
 
Verbos
VerbosVerbos
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
Gil Guimarães
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
geisiene strelow
 
Concordância verbal 1
Concordância verbal 1Concordância verbal 1
Concordância verbal 1
Vera Pinho
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
Kennedy Soares
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
Blog Estudo
 
Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbalCefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
ProfFernandaBraga
 
Aula 18 concordância verbal
Aula 18   concordância verbalAula 18   concordância verbal
Aula 18 concordância verbal
ProfFernandaBraga
 
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância VerbalCefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
ProfFernandaBraga
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
Andriane Cursino
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
Don Veneziani
 
Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]
Sadrak Silva
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
Tio Pablo Virtual
 
Concordancia verbal[1]
Concordancia verbal[1]Concordancia verbal[1]
Concordancia verbal[1]
Luiz Fernando Prado
 
Concordância verbal ii
Concordância verbal iiConcordância verbal ii
Concordância verbal ii
Nádia França
 
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e NominalConcordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Daniele Silva
 
Concrdância verbal
Concrdância verbalConcrdância verbal
Concrdância verbal
Jomari
 
Concrdância Verbal
Concrdância VerbalConcrdância Verbal
Concrdância Verbal
Jomari
 

Semelhante a 8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar) (20)

[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
 
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; CraseConcordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
Concordância verbal 1
Concordância verbal 1Concordância verbal 1
Concordância verbal 1
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 
Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbalCefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
 
Aula 18 concordância verbal
Aula 18   concordância verbalAula 18   concordância verbal
Aula 18 concordância verbal
 
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância VerbalCefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 
Concordancia verbal[1]
Concordancia verbal[1]Concordancia verbal[1]
Concordancia verbal[1]
 
Concordância verbal ii
Concordância verbal iiConcordância verbal ii
Concordância verbal ii
 
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e NominalConcordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
 
Concrdância verbal
Concrdância verbalConcrdância verbal
Concrdância verbal
 
Concrdância Verbal
Concrdância VerbalConcrdância Verbal
Concrdância Verbal
 

Mais de Marcos Emídio

Fufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - GabaritoFufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - Gabarito
Marcos Emídio
 
Fufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - GabaritoFufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - Gabarito
Marcos Emídio
 
Fufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - GabaritoFufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - Gabarito
Marcos Emídio
 
1º Ano (Los ArtíCulos Determinados)
1º Ano (Los ArtíCulos Determinados)1º Ano (Los ArtíCulos Determinados)
1º Ano (Los ArtíCulos Determinados)
Marcos Emídio
 
3º Ano - Clase sobre Cuba
3º Ano - Clase sobre Cuba3º Ano - Clase sobre Cuba
3º Ano - Clase sobre Cuba
Marcos Emídio
 
2º Ano - Clase sobre España
2º Ano - Clase sobre España2º Ano - Clase sobre España
2º Ano - Clase sobre España
Marcos Emídio
 
Español 1º Año (Verbos Ser y Estar)
Español 1º Año (Verbos Ser y Estar)Español 1º Año (Verbos Ser y Estar)
Español 1º Año (Verbos Ser y Estar)
Marcos Emídio
 
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
Marcos Emídio
 
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
Marcos Emídio
 
Colocação Pronominal (Correção de Tarefa)
Colocação Pronominal (Correção de Tarefa)Colocação Pronominal (Correção de Tarefa)
Colocação Pronominal (Correção de Tarefa)
Marcos Emídio
 
8ª Série Gramática Colocação Pronominal
8ª Série Gramática   Colocação Pronominal8ª Série Gramática   Colocação Pronominal
8ª Série Gramática Colocação Pronominal
Marcos Emídio
 
Escola Adventista do Gama - Clases Culturales de Español
Escola Adventista do Gama - Clases Culturales de EspañolEscola Adventista do Gama - Clases Culturales de Español
Escola Adventista do Gama - Clases Culturales de Español
Marcos Emídio
 
