SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
COLÉGIO ESTADUAL SÃO JORGE
     Aluno(a):                                              Número:                                     TURMA:

     Professor(a): KÁTIA - FÍSICA 1                                     Data:                        Nota:

                               RECUPERAÇÃO PARALELA - 1º BIM

1 (FGV-SP) Em relação à termometria, é certo dizer que:

  a) - 273 K representa a menor temperatura possível de ser atingida por qualquer substância.
  b) a quantidade de calor de uma substância equivale à sua temperatura.
  c) em uma porta de madeira, a maçaneta metálica está sempre mais fria que a porta.
  d) a escala Kelvin é conhecida como absoluta porque só admite valores positivos.
  e) o estado físico de uma substância depende exclusivamente da temperatura em que ela se encontra.
2 (PUC-RJ) A imprensa tem noticiado as temperaturas anormalmente altas que vêm ocorrendo no atual verão, no
  Hemisfério Norte. Assinale a opção que indica a dilatação (em cm) que um trilho de 100 m sofreria devido a uma
  variação de temperatura igual a 20 °C, sabendo que o coeficiente linear de dilatação térmica do trilho vale      = 1,2 x
  10-5 ºc -1

  a) 3,6          b) 2,4         c) 1,2       d) 1,2 x 10-3          e) 2,4 x 10-3
3 (Uerj-RJ) Em uma casa, emprega-se um cano de cobre de 4 m a 20 °C para a instalação de água quente. O aumento
  do comprimento do cano, quando a água que passa por ele estiver a uma temperatura de 60 °C, corresponderá, em
  milímetros, a: ( procure no livro o coeficiente de dilatação linear do cobre)

  a) 1,02     b) 1,52        c) 2,72       d) 4,00
4 (UFRJ-RJ) Um cilindro de aço, que se encontra em um ambiente cuja temperatura é de 30 °C, tem como medida de
  seu diâmetro 10,00 cm. Levado para outro ambiente cuja temperatura é de 2,7 °C, ele sofre uma contração térmica.
  Considere: coeficiente de dilatação linear do aço        = 11 × 10-6 (°C-1 )
  Calcule o diâmetro final do cilindro.( o diâmetro final = diâmetro inicial – a dilatação linear)



5 Um grande grupo de arquitetos foi contratado para construir uma ponte metálica de 1500 m em um país cuja variação
  de temperatura durante o ano será de 72 ºF. O coeficiente de dilatação linear do material da ponte é de 8,5.10-6°C-1,
  não sofrendo variações nessa temperatura. Calcule a máxima variação prevista no comprimento da ponte.(transforme
  em Celsius o valor da temperatura)




6 Um recipiente está completamente cheio de um líquido, na temperatura de 20°C. O conjunto é aquecido até 30°C e
  verifica-se o derramamento de líquido. Isto prova que:

  a) o coeficiente de dilatação real do líquido é maior que o coeficiente volumétrico do material do recipiente.
  b) o coeficiente linear do material do recipiente é maior que o coeficiente de dilatação do líquido.
  c) o líquido não evapora.
  d) o líquido dilata menos que o recipiente.
  e) n.d.a.



7 Uma placa metálica possui um orifício de 12 cm2 . O metal do orifício possui coeficiente de dilatação linear igual a
  5.10-4 °C-1 . Se o metal for aquecido em 200°C, qual será a área final do orifício?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dilatacao térmica volumetrica
Dilatacao térmica volumetricaDilatacao térmica volumetrica
Dilatacao térmica volumetricaEloir De Carli
 
Dilatação térmica
Dilatação térmicaDilatação térmica
Dilatação térmicarosana_maia
 
Exercícios sobre termologia
Exercícios sobre termologiaExercícios sobre termologia
Exercícios sobre termologiaRoberto Bagatini
 
Dilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidosDilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidosDaniela F Almenara
 
Dilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidosDilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidosO mundo da FÍSICA
 
Física 2º ano prof. pedro ivo - (dilatação térmica linear )
Física 2º ano   prof. pedro ivo - (dilatação térmica linear )Física 2º ano   prof. pedro ivo - (dilatação térmica linear )
Física 2º ano prof. pedro ivo - (dilatação térmica linear )Pedro Ivo Andrade Sousa
 
Aula-atividade segundos anos noturno
Aula-atividade segundos anos noturnoAula-atividade segundos anos noturno
Aula-atividade segundos anos noturnoBruno Gorzoni
 
Gabarito calor e temperatura
Gabarito   calor e temperaturaGabarito   calor e temperatura
Gabarito calor e temperaturaprofessoraludmila
 
