SlideShare uma empresa Scribd logo
LIÇÕES BÍBLICAS DE EBD - CPAD
1º TRIMESTRE DE 2013
LIÇÃO 7 – A VINHA DE NABOTE
Prof. Ms. Natalino das Neves
www.natalinodasneves.blogspot.com.br
IEADSJP_EBDTV
REFERÊNCIA TEXTO/TEMA
Texto áureo
(Gl 6:7)
“Não erreis: Deus não se deixa
escarnecer; porque tudo o que o
homem semear, isso também
ceifará”
Verdade prática
“A trama orquestrada pela rainha
Jezabel e o rei
Acabe contra Nabote demonstra
quão danoso é render-se aos
Verdade prática quão danoso é render-se aos
desejos da cobiça e de uma
satisfação pessoal.”
Leitura bíblica em classe
(1 Rs 21:1-5; 15,16)
Narrativa sobre a proposta de
Acabe de compra da vinha de
Nabote, que fora recusada por
este, bem como do resultado da
trama de Jezabel para tomar a
Vinha de Nabote e dar à Acabe
para fazer sua horta particular
INTRODUÇÃO
• “Um mal puxa outro”. Acabe vai de mal a pior.
• Pela cobiça e capricho pessoal, Acabe e sua• Pela cobiça e capricho pessoal, Acabe e sua
esposa planejam a morte de um inocente.
• Deus manifesta sua justiça e toma a causa do
inocente e oprimido.
I – O OBJETO DA COBIÇAI – O OBJETO DA COBIÇA
I – O OBJETO DA COBIÇA
• O direito à propriedade no AT
• Segundo a lei a terra pertencia a Iavé, o israelitas e• Segundo a lei a terra pertencia a Iavé, o israelitas e
as tribos tinham somente o direito de exploração
(Lv 25.23; Nm 34:7; 36:7-9);
• Venda somente por extrema pobreza, mas com
direito de resgate /ano do Jubileu;
I – O OBJETO DA COBIÇA
• A herança de Nabote
• Acabe cobiçou e fez uma proposta de compra da
vinha de Nabote, mas este invoca a lei (1 Rs 21:3),vinha de Nabote, mas este invoca a lei (1 Rs 21:3),
à qual até monarca devia se sujeitar (1 Sm 10:25);
• Incentivado por Jezabel planejam um “jeitinho” de
burlar a lei (1 Rs 21:8-14).
AP – Será que em nossos dias existem líderes que não
aceitam um não e tentam passar acima da lei?
Sinopse do tópico
“A cobiça transforma indivíduos comuns em
criminosos.”criminosos.”
(Lições bíblicas, p. 49)
II– AS CAUSAS DA COBIÇAII– AS CAUSAS DA COBIÇA
II– AS CAUSAS DA COBIÇA
• Ampliação da casa de campo de Acabe
• Acabe tinha uma segunda residência em Jezreel, a
casa de verão/campo (1 Rs 18:45-46);
• Não satisfeito desejou a vinha de Nabote para fazer
uma hortauma horta
• Pessoas insatisfeitas com o que tem (ex. Davi);
• TER X SER;
AP – O que você tem valorizado ? O que tem tirado
seu sono?
Sinopse do tópico
“Acabe desejou a propriedade de Nabote,
pois queria, ali, construir uma horta.”pois queria, ali, construir uma horta.”
(Lições bíblicas, p. 49)
III– O FRUTO DA COBIÇAIII– O FRUTO DA COBIÇA
III– O FRUTO DA COBIÇA
• Falso testemunho
• Jezabel elabora o plano e envolve várias pessoas,
inclusive os nobres (1 Rs 21:7-8);
• Cúmplices de falso testemunho contra um inocente
(blasfêmia), incluindo um ritual religioso (1 Rs(blasfêmia), incluindo um ritual religioso (1 Rs
21;9-10);
• Consentimento de Acabe para ter benefícios
pessoais.
AP – Quanto mal contra inocentes tem sido feito por
falso testemunho e com a utilização da religião?
III– O FRUTO DA COBIÇA
• Assassinato e apropriação indevida
• Nabote é apedrejado e morto (1 Rs 21:13);
• Uma vez morto, é feito a apropriação indébita (1 Rs• Uma vez morto, é feito a apropriação indébita (1 Rs
21: 16)
AP – Quanto mal contra inocentes tem sido feito por
falso testemunho e com a utilização da religião?
Sinopse do tópico
“A cobiça origina o falso testemunho,
