Laje mista

2.193 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Laje mista

  1. 1. Para vãos menores e carga acidental não superior a 200 kgf/m2.Resistência limitada pela ausência de armadura transversal.São fabricadas com comprimento a partir de 70 cm, variando a cada 5 cm, emconcreto armado com rígido controle tecnológico, garantindo a qualidade e adurabilidade da laje. http://www.lajessaotome.com.br/
  2. 2. É capaz de vencer grandes vãos livres e suportar grandes cargas.Possibilidade de reduzir a quantidade de pilares e vigas do sistema estrutural deuma edificação.Facilidade na execução da instalação hidráulica e elétrica embutidas na laje.O prazo de execução é reduzido e baixo custo final da obra. http://www.lajessaotome.com.br/
  3. 3. Bloco Cerâmico: Apresenta um custo menor em relação ao EPS, porém, seu pesoespecífico de aproximadamente 600 kgf/m3 acaba carregando um pouco maisa estrutura, sendo mais utilizado para lajes de menor espessura.Bloco de EPS ( Poliestireno Expandido ): Com um peso específico deaproximadamente 12 kgf/m3, possibilita uma redução no carregamento daestrutura. http://www.lajessaotome.com.br/
  4. 4. 1. Escoramento2. Aplicação de Contra-flexa3. Montagem de Laje http://aprendaaconstruirereformar.blogspot.com.br/2011_02_01_archive.html
  5. 5. Apoio da Vigota ou lajota http://aprendaaconstruirereformar.blogspot.com.br/2011_02_01_archive.html
  6. 6. 4. Armadura de distribuiçãoÉ uma armadura complementar, posicionada na capa no sentido transversal elongitudinal, para a distribuição das tensões oriundas de cargas concentradas epara o controle da fissuração. · Barras: Posicionar perpendicular aos trilhos · Malhas: Posicionar sobre toda área transpassando-as nas emendas http://aprendaaconstruirereformar.blogspot.com.br/2011_02_01_archive.html
  7. 7. 5. Nervuras de TravamentoTem função de dar estabilidade lateral às vigotas, travando o painel da laje eaumentando assim a rigidez do conjunto.Essas nervuras são indicadas sempre que houver cargas concentradas a distribuirentre as nervuras principais. A nervura de travamento, quando necessária, estarádevidamente indicado no projeto de montagem. http://aprendaaconstruirereformar.blogspot.com.br/2011_02_01_archive.html
  8. 8. 6. Instalações Elétricas e Hidraúlica7. Concretagem http://aprendaaconstruirereformar.blogspot.com.br/2011_02_01_archive.html
  9. 9. LAJE TRELIÇADA UNIDIRECIONAL COM ENCHIMENTO CERÂMICO VENCE GRANDES VÃOS LIVRES E SUPORTA GRANDES CARGAS, REDUZINO AQUANTIDADE DE VIGAS E PILARES DO SISTEMA ESTRUTURAL DA OBRA; PERMITE EXECUÇÃO DE HIDRAULICA E ELÉTRICA EMBUTIDOS NA LAJE, REDUZINDOO CUSTO NA AQUISIÇÃO DE FORRO FALSO; OFERECENDO TOTAL ADERÊNCIA ENTRE AS VIGOTAS E O CONCRETO DOCAPEAMENTO; PRAZO DE EXECUÇÃO E MÃO DE OBRA REDUZIDOS, BAIXANDOCONSEQUENTEMENTE O CUSTO FINAL DA OBRA; FÁCIL MANUSEIO HORIZONTAL E VERTICAL. http://www.lajessaotome.com.br/
  10. 10. LAJE TRELIÇADA UNIDIRECIONAL COM ENCHIMENTO DE EPS É CAPAZ DE VENCER GRANDES VÃOS COM ALTAS CARGAS; ECONOMIA NA ESTRUTURA DA OBRA; ECONOMIA DE MÃO DE OBRA E TEMPO DE EXECUÇÃO DEVIDO A SUA LEVEZA EFÁCIL MANUSEIO; PROPORCIONA UM ÓTIMO ISOLAMENTO TÉRMICO E ACÚSTICO; FACILIDADE DE CORTES PARA PASSAGEM DE TUBULAÇÕES E CANTOSIRREGULARES; CONTAM COM UMA SUPERFÍCIE INFERIOR RUGOSA PARA FACILITAR A ADESÃODO REVESTIMENTO SOB A LAJE. http://www.lajessaotome.com.br/
  11. 11. LAJE TRELIÇADA BIDIRECIONAL COM ENCHIMENTO EPS AS LAJES TRELIÇADAS BIDIRECIONAIS APRESENTAM ALGUMAS VANTAGENS SOBREAS LAJES UNIDIRECIONAIS. ESTE SISTEMA ENCONTRA GRANDES APLICAÇÕES EMOBRAS COMERCIAIS E RESIDENCIAIS, TORNANDO SEU LAYOUT FLEXÍVEL EPERMITINDO A DISTRIBUIÇÃO DE PAREDES SOBRE A LAJE EM TODAS DIREÇÕES; ATINGE GRANDES VÃOS COM ESPESSURAS DE LAJE BAIXAS; EXCELENTE ISOLAMENTO TÉRMICO E ACÚSTICO; MENORES ESFORÇOS EM CADA DIREÇÃO, PROPORCIONANDO UMA MELHORDISTRAÇÃO DAS CARGAS NA ESTRUTURA; POSSUI NERVURAS NAS DUAS DIREÇÕES; POSSUI UMA MAIOR RIGIDEZ, RESULTANDO EM MENORES DEFORMAÇÕES. http://www.lajessaotome.com.br/
  12. 12. 1. Projeção das paredes - Nos mesmo sentido das nervuras (vigotas) ou emsentido transversal as mesmas.2. Comprimento do vão teórico da laje.3. Carga exercida pela parede sobre a vigota. http://aprendaaconstruirereformar.blogspot.com.br/2011_02_01_archive.html
  13. 13. OBRA RESIDENCIAL OBRA COMERCIAL OBRA RESIDENCIALVÃO DE 12,8m VÃO DE 6m VÃO DE 5mSOBRECARGA 1000 hgf/m² SOBRECARGA 500 hgf/m² SOBRECARGA 400 hgf/m² OBRA RESIDENCIAL OBRA INDUSTRIAL VÃO DE 6,5m VÃO DE 10m SOBRECARGA 500 hgf/m² SOBRECARGA 1200 hgf/m² http://www.lajessaotome.com.br/

×