SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Adam Smith e David RicardoAdam Smith e David Ricardo
Adam Smith (Biografia)Adam Smith (Biografia)
 É O PAI DA ECONOMIA MODERNA
 ESTUDOU EM GLASGOW, ONDE CONHECEU DAVID HUME
 CONHECEU QUESNAY, TURGOT SENDO IMPORTANTES NA REVOLUÇÃO FRANCESA
 ESCREVEU LIVROS COMO TEORIA DOS SENTIMENTOS MORAIS E A RIQUEZA DAS NAÇÕES
 É O PAI DA ECONOMIA MODERNA
 ESTUDOU EM GLASGOW, ONDE CONHECEU DAVID HUME
 CONHECEU QUESNAY, TURGOT SENDO IMPORTANTES NA REVOLUÇÃO FRANCESA
 ESCREVEU LIVROS COMO TEORIA DOS SENTIMENTOS MORAIS E A RIQUEZA DAS NAÇÕES
David RicardoDavid Ricardo
 FOI UM PENSADOR BRITÂNICO
 ESCREVEU: O alto preço do ouro, uma prova da depreciação das notas bancárias
 Ensaio sobre a influência de um baixo preço do cereal sobre os lucros do capital
 Princípios da economia política e tributação
 FOI UM PENSADOR BRITÂNICO
 ESCREVEU: O alto preço do ouro, uma prova da depreciação das notas bancárias
 Ensaio sobre a influência de um baixo preço do cereal sobre os lucros do capital
 Princípios da economia política e tributação
ContextoContexto
 TANTO ADAM SMITH QUANTO DAVID RICARDO FIZERAM PARTE DO ILUMINISMO INGLÊS/
ESCOCÊS
 FISIOCRATAS: RIQUEZA LIGADA AO VALOR DA TERRA
 laissez faire laissez passer ( deixe fazer, deixe passar)
 REVOLUÇÃO INGLESA E ASCENSÃO BURGUESA
 REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
 TANTO ADAM SMITH QUANTO DAVID RICARDO FIZERAM PARTE DO ILUMINISMO INGLÊS/
ESCOCÊS
 FISIOCRATAS: RIQUEZA LIGADA AO VALOR DA TERRA
 laissez faire laissez passer ( deixe fazer, deixe passar)
 REVOLUÇÃO INGLESA E ASCENSÃO BURGUESA
 REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
Teoria dos Sentimentos Morais (A. Smith)Teoria dos Sentimentos Morais (A. Smith)
 HOMEM MOVIDO PELO EGOÍSMO
 VÍCIOS PRIVADOS COMO BENEFÍCIOS PÚBLICOS
 A VIRTUDE É MAIS IMPORTANTE QUE O VÍCIO
 SER HUMANO COMO ANALISADOR DA CULTURA DO OUTRO E DE SI MESMO
 DIFERENÇA ENTRE JUSTIÇA E BENEVOLÊNCIA
 BENEVOLÊNCIA: ATO DE AJUDAR O OUTRO, NÃO DESEJANDO ALGO PRA SI
 JUSTIÇA: NO SENTIDO DE PROTEGER OS JUSTOS, PREVALECER OS DIREITOS NATURAIS
 HOMEM MOVIDO PELO EGOÍSMO
 VÍCIOS PRIVADOS COMO BENEFÍCIOS PÚBLICOS
 A VIRTUDE É MAIS IMPORTANTE QUE O VÍCIO
 SER HUMANO COMO ANALISADOR DA CULTURA DO OUTRO E DE SI MESMO
 DIFERENÇA ENTRE JUSTIÇA E BENEVOLÊNCIA
 BENEVOLÊNCIA: ATO DE AJUDAR O OUTRO, NÃO DESEJANDO ALGO PRA SI
 JUSTIÇA: NO SENTIDO DE PROTEGER OS JUSTOS, PREVALECER OS DIREITOS NATURAIS
A Riqueza das NaçõesA Riqueza das Nações
 A MÃO INVISÍVEL, UMA METÁFORA USADA PRA EXPLICAR AÇÕES INDIRETAS NA
ECONOMIA
 EXEMPLO: ECONOMIA NÃO É SOMA ZERO, SE UM GANHA OUTROS PODEM GANHAR
 PAÍSES VENDEND PRODUTOS COM MAIOR CAPACIDADE DE GERAR RIQUEZA
 TEORIA DO "VALOR TRABALHO"
 O MAIOR CRESCIMENTO DOS PODERES PRODUTIVOS E A DESTREZA NO TRABALHO COM
CONHECIMENTO FAZIAM COM QUE SE GERASSE LUCRO
 ADAM SMITH CONTRA A ESCRAVIDÃO

