Jornal meio ambiente ftc

364 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
364
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal meio ambiente ftc

  1. 1. Ano 2009. Edição N.º 001 – Livramento de Nossa Senhora, 07 de dezembro de 2009 – edição especial. Nesta edição: 7 páginas. Acorda Livramento. Fone. 3444-1307, e-mail: olhovivo.com@jornal.com.br Consciência Ambiental A população da região está indignada com a possibilidade dos dejetos sanitários da cidade de Rio de Contas serem despejados na bela Cachoeira de Livramento de Nossa Senhora, Bahia, considerada um dos santuários ecológicos da Chapada Diamantina. Pág. 03
  2. 2. Ano 2009. Edição N.º 001 – Livramento de Nossa Senhora, 07 de dezembro de 2009 – edição especial. Nesta edição: 7 páginas. Acorda Livramento. Fone. 3444-1307, e-mail: olhovivo.com@jornal.com.br Consciência Ambiental _______________________________________03 Balneário Dr. Edílson Pontes, pede socorro. Salve-o ou deixe-o morrer para sempre! Pág. 05 Lançado em Livramento o Projeto “Cultura, Arte e Meio Ambiente”! O Jornal olhovivo.com lança com exclusividade o Projeto “Cultura, Arte e Meio Ambiente”, cujo objetivo é divulgar os trabalhos dos leitores e artistas livramentenses. Pág. 10 É Política Por política, entende-se entre outras definições, o desejo, a arte de conquistar, manter e exercer o poder, o governo, administrando bem a coisa pública. Quem se candidata, certamente quer ser eleito para melhorar a situação de um povo. Pág. 07
  3. 3. Balneário Dr. Edílson Pontes, pede socorro! ____________________________05 É política __________________________07 Brasil: Pobreza e desigualdade _____________________________________08 Projeto “Cultura, Arte e Meio Ambiente”! O espaço do leitor_______________10 Expediente O jornal OlhoVivo.com é uma publicação da: Gráfica e Editora Dollfus Ltda. em parceria com a Verde Vale Ltda. Administração e redação: Rua Milton Santos, nº. 004 – Bairro Castelli Livramento de Nossa Senhora – Bahia – CEP 46 140 000 TELEFAX: (77) 3444 2060 - FONE: (77) 3444 1307 EDITORA – CHEFE Coordenador geral Kátia Cristina C. Luz José Roberto Aguiar Lima Redatores Revisores Katherine de Castro Meira Nilza de Fátima Ferreira Santos Raimundo Camelo do Livramento Vilmar Maria Moura Silva Página 02 # 07/12 a 21/12 de 2009 Jornal olhovivo.com – Acorda Livramento! Consciência Ambiental O belo “véu de noiva” tem queda total de 300m e está ameaçada de contaminação A população da região está indignada com a possibilidade dos dejetos sanitários da cidade de Rio de Contas serem despejados na bela Cachoeira de Livramento de Nossa Senhora, Bahia, considerada um dos santuários ecológicos da Chapada Diamantina.
  4. 4. O esgoto da vizinha cidade de Rio de Contas, depois de tratado pela Embasa, será jogado na cachoeira Véu de Noiva. Tal fato não agrada aos livramentenses, pois a população teme de que possa ocorrer alguma falha no sistema de tratamento e, sendo assim, nossa água poderá ser contaminada. O Diretor da Embasa esteve no mês de junho na Associação dos Amigos de Livramento numa reunião com autoridades e explicou a parte técnica do projeto, dizendo que o tratamento será seguro e que todos pudessem confiar. Vários slides foram mostrados de outros lugares onde a Embasa cuida do saneamento básico. Segundo o diretor, o tratamento é seguro, eficiente. Todos disseram que a parte técnica do projeto foi bem esclarecida, porém, um dos vereadores ressaltou, entre outros questionamentos, que havia sido mostrado por um dos diretores da Embasa, um slide em que a água tratada de esgoto era aproveitada para projetos de irrigação. Sendo assim, segundo esse vereador, por que, então, não se faz a mesma coisa em Rio de Contas? A resposta do diretor foi evasiva, dizendo que na época da chuva, não tinha o que se fazer com a água tratada. Tal resposta não agradou! Outro fato que não agrada aos livramentenses é saber que a Embasa está gastando muito dinheiro para jogar a água bem distante do local de tratamento. A água será jogada bem próxima à Cachoeira Véu de Noiva, cartão postal de Livramento. Fica uma pergunta: se a água será mesma tratada, por que, então, gastar tanto dinheiro para encaná-la e jogá-la distante, justamente na Cachoeira Véu de Noiva, cartão postal de Livramento? Não dá para entender. Página 03 # 07/12 a 21/12 de 2009 Jornal olhovivo.com – Acorda Livramento! Ao que tudo indica, o projeto vai ser executado, pois as autoridades confiam no projeto, mesmo o povo sendo contra. Parece que nada será feito! A questão é confiar na empresa que vai tratar o esgoto! A questão é que o povo não confia! Ninguém acredita que a cachoeira será a mesma! Toda vez que se olhar para a cachoeira, a impressão é que ela estará poluída! O povo sabe que há solução. A Embasa é capaz de melhorar o projeto! Por que, então, não melhora? Por que contrariar todo o município? Livramento não desiste, ainda tem a esperança de que a Embasa possa modificar o projeto. A questão é, ao que parece, de empenho por parte do povo, das autoridades e da Embasa. Infelizmente, as autoridades estão acomodadas! Afinal, as autoridades bebem da nossa água? Ou compram galões de água nos supermercados e, por isso, pouco se importam com o povo?
