História m3

170 visualizações

Publicada em

Apostila de História M3.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
170
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História m3

  1. 1. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida políticas que beneficiavam preferencialmente os REPÚBLICA VELHA grupos ao qual representavam os (Barões do Café em SP) e os (Coronéis do Leite em MG), criando assim a chamada Política Café com Leite. As demais elites locais se beneficiavam na medida em que o governo federal legitimava toda e qualquer eleição, assim as fraudes eram comuns e estas elites se perpetuavam no poder, em troca disto, estas elites não interferiam a nível federal. A política elitista da república velha agravou a miséria de grande parte da população brasileira, um exemplo de resistência e fuga da fome foi o surgimento de Canudos no sertão da Bahia, onde Antonio Conselheiro e seus seguidores fundaram o Após a proclamação da República, se tem Arraial de Canudos (ou Arraial de Belo Monte), lá osconcluído com êxito o primeiro golpe civil-militar da sertanejos construíam suas casas, cuidavam das roçasHistória do Brasil. A força política dos militares comunitárias e faziam artesanato. Rapidamentepermitiu que já no governo provisório o cargo de Canudos cresceu chegando a ter cerca de 30 milpresidente fosse exercido por um militar, Deodoro da habitantes, assim a mão de obra que antes eraFonseca (1889 – 1891). As principais medidas abundante e barata na região, ficou escassa e cara, etomados por este governo foram: criação da primeira isso passou a incomodar aos latifundiários, a IgrejaConstituição repúblicana, Transformações das também passou a se sentir incomodada com a perdaprovíncias em Estados, Dissolução do Legislativo de fiéis, a recusa dos sertanejos de Canudos em pagarimperial, extinção da vitalidade no Senado, Separação impostos federais passou a irritar também ao governoentre Estado e Igreja, liberdade de culto, casamento federal, disto se organizou uma operação de guerracivil, naturalização de todos os estrangeiros que para destruir o Arraial, após diversas batalhas comviviam no Brasil e a criação de uma nova bandeira vitória dos sertanejos o governo enviou umNacional, entre outros. contingente de 10.000 homens, o cerco durou 3 A nova Constituição brasileira seguiu o meses, até que Canudos foi derrotada. Euclides damodelo da norte-americana, o Brasil passava a ser Cunha, na época jornalista do jornal O Estado de Sãouma república federativa presidencialista (Estados Paulo assim descreveu o momento da queda deUnidos do Brasil), fim do voto censitário e adoção das Canudos.eleições diretas e populares, universais a todosmaiores de 21 anos, alfabetizados e civis. (mulheres,analfabetos, militares sem patente, e religiosos nãopodiam votar ou serem votados). Através de umaeleição indireta para o quadriênio (1891 – 1894),foram eleitos para a presidência, Deodoro da Fonsecae Floriano Peixoto como vice. Em novembro de 1891, Deodoro sofre umatentativa de golpe, o que o leva a fechar o congresso edecretar estado de sítio, porem os congressistas unidoscom a elite e com o vice-presidente, pressionam pararenúncia de Deodoro. Após a renúncia, Floriano “Canudos não se rendeu [...] resistiu até oPeixoto desconsiderou a Constituição (que esmagamento completo, quando caíram seus últimosdeterminava que em caso do Presidente não cumprir 2 defensores, quase todos morreram. Eram quatroanos do mandato, deveria ser chamada uma nova apenas: um velho, dois homens feitos, e uma criança”.eleição) e toma a presidência com o apoio dos barões Depois de conquistada, o governo ordenou que tudodo café , dos militares e da classe média urbana. fosse destruído e que Canudos deveria servir de Com a eleição de Prudente Morais (1894 – exemplo, a fim de se evitar iniciativas semelhantes. O1898), iniciou-se o período de domínio político da episódio de Canudos ocorreu durante o governo deoligarquia, em nível nacional, isto acontecia com os Prudente Morais e ilustra a situação de miséria dapartidos PRP (Partido Repúblicano Paulista) e o PRM população, que pouco percebia a passagem para a(Partido Repúblicano Mineiro), no Rio Grande do Sul república, de modo geral a população continuavao domínio político pertencia ao PRR (Partido apoiando a figura paternalista do Imperador. O Rio deRepúblicano Rio-grandense). A nível nacional, o PRP Janeiro perdia força política e se transformava numae o PRM passaram a se revezar no poder, exerciam espécie e “panela de pressão”, devido à migração
  2. 2. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeidamissiva de miseráveis de todo o País, sendo assim, eralá que se sentiam mais nitidamente os problemassociais e as pressões populares, o governo reagia deforma violenta, reprimindo manifestações, prendendovadios e limpando a cidade dos cortiços.A população ficava as margens da política e viviacomo podia lentamente o País passou a seindustrializar, para tanto, se contratava mão de obraimigrante, aos brasileiros (brancos) se destinavamtrabalhos que não exigissem conhecimento técnico ouexperiência, (em geral os trabalhos do campo), noque diz respeito aos negros, estes perambulavam pelasruas, desempregados, ganhavam a vida como podiam,muitos retornavam as fazendas se oferecendo comoescravos ou em condições semelhantes. O acesso àescola era privilégio de uma pequena elite, o quelimitava o acesso ao voto e mantinha a estrutura socialvigente. A eclosão da 1° guerra mundial, beneficiouos países produtores de alimentos, que tiveram asexportações ampliadas ao mesmo tempo em quegerava grandes dificuldades para a importação deprodutos industrializados. Esta dificuldade beneficioua pequena burguesia brasileira, que podia agoraaumentar os seus preços e ampliar a produção,iniciando o que se chama de Política de Substituiçãode Importações.