 A MÃO INVISÍVEL, UMA METÁFORA USADA PRA EXPLICAR AÇÕES INDIRETAS NA
ECONOMIA
 EXEMPLO: ECONOMIA NÃO É SOMA ZERO, SE UM GANHA OUTROS PODEM GANHAR
 PAÍSES VENDEND PRODUTOS COM MAIOR CAPACIDADE DE GERAR RIQUEZA
 TEORIA DO "VALOR TRABALHO"
 O MAIOR CRESCIMENTO DOS PODERES PRODUTIVOS E A DESTREZA NO TRABALHO COM
CONHECIMENTO FAZIAM COM QUE SE GERASSE LUCRO
 ADAM SMITH CONTRA A ESCRAVIDÃO

 RELAÇÃO CAMPO CIDADE, QUANTO MAIS O CAMPO SE FORTALECIA MAIS A CIDADE
TAMBÉM CRESCIA
 ANOS MAIS TARDE OS MARXISTAS VÃO IGNORAR A QUESTÃO CAMPO
 RELAÇÃO CAMPO CIDADE, QUANTO MAIS O CAMPO SE FORTALECIA MAIS A CIDADE
TAMBÉM CRESCIA
 ANOS MAIS TARDE OS MARXISTAS VÃO IGNORAR A QUESTÃO CAMPO
David RicardoDavid Ricardo
 UM DOS PRIMEIROS MONETARISTAS DA HISTÓRIA
 EMISSÃO DE MOEDA ACIMA DAS NECESSIDADES GERAVA INFLAÇÃO
 ERA CONTRA AS RESTRIÇÕES A IMPORTAÇÕES

 UM DOS PRIMEIROS MONETARISTAS DA HISTÓRIA
 EMISSÃO DE MOEDA ACIMA DAS NECESSIDADES GERAVA INFLAÇÃO
 ERA CONTRA AS RESTRIÇÕES A IMPORTAÇÕES

Os PreçosOs Preços
 OS PREÇOS ESTÃO INTERLIGADOS A REPARTIÇÃO DA RENDA
 POPULAÇÃO
 PREÇO DA RENDA DA TERRA
 VANTAGENS RECÍPROCAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL
 NÍVEIS DE SALÁRIOS DE SUBSISTÊNCIA

 OS PREÇOS ESTÃO INTERLIGADOS A REPARTIÇÃO DA RENDA
 POPULAÇÃO
 PREÇO DA RENDA DA TERRA
 VANTAGENS RECÍPROCAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL
 NÍVEIS DE SALÁRIOS DE SUBSISTÊNCIA

