SlideShare uma empresa Scribd logo
TEXTO DO DIA
• "Eu plantei, Apolo regou;
mas Deus deu o
crescimento." (1 Co 3.6)
SÍNTESE
• Nós podemos plantar a melhor
semente, adubar, limpar e podar,
mas somente Deus é que dá o
crescimento à plantação.
OBJETIVOS
• MOSTRAR que Paulo plantou a
semente das boas novas em Corinto;
• SABER que Apolo regou a semente
plantada por Paulo;
• COMPREENDER que a obra de Deus
envolve muitos cooperadores.
ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA
• Paulo deixa claro que
ele plantou a semente
do Evangelho entre os
coríntios, foi o
pioneiro na igreja.
• Apolo veio depois e
era um cooperador,
não um concorrente.
• Paulo plantou a
semente no
coração dos
coríntios. Mas ele
era um vaso de
barro, criatura,
frágil e
dependente de
Deus.
Apolo regou a
semente, cuidou
dos crentes
ajudando-os a
crescerem na fé.
Mas era um vaso de
barro, frágil e
dependente de
Deus.
TEXTO BÍBLICO
1 Coríntios 3.6-9
• 6 Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o
crescimento.
• 7 Pelo que nem o que planta é alguma coisa, nem o
que rega, mas Deus, que dá o crescimento.
• 8 Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada
um receberá o seu galardão, segundo o seu trabalho.
• 9 Porque nós somos cooperadores de Deus; vós
sois lavoura de Deus e edifício de Deus.
INTRODUÇÃO
INTRODUÇÃO
• Paulo usa uma ilustração a respeito de uma
plantação para falar das suas contribuições e as de
Apolo para com a igreja em Corinto.
• O apóstolo afirma que foi ele que plantou a
semente das Boas Novas nos corações dos
coríntios; ele foi o pioneiro.
• Apolo, seu sucessor, regou a plantação e ajudou
os coríntios e se tornarem mais fortes na fé.
• No entanto,
ele deixa
claro que o
crescimento é
somente Deus
que pode dar.
•1
• PAULO
PLANTOU A
SEMENTE DAS
BOAS NOVAS
EM CORINTO
1. Paulo foi o pioneiro na igreja de
Corinto.
• O apóstolo,
mesmo sofrendo
oposições dos
judeus, manteve
sua pregação na
sinagoga. A
recompensa veio
com algumas
conversões.
• A partir de então,
vários outros
grupos se
formaram nas
casas e a semente
das Boas Novas
foi plantada nos
corações dos
coríntios e se
desenvolveu.
2. Paulo não parou de plantar
mesmo na ausência.
• Ele informou que
algumas pessoas
proferiam mensagens
com o intuito de
deturpar a pregação
paulina, o que seria
"outro Evangelho" (2
Co 3.1; 10.12-14).
3. Paulo deu graças pelo crescimento
solidário dos coríntios.
• Paulo se alegra com
o amadurecimento
dos crentes
coríntios.
• Ele agradece a
Deus na frente dos
macedônios pelo
amor e
disponibilidade
•2
• APOLO REGOU A
SEMENTE
PLANTADA POR
PAULO
1. Apolo, um homem cheio de
sabedoria.
• Ele se destacava
pela sua
eloqüência na
oratória e pelo
conhecimento
hábil das escrituras
judaicas.
• Suas mensagens
eram profundas e
muito eloqüentes.
2. Apolo sucede a Paulo em Corinto.
• Mesmo com
todo o
conhecimento e
desenvoltura,
Apolo se coloca
aos pés do casal
para aprender
do Evangelho de
Cristo.
3. Apolo ajudou os cristãos de
Corinto a se fortalecerem na fé.
• O apóstolo
reconhece o
ministério e a
chamada de
Apolo ao
afirmar que
ele havia
regado onde
Paulo
plantou.
•3
• A OBRA DE DEUS
ENVOLVE MUITOS
COOPERADORES
1. A obra de Deus é feita por
cooperadores.
• O apóstolo defende
que tanto ele quanto
Apolo são apenas
instrumentos de Deus...
• Como os demais
cooperadores
voluntários e
comprometidos que
também atuavam na
obra do Senhor.
2. Os cooperadores plantam e regam,
mas somente Deus dá o crescimento.
• O lavrador pode
preparar a terra,
lançar a melhor
semente, adubar
e limpar, mas
somente Deus
pode fazer chover
e germinar a
semente.
3. Disposição para servir.
• Durante a sua
última refeição
com seus
discípulos, Jesus
lavou-lhes os
pés para ensiná-
los como
deveriam viver
entre eles e as
demais pessoas.
CONCLUSÃO
• Na lição de hoje, estudamos sobre a forma
didática que o apóstolo usou a metáfora da
plantação, demonstrando que todos somos
cooperadores na obra de Deus.
• Podemos ter habilidade para "arar", "plantar",
"regar", "podar", entre outras atividades na
lavoura de Deus, mas somente Ele é que dá o
crescimento necessário.
• Por isso, o Todo-
Poderoso deve
ser louvado e
adorado em
todas as esferas
de nossa vida, e
jamais o
homem.
expositivocom.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2021 2º trimestre jovem - lição 08
2021   2º trimestre jovem - lição 082021   2º trimestre jovem - lição 08
2021 2º trimestre jovem - lição 08
Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 01
2021   2º trimestre jovem - lição 012021   2º trimestre jovem - lição 01
2021 2º trimestre jovem - lição 01
Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovens - lição 10
2021   2º trimestre jovens - lição 102021   2º trimestre jovens - lição 10
2021 2º trimestre jovens - lição 10
Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 11
2021 1º trimestre jovens lição 112021 1º trimestre jovens lição 11
2021 1º trimestre jovens lição 11
Joel Silva
 