assassinato e apropriação indevida dosassassinato e apropriação indevida dos
bens do outro.”
(Lições bíblicas, p. 50)
IV – AS CONSEQUÊNCIAS DA COBIÇAIV – AS CONSEQUÊNCIAS DA COBIÇA
IV – AS CONSEQUÊNCIAS DA COBIÇA
• De Deus nada se esconde (1 Rs 21:17-18);
• Deus anuncia a sentença (1 Rs 21:19-20);• Deus anuncia a sentença (1 Rs 21:19-20);
AP – Deus continua no controle da história e do
mundo.
IV – AS CONSEQUÊNCIAS DA COBIÇA
• Deus concede misericórdia ao que se arrepende (1
Rs 21:27-29)
• O perdão não retira as consequências do pecado (1• O perdão não retira as consequências do pecado (1
Rs 22:29-40; 2 Rs 1:1-17)
AP – reconheça as consequências de suas falhas e se
renda incondicionalmente a Deus.
Sinopse do tópico
“Na cobiça que dominou Acabe, vemos o
julgamento divino, e tambémjulgamento divino, e também
arrependimento e morte.”
(Lições bíblicas, p. 51)
CONSIDERAÇÕES FINAISCONSIDERAÇÕES FINAIS
CONSIDERAÇÕES FINAIS
• Este episódio da vinha de Nabote demonstra
que:
1. A cobiça pode conduzir as pessoas a condutas1. A cobiça pode conduzir as pessoas a condutas
injustas e animalescas;
2. Muitos inocentes sofrem na mão de injustos, às
vezes, até em nome da religião;
3. Deus é o Deus dos oprimidos. Ele continua no
controle de tudo e de todos.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
BUIS, Pierre. O livro dos Reis. São Paulo: Paulus, 1997.
CERESKO, Anthony. Introdução ao Antigo Testamento
numa perspectiva libertadora. Rio de Janeiro: Paulus, 1996.
GONÇALVES, José. Porção dobrada. Rio de Janeiro: CPAD,GONÇALVES, José. Porção dobrada. Rio de Janeiro: CPAD,
2012.
LIÇÕES BÍBLICAS. Elias e Eliseu, um ministério de poder
para toda Igreja. 1º trimestre de 2013. Rio de Janeiro:
CPAD, 2012.
MERRILL, Eugene H. História de Israel no Antigo
Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2001.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
RENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. São
Paulo: Academia Cristã, 2009.
SHREINER, Josef. Palavra e Mensagem do Antigo
Testamento. São Paulo: Teológica, 2004.
SICRE, José Luís. Profetismo em Israel: o profeta, os
profetas, a mensagem. Rio de Janeiro: Vozes, 2008.
SWINDOLL, Charles R. Elias: um homem de heroísmo e
humildade. São Paulo: Editora Vida, 2010.
WILSON, Robert R. Profecia e Sociedade no Antigo Israel.
São Paulo: Targumin; Paulus, 2006.
IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de
Deus de São José dos Pinhais
www.adsaojosedospinhais.com.br;
www.redemaoamiga.com.br
Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva
Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo SantanaPr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana
Sup. da EBD: Ev. Ismael Nascimento Oliveira
Comentários: Ev. Natalino das Neves
(www.natalinodasneves.blogspot.com.br;
natalino.neves@ig.com.br; 8409 8094 / 3076 3589)
ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS
REFERENTE A ESTE ARQUIVO NO LINK
ABAIXO:
http://youtu.be/9vwSaxibCTM
OU
http://natalinodasneves.blogspot.com.br/
NO SLIDESHARE,
BAIXE ESTE ARQUIVO,
CLICANDO NO ÍCONE SUPERIOR:CLICANDO NO ÍCONE SUPERIOR:
“SAVE” ou “DOWNLOAD”.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 11 - Os falsos profetas e os seus frutos
Lição 11 - Os falsos profetas e os seus frutosLição 11 - Os falsos profetas e os seus frutos
Lição 11 - Os falsos profetas e os seus frutos
Erberson Pinheiro
 
