SlideShare uma empresa Scribd logo
IMPERIALISMO GOBINEAU E
RACISMO
Aula de História para as 3as. Séries do EM
21 A 25 de Fevereiro de 2022
Semana 02
Profa. Gisele Finatti
Analisar criticamente as justificativas ideológicas apresentadas pelas
grandes potências para interferir nas várias regiões do planeta (sistemas
modernos de colonização, imperialismo, conflitos atuais).
Reconhecer alternativas de intervenção em conflitos sociais e crises
institucionais que respeitem os valores humanos e a diversidade
sociocultural.
Profa. Gisele Finatti
CURRICULO DO ESTADO DE SÃO PAULO
O imperialismo marcou a história da exploração econômica e social
sobre os povos africanos e asiáticos. Países ricos, impulsionados pela
Revolução Industrial, buscavam avidamente matérias primas, mão de
obra barata e mercado consumidor para alimentar sua indústria e
vender seus produtos.
É dentro desse contexto histórico que propomos a aula:
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS – o objetivo não é reduzir
os fatos a certo ou errado. Antes, propor aos estudantes o estudo e a
pesquisa daqueles acontecimentos para que se entenda a exploração
econômica sobre povos enações e o processo histórico que a gerou.
Já que a aula começou, não nos resta outra saída: VAMOS
INVESTIGAR OS FATOS!
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
MISSÃO
Cada dupla tem que estudar e pesquisar para
resolver sua missão/objetivo.
Cada missão/objetivo está relacionada ao tema da
aula.
As duplas que conseguirem resolver seus “CASOS”
terão o carimbo de MISSÃO CUMPRIDA.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
Dupla
1
MISSÃO:
INVESTIGUE quem está financiando os países
industrializados a fim de dominarem vastas
extensões da África e da Ásia.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
INVESTIGUE o uso da violência e a aplicação de
falsas ideologias para dominar africanos e
asiáticos.
Dupla
2
MISSÃO:
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
DESCUBRA o segredo da CONFERÊNCIA DE BERLIM.
DUPLA
3
MISSÃO:
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
INVESTIGUE a participação dos Estados Unidos
na corrida imperialista.
DUPLA
4
MISSÃO:
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
MISSÃO
DESCUBRA os verdadeiros motivos da revolta
dos indianos, em 1857, contra a INGLATERRA e
o que isso provocou.
DUPLA
5
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
MISSÃO
INVESTIGUE O TRÁFICO DE DROGAS
NO IMPERIALISMO.
DUPLA
6
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
PISTAS
A pista pode ser um fragmento de texto, uma imagem, uma charge ou uma
foto que possa orientar o estudante na busca da solução da sua missão.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
DUPLA
1
PISTA:
Os DONOS
do MUNDO.
Imagens: Frederick Burr Opper / Disponibilizdo por
http://www.artoftheprint.com/picture_library/jpg100/opper_frederick_monopolymillionair
es.jpg / Domínio Público.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
DUPLA
2
PISTA:
“O homem branco tinha a missão de
civilizar a África e a Ásia”.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
DUPLA
3
PISTA:
PARTILHA e MISÉRIA.
Imagem:
Dr.
Lyle
Conrad
/
Disponibilizado
por
Centers
for
Disease
Control
and
Prevention,
Public
Health
Image
Library
(PHIL)
/
Domínio
Público.
Imagem:
Autor
desconhecido
/
The
Berlin
Conference
on
partition
of
Africa,1884
/
Disponibilizado
por
deutsche-schutzgebiete.de
/
Domínio
público.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
DUPLA
4
PISTA:
Em nome da
CIVILIZAÇÃO:
o LUCRO.
Imagem:
Northwestern
Litho
/
Campaign
poster
showing
William
McKinley
holding
U.S.
flag
and
standing
on
gold
coin,
entre
1895
1900
/
Disponibilizado
por
United
States
Library
of
Congress
/
Domínio
público.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
DUPLA
5
PISTA:
Os cipaios eram soldados indianos que
trabalhavam para ingleses, franceses e
portugueses.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
DUPLA
6
PISTA:
CHINA FATIADA
Imagem:
Henri
Meyer/
China-o
bolo
de
reis
e
...
de
imperadores,
1898
/
Le
Petit
Journal,
Bibliothèque
nationale
de
France
/
Domínio
Público.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
CONCLUSÃO
No final das investigações, cada dupla apresenta suas conclusões
sobre o Imperialismo.
A seguir, daremos possíveis respostas para que se tenha uma ideia
daquilo que foi pedido.
Todas as conclusões dos estudantes devem ser consideradas e
debatidas na sala.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
TIME
1
CONCLUSÃO
Nações industrializadas eram
patrocinadas pela GRANDE BURGUESIA que,
através da expansão do capitalismo industrial,
aumentavam cada vez mais seus lucros.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
TIME
2
CONCLUSÃO
Países imperialistas praticaram ações violentas contra
as populações dominadas. A justificativa era que o
homem branco tinha a missão de civilizar a África e a
Ásia.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
TIME
3
CONCLUSÃO
A Conferência de Berlim, em 1884, serviu para as
potências europeias promoverem a partilha da África.
As maiores beneficiadas com a partilha foram a França e a
Inglaterra. A ocupação europeia destruiu a estrutura produtiva da
sociedade africana e desorganizou sua vida social. Ainda hoje,
há conflitos entre as várias etnias, decorrente dessa desestruturação
provocada pelos países imperialistas.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
TIME
4
CONCLUSÃO
Os Estados Unidos impuseram ao Japão, em 1854, a
abertura dos portos do país. O Japão assimilou as
técnicas ocidentais sem abdicar de sua cultura. No
final do século XIX, disputava com os Estados Unidos
a influência sobre a bacia do pacífico.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
TIME
5
CONCLUSÃO
Em 1857, soldados indianos – cipaios – revoltaram-se contra a
dominação inglesa. O principal motivo era o péssimo tratamento
dispensado a eles. Isso provocou a revolta que logo foi
reprimida pelo exército inglês.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
TIME
6
CONCLUSÃO
Para controlar a China, a Inglaterra usou, além de armas,
o tráfico de drogas. Promoveu o consumo do ópio, droga
alucinógena, entre os chineses. A China reagiu e atirou no
mar um grande carregamento da droga. A Inglaterra declarou
a Guerra do Ópio (1839 – 1842). Forçou a China a abrir seus
portos aos comerciantes ocidentais e entregar a Ilha de Hong
Kong. Em 1900, a China reage num levante nacionalista que
foi reprimido pelas tropas estrangeiras e ficou conhecido
como Guerra dos Boxers.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
Uma imagem feita em 1900 é
uma boa para ser trabalhada no
contexto do IMPERIALISMO.
QUE LEITURA
FAZEMOS DELA HOJE?
Precisamos de uma força
do professor de inglês!
INVESTIGANDO IMAGEM
Imagem:
Victor
Gillam
/
US
Judge
magazine,
1900
/
Domínio
público.
O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS
RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
NA INTERNET
http://www.infoescola.com/historia/imperialismo/
http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=1227
CADERNO DO ALUNO PÁGINAS 120/121
Profa. Gisele Finatti
• Os alunos receberão material de apoio
referente às páginas 120/121 do caderno do
aluno