  3. 3. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida cancelamento das eleições. O período do Estado Novo PERÍODO VARGAS atravessa a segunda guerra mundial e termina em 1945, como reflexo do fim dos regimes fascista e nazista, o A chegada de Getulio Vargas ao poder central medo de um novo golpe de Vargas, faz com quepassa obrigatoriamente pelas eleições de 1930. diversos grupos se unam contra o governo, o que o levaWashington Luís, Presidente entre 1926 – 1930 viu a deposição do Presidente em 29 de outubro de 1945.durante a quebra da bolsa de Nova York, o mudo Em termos trabalhistas, o governo do Estadocapitalista entrar em grave crise econômica, e como Novo passou a regulamentar os sindicatos autorizando oconseqüência os preços do café desabarem em todo o funcionamento daqueles que tinham a diretoria aprovadamundo, principalmente nos EUA, que era o principal pelo próprio governo federal, as negociações entrecomprador. Por conta disto, Washington Luis rompeu empregados e patrões passaram a ser conduzidas pelocom a aliança do Café com Leite e em vez de apoiar o recém criado Ministério do Trabalho, os sindicatos quemineiro Antônio Carlos, resolveu apoiar o paulista Júlio não se submetessem ao governo, eram impedidos dePrestes como candidato as eleições que se aproximavam. funcionar. Com o objetivo do esvaziar as lutas operarias,Revoltados, os mineiros procuraram os gaúchos e os o governo passou a se antecipar em algumasparaibanos para que se organizasse uma chapa em reivindicações, como a criação do salário mínimo e aconjunto para aquelas eleições, surge assim a Aliança consolidação das leis do trabalho CLT.Liberal, com Getúlio Vargas como candidato a No plano econômico, Vargas utilizou-se de umaPresidente e o paraibano João Pessoa para Vice- política de barganha entre as principais potenciasPresidente. mundiais a fim de obter recursos e benefícios para a As campanhas foram industrialização do Brasil, disto temos a criação da tumultuadas, e ao final a Aliança Companhia Siderúrgica (1941), Usina de Volta Liberal saiu derrotada, porem João Redonda, Companhia Vale do Rio Doce e a Fábrica Pessoa foi assassinado na Paraíba, o Nacional de Motores (1942), criou os Institutos do que serviu do pretexto para que o Açúcar e do Álcool (IAA), do Mate e do Pinho, movimento liderado por Getulio promoveu a diversificação agrária incentivando a Vargas no Sul e Juarez Távora no policultura. Já no plano político houve a centralização nordeste, pegassem em armas a fim absoluta do poder nas mãos do Poder Executivo, de depor Washington Luis, em 03 enfraquecimento do federalismo e nomeação de de outubro de 1930. interventores para os Estados, proibiu greves, extinguiuWashington Luis todos os partidos políticos, regulamentou a pena de morte no Brasil, criou o Departamento de Imprensa eA era Vargas (1930 – 1945) Propaganda (DIP), criou o Ministério da Aeronáutica eO governo Vargas marcou de forma permanente a enviou as Forças Expedicionárias Brasileiras (FEB) paraestrutura econômica, política e social do Brasil, esta fase a Itália durante a 2° Guerra.está dividida três etapas: Governo Provisório (1930 – De modo geral pode-se dizer que ao longo1934), Governo Constitucional (1934 – 1937) e Estado destes 15 anos no poder, seu governo procurou jogarNovo (1937 – 1945). como os interesses dos diversos grupos sociais, políticos O período conhecido como Governo Provisório, e econômicos, ora atendendo uma parcela da população,caracterizou-se por um vazio de poder político da elite ora atendendo outra, se em certo momento beneficiavanacional. Em 1932 a oligarquia paulista pega em armas uma elite, em um momento posterior atendia a outra.contra Vargas na chamada Revolução Constitucionalista,o que levou Getulio a convocar uma assembléiaconstituinte, que foi concluída em 1934. Além de elegerGetulio Vargas presidente constitucional, a novaconstituição estipulou o voto secreto, a nacionalizaçãodos bancos, a jornada de oito horas, o descanso semanalremunerado, e a proibição do trabalho de menores de 14anos. No entanto, em 1935 Getulio Vargas utiliza-se daintentona comunista; que queria derrubar o seugoverno; como pretexto para revogar todas estas leis aodecretar estado de sítio, o que permite ao presidentegovernar acima de qualquer lei. Em 1937, o governo anunciou a descoberta doplano Cohen, que apontava para o perigo de um ataque Vargas em discursocomunista ao Brasil, o que leva ao governo cancelar aseleições daquele ano e decretar estado de guerra,iniciando o que ficou conhecido como Estado Novo.Quanto ao Plano Cohen e ao suposto ataque comunista,era tudo falso, servindo apenas de pretexto para o
