Título:Observações na atividade de vôo das abelhas nativas Nannotrigona testaceicornisno campus da FAGRAM (RJ).M. G. O. It...
Introdução:As abelha nativas Nannotrigona testaceicornis (abelha irai) pertencem a famíliaApidae e a sub família Meliponin...
registradas 384 observações durante o período de estudo. Também foram observadas eavaliadas a freqüência da coleta de póle...
ConclusõesDurante o período de estudo de maio a agosto de 2002 as abelhas Nannotrigonatestaceicornis apresentaram maior at...
Tabela 2 : Numero médio de abelhas Nannotrigona testaceicornis que entram e saem desuas colméias no período de setembro a ...
Abelhas nativas irai
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Abelhas nativas irai

596 visualizações

Publicada em

The flight activity of the natives bees Nannotrigona testaceicornis was observed using 3 colonies from Faculdade de Ciencias Agro Ambientais’ campus in Rio de Janeiro city during may to august and september to december in 2002. 384 obervations was carry out and each of them last 5 minutes. Informations were analyzed by the number of bees that went inside and went out in theirs hives by different hours a day that starting at 6:00 am and finishing at 6:00 pm.The frequency that the pollen was collected and the waste removed, as well as the time that the entrance was opened and closed were also observed.
It was verify that the bee’s flight activity higher increased between 11:00 am and 12:00 am from may to august and after 12:00 am from september to december in 2002. In the same periods studied the pollen was collected with a major frequency in the morning, however the waste was removed in the afternoon. The entrance was closed between 6:30 am to 7:00 am in the same periods, but it was opened between 5:30 pm to 6:00 p.m. from may to august and from september to december it happened after 6:00 pm when there was no more external flight activity in the hives.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
596
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abelhas nativas irai

  1. 1. Título:Observações na atividade de vôo das abelhas nativas Nannotrigona testaceicornisno campus da FAGRAM (RJ).M. G. O. Itagiba*; R. F. Teixeira de Freitas**; L. Boechat*; Souza, J.C.D***. & L. T.Silva****Abstract:The flight activity of the natives bees Nannotrigona testaceicornis was observedusing 3 colonies from Faculdade de Ciencias Agro Ambientais’ campus in Rio de Janeirocity during may to august and september to december in 2002. 384 obervations was carryout and each of them last 5 minutes. Informations were analyzed by the number of bees thatwent inside and went out in theirs hives by different hours a day that starting at 6:00 am andfinishing at 6:00 pm.The frequency that the pollen was collected and the waste removed,as well as the time that the entrance was opened and closed were also observed.It was verify that the bee’s flight activity higher increased between 11:00 am and12:00 am from may to august and after 12:00 am from september to december in 2002. Inthe same periods studied the pollen was collected with a major frequency in the morning,however the waste was removed in the afternoon. The entrance was closed between 6:30am to 7:00 am in the same periods, but it was opened between 5:30 pm to 6:00 p.m. frommay to august and from september to december it happened after 6:00 pm when there wasno more external flight activity in the hives.Key words: Meliponinae, native bees, flying active, Nannotrigona testaceicornisResumo:A atividade de vôo das abelhas nativas Nannotrigona testaceicornis (abelha irai) foiobservada utilizando-se 3 colônias provenientes do campus da Faculdadede Ciências Agro Ambientais , na cidade do Rio de Janeiro, durante o período de maio aagosto e setembro a dezembro de 2002. Foram realizadas 384 observações