Crase Prof. Jorge Henrique 2009
REVISANDO CONCEITOS PREPOSIÇÃO PALAVRA INVARIÁVEL QUE RELACIONA DOIS TERMOS DE UMA ORAÇÃO DE MODO TAL QUE O SENTIDO DO PRI...
REVISANDO CONCEITOS ARTIGO DENOMINA-SE ARTIGO A PALAVRA “O” (COM AS VARIAÇÕES “OS”, “A”, “AS”) E A PALAVRA UM (COM AS VARI...
REVISANDO   CONCEITOS ALGUMAS PALAVRAS ADMITEM O EMPREGO DO ARTIGO, OUTRAS NÃO, OBSERVE: ESCOLA A FEIRA A CLUBE O MERCADO ...
REVISANDO CONCEITOS ALGUMAS PALAVRAS EXIGEM EMPREGO DE PREPOSIÇÕES, OUTRAS NÃO, OBSERVE: GOSTO DE ESCREVER VOU PARA O ESCR...
APLICANDO CONCEITOS VOU PARA O  ESCRITÓRIO VOU A O  ESCRITÓRIO VOU A O ESCRITÓRIO VOU PARA A  ESCOLA VOU A A  ESCOLA VOU A...
CRASE  É A FUSÃO DE  “A”  (PREPOSIÇÃO) +  “A”  (ARTIGO) ESTA FUSÃO É REPRESENTADA NA ESCRITA PELO ACENTO GRAVE ( ` ) SOBRE...
VOU PARA A  FEIRA VOU A A  FEIRA VOU A A FEIRA VOU À FEIRA APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
VOU PARA O  CLUBE VOU A O  CLUBE VOU A O CLUBE APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
VOU PARA ROMA VOU A ROMA VOU A ROMA APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
VENHO DE A  BAHIA VENHO DE A BAHIA VENHO DA BAHIA APLICANDO CONCEITOS CONTRAÇÃO Prof. Jorge Henrique
VOU A A  BAHIA VOU A A BAHIA VOU À BAHIA APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
AMARRANDO IDÉIAS PORTANTO, NÃO PODE NUNCA HAVER CRASE: <ul><li>ANTES DE PALAVRAS MASCULINAS: </li></ul>ELE ESTÁ NO RIO  A ...
PORTANTO, NÃO PODE NUNCA HAVER CRASE: <ul><li>ANTES DE PALAVRA NO PLURAL SE O  “A”  ESTIVER NO </li></ul><ul><li>SINGULAR:...
OBSERVAÇÃO: <ul><li>OS PRONOMES DE TRATAMENTO  SENHOR ,  SENHORA  E  </li></ul><ul><li>SENHORITA  DEVEM SER CONSIDERADOS, ...
ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>SE, AO TROCARMOS “ AQUELE ”, “ AQUELA ”, “ AQUILO ’ </li></ul><ul><li>POR  ESTE ,...
ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>TOPÔNIMOS ACOMPANHADOS DE ELEMENTOS  </li></ul><ul><li>DETERMINANTES ADMITEM ARTI...
ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>QUANDO SUBENTENDIDA A PALAVRA  MODA ,  MANEIRA , </li></ul><ul><li>HAVERÁ CRASE: ...
ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>ANTES DA PALAVRA  CASA , HAVERÁ CRASE SE ESTA  </li></ul><ul><li>VIER ACOMPANHADA...
ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>DIANTE DE PRONOMES POSSESSIVOS, A CRASE SERÁ  </li></ul><ul><li>FACULTATIVA: </li...
ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>ANTES DE  HORAS  PODE HAVER OU NÃO A CRASE: </li></ul>COMPARECEU  ÀS  DEZ HORAS À...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

CRASE

12.338 visualizações

Publicada em

Estudo do fenômeno da crase e sua aplicação em Língua Portuguesa.