CEAG/Español (Clase Cultural) - Maestro: Marcos Emídio
CEAG/Español (Clase Cultural) - Maestro: Marcos EmídioCEAG/Español (Clase Cultural) - Maestro: Marcos Emídio
CEAG/Español (Clase Cultural) - Maestro: Marcos Emídio
Marcos Emídio
 
Ensino Médio - PAS/UnB
Ensino Médio - PAS/UnBEnsino Médio - PAS/UnB
Ensino Médio - PAS/UnB
Marcos Emídio
 
Orações Subordinadas Substantivas - Aula De Reforço - Grupo II.
Orações Subordinadas Substantivas - Aula De Reforço - Grupo II.Orações Subordinadas Substantivas - Aula De Reforço - Grupo II.
Orações Subordinadas Substantivas - Aula De Reforço - Grupo II.
Marcos Emídio
 
Clase Sinonímia Y Corrección Gramatical.
Clase Sinonímia Y Corrección Gramatical.Clase Sinonímia Y Corrección Gramatical.
Clase Sinonímia Y Corrección Gramatical.
Marcos Emídio
 
Actividad Dinámica (Intermedio I).
Actividad Dinámica (Intermedio I).Actividad Dinámica (Intermedio I).
Actividad Dinámica (Intermedio I).
Marcos Emídio
 
Slide Tiempos Verbales Nivel Intermedio
Slide  Tiempos  Verbales    Nivel  IntermedioSlide  Tiempos  Verbales    Nivel  Intermedio
Slide Tiempos Verbales Nivel Intermedio
Marcos Emídio
 
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
Marcos Emídio
 
8ª Série/Gramática - Gabarito da Avaliação Objetiva
8ª Série/Gramática - Gabarito da Avaliação Objetiva8ª Série/Gramática - Gabarito da Avaliação Objetiva
8ª Série/Gramática - Gabarito da Avaliação Objetiva
Marcos Emídio
 

Mais de Marcos Emídio (20)

Fufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - GabaritoFufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - Gabarito
 
Fufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - GabaritoFufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - Gabarito
 
Fufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - GabaritoFufuro de Indicativo - Gabarito
Fufuro de Indicativo - Gabarito
 
1º Ano (Los ArtíCulos Determinados)
1º Ano (Los ArtíCulos Determinados)1º Ano (Los ArtíCulos Determinados)
1º Ano (Los ArtíCulos Determinados)
 
3º Ano - Clase sobre Cuba
3º Ano - Clase sobre Cuba3º Ano - Clase sobre Cuba
3º Ano - Clase sobre Cuba
 
2º Ano - Clase sobre España
2º Ano - Clase sobre España2º Ano - Clase sobre España
2º Ano - Clase sobre España
 
Español 1º Año (Verbos Ser y Estar)
Español 1º Año (Verbos Ser y Estar)Español 1º Año (Verbos Ser y Estar)
Español 1º Año (Verbos Ser y Estar)
 
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
 
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
Tilde Diacrítica (Tabela de Vocablos)
 
Colocação Pronominal (Correção de Tarefa)
Colocação Pronominal (Correção de Tarefa)Colocação Pronominal (Correção de Tarefa)
Colocação Pronominal (Correção de Tarefa)
 
8ª Série Gramática Colocação Pronominal
8ª Série Gramática   Colocação Pronominal8ª Série Gramática   Colocação Pronominal
8ª Série Gramática Colocação Pronominal
 
Escola Adventista do Gama - Clases Culturales de Español
Escola Adventista do Gama - Clases Culturales de EspañolEscola Adventista do Gama - Clases Culturales de Español
Escola Adventista do Gama - Clases Culturales de Español
 
CEAG/Español (Clase Cultural) - Maestro: Marcos Emídio
CEAG/Español (Clase Cultural) - Maestro: Marcos EmídioCEAG/Español (Clase Cultural) - Maestro: Marcos Emídio
CEAG/Español (Clase Cultural) - Maestro: Marcos Emídio
 