Dicas rec sem 1 2o.ano
Dicas rec sem 1 2o.anoDicas rec sem 1 2o.ano
Dicas rec sem 1 2o.anojucimarpeixoto
 
DilataçãO TéRmica
DilataçãO TéRmicaDilataçãO TéRmica
DilataçãO TéRmicaSergio Del
 

Mais procurados (20)

Dilatacao térmica volumetrica
Dilatacao térmica volumetricaDilatacao térmica volumetrica
Dilatacao térmica volumetrica
 
Dilatacao linear exercicios
Dilatacao linear exerciciosDilatacao linear exercicios
Dilatacao linear exercicios
 
Lista de-dilatação-termica
Lista de-dilatação-termicaLista de-dilatação-termica
Lista de-dilatação-termica
 
Dilatação térmica
Dilatação térmicaDilatação térmica
Dilatação térmica
 
Td 2 física ii
Td 2   física iiTd 2   física ii
Td 2 física ii
 
Lista Termologia (T3)
Lista Termologia (T3)Lista Termologia (T3)
Lista Termologia (T3)
 
Exercícios sobre termologia
Exercícios sobre termologiaExercícios sobre termologia
Exercícios sobre termologia
 
Dilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidosDilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidos
 
Lista Termologia (T2)
Lista Termologia (T2)Lista Termologia (T2)
Lista Termologia (T2)
 
Lista Termologia (T1)
Lista Termologia (T1)Lista Termologia (T1)
Lista Termologia (T1)
 
Lista Termologia (T4)
Lista Termologia (T4)Lista Termologia (T4)
Lista Termologia (T4)
 
Aula 7 dilatação
Aula 7   dilataçãoAula 7   dilatação
Aula 7 dilatação
 
Dilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidosDilatação térmica dos líquidos
Dilatação térmica dos líquidos
 
Física 2º ano prof. pedro ivo - (dilatação térmica linear )
Física 2º ano   prof. pedro ivo - (dilatação térmica linear )Física 2º ano   prof. pedro ivo - (dilatação térmica linear )
Física 2º ano prof. pedro ivo - (dilatação térmica linear )
 
Relatório expansão
Relatório expansãoRelatório expansão
Relatório expansão
 
Aula-atividade segundos anos noturno
Aula-atividade segundos anos noturnoAula-atividade segundos anos noturno
Aula-atividade segundos anos noturno
 
Gabarito calor e temperatura
Gabarito   calor e temperaturaGabarito   calor e temperatura
Gabarito calor e temperatura
 
Dicas rec sem 1 2o.ano
Dicas rec sem 1 2o.anoDicas rec sem 1 2o.ano
Dicas rec sem 1 2o.ano
 
Trabalho 1º bimestre
Trabalho 1º bimestreTrabalho 1º bimestre
Trabalho 1º bimestre
 
DilataçãO TéRmica
DilataçãO TéRmicaDilataçãO TéRmica
DilataçãO TéRmica
 

Semelhante a Fisica.1.recuperação paralela .doc aluno

Recuperação 2º ano
Recuperação 2º anoRecuperação 2º ano
Recuperação 2º anopensefisica
 
Exercícios dilatação térmica
Exercícios dilatação térmicaExercícios dilatação térmica
Exercícios dilatação térmicaEdieliton Silva
 
Basica termo e dilatação
Basica termo e dilataçãoBasica termo e dilatação
Basica termo e dilataçãorodrigoateneu
 
Corg 2ano-temperaturaedilatao-120229183437-phpapp01
Corg 2ano-temperaturaedilatao-120229183437-phpapp01Corg 2ano-temperaturaedilatao-120229183437-phpapp01
Corg 2ano-temperaturaedilatao-120229183437-phpapp01Paulo Souto
 
Lista 1 termometria - dilatação
Lista 1   termometria - dilataçãoLista 1   termometria - dilatação
Lista 1 termometria - dilataçãoWellington Sampaio
 
Temperatura, Equilíbrio térmico e escalas termométricas.pptx
Temperatura, Equilíbrio térmico e escalas termométricas.pptxTemperatura, Equilíbrio térmico e escalas termométricas.pptx
Temperatura, Equilíbrio térmico e escalas termométricas.pptxAna Cristina de Sousa
 
Dalva 05 22 lei 12966 14 (1)
Dalva 05 22 lei 12966 14 (1)Dalva 05 22 lei 12966 14 (1)
Dalva 05 22 lei 12966 14 (1)Rodrigo Silva
 
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_2° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_2° Ano2° Etapa_2° Avaliação Simulado_2° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_2° AnoO mundo da FÍSICA
 
