Uso da linguagem padrão de palavras da Língua Portuguesa Existem em nossa língua algumas palavras e expressões muito comun...
A CERCA DE A cerca de  ou  cerca de  significam  aproximadamente, mais ou menos.  Estávamos  a cerca de  dois quarteirões ...
A MENOS DE A menos de  expressa idéia de  tempo futuro  ou  distância aproximada.  Estamos  a menos de  dois meses da form...
AO ENCONTRO DE Ao encontro de  significa  a favor de.  Sua decisão vem  ao encontro de  meus interesses. DE ENCONTRO A De ...
À TOA À toa  significa  em vão, a esmo.  Estava  à toa  pela praia. À-TOA À-toa  significa  impensado (gesto à-toa), inúti...
HÁ Há  é forma do verbo  haver , emprega-se em substituição a  existe(m)  ou  faz . Será que  há  seres vivos em outros pl...
POR QUE Por que  escrito em separado equivale a  pelo qual, pelos quais, a qual, as quais, por qual razão, por qual motivo...
CRASE  é a fusão (união) de dois fonemas vocálicos (duas vogais) idênticos em um só. Ocorre crase  obrigatória  em três ca...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slide tópicos de linguagem e uso porquês

7.387 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.387
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
82
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
190
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide tópicos de linguagem e uso porquês

