SlideShare uma empresa Scribd logo
1 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
Exercícios com Gabarito de Biologia
Pteridófitas
1) (PUC - SP-2008) No ciclo de vida de uma samambaia
ocorre meiose na produção de esporos e mitose na produção
de gametas.
Suponha que a célula-mãe dos esporos, presente na geração
duradoura do ciclo de vida dessa planta, seja heterozigota
para dois pares de genes, AaBb, que se segregam
independentemente.
Considerando que um esporo formado pela planta apresenta
constituição genética AB e que a partir desse esporo se
completará o ciclo de vida, espera-se encontrar constituição
genética
a) ab nas células da geração esporofítica.
b) AB nas células da geração gametofítica.
c) ab em um anterozóide (gameta masculino).
d) AB em um zigoto.
e) ab em uma oosfera (gameta feminino).
2) (Vunesp-2008) Analisando os processos sexuados e
ciclos de vida das plantas, considere as informações
seguintes.
I. Fase gametofítica muito desenvolvida.
II. Fase esporofítica independente da planta haplóide.
III. Fase gametofítica muito reduzida.
IV. Fase esporofítica cresce sobre a planta haplóide.
V. Sementes não abrigadas.
Pode-se afirmar corretamente que
a) I e II ocorrem nas briófitas e pteridófitas.
b) III e V ocorrem nas angiospermas, mas não nas
pteridófitas.
c) IV ocorre apenas nas briófitas.
d) I e V ocorrem nas gimnospermas.
e) II ocorre nas briófitas, mas não nas angiospermas.
3) (UEMG-2008) Na história biológica das plantas, muitos
eventos ocorreram durante a seleção para a vida no
ambiente terrestre.
Sobre esta história, só é CORRETO afirmar que
a) o desenvolvimento de vasos condutores de seivas é
característica que surgiu nos ancestrais das pteridófitas.
b) as primeiras fanerógamas eram dotadas de frutos sem
sementes.
c) as gimnospermas foram selecionadas para diversidade de
agentes polinizadores.
d) as angiospermas constituíram as primeiras espermáfitas.
4) (FATEC-2008) Considere o seguinte esquema, que
representa subdivisões de grupos vegetais nos quais os
algarismos representam os critérios adotados para fazer a
classificação.
Os critérios presença de clorofila, presença de sementes e
presença de frutos estão representados, respectivamente,
pelos algarismos:
a) I, II e III.
b) III, V e IV.
c) II, IV e V.
d) III, I e V.
e) II, V e IV.
5) (Mack-2007) Em uma saída a campo, os alunos do curso
de Biologia fizeram uma coleta de vários representantes,
dos seguintes vegetais:
A - musgos
B - licopódios
C - samambaias
D - pinheiros
E - ciprestes
No laboratório, os alunos tiveram de classificar esses
vegetais pelas características avasculares, vasculares sem
sementes e vasculares com sementes. Assinale, no quadro
abaixo, a alternativa correta dessa classificação.
AVASCULARE
S
VASCULARE
S SEM
SEMENTES
VASCULARE
S COM
SEMENTES
a) A e B C e D E
b
)
A, B e C D E
c) A B e C D e E
d
)
A B C, D e E
e) A e B C D e E
6) (UFRJ-2005) Na conquista do meio terrestre pelos
vegetais, as adaptações referentes à reprodução foram
fundamentais. No contexto da propagação dos gametas,
indique se são as Angiospermas ou as Pteridófitas as que
apresentam menor dependência da água. Justifique sua
resposta.
7) (PUC - RS-2006) A construção de cidades altera as
condições ambientais de uma área natural, provocando a
substituição da comunidade biótica original por uma
comunidade composta por espécies nativas do local e
espécies exóticas (trazidas pelo homem de outras partes do
mundo). Nesta nova comunidade, as espécies exóticas
interagem com as espécies locais, podendo prejudicá-las,
beneficiá-las ou, mesmo, não afetá-las significativamente.
2 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
Os gatos domésticos, por exemplo, podem comer os ovos
de espécies de aves que nidifiquem no chão, ou próximo
dele, exterminandoas, assim, de áreas pequenas. Se a área
original fosse coberta por uma floresta, algumas de suas
plantas e animais nativos poderiam permanecer em parques,
enquanto outros desapareceriam. Outras plantas poderiam
ser utilizadas em projetos de paisagismo ou de arborização
das vias públicas. Contudo, as populações da maioria destas
espécies seriam menores e os seus indivíduos estariam mais
dispersos espacialmente. Conseqüentemente, os indivíduos
de uma dada espécie com população pequena poderiam
apresentar um maior grau de parentesco e, por serem mais
semelhantes, sua espécie poderia ter uma menor
probabilidade de adaptação frente a variações ambientais.
Neste novo contexto, no entanto, as interações entre as
espécies e entre elas e o meio abiótico continuariam
desempenhando um papel fundamental para a manutenção
da comunidade. A reprodução de determinadas espécies
vegetais, por exemplo, continuaria dependendo do serviço
prestado por animais polinizadores (como morcegos e
beija-flores) e dispersores de sementes (como sabiás e bem-
te-vis).
Dos vegetais citados abaixo, qual NÃO pode ter sua
reprodução beneficiada por aves e mamíferos frugívoros
segundo a descrição presente no texto?
a) Amoreiras.
b) Jacarandás.
c) Palmeiras.
d) Pitangueiras.
e) Samambaias.
8) (Fuvest-2003) Em seu livro Biology of Plants (Nova
York, W. H. Freeman and Company, 6ª edição,1999), P. H.
Raven, R. F. Evert e S. E. Eichhorn dizem: “As plantas,
como todos os organismos, tiveram ancestrais aquáticos. A
história evolutiva das plantas está intimamente ligada à
progressiva ocupação do ambiente de terra firme e à
crescente independência do meio aquático para a
reprodução.”
a) Compare as samambaias e os pinheiros quanto à
dependência do meio aquático para a reprodução.
b) Discorra sucintamente sobre uma aquisição evolutiva,
não ligada diretamente ao processo reprodutivo, que
permitiu às plantas atingir grande tamanho e contribuiu
decisivamente para seu sucesso na ocupação do ambiente
de terra firme.
9) (Vunesp-2003) “Cerca de 100 milhões de anos atrás o
número de espécies de plantas floríferas na Terra aumentou
explosivamente e os botânicos se referem a este evento
como a grande radiação… A fagulha que provocou esta
explosão foi a pétala. As pétalas multicoloridas criaram
muito mais diversidade no mundo vegetal. Em sua nova
indumentária estas plantas, antes despercebidas, se
ressaltaram na paisagem… A reprodução literalmente
decolou. Os dinossauros que se alimentavam de árvores
floríferas com pequenos frutos, samambaias, coníferas e
alguns tipos de musgos, foram os maiores espalha-brasas
que o mundo já viu. Involuntariamente abriram novos
terrenos para a dispersão das espécies vegetais e semearam
a terra com sementes expelidas por seu trato digestivo”.
(Adaptado de National Geographic, julho/2002).
a) Relacione a grande variedade de tipos de flores com a
promoção da diversidade genética das populações vegetais.
b) A que grupos pertencem os vegetais destacados no texto?
Dentre eles, qual ou quais produzem sementes?
10) (Mack-2008) Em uma saída a campo, os alunos do
curso de Biologia tiveram, como tarefa, demarcar uma área
de 100m2
, próxima a uma mata, e determinar as densidades
demográficas dos vários grupos vegetais e animais
encontrados nessa área. Os organismos encontrados e suas
quantidades estão relacinados abaixo.
Musgos — 20 indivíduos (mesma espécie)
Samambaias — 6 indivíduos (mesma espécie)
Pinheiros — 4 indivíduos (mesma espécie)
Tatuzinhos-de-jardim — 2 indivíduos (mesma espécie)
Minhocas — 2 indivíduos (mesma espécie)
Ácaros — 3 indivíduos (mesma espécie)
Nessa área, as densidades demográficas das plantas
criptógamas, das plantas fanerógamas e dos artrópodes são,
respectivamente,
a) 0,26; 0,04 e 0,05.
b) 0,10; 0,04 e 0,05.
c) 0,26; 0,04 e 0,03.
d) 0,10; 0,04 e 0,02.
e) 0,04; 0,26 e 0,05.
11) (UFPR-2006) O esquema abaixo representa o ciclo
reprodutivo de uma pteridófita (samambaia).
Nesse ciclo reprodutivo, a meiose ocorre
a) no esporófito, para a formação dos esporos.
b) no gametófito, para a formação de gametas.
c) logo após a fecundação.
d) durante o desenvolvimento do zigoto.
e) durante a germinação dos esporos.
12) (Mack-2003) No quadro abaixo estão enumeradas
algumas características que podem ou não estar presentes
nos vários grupos de vegetais. Estão corretas apenas:
Características Briófitas Pteridófitas
I. Meiose gamética Sim Sim
3 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
II. Fase gametofítica
predominante
Sim Não
III. Presença de tecidos
condutores
Não Sim
IV. Necessidade de água para
reprodução
Sim Não
a) I e II.
b) II e III.
c) I e III.
d) III e IV.
e) II e IV.
.
13) (UFSCar-2002) Com relação ao ciclo reprodutivo das
briófitas e pteridófitas, pode-se dizer que, em ambas,