Livro de gálatas
Livro de gálatasLivro de gálatas
Livro de gálatas
Eloi Lago
 
2021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 122021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 12
Joel Silva
 
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
Sergio Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 05
2021   2º trimestre jovem - lição 052021   2º trimestre jovem - lição 05
2021 2º trimestre jovem - lição 05
Joel Silva
 
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstoloLição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
Marcus Wagner
 
Carta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossensesCarta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossenses
UEPB
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJAPROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
Natalino das Neves Neves
 
2021 2º trimestre jovem - lição 04
2021   2º trimestre jovem - lição 042021   2º trimestre jovem - lição 04
2021 2º trimestre jovem - lição 04
Joel Silva
 
Hebreus
Hebreus Hebreus
Hebreus
Paulo Ferreira
 
2013 3 tri - lição 2 - esperança em meio à adversidade
2013   3 tri - lição 2 - esperança em meio à adversidade2013   3 tri - lição 2 - esperança em meio à adversidade
2013 3 tri - lição 2 - esperança em meio à adversidade
Natalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJAPRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
Natalino das Neves Neves
 
2016 3 TRI LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
2016 3 TRI LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS2016 3 TRI LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
2016 3 TRI LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
Natalino das Neves Neves
 
Ninguem é de Ninguén
Ninguem é de NinguénNinguem é de Ninguén
Ninguem é de Ninguén
Ricardo Gondim
 
O Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
O Discipulado Cristão na Carta aos ColossensesO Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
O Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
JUERP
 
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
Antonio Ferreira
 
LIÇÃO 6 - O MINISTÉRIO DE APÓSTOLO
LIÇÃO 6 -  O MINISTÉRIO DE APÓSTOLOLIÇÃO 6 -  O MINISTÉRIO DE APÓSTOLO
LIÇÃO 6 - O MINISTÉRIO DE APÓSTOLO
Alexsandro Martins
 

Mais procurados (20)

2021 2º trimestre jovem - lição 08
2021   2º trimestre jovem - lição 082021   2º trimestre jovem - lição 08
2021 2º trimestre jovem - lição 08
 
2021 2º trimestre jovem - lição 01
2021   2º trimestre jovem - lição 012021   2º trimestre jovem - lição 01
2021 2º trimestre jovem - lição 01
 
2021 2º trimestre jovens - lição 10
2021   2º trimestre jovens - lição 102021   2º trimestre jovens - lição 10
2021 2º trimestre jovens - lição 10
 
