Tower house

311 visualizações

Publicada em

Análise Tower House

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
311
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tower house

  1. 1. Universidade Federal De Uberlândia Faculdade De Arquitetura e Urbanismo e Design Ateliê De Projeto Integrado II Análise Técnica Habitacional Eric Otavio Moreira 11411ARQ021 Matheus Kristhian Cardoso 11411ARQ005 Vanessa Araújo Campelo 11411ARQ029
  2. 2. THE T WER H O U S E Upstate, Nova York, EUA, 2012
  3. 3. Escritório: Gluck+ Localização: Upstate, New York, EUA Arquitetos: Peter Gluck, Thomas Gluck, David Hecht, Marisa Kolodny, Moburg Davis Área: 19 hectares Ano: 2012  A casa da torre, tem cinco andares e foi concebido como uma grande e contemporânea casa unifamiliar para um dos diretores da empresa Gluck+; Thomas Gluck, sua esposa, Anne Langston, e seus dois filhos.  Cruzamento entre um arranha-céu contemporâneo e uma casa na árvore, esta pequena residência de férias, foi pensada como uma transição do chão para o topo das árvores, junto dos ninhos das águias buscando o máximo do entorno sobre o seu ambiente envolventemente arborizado com a bela vista para o lago e a montanha , estendendo se acima das árvores, oferecendo magníficos olhares para o horizonte.  O projeto do estúdio Gluck+, é coberto de vidro afim de camuflar a floresta, tornando-o parte da paisagem, nada mais do que apropriado a leveza de uma casa de férias em balanço que paira sobre a floresta, proporcionando conforto geral dos moradores, dentro do ambiente natural. FICHA TÉCNICA E DESCRIÇÃO Tower House, NY, EUA, fachada Norte.
  4. 4.  Tem sido a concepção e construção em todo o país desde 1972, quando fundada pelo atual diretor, Peter Gluck.  Ao longo de um período de 40 anos, a empresa gerou uma abordagem multifacetada para a concepção e construção de edifícios. Para confirmar esta prática inclusiva e em expansão, a empresa está sendo renomeado Gluck +, que se baseia em sua abordagem do projeto de construção Localização: Nova York, EUA Especializações: Full Service Architect Led Design Build (ALDB) Setor: Arquitetura, construção e desenvolvimento Tipo: Empresa privada Tamanho da empresa: 11-50 funcionários Site: Http://www.Gluckplus.Com Slogan do escritório. “Estamos dedicados à ideia de que os edifícios se beneficiam, quando os arquitetos assumem a responsabilidade pelo processo de arquitetura, desde a concepção à construção, assumindo a supervisão de todos os aspectos de um projeto.” ESCRITÓRIO E ARQUITETOS
  5. 5.  A empresa projetou edifícios em todo os estados unidos, que vão do tipo casas, escolas, edifícios religiosos e centros comunitários para hotéis, interiores corporativos, edifícios universitários e restaurações histórico.  A maioria dos trabalhos são construídos pela empresa, ganham prêmios nacionais e internacionais de design, e são publicados em revistas de arquitetura e livros em vários países. Slogan do escritório. The East Harlem School , Gluck+
  6. 6.  Bacharel em artes em arquitetura pela Universidade De Harvard é um mestrado em arquitetura PELA Universidade De Yale, Thomas Gluck, e o principal membro associado com o escritório Gluck+ desde 2005.  Antes de se juntar com Peter Gluck & Partners, MR. Gluck trabalhou, como o gerente do projeto de concepção e construção do Walker Art Center, Em Minneapolis.  Já associado MR. Gluck supervisionou e participou da construção de vários projetos em Nova York e em todo o país e por fim publicou artigos em diversas revistas de arquitetura  Peter Gluck Recebeu bacharelado da Universidade DE Artes DE Yale, e um mestrado em arquitetura da Escola DE Artes E Arquitetura DE Yale em 1965.  Após a criação de uma série de casas, ele foi para Tóquio para realizar grandes projetos.  Essa experiência foi de influencia para Gluck, tanto em seu conhecimento da estética tradicional do Japão e dos seus métodos modernos e eficientes de construção e concepção integrada.  Lecionou em escolas de arquitetura e exposições como as de arte moderna. PETER L. GLUCK THOMAS GLUCK Fundador e diretor Peter Gluck. Diretor Thomas Gluck
  7. 7. ENTORNO Planta de locação. Espaço de estudo Tower House Pousada Fazenda The Tower House é uma casa de férias, implantada no norte do estado de Nova York, em uma área florestal arborizada de Upstate, próximo ao parque Catskill. A casa e mais recente construção presente na propriedade de 19 hectares, no sitio contém uma fazenda de quase 200 anos de idade, e dois outros edifícios, uma pousada concluída em 1995 e um espaço de estudo construído em 2003.