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3as imperialismo-gobineau-e-racismo-semana1-14a18-fevereiro
3as imperialismo-gobineau-e-racismo-semana1-14a18-fevereiro3as imperialismo-gobineau-e-racismo-semana1-14a18-fevereiro
3as imperialismo-gobineau-e-racismo-semana1-14a18-fevereiro
GiseleFinatti
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
Isabel Aguiar
 
1° ano - Idade Média Ocidental
1° ano  - Idade Média Ocidental1° ano  - Idade Média Ocidental
1° ano - Idade Média Ocidental
Daniel Alves Bronstrup
 
Industrialização e Imperialismo
Industrialização e ImperialismoIndustrialização e Imperialismo
Industrialização e Imperialismo
eduardodemiranda
 
Expansão territorial
Expansão territorialExpansão territorial
Expansão territorial
Edenilson Morais
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
Marcos Oliveira
 
Colonização da América
Colonização da AméricaColonização da América
Colonização da América
Claudenilson da Silva
 
O populismo no brasil
O populismo no brasilO populismo no brasil
O populismo no brasil
homago
 
A conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américaA conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américa
Fernando Fagundes
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
joana71
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
Paulo Alexandre
 
Liberalismo, socialismo e nacionalismo
Liberalismo, socialismo e nacionalismoLiberalismo, socialismo e nacionalismo
Liberalismo, socialismo e nacionalismo
isameucci
 
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo I
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo ITransicao do Feudalismo para o Capitalismo I
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo I
Alexandre Protásio
 
Imperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira GuerraImperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira Guerra
Alan
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Aulas de História
 
