QUESTÕES DE AVALIAÇÕESPARA ANÁLISE
Atividade em grupo:Analisar uma questão da AAP de línguaportuguesa destacando:a) Qual alternativa corretab) Qual habilidad...
Questão 5Diante da fala de Mafalda, seu pai mostra-seA) IndiferenteB) SurpresoC) IrritadoD) triste3
• HABILIDADE - Estabelecer relações entreimagens (fotos, ilustrações), gráficos, tabelas,infográficos e o corpo do texto, ...
Na tirinha, há traço de humor em(A) "Que olhar é esse, Dalila?"(B) "Olhar de tristeza, mágoa, desilusão..."(C) "Olhar de a...
Localizar relações entre recursosexpressivos e efeitos de sentidoNa tirinha, há traço de humor em(A) "Que olhar é esse, Da...
• AnáliseNa tirinha que embasa esta questão, o sentido de humor aparecena última fala. Vale lembrar que o cômico é decorrê...
Localizar informações em um textoCÓCCO, Maria Fernandes; HAILER, Marco Antônio. Alp Alfabetização: Análise,Linguagem e Pen...
• AnáliseA resposta exige articular informações apresentadas no anúncio. Parasaber que a bicicleta pode ser paga em três v...
Descobrir sentido da expressão• A boneca GuilherminaEsta é a minha boneca, a Guilhermina. Ela é uma boneca muito bonita, q...
• AnáliseReler o texto avaliando o contexto e as pistas linguísticas earticulando as informações de diferentes trechos é o...
Distinguir um fato• O trecho "A Guilhermina é a boneca mais bonitada rua" (l. 8) expressa(A) uma opinião da dona sobre a s...
• AnáliseComo a questão está baseada em um texto narrativo comlinguagem fácil e com um tema muito próximo à realidade dosa...
Interpretar texto com auxílio de materialgráfico diversoO texto é divertido, PRINCIPALMENTE, porque(A) apresenta uma bruxa...
• AnálisePara decidir se A Vassoura apresenta uma bruxa trapalhona emedrosa, o aluno deve saber que em charges e quadrinho...
A menina do texto(A) chora de tristeza ao verificar que está trocando dentes.(B) está trocando seus dentes de leite e não ...
• AnáliseA compreensão da tirinha de Mafalda oferece um grau dedificuldade maior do que o apresentado na questão anterior....
Identificar idéia principal do textoRevista Veja, 28/07/1999.A ideia principal do texto é(A) o crescimento da área cultiva...
• AnálisePara conseguir discernir sobre o que é principal e o que ésecundário, o caminho é refletir sobre a estrutura e a ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Questões de avaliações (1) presencial4 dia

348 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Questões de avaliações (1) presencial4 dia

  1. 1. QUESTÕES DE AVALIAÇÕESPARA ANÁLISE
  2. 2. Atividade em grupo:Analisar uma questão da AAP de línguaportuguesa destacando:a) Qual alternativa corretab) Qual habilidade está sendo avaliada?c) O que o aluno precisaria saber pararesponder essa questão?2
  3. 3. Questão 5Diante da fala de Mafalda, seu pai mostra-seA) IndiferenteB) SurpresoC) IrritadoD) triste3
  4. 4. • HABILIDADE - Estabelecer relações entreimagens (fotos, ilustrações), gráficos, tabelas,infográficos e o corpo do texto, comparandoinformações pressupostas ou subentendidas.4
  5. 5. Na tirinha, há traço de humor em(A) "Que olhar é esse, Dalila?"(B) "Olhar de tristeza, mágoa, desilusão..."(C) "Olhar de apatia, tédio, solidão..."(D) "Sorte! Pensei que fosse conjuntivite!“
  6. 6. Localizar relações entre recursosexpressivos e efeitos de sentidoNa tirinha, há traço de humor em(A) "Que olhar é esse, Dalila?"(B) "Olhar de tristeza, mágoa, desilusão..."(C) "Olhar de apatia, tédio, solidão..."(D) "Sorte! Pensei que fosse conjuntivite!“Identificar efeitos de ironia ou humor em textos variados.