Oséias estudo 03
Oséias   estudo 03Oséias   estudo 03
Oséias estudo 03
Joao Franca
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
Pr. Gerson Eller
 
Amós estudo 01 -
Amós   estudo 01 -Amós   estudo 01 -
Amós estudo 01 -
Joao Franca
 
A resposta cristã para a violência urbana - Seguidores de Cristo
A resposta cristã para a violência urbana - Seguidores de CristoA resposta cristã para a violência urbana - Seguidores de Cristo
A resposta cristã para a violência urbana - Seguidores de Cristo
Francelia Carvalho Oliveira
 
As leis civis entregues por Moisés aos israelitas
As leis civis entregues por Moisés aos israelitasAs leis civis entregues por Moisés aos israelitas
As leis civis entregues por Moisés aos israelitas
Moisés Sampaio
 
Descubra o seu Desígnio – você é uma recompensa para alguém
Descubra o seu Desígnio – você é uma recompensa para alguémDescubra o seu Desígnio – você é uma recompensa para alguém
Descubra o seu Desígnio – você é uma recompensa para alguém
Osmar Santos
 
Lição 11 Os Falsos Profetas e Seus Frutos, PPT
Lição 11 Os Falsos Profetas e Seus Frutos, PPTLição 11 Os Falsos Profetas e Seus Frutos, PPT
Lição 11 Os Falsos Profetas e Seus Frutos, PPT
Ebd Brasil
 
16 Rute, uma história de amor / 16 ruth a love story portuguese
16 Rute, uma história de amor / 16 ruth a love story portuguese16 Rute, uma história de amor / 16 ruth a love story portuguese
16 Rute, uma história de amor / 16 ruth a love story portuguese
Ping Ponga
 
Bom de bíblia 2012 8
Bom de bíblia 2012 8Bom de bíblia 2012 8
Bom de bíblia 2012 8
Ton BSantos
 
4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça
4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça
4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
04 As Boas Novas do Apocalipse
04 As Boas Novas do Apocalipse04 As Boas Novas do Apocalipse
04 As Boas Novas do Apocalipse
Álvaro José Marques do Rêgo
 
Jesus and zaccheus portuguese
Jesus and zaccheus portugueseJesus and zaccheus portuguese
Jesus and zaccheus portuguese
Welington Barbosa
 
Profetas menores lição 6 - Jonas
Profetas menores   lição 6 - JonasProfetas menores   lição 6 - Jonas
Profetas menores lição 6 - Jonas
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
Não darás falso testemunho
Não darás falso testemunhoNão darás falso testemunho
Não darás falso testemunho
Moisés Sampaio
 
Babilônia
BabilôniaBabilônia
Babilônia
Eid Marques
 
10 mandamento não cobiçaras final
10 mandamento não cobiçaras  final10 mandamento não cobiçaras  final
10 mandamento não cobiçaras final
Elson Juvenal Pinto Loureiro
 
Deus Estabelece Critérios para a Adoração
Deus Estabelece Critérios para a AdoraçãoDeus Estabelece Critérios para a Adoração
Deus Estabelece Critérios para a Adoração
Rogério Nunes
 

Mais procurados (18)

Lição 11 - Os falsos profetas e os seus frutos
Lição 11 - Os falsos profetas e os seus frutosLição 11 - Os falsos profetas e os seus frutos
Lição 11 - Os falsos profetas e os seus frutos
 
Oséias estudo 03
Oséias   estudo 03Oséias   estudo 03
Oséias estudo 03
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
 
Amós estudo 01 -
Amós   estudo 01 -Amós   estudo 01 -
Amós estudo 01 -
 
A resposta cristã para a violência urbana - Seguidores de Cristo
A resposta cristã para a violência urbana - Seguidores de CristoA resposta cristã para a violência urbana - Seguidores de Cristo
A resposta cristã para a violência urbana - Seguidores de Cristo
 
As leis civis entregues por Moisés aos israelitas
As leis civis entregues por Moisés aos israelitasAs leis civis entregues por Moisés aos israelitas
As leis civis entregues por Moisés aos israelitas
 
Descubra o seu Desígnio – você é uma recompensa para alguém
Descubra o seu Desígnio – você é uma recompensa para alguémDescubra o seu Desígnio – você é uma recompensa para alguém
Descubra o seu Desígnio – você é uma recompensa para alguém
 