  8. 8. A casa esta implanta em meio a floresta, arborizada de Upstate, em Nova York, cerca de 100 milhas ao norte de Manhattan, construído numa pequena parcela da propriedade, mantendo o uso do solo em seu mínimo para não perturbar a paisagem natural do terreno. Painéis de vidro exteriores foram usados na casa para que se torna parte do paisagem. Possui dois acessos nos quais o carro pode chegar ate certo ponto, e o resta do percurso até a casa e a pé ou de bicicleta. Planta de implantação IMPLANTAÇÃO Mapa de Nova York Floresta/horta Tower House Acesso automóvel Acessos a pé/bicicleta
  9. 9. TOPOGRAFIA Na secção podemos perece que o caráter do terreno e irregular ocorrendo declives significantes, não interferindo na configuração final do projeto, pois, a casa situa-se num pequeno planalto. Volume da edificação Secção Leste-Oeste Tower House
  10. 10. ORIENTAÇÃO SOLAR Fachada Norte Considera-se a casa na região de Catskill Park, em uma latitude de aproximadamente 42˚N. Por estar alinhado às direções cardiais, no início do dia a fachada leste recebe mais radiação solar, posteriormente a fachada sul e logo a oeste, até o pôr do sol. A maior fachada da sala e as janelas dos quartos são voltados para a fachada norte da casa que, devido à orientação da casa, não recebe luz solar direta em nenhuma época do ano.
  11. 11. 1 entrada 2 quarto dos filhos 3 quartos 4 cozinha 5 área de jantar e convivência 6 terraço
  12. 12. “ 23°26’ Trópico de Câncer ’’ 42 Norte Insolação meio dia Insolação ao entardecer Latitude Insolação pela manhã
  13. 13. CIRCULAÇÃO E ACESSOS Térreo 2º e 3º pavimentos Acessos Circulação horizontal Circulação vertical
  14. 14. 4º pavimento Terraço Circulação vertical Acessos Circulação horizontal O eixo de circulação principal da casa é o vertical, pela escada amarela, com o auxílio de corredores que conectam a escada aos cômodos.
  15. 15. SETORIZAÇÃO E ZONEAMENTO Térreo 2º e 3º pavimentos Social Circulação Íntimo Serviço
  16. 16. 4º pavimento Terraço Social Circulação Íntimo Serviço É facilmente percebida a setorização da casa em que os 3 primeiros pavimentos possuem áreas apenas de circulação para chegar ao andar superior ou para os cômodos no andar, que formam o setor íntimo. Enquanto isso, o quarto pavimento e o terraço concentram o espaço social da casa, além do espaço de serviço da cozinha, que, a partir de bancadas, também pretende aproveitar um uso social nela.
  17. 17. ORGANIZAÇÃO ESPACIAL A cozinha foi disposta com seus equipamentos, armários e bancadas o centro do cômodo para permitir que as pessoas tenham uma convivência e que seja um local prazeroso e social para cozinhar. Ao mesmo tempo as bancadas limitam o espaço da cozinha e também amplia seu espaço e é convidativo às outras pessoas a participarem do processo de preparação de alimentos.
