SIMPÓSIO
No ano de 2014, a temática do XXXIII Simpósio Nacional de Educação Física foi
“Educação Física, Esporte e suas te...
MOMENTO ACADÊMICO
No ano de 2014 a temática do Momento Acadêmico foi interdisciplinar, abrangendo
os cursos de Educação Fí...
envolvidos nos diversos grupos como, por exemplo, o Laboratório de Bioquímica e
Fisiologia do Exercício, Grupo de Pesquisa...
tutores Marcelo Cozzensa da Silva, do PET-ESEF e Paulo Roberto Grolli, do PET
Agronomia. Foram selecionados como novos bol...
cadeira de rodas, método pilates, kettlebell, prescrição de exercícios aeróbios com
base na frequência cardíaca e avaliaçã...
atividades e obrigações presentes na vida de um graduando de Educação Física.
Formas de ingresso, estrutura dos cursos e m...
acompanhar a realização do evento. Os petianos foram responsáveis pelas tarefas
de organização da apresentação e debates, ...
como ao final do ano letivo, mostraram unanimidade entre os participantes do
programa no que se trata do bom funcionamento...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relatório 2014

455 visualizações

Publicada em

Relatório

Publicada em: Internet
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Relatório 2014

  1. 1. SIMPÓSIO No ano de 2014, a temática do XXXIII Simpósio Nacional de Educação Física foi “Educação Física, Esporte e suas tecnologias”. Pela ampla abordagem do evento e número rapidamente esgotado de inscrições, alunos bolsistas de toda a ESEF/UFPel participaram na organização do mesmo, que contou com palestrantes e ouvintes de todo território nacional e internacional. Por isso, alunos do Programa encarregaram-se participando da comissão organizadora, estando alocados em subcomissões do mesmo, tais como comissão de recepção, logística, cultural e secretaria. Além disso, através de um sistema de rodízio, tiveram a oportunidade de participar como ouvintes em palestras e mesas redondas e como apresentadores de trabalho (para aqueles os quais tiveram trabalhos aprovados na forma oral ou pôster). Os alunos tiveram ainda a oportunidade de dialogar com importantes professores ligados ao tema do simpósio. PALESTRA DE RECEPÇÃO DOS CALOUROS A atividade de recepção dos novos ingressantes do ano de 2014 foi desenvolvida em três momentos: foram realizadas duas palestras no início do ano letivo para ingressos nos cursos de bacharelado e licenciatura (diurno) e no segundo semestre do ano letivo abrangendo os novos alunos do curso de licenciatura (noturno). A atividade buscou integrar os alunos ao ambiente acadêmico por meio de informações importantes e esclarecimentos de dúvidas referentes aos cursos, facilitando o decorrer da vida acadêmica dos novos estudantes da graduação. A palestra contou com a participação do diretor da unidade, chefes de departamentos e chefe do colegiado os quais, após darem boas vindas aos calouros, apresentaram de uma maneira geral o curso e os serviços disponíveis aos alunos, além de descreverem o papel de cada órgão que chefiam. Posteriormente, dois petianos deram continuidade a palestra com explanação das instalações do curso, estrutura física, apresentação das oportunidades oferecidas no meio acadêmico, informando sobre projetos existentes juntamente com apresentação do corpo docente responsável por cada um. Foram também explicitadas as oportunidades de bolsa as quais esses alunos poderiam inserir-se, assim como a apresentação do grupo PET, suas atividades desenvolvidas em prol do ensino, pesquisa e extensão e o modo de ingresso no programa. Todo o planejamento da atividade foi realizado pelo grupo PET apoiado pela coordenação e direção do curso.