Lição 11 Os Falsos Profetas e Seus Frutos, PPT
Lição 11 Os Falsos Profetas e Seus Frutos, PPTLição 11 Os Falsos Profetas e Seus Frutos, PPT
Lição 11 Os Falsos Profetas e Seus Frutos, PPT
 
16 Rute, uma história de amor / 16 ruth a love story portuguese
16 Rute, uma história de amor / 16 ruth a love story portuguese16 Rute, uma história de amor / 16 ruth a love story portuguese
16 Rute, uma história de amor / 16 ruth a love story portuguese
 
Bom de bíblia 2012 8
Bom de bíblia 2012 8Bom de bíblia 2012 8
Bom de bíblia 2012 8
 
4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça
4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça
4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça
 
04 As Boas Novas do Apocalipse
04 As Boas Novas do Apocalipse04 As Boas Novas do Apocalipse
04 As Boas Novas do Apocalipse
 
Jesus and zaccheus portuguese
Jesus and zaccheus portugueseJesus and zaccheus portuguese
Jesus and zaccheus portuguese
 
Profetas menores lição 6 - Jonas
Profetas menores   lição 6 - JonasProfetas menores   lição 6 - Jonas
Profetas menores lição 6 - Jonas
 
Não darás falso testemunho
Não darás falso testemunhoNão darás falso testemunho
Não darás falso testemunho
 
Babilônia
BabilôniaBabilônia
Babilônia
 
10 mandamento não cobiçaras final
10 mandamento não cobiçaras  final10 mandamento não cobiçaras  final
10 mandamento não cobiçaras final
 
Deus Estabelece Critérios para a Adoração
Deus Estabelece Critérios para a AdoraçãoDeus Estabelece Critérios para a Adoração
Deus Estabelece Critérios para a Adoração
 

Destaque

Doc1
Doc1Doc1
The Legend of Stan Bolovan -Reading Comprehension
The Legend of Stan Bolovan -Reading Comprehension The Legend of Stan Bolovan -Reading Comprehension
The Legend of Stan Bolovan -Reading Comprehension
karmela111
 
Decoder power point
Decoder power pointDecoder power point
Decoder power point
Shelly Wilke
 
Ventas 1 i-ivone
Ventas 1 i-ivoneVentas 1 i-ivone
Ventas 1 i-ivone
Ivone Lopez
 
Service marketing trianglr
Service marketing trianglrService marketing trianglr
Service marketing trianglr
Owais Ashraf
 
Ruptura prematura de menbranas gutierrez diaz kimberly
Ruptura prematura de menbranas gutierrez diaz kimberlyRuptura prematura de menbranas gutierrez diaz kimberly
Ruptura prematura de menbranas gutierrez diaz kimberly
kagd
 
21 03 2012 - CCVI Aniversario del Natalicio de Don Benito Juárez García.
21 03 2012 - CCVI Aniversario del Natalicio de Don Benito Juárez García.21 03 2012 - CCVI Aniversario del Natalicio de Don Benito Juárez García.
21 03 2012 - CCVI Aniversario del Natalicio de Don Benito Juárez García.
Organización política
 
tugas soal fisika
tugas soal fisika tugas soal fisika
tugas soal fisika
Reza Febriandy
 
CV Sigve Hamilton Aspelund 042015
CV Sigve Hamilton Aspelund 042015CV Sigve Hamilton Aspelund 042015
CV Sigve Hamilton Aspelund 042015
Sigve Hamilton Aspelund
 
Ciencia e Ingenieria de los Materiales
Ciencia e Ingenieria de los MaterialesCiencia e Ingenieria de los Materiales
Ciencia e Ingenieria de los Materiales
INSTITUTO TECNOLÓGICO DE SONORA
 
Camino natural la_alfranca
Camino natural la_alfrancaCamino natural la_alfranca
Camino natural la_alfranca
beatriz Pérez
 
Agustin quintero computacion en la nube
Agustin quintero computacion en la nubeAgustin quintero computacion en la nube
Agustin quintero computacion en la nube
AgustinQuinteroSM
 
10 Ways to Find Common Ground with Your Social Media Audience
10 Ways to Find Common Ground with Your Social Media Audience10 Ways to Find Common Ground with Your Social Media Audience
10 Ways to Find Common Ground with Your Social Media Audience
New England Direct Marketing Association
 
Virtuemart product zoom images
Virtuemart product zoom images Virtuemart product zoom images
Virtuemart product zoom images
NETBASE CMSMART
 