  4. 4. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida Com o fim da Segunda Guerra Mundial, surge intensificar a política populista2, se aproximou dasno cenário mundial uma nova realidade, o surgimento de massas e intensificou a política nacionalista, incentivouduas superpotências econômico-militares; os Estados a indústria de base, de transportes, de energia,Unidos e a União Soviética; que passaram a dividir o petroquímica e a agricultura. Entre os principais decretosmundo em duas áreas de influências, uma capitalista e estão a criação da Petrobrás, o planejamento da criaçãooutra socialista. Nilo Odália , chama a atenção para da Eletrobrás, a criação do Ministério da Educação eoutro importante acontecimento do período, que foi o Cultura, e o Ministério da Saúde, criação do BNDE,fato de o término da guerra, ter permitido “... que se incentivos a pesquisas nucleares, regulamentação da leideflagrassem as lutas de libertação, causando novas de remessa de lucros ao exterior, e a duplicação dobrechas no antes monolítico sistema internacional salário mínimo. Politicamente, a situação de Vargaseuropeu, repercutindo intensamente na política tornava-se cada vez mais complicada, na tentativa deinternacional do após-guerra...” (ODÁLIA, 1980, p. agradar a todos os setores, terminava em não agradar a354. In: MOTA, 1980). Desta forma, tínhamos agora a nenhuma em sua totalidade, as pressões da elitefragmentação do poder europeu através da oligárquica, do empresariado internacional, dos EUA, dodescolonização da África, e o fortalecimento dos EUA e empresariado fluminense, das forças armadas e da mídiada URSS que serviam de modelos aos movimentos de através principalmente do Jornal Tribuna de Imprensa,independência. onde o jornalista Carlos Lacerda disparava contra Vargas, tornavam a situação política insustentável. Diante das medidas protecionistas e nacionalistas, intensificam-se as pressões sobre Vargas, principalmente no que diz respeito às criticas para as intervenções do Estado na economia nacional através das estatais, soma- se a isso, a alta da inflação que desestabilizava a economia. Diante de tantos problemas, Vargas ficou sozinho, isolado no poder e passou a perceber a construção de um golpe sobre o seu governo. A Getúlio Vargas, restava ainda uma última cartada no jogo do poder, e assim termina por cometer suicídio em 24 de agosto de 1954, o povo saiu as ruas, e Entre os anos de 1940 e 1945, o Brasil havia tido a comoção nacional freou por 10 anos a possibilidade douma taxa de crescimento do produto interno real (PIR) golpe.de 4,7% com uma produção industrial (PI) de 6,2%, jápara o período de 1946 a 1950 a taxa do PIR aumentoupara 7,3% e o da PI para 8,6%1. Pouco antes de suaqueda, Getulio Vargas havia restaurado a liberdadepartidária e criado o PTB, vinculado ao movimentourbano, trabalhista e sindical. Foi através deste partido econtando com o apoio do jovem e já rico empresárioJoão Goulart, que Getúlio Vargas pode retornar aopoder, após vencer de forma tranqüila as eleições.Segundo Governo Vargas (1951 – 1954)Eleito diretamente pelo povo, o segundo governo deVargas caracterizou-se pela forte oposição ao seugoverno, a política de barganha internacional também jánão era mais possível, devido a crise européia emdecorrência da 2° guerra, restava assim apenas os EUA 2 Segundo Boris Fausto, a política populista se baseava emcomo grande nação, já que a URSS, por ser socialista era promover no plano econômico um capitalismo nacional,considerada rival. Disto, Vargas optou então em sustentado pela ação do Estado. [...] pretendiam no plano político reduzir as rivalidades entre as classes, chamando as massas populares e a burguesia nacional a uma colaboração promovida pelo Estado. Desse modo, o Estado encarnaria as1 Fonte: Fundação Getúlio Vargas e Cepal. In: BRESSER- aspirações de todo o povo e não os interesses particularesPEREIRA,1968 p. 39. desta ou daquela classe.