  5. 5. Página 04 # 07/12 a 21/12 de 2009 Jornal olhovivo.com – Acorda Livramento! Balneário Dr. Edílson Pontes, pede socorro. Salve-o ou deixe-o morrer para sempre! JOSÉ MARIA DE JESUS (*)
  6. 6. Nosso mundo está sendo destruído sem piedade, realmente estamos chegando ao fim de muitas coisas, e o que é mais triste é o fim do que é saudável e bom. No tempo em que ainda não se falava no Fraga, em Rio de Contas, o ponto turístico que recebia muita gente, nos fins de semana, era a piscina do balneário Dr. Edilson Pontes. Muitas pessoas vinham de cidades vizinhas para passar o dia na piscina, caminhões vinham de Brumado, ônibus, carros pequenos. Havia dias em que até faltava espaço para estacionamento. Na piscina, muita gente tomava banho ao mesmo tempo, se tocando um ao outro. E, hoje, o que se vê é abandono, quase ninguém freqüenta aquele local e, agora, com a noticia de que o esgoto de Rio de Contas vai desaguar no rio Brumado, ficará pior. Mas o local denominado Fraga será preservado do esgoto, e a cachoeira denominada “véu de noiva” e a piscina receberão a água suja. Nossa cidade, em pleno século 21, ainda não possui um local para recreação, seja para crianças, jovens ou idosos. Não há um lugar para um passeio com a família, no final de semana. Só quem é sócio na AABB (Associação Atlética Banco do Brasil) tem esse local para se refrescar sem medo. Página 05 # 07/12 a 21/12 de 2009 Jornal olhovivo.com – Acorda Livramento! Nossos jovens só têm na cidade Lan Houses, onde nada de bom se aprende, só jogos violentos. Bares e mais bares, onde a bebida alcoólica é vendida livremente, carros de sons para surdos ouvirem, com músicas que ninguém entende, só barulho. Nenhum local cultural existe na cidade, estamos entregues ao acaso, e se vire quem puder.
  7. 7. Quando eu era criança, todos os domingos pela manhã eu ia com alguns companheiros passear no lajedo, tomar um banho para refrescar. Mergulhava na água do lajedo, dos regos, do rio e na piscina do Balneário Dr. Edilson Pontes. Passava alguns momentos descontraídos ali, pulando, brincando sem medo de escorregar, pegar uma micose na pele ou entre os dedos dos pés. Bebia, sem medo, água que parecia. Página 06 # 07/12 a 21/12 de 2009 Jornal olhovivo.com – Acorda Livramento! É política
  8. 8. Por política, entende-se entre outras definições, o desejo, a arte de conquistar, manter e exercer o poder, o governo, administrando bem a coisa pública. Quem se candidata, certamente quer ser eleito para melhorar a situação de um povo. A Bahia vive mais um momento histórico, pois, aproximam-se as eleições políticas para Presidente, Governador e Deputados. Espera-se então, que o tema seja bem discutido. É preciso conversar de forma civilizada, democrática, buscando cada vez mais uma cidadania atuante, participativa, preocupando-se com o futuro da sociedade. A discussão de forma esclarecedora, sem paixões, sem mágoas, ajuda a escolher bem os (as) candidatos (as). O que não se pode admitir, é que haja ofensa, desrespeito à ideologia, ao partidarismo de cada cidadão (ã), pois, cada pessoa é livre para escolher o grupo político que mais admira, que mais se aproxima das suas convicções, de suas idéias. Sendo assim, todos têm direito, dever e motivo para escolher seu candidato (a). Em Livramento, como a maioria dos municípios de pequeno ou médio porte, a política, mesmo sendo para governador, torna-se acirrada. Sabe-se que de um lado existe o grupo do prefeito que não apoiará o atual governador e do outro, o grupo da oposição local, que quer a reeleição de Jaques Wagner. Sabe-se que na realidade, estão em jogo cargos de confiança, cargos políticos. Poucos são os desinteressados. O que se espera é que cada pessoa respeite a escolha política de seus vizinhos, parentes, enfim, que cada um seja consciente, democrático e entenda de que é a vontade da maioria que vai decidir e não apenas a sua vontade política. Deseja-se que ninguém tente impor sua idéia, porque ninguém é dono da verdade, cada um tem sua visão de política, de sociedade, de mundo. Importa, sendo assim, que a discussão esclareça o que cada candidato (a) fez, faz ou poderá fazer pelo Brasil, pelo Estado, pelo Município. Ao povo, cabe a decisão de escolher quem melhor representará os interesses do coletivo. O que se espera, mais uma vez, é que a política seja transparente, com diálogos, com democracia, ou seja, que façam as pessoas escolherem, por vontade própria, o que será bom para o povo. Página 07 # 07/12 a 21/12 de 2009 Jornal olhovivo.com – Acorda Livramento! Brasil: Pobreza e Desigualdade