Ensino Médio - PAS/UnB
Ensino Médio - PAS/UnBEnsino Médio - PAS/UnB
Ensino Médio - PAS/UnB
 
Orações Subordinadas Substantivas - Aula De Reforço - Grupo II.
Orações Subordinadas Substantivas - Aula De Reforço - Grupo II.Orações Subordinadas Substantivas - Aula De Reforço - Grupo II.
Orações Subordinadas Substantivas - Aula De Reforço - Grupo II.
 
Clase Sinonímia Y Corrección Gramatical.
Clase Sinonímia Y Corrección Gramatical.Clase Sinonímia Y Corrección Gramatical.
Clase Sinonímia Y Corrección Gramatical.
 
Actividad Dinámica (Intermedio I).
Actividad Dinámica (Intermedio I).Actividad Dinámica (Intermedio I).
Actividad Dinámica (Intermedio I).
 
Slide Tiempos Verbales Nivel Intermedio
Slide  Tiempos  Verbales    Nivel  IntermedioSlide  Tiempos  Verbales    Nivel  Intermedio
Slide Tiempos Verbales Nivel Intermedio
 
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
 
8ª Série/Gramática - Gabarito da Avaliação Objetiva
8ª Série/Gramática - Gabarito da Avaliação Objetiva8ª Série/Gramática - Gabarito da Avaliação Objetiva
8ª Série/Gramática - Gabarito da Avaliação Objetiva
 

Último

TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das MãosTREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
Anderson1783
 
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RXPosicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
paathizinhya
 
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdfCirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
BrunaNeves80
 
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdfRelação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
maripinkmarianne
 
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARMElectrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
dantemalca
 
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
KauFelipo
 
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptxMini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
GleenseCartonilho
 
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
OttomGonalvesDaSilva
 
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdfNR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
guilhermefontenele8
 

Último (9)

TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das MãosTREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
 
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RXPosicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
 
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdfCirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
 
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdfRelação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
 
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARMElectrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
 
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
 
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptxMini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
 
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
 
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdfNR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
 

8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)