com a duraçãode 5 minutos cada. Os dados registrados foram analisados estatisticamente utilizando-se onúmero médio de abelhas que entravam e saíam de suas colméias a cada hora do dia, cominício as 6,00 horas e término as 18,00 horas, 2 vezes ao mês durante os 2 períodos deestudo. Também foram observados: a freqüência da coleta de pólen e da retirada deresíduos, bem como o horário de abertura e fechamento do canudo de entrada das colméias.A maior atividade diária de vôo das abelhas Nannotrigona testaceicornis ocorreu emmédia entre 11,00 h a 12,00 h no período de maio a agosto de 2002 e após as 12,00 h noperíodo de setembro a dezembro de 2002. A coleta de pólen foi observada com maiorfreqüência pela manhã, enquanto que a retirada de resíduos foi durante a tarde.Em relação ao horário de abertura e fechamento do canudo de entrada das colméiasestudadas, foi observado que as abelhas realizavam a abertura entre 6,30 h a 7,00 h nos 2períodos de estudos e o fechamento ocorreu entre 17,30 h a 18,00 h no período de maio aagosto de 2002 e após as 18,00 h no período de setembro a dezembro de 2002 , quando nãohavia mais atividade externa nas colméias.Palavras chave: Meliponineos, abelhas nativas, atividade de vôo, Nannotrigona testaceicornis* Professores da UFRRJ (Aposentado) e FAGRAM, ** Professora da FAGRAM, ***Professor da UFRRJ e FAGRAM**** Aluno do Curso de Zootecnia - FAGRAM
  2. 2. Introdução:As abelha nativas Nannotrigona testaceicornis (abelha irai) pertencem a famíliaApidae e a sub família Meliponinae. As abelhas que pertencem a esta sub família sãoconhecidas como Meliponíneos.A existência de uma conscientização ecológica para a preservação de nossa fauna eflora tem aumentado o interesse pelas abelhas nativas brasileiras em diversas regiões. Alémdisso, existe também o conhecimento de que elas podem ser mantidas em colméiasracionais e que seus enxames podem ser multiplicados como os das abelhas melíferas (Apismellifera), favorecendo a sua criação para a produção de mel e geoprópolis, bem como paraa sua utilização na polinização de algumas plantas cultivadas.A criação de abelhas é uma atividade econômica totalmente ligada a preservação domeio ambiente, uma vez que sobrevive dela. É lucrativa para as pequenas propriedades emuito favorável para a sustentação e agregação de renda aos que vivem da agriculturafamiliar, além de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população semcomprometer os recursos naturais da região.O estudo do comportamento das abelhas em relação a atividade de vôo possibilitaavaliar não somente o desenvolvimento da colméia, mas também possibilita indicar dadospara o planejamento da polinização em culturas de interesse econômico. Assim comorelatam Kerr & cols (1994) que tem sido empregadas colônias de abelhas Nannotrigonatestaceicornis (abelhas irai) para polinizar morangueiros cultivados em estufas no Japão,colônias de abelhas Melipona compressipes (abelha tiuba) para polinizar flores deeucaliptos cultivados para a produção de sementes no Maranhão e colônias de abelhasScaptotrigona postica (abelhas mandaguari) para polinizar flores de cenoura e chuchu emUberlândia, Minas Gerais.Em certas espécies de Meliponíneos a atividade de vôo pode ser influenciada pelosfatores climáticos (Hilário & Imperatriz – Fonseca, 1998; Iwama, 1977 e Jesus & cols,1994).Abelhas Nannotrigona testaceicornis seguidas de Tetragonisca angustulaapresentam-se em predominância no campus da Faculdade de Ciências Agro ambientaisem comparação a outras espécies de abelhas nativas brasileiras.O objetivo de nosso trabalho foi realizar observações referentes a: flutuação diáriade vôo das abelhas nativas Nannotrigona testaceicornis, freqüência de coleta de pólen eretirada de resíduos pelas abelhas do interior de suas colméias e o horário de abertura efechamento do canudo de