Poesia
“ Eu”
Sou o calor, a brisa e o perfume Das noites de Verão…
Sou cânticos das aves pelas tardes,  Murmúrios dos ribeiros, sou paixão…
Sou onda, sou espuma, sou quimera, Sou tudo o que morreu e torna a vir…
Sou renovada e linda Primavera Que se contenta só com existir…
Sou trevas, negras trevas se adensando Antes do temporal…
Sou o inferno, a morte, a derrocada… Sou tudo, por meu bem e por meu mal…
E sou tristeza infinda em não saber Tudo aquilo que sou…
Pois cada dia julgo ver nascer Parcelas do que sempre em mim morou!
Richard Clayderman “ Nostalgy”
Poema e formatação de Maria de Aguiar Marçalo
 
 
 
 
 
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

\"Eu\"

933 visualizações

Publicada em

Poesia

Publicada em: Educação, Diversão e humor
2 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
933
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
2
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

\"Eu\"

  1. 1. Poesia
  2. 2. “ Eu”
  3. 3. Sou o calor, a brisa e o perfume Das noites de Verão…
  4. 4. Sou cânticos das aves pelas tardes, Murmúrios dos ribeiros, sou paixão…
  5. 5. Sou onda, sou espuma, sou quimera, Sou tudo o que morreu e torna a vir…
  6. 6. Sou renovada e linda Primavera Que se contenta só com existir…
  7. 7. Sou trevas, negras trevas se adensando Antes do temporal…
  8. 8. Sou o inferno, a morte, a derrocada… Sou tudo, por meu bem e por meu mal…
  9. 9. E sou tristeza infinda em não saber Tudo aquilo que sou…
  10. 10. Pois cada dia julgo ver nascer Parcelas do que sempre em mim morou!
  11. 11. Richard Clayderman “ Nostalgy”
  12. 12. Poema e formatação de Maria de Aguiar Marçalo

×