  5. 5. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na História.Carta-Testamento de Getúlio Vargas (Rio de Janeiro, 23/08/54 - Getúlio Vargas). Mais uma vez as forças e os interesses contra o povocoordenaram-se e novamente se desencadeiam sobre mim.Não me acusam, insultam; não me combatem, caluniam, enão me dão o direito de defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedir a minhaação, para que eu não continue a defender, como sempredefendi, o povo e principalmente os humildes. Sigo o destinoque me é imposto. Depois de decênios de domínio eespoliação dos grupos econômicos e financeirosinternacionais, fiz-me chefe de uma revolução e venci. Iniciei otrabalho de libertação e instaurei o regime de liberdade social.Tive de renunciar. Voltei ao governo nos braços do povo. Acampanha subterrânea dos grupos internacionais aliou-se àdos grupos nacionais revoltados contra o regime de garantiado trabalho. A lei de lucros extraordinários foi detida noCongresso. Contra a justiça da revisão do salário mínimo sedesencadearam os ódios. Quis criar liberdade nacional napotencialização das nossas riquezas através da Petrobrás e,mal começa esta a funcionar, a onda de agitação seavoluma. A Eletrobrás foi obstaculada até o desespero.Não querem que o trabalhador seja livre. Não querem que o povo seja independente.Assumi o Governo dentro da espiral inflacionária quedestruía os valores do trabalho. Os lucros das empresasestrangeiras alcançavam até 500% ao ano. Nas declaraçõesde valores do que importávamos existiam fraudes constatadasde mais de 100 milhões de dólares por ano. Veio a crise docafé, valorizou-se o nosso principal produto. Tentamosdefender seu preço e a resposta foi uma violenta pressãosobre a nossa economia, a ponto de sermos obrigados aceder. Tenho lutado mês a mês, dia a dia, hora a hora,resistindo a uma pressão constante, incessante, tudosuportando em silêncio, tudo esquecendo, renunciando a mimmesmo, para defender o povo, que agora se quedadesamparado. Nada mais vos posso dar, a não ser meusangue. Se as aves de rapina querem o sangue de alguém,querem continuar sugando o povo brasileiro, eu ofereço emholocausto a minha vida. Escolho este meio de estar sempre convosco.Quando vos humilharem, sentireis minha almasofrendo ao vosso lado. Quando a fome bater àvossa porta, sentireis em vosso peito a energia para aluta por vós e vossos filhos. Quando vos vilipendiarem,sentireis no pensamento a força para a reação. Meusacrifício vos manterá unidos e meu nome será a vossabandeira de luta. Cada gota de meu sangue será uma chamaimortal na vossa consciência e manterá a vibração sagradapara a resistência. Ao ódio respondo com operdão. E aos que pensam que me derrotaram respondo coma minha vitória. Era escravo do povo e hoje me liberto para avida eterna. Mas esse povo de quem fui escravo não maisserá escravo de ninguém. Meu sacrifício ficará para sempreem sua alma e meu sangue será o preço do seu resgate. Luteicontra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação dopovo. Tenho lutado de peito aberto. O ódio, as infâmias, acalúnia não abateram meu ânimo. Eu vos dei a minha vida.Agora vos ofereço a minha morte.
  6. 6. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida Desenvolvimento e Fatos Históricos Importantes: Introdução : As causas da Segunda GuerraMundial(Texto transcrito de: - O período de 1939 a 1941 foi marcado porhttp://www.suapesquisa.com/segundaguerra/) vitórias do Eixo, lideradas pelas forças armadas da Alemanha, que conquistou o Norte da França, Um conflito Iugoslávia, Polônia, Ucrânia, Noruega e territórios no desta magnitude não norte da África. O Japão anexou a Manchúria, enquanto começa sem importantes a Itália conquistava a Albânia e territórios da Líbia. causas ou motivos. Podemos dizer que - Em 1941 o Japão ataca a base militar norte- vários fatores americana de Pearl Harbor no Oceano Pacífico (Havaí). influenciaram o início Após este fato, considerado uma traição pelos norte- deste conflito que se americanos, os estados Unidos entraram no conflito ao iniciou na Europa e, lado das forças aliadas. rapidamente, espalhou- se pela África e Ásia. - De 1941 a 1945 ocorreram as derrotas do Eixo, iniciadas com as perdas sofridas pelos alemães no Um dos mais rigoroso inverno russo. Neste período, ocorre umaimportantes motivos foi o surgimento, na década de regressão das forças do Eixo que sofrem derrotas1930, na Europa, de governos totalitários com fortes seguidas. Com a entrada dos EUA, os aliados ganharamobjetivos militaristas e expansionistas. Na Alemanha força nas frentes de batalhas.surgiu o nazismo, liderado por Hitler e que pretendiaexpandir o território Alemão, desrespeitando o Tratado - O Brasil participa diretamente, enviandode Versalhes, inclusive reconquistando territórios para a Itália (região de Monte Cassino) os pracinhas daperdidos na Primeira Guerra. Na Itália estava crescendo FEB, Força Expedicionária Brasileira. Os cerca de 25o Partido Fascista, liderado por Benito Mussolini, que mil soldados brasileiros conquistam a região, somandose tornou o Duce da Itália, com poderes sem limites. uma importante