SlideShare uma empresa Scribd logo
Encontro de Pais
Centro Educacional Atlântida
           2012
lll
Tema do 2º Encontro de Pais:
Amor e Segurança, alicerces para
 um desenvolvimento saudável




O que significa as palavras amor e segurança
                 para você?
Amor se aprende... Amando
(Carlos Drumond de Andrade)


De hoje em diante todos os dias ao acordar, direi :
Eu hoje vou ser Feliz !
Vou lembrar de agradecer ao sol pelo seu calor e luminosidade, sentirei que
estou vivendo, respirando.

Posso desfrutar de todos os recursos da natureza gratuitamente. Não preciso
comprar o canto dos pássaros, nem o murmúrio das ondas do mar. Lembrarei de
sentir a beleza das árvores, das flores.

Vou sorrir mais, sempre que puder. Vou cultivar mais amizades e neutralizar as
inimizades. Não vou julgar os atos dos meus semelhantes ou companheiros. Vou
aprimorar os meus. Lembrarei de ligar para alguém para dizer que estou com
saudades!

Reservarei minutos de silêncio, para ter a oportunidade de ouvir. Não vou
lamentar nem amargar as injustiças. Vou pensar no que posso fazer para diminuir
seus efeitos.
Terei sempre em mente que um minuto passado, não volta mais, vou viver todos
os minutos proveitosamente. Não vou sofrer por antecipação prevendo futuros
incertos, nem com atraso, lembrando de coisas sobre as quais não tenho mais
ação. Não vou pensar no que não tenho e que gostaria de ter, mas em como
posso ser feliz com o que possuo. E o maior bem que possuo é a própria vida.

Vou lembrar de ler uma poesia e de ouvir uma canção, vou dedicá-las a alguém.
Vou fazer alguma coisa para alguém, sem esperar nada em troca, apenas pelo
prazer de ver alguém sorrir.

Vou lembrar que existe alguém que me quer bem, vou dedicar uns minutos de
pensamento para os que já se foram para que saibam que serão sempre uma doce
lembrança ... Vou procurar dar um pouco de alegria para alguém, especialmente
quando sentir que a tristeza e o desânimo querem se aproximar.

E quando a noite chegar, vou olhar o céu, para as estrelas e para o luar e
agradecer a Deus, porque hoje eu fui feliz !
Antigamente, adultos diziam:
“Criança não tem querer”... “Criança não sabe nada”...
Os erros eram corrigidos com castigos, palmadas.
Na atualidade esse modelo foi substituído pelo respeito a criança , pela visão
de que ela tem querer, aptidões próprias, indisposições assim como nós
adultos.

Portanto, a relação a ser estabelecida entre pais e filhos é mais democrática e
devido a isso é mais difícil colocar em pratica essa nova forma de educar.

La vai mamãe com todo carinho explica (sem nenhum autoritarismo, cheia de
compreensão) que aquele condicionador de cabelo que a filhinha esvaziou
em um minutinho que mamãe virou as costas, tão inocentemente, não era
para ser feito, já que na semana passada, retrasada, antepassada, fez a
mesma coisa e lhe foi explicado com tanto carinho que não podia. Puxa o que
há de errado? Explicado assim com tanto amor e carinho, deveria ter
funcionado, afinal usou toda psicologia, não foi? Então, o que está
acontecendo? Depois de falar, explicar, sorrir, explicar de
novo, acariciar, entender, compreender – tudo conforme a nova educação
propõe... Parece que a filhinha não entende o dialogo? Pois afinal, lá foi para
o lixo mais um dos muitos frascos que a criança esvaziou?
E agora? Onde foi que eu errei? Perguntamos desesperados, afinal, conversamos,
explicamos, não agredimos, não impomos, não batemos, não castigamos...no fim a
vida está virando de cabeça para baixo, quanto mais eu faço, mais querem. Sem
saber como agir, muitos pais se pegam irritados, berrando, perdidos...