a) os esporófitos são haplóides.
b) a fase predominante é a diplóide.
c) os gametófitos são fotossintetizantes e diplóides.
d) é necessária água do meio para ocorrer a fecundação.
e) os esporos ficam agrupados em estruturas especiais na
face inferior das folhas.
14) (UFSCar-2003) Qual das alternativas apresenta,
corretamente, uma distinção entre pteridófitas e
gimnospermas?
Características Pteridófitas Gimnospermas
a) Meiose Apresentam Não
Apresentam
b) Semente Não
Apresentam
Apresentam
c) Xilema e floema Não
Apresentam
Apresentam
d) Dominância da geração
diplóide
Não
Apresentam
Apresentam
e) Alteração de gerações
haplóides e diplóides
Apresentam Não
Apresentam
15) (UniFor-2000) O esquema abaixo representa o ciclo de
vida simplificado de uma pteridófita.
O esporófito, o gametófito e a meiose correspondem,
respectivamente, aos números
a) I, IV e II
b) I, IV e V
c) IV, I e II
d) IV, I e III
e) IV, I e V
16) (Mack-2007) Comparando-se os ciclos reprodutivos das
criptógamas (Briófitas e Pteridófitas) com os das
fanerógamas (Gimnospermas e Angiospermas), destacamos
a seguinte diferença:
a) ciclo de vida alternante.
b) meiose gamética.
c) independência da água para a reprodução.
d) predominância da geração gametofítica sobre a
esporofítica.
e) geração esporofítica diplóide.
17) (FUVEST-2008) A presença ou a ausência da estrutura da
planta em uma gramínea, um pinheiro e uma samambaia
está corretamente indicada em:
Estrutura Gramínea Pinheiro Samambaia
a) Flor ausente presente ausente
b) Fruto ausente ausente ausente
c) Caule ausente presente presente
d) Raiz presente presente ausente
e) Semente presente presente ausente
18) (PUC - PR-2007) Entre as Briófitas, Pteridófitas,
Gimnospermas e Angiospermas, a geração dominante é,
respectivamente:
a) gametofítica, esporofítica, esporofítica, esporofítica.
b) esporofítica, gametofítica, esporofítica, gametofítica.
c) gametofítica, esporofítica, gametofítica, esporofítica.
d) esporofítica, esporofítica, esporofítica, gametofítica.
e) gametofítica, gametofítica, gametofítica, esporofítica.
19) (PUC - SP-2006) A partir da germinação de um esporo
de samambaia
a) origina-se a geração diplóide de seu ciclo de vida.
b) origina-se a geração duradoura de seu ciclo de vida.
c) ocorre uma divisão meiótica.
ESPOROS
GAMETASZIGOTO
I II
V IV
III
4 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
d) ocorre imediatamente a fecundação.
e) origina-se a geração haplóide de seu ciclo de vida.
20) (Fuvest-2005) A figura mostra a face inferior de uma
folha onde se observam estruturas reprodutivas.
A que grupo de plantas pertence essa folha e o que é
produzido em suas estruturas reprodutivas?
a) Angiosperma; grão de pólen.
b) Briófita; esporo.
c) Briófita; grão de pólen.
d) Pteridófita; esporo.
e) Pteridófita; grão de pólen.
21) (UFSCar-2004) Muitas das características que surgiram
ao longo da história evolutiva das plantas permitiram a
conquista do ambiente terrestre. Considere os musgos e as
samambaias e
a) cite uma característica compartilhada por esses dois
grupos que torna essas plantas dependentes da água para
fertilização.
b) compare os dois grupos com relação à presença de um
sistema vascular para transporte de água e nutrientes.
22) (Mack-2003) O prótalo de uma samambaia representa:
a) o gametófito feminino.
b) o gametófito masculino.
c) o gametófito hermafrodita.
d) a fase diplóide do ciclo de vida.
e) a fase mais desenvolvida do ciclo de vida.
23) (UECE-2001) Constituem exemplos de vegetais
intermediários e foram as primeiras plantas a conquistar
realmente o ambiente terrestre os(as):
a) pinheiros
b) musgos
c) samambaias
d) cactáceas
24) (Mack-1998)
Quanto às etapas do ciclo de vida de um musgo e de uma
samambaia, representadas acima, é correto afirmar que:
a) 1 e 3 representam a fase gametofítica.
b) Em 2 são produzidos somente gametas masculinos.
c) 2 e 3 são fases haplóides.
d) A meiose ocorre em 1 e 3.
e) A meiose ocorre em 2 e 3.
25) (Vunesp-1996) O xaxim é um produto muito usado na
fabricação de vasos e suportes para plantas. A sua
utilização:
a) aumenta o risco de extinção de certas samambaias, a
partir das quais é produzido.
b) não acarreta nenhum impacto ambiental, pois é
produzido a partir da compactação de folhas de certas
palmeiras.
c) aumenta o risco de extinção de certas gramíneas, a partir
das quais é produzido.
d) não acarreta nenhum impacto ambiental, pois é
produzido a partir de raízes de plantas aquáticas secas.
e) provoca a extinção de certas palmeiras, a partir das quais
é produzido.
26) (PUC-RS-1999) No reino vegetal o aparecimento dos
vasos lenhosos é assinalado pela primeira vez entre
a) angiospermas.
b) musgos.
c) gimnospermas.
d) hepáticas.
e) pteridófitas.
27) (Fuvest-1998)
O esquema representa o ciclo de vida da samambaia. A
letra A representa a célula haplóide que faz a transição da
fase esporofítica para a fase gametofítica; a letra B
representa a célula diplóide que faz a transição da fase
gametofítica para a fase esporofítica.
a) Descreva resumidamente a aparência das plantas que
representam a fase esporofítica e a fase gametofítica.
b) Quais são os nomes das células representadas pelas letras
A e B?
5 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
GABARITO
1) Alternativa: B
2) Alternativa: C
3) Alternativa: A
4) Alternativa: C
5) Alternativa: C
6) As angiospermas. As células sexuais das pteridófitas
(anterozóides) são liberadas na água. Nas angiospermas o
grão de pólen não requer a presença de água para sua
dispersão.
7) Alternativa: E
8) a) As samambaias produzem anterozóides (gametas
masculinos), células flageladas, livre-natantes, que
necessitam de meio líquido para encontrar as oosferas
(gametas femininos). Nos pinheiros, o encontro das células
(gametas) masculina e feminina é facilitado pela presença e
crescimento do tubo polínico (sifonogamia).
b) Uma importante aquisição evolutiva não ligada ao
processo reprodutivo é a presença de vasos condutores de
seiva (bruta: água e sais, elaborada: matéria orgânica).
A presença de vasos, tanto para a distribuição de água e
sais, como para a distribuição de matéria orgânica
produzida pela fotossíntese, permitiu às plantas atingir
grande tamanho e contribuiu decisivamente para a
ocupação do ambiente terrestre.
9) a) Flores com pétalas coloridas atraem grande
diversidade de agentes polinizadores, principalmente
insetos. Isso favoreceu a reprodução das plantas floríferas,
o que permitiu o surgimento de uma grande variabilidade
nesse grupo.
b) Árvores floríferas com pequenos frutos = Angiospermas
(plantas com sementes)
Samambaias = Pteridófitas (plantas sem sementes)
Coníferas = Gimnospermas (plantas com sementes e sem
frutos)
Musgos = Briófitas (plantas sem sementes)
10) Alternativa: A
11) Alternativa: A
12) Alternativa: B
Em Briófitas e Pteridófitas, a meiose é espórica ou
intermediária. Em ambos os grupos, a água é necessária
para a reprodução.
13) Alternativa: D
14) Alternativa: B
15) Alternativa: A
16) Alternativa: C
17) Alternativa: E
Pinheiros (Gimnospermas) e gramíneas (Angiospermas) são
espermáfitas, portanto apresentam sementes, já as
samambaias (Pteridófitas) não apresentam sementes.
18) Alternativa: A
19) Alternativa: E
20) Alternativa: D
A folha representada na figura é de samambaia, vegetal que
pertence ao grupo das Pteridófitas. Os pontos escuros
existentes na folha são os soros, no interior dos quais
existem esporângios, estruturas que fabricam esporos por
meiose.
21) a) Musgos e samambaias apresentam gametas
masculinos flagelados (anterozóides), que dependem da
água para se locomover até o gameta feminino (oosfera) e
fecundá-lo.
b) Os musgos não possuem tecidos condutores para
conduzir água e nutrientes, como ocorre nas samambaias;
por isso, seu transporte é mais lento e ocorre por difusão
entre as células.
22) Alternativa: C
23) Alternativa: C
24) Alternativa: C
25) Alternativa: A
26) Alternativa: E
27) Resposta:
a) A fase esporofítica, vascular, é a planta completa, com
raiz, caule e folhas. O caule, em geral, é subterrâneo
(rizoma). As folhas costumam ser compostas, com folíolos
que, quando férteis, apresentam soros em sua face ventral.
A fase gametofítica, ou protalo, é uma pequena lâmina
verde, avascular, com rizóides e portadora de órgãos
produtores de gametas (arquegônios e anterídios).
b) A célula A é o esporo; a célula B é o zigoto.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ciclos de vida - exercicios
Ciclos de vida - exerciciosCiclos de vida - exercicios
Ciclos de vida - exercicios
emanuelcarvalhal765
 
