Luana Silva RA:A5443i-8
Marcelo Rodrigues RA:A42741-4
Análise Projetual
Lundgaard & Tranberg Arkitekter é um escritório
de arquitetura líder na Dinamarca, foi fundado em
1983 por Boje Lundgaard ...
Boje Lundgaard nasceu em Copenhagen em 1943. Estudou na
na Academia Real Dinamarquesa de Belas Artes, Faculdade de
Arquite...
The Glasshouse
Um exemplo em
habitação sustentável,
projeto do escritório,
destaca-se a Glasshouse,
ou casa de vidro: uma
...
 Nome projeto:Tietgen Dormitory
 Arquiteto: Lundgaard &TranbergArchitects A/S
 Cliente: FondenTietgenkollegiet
 Client...
Os arquitetos usaram como referência para o projeto Tietgen Dormitory as construções tradicionais do sudeste
de Fujian, na...
Copenhagen, Dinamarca
Metrô Islands
Bridge St / DR
Byen St
EdifícioTietgen
Dormitory
Edifício
Concert Hall
(Jean Nouvel)
Universidade
de IT de
C...
O edifício está localizado em, em Ørestad
do Norte, um bairro novo, conectado à
capital, onde a região começou a ser
const...
Segundo os arquitetos responsáveis, a inspiração para o projeto é a união do
coletivo e o individual.
A forma circular do ...
Ao nível térreo é acessado através de 5
passagens, convidando o pedestre a um
grande pátio interno gramado, além de
permit...
Café, área de festa, salas de estudo e de
informática, garagens para bicicletas
(próximo às entradas), lavanderia e salas ...
1Acesso térreo aos ambientes de uso coletivo / 2 Caixas de correio / 3 Bicicletário / 4 Sala de estudos
/ 5 lavanderia / 6...
São 360 dormitórios distribuídos em 6
pavimentos, sendo 10% destinados à
estudantes internacionais de intercambio.
O edifi...
Planta Nível superior
Todos os dormitórios estão orientados para a
fachada externa do edificio ao longo do perimetro
onde ...
Croquis
Acima croqui mostrando as seções e acessos.
Ao lado croqui da implantação do edifício.
Imagens: Cozinha e áreas comuns (salas auxiliares)
1 2 3
4 5 6
1 Bancada cozinha / 2Cozinha com vista para o pátio / 3 Sal...
Planta Dormitório
Todos os dormitórios são confortáveis, a tipologia simples ou dupla
têm a mesma forma e largura, diferen...
Imagens: interior dos dormitórios
Cada dormitório possui
próprio banheiro, com
piso aquecido e
equipamentos de uso
pessoal...
Corte
Os apartamentos estão situados em diferentes
profundidades em um ritmo alternado, expressando a
identidade única do ...
Técnicas Construtivas
O Sistema construtivo é feito em módulos pré-
moldados de concreto, o que facilita e agiliza a
const...
Técnicas Construtivas
O interior do edifício é
caracterizado por
estrutura e paredes de
concreto aparente,
além do uso do ...
Fachada / Plasticidade
O revestimento da fachada é de painéis de liga de cobre
(Tomback) o que garante maior inércia térmi...
Fachada / Plasticidade
Fachada interna com
vista para o patio,
ponto central, os
volumes são as cozinha
e áreas comuns.
Os...
Fachada / Plasticidade
A irregularidade e disposição dos volumes salientes causam um efeito dinamico nas fachadas.
É um ed...
 http://www.ltarkitekter.dk/en/projects/5 - 15/02/2014 às 14hrs
 http://tietgenkollegiet.dk/ - 22/02/2014 às 19hrs
 htt...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Edificio tietgen dormitório trabalho aui

2.603 visualizações

Publicada em

Arquitetura e Urbanismo Interdisciplinar.