“Aristoteles antes de Cristo já dizia: A justiça está no meio termo”.

Os filhos precisam que os pais tenham autoridade, portanto, dar limites também é
criar um ambiente seguro para a criança se desenvolver.

“A criança irá compreender que nem sempre pode fazer tudo o que deseja, poderá
fazer muitas das coisas que deseja, mas nem tudo e nem sempre”.
Os pais ao exercerem a autoridade, ouvem, respeitam a criança, mas pode ter de
agir de forma mais rigorosa do que gostaria, às vezes até impositivamente, mas
sempre buscando o bem-estar do filho, seja para protege-lo de algum perigo, seja
para orienta-lo para uma conduta correta.
Agir com segurança, firmeza, mas com afeto e carinho possibilita atingir nossos
objetivos educacionais sem violência contra nossos filhos.
Dar limites não contradiz dar amor, carinho, atenção e segurança.

No entanto, educar envolve um novo desafio a cada dia, a cada situação
que pode se repetir inúmeras vezes.
Não podemos criar expectativas muito imediatas, em educação, nada é
para hoje, agora, há que se repetir com calma, muitas, muitas e muitas
vezes a mesma coisa para funcionar...
Aprovar tudo que a criança fizer de bom, sem esquecer nunca de aplaudir
e reprovar todas as atitudes destrutivas, agressivas, sem nunca agredi-la
sendo firme, dizendo que aquilo foi feio, errado.

O     ser    humano      tem      a     necessidade    de    sentir-se
amado, aprovado, elogiado, essa necessidade de reconhecimento começa
logo cedo!!!

É com a ação segura e afetiva dos pais que a criança vai se conduzir no
meio social, absorver valores, adquirir respeito por si e pelos outros, vai
aprendendo a habilidade de dialogar, experimentando lutar pelos seus
direitos sem agressões, desrespeito, ofensas...enfim...vai vivenciando a
arte da convivência harmônica e civilizada em sociedade.
“Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso”...
                   (Autor desconhecido)
Dica de Ouro:

                       Fase de 1 a 4 anos:
- Faça com que as coisas permaneçam positivas. Diga não e, em seguida, o que
                ela pode fazer, apresente opções a sua escolha;
- Sempre que se comportar bem, aprove com elogios, sorriso, um beijo, desde
                          que tenha um motivo real;
    - Sempre que tiver um mau comportamento, ele deve ser reprovado
   imediatamente; Quando o comportamento não prejudicar ninguém ele deve
                                  ser ignorado;
 - Quando a criança esta triste, chateada porque por exemplo não conseguiu
  montar um jogo, conforte-a, demonstre compreensão, carinho. Isso reforça a
                       segurança de que tanto necessita
Lidando com problemas de
                comportamento
Acessos de cólera e mau humor:
• nessa idade a criança ainda não esta socializada, isso é comum, ignorar é a
   melhor alternativa para eliminar;
• Quanto menos você falar e tentar convence-la , melhor e mais rápido o
   efeito;
• Também não espere que se acalme rápido, ela ainda não consegue ter
   domínio.
• Não tenha você um acesso por causa da criança, você é adulto, não queira
   agir como se tivesse a mesma idade dela;

Se ela tiver esse acesso:
• deixe-a em local seguro, que ela não possa se machucar e diga com
   calma, mas com firmeza que assim não conseguirá o que quer e vai
   esperar que se acalme para depois conversarem, e não assista ao piti.
Se ela tentar agredi-lo fisicamente, chutar, jogar coisas:
• impeça-a, segurando com firmeza, sem machuca-la, e muito menos sem
   fazer o mesmo. Retribuir.

Sem plateia, sem espetáculo:
• não fique junto, gritando, suplicando, ameaçando, agredindo ou
  apanhando! Simplesmente não assista.