Publicada em: Educação
3 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.338
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.717
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
853
Comentários
3
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CRASE

  1. 1. Crase Prof. Jorge Henrique 2009
  2. 2. REVISANDO CONCEITOS PREPOSIÇÃO PALAVRA INVARIÁVEL QUE RELACIONA DOIS TERMOS DE UMA ORAÇÃO DE MODO TAL QUE O SENTIDO DO PRIMEIRO SEJA EXPLICADO OU COMPLETADO PELO SEGUNDO. SAÍRAM DE CASA NOÇÃO DE LUGAR CHEGOU A ROMA NOÇÃO DE MOVIMENTO FERIU COM UMA FACA NOÇÃO DE INSTRUMENTO Prof. Jorge Henrique
  3. 3. REVISANDO CONCEITOS ARTIGO DENOMINA-SE ARTIGO A PALAVRA “O” (COM AS VARIAÇÕES “OS”, “A”, “AS”) E A PALAVRA UM (COM AS VARIAÇÕES “UNS”, “UMA”, “UMAS” QUANDO AO SEREM EMPREGADAS (DIRETA OU INDIRETAMENTE) ANTES DE UM SUBSTANTIVO, INDICAM-LHE UM SENTIDO DEFINIDO OU INDEFINIDO. A MULHER ESQUECEU A BOLSA SOBRE A MESA UMA MULHER ESQUECEU A BOLSA SOBRE A MESA Prof. Jorge Henrique
  4. 4. REVISANDO CONCEITOS ALGUMAS PALAVRAS ADMITEM O EMPREGO DO ARTIGO, OUTRAS NÃO, OBSERVE: ESCOLA A FEIRA A CLUBE O MERCADO O BAHIA A ITÁLIA A COPACABANA ROMA SÃO PAULO SALVADOR ARACAJU PERNAMBUCO Prof. Jorge Henrique
  5. 5. REVISANDO CONCEITOS ALGUMAS PALAVRAS EXIGEM EMPREGO DE PREPOSIÇÕES, OUTRAS NÃO, OBSERVE: GOSTO DE ESCREVER VOU PARA O ESCRITÓRIO CONTO COM VOCÊ QUERO ÁGUA COMPREI UM CARRO FIZ O TRABALHO Prof. Jorge Henrique
  6. 6. APLICANDO CONCEITOS VOU PARA O ESCRITÓRIO VOU A O ESCRITÓRIO VOU A O ESCRITÓRIO VOU PARA A ESCOLA VOU A A ESCOLA VOU A A ESCOLA VOU À ESCOLA COMBINAÇÃO CRASE Prof. Jorge Henrique
  7. 7. CRASE É A FUSÃO DE “A” (PREPOSIÇÃO) + “A” (ARTIGO) ESTA FUSÃO É REPRESENTADA NA ESCRITA PELO ACENTO GRAVE ( ` ) SOBRE A VOGAL “A” = À. APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
  8. 8. VOU PARA A FEIRA VOU A A FEIRA VOU A A FEIRA VOU À FEIRA APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
  9. 9. VOU PARA O CLUBE VOU A O CLUBE VOU A O CLUBE APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
  10. 10. VOU PARA ROMA VOU A ROMA VOU A ROMA APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
  11. 11. VENHO DE A BAHIA VENHO DE A BAHIA VENHO DA BAHIA APLICANDO CONCEITOS CONTRAÇÃO Prof. Jorge Henrique
  12. 12. VOU A A BAHIA VOU A A BAHIA VOU À BAHIA APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
  13. 13. AMARRANDO IDÉIAS PORTANTO, NÃO PODE NUNCA HAVER CRASE: <ul><li>ANTES DE PALAVRAS MASCULINAS: </li></ul>ELE ESTÁ NO RIO A SERVIÇO. <ul><li>ANTES DE VERBOS: </li></ul>COMEÇARAM A DISCUTIR O PLANO DE METAS. <ul><li>EM EXPRESSÕES FORMADAS POR PALAVRAS REPETIDAS: </li></ul>OS CANDIDATOS FICARAM FRENTE A FRENTE. Prof. Jorge Henrique
