SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
TermosTermos
LinguísticosLinguísticos
As relações entre palavrasAs relações entre palavras
Esquema das relaçõesEsquema das relações
entre palavrasentre palavrasRelações
entre palavras
Relações semânticas
Relações fonéticas
e gráficas
Homonímia
Hierarquia Inclusão Equivalência Oposição
Homofonia Homografia Paronímia
Relações semânticasRelações semânticas
• de hierarquiade hierarquia
• de inclusãode inclusão
• de equivalênciade equivalência
• de oposiçãode oposição
Relações de equivalênciaRelações de equivalência
sinonímiasinonímia
– Relação deRelação de equivalência semânticaequivalência semântica entre duas ou maisentre duas ou mais
unidades lexicais que reenviam para o mesmounidades lexicais que reenviam para o mesmo
referente.referente.
– totaltotal
• Duas unidades lexicais são totalmente sinónimas quando sãoDuas unidades lexicais são totalmente sinónimas quando são
substituíveis, uma pela outra,substituíveis, uma pela outra, em todos os contextosem todos os contextos..
– parcialparcial
• Duas unidades lexicais são parcialmente sinónimas quando,Duas unidades lexicais são parcialmente sinónimas quando,
ocasionalmenteocasionalmente, surge a possibilidade de se substituirem uma pela, surge a possibilidade de se substituirem uma pela
outra, num único enunciado isolado.outra, num único enunciado isolado.
Relações de oposiçãoRelações de oposição
• antonímiaantonímia
– Relação deRelação de oposição entre ooposição entre o significadosignificado de duasde duas
unidadesunidades lexicaislexicais que apresentam, em comum, algunsque apresentam, em comum, alguns
traçostraços semânticossemânticos permitindo relacioná-las de formapermitindo relacioná-las de forma
pertinente.pertinente.
• ExemplosExemplos: grande / pequeno; quente / frio; subir / descer;: grande / pequeno; quente / frio; subir / descer;
jovem / velho.)jovem / velho.)
Relações de oposiçãoRelações de oposição
• antonímiaantonímia
– contraditóriacontraditória (oposição(oposição complementarcomplementar) pares de palavras onde) pares de palavras onde
existe umaexiste uma relação de exclusão e de implicaçãorelação de exclusão e de implicação recíprocas.recíprocas. ExemploExemplo::
vivo / morto;vivo / morto;
– contráriacontrária (oposição(oposição graduávelgraduável) pares de palavras entre os quais são) pares de palavras entre os quais são
possíveispossíveis níveis intermédiosníveis intermédios.. ExemploExemplo: frio / quente, bonito / feio;: frio / quente, bonito / feio;
– conversaconversa (oposição(oposição conversaconversa) em que a) em que a inversão da frase obriga àinversão da frase obriga à
comutaçãocomutação dos termos.dos termos. ExemploExemplo: João é filho de Maria / Maria é mãe: João é filho de Maria / Maria é mãe
de João.de João.
Relações de hierarquiaRelações de hierarquia
• hiperonímiahiperonímia
• hiponímiahiponímia
HiperonímiaHiperonímia
• Relação hierárquica de inclusão semântica entreRelação hierárquica de inclusão semântica entre
duas unidadesduas unidades lexicaislexicais, partindo do, partindo do genéricogenérico
((hiperónimohiperónimo) para o) para o específicoespecífico ((hipónimohipónimo), sendo), sendo
queque o primeiro impõe sempre as suas propriedadeso primeiro impõe sempre as suas propriedades
ao segundoao segundo, criando assim, entre eles, uma, criando assim, entre eles, uma
dependência semântica.dependência semântica.
– Exemplo:Exemplo: O termoO termo meio de transportemeio de transporte impõe as suasimpõe as suas
propriedades semânticas aos seus hipónimos :propriedades semânticas aos seus hipónimos :
autocarroautocarro,, aviãoavião,, comboiocomboio,, metrometro,, barcobarco, etc., etc.
• Um hiperónimo pode substituir, em todos os contextos, qualquer umUm hiperónimo pode substituir, em todos os contextos, qualquer um
dos seus hipónimos; o contrário não é possíveldos seus hipónimos; o contrário não é possível..
HiperonímiaHiperonímia
HiponímiaHiponímia
• Relação hierárquica de inclusão semântica entreRelação hierárquica de inclusão semântica entre
duas unidadesduas unidades lexicaislexicais, partindo do, partindo do específicoespecífico
((hipónimohipónimo) para o) para o genéricogenérico ((hiperónimohiperónimo), sendo que), sendo que