Depois que ela acalmar-se converse sobre o que ela sentiu:
• mostre que existem outros meios de expor sentimentos, fale com ela
  sendo breve e direto ao ponto. Ex: Pena que mamãe e papai ficaram
  tristes porque você se jogou no chão. Agora sim, você esta lindo como
  você é! Fazer o que você fez não vai dar certo conosco. O que não
  pode, não pode mesmo.

Paciência é um ato de amor!!! Seus cuidados, dedicação terão resultados mas
leva anos para ser interiorizado. Perseverem
Evitando crises em locais públicos
• Em geral, isso acontece porque os pais exigem mais do que a criança pode
  dar de acordo com sua idade. Observe sempre os horários como logo após
  o almoço, a noite, horários em que a criança costuma dormir, nessa fase
  existe essa necessidade, se respeitar isso terá menos problemas;
• Permaneça pouco tempo em locais de baixo interesse para a
  criança, supermercados, exposições, shoppings, se for impossível deixa-
  la, leve brinquedos que a entretenha, mesmo assim seja breve. É comum
  pais entupirem a criança com brinquedos, doces para prolongarem o
  tempo nesses locais.
• Premie o bom comportamento logo de inicio, depois vá espaçando: com
  elogios, carinho, e eventualmente um sorvete, um gibi, CUIDADO, não
  sempre, e não prêmios dispendiosos, a medida em que cresce, ressalte
  apenas com palavras. Depois muitos pais não entendem porque a criança
  se tornou tão birrenta e interesseira...
• Atitude inadequada deve ser coibida de forma clara, objetiva, com
  segurança e de imediato;
Referências Bibliográficas:
Zagury, Tania, Limites sem trauma, ed. Record.
http://www.youtube.com/watch?v=0UaLAbjKJK4
Poesia- Drummond, C.A., Amar se aprende amando.




PRÓXIMO ENCONTRO: XX/10/2012
Kelly Albrecht
   Personal e Professional Coach
   Membro da Sociedade Brasileira de Coaching
   International Coaching Council
   Coach Education
   Psicóloga
   Orientadora Vocacional
   Assessment
   Treinamentos de Liderança
   Treinamentos Comportamentais
   Atendimentos a Instituição de Ensino
   Atendimentos individuais Life Coaching e Pré-
    vestibulandos

        Contato: (19)3017 5560 / (19)9139-2176
       e-mail kelly.albrecht.coac h@hotmail.com
       www.kellyalbrechtcoach@blogspot.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

70339 ped[1]
70339 ped[1]70339 ped[1]
70339 ped[1]
Andre Lenz
 
10 sinais preocupantes de que você não sabe educar um filho
10 sinais preocupantes de que você não sabe educar um filho10 sinais preocupantes de que você não sabe educar um filho
10 sinais preocupantes de que você não sabe educar um filho
Danielle Silva
 
70339 ped[1]
70339 ped[1]70339 ped[1]
70339 ped[1]
Paulo Bachur
 
Apresentação para 1º reunião de pais
Apresentação para 1º reunião de paisApresentação para 1º reunião de pais
Apresentação para 1º reunião de pais
Gustavo Blank
 
Disciplina positiva
Disciplina positivaDisciplina positiva
Disciplina positiva
Tamara Pina
 
LiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
LiçãO 07 Educando Os Filhos IiLiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
LiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
guest06a00c
 
Panfleto crescer-sem-violc3aancia
Panfleto crescer-sem-violc3aanciaPanfleto crescer-sem-violc3aancia
Panfleto crescer-sem-violc3aancia
Maureen Coité
 
Pai deixa 28 lições de vida aos filhos antes de morrer
Pai deixa 28 lições de vida aos filhos antes de morrerPai deixa 28 lições de vida aos filhos antes de morrer
Pai deixa 28 lições de vida aos filhos antes de morrer
BrainstormingBR
 
A arte-de-se-auto-conhecer
A arte-de-se-auto-conhecerA arte-de-se-auto-conhecer
A arte-de-se-auto-conhecer
Ana Monteiro Da Silva Muniz
 