Edificio Tietgen / Lundgaard & Tranberg Architects Copenhagen, Dinamarca

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Edificio tietgen dormitório trabalho aui

  1. 1. Luana Silva RA:A5443i-8 Marcelo Rodrigues RA:A42741-4 Análise Projetual
  2. 2. Lundgaard & Tranberg Arkitekter é um escritório de arquitetura líder na Dinamarca, foi fundado em 1983 por Boje Lundgaard e Lene Tranberg, com parceria até 2004 devido ao falecimento de Boje. Hoje o escritório ficou sob o comando de Lene e colaboração com seis parceiros, Henrik Schimdt, Erik Frandsen, Kenneth Warnke, Nicolai Richter- Friis, Peter Thorsen e Trine Troelsen, empregando 45 pessoas. O escritório ganhou notoriedade através da participação em concursos e da realização de uma ampla gama de projetos, tornando-se um dos mais renomados e premiados da Dinamarca. Além de fornecer uma ampla gama de serviços em arquitetura, incluindo urbanismo e paisagismo, bem como design de móveis. Participou também de uma série de pesquisas e construção de projetos pilotos voltados para a melhoria de produtos e processos de construção, com uma concentração na habitação sustentável.
  3. 3. Boje Lundgaard nasceu em Copenhagen em 1943. Estudou na na Academia Real Dinamarquesa de Belas Artes, Faculdade de Arquitetura, onde se graduou em 1967. Em seguida, trabalhou para Erik Moller, Arne Jacobsen e Poul Kjærgaard. No início de 1980 estabeleceu o escritório Lundgaard & Tranberg com a arquiteta Lene Tranberg. Desde 1987 foi professor em sua, em Copenhague. Faleceu em 2004, no auge do sucesso com a idade de 60 anos. Lene Tranberg nasceu em Copenhague em 1956. Em 1977, foi admitida na Academia Real Dinamarquesa de Belas Artes, Faculdade de Arquitetura. Em 1983, um ano antes de se formar, ela co-fundou Lundgaard & Tranberg com Boje Lundgaard. No período 1986-1998 foi professora na Academia Real de Belas Artes. Ela também ocupou vários cargos no mundo da arquitetura dinamarquesa, incluindo CEO do Centro Dinamarquês de Arquitetura de 1998 a 2002. Desde então, é reconhecida como um dos nomes de maior expressão da arquitetura dinamarquesa.
  4. 4. The Glasshouse Um exemplo em habitação sustentável, projeto do escritório, destaca-se a Glasshouse, ou casa de vidro: uma residência que usa vidro como material primário da fachada, oferecendo iluminação e ganho de calor, com um consumo de energia menor que a metade de uma casa normal do mesmo tamanho.
  5. 5.  Nome projeto:Tietgen Dormitory  Arquiteto: Lundgaard &TranbergArchitects A/S  Cliente: FondenTietgenkollegiet  ClienteAdvisor: Niras A / S, Haslov & Kjærsgaard e Freja EJENDOMME  Ano: 2005-2006  Local:Ørestad, Copenhagen, Dinamarca  Área: 26,800m² / 288.000 m²  Tipo de projeto: Habitação para estudantes  Nº de dormitórios: 360 unidades  Contratante: E. Pihl & SonA / S  Consultante arte: Aggebo & Henriksen  Engenheiro:COWI  Paisagismo: Marianne Levinsen, Henrik Jørgensen  Estrutura:Concreto  Principais materiais: Concreto, vidro, carvalho americano, tomback (liga de cobre)
  6. 6. Os arquitetos usaram como referência para o projeto Tietgen Dormitory as construções tradicionais do sudeste de Fujian, na China A maioria foi construída entre os Séculos XII e XX. O Tulou é um tipo de moradia rural, são aldeias com habitações individuais e instalações comuns, agrupados em edifícios de forma retangular ou circular.