vitória ao lado dos Aliados. Tanto a Itália quanto a Alemanha passavam Final e Consequênciaspor uma grave crise econômica no início da década de Este importante e triste conflito terminou1930, com milhões de cidadãos sem emprego. Uma das somente no ano de 1945 com a rendição da Alemanha esoluções tomadas pelos governos fascistas destes países Itália. O Japão, último país a assinar o tratado defoi a industrialização, principalmente na criação de rendição, ainda sofreu um forte ataque dos Estadosindústrias de armamentos e equipamentos bélicos Unidos, que despejou bombas atômicas sobre as cidades(aviões de guerra, navios, tanques etc). de Hiroshima e Nagazaki. Uma ação desnecessária que Na Ásia, o Japão também possuía fortes provocou a morte de milhares de cidadãos japonesesdesejos de expandir seus domínios para territórios inocentes, deixando um rastro de destruição nestasvizinhos e ilhas da região. Estes três países, com cidades.objetivos expansionistas, uniram-se e formaram o Eixo. Bomba Atômica explode na cidade japonesaUm acordo com fortes características militares e com de Hiroshimaplanos de conquistas elaborados em comum acordo. Os prejuízos foram enormes, principalmente O Início para os países derrotados. Foram milhões de mortos e O marco inicial ocorreu no ano de 1939, feridos, cidades destruídas, indústrias e zonas ruraisquando o exército alemão invadiu a Polônia. De arrasadas e dívidas incalculáveis. O racismo esteveimediato, a França e a Inglaterra declararam guerra à presente e deixou uma ferida grave, principalmente naAlemanha. De acordo com a política de alianças Alemanha, onde os nazistas mandaram para campos demilitares existentes na época, formaram-se dois grupos : concentração e mataram aproximadamente seis milhõesAliados (liderados por Inglaterra, URSS, França e de judeus.Estados Unidos) e Eixo (Alemanha, Itália e Japão ).
  7. 7. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida Com o final do conflito, em 1945, foi criada aONU ( Organização das Nações Unidas ), cujo objetivoprincipal seria a manutenção da paz entre as nações.Inicia-se também um período conhecido como GuerraFria, colocando agora, em lados opostos, EstadosUnidos e União Soviética. Uma disputa geopolíticaentre o capitalismo norte-americano e o socialismosoviético, onde ambos países buscavam ampliar suasáreas de influência sem entrar em conflitos armados.
  8. 8. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida uma nova guerra GUERRA FRIA (Hobsbawm) • os países beligerantes tornaram-se um campo em ruínas habitados por populações que os norte- americanos interpretavam como famintos, desesperados e propensos à radicalização (dispostos a ouvir o apelo da revolução social) – políticos destes países desejam alianças que os estabilizem e ao sistema capitalista • URSS não era expansionista (desmobiliza suas tropas tão rapidamente qt os EUA) – sua posição era defensiva frente aos EUA que exercia hegemonia sobreCaracterísticas: todas as partes do mundo não ocupadas pelo Exército• não se constitui em um período único e domina Vermelho. Em contrapartida a URSS representavamo cenário internacional na segunda metade do século XX para os EUA uma possibilidade num dado momento• em termos objetivos não existia perigo eminente futurode guerra mundial: os governos das duas potências • A política de intransigência mútua, e mesmo deaceitaram a distribuição global de forças no fim da 2ª permanente rivalidade de poder, não implicava perigoGM que equivalia a um equilíbrio desigual mas não diário de guerra – Períodos mais delicados: enunciaçãocontestado em sua essência na Europa formal da Doutrina Truman (03/1947) e na Guerra da• nas áreas dos novos estados pós-coloniais é que Coréia (04/1951 – demissão do general Douglasas superpotências continuaram a competir por apoio e MacArthur)influência durante toda a GF • política interna norte-americana e as demandas• mediante a aceitação da divisão desigual do da opinião pública leva-os a utilizar o anticomunismomundo faziam esforços para resolver disputas de apocalíptico como instrumento interno de poder:demarcação sem que um choque aberto entre suas preocupação com demandas do eleitorado, maisForças Armadas que pudesse levar a uma guerra – impostos para a composição dos orçamentos – EUAtrabalhavam na suposição de que a coexistência pacífica mais perigosos e propensos à radicalizaçãoentre elas era possível a longo prazo A histeria pública tornava mais fácil para os presidentes obter de cidadãos famosos, por suaFases: ojeriza a pagar impostos, as imensas somas necessárias para a política norte-americana e o 1ª FASE1945 - início da década de 70 • guerra fria como instrumento de política externa: defesa, uso de excedentes bélicos para obter aliados eperíodo relativamente estável parceiros comerciais Contenção era a política de todos; a destruição doSurgimento: comunismo, não• ameaça de depressão no pós-guerra – EUA: Conseqüências:preocupação maior em evitar outra depressão do que