The blueprint tyler durden
The blueprint tyler durdenThe blueprint tyler durden
The blueprint tyler durden
Christian Santana
 
A Difícil Arte de Dizer Não aos Filhos
A Difícil Arte de Dizer Não aos FilhosA Difícil Arte de Dizer Não aos Filhos
A Difícil Arte de Dizer Não aos Filhos
guestb69a46
 
A infância com disciplina positiva
A infância com disciplina positivaA infância com disciplina positiva
A infância com disciplina positiva
Lilian Ferraz
 
Geração dois mil e pouco
Geração dois mil e poucoGeração dois mil e pouco
Geração dois mil e pouco
miefrancine
 
Mensagem pps-auto-estima-pnl-lider-aprendizagem 1
Mensagem pps-auto-estima-pnl-lider-aprendizagem 1Mensagem pps-auto-estima-pnl-lider-aprendizagem 1
Mensagem pps-auto-estima-pnl-lider-aprendizagem 1
escolaFlorizel
 
Amar e educar
Amar e educarAmar e educar
Amar e educar
Cinara Aline
 
A família e a escola formam uma equipe
A família e a escola formam uma equipeA família e a escola formam uma equipe
A família e a escola formam uma equipe
Ana Maria Borges
 
APRENDIZAGEM
APRENDIZAGEMAPRENDIZAGEM
APRENDIZAGEM
Washington Ferreira
 
Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?
Alex e Bea
 
Fam03
Fam03Fam03

Mais procurados (19)

70339 ped[1]
70339 ped[1]70339 ped[1]
70339 ped[1]
 
10 sinais preocupantes de que você não sabe educar um filho
10 sinais preocupantes de que você não sabe educar um filho10 sinais preocupantes de que você não sabe educar um filho
10 sinais preocupantes de que você não sabe educar um filho
 
70339 ped[1]
70339 ped[1]70339 ped[1]
70339 ped[1]
 
Apresentação para 1º reunião de pais
Apresentação para 1º reunião de paisApresentação para 1º reunião de pais
Apresentação para 1º reunião de pais
 
Disciplina positiva
Disciplina positivaDisciplina positiva
Disciplina positiva
 
LiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
LiçãO 07 Educando Os Filhos IiLiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
LiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
 
Panfleto crescer-sem-violc3aancia
Panfleto crescer-sem-violc3aanciaPanfleto crescer-sem-violc3aancia
Panfleto crescer-sem-violc3aancia
 
Pai deixa 28 lições de vida aos filhos antes de morrer
Pai deixa 28 lições de vida aos filhos antes de morrerPai deixa 28 lições de vida aos filhos antes de morrer
Pai deixa 28 lições de vida aos filhos antes de morrer
 
A arte-de-se-auto-conhecer
A arte-de-se-auto-conhecerA arte-de-se-auto-conhecer
A arte-de-se-auto-conhecer
 
The blueprint tyler durden
The blueprint tyler durdenThe blueprint tyler durden
The blueprint tyler durden
 
A Difícil Arte de Dizer Não aos Filhos
A Difícil Arte de Dizer Não aos FilhosA Difícil Arte de Dizer Não aos Filhos
A Difícil Arte de Dizer Não aos Filhos
 
A infância com disciplina positiva
A infância com disciplina positivaA infância com disciplina positiva
A infância com disciplina positiva
 
Geração dois mil e pouco
Geração dois mil e poucoGeração dois mil e pouco
Geração dois mil e pouco
 
Mensagem pps-auto-estima-pnl-lider-aprendizagem 1
Mensagem pps-auto-estima-pnl-lider-aprendizagem 1Mensagem pps-auto-estima-pnl-lider-aprendizagem 1
Mensagem pps-auto-estima-pnl-lider-aprendizagem 1
 
Amar e educar
Amar e educarAmar e educar
Amar e educar
 
A família e a escola formam uma equipe
A família e a escola formam uma equipeA família e a escola formam uma equipe
A família e a escola formam uma equipe
 
APRENDIZAGEM
APRENDIZAGEMAPRENDIZAGEM
APRENDIZAGEM
 
Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?
 
