O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

A função e desafios do superintendente e do professor da EBD

A Escola Dominical não é uma atividade opcional, é uma atividade essencial."E perseveravam na doutrina dos apóstolos" (At 2.42).
Fonte: Manual do superintendente da EBD.
“A conversão de uma alma é o milagre de um momento; a formação de um santo é a tarefa de uma vida inteira” (Alan Redpath).

  • Entre para ver os comentários

A função e desafios do superintendente e do professor da EBD

  1. 1. A FUNÇÃO E DESAFIOS DO SUPERINTENDENTE E DO PROFESSOR DA EBD 1 R Gómez – Consultor Cristão
  2. 2. 2 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD O que é ser superintendente? A palavra “superintendente” procede do latim e significa “aquele que superintende”, ou seja: “aquele que dirige na qualidade de líder”; “aquele que inspeciona”, “aquele que supervisiona”. O superintendente de EBD, por conseguinte, é o obreiro encarregado de administrar, inspecionar, e dirigir o principal departamento da igreja. É a sua função básica manter a EBD funcionando perfeitamente para que esta venha a alcançar todos os seus objetivos.
  3. 3. 3 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD O SUPERINTENDENTE DEVE SER UM EFICIENTE ADMINISTRADOR O que é administrar? A palavra administração vem do latim “administratione”. Tecnicamente podemos defini-la como o conjunto de princípios, normas e funções que tem por objetivo ordenar os diversos fatores de produção, controlando a sua produtividade e eficácia, visando obter os resultados predeterminados. Visando seu objetivo já ensinava o professor José Carlos Faria: “Diríamos então que a administração é a condução racional das atividades de uma organização, cuidando do planejamento, da organização, da direção e do controle destas atividades, com vistas a alcançar os objetivos estabelecidos”. Já dizia o pastor Waldir Neves: “é a partir de uma filosofia administrativa racional e bem alicerçada, que a obra de Deus começa a crescer e a alcançar plenamente seus objetivos”.
  4. 4. 4 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD O SUPERINTENDENTE DEVE SER UM EFICIENTE ADMINISTRADOR ADMINISTRAR Administrar é conduzir o pensamento à ação por meio de decisões que envolvam pessoas e recursos de maneira eficiente e eficaz, conduzindo, assim, as organizações à efetividade bem como:  Planear;  Controlar;  Organizar;  Dirigir.
  5. 5. 5 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD O SUPERINTENDENTE DEVE SER UM EFICIENTE ADMINISTRADOR PLANEJAR  Processo de determinar antecipadamente o que deve ser feito, como fazê-lo, quando, por quem, e com que meios. Planejar é responder às seguintes perguntas:  Quais as atividades a desenvolver?  Quando iniciar e concluir essas atividades?  Onde devem ocorrer essas atividades?  Quem é o responsável por fazer o quê?
  6. 6. 6 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD O SUPERINTENDENTE DEVE SER UM EFICIENTE ADMINISTRADOR CONTROLAR  Processo de comparação do desempenho real com o planejado apontando eventuais ações corretivas, descobrir as causas e eliminá-las, descobrir os culpados e puni-los, não evita o que entretanto aconteceu, mas pode evitar que se repita.
  7. 7. 7 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD O SUPERINTENDENTE DEVE SER UM EFICIENTE ADMINISTRADOR ORGANIZAR Estabelecer relações formais entre as pessoas (estrutura), e entre estas e os recursos, para atingir os objetivos. DIRIGIR Processo de determinar, isto é de afetar ou Influenciar o comportamento dos outros. Dirigir envolve: liderar, motivar, comunicar e negociar.
  8. 8. 8 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD O SUPERINTENDENTE DEVE SER UM EFICIENTE ADMINISTRADOR LIDERANÇA  Capacidade de conseguir que os outros façam aquilo que o líder quer que eles façam. MOTIVAÇÃO  Reforço da vontade das pessoas para que consigam alcançar os objetivos da organização. COMUNICAÇÃO  Processo de transferência de informações, ideias, conceitos ou sentimentos entre pessoas. NEGOCIAÇÃO  Encontrar e estabelecer um compromisso justo e motivador para alcançar os objetivos.