 SALÁRIOS DEFINIDOS POR QUANTIDADE DE MÃO DE OBRA DISPONÍVEL E PELOS CUSTOS


 SALÁRIOS DEFINIDOS POR QUANTIDADE DE MÃO DE OBRA DISPONÍVEL E PELOS CUSTOS


Teoria de Renda da terraTeoria de Renda da terra
 TERRAS MAIS FÉRTEIS E PRÓXIMAS DOS MERCADOS ALCANÇA LUCROS MAIORES
 A RENDA ERA BASEADA NA FERTILIDADE DAS TERRAS, AFINAL TERRA MAIS FÉRTIL É MENOS
CUSTOSA
 TERRAS MAIS FÉRTEIS E PRÓXIMAS DOS MERCADOS ALCANÇA LUCROS MAIORES
 A RENDA ERA BASEADA NA FERTILIDADE DAS TERRAS, AFINAL TERRA MAIS FÉRTIL É MENOS
CUSTOSA
Teoria das Vantagens ComparativasTeoria das Vantagens Comparativas
 LIVRE MOBLIDADE DE MÃO DE OBRA
 TROCA DE MERCADORIAS COM O MENOR CUSTO POSSÍVEL
 VALORES COMO COMPARATIVOS E SIM COMO ABSOLUTOS
 EXEMPLO: BRASIL PRODUZ TIJOLO E A ARGENTINA CIMENTO, O BRASIL VAI SE
CONCENTRAR EM PRODUZIR TIJOLO PODENDO ATÉ PRODUZIR CIMENTO E ARGENTINA
VAI PRODUZIR CIMENTO, AMBOS OS PAÍSES FAZEM ACORDOS  DE FORMA LIVRE SENDO
O BRASIL VENDENDO UMA COISA E ARGENTINA OUTRA, PRA RICARDO É MELHOR ISSO
(TROCAS) DO QUE CADA UM PRODUZIR SOZINHO E ISOLADAMENTE

 LIVRE MOBLIDADE DE MÃO DE OBRA
 TROCA DE MERCADORIAS COM O MENOR CUSTO POSSÍVEL
 VALORES COMO COMPARATIVOS E SIM COMO ABSOLUTOS
 EXEMPLO: BRASIL PRODUZ TIJOLO E A ARGENTINA CIMENTO, O BRASIL VAI SE
CONCENTRAR EM PRODUZIR TIJOLO PODENDO ATÉ PRODUZIR CIMENTO E ARGENTINA
VAI PRODUZIR CIMENTO, AMBOS OS PAÍSES FAZEM ACORDOS  DE FORMA LIVRE SENDO
O BRASIL VENDENDO UMA COISA E ARGENTINA OUTRA, PRA RICARDO É MELHOR ISSO
(TROCAS) DO QUE CADA UM PRODUZIR SOZINHO E ISOLADAMENTE


Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Adam Smith e David Ricardo

Crise de 1929 e new deal
Crise de 1929 e new dealCrise de 1929 e new deal
Crise de 1929 e new dealomniblog
 
Crise De 1929 E New Deal
Crise De 1929 E New DealCrise De 1929 E New Deal
Crise De 1929 E New Dealomniblog
 
Evolução do pensamento econômico
Evolução do pensamento econômicoEvolução do pensamento econômico
Evolução do pensamento econômicoAndré Dal Bello
 
Imperialismo e neocolonialismo no século xix
 Imperialismo e neocolonialismo no século xix Imperialismo e neocolonialismo no século xix
Imperialismo e neocolonialismo no século xixProfessor de História
 
A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30Maria Barroso
 
Os Axiomas de Zurique - Max Gunther
Os Axiomas de Zurique - Max GuntherOs Axiomas de Zurique - Max Gunther
Os Axiomas de Zurique - Max GuntherJoão Guthemberg
 
K cidade espaço privilegiado para o exercício do poder político
K cidade   espaço privilegiado para o exercício do poder políticoK cidade   espaço privilegiado para o exercício do poder político
K cidade espaço privilegiado para o exercício do poder políticoMarcia Fernandes
 
Pensadores tomas e ricardo - economia
Pensadores   tomas e ricardo - economiaPensadores   tomas e ricardo - economia
Pensadores tomas e ricardo - economiaDaniele Rubim
 
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptx
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptxQUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptx
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptxAntonioVieira539017
 
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptx
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptxQUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptx
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptxAntonioVieira539017
 

Semelhante a Adam Smith e David Ricardo (16)

Crash 29 - Completo
Crash 29 - CompletoCrash 29 - Completo
Crash 29 - Completo
 
Crise de 1929 e new deal
Crise de 1929 e new dealCrise de 1929 e new deal
Crise de 1929 e new deal
 
Crise De 1929 E New Deal
Crise De 1929 E New DealCrise De 1929 E New Deal
Crise De 1929 E New Deal
 
Exercicios iluminismo
Exercicios iluminismoExercicios iluminismo
Exercicios iluminismo
 