  9. 9. Um país tem pobreza quando existe escassez de recursos ou quando, apesar de haver um volume aceitável de riquezas, elas estão mal distribuídas. O Brasil não é um país pobre, e sim um país desigual. A pobreza existe quando um segmento da população é incapaz de gerar renda suficiente para ter acesso sustentável aos recursos básicos que garantam uma qualidade de vida digna. Estes recursos são água, saúde, educação, alimentação, moradia, renda e cidadania. Dentre os países em desenvolvimento, o Brasil ocupa o 9º lugar em renda per capita. Mas cai para o 25º lugar quando se fala em proporção de pobres. Isso coloca o Brasil entre os países de alta renda e alta pobreza. Ao mesmo tempo em que está entre os 10% mais ricos, integra a metade mais pobre dos países em desenvolvimento. Nosso país é um dos primeiros do mundo em desigualdade social. Aqui, 1% dos mais ricos se apropria do mesmo valor que os 50% mais pobres. A renda de uma pessoa rica é 25 a 30 vezes maior que a de uma pessoa pobre. Na Suécia, a diferença de renda entre ricos e pobres é de no máximo seis vezes. Nos Estados Unidos e no Uruguai, de dez vezes. Acabar com a pobreza em país rico com grande proporção de pobres requer recursos financeiros irrisórios. Há no País 56,9 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza e 24,7 milhões de pessoas vivendo em extrema pobreza. Para se erradicar a extrema pobreza brasileira seria necessário não mais que 1% da renda do País. Para se erradicar a pobreza seriam precisos 5%. A renda média brasileira é seis vezes maior que o valor definido como linha de indigência. Ou seja, se a renda brasileira fosse igualmente distribuída, estaria garantido a cada pessoa seis vezes aquilo de que necessita para se alimentar. Além da distribuição da renda, outro fator de desigualdade é a educação. Uma pessoa com mais anos de estudo ganha cerca de 15 vezes o que ganha uma pessoa sem nenhuma educação. As crianças vêm de famílias em que os pais apresentam enorme diferença educacional, e esta diferença é transmitida desde o berço. Quantos pobres tem o Brasil? Conheça os dados que revelam a má distribuição de riqueza no Brasil: Página 08 # 07/12 a 21/12 de 2009 Jornal olhovivo.com – Acorda Livramento!
  10. 10. Página 09 # 07/12 a 21/12 de 2009 Jornal olhovivo.com – Acorda Livramento!
  11. 11. Lançado em Livramento o Projeto “Cultura, Arte e Meio Ambiente”! O Jornal Olho Vivo lança com exclusividade o Projeto “Cultura, Arte e Meio Ambiente”, cujo objetivo é divulgar os trabalhos dos leitores e artistas livramentenses. Nesta edição especial abrimos um espaço especial dedicado à poesia. Para ler e refletir! Página 10 # 07/12 a 21/12 de 2009 Jornal olhovivo.com – Acorda Livramento! Meio ambiente O meio ambiente agoniza! A natureza pede socorro! As matas pedem conservação Os bichos pedem preservação O ar não quer poluição A água não quer contaminação E o homem quer solução Ele não sabe que é a solução! Para melhorar a situação Para a próxima geração! Com muitas árvores para refrescar Variedade de animais para admirar Ar puro para respirar Água cristalina para tomar. Tudo isso depende de mim Tudo isso depende de você Tudo isso depende de nós... Natureza Natureza. . . Pra onde foram tuas belezas? Teu verde, teus rios cristalinos, Teu ar puro, tuas cachoeiras? Natureza. . . Sempre fostes generosa Tuas matas que purificam o ar, Tuas correntes de águas caudalosas. Natureza. . . Tu sofres ataques fatais De homens sem escrúpulos, De sua serras letais. Natureza. . . Tuas belezas precisamos resgatar tomar consciência do caos que estamos a provocar.
  12. 12. De que nossos hábitos devemos mudar Novas atitudes devemos tomar. Aprender a conservar Aprender a respeitar Aprender a reciclar Para o meio ambiente preservar E a vida melhorar...

×