  9. 9. 9 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD AS HABILIDADES DO SUPERINTENDENTE ATIVO (EFICAZ) 1º - HABILIDADE DE ORGANIZAÇÃO. A administração só será eficiente se houver organização. Organização lembra ordem, método de trabalho, estrutura, conformação, planejamento, preparo, definição de objetivos. O crescimento sem ordem é aparente e infrutífero. "Uma vez que a ordem penetra o universo de Deus, temos base para crer que o céu é lugar de perfeita ordem. Leis preciosas e infalíveis regulam e controlam toda a natureza, desde o minúsculo átomo até os maiores corpos celestes."
  10. 10. 10 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD AS HABILIDADES DO SUPERINTENDENTE ATIVO (EFICAZ) Deus é um ser organizado: planejou a criação; a nossa redenção; a ordem das tribos; o tabernáculo; a multiplicação dos pães, etc. A organização na Escola Dominical é extremamente necessária. Deverá estar presente em cada fase do trabalho: no planejamento, na execução do plano, e na avaliação dos resultados. A organização da ED deve ser simples e funcional; de acordo com a realidade de cada igreja. Razões para a organização:  Dividir tarefas e fixar responsabilidades;  Esclarecer os limites do trabalho a ser realizado;  Atender as necessidades das pessoas envolvidas;  Garantir resultados satisfatórios.
  11. 11. 11 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD AS HABILIDADES DO SUPERINTENDENTE ATIVO (EFICAZ) 2º - HABILIDADE DE PLANEJAMENTO A) O que é planejamento? É um processo que implica na formulação de um elenco de ações a serem executadas a curto, a médio e a longo prazo. “Planejar é decidir, antecipadamente o que fazer” Porque devemos planejar? O livro de provérbios exorta-nos a planejar todos os nossos empreendimentos. E o que o Senhor Jesus ensina sobre a construção da torre (Lc 14.18) é planejamento. O administrador que não tem por habito planejar estará sempre ao capricho dos improvisos e acasos. E será obrigado a tomar decisões de ultima hora que acabarão por compromete-lhe todo o trabalho.
  12. 12. 12 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD B) Planejamento de crescimento para EBD A Escola Dominical deve crescer tanto em quantidade quanto em qualidade. As escolas que estão sempre crescendo numericamente, geralmente são as que mais se preocupam com a melhoria da qualidade de ensino. Quais os passos necessários para que a Escola Dominical cresça? 1. Localizar o povo Os líderes da ED precisam saber onde se encontra a sua população alvo. É necessário saber quem são e onde estão os alunos em potencial a serem matriculadas na Escola Dominical. Onde está a fonte de novos alunos? AS HABILIDADES DO SUPERINTENDENTE ATIVO (EFICAZ)
  13. 13. 13 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD Lista de novos convertidos Muitos se convertem e não voltam mais à igreja. Precisamos buscá-los! Os novos convertidos são como crianças recém- nascidas em Cristo; precisam ser recepcionados e identificados imediatamente após a conversão. (Ficha de identificação e triagem). AS HABILIDADES DO SUPERINTENDENTE ATIVO (EFICAZ)
  14. 14. 14 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD Professores da Escola Bíblica Dominical A FUNÇÃO DO PROFESSOR NA IGREJA Sendo a Didática, a arte e a técnica de transmitir o ensino ou os conhecimentos, o professor tem papel fundamental, no sentido de "estimular, dirigir e auxiliar a aprendizagem. O Professor cristão deve ser um instrumento nas mãos do Espírito Santo, para transmitir a Palavra de Deus. Jesus disse: "Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo" (Mt 19.28).
  15. 15. 15 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD Professores da Escola Bíblica Dominical O professor cristão deve ser amigo, intérprete, traduzindo para os alunos aquilo que lhes é ensinado; adaptar as lições, os currículos às necessidades dos alunos; colocar-se no lugar dos que querem sempre aprender mais para ensinar melhor. Além disso, o professor cristão deve ser um exemplo para seus alunos. "Assim falai, assim procedei..." (Tg 2.12). Na escola secular, o professor pode ser um mero transmissor de conhecimentos. Na Igreja, é diferente. O professor tem que ser didático e exemplar.