13 colônias inglesas
13 colônias inglesas13 colônias inglesas
13 colônias inglesas
harlissoncarvalho
 
3º ano primeira guerra mundial
3º ano   primeira guerra mundial3º ano   primeira guerra mundial
3º ano primeira guerra mundial
Daniel Alves Bronstrup
 
Brasil expansão territorial
Brasil expansão territorialBrasil expansão territorial
Imperialismo
Imperialismo Imperialismo
Imperialismo
Paulo Muniz
 
Guerra civil espanhola
Guerra civil espanholaGuerra civil espanhola
Guerra civil espanhola
Alan
 

Mais procurados (20)

3as imperialismo-gobineau-e-racismo-semana1-14a18-fevereiro
3as imperialismo-gobineau-e-racismo-semana1-14a18-fevereiro3as imperialismo-gobineau-e-racismo-semana1-14a18-fevereiro
3as imperialismo-gobineau-e-racismo-semana1-14a18-fevereiro
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
 
1° ano - Idade Média Ocidental
1° ano  - Idade Média Ocidental1° ano  - Idade Média Ocidental
1° ano - Idade Média Ocidental
 
Industrialização e Imperialismo
Industrialização e ImperialismoIndustrialização e Imperialismo
Industrialização e Imperialismo
 
Expansão territorial
Expansão territorialExpansão territorial
Expansão territorial
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
 
Colonização da América
Colonização da AméricaColonização da América
Colonização da América
 
O populismo no brasil
O populismo no brasilO populismo no brasil
O populismo no brasil
 
A conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américaA conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américa
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
 
Liberalismo, socialismo e nacionalismo
Liberalismo, socialismo e nacionalismoLiberalismo, socialismo e nacionalismo
Liberalismo, socialismo e nacionalismo
 
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo I
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo ITransicao do Feudalismo para o Capitalismo I
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo I
 
Imperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira GuerraImperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira Guerra
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
13 colônias inglesas
13 colônias inglesas13 colônias inglesas
13 colônias inglesas
 
3º ano primeira guerra mundial
3º ano   primeira guerra mundial3º ano   primeira guerra mundial
3º ano primeira guerra mundial
 
Brasil expansão territorial
Brasil expansão territorialBrasil expansão territorial
Brasil expansão territorial
 
Imperialismo
Imperialismo Imperialismo
Imperialismo
 
Guerra civil espanhola
Guerra civil espanholaGuerra civil espanhola
Guerra civil espanhola
 

Semelhante a 3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missão

O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.pptO Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
vitoriapereira42
 
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.pptO Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
Vera Duarte
 
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.pptO Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
LoriMarinho1
 
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.pptO Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
hermesson1
 
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.pptO Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
LudimillaGomes3
 
O imperialismo na áfrica e na ásia
O imperialismo na áfrica e na ásiaO imperialismo na áfrica e na ásia
O imperialismo na áfrica e na ásia
JUNIOR MADRUGA MADRUGA
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Paula Fernanda
 
Imperialismo ou Neocolonialismo.
Imperialismo ou Neocolonialismo.Imperialismo ou Neocolonialismo.
Imperialismo ou Neocolonialismo.
Jéssica Santos
 
Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008
Lucileida Castro
 
Neocolonialismo
NeocolonialismoNeocolonialismo
Neocolonialismo
Edenilson Morais
 
Era vitoriana.
Era vitoriana.Era vitoriana.
Era vitoriana.
Ajudar Pessoas
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Alan
 
3ª série–e
3ª série–e3ª série–e
3ª série–e
joadmo
 
Imperialismo 2023.pptx
Imperialismo 2023.pptxImperialismo 2023.pptx
Imperialismo 2023.pptx
DomingasMariaRomao
 
Celso blog oitavo ano atv 3
Celso blog oitavo ano atv 3Celso blog oitavo ano atv 3
Celso blog oitavo ano atv 3
DiedNuenf
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo   Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
prof1campina
 
Imperialismo e neocolonialismo no século xix
 Imperialismo e neocolonialismo no século xix Imperialismo e neocolonialismo no século xix
Imperialismo e neocolonialismo no século xix
Professor de História
 
História - Das cavernas 3.a.pdf
História - Das cavernas 3.a.pdfHistória - Das cavernas 3.a.pdf
História - Das cavernas 3.a.pdf
MariaEdithMaroca
 
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundialNeocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Alan
 

Semelhante a 3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missão (20)

O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.pptO Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
 
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.pptO Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
 
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.pptO Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
 
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.pptO Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
 
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.pptO Imperialismo na África e na Ásia.ppt
O Imperialismo na África e na Ásia.ppt
 
O imperialismo na áfrica e na ásia
O imperialismo na áfrica e na ásiaO imperialismo na áfrica e na ásia
O imperialismo na áfrica e na ásia
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Imperialismo ou Neocolonialismo.
Imperialismo ou Neocolonialismo.Imperialismo ou Neocolonialismo.
Imperialismo ou Neocolonialismo.
 
Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008
 
Neocolonialismo
NeocolonialismoNeocolonialismo
Neocolonialismo
 
Era vitoriana.
Era vitoriana.Era vitoriana.
Era vitoriana.
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
3ª série–e
3ª série–e3ª série–e
3ª série–e
 
Imperialismo 2023.pptx
Imperialismo 2023.pptxImperialismo 2023.pptx
Imperialismo 2023.pptx
 
Celso blog oitavo ano atv 3
Celso blog oitavo ano atv 3Celso blog oitavo ano atv 3
Celso blog oitavo ano atv 3
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo   Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
 
Imperialismo e neocolonialismo no século xix
 Imperialismo e neocolonialismo no século xix Imperialismo e neocolonialismo no século xix
Imperialismo e neocolonialismo no século xix
 
História - Das cavernas 3.a.pdf
História - Das cavernas 3.a.pdfHistória - Das cavernas 3.a.pdf
História - Das cavernas 3.a.pdf
 
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundialNeocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
 

Último

Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 

Último (20)

Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 

3as imperialismo-gobineau-e-racismo-atividade-missão

  • 1. IMPERIALISMO GOBINEAU E RACISMO Aula de História para as 3as. Séries do EM 21 A 25 de Fevereiro de 2022 Semana 02 Profa. Gisele Finatti
  • 2. Analisar criticamente as justificativas ideológicas apresentadas pelas grandes potências para interferir nas várias regiões do planeta (sistemas modernos de colonização, imperialismo, conflitos atuais). Reconhecer alternativas de intervenção em conflitos sociais e crises institucionais que respeitem os valores humanos e a diversidade sociocultural. Profa. Gisele Finatti CURRICULO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  • 3. O imperialismo marcou a história da exploração econômica e social sobre os povos africanos e asiáticos. Países ricos, impulsionados pela Revolução Industrial, buscavam avidamente matérias primas, mão de obra barata e mercado consumidor para alimentar sua indústria e vender seus produtos. É dentro desse contexto histórico que propomos a aula: O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS – o objetivo não é reduzir os fatos a certo ou errado. Antes, propor aos estudantes o estudo e a pesquisa daqueles acontecimentos para que se entenda a exploração econômica sobre povos enações e o processo histórico que a gerou. Já que a aula começou, não nos resta outra saída: VAMOS INVESTIGAR OS FATOS! O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA
  • 4. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA MISSÃO Cada dupla tem que estudar e pesquisar para resolver sua missão/objetivo. Cada missão/objetivo está relacionada ao tema da aula. As duplas que conseguirem resolver seus “CASOS” terão o carimbo de MISSÃO CUMPRIDA.
  • 5. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA Dupla 1 MISSÃO: INVESTIGUE quem está financiando os países industrializados a fim de dominarem vastas extensões da África e da Ásia.
  • 6. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA INVESTIGUE o uso da violência e a aplicação de falsas ideologias para dominar africanos e asiáticos. Dupla 2 MISSÃO:
  • 7. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA DESCUBRA o segredo da CONFERÊNCIA DE BERLIM. DUPLA 3 MISSÃO:
  • 8. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA INVESTIGUE a participação dos Estados Unidos na corrida imperialista. DUPLA 4 MISSÃO:
  • 9. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA MISSÃO DESCUBRA os verdadeiros motivos da revolta dos indianos, em 1857, contra a INGLATERRA e o que isso provocou. DUPLA 5
  • 10. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA MISSÃO INVESTIGUE O TRÁFICO DE DROGAS NO IMPERIALISMO. DUPLA 6
  • 11. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA PISTAS A pista pode ser um fragmento de texto, uma imagem, uma charge ou uma foto que possa orientar o estudante na busca da solução da sua missão.
  • 12. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA DUPLA 1 PISTA: Os DONOS do MUNDO. Imagens: Frederick Burr Opper / Disponibilizdo por http://www.artoftheprint.com/picture_library/jpg100/opper_frederick_monopolymillionair es.jpg / Domínio Público.