  2. 2. MOMENTO ACADÊMICO No ano de 2014 a temática do Momento Acadêmico foi interdisciplinar, abrangendo os cursos de Educação Física, Fisioterapia e Medicina. A palestra, batizada de “Lesões Relacionadas à Atividade Física: o papel dos profissionais no processo de reabilitação” reuniu três profissionais, um de cada área, para abordar aspectos fisiológicos e procedimentais de sua área. Pela iminência de um bom público, o momento foi marcado em horário que privilegiasse a maioria dos estudantes da unidade e, ainda, conversado com professores da ESEF/UFPel para liberação de graduandos que estivessem em aula. O evento contou com a presença de profissionais, acadêmicos e pós-graduandos da UFPel, UCPel e Anhanguera, totalizando 93 inscritos. Pela temática interessante, foram geradas diversas perguntas e questionamentos acerca dos temas abordados. Em virtude disso, considera-se que mesmo atingiu plenamente seus objetivos. OLIMPET’S Realizado em agosto do mesmo ano da primeira realização, o IIº OlimPET's teve como objetivo fomentar a socialização dos diferentes grupos PET da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), além de promover a diversão entre todos os participantes. Os bolsistas do PET-ESEF encarregaram-se de organizar e sediar o evento, o que demandou algumas mudanças em relação a edição anterior, havendo trocas e adaptações de atividades físicas e intelectuais. Os petianos passaram uma tarde de sábado de interação, descontração, de superação física e mental, além de conversarem entre si acompanhados de muitas risadas. O encontro contou com a presença de 80 alunos ligados ao programa, entre organizadores, tutores, bolsistas e voluntários, sendo considerado pelos sediadores como um sucesso, uma vez que o número expressivo de presentes equiparou-se ao de uma reunião de InterPET. Foram arrecadados 44kg de alimentos não perecíveis que foram doados a uma instituição de caridade (AAPECAN) em nome de todos grupos do Programa de Educação Tutorial da UFPel. PARTICIPAÇÕES EM GRUPOS DE ESTUDOS E LABORATÓRIOS Os petianos da ESEF foram, mais uma vez, estimulados a se inserir em grupos de ensino, pesquisa e extensão da unidade acadêmica. Todos petianos estiveram
  3. 3. envolvidos nos diversos grupos como, por exemplo, o Laboratório de Bioquímica e Fisiologia do Exercício, Grupo de Pesquisa em Epidemiologia da Atividade Física, Treinamento Esportivo e Desempenho Físico, Núcleo de Atividades para Terceira Idade, PIBID, entre tantos outros. O trabalho dos alunos foi orientado por cada um dos responsáveis por esses grupos e/ou laboratórios e seus desempenhos eram relatados de forma verbal em reunião dos responsáveis com o tutor do grupo PET. A oportunidade de escolha e o conhecimento adquirido em cada um dos locais de inserção torna-se fundamental para a base de conhecimentos fundamentais para o trabalho exercido pelo profissional de educação física. JOGOS DA UFPEL No ano de 2014 foi realizada a segunda edição dos Jogos da UFPel, organizado pela ESEF em parceria com as atléticas da UFPel e o grupo PET-ESEF. Novamente o evento englobou as modalidades de voleibol, futsal, handebol e basquetebol, nos naipes masculino e feminino. Os jogos de 2013 foram importantes para que o incentivo ao esporte fosse maior, fazendo que ocorresse a criação de novas atléticas e consolidação de outras. Também se destaca o acesso via ESEF para disponibilidade de treinos e práticas esportivas pelos alunos da UFPel no seu ginásio, tendo em vista a preparação para os jogos. Além dos benefícios físicos aos participantes, a integração entre os indivíduos foi aspecto objetivado a ser destacado. Os petianos estiveram comprometidos na organização e execução dos jogos, realizando tarefas logísticas, administrativas e de arbitragem (mesários). Relação interpessoal com os atletas, comissão e árbitros, capacidade de decisão e resolução de problemas, trabalho em grupo, responsabilidade e pontualidade foram plenamente atingidos pelos bolsistas do programa. SELEÇÃO DE NOVOS PETIANOS Próximo do final do segundo semestre letivo de 2014 aconteceu, mais uma vez, a seleção de novos bolsistas e voluntários ao programa. Neste ano havia a oportunidade de ingresso de três novos petianos bolsistas e dois voluntários. Participaram do processo seletivo 5 candidatos dos cursos de licenciatura e bacharelado da ESEF. Destes, todos qualificaram-se para as fases finais do processo. Participaram da banca de seleção dos novos ingressantes, os petianos Jayne Santos Leite, Joubert Caldeira Penny e Misael Aguiar da Cunha, além dos