  14. 14. PORTANTO, NÃO PODE NUNCA HAVER CRASE: <ul><li>ANTES DE PALAVRA NO PLURAL SE O “A” ESTIVER NO </li></ul><ul><li>SINGULAR: </li></ul>CHEGAMOS A CONCLUSÕES IMPORTANTES. REFERIU-SE ÀS CONCLUSÕES DA COMISSÃO. <ul><li>ANTES DE PRONOMES PESSOAIS, DEMONSTRATIVOS </li></ul><ul><li>( ESTE, ESTA, ESSE, ESTA ) E DE TRATAMENTO: </li></ul>DIRIGI-ME A ELA. ELE ASPIRA A ESSA POSIÇÃO. INFORMEI A SUA EXCELÊNCIA. AMARRANDO IDÉIAS Prof. Jorge Henrique
  15. 15. OBSERVAÇÃO: <ul><li>OS PRONOMES DE TRATAMENTO SENHOR , SENHORA E </li></ul><ul><li>SENHORITA DEVEM SER CONSIDERADOS, PARA EFEITO </li></ul><ul><li>DE CRASE, COMO PALAVRAS COMUNS: </li></ul>OFERECEU AO SENHOR SEUS FAVORES. OFERECEU À SENHORA SEUS FAVORES. REFERIU-SE À SENHORITA QUE CHEGARA. AMARRANDO IDÉIAS Prof. Jorge Henrique
  16. 16. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>SE, AO TROCARMOS “ AQUELE ”, “ AQUELA ”, “ AQUILO ’ </li></ul><ul><li>POR ESTE , ESTA , ISTO , RESULTAR A ESTE , A ESTA , </li></ul><ul><li>A ISTO : </li></ul>REFERIU-SE A ESTE PROCEDIMENTO. REFERIU-SE ÀQUELE PROCEDIMENTO. FEZ A PROPOSTA A ESTA OPERÁRIA. FEZ A PROPOSTA ÀQUELA OPERÁRIA. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique
  17. 17. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>TOPÔNIMOS ACOMPANHADOS DE ELEMENTOS </li></ul><ul><li>DETERMINANTES ADMITEM ARTIGO: </li></ul>REFERIU-SE A ROMA. REFERIU-SE À ROMA DOS CÉSARES. FUI A SÃO PAULO. FUI À GRANDE SÃO PAULO. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique
  18. 18. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>QUANDO SUBENTENDIDA A PALAVRA MODA , MANEIRA , </li></ul><ul><li>HAVERÁ CRASE: </li></ul>ESTAVA VESTIDO À INDIANA. ESTAVA VESTIDO À (MODA) INDIANA. ESCREVIA À MACHADO DE ASSIS. ESCREVIA À (MANEIRA) DE MACHADO DE ASSIS. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique
  19. 19. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>ANTES DA PALAVRA CASA , HAVERÁ CRASE SE ESTA </li></ul><ul><li>VIER ACOMPANHADA DE ELEMENTOS DETERMINANTES: </li></ul>DIRIDIU-SE A CASA CAUTELOSAMENTE. DIRIGIU-SE À CASA DE SUA MÃE. <ul><li>ANTES DA PALAVRA TERRA , HAVERÁ CRASE SE ESTA </li></ul><ul><li>VIER EMPREGADA COMO SINÔNIMO DE PAÍS NATAL, </li></ul><ul><li>PLANETA: </li></ul>VIAJOU À TERRA NATAL. O NAVIO DIRIGIU-SE A TERRA. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique
  20. 20. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>DIANTE DE PRONOMES POSSESSIVOS, A CRASE SERÁ </li></ul><ul><li>FACULTATIVA: </li></ul>ENTREGUEI A ENCOMENDA A SUA SECRETÁRIA. ENTREGUEI A ENCOMENDA À SUA SECRETÁRIA. <ul><li>TAMBÉM DIANTE DE PRONOMES PESSOAIS, A CRASE </li></ul><ul><li>SERÁ FACULTATIVA: </li></ul>FIZERAM A PERGUNTA A PATRÍCIA. FIZERAM A PERGUNTA À PATRÍCIA. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique
  21. 21. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>ANTES DE HORAS PODE HAVER OU NÃO A CRASE: </li></ul>COMPARECEU ÀS DEZ HORAS À REUNIÃO. VIRÁ DAQUI A UMA HORA AO ENCONTRO. A REUNIÃO ESTÁ MARCADA PARA AS DEZ HORAS. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique

×