  7. 7. • AnáliseNa tirinha que embasa esta questão, o sentido de humor aparecena última fala. Vale lembrar que o cômico é decorrência de umadistorção. No primeiro balão, Romeu dá a impressão de querersaber o que está oculto por trás do olhar de Dalila. Quando, emseguida, ela revela a tristeza que sente, ele considera sorte, por nãose tratar de conjuntivite. Ou seja, rimos porque o último quadrinhodistorce o aparente interesse de Romeu pelo olhar da Dalila.• OrientaçõesTrabalhe o gênero textual piada. Em geral, ela tem textos curtos,que apresentam diálogos e exploram jogos de linguagem capazesde aprofundar a leitura e aguçar o espírito crítico e a percepção dasestratégias linguísticas para a produção de sentidos. Faça uma boaseleção, apresente a todos, peça que leiam e expliquem o que nelasé engraçado.
  8. 8. Localizar informações em um textoCÓCCO, Maria Fernandes; HAILER, Marco Antônio. Alp Alfabetização: Análise,Linguagem e Pensamento. São Paulo: FTD, 1995, p. 149.A bicicleta pode ser paga em(A) três vezes.(B) seis vezes.(C) dezoito vezes.(D) vinte e seis vezes.
  9. 9. • AnáliseA resposta exige articular informações apresentadas no anúncio. Parasaber que a bicicleta pode ser paga em três vezes - implícito na expressão"3X R$ 62,90 sem juros" -, é preciso conhecer a finalidade dos textos dogênero. O aluno tem de identificar o "X" como correspondente ao itemlexical "vezes", apresentado na pergunta.OrientaçõesRealize em sala leituras regulares de textos organizados nesse gênero,trabalhando a capacidade de articular as informações apresentadas.Prossiga o trabalho com outros gêneros e diversos graus de complexidade.Exercite a capacidade de identificar as finalidades do texto e asconsequências disso em sua organização, as informações necessárias paraque ele cumpra sua função, os blocos de informações apresentadas, comose relacionam à finalidade etc.
  10. 10. Descobrir sentido da expressão• A boneca GuilherminaEsta é a minha boneca, a Guilhermina. Ela é uma boneca muito bonita, que faz xixi e cocô. Ela émuito boazinha também. Faz tudo o que eu mando. Na hora de dormir, reclama um pouco. Masdepois que pega no sono, dorme a noite inteira! Às vezes ela acorda no meio da noite e diz que estácom sede. Daí eu dou água para ela. Daí ela faz xixi e eu troco a fralda dela. Então eu ponho aGuilhermina dentro do armário, de castigo. Mas quando ela chora, eu não aguento. Eu vou até lá epego a minha boneca no colo. A Guilhermina é a boneca mais bonita da rua.MUILAERT, A. A Boneca Guilhermina. In: As Reportagens de Penélope.São Paulo: Companhia das Letrinhas, 1997, p. 17.Coleção Castelo Rá-Tim-Bum - Vol. 8.No trecho "Mas quando ela chora, eu não aguento" (l. 7), a expressão sublinhada significa, emrelação à dona da boneca, sentimento de• (A) paciência.(B) pena.(C) raiva.(D) solidão.
  11. 11. • AnáliseReler o texto avaliando o contexto e as pistas linguísticas earticulando as informações de diferentes trechos é o meio decumprir a tarefa. Em seguida, a criança deve relacionar aspossibilidades que levantou com as alternativas apresentadas naquestão e selecionar a que considerar mais adequada.OrientaçõesPara desenvolver essa habilidade com seus alunos, é importante lere discutir com eles os diferentes sentidos que as palavras ouexpressões podem adquirir em contextos diferentes. Em ummomento posterior, sugira a leitura compartilhada, realizada demaneira coletiva ou em duplas. Ela é um ótimo recurso paraexercitar a interpretação de um texto e a habilidade de inferir ossignificados que as palavras e expressões assumem.