entrada das colméias.Material e MétodosA pesquisa foi realizada em um Meliponário no campus da Faculdade de CiênciasAgro Ambientais, localizado próximo a uma área urbanizada na cidade do Rio de Janeirono período de maio a agosto e de setembro a dezembro de 2002.Foram utilizadas 3 colônias de abelhas nativas brasileiras Nannotrigonatestaceicornis instaladas em colméias tipo SORBENKO e PNN (Paulo Nogueira – Neto),sobre cavaletes individuais a 80 cm do chão e distanciadas umas das outras cerca de 2 m.Para o estudo da atividade diária de vôo, realizou-se a contagem do numero deabelhas que entravam e saiam de suas colméias a cada hora do dia, durante o período de 5minutos para cada colméia, com início as 6,00 h e término as 18,00 h, 2 vezes ao mês,durante o período de maio a agosto de 2002 e de setembro a dezembro de 2002. Foram
  3. 3. registradas 384 observações durante o período de estudo. Também foram observadas eavaliadas a freqüência da coleta de pólen e da retirada de resíduos do interior das colméiasbem como o horário de abertura e fechamento do canudo de entrada das colméias.O dados foram analisados estatisticamente em relação ao numero médio de abelhasque entravam e saíam de suas colméias e a hora do dia representando o tempo, durantecada período de estudo.Resultados e DiscussãoObservou-se que a média de maior atividade diária de vôo das abelhas representadapelo numero de entradas e saídas em suas colméias correspondeu entre o horário de 11,00 ha 12,00 h durante o período de maio a agosto de 2002, após a realização da analise deregressão, X*i = 5,88 como mostra a tabela 1 . Já no período estudado de setembro adezembro do mesmo ano, a maior atividade de vôo foi logo após as 12,00 h quando asabelhas atingiram em média , o máximo de entradas e saídas nas colméias, X*i = 6,12tabela 2. Estes resultados foram diferentes dos encontrados por Jesus & cols (1994) quandoestudavam colônias de abelhas Scaptotrigona tibiba, pois eles verificaram que durante operíodo de outubro a dezembro de 1991, a maior atividade diária de vôo ocorreu entre6,00 h a 8,00 h e no período de janeiro a março de 1922 ocorreu entre 10,00 h a 14,00 h. Noentanto, Hilário & Imperatriz – Fonseca (1998) observaram maior atividade externa deabelhas Plebéia sp entre 11,00 h e 12,00 h durante o período de julho a outubro de 1994.Em dias chuvosos com temperaturas abaixo de 17º C não foi observado atividadede vôo das abelhas nas colméias estudadas. A umidade relativa influenciada pelas chuvaspode ter contribuído desfavoravelmente na atividade de vôo das abelhas , como foiobservado por Schihag & Abhol (1986) quando estudavam a atividade de vôo de Apisflorea e Hilário & Imperatriz – Fonseca (1998) quando estudavam a influencia de fatoresclimáticos na atividade de vôo de Plebéia sp.Foi observado também como as abelhas entravam e saíam de suas colméias.Muitas vezes elas saíam de suas colméias com bolas de resíduos presos em suasmandíbulas, em diversos horários durante todo o dia, sendo mais freqüente no período datarde, coincidindo com as citações de Hilário & Imperatriz – Fonseca (1998). Já as queentravam em suas colméias carregando pólen nas patas em diversos horários, foram vistascom maior freqüência no período da manhã.Em relação a abertura e fechamento do canudo de entrada das colméias, foiobservado que nos dias mais frios com temperaturas mais baixas as abelhas demoravam aabrir os canudos de entrada das colméias. Eles eram abertos pela manhã quando atemperatura começava a subir e quando aumentava a intensidade luminosa entre 6,30 h a7,00 h nos 2 períodos estudados. Já o fechamento ocorreu no final da tarde, entre 17,30 h a18,00 h no período de maio a agosto de 2002 e após as 18,00 h no período de setembro adezembro de 2002, quando diminuía a intensidade luminosa mesmo nos dias detemperaturas mais elevadas.