Imperialismo 2013b
Imperialismo 2013bImperialismo 2013b
Imperialismo 2013b
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Evolução do pensamento econômico
Evolução do pensamento econômicoEvolução do pensamento econômico
Evolução do pensamento econômico
 
Imperialismo e neocolonialismo no século xix
 Imperialismo e neocolonialismo no século xix Imperialismo e neocolonialismo no século xix
Imperialismo e neocolonialismo no século xix
 
Classes sociais
Classes sociaisClasses sociais
Classes sociais
 
A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30
 
Marketing trends abril
Marketing trends abrilMarketing trends abril
Marketing trends abril
 
Os Axiomas de Zurique - Max Gunther
Os Axiomas de Zurique - Max GuntherOs Axiomas de Zurique - Max Gunther
Os Axiomas de Zurique - Max Gunther
 
K cidade espaço privilegiado para o exercício do poder político
K cidade   espaço privilegiado para o exercício do poder políticoK cidade   espaço privilegiado para o exercício do poder político
K cidade espaço privilegiado para o exercício do poder político
 
Pensadores tomas e ricardo - economia
Pensadores   tomas e ricardo - economiaPensadores   tomas e ricardo - economia
Pensadores tomas e ricardo - economia
 
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptx
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptxQUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptx
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptx
 
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptx
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptxQUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptx
QUIZZ HISTÓRIA – 9º ANO_A GRANDE DEPRESSÃO O FASCISMO E O NAZISMO.pptx
 

Mais de Marcos Mamute

Propaganda Nazista, Fascista
Propaganda Nazista, FascistaPropaganda Nazista, Fascista
Propaganda Nazista, FascistaMarcos Mamute
 
Semana de Arte Moderna ( (História e Cultura)
Semana de Arte Moderna ( (História  e Cultura)Semana de Arte Moderna ( (História  e Cultura)
Semana de Arte Moderna ( (História e Cultura)Marcos Mamute
 
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)Marcos Mamute
 
Escravos Negros nas Minas de Ouro
Escravos Negros nas Minas de Ouro Escravos Negros nas Minas de Ouro
Escravos Negros nas Minas de Ouro Marcos Mamute
 
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)Marcos Mamute
 
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer VermelhoDitadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer VermelhoMarcos Mamute
 
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018Marcos Mamute
 
O que esperar de um Governo Bolsonaro?
O que esperar de um Governo Bolsonaro?O que esperar de um Governo Bolsonaro?
O que esperar de um Governo Bolsonaro?Marcos Mamute
 
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)Marcos Mamute
 
Positivismo no Brasil e no Mundo
Positivismo no Brasil e no MundoPositivismo no Brasil e no Mundo
Positivismo no Brasil e no MundoMarcos Mamute
 
Racismo no Brasil e no Mundo
Racismo no Brasil e no MundoRacismo no Brasil e no Mundo
Racismo no Brasil e no MundoMarcos Mamute
 
Xenofobia no Brasil e no Mundo
Xenofobia no Brasil e no MundoXenofobia no Brasil e no Mundo
Xenofobia no Brasil e no MundoMarcos Mamute
 
Mundo pós Guerra Fria até Trump
Mundo pós Guerra Fria até TrumpMundo pós Guerra Fria até Trump
Mundo pós Guerra Fria até TrumpMarcos Mamute
 
História do Apartheid
História do ApartheidHistória do Apartheid
História do ApartheidMarcos Mamute
 
Índia de Gandhi até a Índia atual
Índia de Gandhi até a Índia atualÍndia de Gandhi até a Índia atual
Índia de Gandhi até a Índia atualMarcos Mamute
 
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)Marcos Mamute
 
A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
 A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes) A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)Marcos Mamute
 
Escola de Salamanca
Escola de Salamanca Escola de Salamanca
Escola de Salamanca Marcos Mamute
 

Mais de Marcos Mamute (20)

Propaganda Nazista, Fascista
Propaganda Nazista, FascistaPropaganda Nazista, Fascista
Propaganda Nazista, Fascista
 
Semana de Arte Moderna ( (História e Cultura)
Semana de Arte Moderna ( (História  e Cultura)Semana de Arte Moderna ( (História  e Cultura)
Semana de Arte Moderna ( (História e Cultura)
 
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
 
Escravos Negros nas Minas de Ouro
Escravos Negros nas Minas de Ouro Escravos Negros nas Minas de Ouro
Escravos Negros nas Minas de Ouro
 
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
 
Ditadura Venezuela
Ditadura VenezuelaDitadura Venezuela
Ditadura Venezuela
 
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer VermelhoDitadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
 
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
 
O que esperar de um Governo Bolsonaro?
O que esperar de um Governo Bolsonaro?O que esperar de um Governo Bolsonaro?
O que esperar de um Governo Bolsonaro?
 