Atividades de física 2 ano prof waldir montenegro 2014
Atividades de física 2  ano prof waldir  montenegro 2014Atividades de física 2  ano prof waldir  montenegro 2014
Atividades de física 2 ano prof waldir montenegro 2014Waldir Montenegro
 
Simulado física, 2º ano, termodinâmica copia
Simulado física, 2º ano, termodinâmica   copiaSimulado física, 2º ano, termodinâmica   copia
Simulado física, 2º ano, termodinâmica copiaRobertto Nunes
 
Atividade 02 laboratório de informática
Atividade 02   laboratório de informáticaAtividade 02   laboratório de informática
Atividade 02 laboratório de informáticaProf X
 
Atividade 02 laboratório de informática
Atividade 02   laboratório de informáticaAtividade 02   laboratório de informática
Atividade 02 laboratório de informáticaProf X
 
Atividade 02 laboratório de informática
Atividade 02   laboratório de informáticaAtividade 02   laboratório de informática
Atividade 02 laboratório de informáticaProf X
 
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação - Conteúdo vinculado ...
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação   - Conteúdo vinculado ...Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação   - Conteúdo vinculado ...
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação - Conteúdo vinculado ...Rodrigo Penna
 
Termologia escala temperatura, dilatação térmica, fluxo de calor, termodinâ...
Termologia   escala temperatura, dilatação térmica, fluxo de calor, termodinâ...Termologia   escala temperatura, dilatação térmica, fluxo de calor, termodinâ...
Termologia escala temperatura, dilatação térmica, fluxo de calor, termodinâ...Horacimar Cotrim
 

Semelhante a Fisica.1.recuperação paralela .doc aluno (20)

Recuperação 2º ano
Recuperação 2º anoRecuperação 2º ano
Recuperação 2º ano
 
Exercícios dilatação térmica
Exercícios dilatação térmicaExercícios dilatação térmica
Exercícios dilatação térmica
 
Basica termo e dilatação
Basica termo e dilataçãoBasica termo e dilatação
Basica termo e dilatação
 
Corg 2ano-temperaturaedilatao-120229183437-phpapp01
Corg 2ano-temperaturaedilatao-120229183437-phpapp01Corg 2ano-temperaturaedilatao-120229183437-phpapp01
Corg 2ano-temperaturaedilatao-120229183437-phpapp01
 
Td 2 ano
Td 2 anoTd 2 ano
Td 2 ano
 
Dilatacao
DilatacaoDilatacao
Dilatacao
 
Lista 1 termometria - dilatação
Lista 1   termometria - dilataçãoLista 1   termometria - dilatação
Lista 1 termometria - dilatação
 
Dilatacao
DilatacaoDilatacao
Dilatacao
 
Temperatura, Equilíbrio térmico e escalas termométricas.pptx
Temperatura, Equilíbrio térmico e escalas termométricas.pptxTemperatura, Equilíbrio térmico e escalas termométricas.pptx
Temperatura, Equilíbrio térmico e escalas termométricas.pptx
 
2 temp e_dilata
2 temp e_dilata2 temp e_dilata
2 temp e_dilata
 
Dalva 05 22 lei 12966 14 (1)
Dalva 05 22 lei 12966 14 (1)Dalva 05 22 lei 12966 14 (1)
Dalva 05 22 lei 12966 14 (1)
 
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_2° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_2° Ano2° Etapa_2° Avaliação Simulado_2° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_2° Ano
 
Atividades de física 2 ano prof waldir montenegro 2014
Atividades de física 2  ano prof waldir  montenegro 2014Atividades de física 2  ano prof waldir  montenegro 2014
Atividades de física 2 ano prof waldir montenegro 2014
 
Simulado física, 2º ano, termodinâmica copia
Simulado física, 2º ano, termodinâmica   copiaSimulado física, 2º ano, termodinâmica   copia
Simulado física, 2º ano, termodinâmica copia
 
Atividade 02 laboratório de informática
Atividade 02   laboratório de informáticaAtividade 02   laboratório de informática
Atividade 02 laboratório de informática
 
Atividade 02 laboratório de informática
Atividade 02   laboratório de informáticaAtividade 02   laboratório de informática
Atividade 02 laboratório de informática
 
Atividade 02 laboratório de informática
Atividade 02   laboratório de informáticaAtividade 02   laboratório de informática
Atividade 02 laboratório de informática
 
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação - Conteúdo vinculado ...
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação   - Conteúdo vinculado ...Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação   - Conteúdo vinculado ...
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação - Conteúdo vinculado ...
 