  9. 9. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida• polarizou o mundo controlado pelas estrutura internacional e as estruturas dos sistemassuperpotências em dois blocos: alijamento das políticos internos mundiais, não foi o fim dos conflitostendências divergentes internamente internacionais, mas o fim de uma era.• os dois lados viram-se comprometidos com umacorrida armamentista relacionada ao complexoindustrial-militar• provoca a criação da Comunidade Européia:necessidade dos EUA como aliado contra a URSS //ameaça para as economias européias 2ª FASE Menina de Napalm (Guerra do Vietnã)início da década de 70 – 1989período instável do sistema internacional no qual suasunidades entram em extensa crise política e econômicaConjuntura:• enfraquecimento dos EUA externamente:econômica (ascensão da Europa e Japão) e política(derrota no Vietnã e Guerra Yom Kipur (1973) junto aosaliados // falência da URSS e inadaptação de suaeconomia às novas tecnologias• opinião pública norte-americana descontente:crescimento econômico estagnado, fim do estado debem-estar-social• economia mundial em mudança• 1974/79 onda revolucionária na Ásia e África:desfavorável aos EUASaldo:• congela as rivalidades e conflitos quemoldavam a política mundial antes da 2ª GM(nacionalismos, questões étnicas...)• encheu o mundo de armas• retirou os esteios que sustentavam a
  10. 10. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida forma significativa os seus números de desenvolvimento “[...] entre 1955 e 1961, a produção industrial cresceu Os anos dourados 80% (em preços constantes), com as Passada a comoção porcentagens mais nacional pelo suicídio de altas registradas Vargas, o país mergulha em um pelas indústrias de período de confusão financeira, aço (100%), que termina possibilitando ao indústrias mecânicas então Presidente provisório; (125%), indústrias Café Filho; a criação da elétricas e de instrução 113 da SUMOC3, que comunicação (380%) e indústrias de equipamentos de dava permissão para que fosse transportes (600%). De 1957 a 1961, a taxa deimportado equipamento industrial para a produção de crescimento real foi de 7% ao ano e, aproximadamente,bens, favorecendo dessa forma ao capital internacional, 4% per capita. Para a década de 1950, o crescimento perem detrimento as fábricas nacionais e gerando fortes capita efetivo do Brasil foi aproximadamente três vezesprotestos dos grupos nacionalistas. No plano político, a maior que o do resto da América Latina” (FURTADO,candidatura de Juscelino Kubitschek, fazia com que 1965, p.88-90. In: SKIDMORE, 1976, p. 204). NoCarlos Lacerda, temeroso pela volta dos getulistas ao entanto o seu governo deixou ao Brasil um elevadopoder, disparasse acusações contra o mesmo e clamasse índice inflacionário, e uma gigantesca dívida externa,por uma intervenção militar afim de que as eleições não impulsionada principalmente pelos custos da criação deocorressem. As preocupações de Lacerda não eram sem Brasília e isenções de impostos para a implantação depropósito já que Kubitschek representava a união de empresas multinacionais, que abasteceriam o mercadoduas máquinas eleitorais, PSD no campo e PTB na brasileiro com inovações como, liquidificadores,cidade. No entanto, Café Filho buscou a legalidade e batedeiras, ferros de passar elétricos, aspiradores de pó econduziu o país as eleições presidenciais em 3 de geladeiras entre outros. Disto surge uma questãooutubro de 1955, que elegeu Juscelino Kubitschek importante e que cabe aqui nos questionarmos, quePresidente da Republica com 36% dos votos, contra 30% mercado consumidor era este? Quem eram osde Juarez Távora, 26% de Adhemar de Barros e 8% de consumidores? Engana-se quem pensa que pensou quePlínio Salgado. estes produtos estavam disponíveis a toda a população, o desenvolvimento proposto por JK atendia as demandasJuscelino Kubitschek deu seguimento a política de da classe média e de uma elite oligárquica, enquanto quenacional-desenvolvimentismo iniciada no período a maior parte da população permanecia longe do acessoVargas, no entanto, JK procurou se associar ao capital a estes bens, no entanto, participavam dointernacional a fim de resolver pontos eleitos como de desenvolvimento não como consumidores, mas comoestrangulamento do desenvolvimento do País. Segundo trabalhadores destas novas fábricas.Santos (2002, p.39), O Plano de Metas do governoKubitschek foi influenciado pela Comissão Mista Brasil-Estados Unidos, o que indica uma clara interferência dogoverno norte-americano na estratégia de crescimentoadotada pelo governo brasileiro da época. Beneficiadode uma base industrial já implantada, e de um mercado Construção de Brasíliaconsumidor em expansão, logo no inicio do governo deJuscelino Kubitschek, são instalados grupos de trabalhosvoltados a setores prioritários como: energia, indústriade base, alimentação e transporte, disto resultou o plano Oscar Niemayer na construção de Brasíliade metas. Ao longo do seu governo o Brasil ampliou de3 Tal instrução é de vital importância para a implementação dapolítica de industrialização/desenvolvimentista do governo deJuscelino Kubitschek, pois permite às empresasmultinacionais transferir seus equipamentos para o Brasil Placa indicando Brasíliapraticamente isentas de impostos. (SANTOS, 2002, p.19).