  • 13. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA DUPLA 2 PISTA: “O homem branco tinha a missão de civilizar a África e a Ásia”.
  • 14. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA DUPLA 3 PISTA: PARTILHA e MISÉRIA. Imagem: Dr. Lyle Conrad / Disponibilizado por Centers for Disease Control and Prevention, Public Health Image Library (PHIL) / Domínio Público. Imagem: Autor desconhecido / The Berlin Conference on partition of Africa,1884 / Disponibilizado por deutsche-schutzgebiete.de / Domínio público.
  • 15. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA DUPLA 4 PISTA: Em nome da CIVILIZAÇÃO: o LUCRO. Imagem: Northwestern Litho / Campaign poster showing William McKinley holding U.S. flag and standing on gold coin, entre 1895 1900 / Disponibilizado por United States Library of Congress / Domínio público.
  • 16. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA DUPLA 5 PISTA: Os cipaios eram soldados indianos que trabalhavam para ingleses, franceses e portugueses.
  • 17. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA DUPLA 6 PISTA: CHINA FATIADA Imagem: Henri Meyer/ China-o bolo de reis e ... de imperadores, 1898 / Le Petit Journal, Bibliothèque nationale de France / Domínio Público.
  • 18. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA CONCLUSÃO No final das investigações, cada dupla apresenta suas conclusões sobre o Imperialismo. A seguir, daremos possíveis respostas para que se tenha uma ideia daquilo que foi pedido. Todas as conclusões dos estudantes devem ser consideradas e debatidas na sala.
  • 19. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA TIME 1 CONCLUSÃO Nações industrializadas eram patrocinadas pela GRANDE BURGUESIA que, através da expansão do capitalismo industrial, aumentavam cada vez mais seus lucros.
  • 20. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA TIME 2 CONCLUSÃO Países imperialistas praticaram ações violentas contra as populações dominadas. A justificativa era que o homem branco tinha a missão de civilizar a África e a Ásia.
  • 21. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA TIME 3 CONCLUSÃO A Conferência de Berlim, em 1884, serviu para as potências europeias promoverem a partilha da África. As maiores beneficiadas com a partilha foram a França e a Inglaterra. A ocupação europeia destruiu a estrutura produtiva da sociedade africana e desorganizou sua vida social. Ainda hoje, há conflitos entre as várias etnias, decorrente dessa desestruturação provocada pelos países imperialistas.
  • 22. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA TIME 4 CONCLUSÃO Os Estados Unidos impuseram ao Japão, em 1854, a abertura dos portos do país. O Japão assimilou as técnicas ocidentais sem abdicar de sua cultura. No final do século XIX, disputava com os Estados Unidos a influência sobre a bacia do pacífico.
  • 23. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA TIME 5 CONCLUSÃO Em 1857, soldados indianos – cipaios – revoltaram-se contra a dominação inglesa. O principal motivo era o péssimo tratamento dispensado a eles. Isso provocou a revolta que logo foi reprimida pelo exército inglês.
  • 24. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA TIME 6 CONCLUSÃO Para controlar a China, a Inglaterra usou, além de armas, o tráfico de drogas. Promoveu o consumo do ópio, droga alucinógena, entre os chineses. A China reagiu e atirou no mar um grande carregamento da droga. A Inglaterra declarou a Guerra do Ópio (1839 – 1842). Forçou a China a abrir seus portos aos comerciantes ocidentais e entregar a Ilha de Hong Kong. Em 1900, a China reage num levante nacionalista que foi reprimido pelas tropas estrangeiras e ficou conhecido como Guerra dos Boxers.
  • 25. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA Uma imagem feita em 1900 é uma boa para ser trabalhada no contexto do IMPERIALISMO. QUE LEITURA FAZEMOS DELA HOJE? Precisamos de uma força do professor de inglês! INVESTIGANDO IMAGEM Imagem: Victor Gillam / US Judge magazine, 1900 / Domínio público.
  • 26. O IMPERIALISMO NO BANCO DOS RÉUS RECOLHA AS PROVAS DOS FATOS APRESENTADOS PELA HISTÓRIA NA INTERNET http://www.infoescola.com/historia/imperialismo/ http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=1227
  • 27. CADERNO DO ALUNO PÁGINAS 120/121 Profa. Gisele Finatti • Os alunos receberão material de apoio referente às páginas 120/121 do caderno do aluno