  7. 7. Copenhagen, Dinamarca
  8. 8. Metrô Islands Bridge St / DR Byen St EdifícioTietgen Dormitory Edifício Concert Hall (Jean Nouvel) Universidade de IT de Copenhagen Universidade Copenhagen Principais vias de acesso: Amagerfaelledvej Rue Langgaards Vej
  9. 9. O edifício está localizado em, em Ørestad do Norte, um bairro novo, conectado à capital, onde a região começou a ser construída nos anos 90, planejado e caracterizado por alguns itens, como a circulação livre e acessibilidade de pedestres e ciclistas, fácil acesso as estações de metrô, integração entre os canais, está próximo a Universidade de Copenhagen e da Universidade de IT, Concert Hall (Jean Nouvel), além de outras edificações de entretenimento, cultural, etc. A forma circular dinâmica do edificio, proporciona um contraste em relação à paisagem natural. Não há muro, gradil, portaria ou qualquer outro obstáculo que separa o edifício da cidade.
  10. 10. Segundo os arquitetos responsáveis, a inspiração para o projeto é a união do coletivo e o individual. A forma circular do edifício representa o todo, a comunidade, o coletivo. Enquanto as projeções de volumes irregulares que expressam o individual. Além de um grande pátio interno arborizado, que reforça a ideia do convivio entre os estudantes e que tras um pouco da paisagem para dentro do edificio. O símbolo da igualdade e do comum, através da forma circular é uma característica importante ligada ao tipo de edifício dormitório.
  11. 11. Ao nível térreo é acessado através de 5 passagens, convidando o pedestre a um grande pátio interno gramado, além de permitir acesso vertical aos outros pavimentos e às 5 seções que compõe o edificio. No térreo estão localizados áreas de serviços de uso coletivo, para o beneficio dos estudantes. Planta doTérreo Equipamentos de uso coletivo Circulação vertical escadas e elevadores Sanitários Circulação interna livre Pátio gramado Acessos S Seções S2 S3 S4 S5
  12. 12. Café, área de festa, salas de estudo e de informática, garagens para bicicletas (próximo às entradas), lavanderia e salas de reuniões, além de estacionamento Planta doTérreo Área de festa Sala de estudo e informática Garagens para bicicleta Salas de reuniões Acessos S Seções S2 S3S4 S5
  13. 13. 1Acesso térreo aos ambientes de uso coletivo / 2 Caixas de correio / 3 Bicicletário / 4 Sala de estudos / 5 lavanderia / 6 Sala de informática / 7 Sala de música / 8 grande salão para festas, reuniões, palestras e que pode ser dividido em várias salas. Imagens: Acesso / Equipamentos de uso coletivo 1 2 3 4 5 6 7 8
  14. 14. São 360 dormitórios distribuídos em 6 pavimentos, sendo 10% destinados à estudantes internacionais de intercambio. O edificio, está dividido e organizado funcionalmente em cinco seçoes verticais, cada seção contém 12 dormitórios, cozinha e áreas comuns. Planta Nível superior Equipamentos de uso coletivo Circulação vertical escadas e elevadores Circulação horizontal livre e contínua Dormitórios Varandas privativas dos dormitórios S Seções S3 S2 S1 S5 S4
  15. 15. Planta Nível superior Todos os dormitórios estão orientados para a fachada externa do edificio ao longo do perimetro onde oferece uma visão do entorno. As cozinhas, areas comuns (salas auxiliares), dispensas e terraços, são os blocos orientados para o pátio interno numa estrutura em balanço. Cozinhas Dispensa Salas auxiliares S Seções Disposição e tamanho dos dormitórios. S3 S2 S1 S5 S4
  16. 16. Croquis Acima croqui mostrando as seções e acessos. Ao lado croqui da implantação do edifício.
  17. 17. Imagens: Cozinha e áreas comuns (salas auxiliares) 1 2 3 4 5 6 1 Bancada cozinha / 2Cozinha com vista para o pátio / 3 Sala para estudos em grupo / 4 Sala de jogos / 5 Loung / 6 Sala de cinema As áreas comuns e cozinhas são acolhedoras e personalizadas, cada uma possui um conjunto exclusivo de móveis e outros itens que brincam com as cores.