o primeiro, para além deo primeiro, para além de conservar asconservar as
propriedadespropriedades semânticas impostas pelo segundo,semânticas impostas pelo segundo,
possui ospossui os seus próprios traços diferenciadoresseus próprios traços diferenciadores..
– Exemplo:Exemplo: O significado deO significado de gatogato implica o significadoimplica o significado
dede animalanimal..
HiponímiaHiponímia
Relações de inclusãoRelações de inclusão
• holonímiaholonímia
• meronímiameronímia
HolonímiaHolonímia
• Relação de hierarquia semântica entre duasRelação de hierarquia semântica entre duas
unidadesunidades lexicaislexicais; uma denota; uma denota um todoum todo ((holónimoholónimo))
sem imporsem impor obrigatoriamente as suas propriedadesobrigatoriamente as suas propriedades
semânticas à outra, considerada suasemânticas à outra, considerada sua parteparte
((merónimomerónimo).).
– Exemplo:Exemplo: CarroCarro estabelece uma relação de holonímiaestabelece uma relação de holonímia
comcom volantevolante, sem porém lhe impor as suas, sem porém lhe impor as suas
propriedades.propriedades.
MeronímiaMeronímia
• Relação de hierarquia semântica entre duasRelação de hierarquia semântica entre duas
unidadesunidades lexicaislexicais, uma denotando, uma denotando a partea parte
((merónimomerónimo) e criando uma) e criando uma relação de dependênciarelação de dependência
ao implicar a referência aao implicar a referência a um todoum todo ((holónimoholónimo),),
relativo a essa parte.relativo a essa parte.
– Exemplo:Exemplo: A unidade lexicalA unidade lexical dedodedo (merónimo) implica a(merónimo) implica a
unidade lexicalunidade lexical mãomão (holónimo).(holónimo).
Relações fonéticas ou
gráficas
• Homonímia
• Homofonia
• Homografia
• Paronímia
Relações de homonímiaRelações de homonímia
• Propriedade semântica característica de duasPropriedade semântica característica de duas
unidadesunidades lexicaislexicais que partilham aque partilham a mesma grafiamesma grafia ouou
aa mesma pronúnciamesma pronúncia, mas que conservam, mas que conservam
significadossignificados distintosdistintos..
– Exemplos:Exemplos: Existe homonímia entre:Existe homonímia entre: cantocanto (verbo(verbo
cantar) ecantar) e cantocanto (substantivo masculino).(substantivo masculino).
• Cabo, nora, fio, são…Cabo, nora, fio, são…
Relações de homofoniaRelações de homofonia
• Propriedade semântica característica de duasPropriedade semântica característica de duas
unidadesunidades lexicaislexicais que possuem aque possuem a mesma formamesma forma
fonéticafonética masmas significadossignificados diferentesdiferentes..
– ExemplosExemplos:: passopasso // paçopaço;; semsem // cemcem..
Relações de homografiaRelações de homografia
• Propriedade semântica característica de duasPropriedade semântica característica de duas
unidadesunidades lexicaislexicais que possuem aque possuem a mesma formamesma forma
gráficagráfica (homógrafos),(homógrafos), formas fonéticas idênticasformas fonéticas idênticas,,
mas conservandomas conservando significadossignificados diferentesdiferentes..
– ExemplosExemplos:: copiacopia (verbo copiar) e(verbo copiar) e cópiacópia (substantivo(substantivo
masculino);masculino);
• Domestica / doméstica; sé / se; este / Este…Domestica / doméstica; sé / se; este / Este…
Relações de paronímiaRelações de paronímia
• Propriedade semântica característica dasPropriedade semântica característica das
unidadesunidades lexicaislexicais comcom sentidos diferentessentidos diferentes, mas, mas
comcom formas relativamente próximasformas relativamente próximas..
– ExemplosExemplos::
• emigraçãoemigração // imigraçãoimigração;;
• previdênciaprevidência // providênciaprovidência;;
• cumprimentocumprimento // comprimentocomprimento;;
• conjecturaconjectura // conjuntura.conjuntura.
Resumo globalResumo global
Relações
entre palavras
Relações semânticas
Relações fonéticas
e gráficas
Homonímia
Hierarquia Inclusão Equivalência Oposição
Homofonia Homografia Paronímia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Substantivos e adjetivos atividades comentadas
Substantivos e adjetivos   atividades comentadasSubstantivos e adjetivos   atividades comentadas
Substantivos e adjetivos atividades comentadasProfFernandaBraga
 