  4. 4. ConclusõesDurante o período de estudo de maio a agosto de 2002 as abelhas Nannotrigonatestaceicornis apresentaram maior atividade diária entre 11,00 h a 12,00 h e no período desetembro a dezembro foi logo após as 12,00 h.Fatores climáticos como temperatura, umidade relativa e intensidade luminosapodem ter influenciado na atividade de vôo das abelhas estudadas.A coleta de pólen e a retirada de resíduos das colméias ocorreram em diversoshorários durante o dia, porém a coleta de pólen apresentou maior freqüência no período damanhã, e a retirada de resíduos no período da tarde.O horário de abertura do canudo de entrada das colméias ocorreu entre 6,30 h a7,00 h nos 2 períodos estudados e o fechamento ocorreu entre 17,30 h a 18,00 h noperíodo de maio a agosto de 2002 e após as 18,00 h no período de setembro a dezembro de2002.Tabela 1 : Numero médio de abelhas Nannotrigona testaceicornis que entram e saem desuas colméias em cada 5 minutos de observações durante o período de maio a agosto de2002.Horário - tempo Maio Junho Julho Agosto Média do período6,00 (0) 0 0 0 0 07,00 (1) 3 2 0 0 1,258,00 (2) 23,5 29,3 12 18 20,659,00 (3) 65,6 79 40,3 56,3 60,3010,00 (4) 165,6 91,3 90,3 79,6 106,7011,00 (5) 136 100,6 111,3 105,3 113,3012,00 (6) 109,3 115,3 81 96,6 100,5513,00 (7) 104,6 92 38,3 70,3 76,3014,00 (8) 96 73,3 25 45,3 59,9015,00 (9) 71 46 22 25,6 41,1516,00 (10) 42 16,6 15 21 23,6517,00 (11) 27,3 6 7,6 8,3 12,3018,00 (12) 0 0 0 0 0( X*i = 5,88 )
  5. 5. Tabela 2 : Numero médio de abelhas Nannotrigona testaceicornis que entram e saem desuas colméias no período de setembro a dezembro de 2002.Horário - tempo Setembro Outubro Novembro Dezembro Média do período6,00 (0) 0 0 0 0 07,00 (1) 4 1 2,6 5 3,158,00 (2) 30 29,3 28,6 30,3 29,559,00 (3) 62,3 53,3 62 61 59,6510,00 (4) 78,3 58,3 72,3 80,6 72,3711,00 (5) 104 89,3 92,3 104,3 97,4712,00 (6) 99,3 106 121,6 133,3 115,0513,00 (7) 89 98,6 95,3 109,6 98,1214,00 (8) 70,6 89,3 83 93,6 84,1215,00 (9) 35 70,6 56,3 74,6 59,1216,00 (10) 27 30,6 25,3 36,6 29,8717,00 (11) 15,3 11,6 13 21,3 15,3018,00 (12) 5,3 4 8 12 7,32( X*i = 6,12 )Referências BibliograficasHILARIO, S. D. & IMPERATRIZ – FONSECA, V. L. 1998. A influencia dos fatoresclimáticos na atividade externa de Plebéia sp. Anais do 3º encontro sobre abelhas.Ribeirão Preto. SP. Pg. 246.IWAMA, S. 1977. Coleta de alimentos e qualidade do mel de Tetragonisca angustulaLatreille (Apidae , Meliponinae) .Dissertação de mestrado. Instituto de Biociências daUniversidade de São Paulo. 136 p.IWAMA, S, 1977. A influencia da fatores climáticos na atividade externa de Tetragoniscaangustula. Bolm. Zool. Universidade de São Paulo. V-2 : 189-201.JESUS, B. M. V. ; CASTRO, M. S. & SMITH, D. H. 1994. Influencia de fatores climáticosna atividade de vôo de Scaptotrigona tubiba Smith, 1983. (Hymenoptera, Apidae,Meliponinae) . Anais do 1º encontro sobre abelhas. Ribeirão Preto. SP. Pg. 289.KERR, W. E.; NASCIMENTO, V. A & CARVALHO, G. A.1994. Há salvação para osMeliponíneos? Anais do 1º encontro sobre abelhas. Ribeirão Preto . SP. : 60 – 65.SIHAG, R. C. & ABROL, D. P. 1986. Correlation and path-coefficient analysis ofenviroment factors influencing flight activity of Apis florea. J. Apic. Res. 25(4) : 202 –208.

×