Noções de laboratório

6.844 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.844
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
370
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Noções de laboratório

  1. 1. 1
  2. 2. Conscientizar e esclarecer o aluno quanto à aplicação das Normas de Laboratório em seu local de estudo e trabalho, acrescentando conhecimentos básicos. 2
  3. 3. • Noções de Vidraria: vidrarias de uso geral e funções. • Noções de Aparelhagem: funções dos aparelhos. • Biossegurança: o que é, qual a sua importância, EPIs, EPCs, nível de biossegurança e mecanismos de 3 contenção.
  4. 4. Pipetas Buretas Provetas Balão volumétrico Becker Balão de fundo chato Erlenmeyer Placas de Petri 4
  5. 5. Pipeta ⇒ é um acessório destinado a medir quantidades exatas e transferi-las a recipientes diversos. Funcionam por sucção. Balão volumétrico ⇒ É um acessório destinado ao preparo de soluções padrões, a partir de substâncias sólidas. 5
  6. 6. Bureta ⇒ é um acessório utilizado para medir substâncias tóxicas e venenosas, como titulações. Proveta ⇒ é um acessório utilizado para medir substâncias ácidas e corrosivas em grandes volumes. 6
  7. 7. Tubo de ensaio ⇒ É um acessório utilizado em larga escala, em todos os tipos de laboratório, com finalidades variadas. Becker ⇒ É um acessório utilizado nas pesagens e diluições de substâncias, como também no preparo de suspensões. 7
  8. 8. Balão de fundo chato ⇒ Empregado para aquecimento ou armazenamento de líquidos ou solução. Erlenmeyer ⇒ É um acessório de finalidade semelhante à do balão de fundo chato. São utilizados em hemoculturas. 8
  9. 9. Placas de Petri ⇒ É um acessório usado para culturas bacteriológicas em geral. Pêra de sucção ⇒ É um acessório utilizado em conjunto com a pipeta graduada para medir volumes. 9
  10. 10. Suporte Universal ⇒ É em pregado em várias operações, para sustentação de peças. Funil de Decantação ⇒ É utilizado na separação de misturas imiscíveis, ou seja, que não são misturáveis. 10
  11. 11. Tripé de ferro ⇒ É utilizado com a tela de amianto para aquecimento de várias vidrarias. Tela de amianto ⇒ É utilizada juntamente com o tripé de ferro para aquecimento de várias vidrarias. 11
  12. 12. Pinça de Madeira ⇒ É utilizada para segurar tubos de ensaio em aquecimento, evitando queimaduras nos dedos Pisseta ⇒ É utilizado para lavagem de materiais e recipientes por meio de jatos de água, álcool e outros solventes. 12
  13. 13. 13
  14. 14. ESPECTROFOTÔMETRO •Aparelho utilizado em exames Bioquímicos, função é a de medir e comparar a quantidade de luz (energia radiante) absorvida por uma determinada solução. ESTUFA BACTERIOLÓGICA E DE SECAGEM •São utilizadas para incubar culturas bacteriológicas à temperatura constante (geralmente 37ºc) por tempo variável para crescimento e multiplicação de microrganismos. 14
  15. 15. BANHO - MARIA REGULÁVEL Aparelho utilizado em laboratórios para aquecer substâncias líquidas e sólidas que não podem ser expostas diretamente no fogo e que precisam ser aquecidas lenta e uniformemente 15
  16. 16. FOTÔMETRO DE CHAMA • Aparelho utilizado para análises quantitativas, determinando simultaneamente sódio (Na) e potássio (K). MICRÓTOMO • Aparelho que faz cortes microscópicos, •variando geralmente de 1 à 10μm (micrómetros) de espessura, em pequenas amostras de material biológico (geralmente tecidos) emblocadas em resinas específicas(parafina) para análise em microscópio óptico. 16
  17. 17. BALANÇA DE ROBERVAL Utilizados para pesagens de substâncias sólidas. BALANÇA DE PRECISÃO 17
  18. 18. DESTILADOR DE ÁGUA Serve para destilar, ou seja, separar os elementos contidos na água, dessa forma tornandoa pura. AUTOCLAVE É utilizada para esterilizar artigos e utensílios para procedimentos hospitalares e vidrarias de laboratórios, diminuindo o risco de infecção. 18
  19. 19. AGITADOR DE KLINE Serve para misturar substâncias. CAPELA DE EXAUSTÃO Serve para proteger dos gases tóxicos na realização das reações químicas. Serve para abrir com segurança líquidos volátei. 19
  20. 20. CENTRÍFUGA Centrífuga de Microhematócrito Serve para fazer a separação de amostras, ou seja,são utilizados para separar a parte líquida da parte sólida. 20
  21. 21. Bico de bunsen É usado para efetuar aquecimento de soluções em laboratório. 21
  22. 22. Preparo de soluções para conservação de animais e plantas : Álcool á 70% ⇒ Álcool= 7 partes Água= 3 partes Formol à 10% ⇒ Formol= 1 parte Água= 9 partes 22
  23. 23. Biossegurança O que é ? É a aplicação do conhecimento, técnicas e equipamentos, com a finalidade de prevenir a exposição do trabalhador, laboratório e ambiente a agentes potencialmente infecciosos ou biorriscos. 23