Figuras de linguagem - SOLECISMO
Figuras de linguagem - SOLECISMOFiguras de linguagem - SOLECISMO
Figuras de linguagem - SOLECISMOAnelise Bergenthal
 
Português - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Português - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo AulasPortuguês - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Português - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo AulasVídeo Aulas Apoio
 
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivoSubstantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivolabrant
 
Substantivos e Adjetivos
Substantivos e AdjetivosSubstantivos e Adjetivos
Substantivos e Adjetivos7 de Setembro
 
As classes de palavras: substantivo
As classes de palavras: substantivoAs classes de palavras: substantivo
As classes de palavras: substantivonixsonmachado
 
Relação de sentido entre frases (1)
Relação de sentido entre frases (1)Relação de sentido entre frases (1)
Relação de sentido entre frases (1)atsitab
 
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...ma.no.el.ne.ves
 
Aula 18 concordância verbal
Aula 18   concordância verbalAula 18   concordância verbal
Aula 18 concordância verbalProfFernandaBraga
 
Generalidades sobre classe de palavras
Generalidades sobre classe de palavrasGeneralidades sobre classe de palavras
Generalidades sobre classe de palavrasJoanita Artigas
 

Mais procurados (17)

Gramática
GramáticaGramática
Gramática
 
Substantivos e adjetivos atividades comentadas
Substantivos e adjetivos   atividades comentadasSubstantivos e adjetivos   atividades comentadas
Substantivos e adjetivos atividades comentadas
 
Figuras de linguagem - SOLECISMO
Figuras de linguagem - SOLECISMOFiguras de linguagem - SOLECISMO
Figuras de linguagem - SOLECISMO
 
Concordancia verbal 2015
Concordancia verbal 2015Concordancia verbal 2015
Concordancia verbal 2015
 
Português - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Português - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo AulasPortuguês - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Português - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
 
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivoSubstantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
 
Substantivos e Adjetivos
Substantivos e AdjetivosSubstantivos e Adjetivos
Substantivos e Adjetivos
 
As classes de palavras: substantivo
As classes de palavras: substantivoAs classes de palavras: substantivo
As classes de palavras: substantivo
 
Hiperonimo
HiperonimoHiperonimo
Hiperonimo
 
Relação de sentido entre frases (1)
Relação de sentido entre frases (1)Relação de sentido entre frases (1)
Relação de sentido entre frases (1)
 
Plural dos substantivos
Plural dos substantivosPlural dos substantivos
Plural dos substantivos
 
Regência Nominal
Regência NominalRegência Nominal
Regência Nominal
 
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
Relações de palavra e de sentido, sinonímia, homonímia, paronímia, hipon...
 
Concordancia nominal
Concordancia nominalConcordancia nominal
Concordancia nominal
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
Aula 18 concordância verbal
Aula 18   concordância verbalAula 18   concordância verbal
Aula 18 concordância verbal
 
Generalidades sobre classe de palavras
Generalidades sobre classe de palavrasGeneralidades sobre classe de palavras
Generalidades sobre classe de palavras
 

Semelhante a Relacoes lexicais

Relação entre as palavras
Relação entre as palavrasRelação entre as palavras
Relação entre as palavrasnelsonalves70
 
Coesao e coerencia2552009145047
Coesao e coerencia2552009145047Coesao e coerencia2552009145047
Coesao e coerencia2552009145047Gentelli Ifal Ifal
 
Relações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasRelações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasSofia Antunes
 
1882 ponto 3 semântica
1882  ponto 3 semântica1882  ponto 3 semântica
1882 ponto 3 semânticaAna Costa
 
A Coesão Textual(SLIDES) .pptx
A Coesão Textual(SLIDES) .pptxA Coesão Textual(SLIDES) .pptx
A Coesão Textual(SLIDES) .pptxDelaineFarias2
 
Slides coesão e corência
Slides coesão e corênciaSlides coesão e corência
Slides coesão e corênciablogdoalunocefa
 
