LIÇÕES BÍBLICAS DE EBD - CPAD    1º TRIMESTRE DE 2013LIÇÃO 6 – A VIÚVA DE SAREPTA    Prof. Ms. Natalino das Neves www.nata...
REFERÊNCIA                    TEXTO/TEMA                            “Em verdade vos digo que muitas                       ...
INTRODUÇÃO• Elias perde sua zona de conforto na Fonte  de Querite – atingido pela seca;• Deus manda buscar auxílio de uma ...
I – UM PROFETA EM TERRA      ESTRANGEIRA
I – UM PROFETA EM TERRA ESTRANGEIRA• A Fonte de Querite  •   Após anunciar a grande seca, Deus orienta Elias a      se ref...
I – UM PROFETA EM TERRA ESTRANGEIRA• Elias em Sarpeta  •   Sarepta, pequena localidade a cerca de 15 km      de Sidom, ter...
Sinopse do tópico“Num momento de crise Elias se afastou do  seu povo e de sua terra e refugiou-se em             territóri...
II – UMA ESTRANGEIRA NO PLANO DE              DEUS
II – UMA ESTRANGEIRA NO PLANO DE                DEUS• A soberania e a graça de Deus  •   Deus havia “ordenado” à viúva (1 ...
II – UMA ESTRANGEIRA NO PLANO DE                DEUS• A providência de Deus  •   O texto bíblico não fala que Elias questi...
Sinopse do tópico“Pela sua soberania e graça Deus incluiu     uma estrangeira em seu plano.”         (Lições bíblicas, p. ...
III – O PODER DA PALAVRA DE DEUS
III – O PODER DA PALAVRA DE DEUS• A escassez humana e a suficiência divina  •   A viúva que deveria alimentar Elias estava...
III – O PODER DA PALAVRA DE DEUS• Deus vela pela sua Palavra ( Deus, a  prioridade maior?) •   A autoridade de um ser huma...
Sinopse do tópico“Na escassez humana vemos a suficiência   divina através do poder da Palavra de                   Deus.” ...
IV – O PODER DA ORAÇÃO
IV – O PODER DA ORAÇÃO• A oração intercessória  •   Tiago confirma que Elias orou antes de afirmar a      Acabe que não ch...
IV – O PODER DA ORAÇÃO• A oração perseverante  •   Ao orar pelo filho dá        viúva,   Elias   foi      perseverante (1 ...
Sinopse do tópico“O clamor intercessório e perseverante     confirmam o poder da oração.”         (Lições bíblicas, p. 43)
CONSIDERAÇÕES FINAIS
CONSIDERAÇÕES FINAIS• Este episódio na vida de Elias demonstra:  1. A soberania de Deus sobre a história, reinos     e naç...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASBUIS, Pierre. O livro dos Reis. São Paulo: Paulus, 1997.CERESKO, Anthony. Introdução ao Antigo T...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASRENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. SãoPaulo: Academia Cristã, 2009.SHREINER, Jo...
IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de      Deus de São José dos Pinhais       www.adsaojosedospinhais.com.br;         ...
ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO NO LINK              ABAIXO:http://natalinodasneves.blogspot.co...
BAIXE ESTE ARQUIVO,CLICANDO NO ÍCONE SUPERIOR:  “SAVE” ou “DOWNLOAD”.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2013 1o tri lição 6_a viuva de sarepta

5.876 visualizações

Publicada em

5 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.876
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.311
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
176
Comentários
5
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2013 1o tri lição 6_a viuva de sarepta