EXERCÍCIOS - REPRODUÇÃO VEGETAL
EXERCÍCIOS - REPRODUÇÃO VEGETALEXERCÍCIOS - REPRODUÇÃO VEGETAL
EXERCÍCIOS - REPRODUÇÃO VEGETAL
Alexandre Pusaudse
 
ciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exerciciosciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exercicios
emanuelcarvalhal765
 
2S_Monera Protoctista e Fungi_ lista com respostas
2S_Monera Protoctista  e Fungi_ lista com respostas2S_Monera Protoctista  e Fungi_ lista com respostas
2S_Monera Protoctista e Fungi_ lista com respostas
Ionara Urrutia Moura
 
Teste 2 versão ii
Teste 2 versão iiTeste 2 versão ii
Teste 2 versão ii
joseeira
 
Ficha trabalho2 11
Ficha trabalho2 11Ficha trabalho2 11
Ficha trabalho2 11
Magda Charrua
 
Bg 11 ciclos de vida - aurelia aurita
Bg 11   ciclos de vida - aurelia auritaBg 11   ciclos de vida - aurelia aurita
Bg 11 ciclos de vida - aurelia aurita
Nuno Correia
 
FT 4 - CICLOS DE VIDA
FT 4 - CICLOS DE VIDAFT 4 - CICLOS DE VIDA
FT 4 - CICLOS DE VIDA
sandranascimento
 
Teste plantas 6ano
Teste plantas 6anoTeste plantas 6ano
Teste plantas 6ano
marcommendes
 
Ciclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercíciosCiclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercícios
Ana Castro
 
Preparação para o teste intermédio (11º)
Preparação para o teste intermédio (11º)Preparação para o teste intermédio (11º)
Preparação para o teste intermédio (11º)
Nuno Correia
 