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavrasEstrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavrasEduardo Lopes
 
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01MkrH Uniesp
 
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01MkrH Uniesp
 
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01MkrH Uniesp
 
Pronomes da Língua Portuguesa
Pronomes da Língua PortuguesaPronomes da Língua Portuguesa
Pronomes da Língua PortuguesaKauana Manika
 
Estudo das palavras (aula 4)
Estudo das palavras (aula 4)Estudo das palavras (aula 4)
Estudo das palavras (aula 4)Helen Cristina
 
3ª série E. M. - Variação linguística, acentuação gráfica, formação de palavr...
3ª série E. M. - Variação linguística, acentuação gráfica, formação de palavr...3ª série E. M. - Variação linguística, acentuação gráfica, formação de palavr...
3ª série E. M. - Variação linguística, acentuação gráfica, formação de palavr...Angélica Manenti
 

Semelhante a Relacoes lexicais (20)

Relação entre as palavras
Relação entre as palavrasRelação entre as palavras
Relação entre as palavras
 
Apresentação de semântica
Apresentação de semânticaApresentação de semântica
Apresentação de semântica
 
Coesao e coerencia2552009145047
Coesao e coerencia2552009145047Coesao e coerencia2552009145047
Coesao e coerencia2552009145047
 
relacoes_palavras.ppsx
relacoes_palavras.ppsxrelacoes_palavras.ppsx
relacoes_palavras.ppsx
 
Relações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasRelações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavras
 
Classe gramatical
Classe  gramaticalClasse  gramatical
Classe gramatical
 
Classe gramatical
Classe  gramaticalClasse  gramatical
Classe gramatical
 
1882 ponto 3 semântica
1882  ponto 3 semântica1882  ponto 3 semântica
1882 ponto 3 semântica
 
Acordo ortográfico - o que mudou?
Acordo ortográfico - o que mudou?Acordo ortográfico - o que mudou?
Acordo ortográfico - o que mudou?
 
A Coesão Textual(SLIDES) .pptx
A Coesão Textual(SLIDES) .pptxA Coesão Textual(SLIDES) .pptx
A Coesão Textual(SLIDES) .pptx
 
Slides coesão e corência
Slides coesão e corênciaSlides coesão e corência
Slides coesão e corência
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
 
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavrasEstrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
 
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
 
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
 
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
Slidesnovoacordoortogrfico 100125181718-phpapp01
 
Pronomes da Língua Portuguesa
Pronomes da Língua PortuguesaPronomes da Língua Portuguesa
Pronomes da Língua Portuguesa
 
Estudo das palavras (aula 4)
Estudo das palavras (aula 4)Estudo das palavras (aula 4)
Estudo das palavras (aula 4)
 
3ª série E. M. - Variação linguística, acentuação gráfica, formação de palavr...
3ª série E. M. - Variação linguística, acentuação gráfica, formação de palavr...3ª série E. M. - Variação linguística, acentuação gráfica, formação de palavr...
3ª série E. M. - Variação linguística, acentuação gráfica, formação de palavr...
 
Portugues.ppt 0
Portugues.ppt 0Portugues.ppt 0
Portugues.ppt 0
 

Mais de Mariana Rosário

Mais de Mariana Rosário (8)

Texto de Opinião - Estrutura e caraterísticas
Texto de Opinião - Estrutura e caraterísticasTexto de Opinião - Estrutura e caraterísticas
Texto de Opinião - Estrutura e caraterísticas
 
convite formal.pptx
convite formal.pptxconvite formal.pptx
convite formal.pptx
 
Convite formal
Convite formalConvite formal
Convite formal
 
Roupas
RoupasRoupas
Roupas
 
A carta
A cartaA carta
A carta
 
Atividade turismo
Atividade   turismoAtividade   turismo
Atividade turismo
 
Discurso direto-e-indireto-ppt
Discurso direto-e-indireto-pptDiscurso direto-e-indireto-ppt
Discurso direto-e-indireto-ppt
 
Musica portuguesa
Musica portuguesaMusica portuguesa
Musica portuguesa
 

Último

Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfEversonFerreira20
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assisbrunocali007
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 

Último (20)

Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 

Relacoes lexicais

  • 1. TermosTermos LinguísticosLinguísticos As relações entre palavrasAs relações entre palavras
  • 2. Esquema das relaçõesEsquema das relações entre palavrasentre palavrasRelações entre palavras Relações semânticas Relações fonéticas e gráficas Homonímia Hierarquia Inclusão Equivalência Oposição Homofonia Homografia Paronímia
  • 3. Relações semânticasRelações semânticas • de hierarquiade hierarquia • de inclusãode inclusão • de equivalênciade equivalência • de oposiçãode oposição
  • 4. Relações de equivalênciaRelações de equivalência sinonímiasinonímia – Relação deRelação de equivalência semânticaequivalência semântica entre duas ou maisentre duas ou mais unidades lexicais que reenviam para o mesmounidades lexicais que reenviam para o mesmo referente.referente. – totaltotal • Duas unidades lexicais são totalmente sinónimas quando sãoDuas unidades lexicais são totalmente sinónimas quando são substituíveis, uma pela outra,substituíveis, uma pela outra, em todos os contextosem todos os contextos.. – parcialparcial • Duas unidades lexicais são parcialmente sinónimas quando,Duas unidades lexicais são parcialmente sinónimas quando, ocasionalmenteocasionalmente, surge a possibilidade de se substituirem uma pela, surge a possibilidade de se substituirem uma pela outra, num único enunciado isolado.outra, num único enunciado isolado.
  • 5. Relações de oposiçãoRelações de oposição • antonímiaantonímia – Relação deRelação de oposição entre ooposição entre o significadosignificado de duasde duas unidadesunidades lexicaislexicais que apresentam, em comum, algunsque apresentam, em comum, alguns traçostraços semânticossemânticos permitindo relacioná-las de formapermitindo relacioná-las de forma pertinente.pertinente. • ExemplosExemplos: grande / pequeno; quente / frio; subir / descer;: grande / pequeno; quente / frio; subir / descer; jovem / velho.)jovem / velho.)
  • 6. Relações de oposiçãoRelações de oposição • antonímiaantonímia – contraditóriacontraditória (oposição(oposição complementarcomplementar) pares de palavras onde) pares de palavras onde existe umaexiste uma relação de exclusão e de implicaçãorelação de exclusão e de implicação recíprocas.recíprocas. ExemploExemplo:: vivo / morto;vivo / morto; – contráriacontrária (oposição(oposição graduávelgraduável) pares de palavras entre os quais são) pares de palavras entre os quais são possíveispossíveis níveis intermédiosníveis intermédios.. ExemploExemplo: frio / quente, bonito / feio;: frio / quente, bonito / feio; – conversaconversa (oposição(oposição conversaconversa) em que a) em que a inversão da frase obriga àinversão da frase obriga à comutaçãocomutação dos termos.dos termos. ExemploExemplo: João é filho de Maria / Maria é mãe: João é filho de Maria / Maria é mãe de João.de João.
  • 7. Relações de hierarquiaRelações de hierarquia • hiperonímiahiperonímia • hiponímiahiponímia
  • 8. HiperonímiaHiperonímia • Relação hierárquica de inclusão semântica entreRelação hierárquica de inclusão semântica entre duas unidadesduas unidades lexicaislexicais, partindo do, partindo do genéricogenérico ((hiperónimohiperónimo) para o) para o específicoespecífico ((hipónimohipónimo), sendo), sendo queque o primeiro impõe sempre as suas propriedadeso primeiro impõe sempre as suas propriedades ao segundoao segundo, criando assim, entre eles, uma, criando assim, entre eles, uma dependência semântica.dependência semântica. – Exemplo:Exemplo: O termoO termo meio de transportemeio de transporte impõe as suasimpõe as suas propriedades semânticas aos seus hipónimos :propriedades semânticas aos seus hipónimos : autocarroautocarro,, aviãoavião,, comboiocomboio,, metrometro,, barcobarco, etc., etc. • Um hiperónimo pode substituir, em todos os contextos, qualquer umUm hiperónimo pode substituir, em todos os contextos, qualquer um dos seus hipónimos; o contrário não é possíveldos seus hipónimos; o contrário não é possível..