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
 
Positivismo no Brasil e no Mundo
Positivismo no Brasil e no MundoPositivismo no Brasil e no Mundo
Positivismo no Brasil e no Mundo
 
Racismo no Brasil e no Mundo
Racismo no Brasil e no MundoRacismo no Brasil e no Mundo
Racismo no Brasil e no Mundo
 
Xenofobia no Brasil e no Mundo
Xenofobia no Brasil e no MundoXenofobia no Brasil e no Mundo
Xenofobia no Brasil e no Mundo
 
Mundo pós Guerra Fria até Trump
Mundo pós Guerra Fria até TrumpMundo pós Guerra Fria até Trump
Mundo pós Guerra Fria até Trump
 
História do Apartheid
História do ApartheidHistória do Apartheid
História do Apartheid
 
Índia de Gandhi até a Índia atual
Índia de Gandhi até a Índia atualÍndia de Gandhi até a Índia atual
Índia de Gandhi até a Índia atual
 
Tigres Asiáticos
Tigres AsiáticosTigres Asiáticos
Tigres Asiáticos
 
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
 
A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
 A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes) A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
 
Escola de Salamanca
Escola de Salamanca Escola de Salamanca
Escola de Salamanca
 

Último

Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Susana Stoffel
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 

Último (20)

Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 

Adam Smith e David Ricardo

  • 1. Adam Smith e David RicardoAdam Smith e David Ricardo
  • 2. Adam Smith (Biografia)Adam Smith (Biografia)  É O PAI DA ECONOMIA MODERNA  ESTUDOU EM GLASGOW, ONDE CONHECEU DAVID HUME  CONHECEU QUESNAY, TURGOT SENDO IMPORTANTES NA REVOLUÇÃO FRANCESA  ESCREVEU LIVROS COMO TEORIA DOS SENTIMENTOS MORAIS E A RIQUEZA DAS NAÇÕES  É O PAI DA ECONOMIA MODERNA  ESTUDOU EM GLASGOW, ONDE CONHECEU DAVID HUME  CONHECEU QUESNAY, TURGOT SENDO IMPORTANTES NA REVOLUÇÃO FRANCESA  ESCREVEU LIVROS COMO TEORIA DOS SENTIMENTOS MORAIS E A RIQUEZA DAS NAÇÕES
  • 3.
  • 4. David RicardoDavid Ricardo  FOI UM PENSADOR BRITÂNICO  ESCREVEU: O alto preço do ouro, uma prova da depreciação das notas bancárias  Ensaio sobre a influência de um baixo preço do cereal sobre os lucros do capital  Princípios da economia política e tributação  FOI UM PENSADOR BRITÂNICO  ESCREVEU: O alto preço do ouro, uma prova da depreciação das notas bancárias  Ensaio sobre a influência de um baixo preço do cereal sobre os lucros do capital  Princípios da economia política e tributação
  • 5.