  11. 11. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida dificuldades para a aprovação dos seus projetos de governo. Em fim, a vez da oposição! Diante da complexidade da situação, JQ elabora Para as um plano de renúncia como forma de pressionar o eleições outubro de congresso a lhe conceder maiores liberdades (Jânio 1960, os partidos pretendia jogar a possibilidade do governo cair governistas PTB/PSD novamente nas mãos dos getulistas, já que o seu vice era mantiveram a aliança João Goulart). Porem o seu plano dá errado e o que elegerá JK congresso aceita o seu pedido de renuncia em 25 de presidente, e agora agosto de 1961.lançavam o Marechal Henrique Lott como seu sucessor.Lott era reconhecido pelo seu caráter nacionalista, pela A aceitação do pedido de renuncia de JQ tevesua posição favorável as restrições de remessas dos forte influencia dos autos escalões dos militares, quelucros das multinacionais ao exterior e pela defesa do tentariam agora impedir a posse do vice-presidente Joãovoto aos analfabetos. Já a UDN lançava como candidato Goulart, que estava em viagem diplomática parao controverso e carismático Jânio Quadros, que afirmava assuntos econômicos na China. A notícia de que Goulartser um político independente de qualquer corrente seria impedido da posse logo foi divulgada, o que fez opolítica da época. Nessa época os candidatos à vice- então Governador do Rio Grande do Sul; Leonelpresidência eram escolhidos de forma separada, sendo Brizola; promover um levante contra os golpistas,assim o resultado das eleições de 1960 elegeram pela lançando a Campanha da Legalidade onde o objetivo eraprimeira vez um candidato da oposição, tratava-se de pegar em armas e garantir a legalidade da constituiçãoJânio Quadros (UDN) e como vice-presidente um da proporcionando a posse do agora Presidente Joãosituação, João Goulart (PTB/PSD), Goulart era eleito Goulart. Devido a possibilidade de uma guerra civil e ocomo vice-presidente pela segunda vez, pois já era vice equilíbrio bélico entre ambos os lados, o movimentode JK, sendo que naquela oportunidade se elegera com a golpista recua e aceita a posse de Goulart, no entanto,maior votação da eleição, ou seja, recebeu mais votos do sob a forma parlamentarista, JG assumia assim aque o próprio presidente eleito, neste caso Juscelino Presidência no dia 07 de setembro de 1961.Kubitschek. Entre setembro de 1961 e janeiro de 1963, Jango Empossado em janeiro de 1961, Quadros realizou importantes manobras políticas, articulando-seimediatamente lança um arrojado plano econômico afim cuidadosamente conseguiu ganhar força e realizar umde conter a grave crise financeira do País. (elevou o plebiscito nacional para a abolição do Ato Adicional quepreço do pão, dos transportes e outros produtos básicos, havia estabelecido o sistema parlamentar. Vitorioso Joãoalterou a taxa de cambio, desvalorizou o cruzeiro em Goulart restabelece o sistema presidencialista e recupera100%, investiu no setor exportador e congelou os sua autoridade de Presidente, porem teria ainda quesalários, entre outras medidas). desarmar a oposição e resolver os graves problemas econômicos e sociais do Brasil. No plano de política internacional, JânioQuadros começa a se inclinar ao grupo de países Condecoração a Ernesto Che Guevaraindependentes; ou seja; o Brasil começava a se tornarneutro frente à Guerra Fria, desta forma, se aproximavada URSS, da China, da Iugoslávia e de Cuba. O ápice danova posição política do Brasil frente ao mundo bi-polardeu-se com a condecoração da Ordem do Cruzeiro doSul oferecida a Ernesto Che Guevara. Tal política levavaQuadros a um perfil nacionalista, ao contrario dosinteresses do partido que o elegera (UDN). Disto, osproblemas entre Jânio Quadros e seus apoiadorescomeçam a ficar cada vez mais graves. Carlos Lacerda Jânio em comícioutiliza-se de sua influencia nos veículos de comunicaçãoe dispara acusações contra o Presidente, que passa a ter
  12. 12. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida agora ao meu trabalho de advogado e professor. A Carta-renúncia de Jânio Quadros Trabalharemos todos. Há muitas formas de servir nossa pátria." Fui vencido pela reação e assim deixo o Brasília, 25 de agosto de 1961.governo. Nestes sete meses cumpri o meu dever. Jânio QuadrosTenho-o cumprido dia e noite, trabalhandoinfatigavelmente, sem prevenções, nem rancores.Mas baldaram-se os meus esforços para conduziresta nação, que pelo caminho de sua verdadeiralibertação política e econômica, a única quepossibilitaria o progresso efetivo e a justiça social,a que tem direito o seu generoso povo. "Desejei um Brasil para os brasileiros,afrontando, nesse sonho, a corrupção, a mentira ea covardia que subordinam os interesses geraisaos apetites e às ambições de grupos ou deindivíduos, inclusive do exterior. Sinto-me, porém,esmagado. Forças