  12. 12. Distinguir um fato• O trecho "A Guilhermina é a boneca mais bonitada rua" (l. 8) expressa(A) uma opinião da dona sobre a sua boneca.(B) um comentário das amigas da dona daboneca.(C) um desejo da dona de Guilhermina.(D) um fato acontecido com a boneca e a suadona.
  13. 13. • AnáliseComo a questão está baseada em um texto narrativo comlinguagem fácil e com um tema muito próximo à realidade dosalunos, eles não têm dificuldade para encontrar a resposta correta.OrientaçõesLeve a garotada a distinguir um fato da opinião sobre ele por meiodo trabalho com gêneros variados em um mesmo ano deescolaridade. Em situações de leitura e escrita, aborde trechos emque apareçam opiniões sobre um aspecto, pontuando escolhaslexicais (adjetivação do fato ou das atitudes, uso de advérbios etc.),dos articuladores usados para introduzir opiniões e contraopiniões(no entanto, apesar disso etc.) e recursos de modalização(advérbios, verbo auxiliar modal etc.). Faça a turma relacionar asmarcas linguísticas e a possibilidade de manifestar opinião.
  14. 14. Interpretar texto com auxílio de materialgráfico diversoO texto é divertido, PRINCIPALMENTE, porque(A) apresenta uma bruxa trapalhona e medrosa.(B) dá instruções sobre como fabricar uma vassoura.(C) ensina como a bruxa deve limpar a sua casa.(D) trata de como fazer uma vassoura e usá-la no fogão.
  15. 15. • AnálisePara decidir se A Vassoura apresenta uma bruxa trapalhona emedrosa, o aluno deve saber que em charges e quadrinhos aslinguagens verbal e não verbal se complementam. Assim, elepercebe a interação entre o desenho carregado de ironia e o textoescrito.OrientaçõesSe o descritor requer a habilidade de reconhecer relações entrerecursos verbais e não verbais, é fundamental oferecer às crianças aoportunidade de ler obras que integrem textos verbais commaterial gráfico: as tradicionais histórias em quadrinhos, chargesem jornais e textos publicitários e tirinhas, entre outros. Além disso,também é possível ampliar esse contato com os textos de outrasdisciplinas que incluam mapas, gráficos e tabelas.
  16. 16. A menina do texto(A) chora de tristeza ao verificar que está trocando dentes.(B) está trocando seus dentes de leite e não gosta disso.(C) reclama da dor que sente ao trocar os dentes.(D) usa o espelho para observar a beleza dos seus dentes.
  17. 17. • AnáliseA compreensão da tirinha de Mafalda oferece um grau dedificuldade maior do que o apresentado na questão anterior. Acriança tem de ter familiaridade com o gênero, ler todos osquadrinhos, compreender a sequência de falas e identificar aexpressão de irritação e braveza da personagem no fim, assim comoa relação que estabelece com a situação contemporânea de criseeconômica.OrientaçõesUm exercício interessante para ampliar a familiaridade e osconhecimentos da classe sobre textos desse tipo é selecionartirinhas de vários autores e comparar a maneira de cada um delesusar os recursos típicos desse gênero. Por exemplo: os diferentestipos de balão, as onomatopeias, o recurso de articuladores detempo no topo do quadrinho etc.
  18. 18. Identificar idéia principal do textoRevista Veja, 28/07/1999.A ideia principal do texto é(A) o crescimento da área cultivada no Brasil.(B) o crescimento populacional.(C) o cultivo de grãos.(D) o sucesso da agricultura moderna.
  19. 19. • AnálisePara conseguir discernir sobre o que é principal e o que ésecundário, o caminho é refletir sobre a estrutura e a organizaçãodo texto. É necessário perceber que todas as ideias apresentadas alisão decorrentes da principal: "o sucesso da agricultura moderna". Ocrescimento populacional e o aumento da área cultivada sãoconsequências dela.OrientaçõesElabore com a turma esquemas, gráficos ou tabelas com o objetivode ajudar na compreensão do que é ou não principal em um texto.Oriente-os a reconhecer os exemplos e as repetições usados pelosautores com o intuito apenas de reafirmar ideias importantes quejá apareceram no texto.

×