Biologia 11 preparação para exame 2
Biologia 11   preparação para exame 2Biologia 11   preparação para exame 2
Biologia 11 preparação para exame 2
Nuno Correia
 
Ficha avaliação 2 11c
Ficha avaliação  2  11cFicha avaliação  2  11c
Ficha avaliação 2 11c
Estela Costa
 
Exercicios angiospermas
Exercicios angiospermasExercicios angiospermas
Exercicios angiospermas
Grupo UNIASSELVI
 
ciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exerciciosciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exercicios
emanuelcarvalhal765
 
Botanica
BotanicaBotanica
Botanica
Fabio Dias
 
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Nuno Correia
 
Bg 11 ciclos de vida - gave
Bg 11   ciclos de vida - gaveBg 11   ciclos de vida - gave
Bg 11 ciclos de vida - gave
Nuno Correia
 
Teste diagnóstico 11_a
Teste diagnóstico 11_aTeste diagnóstico 11_a
Teste diagnóstico 11_a
Carina Rocha
 
Biologia 11 exercícios
Biologia 11   exercíciosBiologia 11   exercícios
Biologia 11 exercícios
Nuno Correia
 

Mais procurados (20)

Ciclos de vida - exercicios
Ciclos de vida - exerciciosCiclos de vida - exercicios
Ciclos de vida - exercicios
 
EXERCÍCIOS - REPRODUÇÃO VEGETAL
EXERCÍCIOS - REPRODUÇÃO VEGETALEXERCÍCIOS - REPRODUÇÃO VEGETAL
EXERCÍCIOS - REPRODUÇÃO VEGETAL
 
ciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exerciciosciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exercicios
 
2S_Monera Protoctista e Fungi_ lista com respostas
2S_Monera Protoctista  e Fungi_ lista com respostas2S_Monera Protoctista  e Fungi_ lista com respostas
2S_Monera Protoctista e Fungi_ lista com respostas
 
Teste 2 versão ii
Teste 2 versão iiTeste 2 versão ii
Teste 2 versão ii
 
Ficha trabalho2 11
Ficha trabalho2 11Ficha trabalho2 11
Ficha trabalho2 11
 
Bg 11 ciclos de vida - aurelia aurita
Bg 11   ciclos de vida - aurelia auritaBg 11   ciclos de vida - aurelia aurita
Bg 11 ciclos de vida - aurelia aurita
 
FT 4 - CICLOS DE VIDA
FT 4 - CICLOS DE VIDAFT 4 - CICLOS DE VIDA
FT 4 - CICLOS DE VIDA
 
Teste plantas 6ano
Teste plantas 6anoTeste plantas 6ano
Teste plantas 6ano
 
Ciclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercíciosCiclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercícios
 
Preparação para o teste intermédio (11º)
Preparação para o teste intermédio (11º)Preparação para o teste intermédio (11º)
Preparação para o teste intermédio (11º)
 
Biologia 11 preparação para exame 2
Biologia 11   preparação para exame 2Biologia 11   preparação para exame 2
Biologia 11 preparação para exame 2
 
Ficha avaliação 2 11c
Ficha avaliação  2  11cFicha avaliação  2  11c
Ficha avaliação 2 11c
 
Exercicios angiospermas
Exercicios angiospermasExercicios angiospermas
Exercicios angiospermas
 
ciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exerciciosciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exercicios
 
Botanica
BotanicaBotanica
Botanica
 
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
 
Bg 11 ciclos de vida - gave
Bg 11   ciclos de vida - gaveBg 11   ciclos de vida - gave
Bg 11 ciclos de vida - gave
 
Teste diagnóstico 11_a
Teste diagnóstico 11_aTeste diagnóstico 11_a
Teste diagnóstico 11_a
 
Biologia 11 exercícios
Biologia 11   exercíciosBiologia 11   exercícios
Biologia 11 exercícios
 

Semelhante a Exercicios biologia pteridófitas

Grandes grupos-vegetais Exercícios
Grandes grupos-vegetais ExercíciosGrandes grupos-vegetais Exercícios
Grandes grupos-vegetais Exercícios
BriefCase
 
Lista de exercícios 1 - BIO 2º ano 2º bim 2017
Lista de exercícios 1 - BIO 2º ano 2º bim 2017Lista de exercícios 1 - BIO 2º ano 2º bim 2017
Lista de exercícios 1 - BIO 2º ano 2º bim 2017
James Martins
 
Lista de exercícios - Bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014...
Lista de exercícios  - Bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014...Lista de exercícios  - Bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014...
Lista de exercícios - Bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014...
James Martins
 
2° simulado 2014
2° simulado 20142° simulado 2014
2° simulado 2014
Wender Gomes
 
Exerciciosgimnosp.e.angiosfaceis
Exerciciosgimnosp.e.angiosfaceisExerciciosgimnosp.e.angiosfaceis
Exerciciosgimnosp.e.angiosfaceis
Michelle Miranda
 
Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014
Lista de exercícios  - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014Lista de exercícios  - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014
Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014
James Martins
 
Quizz da Botânica - Características Gerais das Plantas
Quizz da Botânica - Características Gerais das PlantasQuizz da Botânica - Características Gerais das Plantas
Quizz da Botânica - Características Gerais das Plantas
Colégio Estadual Padre Fernando Gomes de Melo
 
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
Lina Magalhaes
 
Relacoes ecologicas-exercicios
Relacoes ecologicas-exerciciosRelacoes ecologicas-exercicios
Relacoes ecologicas-exercicios
Rafaella Carvalho
 
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagnerLista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
James Martins
 
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_b
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_bPrv respondida 3mec nov_2011_turma_b
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_b
Ionara Urrutia Moura
 
Exercicios de Revisão - Briofitas e pteridofitas - 3º ano
Exercicios de Revisão - Briofitas e pteridofitas - 3º anoExercicios de Revisão - Briofitas e pteridofitas - 3º ano
Exercicios de Revisão - Briofitas e pteridofitas - 3º ano
Rosana Gouveia
 
Lista de-exercícios-1-bio-frente-1-e-2-1º-bim-profs-james-e-mariana-2015-com ...
Lista de-exercícios-1-bio-frente-1-e-2-1º-bim-profs-james-e-mariana-2015-com ...Lista de-exercícios-1-bio-frente-1-e-2-1º-bim-profs-james-e-mariana-2015-com ...
Lista de-exercícios-1-bio-frente-1-e-2-1º-bim-profs-james-e-mariana-2015-com ...
James Martins
 
Briofitas
BriofitasBriofitas
Briofitas
URCA
 
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisicaQuestoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
Atividades Diversas Cláudia
 