  • 10. HiponímiaHiponímia • Relação hierárquica de inclusão semântica entreRelação hierárquica de inclusão semântica entre duas unidadesduas unidades lexicaislexicais, partindo do, partindo do específicoespecífico ((hipónimohipónimo) para o) para o genéricogenérico ((hiperónimohiperónimo), sendo que), sendo que o primeiro, para além deo primeiro, para além de conservar asconservar as propriedadespropriedades semânticas impostas pelo segundo,semânticas impostas pelo segundo, possui ospossui os seus próprios traços diferenciadoresseus próprios traços diferenciadores.. – Exemplo:Exemplo: O significado deO significado de gatogato implica o significadoimplica o significado dede animalanimal..
  • 12. Relações de inclusãoRelações de inclusão • holonímiaholonímia • meronímiameronímia
  • 13. HolonímiaHolonímia • Relação de hierarquia semântica entre duasRelação de hierarquia semântica entre duas unidadesunidades lexicaislexicais; uma denota; uma denota um todoum todo ((holónimoholónimo)) sem imporsem impor obrigatoriamente as suas propriedadesobrigatoriamente as suas propriedades semânticas à outra, considerada suasemânticas à outra, considerada sua parteparte ((merónimomerónimo).). – Exemplo:Exemplo: CarroCarro estabelece uma relação de holonímiaestabelece uma relação de holonímia comcom volantevolante, sem porém lhe impor as suas, sem porém lhe impor as suas propriedades.propriedades.
  • 14. MeronímiaMeronímia • Relação de hierarquia semântica entre duasRelação de hierarquia semântica entre duas unidadesunidades lexicaislexicais, uma denotando, uma denotando a partea parte ((merónimomerónimo) e criando uma) e criando uma relação de dependênciarelação de dependência ao implicar a referência aao implicar a referência a um todoum todo ((holónimoholónimo),), relativo a essa parte.relativo a essa parte. – Exemplo:Exemplo: A unidade lexicalA unidade lexical dedodedo (merónimo) implica a(merónimo) implica a unidade lexicalunidade lexical mãomão (holónimo).(holónimo).
  • 15. Relações fonéticas ou gráficas • Homonímia • Homofonia • Homografia • Paronímia
  • 16. Relações de homonímiaRelações de homonímia • Propriedade semântica característica de duasPropriedade semântica característica de duas unidadesunidades lexicaislexicais que partilham aque partilham a mesma grafiamesma grafia ouou aa mesma pronúnciamesma pronúncia, mas que conservam, mas que conservam significadossignificados distintosdistintos.. – Exemplos:Exemplos: Existe homonímia entre:Existe homonímia entre: cantocanto (verbo(verbo cantar) ecantar) e cantocanto (substantivo masculino).(substantivo masculino). • Cabo, nora, fio, são…Cabo, nora, fio, são…
  • 17. Relações de homofoniaRelações de homofonia • Propriedade semântica característica de duasPropriedade semântica característica de duas unidadesunidades lexicaislexicais que possuem aque possuem a mesma formamesma forma fonéticafonética masmas significadossignificados diferentesdiferentes.. – ExemplosExemplos:: passopasso // paçopaço;; semsem // cemcem..
  • 18. Relações de homografiaRelações de homografia • Propriedade semântica característica de duasPropriedade semântica característica de duas unidadesunidades lexicaislexicais que possuem aque possuem a mesma formamesma forma gráficagráfica (homógrafos),(homógrafos), formas fonéticas idênticasformas fonéticas idênticas,, mas conservandomas conservando significadossignificados diferentesdiferentes.. – ExemplosExemplos:: copiacopia (verbo copiar) e(verbo copiar) e cópiacópia (substantivo(substantivo masculino);masculino); • Domestica / doméstica; sé / se; este / Este…Domestica / doméstica; sé / se; este / Este…
  • 19. Relações de paronímiaRelações de paronímia • Propriedade semântica característica dasPropriedade semântica característica das unidadesunidades lexicaislexicais comcom sentidos diferentessentidos diferentes, mas, mas comcom formas relativamente próximasformas relativamente próximas.. – ExemplosExemplos:: • emigraçãoemigração // imigraçãoimigração;; • previdênciaprevidência // providênciaprovidência;; • cumprimentocumprimento // comprimentocomprimento;; • conjecturaconjectura // conjuntura.conjuntura.
  • 20. Resumo globalResumo global Relações entre palavras Relações semânticas Relações fonéticas e gráficas Homonímia Hierarquia Inclusão Equivalência Oposição Homofonia Homografia Paronímia