O slideshow foi denunciado.
PORÍFEROS
Prof.ª Claudimary Bispo
ALDEAN LIMA SOUZA
ANA PAULA SILVA
JOSÉ SÉRGIO LOPES
MARIA REGINA DE OLIVEIRA
TACILEMA LE...
O QUE SÃO
PORÍFEROS?
http://dealemos40.blogspot.com.br/2012/08/em-defesa-dos-animais.html
INTRODUÇÃO
 O Filo Porífera contém as mais simples criaturas do
reino animal. São conhecidos também como
esponjas e vivem...
COMO OS PORÍFEROS VIVEM?
 Os poríferos são exclusivamente aquáticos. São
animais filtradores que se alimentam dos nutrien...
COMO É O FORMATO DO CORPO DOS
PORÍFEROS?
http://exercicios.brasilescola.com/biologia/exercicios-sobre-poriferos.htm
ORGANIZAÇÃO CORPORAL
 Óculo
 Átrio ou espongiocele
 Porócito
 Coanócito
 Espícula
 Poro ou óstio
 Pinacócito
 Meso...
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
 São portadores de poros
 São animais filtradores
 Sésseis
 Algumas ou todas as superfícies...
TIPOS DE CÉLULAS
http://not1.xpg.uol.com.br/poriferos-esponjas-animais-filtradores-reproducao-e-informacoes/
PINACÓCITOS
 Células achatadas de revestimento da parte externa,
formando uma espécie de epiderme designada
pinacoderme (...
COANÓCITOS
 Células flageladas com uma expansão membranosa
em forma de colarinho, que revestem a espongiocele
e outras câ...
AMEBÓCITOS
 Células livres de vários tipos que se deslocam por
movimentos amebóides, presentes no mesênquima ou
mesogleia...
PORÓCITOS
 Células dotadas de um poro central, designado poro
inalante, que as atravessa de lado a lado.
http://www.sobio...
SUSTENTAÇÃO ESQUELÉTICA
 O corpo mole das esponjas é sustentado por muitas
espiculas cristalinas diminutas
 As espículas podem ser de sílica ou ...
TIPOS DE ESTRUTURAS CORPORAIS
 Ascon
 Sycon
 Leucon
http://estudebio.blogspot.com.br/2011_10_01_archive.html
 Ascon – É o tipo simples possuem apenas poros, que
conduzem diretamente através dos porocitos.
 Sycon – Contém dois tip...
REPRODUÇÃO ASSEXUADA
 Brotamento: Surge um broto no corpo da esponja,
que pode se soltar e dar origem à um novo indivíduo...
 Fragmentação: pequenos fragmentos de uma esponja
podem dar origem a novos indivíduos, pois as
esponjas possuem um grande...
REPRODUÇÃO SEXUADA
 Os espermatozoides saem da esponja pelo ósculo e
penetram em outra esponja pelos poros, junto com a
c...
CONCLUSÃO
 Ao estudar os poríferos conclui-se que cada animal é
importante e indispensável para o meio ambiente e
que tod...
REFERENCIAS
 http://curiosomundodabio.blogspot.com.br/, acessado dia 12 de julho de 2014
às 15h29min.
 http://dealemos40...
 Deus é a lei e o legislador do Universo.
Albert Einstein
Poríferos
Poríferos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Poríferos