Lista de exercícios bio 2º ano - 1º bim 2017 - prof.james martins
Lista de exercícios bio 2º ano  - 1º bim 2017 - prof.james martinsLista de exercícios bio 2º ano  - 1º bim 2017 - prof.james martins
Lista de exercícios bio 2º ano - 1º bim 2017 - prof.james martins
James Martins
 
reino plantae conceito, briofitas e pteridofitas.pdf
reino plantae conceito, briofitas e pteridofitas.pdfreino plantae conceito, briofitas e pteridofitas.pdf
reino plantae conceito, briofitas e pteridofitas.pdf
antoniojosdaschagas
 
Teste relações ecológicas
Teste relações ecológicasTeste relações ecológicas
Teste relações ecológicas
Cimá Ferreira
 
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
James Martins
 
Lista de exercícios bio 2º ano - 1º bim 2017 - prof.james martins com gabarito
Lista de exercícios bio 2º ano  - 1º bim 2017 - prof.james martins com gabaritoLista de exercícios bio 2º ano  - 1º bim 2017 - prof.james martins com gabarito
Lista de exercícios bio 2º ano - 1º bim 2017 - prof.james martins com gabarito
James Martins
 

Semelhante a Exercicios biologia pteridófitas (20)

Grandes grupos-vegetais Exercícios
Grandes grupos-vegetais ExercíciosGrandes grupos-vegetais Exercícios
Grandes grupos-vegetais Exercícios
 
Lista de exercícios 1 - BIO 2º ano 2º bim 2017
Lista de exercícios 1 - BIO 2º ano 2º bim 2017Lista de exercícios 1 - BIO 2º ano 2º bim 2017
Lista de exercícios 1 - BIO 2º ano 2º bim 2017
 
Lista de exercícios - Bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014...
Lista de exercícios  - Bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014...Lista de exercícios  - Bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014...
Lista de exercícios - Bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014...
 
2° simulado 2014
2° simulado 20142° simulado 2014
2° simulado 2014
 
Exerciciosgimnosp.e.angiosfaceis
Exerciciosgimnosp.e.angiosfaceisExerciciosgimnosp.e.angiosfaceis
Exerciciosgimnosp.e.angiosfaceis
 
Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014
Lista de exercícios  - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014Lista de exercícios  - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014
Lista de exercícios - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e marcelo 2014
 
Quizz da Botânica - Características Gerais das Plantas
Quizz da Botânica - Características Gerais das PlantasQuizz da Botânica - Características Gerais das Plantas
Quizz da Botânica - Características Gerais das Plantas
 
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
38347187 relacoes-ecologicas-exercicios
 
Relacoes ecologicas-exercicios
Relacoes ecologicas-exerciciosRelacoes ecologicas-exercicios
Relacoes ecologicas-exercicios
 
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagnerLista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
Lista de exercícios -Biologia frente 1 e 2 - 1º bim - profo james e vagner
 
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_b
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_bPrv respondida 3mec nov_2011_turma_b
Prv respondida 3mec nov_2011_turma_b
 
Exercicios de Revisão - Briofitas e pteridofitas - 3º ano
Exercicios de Revisão - Briofitas e pteridofitas - 3º anoExercicios de Revisão - Briofitas e pteridofitas - 3º ano
Exercicios de Revisão - Briofitas e pteridofitas - 3º ano
 
Lista de-exercícios-1-bio-frente-1-e-2-1º-bim-profs-james-e-mariana-2015-com ...
Lista de-exercícios-1-bio-frente-1-e-2-1º-bim-profs-james-e-mariana-2015-com ...Lista de-exercícios-1-bio-frente-1-e-2-1º-bim-profs-james-e-mariana-2015-com ...
Lista de-exercícios-1-bio-frente-1-e-2-1º-bim-profs-james-e-mariana-2015-com ...
 
Briofitas
BriofitasBriofitas
Briofitas
 
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisicaQuestoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
Questoes de ciencias e introduçao a quimica e fisica
 
Lista de exercícios bio 2º ano - 1º bim 2017 - prof.james martins
Lista de exercícios bio 2º ano  - 1º bim 2017 - prof.james martinsLista de exercícios bio 2º ano  - 1º bim 2017 - prof.james martins
Lista de exercícios bio 2º ano - 1º bim 2017 - prof.james martins
 
reino plantae conceito, briofitas e pteridofitas.pdf
reino plantae conceito, briofitas e pteridofitas.pdfreino plantae conceito, briofitas e pteridofitas.pdf
reino plantae conceito, briofitas e pteridofitas.pdf
 
Teste relações ecológicas
Teste relações ecológicasTeste relações ecológicas
Teste relações ecológicas
 
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
Lista de exercícios 2 - bio frente 1 e 2 - 1º bim - profs james e mariana 201...
 
Lista de exercícios bio 2º ano - 1º bim 2017 - prof.james martins com gabarito
Lista de exercícios bio 2º ano  - 1º bim 2017 - prof.james martins com gabaritoLista de exercícios bio 2º ano  - 1º bim 2017 - prof.james martins com gabarito
Lista de exercícios bio 2º ano - 1º bim 2017 - prof.james martins com gabarito
 

Mais de Grupo UNIASSELVI

Lipídios
LipídiosLipídios
Lipídios
Grupo UNIASSELVI
 
Carboidratos
CarboidratosCarboidratos
Carboidratos
Grupo UNIASSELVI
 
Codominancia
CodominanciaCodominancia
Codominancia
Grupo UNIASSELVI
 
Cordados
CordadosCordados
Aula1 mitose e meiose
Aula1   mitose e meioseAula1   mitose e meiose
Aula1 mitose e meiose
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 8 artropodes
Aula 8 artropodesAula 8 artropodes
Aula 8 artropodes
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 7 anelideos
Aula 7 anelideosAula 7 anelideos
Aula 7 anelideos
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 6 nematelmintes
Aula 6 nematelmintesAula 6 nematelmintes
Aula 6 nematelmintes
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 5 platelmintes
Aula 5 platelmintesAula 5 platelmintes
Aula 5 platelmintes
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 4 moluscos
Aula 4 moluscosAula 4 moluscos
Aula 4 moluscos
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 3 cnidarios
Aula 3 cnidariosAula 3 cnidarios
Aula 3 cnidarios
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 2 poriferos
Aula 2 poriferosAula 2 poriferos
Aula 2 poriferos
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
Aula 1   caracteristicas gerais dos animaisAula 1   caracteristicas gerais dos animais
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 10 angiospermas.pptx
Aula 10   angiospermas.pptxAula 10   angiospermas.pptx
Aula 10 angiospermas.pptx
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 9 gimnospermas
Aula 9   gimnospermasAula 9   gimnospermas
Aula 9 gimnospermas
Grupo UNIASSELVI
 
Organelas citoplasmáticas
Organelas citoplasmáticasOrganelas citoplasmáticas
Organelas citoplasmáticas
Grupo UNIASSELVI
 