  16. 16. 16 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD Professores da Escola Bíblica Dominical ATITUDES DO PROFESSOR DA EBD O professor, na igreja, precisa ser "...apto para ensinar" (2 Tm 2.24), precisa ser uma pessoa dedicada ao ensino (Rm 12.7) e, como OBREIRO, precisa apresentar aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, maneja bem a Palavra da verdade" (2 Tm 2.15).
  17. 17. 17 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD Professores da Escola Bíblica Dominical ATITUDES DO PROFESSOR DA EBD 1) Orientador das mentes e vidas dos alunos; 2) Entusiasmado, sincero, humano e otimista; 3) Atualizado, não só em termos do que ensina, mas de outras áreas; 4) Não fugir do assunto da lição, contando "testemunhos" ou para passar o tempo; 5) Enriquecer a lição com fatos novos; 6) Não ler simplesmente a lição diante da classe; seguir o roteiro, comentando e dando oportunidade aos alunos para se expressarem;
  18. 18. 18 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD Professores da Escola Bíblica Dominical 7) Não confiar no improviso; deve ler e preparar a lição com antecedência, conferindo com a Bíblia. 8) Pontual e assíduo, para não decepcionar os alunos; 9) Ao final de cada aula, sempre fazer a avaliação (perguntas, testes, etc..)
  19. 19. 19 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD Professores da Escola Bíblica Dominical COMO O PROFESSOR DEVE VER O ALUNO Nas igrejas, é comum o ensino tradicional em que o aluno não é o centro do ensino. É por isso que muitos alunos iniciam o ano na Escola Dominical, mas, 3 meses depois, não vão mais à EBD. É importante que o professor entenda que é um instrumento de Deus a serviço da formação espiritual dos alunos. Estes devem ser o alvo do ensino, e não o professor.
  20. 20. 20 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD Professores da Escola Bíblica Dominical O EXEMPLO DE JESUS COMO MESTRE (PROFESSOR) O Mestre Divino deixou-nos os seguintes exemplos: 1) Conhecia a matéria que ensinava (Lc 24.27); 2) Conhecia seus alunos (Mt 13; Lc 15.8 3) Reconhecia o que havia de bom em seus alunos (Jo 1.47); 4) Ensinava verdades bíblicas de modo simples e claro (Lc 5.17-26; Jo 14.6);
  21. 21. 21 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE A IMPORTÂNCIA DA EBD NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1º - A EBD não é uma atividade opcional, é uma atividade essencial. "E perseveravam na doutrina dos apóstolos" (At 2.42). "A EBD não é uma parte da igreja; é a própria igreja ministrando ensino bíblico sistemático." OBS: Há algumas décadas atrás, na maioria das igrejas tradicionais, era comum o número de matriculados na EBD ser superior ao número de membros da igreja. O que podemos dizer das nossas Escolas Dominicais atualmente?
  22. 22. 22 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD 2º - Onde fica a EBD no programa geral da igreja? Qual a sua importância? Conceito: "A Escola Dominical é o departamento mais importante da igreja. Conjuga os dois lados da Grande Comissão dada à Igreja (Mt 28.20; Mc 16.15). Ela evangeliza enquanto ensina.“
  23. 23. 23 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD O cumprimento da Grande Comissão através da EBD pode ser visto em quatro etapas: 1º - Alcançar - a EBD é o instrumento que cada igreja possui para alcançar todas as faixas etárias. 2º - Conquistar - através do testemunho e da exposição da Palavra: "...serão todos ensinados por Deus...todo aquele que do pai ouviu e aprendeu vem a mim" (Jo 6.45). A conversão é eterna quando acontece através do ensino. 3º - Ensinar - até que ponto estamos realmente ensinando aqueles que temos conquistado? "O ensino das doutrinas e verdades eternas da Bíblia, na EBD deve ser pedagógico e metódico como numa escola, sem contudo deixar de ser profundamente espiritual.“ 4º - Treinar - devemos treiná-los para que instruam a outros. pastor Antônio Gilberto
  24. 24. 24 R Gómez – Consultor Cristão A função e desafios do superintendente e do Professor da EBD “A conversão de uma alma é o milagre de um momento; a formação de um santo é a tarefa de uma vida inteira” (Alan Redpath)

×