JennResume
JennResumeJennResume
JennResume
Jennifer Spaulding
 
TICs, Internet y Estado del Arte
TICs, Internet y Estado del ArteTICs, Internet y Estado del Arte
TICs, Internet y Estado del Arte
EstefaniaGutierrezFlores
 
Cambio climático
Cambio climáticoCambio climático
Cambio climático
Pierre Gutierrez Medina
 

Destaque (18)

Doc1
Doc1Doc1
Doc1
 
The Legend of Stan Bolovan -Reading Comprehension
The Legend of Stan Bolovan -Reading Comprehension The Legend of Stan Bolovan -Reading Comprehension
The Legend of Stan Bolovan -Reading Comprehension
 
Decoder power point
Decoder power pointDecoder power point
Decoder power point
 
Ventas 1 i-ivone
Ventas 1 i-ivoneVentas 1 i-ivone
Ventas 1 i-ivone
 
Service marketing trianglr
Service marketing trianglrService marketing trianglr
Service marketing trianglr
 
Ruptura prematura de menbranas gutierrez diaz kimberly
Ruptura prematura de menbranas gutierrez diaz kimberlyRuptura prematura de menbranas gutierrez diaz kimberly
Ruptura prematura de menbranas gutierrez diaz kimberly
 
Croisieurope 2009
Croisieurope 2009Croisieurope 2009
Croisieurope 2009
 
21 03 2012 - CCVI Aniversario del Natalicio de Don Benito Juárez García.
21 03 2012 - CCVI Aniversario del Natalicio de Don Benito Juárez García.21 03 2012 - CCVI Aniversario del Natalicio de Don Benito Juárez García.
21 03 2012 - CCVI Aniversario del Natalicio de Don Benito Juárez García.
 
tugas soal fisika
tugas soal fisika tugas soal fisika
tugas soal fisika
 
CV Sigve Hamilton Aspelund 042015
CV Sigve Hamilton Aspelund 042015CV Sigve Hamilton Aspelund 042015
CV Sigve Hamilton Aspelund 042015
 
Ciencia e Ingenieria de los Materiales
Ciencia e Ingenieria de los MaterialesCiencia e Ingenieria de los Materiales
Ciencia e Ingenieria de los Materiales
 
Camino natural la_alfranca
Camino natural la_alfrancaCamino natural la_alfranca
Camino natural la_alfranca
 
Agustin quintero computacion en la nube
Agustin quintero computacion en la nubeAgustin quintero computacion en la nube
Agustin quintero computacion en la nube
 
10 Ways to Find Common Ground with Your Social Media Audience
10 Ways to Find Common Ground with Your Social Media Audience10 Ways to Find Common Ground with Your Social Media Audience
10 Ways to Find Common Ground with Your Social Media Audience
 
Virtuemart product zoom images
Virtuemart product zoom images Virtuemart product zoom images
Virtuemart product zoom images
 
JennResume
JennResumeJennResume
JennResume
 
TICs, Internet y Estado del Arte
TICs, Internet y Estado del ArteTICs, Internet y Estado del Arte
TICs, Internet y Estado del Arte
 
Cambio climático
Cambio climáticoCambio climático
Cambio climático
 

Semelhante a 20131otrilio7avinhadenabote 130131163041-phpapp01

Lição 7 a vinha de nabote
Lição 7 a vinha de naboteLição 7 a vinha de nabote
Lição 7 a vinha de nabote
Daniel Viana
 
O espírito do mundo a vinha de nabote
O espírito do mundo    a vinha de naboteO espírito do mundo    a vinha de nabote
O espírito do mundo a vinha de nabote
Jayme Bispo de Oliveira
 
Lição 6 (adultos) - O impiedoso mundo de Lameque
Lição 6 (adultos) - O impiedoso mundo de LamequeLição 6 (adultos) - O impiedoso mundo de Lameque
Lição 6 (adultos) - O impiedoso mundo de Lameque
Natalino das Neves Neves
 
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
Natalino das Neves Neves
 
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
Natalino das Neves Neves
 
Não cobiçarás
Não cobiçarásNão cobiçarás
Não cobiçarás
Ailton da Silva
 
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
Natalino das Neves Neves
 
A providência divina na fidelidade humana
A providência divina na fidelidade humanaA providência divina na fidelidade humana
A providência divina na fidelidade humana
Ailton da Silva
 