  • 6. ContextoContexto  TANTO ADAM SMITH QUANTO DAVID RICARDO FIZERAM PARTE DO ILUMINISMO INGLÊS/ ESCOCÊS  FISIOCRATAS: RIQUEZA LIGADA AO VALOR DA TERRA  laissez faire laissez passer ( deixe fazer, deixe passar)  REVOLUÇÃO INGLESA E ASCENSÃO BURGUESA  REVOLUÇÃO INDUSTRIAL  TANTO ADAM SMITH QUANTO DAVID RICARDO FIZERAM PARTE DO ILUMINISMO INGLÊS/ ESCOCÊS  FISIOCRATAS: RIQUEZA LIGADA AO VALOR DA TERRA  laissez faire laissez passer ( deixe fazer, deixe passar)  REVOLUÇÃO INGLESA E ASCENSÃO BURGUESA  REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
  • 7. Teoria dos Sentimentos Morais (A. Smith)Teoria dos Sentimentos Morais (A. Smith)  HOMEM MOVIDO PELO EGOÍSMO  VÍCIOS PRIVADOS COMO BENEFÍCIOS PÚBLICOS  A VIRTUDE É MAIS IMPORTANTE QUE O VÍCIO  SER HUMANO COMO ANALISADOR DA CULTURA DO OUTRO E DE SI MESMO  DIFERENÇA ENTRE JUSTIÇA E BENEVOLÊNCIA  BENEVOLÊNCIA: ATO DE AJUDAR O OUTRO, NÃO DESEJANDO ALGO PRA SI  JUSTIÇA: NO SENTIDO DE PROTEGER OS JUSTOS, PREVALECER OS DIREITOS NATURAIS  HOMEM MOVIDO PELO EGOÍSMO  VÍCIOS PRIVADOS COMO BENEFÍCIOS PÚBLICOS  A VIRTUDE É MAIS IMPORTANTE QUE O VÍCIO  SER HUMANO COMO ANALISADOR DA CULTURA DO OUTRO E DE SI MESMO  DIFERENÇA ENTRE JUSTIÇA E BENEVOLÊNCIA  BENEVOLÊNCIA: ATO DE AJUDAR O OUTRO, NÃO DESEJANDO ALGO PRA SI  JUSTIÇA: NO SENTIDO DE PROTEGER OS JUSTOS, PREVALECER OS DIREITOS NATURAIS
  • 8. A Riqueza das NaçõesA Riqueza das Nações  A MÃO INVISÍVEL, UMA METÁFORA USADA PRA EXPLICAR AÇÕES INDIRETAS NA ECONOMIA  EXEMPLO: ECONOMIA NÃO É SOMA ZERO, SE UM GANHA OUTROS PODEM GANHAR  PAÍSES VENDEND PRODUTOS COM MAIOR CAPACIDADE DE GERAR RIQUEZA  TEORIA DO "VALOR TRABALHO"  O MAIOR CRESCIMENTO DOS PODERES PRODUTIVOS E A DESTREZA NO TRABALHO COM CONHECIMENTO FAZIAM COM QUE SE GERASSE LUCRO  ADAM SMITH CONTRA A ESCRAVIDÃO   A MÃO INVISÍVEL, UMA METÁFORA USADA PRA EXPLICAR AÇÕES INDIRETAS NA ECONOMIA  EXEMPLO: ECONOMIA NÃO É SOMA ZERO, SE UM GANHA OUTROS PODEM GANHAR  PAÍSES VENDEND PRODUTOS COM MAIOR CAPACIDADE DE GERAR RIQUEZA  TEORIA DO "VALOR TRABALHO"  O MAIOR CRESCIMENTO DOS PODERES PRODUTIVOS E A DESTREZA NO TRABALHO COM CONHECIMENTO FAZIAM COM QUE SE GERASSE LUCRO  ADAM SMITH CONTRA A ESCRAVIDÃO 
  • 9.  RELAÇÃO CAMPO CIDADE, QUANTO MAIS O CAMPO SE FORTALECIA MAIS A CIDADE TAMBÉM CRESCIA  ANOS MAIS TARDE OS MARXISTAS VÃO IGNORAR A QUESTÃO CAMPO  RELAÇÃO CAMPO CIDADE, QUANTO MAIS O CAMPO SE FORTALECIA MAIS A CIDADE TAMBÉM CRESCIA  ANOS MAIS TARDE OS MARXISTAS VÃO IGNORAR A QUESTÃO CAMPO
