SlideShare uma empresa Scribd logo
PRIMEIRA GUERRA
MUNDIAL (1914-1918) &
CRISE DE 1929
Contexto Histórico
Belle Époque
• Desenvolvimento técnico e econômico jamais visto;
• Ausência de grandes conflitos militares, deslocou as atenções e os
investimentos para a economia;
• Criação de um padrão de riqueza, luxo, grandes inovações e bens de
consumo, alcançado por uma pequena parcela da sociedade;
• Carros, aviões, luz elétrica nas casas mais ricas de Paris, Titanic;
• Essa onda de otimismo se estendeu até a Primeira Guerra.
• Disputas coloniais entre as nações industrializadas da Europa
(Neocolonialismo);
• Clima de instabilidade entre as potências europeias;
• Revanchismo francês (Alsácia-Lorena, 1870);
• Movimentos nacionalistas.
• Potências europeias que possuíam pontos convergentes na
disputa imperialista procuravam se aproximar para a formação
de sistemas de alianças;
• Sistemas de alianças tinham como objetivo a garantia de
defesa militar mútua entre os membros;
• 1882, Alemanha, Itália e Áustria organizaram a Tríplice
Aliança;
• Inglaterra, França e Rússia em 1907, organizaram a Tríplice
Entente.
Causa Imediata
• O assassinato do herdeiro do império Austro-Húngaro, Francisco
Ferdinando, em Saravejo, capital da Bósnia-Herzegovina.
• O assassino: um jovem pertencente ao grupo nacionalista Jovem
Bósnia que lutava pela “terra dos eslavos do sul”, ou seja, a
Iugoslávia.
• A Bósnia e a Herzegovina tinham sido ocupadas pelo Império
Austro-Húngaro e anexadas em 1908. Muitos bósnios,
particularmente os sérvios, não aceitavam a ocupação, preferindo a
unificação com a Sérvia.
Fases da Guerra
• Primeira Fase (1914-1915) - Guerra de movimento:
caracterizou-se por movimentos rápidos envolvendo grandes
exércitos.
• Certo de que venceria a guerra em pouco tempo, o exército
alemão invadiu a Bélgica, e , depois de suplantá-la, penetrou
no território francês até as proximidades de Paris.
• Os franceses contra-atacaram e conseguiram deter o avanço
alemão.
• Segunda Fase ( 1915-1917) - Guerra de trincheiras: os
exércitos defendiam suas posições utilizando-se de uma
extensa rede de trincheiras que eles próprios cavavam.
• A Itália traiu a aliança que fizera com a Alemanha e entrou na
guerra ao lado da Tríplice Entente.
• Novas armas, como o canhão de tiro rápido, o gás venenoso, o
lança-chamas, o avião e o submarino, faziam um número
crescente de vítimas.
• Terceira Fase (1917-1918) - Saída da Rússia e entrada dos
Estados Unidos.
• Os Estados Unidos entraram na guerra ao lado da Inglaterra e
da França, pois tinham grandes investimentos nesses países e
queriam assegurar o seu retorno.
• A saída da Rússia da guerra, através do Tratado de Brest-
Litovsky, está relacionada à revolução socialista ocorrida em
seu território no final de 1917.
Inovações
• Guerra química (gás mostarda);
• O tanque foi uma invenção inglesa, excelente para enfrentar as trincheiras.
• Aviões foram utilizados pela primeira vez com fins
militares; eram biplanos (duas asas ) e atingiam
uma velocidade de até 200km/h;
• Metralhadora utilizada em larga escala;
Consequências da Guerra
• Liga das Nações - organização internacional, responsável pela paz
mundial. Sua atuação não foi representativa, foi extinta com a 2ª GGM;
• Isolamento político norte-americano
• Crise econômica e perda de liderança mundial dos países europeus;
• Ascensão dos regimes autoritários de direita;
• Conquista sociais e políticas, leis trabalhistas, sufrágio universal;
• Ascensão econômica e política dos Estados Unidos.