2021 1º trimestre jovens lição 11
2021 1º trimestre jovens lição 112021 1º trimestre jovens lição 11
2021 1º trimestre jovens lição 11
 
Livro de gálatas
Livro de gálatasLivro de gálatas
Livro de gálatas
 
2021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 122021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 12
 
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
 
2021 2º trimestre jovem - lição 05
2021   2º trimestre jovem - lição 052021   2º trimestre jovem - lição 05
2021 2º trimestre jovem - lição 05
 
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstoloLição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
 
Carta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossensesCarta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossenses
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJAPROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
 
2021 2º trimestre jovem - lição 04
2021   2º trimestre jovem - lição 042021   2º trimestre jovem - lição 04
2021 2º trimestre jovem - lição 04
 
Hebreus
Hebreus Hebreus
Hebreus
 
2013 3 tri - lição 2 - esperança em meio à adversidade
2013   3 tri - lição 2 - esperança em meio à adversidade2013   3 tri - lição 2 - esperança em meio à adversidade
2013 3 tri - lição 2 - esperança em meio à adversidade
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJAPRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
 
2016 3 TRI LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
2016 3 TRI LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS2016 3 TRI LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
2016 3 TRI LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
 
Ninguem é de Ninguén
Ninguem é de NinguénNinguem é de Ninguén
Ninguem é de Ninguén
 
O Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
O Discipulado Cristão na Carta aos ColossensesO Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
O Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
 
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
 
LIÇÃO 6 - O MINISTÉRIO DE APÓSTOLO
LIÇÃO 6 -  O MINISTÉRIO DE APÓSTOLOLIÇÃO 6 -  O MINISTÉRIO DE APÓSTOLO
LIÇÃO 6 - O MINISTÉRIO DE APÓSTOLO
 

Semelhante a 2021 2º trimestre jovem - lição 07

PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
Pastor Natalino Das Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
Natalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
Natalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
Pastor Natalino Das Neves
 
Boletim ippi 22.03.2015
Boletim ippi 22.03.2015Boletim ippi 22.03.2015
Boletim ippi 22.03.2015
Igreja Presbiteriana do Parque Ipê
 
2015 3º trimestre adultos lição 01.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 01.pptx2015 3º trimestre adultos lição 01.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 01.pptx
Joel Silva
 
01 uma mensagem á igreja local e a liderança
01 uma mensagem á igreja local e a liderança01 uma mensagem á igreja local e a liderança
01 uma mensagem á igreja local e a liderança
José Nilson Virgino
 
3° Trimestre 2015 Lição 01 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 01 Adultos3° Trimestre 2015 Lição 01 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 01 Adultos
Joel Silva
 
3º trimestre 2015 lição 01 adultos
3º trimestre 2015 lição 01 adultos3º trimestre 2015 lição 01 adultos
3º trimestre 2015 lição 01 adultos
Joel Silva
 
2014 2 tri lição 6 - O ministério de apóstolo
2014 2 tri lição 6 - O  ministério de apóstolo2014 2 tri lição 6 - O  ministério de apóstolo
2014 2 tri lição 6 - O ministério de apóstolo
Natalino das Neves Neves
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
Uma figura da adoração na sala do trono
Uma figura da adoração na sala do tronoUma figura da adoração na sala do trono
Uma figura da adoração na sala do trono
conceitosdahomilia
 
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos JovensO fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
Francelia Carvalho Oliveira
 
Ministros e despenseiros
Ministros e despenseirosMinistros e despenseiros
Ministros e despenseiros
Ricardo Gondim
 
Colossences 4
Colossences 4Colossences 4
Colossences 4
Joel Silva
 
Colossences 4
Colossences 4Colossences 4
Colossences 4
Joel Silva
 
I corintios
I corintiosI corintios
I corintios
Joel Silva
 
Lição 3ª Liderança espiritual
Lição 3ª Liderança espiritualLição 3ª Liderança espiritual
Lição 3ª Liderança espiritual
Igreja Presbiteriana Zona Sul
 
LBA LIÇÃO 13 - A FIDELIDADE DE DEUS
LBA LIÇÃO 13 - A FIDELIDADE DE DEUSLBA LIÇÃO 13 - A FIDELIDADE DE DEUS
LBA LIÇÃO 13 - A FIDELIDADE DE DEUS
Natalino das Neves Neves
 