  • 10. David RicardoDavid Ricardo  UM DOS PRIMEIROS MONETARISTAS DA HISTÓRIA  EMISSÃO DE MOEDA ACIMA DAS NECESSIDADES GERAVA INFLAÇÃO  ERA CONTRA AS RESTRIÇÕES A IMPORTAÇÕES   UM DOS PRIMEIROS MONETARISTAS DA HISTÓRIA  EMISSÃO DE MOEDA ACIMA DAS NECESSIDADES GERAVA INFLAÇÃO  ERA CONTRA AS RESTRIÇÕES A IMPORTAÇÕES 
  • 11. Os PreçosOs Preços  OS PREÇOS ESTÃO INTERLIGADOS A REPARTIÇÃO DA RENDA  POPULAÇÃO  PREÇO DA RENDA DA TERRA  VANTAGENS RECÍPROCAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL  NÍVEIS DE SALÁRIOS DE SUBSISTÊNCIA   OS PREÇOS ESTÃO INTERLIGADOS A REPARTIÇÃO DA RENDA  POPULAÇÃO  PREÇO DA RENDA DA TERRA  VANTAGENS RECÍPROCAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL  NÍVEIS DE SALÁRIOS DE SUBSISTÊNCIA 
  • 12.  SALÁRIOS DEFINIDOS POR QUANTIDADE DE MÃO DE OBRA DISPONÍVEL E PELOS CUSTOS    SALÁRIOS DEFINIDOS POR QUANTIDADE DE MÃO DE OBRA DISPONÍVEL E PELOS CUSTOS  
  • 13. Teoria de Renda da terraTeoria de Renda da terra  TERRAS MAIS FÉRTEIS E PRÓXIMAS DOS MERCADOS ALCANÇA LUCROS MAIORES  A RENDA ERA BASEADA NA FERTILIDADE DAS TERRAS, AFINAL TERRA MAIS FÉRTIL É MENOS CUSTOSA  TERRAS MAIS FÉRTEIS E PRÓXIMAS DOS MERCADOS ALCANÇA LUCROS MAIORES  A RENDA ERA BASEADA NA FERTILIDADE DAS TERRAS, AFINAL TERRA MAIS FÉRTIL É MENOS CUSTOSA
  • 14. Teoria das Vantagens ComparativasTeoria das Vantagens Comparativas  LIVRE MOBLIDADE DE MÃO DE OBRA  TROCA DE MERCADORIAS COM O MENOR CUSTO POSSÍVEL  VALORES COMO COMPARATIVOS E SIM COMO ABSOLUTOS  EXEMPLO: BRASIL PRODUZ TIJOLO E A ARGENTINA CIMENTO, O BRASIL VAI SE CONCENTRAR EM PRODUZIR TIJOLO PODENDO ATÉ PRODUZIR CIMENTO E ARGENTINA VAI PRODUZIR CIMENTO, AMBOS OS PAÍSES FAZEM ACORDOS  DE FORMA LIVRE SENDO O BRASIL VENDENDO UMA COISA E ARGENTINA OUTRA, PRA RICARDO É MELHOR ISSO (TROCAS) DO QUE CADA UM PRODUZIR SOZINHO E ISOLADAMENTE   LIVRE MOBLIDADE DE MÃO DE OBRA  TROCA DE MERCADORIAS COM O MENOR CUSTO POSSÍVEL  VALORES COMO COMPARATIVOS E SIM COMO ABSOLUTOS  EXEMPLO: BRASIL PRODUZ TIJOLO E A ARGENTINA CIMENTO, O BRASIL VAI SE CONCENTRAR EM PRODUZIR TIJOLO PODENDO ATÉ PRODUZIR CIMENTO E ARGENTINA VAI PRODUZIR CIMENTO, AMBOS OS PAÍSES FAZEM ACORDOS  DE FORMA LIVRE SENDO O BRASIL VENDENDO UMA COISA E ARGENTINA OUTRA, PRA RICARDO É MELHOR ISSO (TROCAS) DO QUE CADA UM PRODUZIR SOZINHO E ISOLADAMENTE 

Notas do Editor

  1. ‹nº›
  2. ‹nº›
  3. ‹nº›
  4. ‹nº›
  5. ‹nº›
  6. ‹nº›
  7. ‹nº›
  8. ‹nº›
  9. ‹nº›
  10. ‹nº›
  11. ‹nº›
  12. ‹nº›
  13. ‹nº›