• Rendição alemã e a assinatura do Tratado de Versalhes:
• O Estado alemão perdeu parte de seus territórios, zonas de exploração
mineral e seus domínios coloniais;
• AAlemanha foi obrigada a devolver os territórios de Alsáscia-Lorena
para a França;
• Sofreram pesadas indenizações a serem pagas aos países da Entente o
que acabou levando a economia alemã à falência;
• Um projeto de desmilitarização da Alemanha impôs a proibição do
alistamento obrigatório e um limite máximo de 100.000 homens no
efetivo militar. Não podiam ter qualquer tipo de artilharia pesada.
A Europa e seus novos países
ao final da 1ª Guerra
Na Europa Central os novos
estados Finlândia, Estônia,
Letônia, Lituânia,
Tchecoslováquia, e
Iugoslávia "nasceram“. E os
estados da Áustria, Hungria
e Polônia foram redefinidos.
.
• A guerra gerou aproximadamente 10 milhões de mortos, o
triplo de feridos
• Arrasou campos agrícolas, destruiu indústrias, além de gerar
grandes prejuízos econômicos.
Após a Primeira Guerra Mundial
• Os Estados Unidos passaram da posição de maiores devedores
dos europeus para principais credores (exemplo: Plano Dawes)
• Transferiu-se o “Eixo Econômico” da Europa para os Estados
Unidos.
Países %
Estados Unidos
Alemanha
Grã-Bretanha
França
URSS
Demais Países
Total Mundial
44,8
11,6
9,3
7,0
4,6
22,7
100,0
Participação das Potências em % na
Produção Industrial Mundial de 1929
Cenário
• Crise de Reconversão no pós-guerra. Europa
recuperava-se diminuindo as importações
americanas;
• Má distribuição de rendas: poucos ricos e
muitas favelas. As greves eram proibidas.
Crash
• Banqueiros percebendo os indícios da Crise recolhem dinheiro dos
Bancos;
• Outubro de 1929 - Crash da Bolsa de Nova Iorque;
• Crise de superprodução, sobrava produtos e o povo desempregado
passava fome;
• Americanos buscam seus capitais em Bancos Europeus, espalhando
a crise por todo o mundo;
• Um terço dos trabalhadores sem emprego, cem mil empresas falidas,
a produção caiu 50%, quatro mil bancos fecharam.
Crash
1929
No Brasil
• O preço do café caiu em 43%, a borracha 42%,
a lã e o milho, ambos em 40%;
• 80 milhões de saca de café foram queimadas;
• Agricultura, indústria e finanças sofreram duros
golpes, sendo que a primeira foi a mais
particularmente atingida;
• 1930 marcou a alteração do pólo dinâmico da
economia do setor exportador ao setor de
produção para o mercado interno.
Consequências
New Deal – 1933
• Franklin Delano Roosevelt: Partido Democrata
• Medidas econômicas destinadas à superação da crise
econômica (inspiradas nas ideias do economista
inglês John Keynes);
• Fim do Liberalismo Econômico Clássico (Adam
Smith);
• Início do Neocapitalismo (Planejamento Estatal).
Principais Medidas do New Deal:
• Controle governamental dos preços de diversos produtos industriais e
agrícolas
• Concessão de empréstimos aos proprietários agrícolas, para que pagassem
suas dívidas e reordenassem sua produção
• Realização de um amplo programa de obras públicas, destinado à oferecer
trabalho a milhões de desempregados
• Criação de um seguro-desemprego
• Recuperação industrial com base num pacto em que se garantiam os
interesses dos empresários (acordo sobre preços, limitação da produção às
exigências do mercado) e dos trabalhadores (limitação das jornadas de
trabalho, estabelecimento de um salário mínimo, etc.)
1ª GUERRA E CRISE DE 1929.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O mundo industrializado do séc. xix
O mundo industrializado do séc. xixO mundo industrializado do séc. xix
O mundo industrializado do séc. xix
Elisabete Pinto
 