Aula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitasAula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitas
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 4 ciclos biogeoquímicos i
Aula 4   ciclos biogeoquímicos iAula 4   ciclos biogeoquímicos i
Aula 4 ciclos biogeoquímicos i
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 3 cadeia, teia e piramedes
Aula 3   cadeia, teia e piramedesAula 3   cadeia, teia e piramedes
Aula 3 cadeia, teia e piramedes
Grupo UNIASSELVI
 
Aula 2 fluxo de energia
Aula 2   fluxo de energiaAula 2   fluxo de energia
Aula 2 fluxo de energia
Grupo UNIASSELVI
 

Mais de Grupo UNIASSELVI (20)

Lipídios
LipídiosLipídios
Lipídios
 
Carboidratos
CarboidratosCarboidratos
Carboidratos
 
Codominancia
CodominanciaCodominancia
Codominancia
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
Aula1 mitose e meiose
Aula1   mitose e meioseAula1   mitose e meiose
Aula1 mitose e meiose
 
Aula 8 artropodes
Aula 8 artropodesAula 8 artropodes
Aula 8 artropodes
 
Aula 7 anelideos
Aula 7 anelideosAula 7 anelideos
Aula 7 anelideos
 
Aula 6 nematelmintes
Aula 6 nematelmintesAula 6 nematelmintes
Aula 6 nematelmintes
 
Aula 5 platelmintes
Aula 5 platelmintesAula 5 platelmintes
Aula 5 platelmintes
 
Aula 4 moluscos
Aula 4 moluscosAula 4 moluscos
Aula 4 moluscos
 
Aula 3 cnidarios
Aula 3 cnidariosAula 3 cnidarios
Aula 3 cnidarios
 
Aula 2 poriferos
Aula 2 poriferosAula 2 poriferos
Aula 2 poriferos
 
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
Aula 1   caracteristicas gerais dos animaisAula 1   caracteristicas gerais dos animais
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
 
Aula 10 angiospermas.pptx
Aula 10   angiospermas.pptxAula 10   angiospermas.pptx
Aula 10 angiospermas.pptx
 
Aula 9 gimnospermas
Aula 9   gimnospermasAula 9   gimnospermas
Aula 9 gimnospermas
 
Organelas citoplasmáticas
Organelas citoplasmáticasOrganelas citoplasmáticas
Organelas citoplasmáticas
 
Aula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitasAula briofitas e pteridófitas
Aula briofitas e pteridófitas
 
Aula 4 ciclos biogeoquímicos i
Aula 4   ciclos biogeoquímicos iAula 4   ciclos biogeoquímicos i
Aula 4 ciclos biogeoquímicos i
 
Aula 3 cadeia, teia e piramedes
Aula 3   cadeia, teia e piramedesAula 3   cadeia, teia e piramedes
Aula 3 cadeia, teia e piramedes
 
Aula 2 fluxo de energia
Aula 2   fluxo de energiaAula 2   fluxo de energia
Aula 2 fluxo de energia
 