terríveis levantam-se contramim e me intrigam ou infamam, até com adesculpa de colaboração. "Se permanecesse, não manteria aconfiança e a tranquilidade, ora quebradas,indispensáveis ao exercício da minha autoridade.Creio mesmo que não manteria a própria pazpública. "Encerro, assim, com o pensamento voltadopara a nossa gente, para os estudantes, para osoperários, para a grande família do Brasil, estapágina da minha vida e da vida nacional. A mimnão falta a coragem da renúncia. "Saio com um agradecimento e um apelo.O agradecimento é aos companheiros que comigolutaram e me sustentaram dentro e fora do governoe, de forma especial, às Forças Armadas, cujaconduta exemplar, em todos os instantes,proclamo nesta oportunidade. O apelo é no sentidoda ordem, do congraçamento, do respeito e daestima de cada um dos meus patrícios, para todose de todos para cada um."Somente assim seremos dignos deste país e domundo. Somente assim seremos dignos de nossaherança e da nossa predestinação cristã. Retorno
  13. 13. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida Após recuperar o sistema presidencialista, João daquele momento, o país ingressou em um longoGoulart implantou medidas para conter a grave crise período de obscurantismo, em que as arbitrariedades eeconômica do país. O Plano Trienal, tinha como objetivo todo tipo de violência venceram a democracia. Oscombater a inflação, reduzir o déficit público e promover militares tomaram o poder e só o devolveram aos civiso crescimento econômico. Para isso, foram tomadas duas décadas depois.algumas medidas, como a desvalorização da moeda e aredução das importações. Ainda em 1963, Jango apoiado pela esquerda epelos grupos nacionalistas, lançou as chamadasReformas de Base, que abrangiam educação, políticaagrária, tributação e sistema bancário. As propostasapresentadas pelos setores de esquerda assustaram osgrandes proprietários de terra. Outros projetosacentuaram a desconfiança das elites empresariais,burocráticas e militares, que passaram a tramar umgolpe contra o presidente. Os opositores de Jangoargumentavam que as medidas do governo punhamem risco as bases do capitalismo no país e o poderhegemônico dos Estados Unidos no continente. As forças reacionárias organizaram-seem torno do Instituto de Pesquisa e Estudos Sociais(IPES), criado em 1961;do Instituto de AçãoDemocrática (IBAD), fundado no final dos anos 50; e daEscola Superiro de Guerra, (ESG), fundada em 1949 porex-integrantes da Força Expedicionária Brasileira (FEB).Civis e militares uniram-se contra o “perigo vermelho”,ou seja, contra as reformas de base, que simbolizavam aideologia socialista. Do lado de Jango, colocaram-se o PTB, setoresnacionalistas, lideres sindicais urbanos e os partidos deesquerda. Com apoio desses grupos, Jango procuroufortalecer seu governo, realizando uma série de comíciospela aprovação das Reformas de Base. Após um comíciorealizado em 13 de março de 1964, Jango comprometeu-se com o programa reformista e acirrou o clima deradicalização política vivido pela sociedade brasileira. A tensão social atingiu seu auge em 31 de marçode 1964, com a deposição de João Goulart. A partir
  14. 14. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de AlmeidaREFERÊNCIAS:ALMEIDA, M. W. Z. de. A indústria automobilísticano Brasil Populista. In: Cadernos FAPA. Porto Alegre.FAPA, 2008. disponível em:http://www4.fapa.com.br/cadernosfapa/artigos/4edicao/artigo1.pdf.ALMEIDA, M. W. Z. de. A indústria automobilísticano Brasil Populista. In: Cadernos FAPA. Porto Alegre.FAPA, 2008. disponível em:http://www4.fapa.com.br/cadernosfapa/artigos/4edicao/artigo1.pdf.BRAICK, P. R. MYRIAM, B. M. História: das cavernasao terceiro milênio. Vol. Único. São Paulo: Moderna,2007.BRESSER-PEREIRA, L. C. Desenvolvimento e criseno Brasil: 1930 – 1967. Rio de Janeiro: Zahar, 1968.FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo:Edusp/FDE, 1997.FURTADO, Celso. Um projeto para o Brasil. 4°ed. Riode Janeiro: Saga, 1968.FURTADO, Celso. Um projeto para o Brasil. 4°ed.Rio de Janeiro: Saga, 1968.FURTADO, Celso. Um projeto para o Brasil. 4°ed.Rio de Janeiro: Saga, 1968.ODÁLIA, Nilo. O Brasil nas relações internacionais:1945 – 1964. In: MOTA, C. G. Brasil em perspectiva.11° ed. São Paulo: Difel, 1980.SANTOS, P. A. G. A classe média vai ao paraíso: JKem manchete. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002.SANTOS, P. A. G. A classe média vai ao paraíso: JKem manchete. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002.SKIDMORE, Thomas. Brasil: de Getúlio a Castelo. Riode Janeiro: Paz e Terra, 1976.VARGAS, Lutero Sarmanho. Getúlio Vargas: ARevolução Inacabada. Rio de Janeiro: Bloch, 1988.
  15. 15. Colégio Mauá – M3 – História – Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de Almeida Prof. Ms. Michel Willian Zimmermann de AlmeidaAPOSTILA DE HISTÓRIA – M3

×