Termologia escala temperatura, dilatação térmica, fluxo de calor, termodinâ...
Termologia   escala temperatura, dilatação térmica, fluxo de calor, termodinâ...Termologia   escala temperatura, dilatação térmica, fluxo de calor, termodinâ...
Termologia escala temperatura, dilatação térmica, fluxo de calor, termodinâ...
 
Apostila física 1serie
Apostila física 1serieApostila física 1serie
Apostila física 1serie
 

Mais de KATIA CAVALCANTI

Resumo do caderno 6 etapa I- Avaliação no ensino médio- Orientadora Profª Kát...
Resumo do caderno 6 etapa I- Avaliação no ensino médio- Orientadora Profª Kát...Resumo do caderno 6 etapa I- Avaliação no ensino médio- Orientadora Profª Kát...
Resumo do caderno 6 etapa I- Avaliação no ensino médio- Orientadora Profª Kát...KATIA CAVALCANTI
 
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...KATIA CAVALCANTI
 
Resumo do caderno 3 etapa I- O curriculo do ensino médio,seus sujeitos e o de...
Resumo do caderno 3 etapa I- O curriculo do ensino médio,seus sujeitos e o de...Resumo do caderno 3 etapa I- O curriculo do ensino médio,seus sujeitos e o de...
Resumo do caderno 3 etapa I- O curriculo do ensino médio,seus sujeitos e o de...KATIA CAVALCANTI
 
Resumo do caderno 2 etapa I - O jovem como sujeito do ensino médio- Orientado...
Resumo do caderno 2 etapa I - O jovem como sujeito do ensino médio- Orientado...Resumo do caderno 2 etapa I - O jovem como sujeito do ensino médio- Orientado...
Resumo do caderno 2 etapa I - O jovem como sujeito do ensino médio- Orientado...KATIA CAVALCANTI
 
Recuperação paralela de química 1
Recuperação paralela de química 1Recuperação paralela de química 1
Recuperação paralela de química 1KATIA CAVALCANTI
 
Recuperação paralela de física 1
Recuperação paralela de física 1Recuperação paralela de física 1
Recuperação paralela de física 1KATIA CAVALCANTI
 
Recuperação paralela de biologia 1
Recuperação paralela de biologia 1Recuperação paralela de biologia 1
Recuperação paralela de biologia 1KATIA CAVALCANTI
 
Quimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
Quimica.1. recuperação paralela.doc. alunoQuimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
Quimica.1. recuperação paralela.doc. alunoKATIA CAVALCANTI
 
Biologia.1. recuperação paralela
Biologia.1. recuperação paralelaBiologia.1. recuperação paralela
Biologia.1. recuperação paralelaKATIA CAVALCANTI
 
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE FÍSICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE FÍSICAAPOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE FÍSICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE FÍSICAKATIA CAVALCANTI
 
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICAAPOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICAKATIA CAVALCANTI
 
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE BIOLOGIA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE BIOLOGIAAPOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE BIOLOGIA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE BIOLOGIAKATIA CAVALCANTI
 
Oficina de Internet Slideshare
Oficina de Internet  SlideshareOficina de Internet  Slideshare
Oficina de Internet SlideshareKATIA CAVALCANTI
 
RELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICAS
RELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICASRELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICAS
RELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICASKATIA CAVALCANTI
 

Mais de KATIA CAVALCANTI (17)

Resumo do caderno 6 etapa I- Avaliação no ensino médio- Orientadora Profª Kát...
Resumo do caderno 6 etapa I- Avaliação no ensino médio- Orientadora Profª Kát...Resumo do caderno 6 etapa I- Avaliação no ensino médio- Orientadora Profª Kát...
Resumo do caderno 6 etapa I- Avaliação no ensino médio- Orientadora Profª Kát...
 
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
 
Resumo do caderno 3 etapa I- O curriculo do ensino médio,seus sujeitos e o de...
Resumo do caderno 3 etapa I- O curriculo do ensino médio,seus sujeitos e o de...Resumo do caderno 3 etapa I- O curriculo do ensino médio,seus sujeitos e o de...
Resumo do caderno 3 etapa I- O curriculo do ensino médio,seus sujeitos e o de...
 
Resumo do caderno 2 etapa I - O jovem como sujeito do ensino médio- Orientado...
Resumo do caderno 2 etapa I - O jovem como sujeito do ensino médio- Orientado...Resumo do caderno 2 etapa I - O jovem como sujeito do ensino médio- Orientado...
Resumo do caderno 2 etapa I - O jovem como sujeito do ensino médio- Orientado...
 