  • 1. Concordância Verbal Centro Educacional Adventista do Gama Prof.: Marcos Emídio
  • 2. As Regras de Concordância Verbal seguem orientações claras e precisas. Regra geral – verbo concorda com o sujeito em número e pessoa . Júnior foi ao cinema Lucas e Carlos foram ao cinema . Verbo Sujeito verbo Sujeito
  • 3. Concordância do verbo com o sujeito composto I. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo , este ficará no plural . Ex.: O ônibus e o caminhão deslizaram na pista. sujeito composto antes do verbo verbo no plural Observação : O verbo pode ficar no singular principalmente em dois casos: quando os núcleos são sinônimos e quando formam uma enumeração gradativa. Ex . 1 : A paz e a tranquilidade reinava ( reinavam ) naquele lugar. Ex. 2 : A angústia, a inquietação, o desespero o dominou ( dominaram ). Sujeito composto é aquele que apresenta dois ou mais núcleos.
  • 4. II. Quando o sujeito composto estiver depois do verbo, este poderá concordar com o mais próximo, ou ficará no plural. Ex.: Foi ao parque de diversão o filho, a mãe e o pai . Verbo na 3ª pessoa do singular, concordando com o filho sujeito composto depois do verbo Foram ao parque de diversão o filho, a mãe e o pai . verbo na 3ª pessoa do plural sujeito composto depois do verbo
  • 5. III. Quando o verbo for constituído por pessoas gramaticais diferentes , ele ficará no plural . Ex.: Você, sua prima e eu iremos ao cinema. sujeito formado por pessoas gramaticais diferentes, com a presença da 1ª pessoa (eu) verbo na 1ª pessoa do plural (nós)  Se a 1ª pessoa (eu, nós) faz parte do sujeito, o verbo ficará na 1ª pessoa do plural (nós).  Se a 1ª pessoa (eu, nós) não faz parte do sujeito, o verbo ficará na 2ª pessoa do plural (vós) ou na 3ª pessoa do plural (vocês). Ex.: Tu e teu amigo ficareis aqui em casa. Tu e teu amigo ficarão aqui em casa.
  • 6. A concordância pode ser feita entre o verbo e o adjunto adnominal do sujeito (Concordância atrativa) Coletivos especificados Uma nuvem de gafanhotos destruiu (ou destruíram) a plantação. Porcentagens especificadas 63% da população apóia (ou apóiam) essas medidas. Com as expressões: a maior parte dos..., A maioria dos..., Grande número de.... A maioria dos participantes preferiu (ou preferiram) interromper o curso. Com as expressões: quantos de nós... quais de vós... Quantos de nós não souberam (ou soubemos) viver.
  • 7. Obs. Porcentagens: a) Se há determinantes no plural, é obrigatória a pluralização do verbo. Ex: Os 63% da população apóiam essas medidas. b) Quando o verbo vem anteposto à expressão de porcentagem, a concordância se dá com o número. Ex: Serão importados 60% da produção alemã. c) Com o uso de 1%, é recomendável que o verbo fique no singular. d) Ex: 1% dos brasileiros ganha bem.
  • 8. O verbo ficará no singular quando tiver como sujeito as expressões: Um de..., Qual de...., Nenhum de..., Cada um.. Um de nós será escolhido para representar a turma. Qual de nós será o escolhido? Nenhum de vocês será responsabilizado.
  • 9. O verbo ficará no singular quando tiver sujeito composto resumido pelos pronomes tudo, nada, ninguém . Homens, mulheres,crianças, ninguém sobreviveu .
  • 10. Sujeito ligado por OU O suspeito ou os suspeitos prestarão depoimento. verbo concorda com o núcleo mais próximo Retificação A alegria ou a dor constituíam o viver daquela gente. verbo no plural Antonímia O calor ou o frio excessivos fazem adoecer os idosos. verbo no plural Inclusão Atribuir ou imputar significa considerar como autor, como origem ou causa. verbo no singular Sinonímia Joaquim ou José será promovido verbo no singular Exclusão.
  • 11. Um e outro – verbo no singular ou no plural - ex.: Um e outro saiu no horário. / Um e outro saíram no horário. Obs.: se houver reciprocidade = plural – Ex.: Um e outro se distraíram durante o expediente Um ou outro – verbo no singular – Ex.: Um ou outro será inocentado.
  • 12. Concordância com pronomes de tratamento = o verbo fica na 3ª pessoa Alguns autores classificam os pronomes de tratamento como sendo pronomes de 3ª pessoa; outros, como de 2ª. É mais apropriado, portanto, definir como: são formas de tratamento indireto de 2ª pessoa que levam o verbo para a 3ª pessoa. Ex.: Vossa Senhoria deverá encaminhar o projeto. Vossas Excelências serão homenageadas.