  24. 24. Qual a sua importância ? Prevenir a exposição do trabalhador, laboratório e ambiente a agentes potencialmente infecciosos. 24
  25. 25. Nível de Biossegurança (NB) É o nível de segurança biológica recomendável para um dado setor que desenvolve atividade de risco para o profissional e para a comunidade. 25
  26. 26. São classificados em 4 níveis referentes ao nível de contaminação e consequente infecção: NB-1 Se aplica a laboratórios de ensino básico. NB-2 Se aplica a laboratórios clínicos ou hospitalares. 26
  27. 27. NB-3 Se aplica ao trabalho com microorganismos da classe de risco 3. NB-4 Se aplica a laboratório de contenção máxima, destinado a manipulação de microorganismos de nível 4. 27
  28. 28. Mecanismos de Contenção • Técnicas e Práticas de Laboratório • Equipamentos de Segurança • Design do Laboratório 28
  29. 29. Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) É todo dispositivo de uso individual, destinado a proteger a saúde e a integridade física do trabalhador. 29
  30. 30. Exemplos de Equipamentos de Proteção Individual Jaleco Máscara descartável Sapato fechado Calça comprida Luvas descartáveis óculos 30
  31. 31. Vestimenta Inadequada para Laboratório Jaleco sem manga Calça pescador Saia Bermuda Sapato aberto Sapato que não cobre 31 o peito do pé
  32. 32. Equipamentos de Coletiva (EPCs) Proteção É todo dispositivo de uso coletivo, destinado a proteger o meio ambiente, a saúde e a integridade física dos trabalhadores. 32
  33. 33. Exemplos de Equipamento de Proteção Coletivo Capela de Fluxo Laminar Chuveiro com Lava-olhos Extintor de incêndio Descartpack 33
  34. 34. Riscos de Acidentes Qualquer fator que coloque o trabalhador em situação vulnerável e possa afetar sua integridade, e seu bem estar físico e psíquico. 34
  35. 35. Riscos Físicos São as diversas formas de energia a que possam estar expostos os trabalhadores. Exemplo: ruído, calor, frio, pressão, umidade, etc. 35
  36. 36. RiscoS QuímicoS Substâncias, compostos ou produtos que possam penetrar no organismo do trabalhador pela via respiratória ou ser absorvido pelo organismo através da pele e ingestão. 36
  37. 37. Riscos Biológicos São vírus, bactérias, parasitas, protozoá- rios, fungos e bacilos. 37
  38. 38. C = Corrosivo ⇒ Causam destruição de tecidos vivos e/ou materiais inertes. Precaução: Não inalar e evitar o contato com a pele, olhos e roupas. 38
  39. 39. E= Altamente explosível ⇒ Substâncias que podem explodir sob o efeito da chama ou que são mais sensíveis aos choques ou às fricções. Precaução: Evitar batida, empurrão, fricção, faísca e calor. 39
  40. 40. O= Comburente ⇒ Substâncias e preparações que podem aquecer e inflamar-se em contato com o ar a uma temperatura normal sem fornecimento de energia, etc. Precaução: Evitar o contato dele com materiais combustíveis. 40
  41. 41. F= Facilmente inflamável ⇒ Substâncias que podem aquecer e finalmente inflamar-se em contato com o ar a uma temperatura normal sem fornecimento de energia, ou sólidas, que podem inflamar-se facilmente Precaução: Evitar contato com materiais ignitivos (ar, água). 41
  42. 42. F+= Extremamente ⇒ Substâncias e preparações líquidas, cujo ponto de inflamação se situa entre 21 º.C e 55 º.C. Precaução: Evitar contato com materiais ignitivos (ar, água). 42
  43. 43. T= Tóxico ⇒ Substâncias e preparações que, por inalação, ingestão ou penetração cutânea, podem implicar riscos graves, agudos ou crônicos, e mesmo a morte. Precaução: Todo o contato com o corpo humano deve ser evitado. 43
  44. 44. T+= Muito Tóxico ⇒ Substâncias que se inalado, ingerido ou absorvido através da pele, provoca graves problemas de saúde e até mesmo morte. Precaução: Todo o contato com o corpo humano deve ser evitado. 44
  45. 45. Xi= Irritante ⇒ Substâncias e preparações não corrosivas que, por contato imediato, prolongado ou repetido com a pele ou as mucosas, podem provocar uma reação inflamatória. Precaução: Esses gases não devem ser inalados e toque com a pele e olhos deve ser evitado. 45
  46. 46. Xn= Nocivo ⇒ Substâncias e preparações que, por inalação, ingestão ou penetração cutânea, podem implicar riscos de gravidade limitada; Precaução: deve ser evitado o contato com o corpo humano, assim como a inalação dessa substância. 46
  47. 47. N= Perigoso para o ambiente ⇒ Substância que ao ser liberada no meio ambiente pode provocar danos ao ecossistema a curto ou longo prazo Manuseio: devido ao seu risco em potencial, não deve ser liberado em encanamentos, no solo ou no ambiente. Tratamentos especiais devem ser tomados. 47
  48. 48. Regra a ser respeitada em Laboratório: Toda substância desconhecida é potencialmente perigosa até que se prove o contrário! 48

×