Expansão Industrial
Expansão IndustrialExpansão Industrial
Expansão Industrial
makuta94
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
Viegas Fernandes da Costa
 
Segunda Revolução Industrial
Segunda Revolução IndustrialSegunda Revolução Industrial
Segunda Revolução Industrial
Francisco Neto
 
Segunda revolução industrial
Segunda revolução industrialSegunda revolução industrial
Segunda revolução industrial
Francisco Rodrigues
 
Rev industrial
Rev industrialRev industrial
Rev industrial
Janayna Lira
 
Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2
Carla Prestes
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
eiprofessor
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
Anderson Torres
 
revolução industrial
revolução industrialrevolução industrial
revolução industrial
Ana Batista
 
2° ano EM - Revolução Industrial.
2° ano EM - Revolução Industrial.2° ano EM - Revolução Industrial.
2° ano EM - Revolução Industrial.
Daniel Alves Bronstrup
 
A civilização industrial no século XIX
A civilização industrial no século XIXA civilização industrial no século XIX
A civilização industrial no século XIX
BeatrizMarques25
 
A Revolução Industrial
A Revolução IndustrialA Revolução Industrial
A Revolução Industrial
NBrunoFS
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
Guilherme Drumond
 
Slide revoluçao industrial - 1a fase
Slide revoluçao industrial - 1a faseSlide revoluçao industrial - 1a fase
Slide revoluçao industrial - 1a fase
Educador Lamarão
 
Revolucaoindustrial 091220091726
Revolucaoindustrial 091220091726Revolucaoindustrial 091220091726
Revolucaoindustrial 091220091726
Moacir E Nalin
 
A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
Francisco José Almeida Sobral
 
RevoluçãO Industrial
RevoluçãO IndustrialRevoluçãO Industrial
RevoluçãO Industrial
Sílvia Mendonça
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
Debora Barros
 
Geografia ppt capitalismo e a revolução industrial
Geografia ppt   capitalismo e a revolução industrialGeografia ppt   capitalismo e a revolução industrial
Geografia ppt capitalismo e a revolução industrial
Amadeu Neto
 

Mais procurados (20)

O mundo industrializado do séc. xix
O mundo industrializado do séc. xixO mundo industrializado do séc. xix
O mundo industrializado do séc. xix
 
Expansão Industrial
Expansão IndustrialExpansão Industrial
Expansão Industrial
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Segunda Revolução Industrial
Segunda Revolução IndustrialSegunda Revolução Industrial
Segunda Revolução Industrial
 
Segunda revolução industrial
Segunda revolução industrialSegunda revolução industrial
Segunda revolução industrial
 
Rev industrial
Rev industrialRev industrial
Rev industrial
 
Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2Revolucao industrial editado 2
Revolucao industrial editado 2
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
revolução industrial
revolução industrialrevolução industrial
revolução industrial
 
2° ano EM - Revolução Industrial.
2° ano EM - Revolução Industrial.2° ano EM - Revolução Industrial.
2° ano EM - Revolução Industrial.
 
A civilização industrial no século XIX
A civilização industrial no século XIXA civilização industrial no século XIX
A civilização industrial no século XIX
 
A Revolução Industrial
A Revolução IndustrialA Revolução Industrial
A Revolução Industrial
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
Slide revoluçao industrial - 1a fase
Slide revoluçao industrial - 1a faseSlide revoluçao industrial - 1a fase
Slide revoluçao industrial - 1a fase
 
Revolucaoindustrial 091220091726
Revolucaoindustrial 091220091726Revolucaoindustrial 091220091726
Revolucaoindustrial 091220091726
 
A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
 
RevoluçãO Industrial
RevoluçãO IndustrialRevoluçãO Industrial
RevoluçãO Industrial
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Geografia ppt capitalismo e a revolução industrial
Geografia ppt   capitalismo e a revolução industrialGeografia ppt   capitalismo e a revolução industrial
Geografia ppt capitalismo e a revolução industrial
 

Destaque

2ª GUERRA MUNDIAL
2ª GUERRA MUNDIAL2ª GUERRA MUNDIAL
2ª GUERRA MUNDIAL
Grazi Oliveira
 
Reforma e contra reforma religiosa
Reforma e contra reforma religiosaReforma e contra reforma religiosa
Reforma e contra reforma religiosa
Grazi Oliveira
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Grazi Oliveira
 
II guerra mundial
II guerra mundialII guerra mundial
II guerra mundial
Marcos Judice
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
Michele Pó
 
Slide De Cubismo
Slide De CubismoSlide De Cubismo
Slide De Cubismo
babelisa
 
Slide história da educação física-blog
Slide história da educação física-blogSlide história da educação física-blog
Slide história da educação física-blog
estudosacademicospedag
 

Destaque (7)

2ª GUERRA MUNDIAL
2ª GUERRA MUNDIAL2ª GUERRA MUNDIAL
2ª GUERRA MUNDIAL
 
Reforma e contra reforma religiosa
Reforma e contra reforma religiosaReforma e contra reforma religiosa
Reforma e contra reforma religiosa
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
II guerra mundial
II guerra mundialII guerra mundial
II guerra mundial
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Slide De Cubismo
Slide De CubismoSlide De Cubismo
Slide De Cubismo
 
Slide história da educação física-blog
Slide história da educação física-blogSlide história da educação física-blog
Slide história da educação física-blog
 

Semelhante a 1ª GUERRA E CRISE DE 1929.