  1. 1. Uso da linguagem padrão de palavras da Língua Portuguesa Existem em nossa língua algumas palavras e expressões muito comuns, mas que, às vezes, oferecem dúvidas quanto ao seu correto emprego. Veja, abaixo, algumas delas. ABAIXO Abaixo significa em lugar menos elevado, inferior. As casas mais abaixo estão ameaçadas pelas enchentes. A BAIXO A baixo significa para baixo. Ela mediu-me de cima a baixo. ACIMA Acima significa em lugar mais elevado, superior. Veja se o seu nome está mais acima na lista. A CIMA A cima significa para cima. Ela mediu-me de baixo a cima.
  2. 2. A CERCA DE A cerca de ou cerca de significam aproximadamente, mais ou menos. Estávamos a cerca de dois quarteirões do local do crime. ACERCA DE Acerca de é sinônimo de a respeito de. Falei acerca de sua situação econômica no banco. HÁ CERCA DE Há cerca de exprime tempo decorrido, significando faz aproximadamente. Ele viajou há cerca de duas horas. Reside aqui há cerca de cinco anos . A FIM   A fim significa com o objetivo de. Estou na escola a fim de aprender mais.   AFIM   Afim tem o significado de semelhante, que tem afinidade. Sempre tivemos idéias afins (semelhante)
  3. 3. A MENOS DE A menos de expressa idéia de tempo futuro ou distância aproximada. Estamos a menos de dois meses da formatura. HÁ MENOS DE Há menos de significa tempo aproximado, perto de, mais ou menos. Ele saiu há menos de dez minutos. Isso ocorreu há menos de cinco anos. A PRINCÍPIO A princípio significa inicialmente, no começo. A princípio tudo ia bem, de repente... EM PRINCÍPIO Em princípio significa em tese, antes de tudo. Em princípio todos têm direito à educação. POR PRINCÍPIO Por princípio significa por forte razão, por convicção, em virtude de valores morais. Por princípio ele não aceitava o divórcio. ONDE   Onde é usado com verbos que exprimem permanência. Não sei onde moram aquelas garotas. Você pode me informar onde fica a farmácia mais próxima?   AONDE   Aonde é usado com verbos que indicam movimento, deslocamento. Aonde iremos nas próximas férias? Aonde você pretende nos levar? Aonde você pensa que vai?
  4. 4. AO ENCONTRO DE Ao encontro de significa a favor de. Sua decisão vem ao encontro de meus interesses. DE ENCONTRO A De encontro a exprime idéia de oposição, choque. Dirigindo apressadamente, foi de encontro ao muro. Os gestos do jogador foram de encontro aos princípios morais. AO INVÉS DE Ao invés de indica oposição, ao contrário de. Ao invés de chorar, riu ironicamente. EM VEZ DE Em vez de indica substituição, significando em lugar de. Em vez de ir para o Japão, foi para a China. A PAR A par significa ciente, bem informado. Eu já estou a par dos acontecimentos. AO PAR Ao par só deve ser empregada para indicar equivalência cambial. O Brasil já elevou o papel-moeda, deixando o real e o dólar quase ao par.
  5. 5. À TOA À toa significa em vão, a esmo. Estava à toa pela praia. À-TOA À-toa significa impensado (gesto à-toa), inútil (indivíduo à-toa), desprezível (sujeitinho à-toa), insignificante (acontecimento à-toa), de vida fácil/ perdida (homem ou mulher à-toa) . Ele é incapaz de uma boa ação; é um sujeito à-toa. DEMAIS Demais refere-se a intensidade, muito, excessivamente, os restantes, os outros. Aquele infeliz sempre bebeu demais. Os demais atletas deverão ser convocados na próxima semana. DE MAIS De mais é o contrário de menos. Havia talheres de mais sobre a mesa. DIA-A-DIA Dia-a-dia significa cotidiano. O seu dia-a-dia é maravilhoso. Ele sabia de seu dia-a-dia. DIA A DIA Dia a dia significa cotidianamente, todos os dias. Rezo que dia a dia eu tenha tranqüilidade. Dia a dia o nosso paciente vem apresentando melhora.
  6. 6. HÁ Há é forma do verbo haver , emprega-se em substituição a existe(m) ou faz . Será que há seres vivos em outros planetas? Mandei-lhe uma carta há duas semanas. A A é preposição (palavra invariável que liga outras duas palavras ou uma frase a outra). Utiliza-se quando não se consegue substituí-la por “faz”. Viajaremos daqui a pouco. Aquele jogador empatou a dois minutos do final do jogo. MAS Mas indica ideia de oposição, contrariedade. Pode ser substituída por porém, contudo, todavia. É apenas um sino, mas é de ouro. Eu não gosto de língua portuguesa, mas estudo. MAIS Mais é utilizado quando o sentido da palavra é de intensidade, maior quantidade, em maior número. Ela é a mais bonita das candidatas. Você teve mais acertos na prova do que eu. MAU Mau é adjetivo (termo que qualifica algo), antônimo (contrário) de bom. Indivíduo de mau caráter não merece confiança. Escolhemos um mau momento para viajar. MAL Mal é antônimo de bem, é sinônimo (palavra semelhante) de assim que, quando. Esse mal é difícil de curar. Mal ela saiu, ele chegou.
  7. 7. POR QUE Por que escrito em separado equivale a pelo qual, pelos quais, a qual, as quais, por qual razão, por qual motivo. Este é o ideal por que luto. (= pelo qual); Essa é a profissão por que sempre ansiei. (= pela qual); Por que motivo seu amigo não veio? (= por qual razão); Não sei por que ele faltou (= por qual motivo). POR QUÊ Por quê utiliza-se pelos mesmos significados do “por que”, porém acentua-se quando for utilizado em final de frase interrogativa (?) ou, quando na frase há uma pausa forte. Seu amigo não veio por quê? Ele não veio, não sei por quê. Você reclama de tudo, por quê, meu filho? PORQUE Porque deve ser escrito tudo junto quando significar uma vez que, visto que, pois, para que. Não fui à escola porque estava doente. Feche a porta porque está ventando muito. Eu canto porque os males espanto. PORQUÊ Porquê só deve ser utilizado como substantivo (palavra que se refere a um ser real ou imaginário, ou indica ação, qualidade ou estado). Desconheço o porquê de tantas mentiras. Não aceito mais os seus falsos porquês. Eu sei o porquê de buscar conhecimentos.
  8. 8. CRASE é a fusão (união) de dois fonemas vocálicos (duas vogais) idênticos em um só. Ocorre crase obrigatória em três casos: quando se conseguir substituir a palavra feminina por uma masculina. Se na substituição ocorrer a combinação ao(s), então a crase será confirmada. A decisão coube à diretora. A decisão coube ao diretor. com nomes próprios geográficos, substituindo o verbo da frase pelo verbo voltar da. Iremos à Argentina. Voltaremos da Argentina. Viajarei à bela Roma. Voltarei da bela Roma. de locuções adverbiais ( às vezes, à noite, à tarde, às escuras, à vontade, às pressas,... ) de locuções prepositivas ( à beira de, à espera de, à procura de, à frente de, ... ) de locuções conjuntivas ( à proporção que, à medida que )

×