  18. 18. Sofás, poltronas, mesa de centro e um tapete são utilizados para gerar um espaço de convivência entorno de uma pequena lareira. O tapete verde felpudo e as almofadas verdes acima das prateleiras também foram importantes ao serem empregados por proporcionar uma conexão ainda mais próxima com a vegetação em volta.
  19. 19. Provavelmente a setorização mais marcante na casa é a da grande mesa de jantar em um espaço delimitado por um desnível da cobertura e uma mudança de cor no piso, além de ter dois pilares nas extremidades desse espaço.
  20. 20. A distribuição do espaço é linear sendo um bloco prismático retangular no sentido vertical Interseccionado em outro horizontal. O eixo de circulação principal acontece apenas em um dos blocos rumo ao terraço, há uma hierarquização nos Pavimentos, do primeiro ao terceiro são áreas intimas e o quarto é de serviço e social. GEOMETRIA DA FORMA E OCUPAÇÃO
  21. 21. Quartos Cozinha e Banho Jantar e estar Terraço e Circulação VOLUMETRIA
  22. 22. A Volumetria do edifício é composta por uma composição ortogonal de dois blocos prismáticos retangulares, um vertical e outro horizontal, o primeiro subdividido em colunas correspondentes aos quartos, áreas molhadas e de acesso. Eixo de circulação Eixo hidráulico Banho Jantar e estar Terraço Cozinha Quartos Escadas
  23. 23. FACHADAS Compostas de planos (lajes e paredes) e linhas (elementos estruturais) horizontais e verticais, e revestida de vidro por todos os lados. O vidro em um tom verde- oliva, que em certas situações, camuflar-se com a cor da floresta, refletindo as vegetações circundantes em sua superfície, tornando a casa uma parte da paisagem, da forma mais natural possível. Reflexo da floresta, Tower House
  24. 24. A fachada Norte aproveita a luz natural e as vistas para a floresta, o lago e as montanhas, com janelas dispostas em grandes fitas verticais, e horizontais. A parte de trás, a fachada do Sul, transparente revela a escada amarela em ziguezague. A escada fechada com vidro , realçando a “procissão” do chão da floresta para a copa das árvores. Fachada Norte Fachada Sul
  25. 25. Luzes noturnas, Fachada Sul Escadas, luzes
  26. 26. A casa é toda estruturada em aço personalizado e revestida com painéis de vidro spandrel verde-oliva, com a intenção de igualar a tonalidade de líquen que cresce em ramos próximos. Esses painéis fazem parte de um sistema de revestimento rainscreen , (Parede Cortina), onde a pele de vidro poroso têm a função de camuflar a casa e refletir a mata circundante. Vista do quarto no 1 pavimento MATERIAIS
  27. 27. Detalhe das fachadas refletindo o seu entorno
  28. 28. Vista aproximada da cortina de vidro Esses painéis são estruturalmente envidraçada com silicone para alumínio. Estes perfis são dificilmente visíveis , tal como as molduras de janelas operáveis inserido dentro da pele com o objetivo de melhorar a geometria do edifício e manter a continuidade de reflexos entre os painéis .
  29. 29. Vistas do interior Os pisos são de madeira e as paredes em gesso cartonado, eles foram pintados de branco para reforçar a sensação do volume elevado acima das árvores. O piso abaixo da plataforma do telhado foi pintado de cinza claro.
  30. 30. Escada Construída no sentido vertical, assemelha a um arranha céu modernista e uma casa na arvore. Sua construção é de uma combinação de plataforma de madeira e aço. Estrutura inteiramente revestida de vidro compreende a torre de quatro andares e um balanço de 9,14 metros. Perspectiva LÓGICA ESTRUTURAL Parede estrutural / núcleo hidráulico Laje / Plataforma em madeira e aço Pilotis em aço Paredes em gesso cartonado
  31. 31. Fachada Sul
  32. 32. A cobertura da torre principal configura se em um terraço deck ao ar livre, estendendo o espaço de estar acima das copas das árvores, oferecendo um mirante deslumbrante, com vistas para o lago e as montanhas ao longe. Corte A- A Vista do entorno e montanhas Catskill COBERTURA
  33. 33. Vista norte do deck
  34. 34. Vista sul do deck Seu acesso, assim como em toda a casa dá se através da escada.