A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
Nelia Salles Nantes
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
historiando
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
Nelia Salles Nantes
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Alan
 
Causas da Segunda Guerra - Prof.Altair Aguilar
Causas da Segunda Guerra - Prof.Altair AguilarCausas da Segunda Guerra - Prof.Altair Aguilar
Causas da Segunda Guerra - Prof.Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
1 guerra mundial
1 guerra mundial1 guerra mundial
1 guerra mundial
Wallace Rodrigo
 
A primeira guerra mundial slides
A primeira guerra mundial   slidesA primeira guerra mundial   slides
A primeira guerra mundial slides
Juliana_hst
 
1 guerra
1 guerra1 guerra
1 guerra
cattonia
 
1.primeira guerra mundial
1.primeira guerra mundial1.primeira guerra mundial
1.primeira guerra mundial
valdeck1
 
2º ano - Primeira Guerra Mundial
2º ano - Primeira Guerra Mundial2º ano - Primeira Guerra Mundial
2º ano - Primeira Guerra Mundial
Daniel Alves Bronstrup
 
Século xix e xx liberalismo, nacionalismo e socialismo
Século xix e xx liberalismo, nacionalismo e socialismoSéculo xix e xx liberalismo, nacionalismo e socialismo
Século xix e xx liberalismo, nacionalismo e socialismo
Gisele Finatti Baraglio
 
Países e conflitos mundiais
Países e conflitos mundiaisPaíses e conflitos mundiais
Países e conflitos mundiais
Salete Lima
 
Revisão: Século XX
Revisão: Século XXRevisão: Século XX
Revisão: Século XX
Edenilson Morais
 
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
Lucas Cechinel
 
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
Lucas Cechinel
 
O governo napoleônico ate rev russa
O governo napoleônico  ate rev russaO governo napoleônico  ate rev russa
O governo napoleônico ate rev russa
daviprofessor
 
Aula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptx
Aula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptxAula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptx
Aula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptx
Gerson Coppes
 
Material escrito aulão sao mateus os especialistas
Material escrito aulão sao mateus os especialistasMaterial escrito aulão sao mateus os especialistas
Material escrito aulão sao mateus os especialistas
Lucilo Campos
 
A iª e ii guerra mundial
A iª e ii guerra mundialA iª e ii guerra mundial
A iª e ii guerra mundial
Maria José Ribeiro
 
1º Guerra Mundial..ppt
1º Guerra Mundial..ppt1º Guerra Mundial..ppt
1º Guerra Mundial..ppt
MariaAparecidaFerrei84
 

Semelhante a 1ª GUERRA E CRISE DE 1929. (20)

A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Causas da Segunda Guerra - Prof.Altair Aguilar
Causas da Segunda Guerra - Prof.Altair AguilarCausas da Segunda Guerra - Prof.Altair Aguilar
Causas da Segunda Guerra - Prof.Altair Aguilar
 
1 guerra mundial
1 guerra mundial1 guerra mundial
1 guerra mundial
 
A primeira guerra mundial slides
A primeira guerra mundial   slidesA primeira guerra mundial   slides
A primeira guerra mundial slides
 
1 guerra
1 guerra1 guerra
1 guerra
 
1.primeira guerra mundial
1.primeira guerra mundial1.primeira guerra mundial
1.primeira guerra mundial
 
2º ano - Primeira Guerra Mundial
2º ano - Primeira Guerra Mundial2º ano - Primeira Guerra Mundial
2º ano - Primeira Guerra Mundial
 
Século xix e xx liberalismo, nacionalismo e socialismo
Século xix e xx liberalismo, nacionalismo e socialismoSéculo xix e xx liberalismo, nacionalismo e socialismo
Século xix e xx liberalismo, nacionalismo e socialismo
 
Países e conflitos mundiais
Países e conflitos mundiaisPaíses e conflitos mundiais
Países e conflitos mundiais
 
Revisão: Século XX
Revisão: Século XXRevisão: Século XX
Revisão: Século XX
 
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
 
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
1 1a e-2a_guerras_mundiais_e_a_transformacao_do_espaco_geografico.
 