Fam03
Fam03Fam03
Fam03
 

Semelhante a 2º Encontro de Pais.

e.
e.e.
Estimulação de 0 a 3 anos
Estimulação de 0 a 3 anosEstimulação de 0 a 3 anos
Estimulação de 0 a 3 anos
Debora Estery
 
A chegada de um bebê
A chegada de um bebêA chegada de um bebê
A chegada de um bebê
Maciel_Resende
 
Afectividade2
Afectividade2Afectividade2
Pais bons x pais brilhantes augusto cury
Pais bons x pais brilhantes augusto curyPais bons x pais brilhantes augusto cury
Pais bons x pais brilhantes augusto cury
Geová da Silva
 
Ao Meu Filho.
Ao Meu Filho.Ao Meu Filho.
Ao Meu Filho.
Simone
 
Conte até 10!
Conte até 10!Conte até 10!
O valor da simpatia cristiane cardoso
O valor da simpatia   cristiane cardosoO valor da simpatia   cristiane cardoso
O valor da simpatia cristiane cardoso
Tais Fogaça
 
Agressividade
AgressividadeAgressividade
Agressividade
paulo santos
 
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptxO QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
novaesjosiana2020
 
Relacionamento Entre Pais E Filhos
Relacionamento Entre Pais E FilhosRelacionamento Entre Pais E Filhos
Relacionamento Entre Pais E Filhos
Associação Espirita Lagos
 
Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
SimoneHelenDrumond
 
Empatia: "calçando os sapatos de alguém"...
Empatia: "calçando os sapatos de alguém"...Empatia: "calçando os sapatos de alguém"...
Empatia: "calçando os sapatos de alguém"...
Taís Calheiros
 
Cadê a criança que estava aqui
Cadê a criança que estava aquiCadê a criança que estava aqui
Cadê a criança que estava aqui
Rodrigo Freitas
 
Folder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAISFolder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAIS
QUEDMA SILVA
 
Livro vol 1_caminho da palavra escrita_paulosergio_2011
Livro vol 1_caminho da palavra escrita_paulosergio_2011Livro vol 1_caminho da palavra escrita_paulosergio_2011
Livro vol 1_caminho da palavra escrita_paulosergio_2011
Paulo Sérgio
 
Autoestima Infantil
Autoestima InfantilAutoestima Infantil
Autoestima Infantil
Maria Cristina Santos Araujo
 
Empatia etica e solidariedade
Empatia etica e solidariedadeEmpatia etica e solidariedade
Empatia etica e solidariedade
Pollyanna Lavinia de Lima Ribeiro
 
Bons sentimentos
Bons sentimentosBons sentimentos
Bons sentimentos
pietra bravo
 
Andre ebook (1)
Andre ebook (1)Andre ebook (1)
Andre ebook (1)
jocilenedasilvarodri
 

Semelhante a 2º Encontro de Pais. (20)

e.
e.e.
e.
 
Estimulação de 0 a 3 anos
Estimulação de 0 a 3 anosEstimulação de 0 a 3 anos
Estimulação de 0 a 3 anos
 
A chegada de um bebê
A chegada de um bebêA chegada de um bebê
A chegada de um bebê
 
Afectividade2
Afectividade2Afectividade2
Afectividade2
 
Pais bons x pais brilhantes augusto cury
Pais bons x pais brilhantes augusto curyPais bons x pais brilhantes augusto cury
Pais bons x pais brilhantes augusto cury
 
Ao Meu Filho.
Ao Meu Filho.Ao Meu Filho.
Ao Meu Filho.
 
Conte até 10!
Conte até 10!Conte até 10!
Conte até 10!
 