  35. 35. ELEMENTOS DE ADEQUAÇÃO CLIMÁTICOS O clima de Nova Iorque é temperado com média de 23 °C no verão e média de -1 °C no inverno. A lareira é pequena, porém importante para ajudar a aquecer a casa nessa época de frio rigoroso com nevascas.
  36. 36. Para proporcionar um conforto térmico melhor, a casa foi projetada com a parede de vidro da escada voltada diretamente para o lado que recebe luz solar durante o ano inteiro, para permitir que aqueça o ar desse grande espaço de 4 pavimentos de escadas. No inverno frio, esse ar quente pode passar para os outros cômodos e ajudar a aquecer a casa e no inverno. No verão, um exaustor ou a porta para o deck permitem que o ar quente da escada se eleve por efeito chaminé, que movimenta o ar que entra na casa por janelas de ventilação cruzada e renova o ar por diferença de pressão.
  37. 37. Vento NO inverno - primavera Vento NE verão - outono
  38. 38. Portas bem vedadas na sala de convivência permite que o ar que se aquece nas escadas não tenha que aquecer todo o ar deste cômodo, permitindo o aquecimento dos quartos mais facilmente. Outra estrutura importante para o conforto da casa são pequenas aberturas com dobradiças assim como as portas, acima dessas. Permitindo a circulação de ar mesmo com a porta fechada para dar privacidade ao local.
  39. 39. SISTEMAS DE ABERTURAS As esquadrias da casa são de aço e vidro, a maior parte fixas, presente em todas as fachadas. Há Bandeiras fixas e Maxiares fixas espalhadas, ambas principalmente na fachada norte, devido a influencia de ventos frios, e na mesma se encontram os setores privados e o publico. Fachada norte Esquadria maxiar. Esquadria bandeira
  40. 40. MAQUETE FÍSICA
  41. 41. Referências http://gluckplus.com/ https://www.linkedin.com/company/peter-gluck-and-partners http://www.gruppomade.com/portfolio/tower-house-unincredibile-e-moderna-casa-con-struttura-a-sbalzo/ http://institutoecoacao.blogspot.com.br/2013/06/tower-house-casa-de-familia-de.html http://projetonews.com/casa-torre-por-gluck-tower-house-by-gluck/ http://www.eye4design.com.br/arquitetura/the-tower-house?page=7 http://arcoweb.com.br/noticias/noticias/casadodia-gluck http://www.designboom.com/architecture/glucks-tower-house-designed-like-an- observatory/&prev=/search%3Fq%3Dthe%2Btower%2Bhouse%2Bgluck%2Blocalization%26espv%3D2%26biw%3D1366%26bih%3D634 http://archrecord.construction.com/residential/recordHouses/2013/1304-tower-house- gluck.asp&prev=/search%3Fq%3Dthe%2Btower%2Bhouse%2Bgluck%2Blocalization%26espv%3D2%26biw%3D1366%26bih%3D634 http://treehouseplus.com/604/the-tower-ho use-gluck-architects/ http://gluckplus.com/project/tower-house http://archrecord.construction.com/residential/recordHouses/2013/1304-tower-house-gluck.asp http://www.archdaily.com.br/br/01-137038/a-casa-da-torre-gluck-mais http://www.archdaily.com/401816/the-tower-house-gluck/ http://pt.windfinder.com/windstatistics/la_guardia_new_york
  42. 42. Uberlândia, Novembro 2014 Professores Profa. Simone Barbosa Villa Prof. Juliano C. C. Batista Oliveira Profa. Rita De Cássia Pereira Saramago Universidade Federal De Uberlândia Faculdade De Arquitetura e Urbanismo e Design

×