  18. 18. Planta Dormitório Todos os dormitórios são confortáveis, a tipologia simples ou dupla têm a mesma forma e largura, diferente na profundidade. Há quatro tamanhos para os dormitórios variando entre 26 - 42 metros quadrados, aproximadamente. Tipologia simples Tipologia dupla Dormitório Banheiro Armários fixo e deslizante Acesso
  19. 19. Imagens: interior dos dormitórios Cada dormitório possui próprio banheiro, com piso aquecido e equipamentos de uso pessoal. Todos os dormitórios possuem uma grande vista através das janelas deslizantes, que permite a entrada de ar e iluminação natural que pode ser controlada através de venezianas de carvalho. Alguns possuem varanda outros não.
  20. 20. Corte Os apartamentos estão situados em diferentes profundidades em um ritmo alternado, expressando a identidade única do indivídual através de sua forma e o exterior do edifício como expressão cristalina, neutralizando a forma. Cozinha Varanda Salas comuns Dormitórios Circulação vertical interna
  21. 21. Técnicas Construtivas O Sistema construtivo é feito em módulos pré- moldados de concreto, o que facilita e agiliza a construção. O sistema dos dormitórios são caixilhos que sustentam panos de vidro do piso ao teto, protegidos do sol por venezianas deslizantes de carvalho americano.
  22. 22. Técnicas Construtivas O interior do edifício é caracterizado por estrutura e paredes de concreto aparente, além do uso do vidro e divisórias de madeira compensada folheada. Pode-se observar na circulação interna que é livre e tem boa entrada de iluminação natural. O piso é de cimento queimado e o teto contém placas de metal expandido, que funcionam como isolamento acústico.
  23. 23. Fachada / Plasticidade O revestimento da fachada é de painéis de liga de cobre (Tomback) o que garante maior inércia térmica e com o tempo a tonalidade muda. Complementando o vidro e o carvalho americano. Fachada externa vista privilegiada para o entorno com varandas privativas.
  24. 24. Fachada / Plasticidade Fachada interna com vista para o patio, ponto central, os volumes são as cozinha e áreas comuns. Os estudantes podem ver o que está acontecendo nas cozinhas e varandas coletivas.
  25. 25. Fachada / Plasticidade A irregularidade e disposição dos volumes salientes causam um efeito dinamico nas fachadas. É um edifício único, tem identidade própria com sua forma e materiais.
  26. 26.  http://www.ltarkitekter.dk/en/projects/5 - 15/02/2014 às 14hrs  http://tietgenkollegiet.dk/ - 22/02/2014 às 19hrs  http://ashbrowndab810.blogspot.com.br/2012/11/personalisation-of-space.html - 15/02/2014 13hrs  http://inhabitat.com/lundgaard-and-tranbergs-tietgenkollegiet-dorm-is-the-coolest-circular-housing-on- campus/lundgaard-and-tranberg-tietgenkollegiet-lead/?extend=1 - 15/02/2014 15hrs  http://archiblock.com/tietgen-dormitory-copenhagen/ - 03/03/2014 às 19hrs  http://www.archdaily.com/474237/tietgen-dormitory-lundgaard-and-tranberg-architects/ - 15/02/2014 às 13hrs  http://www.arcspace.com/features/lundgaard--tranberg-/tietgen-dormitory/ - 03/03/2014 às 19hrs  http://www.traeprisen.dk/prismodtagere/lundgaard-tranberg-arkitektfirma-as/ - 23/03/2014 às 13hrs  http://architectuul.com/architect/boje-lundgaard - 23/03/2014 às 18hrs  http://en.wikipedia.org/wiki/Lene_Tranberg - 23/03/2014 às 17hrs  http://reprogramer.wordpress.com/2012/07/10/tietgen-dormitory/ - 03/03/2014 às 19hrs  http://www.nobelcenter.se/program/entrants/lene-tranberg-lundgaard-tranberg-arkitekter/ - 23/03/2014 às 19hrs  http://www.europhoto.eu.com/heux/?detail=1&sog1=spdk19961109-493508-3 - 23/03/2014 às 19:30hrs  http://pt.wikipedia.org/wiki/Tulou_de_Fujian - 23/03/2014 às 20hrs

×