Lição 1 1º tri - 2013
Lição 1 1º tri - 2013Lição 1 1º tri - 2013
Lição 1 1º tri - 2013
Franc Guimarães
 
21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós
PIB Penha
 
LIÇÃO 3 – ACABE E O PROFETA ELIAS - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE 2021
LIÇÃO 3 – ACABE E O PROFETA ELIAS - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE 2021LIÇÃO 3 – ACABE E O PROFETA ELIAS - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE 2021
LIÇÃO 3 – ACABE E O PROFETA ELIAS - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE 2021
Marcus Wagner
 
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
Natalino das Neves Neves
 
Lição 07
Lição 07Lição 07
Lição 07
Ailton da Silva
 
Erros corrigidos na biblia.pdfbbbvvvgggf
Erros corrigidos na biblia.pdfbbbvvvgggfErros corrigidos na biblia.pdfbbbvvvgggf
Erros corrigidos na biblia.pdfbbbvvvgggf
nestorsouza36
 
Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
 Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
Hamilton Souza
 
O DIZINO E A OFERTA.pdf
O DIZINO E A OFERTA.pdfO DIZINO E A OFERTA.pdf
O DIZINO E A OFERTA.pdf
JoacirRodrigues3
 
2013 1o tri lição 6_a viuva de sarepta
2013 1o tri lição 6_a viuva de sarepta2013 1o tri lição 6_a viuva de sarepta
2013 1o tri lição 6_a viuva de sarepta
Natalino das Neves Neves
 
2 - Os Críticos de Ellen White
2 - Os Críticos de Ellen White2 - Os Críticos de Ellen White
2 - Os Críticos de Ellen White
Fábio Paradela
 
Lição 11 - Não darás falso testemunho
Lição 11 - Não darás falso testemunhoLição 11 - Não darás falso testemunho
Lição 11 - Não darás falso testemunho
Natalino das Neves Neves
 
2013 1o tri lição 3_A longa seca sobre israel
2013 1o tri lição 3_A longa seca sobre israel2013 1o tri lição 3_A longa seca sobre israel
2013 1o tri lição 3_A longa seca sobre israel
Natalino das Neves Neves
 

Semelhante a 20131otrilio7avinhadenabote 130131163041-phpapp01 (20)

Lição 7 a vinha de nabote
Lição 7 a vinha de naboteLição 7 a vinha de nabote
Lição 7 a vinha de nabote
 
O espírito do mundo a vinha de nabote
O espírito do mundo    a vinha de naboteO espírito do mundo    a vinha de nabote
O espírito do mundo a vinha de nabote
 
Lição 6 (adultos) - O impiedoso mundo de Lameque
Lição 6 (adultos) - O impiedoso mundo de LamequeLição 6 (adultos) - O impiedoso mundo de Lameque
Lição 6 (adultos) - O impiedoso mundo de Lameque
 
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
 
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
 
Não cobiçarás
Não cobiçarásNão cobiçarás
Não cobiçarás
 
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
 
A providência divina na fidelidade humana
A providência divina na fidelidade humanaA providência divina na fidelidade humana
A providência divina na fidelidade humana
 
Lição 1 1º tri - 2013
Lição 1 1º tri - 2013Lição 1 1º tri - 2013
Lição 1 1º tri - 2013
 
21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós
 
LIÇÃO 3 – ACABE E O PROFETA ELIAS - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE 2021
LIÇÃO 3 – ACABE E O PROFETA ELIAS - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE 2021LIÇÃO 3 – ACABE E O PROFETA ELIAS - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE 2021
LIÇÃO 3 – ACABE E O PROFETA ELIAS - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE 2021
 
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
 
Lição 07
Lição 07Lição 07
Lição 07
 
Erros corrigidos na biblia.pdfbbbvvvgggf
Erros corrigidos na biblia.pdfbbbvvvgggfErros corrigidos na biblia.pdfbbbvvvgggf
Erros corrigidos na biblia.pdfbbbvvvgggf
 
Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
 Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
 
O DIZINO E A OFERTA.pdf
O DIZINO E A OFERTA.pdfO DIZINO E A OFERTA.pdf
O DIZINO E A OFERTA.pdf
 
2013 1o tri lição 6_a viuva de sarepta
2013 1o tri lição 6_a viuva de sarepta2013 1o tri lição 6_a viuva de sarepta
2013 1o tri lição 6_a viuva de sarepta
 