  1. 1. LIÇÕES BÍBLICAS DE EBD - CPAD 1º TRIMESTRE DE 2013LIÇÃO 6 – A VIÚVA DE SAREPTA Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br IEADSJP_EBDTV
  2. 2. REFERÊNCIA TEXTO/TEMA “Em verdade vos digo que muitas viúvas existiam em Israel nos dias de Elias, quando o céu se cerrou por três anos e seis Texto áureo meses, de sorte que em toda a (Lc 4:25-26) terra houve grande fome; e a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a Sarepta de Sidom, uma mulher viúva” “Para socorrer e sustentar os Verdade prática seus filhos, Deus usa os meios mais inesperados.” Comenta sobre o sustento miraculoso de Elias por umaLeitura bíblica em classe viúva pagã, após a seca ter (1 Rs 17:8-16) atingindo sua zona de conforto (Fonte de Querite)
  3. 3. INTRODUÇÃO• Elias perde sua zona de conforto na Fonte de Querite – atingido pela seca;• Deus manda buscar auxílio de uma viúva pagã e pobre;• Influência da Palavra e oração na vida de Elias.
  4. 4. I – UM PROFETA EM TERRA ESTRANGEIRA
  5. 5. I – UM PROFETA EM TERRA ESTRANGEIRA• A Fonte de Querite • Após anunciar a grande seca, Deus orienta Elias a se refugiar na Fonte de Querite (sombra e água fresca); • A grande seca profetizada por Elias atinge sua fonte também; • “Quem faz de ‘Querite’ seu ponto final terá problemas porque certamente secará”. AP – Há quanto tempo você está na provisão temporária de Deus para seu tempo de crise?
  6. 6. I – UM PROFETA EM TERRA ESTRANGEIRA• Elias em Sarpeta • Sarepta, pequena localidade a cerca de 15 km de Sidom, terra de Jezabel (1 Rs 17:9; 16:31); • Refugiado na terra do inimigo, onde não o procuraram (1 Rs 18:10); AP – As vezes, Deus permite ficarmos no território do inimigo para manifestar seu poder e misericórdia por meio de nós.
  7. 7. Sinopse do tópico“Num momento de crise Elias se afastou do seu povo e de sua terra e refugiou-se em território fenício.” (Lições bíblicas, p. 42)
  8. 8. II – UMA ESTRANGEIRA NO PLANO DE DEUS
  9. 9. II – UMA ESTRANGEIRA NO PLANO DE DEUS• A soberania e a graça de Deus • Deus havia “ordenado” à viúva (1 Rs 17:9); • As vezes, as pessoas fazem a vontade de Deus mesmo sem saber (ilustração); • Dentre todas viúvas que existiam, mesmo em Israel, Deus escolhe uma estrangeira – Jesus (Lc 4:25-26). AP – Deus está no controle de todos e tudo. Mesmo que as circunstâncias sejam contrárias, confie em Deus?
  10. 10. II – UMA ESTRANGEIRA NO PLANO DE DEUS• A providência de Deus • O texto bíblico não fala que Elias questionou a ordem de Deus (1 Rs 17:10); • O que passou na cabeça de Elias? • Será que a experiência provisão durante a estadia na Fonte de Querite serviu-lhe como confiança (1 Rs 17:4-6)? AP – Você tem confiando na providência de Deus nos momentos de crise?
  11. 11. Sinopse do tópico“Pela sua soberania e graça Deus incluiu uma estrangeira em seu plano.” (Lições bíblicas, p. 42)
  12. 12. III – O PODER DA PALAVRA DE DEUS
  13. 13. III – O PODER DA PALAVRA DE DEUS• A escassez humana e a suficiência divina • A viúva que deveria alimentar Elias estava passando por necessidade (1 Rs 17:12); • O pouco (punhado) colocado nas mãos de Deus se multiplica. AP – Você tem colocado o que você tem nas mãos de Deus?
  14. 14. III – O PODER DA PALAVRA DE DEUS• Deus vela pela sua Palavra ( Deus, a prioridade maior?) • A autoridade de um ser humano na direção de Deus (1 Rs 17:13-15); • Por ter confiado na palavra e obedecido a orientação do profeta de Deus, a viúva não perdeu a benção. AP – Você tem seguido a orientação dos verdadeiros profetas de Deus?
  15. 15. Sinopse do tópico“Na escassez humana vemos a suficiência divina através do poder da Palavra de Deus.” (Lições bíblicas, p. 43)
  16. 16. IV – O PODER DA ORAÇÃO
  17. 17. IV – O PODER DA ORAÇÃO• A oração intercessória • Tiago confirma que Elias orou antes de afirmar a Acabe que não choveria por um período de tempo (Tg 5:17 X 1 Rs 17:1); • Novamente, quando o filho da viúva morre, Elias dá o exemplo da oração – empatia (1 Rs 17:19- 20). AP – Como tem sido sua prática de oração intercessória?
  18. 18. IV – O PODER DA ORAÇÃO• A oração perseverante • Ao orar pelo filho dá viúva, Elias foi perseverante (1 Rs 17:21); • Muitos desistem fácil na busca de objetivos por meio da oração; • Jesus também comentou sobre a importância da persistência na oração (exemplo Lc 18:1). AP – Como tem sido perseverante em sua prática de oração?
  19. 19. Sinopse do tópico“O clamor intercessório e perseverante confirmam o poder da oração.” (Lições bíblicas, p. 43)
  20. 20. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  21. 21. CONSIDERAÇÕES FINAIS• Este episódio na vida de Elias demonstra: 1. A soberania de Deus sobre a história, reinos e nações; 2. Provisão divina, mesmo nas piores condições de escassez; 3. Deus vela pela sua Palavra e está atento para a oração daqueles que oram, segundo a sua Vontade.
  22. 22. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASBUIS, Pierre. O livro dos Reis. São Paulo: Paulus, 1997.CERESKO, Anthony. Introdução ao Antigo Testamentonuma perspectiva libertadora. Rio de Janeiro: Paulus, 1996.GONÇALVES, José. Porção dobrada. Rio de Janeiro: CPAD,2012.LIÇÕES BÍBLICAS. Elias e Eliseu, um ministério de poderpara toda Igreja. 1º trimestre de 2013. Rio de Janeiro:CPAD, 2012.MERRILL, Eugene H. História de Israel no AntigoTestamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2001.
  23. 23. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASRENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. SãoPaulo: Academia Cristã, 2009.SHREINER, Josef. Palavra e Mensagem do AntigoTestamento. São Paulo: Teológica, 2004.SICRE, José Luís. Profetismo em Israel: o profeta, osprofetas, a mensagem. Rio de Janeiro: Vozes, 2008.SWINDOLL, Charles R. Elias: um homem de heroísmo ehumildade. São Paulo: Editora Vida, 2010.WILSON, Robert R. Profecia e Sociedade no Antigo Israel.São Paulo: Targumin; Paulus, 2006.
  24. 24. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br; www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana Sup. da EBD: Ev. Ismael Nascimento Oliveira Comentários: Ev. Natalino das Neves (www.natalinodasneves.blogspot.com.br;natalino.neves@ig.com.br; 8409 8094 / 3076 3589)
  25. 25. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO NO LINK ABAIXO:http://natalinodasneves.blogspot.com.br/
  26. 26. BAIXE ESTE ARQUIVO,CLICANDO NO ÍCONE SUPERIOR: “SAVE” ou “DOWNLOAD”.

×