1.397 visualizações

Publicada em

Zoologia dos Invertebrados

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Poríferos

  1. 1. PORÍFEROS Prof.ª Claudimary Bispo ALDEAN LIMA SOUZA ANA PAULA SILVA JOSÉ SÉRGIO LOPES MARIA REGINA DE OLIVEIRA TACILEMA LEITE SANTANA DO IPANEMA – AL 2014 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL CAMPUS II – SANTANA DO IPANEMA-AL ZOOLOGIA DOS INVERTEBRADOS I CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
  2. 2. O QUE SÃO PORÍFEROS? http://dealemos40.blogspot.com.br/2012/08/em-defesa-dos-animais.html
  3. 3. INTRODUÇÃO  O Filo Porífera contém as mais simples criaturas do reino animal. São conhecidos também como esponjas e vivem presos em algum substrato (animais sésseis). Eles não possuem órgãos especializados e seu corpo é revestido por poros, fato este que originou o nome do grupo. Além disso, os poríferos são pluricelulares assim como muitos outros animais.
  4. 4. COMO OS PORÍFEROS VIVEM?  Os poríferos são exclusivamente aquáticos. São animais filtradores que se alimentam dos nutrientes que entram no seu átrio trazidos pela água filtrada. http://curiosomundodabio.blogspot.com.br/
  5. 5. COMO É O FORMATO DO CORPO DOS PORÍFEROS? http://exercicios.brasilescola.com/biologia/exercicios-sobre-poriferos.htm
  6. 6. ORGANIZAÇÃO CORPORAL  Óculo  Átrio ou espongiocele  Porócito  Coanócito  Espícula  Poro ou óstio  Pinacócito  Meso – hilo
  7. 7. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS  São portadores de poros  São animais filtradores  Sésseis  Algumas ou todas as superfícies internas revestidas com coanócitos.  São animais de estrutura córpera mais simples, sem tecidos diferenciados.  Digestão intracelular
  8. 8. TIPOS DE CÉLULAS http://not1.xpg.uol.com.br/poriferos-esponjas-animais-filtradores-reproducao-e-informacoes/
  9. 9. PINACÓCITOS  Células achatadas de revestimento da parte externa, formando uma espécie de epiderme designada pinacoderme (embora não seja um verdadeiro tecido); http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos2/bioporifero.php
  10. 10. COANÓCITOS  Células flageladas com uma expansão membranosa em forma de colarinho, que revestem a espongiocele e outras câmaras vibráteis internas das esponjas. http://slideplayer.com.br/slide/293983/
  11. 11. AMEBÓCITOS  Células livres de vários tipos que se deslocam por movimentos amebóides, presentes no mesênquima ou mesogleia. http://bioglossa.wikispaces.com/Ameb%C3%B3cito
  12. 12. PORÓCITOS  Células dotadas de um poro central, designado poro inalante, que as atravessa de lado a lado. http://www.sobiologia.com.br
  13. 13. SUSTENTAÇÃO ESQUELÉTICA
  14. 14.  O corpo mole das esponjas é sustentado por muitas espiculas cristalinas diminutas  As espículas podem ser de sílica ou de carbonato de cálcio.  Algumas esponjas possuem espongina = fibras proteicas
  15. 15. TIPOS DE ESTRUTURAS CORPORAIS  Ascon  Sycon  Leucon http://estudebio.blogspot.com.br/2011_10_01_archive.html
  16. 16.  Ascon – É o tipo simples possuem apenas poros, que conduzem diretamente através dos porocitos.  Sycon – Contém dois tipo de canais, mas apenas os canais radiais são revestidos por coanocitos.  Leucon – É atravessado por sistema de canais complexamente ramificado. http://curiosomundodabio.blogspot.com.br/
  17. 17. REPRODUÇÃO ASSEXUADA  Brotamento: Surge um broto no corpo da esponja, que pode se soltar e dar origem à um novo indivíduo. http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos2/porifero2.php
  18. 18.  Fragmentação: pequenos fragmentos de uma esponja podem dar origem a novos indivíduos, pois as esponjas possuem um grande poder de regeneração.  Gemulação: ocorre em espécies de água doce. Formam-se gêmulas, estruturas de resistência que se formam no interior do corpo da esponja. São compostas por células indiferenciadas e protegidas por um envoltório rígido.
  19. 19. REPRODUÇÃO SEXUADA  Os espermatozoides saem da esponja pelo ósculo e penetram em outra esponja pelos poros, junto com a corrente de água. http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos2/porifero2.php
  20. 20. CONCLUSÃO  Ao estudar os poríferos conclui-se que cada animal é importante e indispensável para o meio ambiente e que todos exercem suas respectivas funções contribuindo para a manutenção da vida e de toda biosfera. Portanto, nós estudantes de Ciências Biológicas só temos que agradecer o que a natureza proporciona diante de cada beleza que incentiva a vontade de desvenda-la.
  21. 21. REFERENCIAS  http://curiosomundodabio.blogspot.com.br/, acessado dia 12 de julho de 2014 às 15h29min.  http://dealemos40.blogspot.com.br/2012/08/em-defesa-dos-animais.html, acessado dia 12 de julho de 2014 às 15h20min.  http://exercicios.brasilescola.com/biologia/exercicios-sobre-poriferos.htm, acessado dia 12 de julho de 2014 às 15h39min.  http://www.biologiatotal.com.br/blog/Por%C3%ADferos+-62, acessado em 12 de julho de 2014 às 15h42min.  http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos2/bioporifero.php, acessado em 12 de julho de 2014 às 15h51min.  http://estudebio.blogspot.com.br/2011_10_01_archive.html, acessado em 12 de julho de 2014 às 16h25min.  http://bioglossa.wikispaces.com/Ameb%C3%B3cito, acessado em 12 de julho de 2014 às 16h42min  http://biofimdomundo.blogspot.com.br/, acessado em 12 de julho de 2014 às 16h54min.
  22. 22.  Deus é a lei e o legislador do Universo. Albert Einstein

×