  • 13. Sujeito representado por nomes próprios na forma do plural: a) precedidos de artigo : verbo concorda com o número do artigo. Ex.: Os Estados Unidos estão aceitando acordo . b) sem artigo: verbo no singular: Ex: Minas Gerais possuiu muitos minerais. c) Com nomes de obras no plural seguidos do verbo ser , este fica no singular desde que o predicativo esteja no singular. Ex: “Os Sertões” é um livro esplêndido.
  • 14. Concordância dos verbos Impessoais a) Verbo Haver É impessoal quando empregado com o sentido de “ existir ” ou “ acontecer ”. Ex.1: Havia muitos alunos na sala de aula. 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é objeto direto Ex.2: Aqui nunca houve brigas antes. 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é objeto direto Em locuções verbais , o verbo haver transmite a impessoalida-de para o outro verbo (verbo auxiliar), que também fica no singular. Ex.: Deve haver vinte pessoas na sala.
  • 15. Observações: O verbo haver com sentido de existir é impessoal, entretanto o verbo existir, não é impessoal , ele concorda normalmente com o sujeito ao qual se refere. Ex.: Antigamente havia poucas escolas particulares . Antigamente existiam poucas escolas particulares . 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é objeto direto sujeito plural 3ª pessoa do plural Antigamente deviam existir poucas escolas particulares . 3ª pessoa do plural sujeito plural
  • 16. b) Verbo Fazer O verbo fazer é impessoal quando empregado na indicação de tempo transcorrido (ou a transcorrer). Nesses casos, como ele não tem sujeito fica na 3ª pessoa do singular . Ex.: Já faz muitos anos que não a vejo. 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é objeto direto Observação: Nas locuções verbais, o verbo fazer, como todo verbo impessoal, transmite o singular para o auxiliar. Ex.: Já deve fazer muitos anos que não a vejo. 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é objeto direto.
  • 17. Concordância do verbo Ser O verbo Ser pode, às vezes concordar com o sujeito da oração e, às vezes, com o predicativo . a) Quando o sujeito e o predicativo são nomes de coisas O verbo ser pode concordar com o sujeito ou com o predicativo, indiferentemente. Essa dupla possibilidade permite ao falante estabelecer a concordância com o elemento ao qual pretenda dar maior destaque. Ex.: Nossas vidas eram uma verdadeira festa . sujeito plural predicativo singular Nossas vidas era uma verdadeira festa . Verbo no plural concordando com o sujeito sujeito plural predicativo singular Verbo no singular concordando com o predicativo
  • 18. b) Quando o sujeito e o predicativo designam pessoas Nesse caso, a concordância é feita obrigatoriamente com a palavra que designa pessoa. Ex.: Os amigos eram sua grande alegria . O problema da empresa são os funcionários desmotivados . sujeito plural verbo na 3ª pessoa do plural,concordando com o sujeito sujeito no singular predicativo no singular verbo na 3ª pessoa do plural, concordando com o predicativo predicativo no plural
  • 19. c) Verbo Ser indicando horas e distância Quando indicar horas, distância e datas, o verbo ser concordará com o predicativo. Nesse caso ele é impessoal , ou seja, não apresenta sujeito. Ex.: É uma hora. São três horas. Daqui até a fazenda é um quilômetro. Daqui até o sítio são dez quilômetros. Observação: Nas indicações referentes a dia do mês , o verbo admite duas construções. Ex.: Hoje é (dia) dez de julho. Hoje são dez (dias) de julho.
  • 20. d) Verbos Chover, ventar, trovejar ... Quando o verbo indicar fenômeno da natureza será impessoal , ou seja, não apresenta sujeito. Ex.: Choveu três dias consecutivos. . Observação: Se o verbo estiver se referindo a outro elemento que não o fenômeno da natureza, se conjugará normalmente.. Ex.: Trovejaram aplausos ao encerrar o espetáculo.
  • 21. Verbo + pronome se 1. Os verbos transitivos diretos ou os transitivos diretos e indiretos , quando apassivados pelo pronome se, concordam com o sujeito . Ex.: Vendem- se carros e terrenos a prazo. verbo transitivo direto sujeito no plural Observe que, se passarmos essa frase para a voz passiva analítica, a concordância do verbo com o sujeito ficará bem clara, veja: Carros e terrenos são vendidos a prazo. Sujeito no plural Verbo na 3ª pessoa do plural pronome apassivador
  • 22. 2. Os demais verbos – de ligação , intransitivo e transitivo indireto - , quando seguidos do pronome se (índice de indeterminação do sujeito), ficam na 3ª pessoa do singular. Ex.: Precisa -se de serventes de pedreiro . Verbo transitivo indireto objeto indireto índice de indeterminação do sujeito