Audibilidade método geométrico

2.634 visualizações

Publicada em

Método de cálculo de rebatedores sonoros.

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Gostaria de saber qual é a referencia bibliográfica fórmulas utilizadas nesta apresentação.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.634
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Audibilidade método geométrico

  1. 1. AUDIBILIDADE Método geométricopara dimensionamentode placas rebatedoras
  2. 2. Rf é o ruído de fundo Varia conforme a sala, o isolamento, os equipamentos utilizados, maquinário, etc.Em geral, para estimativas em projetos de teatrose auditórios considera-se valores entre 40 e 55 dB.
  3. 3. Exemplo: Rf = 40 dBPara que um som seja audível é necessário que o seunível sonoro esteja acima deste valor.Pode-se estimarcerca de 10% a mais, então: Nideal = Rf + 10% x Rf Nideal = 40 + 4 Nideal = 44 dB
  4. 4. d é a distância máximaaté onde o som direto é perfeitamente audível.Para calcular d conhecendo Rf : Nideal = 109 +10logw – 20 logdonde: w é a potência sonora e d a distância.Para voz humana, w = 10-4 watts 44 = 109 + 10log10-4 – 20 logd 44 = 109 – 40 – 20 logd logd = 25 / 20 logd = 1,25 d = 10 1,25 d = 17,8 m
  5. 5. Perceba:Se o ruído de fundo aumentar para 50 dB Rf = 50 dB Nideal = 55 Nideal = 109 +10logw – 20 logd 55 = 109 + 10log10-4 – 20 logd 55 = 109 – 40 – 20 logd logd = 14 / 20 logd = 0,7 d = 10 0,7 d = 5,0 mA distância máxima para audibilidade do som direto caiu para 5 m !
  6. 6. Alguns valoresRf = 30 dB d = 63 mRf = 35 dB d = 33 mRf = 40 dB d = 18 mRf = 45 dB d= 9mRf = 50 dB d= 5mRf = 55 dB d= 3mRf = 60 dB d= 1m
  7. 7. É muito importante procurar diminuir o ruído de fundo ! Por exemplo, isolando bem a platéia e o palco dos ruídos externos e cuidando dosequipamentos e das instalações internas
  8. 8. Análise do som direto
  9. 9. O som direto não é suficiente para garantir a audibilidadeem todos os pontos da platéia.Sons refletidos e direcionados são necessários para reforçaro nível sonoro nos pontos mais distantes da fonte sonora.
  10. 10. Além do ponto Bé preciso reforçar o somcom 1 ou mais reflexões
  11. 11. Determinando rebatedores acústicosMétodo geométrico
  12. 12. Calculando o número de rebatedoresnecessários para uma sala
  13. 13. NB = Rf + 10% x Rf e NB = 109 + 10logw – 20logdNC = 109 + 10logw – 20logdC
  14. 14. ExemploAssumindo como dados iniciais Rf = 40 dB w = 10-4 watts dc = 30 mTem-se, conforme calculado anteriormente: NB = 44 dB d = 17,8 mRecordando, B representa o limite onde o som diretoé ouvido com nitidezNo ponto C, o mais distante da fonte sonora: NC = 109 +10logw – 20 logdC NC = 109 - 40 - 20log30 NC = 109 - 40 - 20 x 1,48 NC = 109 - 40 - 29,6 NC = 39,4 dB
  15. 15. No ponto C, o som direto chega com um nível sonoro de39,4 dB, inaudível pois deveria ter, no mínimo, 44 dB (4dB acima do ruído de fundo Rf) Faltam, portanto, uma diferença ∆ = 44 – 39,4 ∆ = 4,6 dB
  16. 16. Instalando rebatedores acústicos corretamente direcionados, todos os pontos além do ponto Breceberão um som direto e vários (n) sons refletidos
  17. 17. Com os n rebatedores acústicos,o nível sonoro que chega em C é: Nideal = 10log (I/Io + n.I/Io) Nideal = 10log (I.n+1)/Io Nideal = 10logI/Io + 10log(n+1) Nideal = Nc + 10log(n+1)mas: Nideal = Nc + ∆então: Nc + ∆ = Nc + 10log(n+1) 10log(n+1) = ∆ log(n+1) = ∆/10 (n+1) = 10 ∆/10 n = 10∆/10 - 1
  18. 18. No exemplo: ∆ = 4,6 n = 100,46 – 1 n = 2,88 – 1 n = 1,88 n = 2 rebatedores

×