O valor da simpatia cristiane cardoso
O valor da simpatia   cristiane cardosoO valor da simpatia   cristiane cardoso
O valor da simpatia cristiane cardoso
 
Agressividade
AgressividadeAgressividade
Agressividade
 
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptxO QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
O QUE É IMPRESCINDÍVEL PARA TRABALHAR COM A Educação Infantil.pptx
 
Relacionamento Entre Pais E Filhos
Relacionamento Entre Pais E FilhosRelacionamento Entre Pais E Filhos
Relacionamento Entre Pais E Filhos
 
Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
Criar crianças criativas é mais fácil e divertido do que se imagina e saber p...
 
Empatia: "calçando os sapatos de alguém"...
Empatia: "calçando os sapatos de alguém"...Empatia: "calçando os sapatos de alguém"...
Empatia: "calçando os sapatos de alguém"...
 
Cadê a criança que estava aqui
Cadê a criança que estava aquiCadê a criança que estava aqui
Cadê a criança que estava aqui
 
Folder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAISFolder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAIS
 
Livro vol 1_caminho da palavra escrita_paulosergio_2011
Livro vol 1_caminho da palavra escrita_paulosergio_2011Livro vol 1_caminho da palavra escrita_paulosergio_2011
Livro vol 1_caminho da palavra escrita_paulosergio_2011
 
Autoestima Infantil
Autoestima InfantilAutoestima Infantil
Autoestima Infantil
 
Empatia etica e solidariedade
Empatia etica e solidariedadeEmpatia etica e solidariedade
Empatia etica e solidariedade
 
Bons sentimentos
Bons sentimentosBons sentimentos
Bons sentimentos
 
Andre ebook (1)
Andre ebook (1)Andre ebook (1)
Andre ebook (1)
 

Último

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 

Último (20)

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 

2º Encontro de Pais.