Doutrina i corintios
Doutrina  i corintiosDoutrina  i corintios
Doutrina i corintios
Joel Silva
 

Semelhante a 2021 2º trimestre jovem - lição 07 (20)

PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
 
Boletim ippi 22.03.2015
Boletim ippi 22.03.2015Boletim ippi 22.03.2015
Boletim ippi 22.03.2015
 
2015 3º trimestre adultos lição 01.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 01.pptx2015 3º trimestre adultos lição 01.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 01.pptx
 
01 uma mensagem á igreja local e a liderança
01 uma mensagem á igreja local e a liderança01 uma mensagem á igreja local e a liderança
01 uma mensagem á igreja local e a liderança
 
3° Trimestre 2015 Lição 01 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 01 Adultos3° Trimestre 2015 Lição 01 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 01 Adultos
 
3º trimestre 2015 lição 01 adultos
3º trimestre 2015 lição 01 adultos3º trimestre 2015 lição 01 adultos
3º trimestre 2015 lição 01 adultos
 
2014 2 tri lição 6 - O ministério de apóstolo
2014 2 tri lição 6 - O  ministério de apóstolo2014 2 tri lição 6 - O  ministério de apóstolo
2014 2 tri lição 6 - O ministério de apóstolo
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
 
Uma figura da adoração na sala do trono
Uma figura da adoração na sala do tronoUma figura da adoração na sala do trono
Uma figura da adoração na sala do trono
 
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos JovensO fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
 
Ministros e despenseiros
Ministros e despenseirosMinistros e despenseiros
Ministros e despenseiros
 
Colossences 4
Colossences 4Colossences 4
Colossences 4
 
Colossences 4
Colossences 4Colossences 4
Colossences 4
 
I corintios
I corintiosI corintios
I corintios
 
Lição 3ª Liderança espiritual
Lição 3ª Liderança espiritualLição 3ª Liderança espiritual
Lição 3ª Liderança espiritual
 
LBA LIÇÃO 13 - A FIDELIDADE DE DEUS
LBA LIÇÃO 13 - A FIDELIDADE DE DEUSLBA LIÇÃO 13 - A FIDELIDADE DE DEUS
LBA LIÇÃO 13 - A FIDELIDADE DE DEUS
 
Doutrina i corintios
Doutrina  i corintiosDoutrina  i corintios
Doutrina i corintios
 

Mais de Joel Silva

2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
Joel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
Joel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
Joel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
Joel Silva
 
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
Joel Silva
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
Joel Silva
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
Joel Silva
 
2022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 012022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 01
Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 112021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 11
Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 09
2021   2º trimestre jovem - lição 092021   2º trimestre jovem - lição 09
2021 2º trimestre jovem - lição 09
Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 102021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 10
Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 092021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 09
Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 082021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 08
Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 072021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 07
Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 062021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 06
Joel Silva
 

Mais de Joel Silva (15)

2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
 
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
 
2022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 012022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 01
 
2021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 112021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 11
 
2021 2º trimestre jovem - lição 09
2021   2º trimestre jovem - lição 092021   2º trimestre jovem - lição 09
2021 2º trimestre jovem - lição 09
 
2021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 102021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 10
 
2021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 092021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 09
 
2021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 082021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 08
 
2021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 072021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 07
 
2021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 062021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 06
 

Último

PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 

Último (11)

PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 

2021 2º trimestre jovem - lição 07

  • 1.
  • 2. TEXTO DO DIA • "Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento." (1 Co 3.6)
  • 3. SÍNTESE • Nós podemos plantar a melhor semente, adubar, limpar e podar, mas somente Deus é que dá o crescimento à plantação.
  • 4. OBJETIVOS • MOSTRAR que Paulo plantou a semente das boas novas em Corinto; • SABER que Apolo regou a semente plantada por Paulo; • COMPREENDER que a obra de Deus envolve muitos cooperadores.
  • 5. ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA • Paulo deixa claro que ele plantou a semente do Evangelho entre os coríntios, foi o pioneiro na igreja. • Apolo veio depois e era um cooperador, não um concorrente.
  • 6. • Paulo plantou a semente no coração dos coríntios. Mas ele era um vaso de barro, criatura, frágil e dependente de Deus.
  • 7. Apolo regou a semente, cuidou dos crentes ajudando-os a crescerem na fé. Mas era um vaso de barro, frágil e dependente de Deus.
  • 8. TEXTO BÍBLICO 1 Coríntios 3.6-9 • 6 Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento. • 7 Pelo que nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento. • 8 Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada um receberá o seu galardão, segundo o seu trabalho. • 9 Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus.
  • 9. INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO • Paulo usa uma ilustração a respeito de uma plantação para falar das suas contribuições e as de Apolo para com a igreja em Corinto. • O apóstolo afirma que foi ele que plantou a semente das Boas Novas nos corações dos coríntios; ele foi o pioneiro. • Apolo, seu sucessor, regou a plantação e ajudou os coríntios e se tornarem mais fortes na fé.
  • 10. • No entanto, ele deixa claro que o crescimento é somente Deus que pode dar.
  • 11. •1 • PAULO PLANTOU A SEMENTE DAS BOAS NOVAS EM CORINTO
  • 12. 1. Paulo foi o pioneiro na igreja de Corinto.
  • 13. • O apóstolo, mesmo sofrendo oposições dos judeus, manteve sua pregação na sinagoga. A recompensa veio com algumas conversões.
  • 14. • A partir de então, vários outros grupos se formaram nas casas e a semente das Boas Novas foi plantada nos corações dos coríntios e se desenvolveu.
  • 15. 2. Paulo não parou de plantar mesmo na ausência.
  • 16. • Ele informou que algumas pessoas proferiam mensagens com o intuito de deturpar a pregação paulina, o que seria "outro Evangelho" (2 Co 3.1; 10.12-14).
  • 17. 3. Paulo deu graças pelo crescimento solidário dos coríntios.
  • 18. • Paulo se alegra com o amadurecimento dos crentes coríntios. • Ele agradece a Deus na frente dos macedônios pelo amor e disponibilidade
  • 19. •2 • APOLO REGOU A SEMENTE PLANTADA POR PAULO
  • 20. 1. Apolo, um homem cheio de sabedoria.
  • 21. • Ele se destacava pela sua eloqüência na oratória e pelo conhecimento hábil das escrituras judaicas. • Suas mensagens eram profundas e muito eloqüentes.
  • 22. 2. Apolo sucede a Paulo em Corinto.
  • 23. • Mesmo com todo o conhecimento e desenvoltura, Apolo se coloca aos pés do casal para aprender do Evangelho de Cristo.
  • 24. 3. Apolo ajudou os cristãos de Corinto a se fortalecerem na fé.
  • 25. • O apóstolo reconhece o ministério e a chamada de Apolo ao afirmar que ele havia regado onde Paulo plantou.
  • 26. •3 • A OBRA DE DEUS ENVOLVE MUITOS COOPERADORES
  • 27. 1. A obra de Deus é feita por cooperadores.
  • 28. • O apóstolo defende que tanto ele quanto Apolo são apenas instrumentos de Deus... • Como os demais cooperadores voluntários e comprometidos que também atuavam na obra do Senhor.
  • 29. 2. Os cooperadores plantam e regam, mas somente Deus dá o crescimento.
  • 30. • O lavrador pode preparar a terra, lançar a melhor semente, adubar e limpar, mas somente Deus pode fazer chover e germinar a semente.
  • 32. • Durante a sua última refeição com seus discípulos, Jesus lavou-lhes os pés para ensiná- los como deveriam viver entre eles e as demais pessoas.
  • 33. CONCLUSÃO • Na lição de hoje, estudamos sobre a forma didática que o apóstolo usou a metáfora da plantação, demonstrando que todos somos cooperadores na obra de Deus. • Podemos ter habilidade para "arar", "plantar", "regar", "podar", entre outras atividades na lavoura de Deus, mas somente Ele é que dá o crescimento necessário.
  • 34. • Por isso, o Todo- Poderoso deve ser louvado e adorado em todas as esferas de nossa vida, e jamais o homem.