O governo napoleônico ate rev russa
O governo napoleônico  ate rev russaO governo napoleônico  ate rev russa
O governo napoleônico ate rev russa
 
Aula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptx
Aula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptxAula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptx
Aula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptx
 
Material escrito aulão sao mateus os especialistas
Material escrito aulão sao mateus os especialistasMaterial escrito aulão sao mateus os especialistas
Material escrito aulão sao mateus os especialistas
 
A iª e ii guerra mundial
A iª e ii guerra mundialA iª e ii guerra mundial
A iª e ii guerra mundial
 
1º Guerra Mundial..ppt
1º Guerra Mundial..ppt1º Guerra Mundial..ppt
1º Guerra Mundial..ppt
 

Último

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 

Último (20)

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 

1ª GUERRA E CRISE DE 1929.

  • 2. Contexto Histórico Belle Époque • Desenvolvimento técnico e econômico jamais visto; • Ausência de grandes conflitos militares, deslocou as atenções e os investimentos para a economia; • Criação de um padrão de riqueza, luxo, grandes inovações e bens de consumo, alcançado por uma pequena parcela da sociedade; • Carros, aviões, luz elétrica nas casas mais ricas de Paris, Titanic; • Essa onda de otimismo se estendeu até a Primeira Guerra.
  • 3. • Disputas coloniais entre as nações industrializadas da Europa (Neocolonialismo); • Clima de instabilidade entre as potências europeias; • Revanchismo francês (Alsácia-Lorena, 1870); • Movimentos nacionalistas.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. • Potências europeias que possuíam pontos convergentes na disputa imperialista procuravam se aproximar para a formação de sistemas de alianças; • Sistemas de alianças tinham como objetivo a garantia de defesa militar mútua entre os membros; • 1882, Alemanha, Itália e Áustria organizaram a Tríplice Aliança; • Inglaterra, França e Rússia em 1907, organizaram a Tríplice Entente.
  • 8.
  • 9. Causa Imediata • O assassinato do herdeiro do império Austro-Húngaro, Francisco Ferdinando, em Saravejo, capital da Bósnia-Herzegovina. • O assassino: um jovem pertencente ao grupo nacionalista Jovem Bósnia que lutava pela “terra dos eslavos do sul”, ou seja, a Iugoslávia. • A Bósnia e a Herzegovina tinham sido ocupadas pelo Império Austro-Húngaro e anexadas em 1908. Muitos bósnios, particularmente os sérvios, não aceitavam a ocupação, preferindo a unificação com a Sérvia.
  • 10.
  • 11.
  • 12. Fases da Guerra • Primeira Fase (1914-1915) - Guerra de movimento: caracterizou-se por movimentos rápidos envolvendo grandes exércitos. • Certo de que venceria a guerra em pouco tempo, o exército alemão invadiu a Bélgica, e , depois de suplantá-la, penetrou no território francês até as proximidades de Paris. • Os franceses contra-atacaram e conseguiram deter o avanço alemão.
  • 13.
  • 14. • Segunda Fase ( 1915-1917) - Guerra de trincheiras: os exércitos defendiam suas posições utilizando-se de uma extensa rede de trincheiras que eles próprios cavavam. • A Itália traiu a aliança que fizera com a Alemanha e entrou na guerra ao lado da Tríplice Entente. • Novas armas, como o canhão de tiro rápido, o gás venenoso, o lança-chamas, o avião e o submarino, faziam um número crescente de vítimas.
  • 15.
  • 16. • Terceira Fase (1917-1918) - Saída da Rússia e entrada dos Estados Unidos. • Os Estados Unidos entraram na guerra ao lado da Inglaterra e da França, pois tinham grandes investimentos nesses países e queriam assegurar o seu retorno. • A saída da Rússia da guerra, através do Tratado de Brest- Litovsky, está relacionada à revolução socialista ocorrida em seu território no final de 1917.
  • 17. Inovações • Guerra química (gás mostarda); • O tanque foi uma invenção inglesa, excelente para enfrentar as trincheiras. • Aviões foram utilizados pela primeira vez com fins militares; eram biplanos (duas asas ) e atingiam uma velocidade de até 200km/h; • Metralhadora utilizada em larga escala;