Exercicios biologia pteridófitas

  • 1. 1 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br Exercícios com Gabarito de Biologia Pteridófitas 1) (PUC - SP-2008) No ciclo de vida de uma samambaia ocorre meiose na produção de esporos e mitose na produção de gametas. Suponha que a célula-mãe dos esporos, presente na geração duradoura do ciclo de vida dessa planta, seja heterozigota para dois pares de genes, AaBb, que se segregam independentemente. Considerando que um esporo formado pela planta apresenta constituição genética AB e que a partir desse esporo se completará o ciclo de vida, espera-se encontrar constituição genética a) ab nas células da geração esporofítica. b) AB nas células da geração gametofítica. c) ab em um anterozóide (gameta masculino). d) AB em um zigoto. e) ab em uma oosfera (gameta feminino). 2) (Vunesp-2008) Analisando os processos sexuados e ciclos de vida das plantas, considere as informações seguintes. I. Fase gametofítica muito desenvolvida. II. Fase esporofítica independente da planta haplóide. III. Fase gametofítica muito reduzida. IV. Fase esporofítica cresce sobre a planta haplóide. V. Sementes não abrigadas. Pode-se afirmar corretamente que a) I e II ocorrem nas briófitas e pteridófitas. b) III e V ocorrem nas angiospermas, mas não nas pteridófitas. c) IV ocorre apenas nas briófitas. d) I e V ocorrem nas gimnospermas. e) II ocorre nas briófitas, mas não nas angiospermas. 3) (UEMG-2008) Na história biológica das plantas, muitos eventos ocorreram durante a seleção para a vida no ambiente terrestre. Sobre esta história, só é CORRETO afirmar que a) o desenvolvimento de vasos condutores de seivas é característica que surgiu nos ancestrais das pteridófitas. b) as primeiras fanerógamas eram dotadas de frutos sem sementes. c) as gimnospermas foram selecionadas para diversidade de agentes polinizadores. d) as angiospermas constituíram as primeiras espermáfitas. 4) (FATEC-2008) Considere o seguinte esquema, que representa subdivisões de grupos vegetais nos quais os algarismos representam os critérios adotados para fazer a classificação. Os critérios presença de clorofila, presença de sementes e presença de frutos estão representados, respectivamente, pelos algarismos: a) I, II e III. b) III, V e IV. c) II, IV e V. d) III, I e V. e) II, V e IV. 5) (Mack-2007) Em uma saída a campo, os alunos do curso de Biologia fizeram uma coleta de vários representantes, dos seguintes vegetais: A - musgos B - licopódios C - samambaias D - pinheiros E - ciprestes No laboratório, os alunos tiveram de classificar esses vegetais pelas características avasculares, vasculares sem sementes e vasculares com sementes. Assinale, no quadro abaixo, a alternativa correta dessa classificação. AVASCULARE S VASCULARE S SEM SEMENTES VASCULARE S COM SEMENTES a) A e B C e D E b ) A, B e C D E c) A B e C D e E d ) A B C, D e E e) A e B C D e E 6) (UFRJ-2005) Na conquista do meio terrestre pelos vegetais, as adaptações referentes à reprodução foram fundamentais. No contexto da propagação dos gametas, indique se são as Angiospermas ou as Pteridófitas as que apresentam menor dependência da água. Justifique sua resposta. 7) (PUC - RS-2006) A construção de cidades altera as condições ambientais de uma área natural, provocando a substituição da comunidade biótica original por uma comunidade composta por espécies nativas do local e espécies exóticas (trazidas pelo homem de outras partes do mundo). Nesta nova comunidade, as espécies exóticas interagem com as espécies locais, podendo prejudicá-las, beneficiá-las ou, mesmo, não afetá-las significativamente.
  • 2. 2 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br Os gatos domésticos, por exemplo, podem comer os ovos de espécies de aves que nidifiquem no chão, ou próximo dele, exterminandoas, assim, de áreas pequenas. Se a área original fosse coberta por uma floresta, algumas de suas plantas e animais nativos poderiam permanecer em parques, enquanto outros desapareceriam. Outras plantas poderiam ser utilizadas em projetos de paisagismo ou de arborização das vias públicas. Contudo, as populações da maioria destas espécies seriam menores e os seus indivíduos estariam mais dispersos espacialmente. Conseqüentemente, os indivíduos de uma dada espécie com população pequena poderiam apresentar um maior grau de parentesco e, por serem mais semelhantes, sua espécie poderia ter uma menor probabilidade de adaptação frente a variações ambientais. Neste novo contexto, no entanto, as interações entre as espécies e entre elas e o meio abiótico continuariam desempenhando um papel fundamental para a manutenção da comunidade. A reprodução de determinadas espécies vegetais, por exemplo, continuaria dependendo do serviço prestado por animais polinizadores (como morcegos e beija-flores) e dispersores de sementes (como sabiás e bem- te-vis). Dos vegetais citados abaixo, qual NÃO pode ter sua reprodução beneficiada por aves e mamíferos frugívoros segundo a descrição presente no texto? a) Amoreiras. b) Jacarandás. c) Palmeiras. d) Pitangueiras. e) Samambaias. 8) (Fuvest-2003) Em seu livro Biology of Plants (Nova York, W. H. Freeman and Company, 6ª edição,1999), P. H. Raven, R. F. Evert e S. E. Eichhorn dizem: “As plantas, como todos os organismos, tiveram ancestrais aquáticos. A história evolutiva das plantas está intimamente ligada à progressiva ocupação do ambiente de terra firme e à crescente independência do meio aquático para a reprodução.” a) Compare as samambaias e os pinheiros quanto à dependência do meio aquático para a reprodução. b) Discorra sucintamente sobre uma aquisição evolutiva, não ligada diretamente ao processo reprodutivo, que permitiu às plantas atingir grande tamanho e contribuiu decisivamente para seu sucesso na ocupação do ambiente de terra firme. 9) (Vunesp-2003) “Cerca de 100 milhões de anos atrás o número de espécies de plantas floríferas na Terra aumentou explosivamente e os botânicos se referem a este evento como a grande radiação… A fagulha que provocou esta explosão foi a pétala. As pétalas multicoloridas criaram muito mais diversidade no mundo vegetal. Em sua nova indumentária estas plantas, antes despercebidas, se ressaltaram na paisagem… A reprodução literalmente decolou. Os dinossauros que se alimentavam de árvores floríferas com pequenos frutos, samambaias, coníferas e alguns tipos de musgos, foram os maiores espalha-brasas que o mundo já viu. Involuntariamente abriram novos terrenos para a dispersão das espécies vegetais e semearam a terra com sementes expelidas por seu trato digestivo”. (Adaptado de National Geographic, julho/2002). a) Relacione a grande variedade de tipos de flores com a promoção da diversidade genética das populações vegetais. b) A que grupos pertencem os vegetais destacados no texto? Dentre eles, qual ou quais produzem sementes? 10) (Mack-2008) Em uma saída a campo, os alunos do curso de Biologia tiveram, como tarefa, demarcar uma área de 100m2 , próxima a uma mata, e determinar as densidades demográficas dos vários grupos vegetais e animais encontrados nessa área. Os organismos encontrados e suas quantidades estão relacinados abaixo. Musgos — 20 indivíduos (mesma espécie) Samambaias — 6 indivíduos (mesma espécie) Pinheiros — 4 indivíduos (mesma espécie) Tatuzinhos-de-jardim — 2 indivíduos (mesma espécie) Minhocas — 2 indivíduos (mesma espécie) Ácaros — 3 indivíduos (mesma espécie) Nessa área, as densidades demográficas das plantas criptógamas, das plantas fanerógamas e dos artrópodes são, respectivamente, a) 0,26; 0,04 e 0,05. b) 0,10; 0,04 e 0,05. c) 0,26; 0,04 e 0,03. d) 0,10; 0,04 e 0,02. e) 0,04; 0,26 e 0,05. 11) (UFPR-2006) O esquema abaixo representa o ciclo reprodutivo de uma pteridófita (samambaia). Nesse ciclo reprodutivo, a meiose ocorre a) no esporófito, para a formação dos esporos. b) no gametófito, para a formação de gametas. c) logo após a fecundação. d) durante o desenvolvimento do zigoto. e) durante a germinação dos esporos. 12) (Mack-2003) No quadro abaixo estão enumeradas algumas características que podem ou não estar presentes nos vários grupos de vegetais. Estão corretas apenas: Características Briófitas Pteridófitas I. Meiose gamética Sim Sim