Recuperação paralela de química 1
Recuperação paralela de química 1Recuperação paralela de química 1
Recuperação paralela de química 1
 
Recuperação paralela de física 1
Recuperação paralela de física 1Recuperação paralela de física 1
Recuperação paralela de física 1
 
Recuperação paralela de biologia 1
Recuperação paralela de biologia 1Recuperação paralela de biologia 1
Recuperação paralela de biologia 1
 
Quimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
Quimica.1. recuperação paralela.doc. alunoQuimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
Quimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
 
Biologia.1. recuperação paralela
Biologia.1. recuperação paralelaBiologia.1. recuperação paralela
Biologia.1. recuperação paralela
 
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE FÍSICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE FÍSICAAPOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE FÍSICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE FÍSICA
 
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICAAPOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE QUÍMICA
 
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE BIOLOGIA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE BIOLOGIAAPOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE BIOLOGIA
APOSTILA DE DEPENDÊNCIA DE BIOLOGIA
 
Oficina de Internet Slideshare
Oficina de Internet  SlideshareOficina de Internet  Slideshare
Oficina de Internet Slideshare
 
CaçA Palavra Sexualidade
CaçA Palavra SexualidadeCaçA Palavra Sexualidade
CaçA Palavra Sexualidade
 
Rafael
RafaelRafael
Rafael
 
violência nas escolas
violência nas escolasviolência nas escolas
violência nas escolas
 
RELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICAS
RELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICASRELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICAS
RELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICAS
 

Último

LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 

Último (20)

LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 

Fisica.1.recuperação paralela .doc aluno

  • 1. COLÉGIO ESTADUAL SÃO JORGE Aluno(a): Número: TURMA: Professor(a): KÁTIA - FÍSICA 1 Data: Nota: RECUPERAÇÃO PARALELA - 1º BIM 1 (FGV-SP) Em relação à termometria, é certo dizer que: a) - 273 K representa a menor temperatura possível de ser atingida por qualquer substância. b) a quantidade de calor de uma substância equivale à sua temperatura. c) em uma porta de madeira, a maçaneta metálica está sempre mais fria que a porta. d) a escala Kelvin é conhecida como absoluta porque só admite valores positivos. e) o estado físico de uma substância depende exclusivamente da temperatura em que ela se encontra. 2 (PUC-RJ) A imprensa tem noticiado as temperaturas anormalmente altas que vêm ocorrendo no atual verão, no Hemisfério Norte. Assinale a opção que indica a dilatação (em cm) que um trilho de 100 m sofreria devido a uma variação de temperatura igual a 20 °C, sabendo que o coeficiente linear de dilatação térmica do trilho vale = 1,2 x 10-5 ºc -1 a) 3,6 b) 2,4 c) 1,2 d) 1,2 x 10-3 e) 2,4 x 10-3 3 (Uerj-RJ) Em uma casa, emprega-se um cano de cobre de 4 m a 20 °C para a instalação de água quente. O aumento do comprimento do cano, quando a água que passa por ele estiver a uma temperatura de 60 °C, corresponderá, em milímetros, a: ( procure no livro o coeficiente de dilatação linear do cobre) a) 1,02 b) 1,52 c) 2,72 d) 4,00 4 (UFRJ-RJ) Um cilindro de aço, que se encontra em um ambiente cuja temperatura é de 30 °C, tem como medida de seu diâmetro 10,00 cm. Levado para outro ambiente cuja temperatura é de 2,7 °C, ele sofre uma contração térmica. Considere: coeficiente de dilatação linear do aço = 11 × 10-6 (°C-1 ) Calcule o diâmetro final do cilindro.( o diâmetro final = diâmetro inicial – a dilatação linear) 5 Um grande grupo de arquitetos foi contratado para construir uma ponte metálica de 1500 m em um país cuja variação de temperatura durante o ano será de 72 ºF. O coeficiente de dilatação linear do material da ponte é de 8,5.10-6°C-1, não sofrendo variações nessa temperatura. Calcule a máxima variação prevista no comprimento da ponte.(transforme em Celsius o valor da temperatura) 6 Um recipiente está completamente cheio de um líquido, na temperatura de 20°C. O conjunto é aquecido até 30°C e verifica-se o derramamento de líquido. Isto prova que: a) o coeficiente de dilatação real do líquido é maior que o coeficiente volumétrico do material do recipiente. b) o coeficiente linear do material do recipiente é maior que o coeficiente de dilatação do líquido. c) o líquido não evapora. d) o líquido dilata menos que o recipiente. e) n.d.a. 7 Uma placa metálica possui um orifício de 12 cm2 . O metal do orifício possui coeficiente de dilatação linear igual a 5.10-4 °C-1 . Se o metal for aquecido em 200°C, qual será a área final do orifício?