  4. 4. tutores Marcelo Cozzensa da Silva, do PET-ESEF e Paulo Roberto Grolli, do PET Agronomia. Foram selecionados como novos bolsistas os discentes Luiever Domingues, Julia Caldeira e Ítalo Guimarães. Ao longo do processo, houve a desclassificação de uma concorrente em virtude de não comparecimento em uma das fases. Em virtude do fraco desempenho no decorrer da seleção, decidiu-se por não preencher as vagas para petianos voluntários. Aos alunos que compuseram a banca foi uma grande oportunidade de participar em um processo como avaliador, reforçando a formação global que o Programa proporciona. Aos concorrentes, foi uma nova oportunidade de vivenciar a experiência de serem avaliados por sua produção acadêmica e científica. CURSOS DE FORMAÇÃO EXTRACURRICULAR Atendendo as lacunas existentes e solicitações dos petianos da ESEF/UFPel, foi ministrado um curso interno, organizado e ministrado pelo tutor Marcelo Cozzensa da Silva, no ano de 2014. O curso básico de estatística visou instruir sobre algumas noções de estatística, de análise de dados, tipos de variáveis, tendo sido sua parte prática realizada no programa STATA 12.0. O curso teve como principal objetivo a introdução à estatística para os petianos, visto sua necessidade na interpretação e análise de dados de pesquisa. Fizeram parte ainda dessa atividade dois cursos ministrados pela Professora Daniela Fuhro Vilas Bôas sobre Introdução aos conceitos de educação e ciência (20horas) e .Conceitos de educação e oratória (20horas). Estes cursos vem complementar uma lacuna sobre aprofundamento histórico filosófico da ciência e orientar e aperfeiçoar os alunos a apresentações orais em congressos e similares. Além dos alunos do PET, o curso possibilitou a participação de alunos da graduação, como uma forma de oportunizar conhecimentos e congregar esses alunos com os integrantes do programa. CIÊNCIA & CULTURA A realização da 11ª edição do Ciência & Cultura do ano de 2014 aconteceu nos dias três e quatro de novembro na ESEF/UFPel. O evento científico/cultural, desenvolvido exclusivamente pelo grupo PET/ESEF, promoveu neste ano mini cursos como: estatística básica aplicada à pesquisa em Educação Física, análise biomecânica, jogos e atividades para as aulas de Educação Física, basquete em
  5. 5. cadeira de rodas, método pilates, kettlebell, prescrição de exercícios aeróbios com base na frequência cardíaca e avaliação antropométrica, os quais foram ministrados por profissionais da área e teve como principal objetivo aprofundar temas da atualidade e ampliar conhecimentos técnicos de acordo com as necessidades cotidianas de cada participante. A atividade foi realizada nos três turnos e cada participante tinha direito a se inscrever em um curso por turno. A organização do evento foi totalmente e exclusivamente realizada pelos petianos e incluiu a pesquisa e indicação dos mini cursos a serem ofertados, bem como de sugestões de palestrantes para cada um deles, contato com os palestrantes, divulgação do evento, credenciamento, produção de certificados, suporte técnico nos mini cursos, entre outras tarefas. Essa atividade buscou complementar lacunas de conteúdos de algumas disciplinas, apresentar conteúdos não abordados por falta de algumas disciplinas no currículo da graduação e aproximar o grupo PET dos demais graduandos. O evento reuniu 102 participantes inscritos. INTERCÂMBIO COM OUTROS GRUPOS PET No mês de setembro alguns petianos do PET-ESEF/UFPel estiveram na cidade de Santa Maria, onde, em parceria com o grupo PET do Centro de Educação Física e Desportos da UFSM, realizaram atividades conjuntas e visitas a instalações da Universidade local. Os petianos fizeram visitas a laboratórios de pesquisa e extensão, conhecendo professores, seus projetos e os membros integrantes de seus grupos (graduandos e pós-graduandos). Tiveram a experiência prática de participar com os petianos locais de uma atividade de intervenção em uma UBS no interior de Santa Maria, tendo a oportunidade de vivenciar um dos trabalhos desenvolvidos por esse grupo. Esta foi a primeira atividade de intercâmbio realizada pelo grupo PET- ESEF com outros grupos PET de Educação Física, a qual serviu como piloto para futuros encontros com outros grupos da mesma área de conhecimento. FEIRA DAS PROFISSÕES No início de outubro foi realizada a Feira das Profissões do Instituto Estadual de Educação Assis Brasil (IEEAB), onde o grupo PET-ESEF/UFPel esteve presente representando a Escola Superior de Educação Física e seus cursos de Licenciatura e Bacharelado. A atividade possibilitou o conhecimento dos cursos por parte dos discentes do ensino médio, além de informações e experiências sobre quais as
