Pouca gente dá importância a esta parte do Plano
de Negócios, mas o sumário executivo é uma das
etapas mais relevantes no ...
Muitos representantes de instituições financeiras
que atuam no mercado de investimentos de risco
(venture capital) recebem...
Costumo fazer a analogia do sumário executivo
com um curriculum vitae. Assim como um currículo,
em que o candidato coloca,...
Assim é o sumário executivo, um resumo, uma
coletânea dos pontos fundamentais do plano de
negócios, sobretudo aqueles que ...
A rigor, não há um formato pré-definido para a
elaboração de um sumário executivo, afinal,
somente o empreendedor sabe o q...
Salvo algumas exceções, tenho observado que
algumas informações são imprescindíveis em
qualquer sumário: breve descrição d...
Deixe para escrever o sumário por último, depois
de ter escrito todo o plano. Fica muito mais fácil
fazer um resumo do que...
Lembre-se que, dependendo do público-alvo, um
sumário executivo bem feito não garante que o
leitor estudará o resto do pla...
Por último, para aqueles que não possuem
nenhuma barreira à entrada de competidores, ou
pior, correm o risco de ter a idéi...
Para auxiliar na preparação do Sumário Executivo, é interessante
responder às seguintes perguntas:
Onde?
Ex.: Onde sua emp...
Sumário executivo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sumário executivo

1.569 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.569
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sumário executivo

  1. 1. Pouca gente dá importância a esta parte do Plano de Negócios, mas o sumário executivo é uma das etapas mais relevantes no processo de elaboração de um plano completo e atrativo. Nem sempre as pessoas para quem o empreendedor encaminha suas ideias de negócio estão predispostas a ler um calhamaço de 25 a 30 páginas, com mais uma série de documentos complementares e de referência. Pode até ser que ele dê uma olhada superficial e deixe de lado para dar mais atenção 'quando tiver mais tempo', ou, na pior das hipóteses, nem isso.
  2. 2. Muitos representantes de instituições financeiras que atuam no mercado de investimentos de risco (venture capital) recebem, diariamente, dezenas de planos. O que no seu plano chamaria mais a atenção do investidor, em relação aos demais? Lembre-se que, na primeira peneira, você precisa disputar a atenção do leitor com vários outros documentos. Como fazer isso? Tem gente que apela para tipo e tamanho de fontes, papel colorido, floreados e decorações na capa, entre outros artifícios que, honestamente, não mais influenciam o selecionador. Tem gente, entretanto, que faz um bom resumo do plano, um atrativo sumário executivo.
  3. 3. Costumo fazer a analogia do sumário executivo com um curriculum vitae. Assim como um currículo, em que o candidato coloca, em uma ou duas páginas, um resumo de sua vida profissional, com o objetivo de ser chamado para uma entrevista, onde, então, terá a oportunidade de vender melhor o seu peixe, o sumário executivo deve mostrar, em poucas linhas, que vale a pena, tanto ler o plano completo, como chamar o empreendedor para uma entrevista.
  4. 4. Assim é o sumário executivo, um resumo, uma coletânea dos pontos fundamentais do plano de negócios, sobretudo aqueles que o empreendedor sabe que vão chamar a atenção do leitor, seja ele um cliente, um investidor, um profissional-chave, um fornecedor crítico, um distribuidor ou um parceiro estratégico.
  5. 5. A rigor, não há um formato pré-definido para a elaboração de um sumário executivo, afinal, somente o empreendedor sabe o quê, no seu negócio, pode despertar a atenção do seu leitor. Algumas premissas, entretanto, podem ser observadas: - Não ocupe mais do que duas páginas. Como um sumário é um resumo do plano, deve ser bastante conciso, direto, objetivo e sucinto. Sem muitas delongas e indo diretamente ao ponto. Respeite o tempo do leitor. Ele lê um sumário para ter uma idéia se vale a pena ler o resto ou não.
  6. 6. Salvo algumas exceções, tenho observado que algumas informações são imprescindíveis em qualquer sumário: breve descrição do modelo de negócio, retorno sobre o investimento, descrição da oportunidade identificada, caminho estratégico escolhido, competência dos sócios, elementos de competitividade e necessidade de capital.
  7. 7. Deixe para escrever o sumário por último, depois de ter escrito todo o plano. Fica muito mais fácil fazer um resumo do que já existe, tendo a visão do todo. Na verdade, durante a elaboração do plano, o empreendedor já vai identificando os elementos que farão parte do sumário, tendo sempre como critério os pontos chave e de interesse do negócio. Obviamente, mesmo sendo elaborado por último, ao apresentar o plano, deve ser a primeira parte do documento, a primeira coisa que o leitor verá.
  8. 8. Lembre-se que, dependendo do público-alvo, um sumário executivo bem feito não garante que o leitor estudará o resto do plano, mas um mal escrito é quase certeza de que o leitor não se interessará por conhecer melhor a idéia de negócio.
  9. 9. Por último, para aqueles que não possuem nenhuma barreira à entrada de competidores, ou pior, correm o risco de ter a idéia copiada facilmente por qualquer um que tiver acesso ao plano, pode-se usar o sumário para despertar a atenção, sem necessariamente entregar o ouro. Como o empreendedor deve ter muito cuidado para quem entrega o plano completo, pode aproveitar o sumário, que pode ser disponibilizado mais livremente, para buscar investidores, desde que mencionado o mínimo necessário para chamar a atenção, omitindo elementos-chave que denotam o ‘como’ chegar lá.
  10. 10. Para auxiliar na preparação do Sumário Executivo, é interessante responder às seguintes perguntas: Onde? Ex.: Onde sua empresa (empresa) está localizada? Onde está seu mercado/clientes? Por quê? Ex.: Porque você precisa do dinheiro requisitado? Como? Ex.: Como você empregará o dinheiro na sua empresa? Como está a saúde financeira de seu negócio? Como está crescendo sua empresa (faturamento dos últimos 3 anos etc.)? Quanto? Ex.: De quanto dinheiro você necessita? Como se dará o retorno sobre o investimento? Quando? Ex.: Quando seu negócio foi criado? Quando você precisa dispor do capital requisitado? Quando ocorrerá o pagamento do empréstimo obtido?

×