  • 1. Encontro de Pais Centro Educacional Atlântida 2012
  • 2. lll
  • 3. Tema do 2º Encontro de Pais: Amor e Segurança, alicerces para um desenvolvimento saudável O que significa as palavras amor e segurança para você?
  • 4. Amor se aprende... Amando (Carlos Drumond de Andrade) De hoje em diante todos os dias ao acordar, direi : Eu hoje vou ser Feliz ! Vou lembrar de agradecer ao sol pelo seu calor e luminosidade, sentirei que estou vivendo, respirando. Posso desfrutar de todos os recursos da natureza gratuitamente. Não preciso comprar o canto dos pássaros, nem o murmúrio das ondas do mar. Lembrarei de sentir a beleza das árvores, das flores. Vou sorrir mais, sempre que puder. Vou cultivar mais amizades e neutralizar as inimizades. Não vou julgar os atos dos meus semelhantes ou companheiros. Vou aprimorar os meus. Lembrarei de ligar para alguém para dizer que estou com saudades! Reservarei minutos de silêncio, para ter a oportunidade de ouvir. Não vou lamentar nem amargar as injustiças. Vou pensar no que posso fazer para diminuir seus efeitos.
  • 5. Terei sempre em mente que um minuto passado, não volta mais, vou viver todos os minutos proveitosamente. Não vou sofrer por antecipação prevendo futuros incertos, nem com atraso, lembrando de coisas sobre as quais não tenho mais ação. Não vou pensar no que não tenho e que gostaria de ter, mas em como posso ser feliz com o que possuo. E o maior bem que possuo é a própria vida. Vou lembrar de ler uma poesia e de ouvir uma canção, vou dedicá-las a alguém. Vou fazer alguma coisa para alguém, sem esperar nada em troca, apenas pelo prazer de ver alguém sorrir. Vou lembrar que existe alguém que me quer bem, vou dedicar uns minutos de pensamento para os que já se foram para que saibam que serão sempre uma doce lembrança ... Vou procurar dar um pouco de alegria para alguém, especialmente quando sentir que a tristeza e o desânimo querem se aproximar. E quando a noite chegar, vou olhar o céu, para as estrelas e para o luar e agradecer a Deus, porque hoje eu fui feliz !
  • 6. Antigamente, adultos diziam: “Criança não tem querer”... “Criança não sabe nada”... Os erros eram corrigidos com castigos, palmadas. Na atualidade esse modelo foi substituído pelo respeito a criança , pela visão de que ela tem querer, aptidões próprias, indisposições assim como nós adultos. Portanto, a relação a ser estabelecida entre pais e filhos é mais democrática e devido a isso é mais difícil colocar em pratica essa nova forma de educar. La vai mamãe com todo carinho explica (sem nenhum autoritarismo, cheia de compreensão) que aquele condicionador de cabelo que a filhinha esvaziou em um minutinho que mamãe virou as costas, tão inocentemente, não era para ser feito, já que na semana passada, retrasada, antepassada, fez a mesma coisa e lhe foi explicado com tanto carinho que não podia. Puxa o que há de errado? Explicado assim com tanto amor e carinho, deveria ter funcionado, afinal usou toda psicologia, não foi? Então, o que está acontecendo? Depois de falar, explicar, sorrir, explicar de novo, acariciar, entender, compreender – tudo conforme a nova educação propõe... Parece que a filhinha não entende o dialogo? Pois afinal, lá foi para o lixo mais um dos muitos frascos que a criança esvaziou?
  • 7. E agora? Onde foi que eu errei? Perguntamos desesperados, afinal, conversamos, explicamos, não agredimos, não impomos, não batemos, não castigamos...no fim a vida está virando de cabeça para baixo, quanto mais eu faço, mais querem. Sem saber como agir, muitos pais se pegam irritados, berrando, perdidos... “Aristoteles antes de Cristo já dizia: A justiça está no meio termo”. Os filhos precisam que os pais tenham autoridade, portanto, dar limites também é criar um ambiente seguro para a criança se desenvolver. “A criança irá compreender que nem sempre pode fazer tudo o que deseja, poderá fazer muitas das coisas que deseja, mas nem tudo e nem sempre”. Os pais ao exercerem a autoridade, ouvem, respeitam a criança, mas pode ter de agir de forma mais rigorosa do que gostaria, às vezes até impositivamente, mas sempre buscando o bem-estar do filho, seja para protege-lo de algum perigo, seja para orienta-lo para uma conduta correta. Agir com segurança, firmeza, mas com afeto e carinho possibilita atingir nossos objetivos educacionais sem violência contra nossos filhos.