  6. 6. atividades e obrigações presentes na vida de um graduando de Educação Física. Formas de ingresso, estrutura dos cursos e mercado de trabalho foram as questões mais discutidas, além do forte interesse no contato direto com materiais da área. A ação contou com o apoio do PIBID-ESEF/UFPel. CURSO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA Como forma de qualificação dos estudantes pertencentes ao programa, o incentivo a aprendizagem constante de uma língua estrangeira é cobrado pelo tutor. Quase a totalidade dos alunos frequentou cursos privados de inglês e, o restante, cursos públicos ou gratuitos (da própria universidade ou disponibilizados pelo governo nacional através da internet). PET-STOP DA SAÚDE O projeto de extensão PET-Stop da Saúde foi realizado em três locais de caminhada existentes no município de Pelotas: Av. Dom Joaquim, Av. Duque de Caxias e Calçadão da Praia do Laranjal. O Projeto objetivou avaliar as pessoas que executavam atividades físicas nesses locais, verificando parâmetros fisiológicos, antropométricos e nutricional dos participantes, bem como realizando, posteriormente a essas avaliações, recomendações para melhoria desses parâmetros investigados. O Projeto atendeu, em torno de, 110 indivíduos, sendo a maioria na Av. Duque de Caxias, seguido da Av. Dom Joaquim e Laranjal. A convite do PET ESEF, o grupo PET Odontologia participou das edições do projeto prestando avaliações e dicas odontológicas às pessoas. CINEPET O evento promovido a cada semestre, contou com a escolha de um documentário pelos petianos, abordando temas atuais da área e a projeção deste aos alunos da graduação. Para a abordagem crítica sempre foi convidado um professor para conduzir as discussões. Estiveram presentes alunos de diversos semestres tanto do bacharelado quanto da licenciatura e o objetivo foi proporcionar aos participantes um debate crítico com multiplicação de conhecimentos, geração de autonomia e ampliação da formação cultural. Devido ao fato desta atividade ser realizada entre 12h e 14h, o evento sempre ofereceu refeições gratuítas, tais como sanduíches e sucos, contribuindo para que muitos estudantes permanecessem na faculdade para
  7. 7. acompanhar a realização do evento. Os petianos foram responsáveis pelas tarefas de organização da apresentação e debates, convite e suporte ao palestrante convidado, confecção e distribuição dos alimentos. ATIVIDADES DE PESQUISA As atividades de pesquisa realizadas pelo grupo foram: - Atividade de física e neurogênese: revisão de literatura (em andamento); - Coorte Ingressantes ESEF/UFPel (em andamento); - Efeito do exercício físico no sistema imune de obesos (em andamento); - Efeitos do exercício físico sobre os sintomas da menopausa (em andamento); - Expectativa, impacto e legado de Megaeventos esportivos: Copa do Mundo de Futebol FIFA 2014 e Jogos Olímpicos RIO 2016 (em andamento); - Projeto UBS+ ATIVA: Dados de uma intervenção em sala de espera (em andamento); - Atividade física, alimentação e saúde: uma análise a partir do conhecimento dos alunos de 5ª série do ensino fundamental (finalizada); - Dois anos do projeto EF+ em Pelotas: as contribuições sobre a ótica dos professores; (finalizada); - Incentivo e orientação docente para a prática de atividade física de forma autônoma fora da escolar (finalizada); - Nível de atividade física e comportamento sedentário em acadêmicos de Educação Física: Comparação entre cursos de licenciatura e bacharelado (finalizada). ATIVIDADES DE EXTENSÃO - PET-Stop da Saúde (Coord. Marcelo Cozzensa da Silva). - Projeto NATI (Coord. Prof.ª Dr.ª Adriana Cavalli); - Projeto SADE (Coord. Prof. Dr. Renato Rochefort); - Projeto Voleibol (Coord. Prof. Dr. Renato Rochefort); - Projeto Basquete em Cadeira de Rodas (Coord. Prof. Dr. Mário Azevedo Jr.); - Projeto GEEAF Atenção Básica (Coord. Fernando Vinholes Siqueira); CONSIDERAÇÕES FINAIS - MARCELO As atividades planejadas para o ano de 2014 foram plenamente desenvolvidas. A avaliação realizada pelo grupo ao final de cada uma das atividades executadas, bem
  8. 8. como ao final do ano letivo, mostraram unanimidade entre os participantes do programa no que se trata do bom funcionamento e alcance dos objetivos propostos para as atividades. Todas as atividades, sem exceção, foram executadas. Novamente, é importante salientar que a demora e burocracia para se conseguir utilizar a verba de custeio criou impasses para a execução de algumas atividades. Mais uma vez, isso não aconteceu pela capacidade de mobilização do grupo, imaginação e ajuda da unidade acadêmica, a qual cumpriu um papel que deveria ser do órgão responsável pelo programa. Aproveitamos para enfatizar a importância de se detalhar cada uma das atividades no ícone detalhamento deste relatório, o qual só nos dá oportunidade realizar uma descrição única para todas.

×