2 - Os Críticos de Ellen White
2 - Os Críticos de Ellen White2 - Os Críticos de Ellen White
2 - Os Críticos de Ellen White
 
Lição 11 - Não darás falso testemunho
Lição 11 - Não darás falso testemunhoLição 11 - Não darás falso testemunho
Lição 11 - Não darás falso testemunho
 
2013 1o tri lição 3_A longa seca sobre israel
2013 1o tri lição 3_A longa seca sobre israel2013 1o tri lição 3_A longa seca sobre israel
2013 1o tri lição 3_A longa seca sobre israel
 

Último

Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 

Último (10)

Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 

20131otrilio7avinhadenabote 130131163041-phpapp01

  • 1. LIÇÕES BÍBLICAS DE EBD - CPAD 1º TRIMESTRE DE 2013 LIÇÃO 7 – A VINHA DE NABOTE Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br IEADSJP_EBDTV
  • 2. REFERÊNCIA TEXTO/TEMA Texto áureo (Gl 6:7) “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará” Verdade prática “A trama orquestrada pela rainha Jezabel e o rei Acabe contra Nabote demonstra quão danoso é render-se aos Verdade prática quão danoso é render-se aos desejos da cobiça e de uma satisfação pessoal.” Leitura bíblica em classe (1 Rs 21:1-5; 15,16) Narrativa sobre a proposta de Acabe de compra da vinha de Nabote, que fora recusada por este, bem como do resultado da trama de Jezabel para tomar a Vinha de Nabote e dar à Acabe para fazer sua horta particular
  • 3. INTRODUÇÃO • “Um mal puxa outro”. Acabe vai de mal a pior. • Pela cobiça e capricho pessoal, Acabe e sua• Pela cobiça e capricho pessoal, Acabe e sua esposa planejam a morte de um inocente. • Deus manifesta sua justiça e toma a causa do inocente e oprimido.
  • 4. I – O OBJETO DA COBIÇAI – O OBJETO DA COBIÇA
  • 5. I – O OBJETO DA COBIÇA • O direito à propriedade no AT • Segundo a lei a terra pertencia a Iavé, o israelitas e• Segundo a lei a terra pertencia a Iavé, o israelitas e as tribos tinham somente o direito de exploração (Lv 25.23; Nm 34:7; 36:7-9); • Venda somente por extrema pobreza, mas com direito de resgate /ano do Jubileu;
  • 6. I – O OBJETO DA COBIÇA • A herança de Nabote • Acabe cobiçou e fez uma proposta de compra da vinha de Nabote, mas este invoca a lei (1 Rs 21:3),vinha de Nabote, mas este invoca a lei (1 Rs 21:3), à qual até monarca devia se sujeitar (1 Sm 10:25); • Incentivado por Jezabel planejam um “jeitinho” de burlar a lei (1 Rs 21:8-14). AP – Será que em nossos dias existem líderes que não aceitam um não e tentam passar acima da lei?
  • 7. Sinopse do tópico “A cobiça transforma indivíduos comuns em criminosos.”criminosos.” (Lições bíblicas, p. 49)
  • 8. II– AS CAUSAS DA COBIÇAII– AS CAUSAS DA COBIÇA
  • 9. II– AS CAUSAS DA COBIÇA • Ampliação da casa de campo de Acabe • Acabe tinha uma segunda residência em Jezreel, a casa de verão/campo (1 Rs 18:45-46); • Não satisfeito desejou a vinha de Nabote para fazer uma hortauma horta • Pessoas insatisfeitas com o que tem (ex. Davi); • TER X SER; AP – O que você tem valorizado ? O que tem tirado seu sono?
  • 10. Sinopse do tópico “Acabe desejou a propriedade de Nabote, pois queria, ali, construir uma horta.”pois queria, ali, construir uma horta.” (Lições bíblicas, p. 49)
  • 11. III– O FRUTO DA COBIÇAIII– O FRUTO DA COBIÇA
  • 12. III– O FRUTO DA COBIÇA • Falso testemunho • Jezabel elabora o plano e envolve várias pessoas, inclusive os nobres (1 Rs 21:7-8); • Cúmplices de falso testemunho contra um inocente (blasfêmia), incluindo um ritual religioso (1 Rs(blasfêmia), incluindo um ritual religioso (1 Rs 21;9-10); • Consentimento de Acabe para ter benefícios pessoais. AP – Quanto mal contra inocentes tem sido feito por falso testemunho e com a utilização da religião?
