2013 1o tri lição 3_A longa seca sobre israel

8.518 visualizações

Publicada em

Slides da aula ministrada pelo Ev. Natalino das Neves no vídeo disponibilizado em: www.natalinodasneves.blogspot.com.br; www.redemaoamiga.com.br; www.adsaojosedospinhais.com.br.

Favor se cadastrar no meu blog: natalinodasneves.blogspot.com.br

Publicada em: Educação
6 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.518
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6.287
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
86
Comentários
6
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2013 1o tri lição 3_A longa seca sobre israel

  1. 1. LIÇÕES BÍBLICAS DA EBD - CPAD 1º TRIMESTRE DE 2013 LIÇÃO 3 – A LONGA SECA SOBRE ISRAELIEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Comentários: Ev. Natalino das Neves
  2. 2. INTRODUÇÃO REFERÊNCIA TEXTO/TEMA “E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilha, e orar, e buscar a minha face, e se Texto áureo converter dos seus maus (2 Cr 7:14) caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.” “A longa seca sobre Israel teve como objetivos disciplinar e Verdade prática demonstrar a soberania divina sobre os homens.” Elias prediz á Acabe o retorno daLeitura bíblica em classe chuva e fim da seca, pois a fome (1 Rs 18:1-8) era extrema em Israel.
  3. 3. INTRODUÇÃO• A seca durou três anos e causou uma fome extrema nos territórios de Israel;• O exemplo da eficácia da oração de Elias é citada por Tiago (Tg 5:17);• Um grande exemplo de que Baal, o deus da fertilidade, não tinha o controle dos fenômenos naturais.• Iavé demonstra sua soberania e controle sobre a natureza.
  4. 4. I – O OBJETIVO DA SECA
  5. 5. I – O OBJETIVO DA SECA• Disciplinar a nação • O Estado estava financiando o culto a Baal; • O povo estava confuso e precisava de uma ação mais radical para tomar uma decisão (1 Rs 18:37). • AP - Algumas mudanças somente ocorrem com uma ação radical.
  6. 6. I – O OBJETIVO DA SECA• Revelar a divindade verdadeira • Influenciado por Jezabel, o povo estava adorando a Baal e Aserá (1 Rs 16:30-33), casal “divino”, que acreditavam providenciava a fertilidade da terra; • A grande seca cria condições para Elias desafiar os profetas de Baal e prover evidências do real poder de Iavé (1 Rs 17:1,2; 18:12,21,29). • AP – Ás vezes, Deus permite certas situações desagradáveis para que o nome dele seja glorificado.
  7. 7. II – OS EFEITOS DA SECA
  8. 8. II – OS EFEITOS DA SECA• Escassez e fome • A fome era extrema em Samaria (1 Rs 18:2); • Até cavalos de montaria estavam sendo abatidos (1 Rs 18:5); • Baal não alimentou seus adoradores. • AP – Você tem crido que Iavé é verdadeiramente o Deus que provê todas as coisas?
  9. 9. II – OS EFEITOS DA SECA• Endurecimento ou arrependimento • Acabe e Jezabel não agiram positivamente sobre o julgamento de Deus/disciplina e colocaram a culpa em Elias(1 Rs 18:17); • O povo foi respondeu positivamente somente após verem o sinal de Iavé (1 Rs 18:21-39). • AP – Como você tem se comportando diante da “disciplina de Deus”?
  10. 10. III – A PROVISÃO DIVINA NA SECA
  11. 11. III – A PROVISÃO DIVINA NA SECA• Provisão pessoal • Apesar da seca, Elias foi sustentando por Deus (1 Rs 17:1-7); • Deus orienta os passos de Elias – “retira-te daqui [...] Os corvos lhe traziam [...]” (vs 3 e 6). • AP – Você tem sido grato a Deus pela sua provisão pessoal?
  12. 12. III – A PROVISÃO DIVINA NA SECA• Provisão coletiva • Elias não foi o único que obteve proteção de Deus (1 Rs 18:4 – 100 profetas alimentados por Obadias; 19:18 – 7.000 conservados por Deus); • Deus não é exclusivo de uma pessoa – Depressão de Elias será tratada em lição específica (lição 5). • AP – Você crê que Deus conduz a história?
  13. 13. IV – LIÇÕES DEIXADAS PELA SECA
  14. 14. IV – LIÇÕES DEIXADAS PELA SECA• A majestade divina • Onipotência de Iavé; • Onipresença de Iavé; • Onisciência de Iavé.
  15. 15. IV – LIÇÕES DEIXADAS PELA SECA• As consequências do pecado • Elias denuncia os pecados de Acabe, que trouxeram consequências ao povo de Israel (1 Rs 18:18); • Deus perdoa o pecado, mas não retira as consequências dele, mesmo que em determinadas situações possa aplacá-las. • AP – Tenha consciência de que Deus perdoa, mas as consequências de nossas falhas são de nossa responsabilidade.
  16. 16. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  17. 17. CONSIDERAÇÕES FINAIS• A seca foi uma forma de Iavé disciplinar o povo de Israel e conduzi-los ao arrependimento;• A disciplina não tem o mesmo resultado para todas as pessoas;• Deus provém as necessidades dos fiéis (Fp 4:19);• Iavé é o único Deus verdadeiro e que tem o controle sobre tudo e todos.
  18. 18. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASBUIS, Pierre. O livro dos Reis. São Paulo: Paulus, 1997.CERESKO, Anthony. Introdução ao Antigo Testamentonuma perspectiva libertadora. Rio de Janeiro: Paulus, 1996.GONÇALVES, José. Porção dobrada. Rio de Janeiro: CPAD,2012.Lições Bíblicas: Elias e Eliseu, um ministério de poder paratoda Igreja. 1º trimestre de 2013. Rio de Janeiro: CPAD,2012.MERRILL, Eugene H. História de Israel no AntigoTestamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2001.
  19. 19. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASRENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. SãoPaulo: Academia Cristã, 2009.SHREINER, Josef. Palavra e Mensagem do AntigoTestamento. São Paulo: Teológica, 2004.SICRE, José Luís. Profetismo em Israel: o profeta, osprofetas, a mensagem. Rio de Janeiro: Vozes, 2008.SWINDOLL, Charles R. Elias: um homem de heroísmo ehumildade. São Paulo: Editora Vida, 2010.WILSON, Robert R. Profecia e Sociedade no Antigo Israel.São Paulo: Targumin; Paulus, 2006.

×