  • 18. Consequências da Guerra • Liga das Nações - organização internacional, responsável pela paz mundial. Sua atuação não foi representativa, foi extinta com a 2ª GGM; • Isolamento político norte-americano • Crise econômica e perda de liderança mundial dos países europeus; • Ascensão dos regimes autoritários de direita; • Conquista sociais e políticas, leis trabalhistas, sufrágio universal; • Ascensão econômica e política dos Estados Unidos.
  • 19. • Rendição alemã e a assinatura do Tratado de Versalhes: • O Estado alemão perdeu parte de seus territórios, zonas de exploração mineral e seus domínios coloniais; • AAlemanha foi obrigada a devolver os territórios de Alsáscia-Lorena para a França; • Sofreram pesadas indenizações a serem pagas aos países da Entente o que acabou levando a economia alemã à falência; • Um projeto de desmilitarização da Alemanha impôs a proibição do alistamento obrigatório e um limite máximo de 100.000 homens no efetivo militar. Não podiam ter qualquer tipo de artilharia pesada.
  • 20. A Europa e seus novos países ao final da 1ª Guerra Na Europa Central os novos estados Finlândia, Estônia, Letônia, Lituânia, Tchecoslováquia, e Iugoslávia "nasceram“. E os estados da Áustria, Hungria e Polônia foram redefinidos.
  • 21. . • A guerra gerou aproximadamente 10 milhões de mortos, o triplo de feridos • Arrasou campos agrícolas, destruiu indústrias, além de gerar grandes prejuízos econômicos.
  • 22. Após a Primeira Guerra Mundial • Os Estados Unidos passaram da posição de maiores devedores dos europeus para principais credores (exemplo: Plano Dawes) • Transferiu-se o “Eixo Econômico” da Europa para os Estados Unidos.
  • 23. Países % Estados Unidos Alemanha Grã-Bretanha França URSS Demais Países Total Mundial 44,8 11,6 9,3 7,0 4,6 22,7 100,0 Participação das Potências em % na Produção Industrial Mundial de 1929
  • 24. Cenário • Crise de Reconversão no pós-guerra. Europa recuperava-se diminuindo as importações americanas; • Má distribuição de rendas: poucos ricos e muitas favelas. As greves eram proibidas.
  • 25. Crash • Banqueiros percebendo os indícios da Crise recolhem dinheiro dos Bancos; • Outubro de 1929 - Crash da Bolsa de Nova Iorque; • Crise de superprodução, sobrava produtos e o povo desempregado passava fome; • Americanos buscam seus capitais em Bancos Europeus, espalhando a crise por todo o mundo; • Um terço dos trabalhadores sem emprego, cem mil empresas falidas, a produção caiu 50%, quatro mil bancos fecharam.
  • 27.
  • 28. No Brasil • O preço do café caiu em 43%, a borracha 42%, a lã e o milho, ambos em 40%; • 80 milhões de saca de café foram queimadas; • Agricultura, indústria e finanças sofreram duros golpes, sendo que a primeira foi a mais particularmente atingida; • 1930 marcou a alteração do pólo dinâmico da economia do setor exportador ao setor de produção para o mercado interno.
  • 29. Consequências New Deal – 1933 • Franklin Delano Roosevelt: Partido Democrata • Medidas econômicas destinadas à superação da crise econômica (inspiradas nas ideias do economista inglês John Keynes); • Fim do Liberalismo Econômico Clássico (Adam Smith); • Início do Neocapitalismo (Planejamento Estatal).
  • 30. Principais Medidas do New Deal: • Controle governamental dos preços de diversos produtos industriais e agrícolas • Concessão de empréstimos aos proprietários agrícolas, para que pagassem suas dívidas e reordenassem sua produção • Realização de um amplo programa de obras públicas, destinado à oferecer trabalho a milhões de desempregados • Criação de um seguro-desemprego • Recuperação industrial com base num pacto em que se garantiam os interesses dos empresários (acordo sobre preços, limitação da produção às exigências do mercado) e dos trabalhadores (limitação das jornadas de trabalho, estabelecimento de um salário mínimo, etc.)