Geografia Brasil relevo vvv

3.438 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.438
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
985
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geografia Brasil relevo vvv

  1. 1. Geografia do Brasil Professora Cledionora
  2. 2. Estrutura Geológica do Brasil  É de formação geológica antiga;  Apresenta escudos ou crátons, bacias sedimentares e dobramentos antigos;  Ausência de orogenia.  64% do território – bacias sedimentares, 36% escudos cristalinos.
  3. 3. Classificação do Relevo Brasileiro  Aroldo de Azevedo.  Década de 1940.  Critério: Altimetria.  Planalto e planície, estabelecend o a altitude de 200m para comparativo.  4 planaltos e 3 planícies.
  4. 4. Classificação de Aziz Ab’ Saber  Década de 1960.  Critério: Morfoclimático.  Classificação baseada na sedimentação e erosão, as regiões eroditas eram planaltos e as sedimentadas planícies.  7 planaltos e 3 planícies.
  5. 5. Classificação de Jurandyr Ross  Década de 1989.  Projeto Radam Brasil, levantamento detalhado das características geomorfológicas, geológicas, solo, hidrogr afia e vegetação.  28 unidades de relevo, levando em consideração: planaltos, planícies, depressões, escudos e bacias sedimentares.
  6. 6. Classificação de Jurandyr Ross
  7. 7. Classificação de Jurandyr Ross  Critérios:  Morfoestrutural: geologia  Morfoclimático: clima e relevo  Morfoestrutural: agentes exógenos  Níveis:  1 táxon: forma de relevo  2 táxon: estrutura geológica  3 táxon: morfoesculturas
  8. 8. As principais unidades do relevo  Planaltos: superfícies mais ou menos planas em que predominam processos de erosão.  Planaltos em bacias sedimentares: delimitados por depressões periféricas ou marginais.
  9. 9. As principais unidades do relevo  Planaltos com coberturas residuais: terrenos antigos cobertos por sedimentos.  Planaltos em núcleos cristalinos: isolados com forma arredondada.
  10. 10. As principais unidades do relevo  Planaltos de cinturões orogênicos: originados da ação erosiva em antigos dobramentos.
  11. 11. As principais unidades do relevo  Depressões: superfícies que sofreram grave processo erosivo, estando acima ou abaixo do nível do mar.  Depressões periféricas: contato com regiões sedimentares e cristalinas.
  12. 12. As principais unidades do relevo  Depressões marginais: esculpidas em estruturas cristalinas.  Depressões interplanálticas: áreas baixas entre planaltos que as circundam.
  13. 13. As principais unidades do relevo  Planícies: superfícies mais ou menos planas em que predominam processos de sedimentação.  Planícies costeiras: regiões litorâneas.  Planícies continentais: interior do país.

×