  • 13. III– O FRUTO DA COBIÇA • Assassinato e apropriação indevida • Nabote é apedrejado e morto (1 Rs 21:13); • Uma vez morto, é feito a apropriação indébita (1 Rs• Uma vez morto, é feito a apropriação indébita (1 Rs 21: 16) AP – Quanto mal contra inocentes tem sido feito por falso testemunho e com a utilização da religião?
  • 14. Sinopse do tópico “A cobiça origina o falso testemunho, assassinato e apropriação indevida dosassassinato e apropriação indevida dos bens do outro.” (Lições bíblicas, p. 50)
  • 15. IV – AS CONSEQUÊNCIAS DA COBIÇAIV – AS CONSEQUÊNCIAS DA COBIÇA
  • 16. IV – AS CONSEQUÊNCIAS DA COBIÇA • De Deus nada se esconde (1 Rs 21:17-18); • Deus anuncia a sentença (1 Rs 21:19-20);• Deus anuncia a sentença (1 Rs 21:19-20); AP – Deus continua no controle da história e do mundo.
  • 17. IV – AS CONSEQUÊNCIAS DA COBIÇA • Deus concede misericórdia ao que se arrepende (1 Rs 21:27-29) • O perdão não retira as consequências do pecado (1• O perdão não retira as consequências do pecado (1 Rs 22:29-40; 2 Rs 1:1-17) AP – reconheça as consequências de suas falhas e se renda incondicionalmente a Deus.
  • 18. Sinopse do tópico “Na cobiça que dominou Acabe, vemos o julgamento divino, e tambémjulgamento divino, e também arrependimento e morte.” (Lições bíblicas, p. 51)
  • 20. CONSIDERAÇÕES FINAIS • Este episódio da vinha de Nabote demonstra que: 1. A cobiça pode conduzir as pessoas a condutas1. A cobiça pode conduzir as pessoas a condutas injustas e animalescas; 2. Muitos inocentes sofrem na mão de injustos, às vezes, até em nome da religião; 3. Deus é o Deus dos oprimidos. Ele continua no controle de tudo e de todos.
  • 21. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BUIS, Pierre. O livro dos Reis. São Paulo: Paulus, 1997. CERESKO, Anthony. Introdução ao Antigo Testamento numa perspectiva libertadora. Rio de Janeiro: Paulus, 1996. GONÇALVES, José. Porção dobrada. Rio de Janeiro: CPAD,GONÇALVES, José. Porção dobrada. Rio de Janeiro: CPAD, 2012. LIÇÕES BÍBLICAS. Elias e Eliseu, um ministério de poder para toda Igreja. 1º trimestre de 2013. Rio de Janeiro: CPAD, 2012. MERRILL, Eugene H. História de Israel no Antigo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2001.
  • 22. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS RENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. São Paulo: Academia Cristã, 2009. SHREINER, Josef. Palavra e Mensagem do Antigo Testamento. São Paulo: Teológica, 2004. SICRE, José Luís. Profetismo em Israel: o profeta, os profetas, a mensagem. Rio de Janeiro: Vozes, 2008. SWINDOLL, Charles R. Elias: um homem de heroísmo e humildade. São Paulo: Editora Vida, 2010. WILSON, Robert R. Profecia e Sociedade no Antigo Israel. São Paulo: Targumin; Paulus, 2006.
  • 23. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br; www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo SantanaPr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana Sup. da EBD: Ev. Ismael Nascimento Oliveira Comentários: Ev. Natalino das Neves (www.natalinodasneves.blogspot.com.br; natalino.neves@ig.com.br; 8409 8094 / 3076 3589)
  • 24. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO NO LINK ABAIXO: http://youtu.be/9vwSaxibCTM OU http://natalinodasneves.blogspot.com.br/
  • 25. NO SLIDESHARE, BAIXE ESTE ARQUIVO, CLICANDO NO ÍCONE SUPERIOR:CLICANDO NO ÍCONE SUPERIOR: “SAVE” ou “DOWNLOAD”.