  • 8. Dar limites não contradiz dar amor, carinho, atenção e segurança. No entanto, educar envolve um novo desafio a cada dia, a cada situação que pode se repetir inúmeras vezes. Não podemos criar expectativas muito imediatas, em educação, nada é para hoje, agora, há que se repetir com calma, muitas, muitas e muitas vezes a mesma coisa para funcionar... Aprovar tudo que a criança fizer de bom, sem esquecer nunca de aplaudir e reprovar todas as atitudes destrutivas, agressivas, sem nunca agredi-la sendo firme, dizendo que aquilo foi feio, errado. O ser humano tem a necessidade de sentir-se amado, aprovado, elogiado, essa necessidade de reconhecimento começa logo cedo!!! É com a ação segura e afetiva dos pais que a criança vai se conduzir no meio social, absorver valores, adquirir respeito por si e pelos outros, vai aprendendo a habilidade de dialogar, experimentando lutar pelos seus direitos sem agressões, desrespeito, ofensas...enfim...vai vivenciando a arte da convivência harmônica e civilizada em sociedade.
  • 9. “Me ame quando eu menos merecer, pois é quando mais preciso”... (Autor desconhecido)
  • 10. Dica de Ouro: Fase de 1 a 4 anos: - Faça com que as coisas permaneçam positivas. Diga não e, em seguida, o que ela pode fazer, apresente opções a sua escolha; - Sempre que se comportar bem, aprove com elogios, sorriso, um beijo, desde que tenha um motivo real; - Sempre que tiver um mau comportamento, ele deve ser reprovado imediatamente; Quando o comportamento não prejudicar ninguém ele deve ser ignorado; - Quando a criança esta triste, chateada porque por exemplo não conseguiu montar um jogo, conforte-a, demonstre compreensão, carinho. Isso reforça a segurança de que tanto necessita
  • 11. Lidando com problemas de comportamento Acessos de cólera e mau humor: • nessa idade a criança ainda não esta socializada, isso é comum, ignorar é a melhor alternativa para eliminar; • Quanto menos você falar e tentar convence-la , melhor e mais rápido o efeito; • Também não espere que se acalme rápido, ela ainda não consegue ter domínio. • Não tenha você um acesso por causa da criança, você é adulto, não queira agir como se tivesse a mesma idade dela; Se ela tiver esse acesso: • deixe-a em local seguro, que ela não possa se machucar e diga com calma, mas com firmeza que assim não conseguirá o que quer e vai esperar que se acalme para depois conversarem, e não assista ao piti.
  • 12. Se ela tentar agredi-lo fisicamente, chutar, jogar coisas: • impeça-a, segurando com firmeza, sem machuca-la, e muito menos sem fazer o mesmo. Retribuir. Sem plateia, sem espetáculo: • não fique junto, gritando, suplicando, ameaçando, agredindo ou apanhando! Simplesmente não assista. Depois que ela acalmar-se converse sobre o que ela sentiu: • mostre que existem outros meios de expor sentimentos, fale com ela sendo breve e direto ao ponto. Ex: Pena que mamãe e papai ficaram tristes porque você se jogou no chão. Agora sim, você esta lindo como você é! Fazer o que você fez não vai dar certo conosco. O que não pode, não pode mesmo. Paciência é um ato de amor!!! Seus cuidados, dedicação terão resultados mas leva anos para ser interiorizado. Perseverem
  • 13. Evitando crises em locais públicos • Em geral, isso acontece porque os pais exigem mais do que a criança pode dar de acordo com sua idade. Observe sempre os horários como logo após o almoço, a noite, horários em que a criança costuma dormir, nessa fase existe essa necessidade, se respeitar isso terá menos problemas; • Permaneça pouco tempo em locais de baixo interesse para a criança, supermercados, exposições, shoppings, se for impossível deixa- la, leve brinquedos que a entretenha, mesmo assim seja breve. É comum pais entupirem a criança com brinquedos, doces para prolongarem o tempo nesses locais. • Premie o bom comportamento logo de inicio, depois vá espaçando: com elogios, carinho, e eventualmente um sorvete, um gibi, CUIDADO, não sempre, e não prêmios dispendiosos, a medida em que cresce, ressalte apenas com palavras. Depois muitos pais não entendem porque a criança se tornou tão birrenta e interesseira... • Atitude inadequada deve ser coibida de forma clara, objetiva, com segurança e de imediato;
  • 14. Referências Bibliográficas: Zagury, Tania, Limites sem trauma, ed. Record. http://www.youtube.com/watch?v=0UaLAbjKJK4 Poesia- Drummond, C.A., Amar se aprende amando. PRÓXIMO ENCONTRO: XX/10/2012
  • 15. Kelly Albrecht  Personal e Professional Coach  Membro da Sociedade Brasileira de Coaching  International Coaching Council  Coach Education  Psicóloga  Orientadora Vocacional  Assessment  Treinamentos de Liderança  Treinamentos Comportamentais  Atendimentos a Instituição de Ensino  Atendimentos individuais Life Coaching e Pré- vestibulandos Contato: (19)3017 5560 / (19)9139-2176 e-mail kelly.albrecht.coac h@hotmail.com www.kellyalbrechtcoach@blogspot.com.br