  • 3. 3 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br II. Fase gametofítica predominante Sim Não III. Presença de tecidos condutores Não Sim IV. Necessidade de água para reprodução Sim Não a) I e II. b) II e III. c) I e III. d) III e IV. e) II e IV. . 13) (UFSCar-2002) Com relação ao ciclo reprodutivo das briófitas e pteridófitas, pode-se dizer que, em ambas, a) os esporófitos são haplóides. b) a fase predominante é a diplóide. c) os gametófitos são fotossintetizantes e diplóides. d) é necessária água do meio para ocorrer a fecundação. e) os esporos ficam agrupados em estruturas especiais na face inferior das folhas. 14) (UFSCar-2003) Qual das alternativas apresenta, corretamente, uma distinção entre pteridófitas e gimnospermas? Características Pteridófitas Gimnospermas a) Meiose Apresentam Não Apresentam b) Semente Não Apresentam Apresentam c) Xilema e floema Não Apresentam Apresentam d) Dominância da geração diplóide Não Apresentam Apresentam e) Alteração de gerações haplóides e diplóides Apresentam Não Apresentam 15) (UniFor-2000) O esquema abaixo representa o ciclo de vida simplificado de uma pteridófita. O esporófito, o gametófito e a meiose correspondem, respectivamente, aos números a) I, IV e II b) I, IV e V c) IV, I e II d) IV, I e III e) IV, I e V 16) (Mack-2007) Comparando-se os ciclos reprodutivos das criptógamas (Briófitas e Pteridófitas) com os das fanerógamas (Gimnospermas e Angiospermas), destacamos a seguinte diferença: a) ciclo de vida alternante. b) meiose gamética. c) independência da água para a reprodução. d) predominância da geração gametofítica sobre a esporofítica. e) geração esporofítica diplóide. 17) (FUVEST-2008) A presença ou a ausência da estrutura da planta em uma gramínea, um pinheiro e uma samambaia está corretamente indicada em: Estrutura Gramínea Pinheiro Samambaia a) Flor ausente presente ausente b) Fruto ausente ausente ausente c) Caule ausente presente presente d) Raiz presente presente ausente e) Semente presente presente ausente 18) (PUC - PR-2007) Entre as Briófitas, Pteridófitas, Gimnospermas e Angiospermas, a geração dominante é, respectivamente: a) gametofítica, esporofítica, esporofítica, esporofítica. b) esporofítica, gametofítica, esporofítica, gametofítica. c) gametofítica, esporofítica, gametofítica, esporofítica. d) esporofítica, esporofítica, esporofítica, gametofítica. e) gametofítica, gametofítica, gametofítica, esporofítica. 19) (PUC - SP-2006) A partir da germinação de um esporo de samambaia a) origina-se a geração diplóide de seu ciclo de vida. b) origina-se a geração duradoura de seu ciclo de vida. c) ocorre uma divisão meiótica. ESPOROS GAMETASZIGOTO I II V IV III
  • 4. 4 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br d) ocorre imediatamente a fecundação. e) origina-se a geração haplóide de seu ciclo de vida. 20) (Fuvest-2005) A figura mostra a face inferior de uma folha onde se observam estruturas reprodutivas. A que grupo de plantas pertence essa folha e o que é produzido em suas estruturas reprodutivas? a) Angiosperma; grão de pólen. b) Briófita; esporo. c) Briófita; grão de pólen. d) Pteridófita; esporo. e) Pteridófita; grão de pólen. 21) (UFSCar-2004) Muitas das características que surgiram ao longo da história evolutiva das plantas permitiram a conquista do ambiente terrestre. Considere os musgos e as samambaias e a) cite uma característica compartilhada por esses dois grupos que torna essas plantas dependentes da água para fertilização. b) compare os dois grupos com relação à presença de um sistema vascular para transporte de água e nutrientes. 22) (Mack-2003) O prótalo de uma samambaia representa: a) o gametófito feminino. b) o gametófito masculino. c) o gametófito hermafrodita. d) a fase diplóide do ciclo de vida. e) a fase mais desenvolvida do ciclo de vida. 23) (UECE-2001) Constituem exemplos de vegetais intermediários e foram as primeiras plantas a conquistar realmente o ambiente terrestre os(as): a) pinheiros b) musgos c) samambaias d) cactáceas 24) (Mack-1998) Quanto às etapas do ciclo de vida de um musgo e de uma samambaia, representadas acima, é correto afirmar que: a) 1 e 3 representam a fase gametofítica. b) Em 2 são produzidos somente gametas masculinos. c) 2 e 3 são fases haplóides. d) A meiose ocorre em 1 e 3. e) A meiose ocorre em 2 e 3. 25) (Vunesp-1996) O xaxim é um produto muito usado na fabricação de vasos e suportes para plantas. A sua utilização: a) aumenta o risco de extinção de certas samambaias, a partir das quais é produzido. b) não acarreta nenhum impacto ambiental, pois é produzido a partir da compactação de folhas de certas palmeiras. c) aumenta o risco de extinção de certas gramíneas, a partir das quais é produzido. d) não acarreta nenhum impacto ambiental, pois é produzido a partir de raízes de plantas aquáticas secas. e) provoca a extinção de certas palmeiras, a partir das quais é produzido. 26) (PUC-RS-1999) No reino vegetal o aparecimento dos vasos lenhosos é assinalado pela primeira vez entre a) angiospermas. b) musgos. c) gimnospermas. d) hepáticas. e) pteridófitas. 27) (Fuvest-1998) O esquema representa o ciclo de vida da samambaia. A letra A representa a célula haplóide que faz a transição da fase esporofítica para a fase gametofítica; a letra B representa a célula diplóide que faz a transição da fase gametofítica para a fase esporofítica. a) Descreva resumidamente a aparência das plantas que representam a fase esporofítica e a fase gametofítica. b) Quais são os nomes das células representadas pelas letras A e B?
  • 5. 5 | Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br GABARITO 1) Alternativa: B 2) Alternativa: C 3) Alternativa: A 4) Alternativa: C 5) Alternativa: C 6) As angiospermas. As células sexuais das pteridófitas (anterozóides) são liberadas na água. Nas angiospermas o grão de pólen não requer a presença de água para sua dispersão. 7) Alternativa: E 8) a) As samambaias produzem anterozóides (gametas masculinos), células flageladas, livre-natantes, que necessitam de meio líquido para encontrar as oosferas (gametas femininos). Nos pinheiros, o encontro das células (gametas) masculina e feminina é facilitado pela presença e crescimento do tubo polínico (sifonogamia). b) Uma importante aquisição evolutiva não ligada ao processo reprodutivo é a presença de vasos condutores de seiva (bruta: água e sais, elaborada: matéria orgânica). A presença de vasos, tanto para a distribuição de água e sais, como para a distribuição de matéria orgânica produzida pela fotossíntese, permitiu às plantas atingir grande tamanho e contribuiu decisivamente para a ocupação do ambiente terrestre. 9) a) Flores com pétalas coloridas atraem grande diversidade de agentes polinizadores, principalmente insetos. Isso favoreceu a reprodução das plantas floríferas, o que permitiu o surgimento de uma grande variabilidade nesse grupo. b) Árvores floríferas com pequenos frutos = Angiospermas (plantas com sementes) Samambaias = Pteridófitas (plantas sem sementes) Coníferas = Gimnospermas (plantas com sementes e sem frutos) Musgos = Briófitas (plantas sem sementes) 10) Alternativa: A 11) Alternativa: A 12) Alternativa: B Em Briófitas e Pteridófitas, a meiose é espórica ou intermediária. Em ambos os grupos, a água é necessária para a reprodução. 13) Alternativa: D 14) Alternativa: B 15) Alternativa: A 16) Alternativa: C 17) Alternativa: E Pinheiros (Gimnospermas) e gramíneas (Angiospermas) são espermáfitas, portanto apresentam sementes, já as samambaias (Pteridófitas) não apresentam sementes. 18) Alternativa: A 19) Alternativa: E 20) Alternativa: D A folha representada na figura é de samambaia, vegetal que pertence ao grupo das Pteridófitas. Os pontos escuros existentes na folha são os soros, no interior dos quais existem esporângios, estruturas que fabricam esporos por meiose. 21) a) Musgos e samambaias apresentam gametas masculinos flagelados (anterozóides), que dependem da água para se locomover até o gameta feminino (oosfera) e fecundá-lo. b) Os musgos não possuem tecidos condutores para conduzir água e nutrientes, como ocorre nas samambaias; por isso, seu transporte é mais lento e ocorre por difusão entre as células. 22) Alternativa: C 23) Alternativa: C 24) Alternativa: C 25) Alternativa: A 26) Alternativa: E 27) Resposta: a) A fase esporofítica, vascular, é a planta completa, com raiz, caule e folhas. O caule, em geral, é subterrâneo (rizoma). As folhas costumam ser compostas, com folíolos que, quando férteis, apresentam soros em sua face ventral. A fase gametofítica, ou protalo, é uma pequena lâmina verde, avascular, com rizóides e portadora de órgãos produtores de gametas (arquegônios e anterídios). b) A célula A é o esporo; a célula B é o zigoto.